St.-Barth pro EduLuz

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

A pista de pouso de St. Barth, desembocando na praia de St.-Jean

O EduLuz fez a coisa certa: ao escolher seu pacote para St Maarten, optou por um bem-bolado com algumas noites na sua vizinha chique, St.-Barth.

Acho St.-Barth (Saint-Barthélemy, por extenso; também vista por aí como St. Barts, St. Bart's e St. Barths) um dos melhores lugares do mundo para brincar de ser rico. E St.-Barth não é preciso aparentar; basta estar. St.-Barth é uma mistura de St.-Tropez com Hamptons (não, a definição não é minha) em que aquele sujeito descalço ali pode muito bem ser o dono do maior iate estacionado no porto.

É possível chegar a St.-Barth por mar, numa viagem enjoada de 40 minutos de catamarã. Mas o jeito certo de pisar na ilha é vindo de avião. Você embarca em St. Maarten, num teco-teco dos anos 40 -- o único artefato alado que dá conta de aterrissar, vinte e poucos minutinhos depois, na pista curtíssima do aeroporto de St.-Barth, espremida entre um morro e a areia da praia de St.-Jean.

pouso4001.jpg

pouso4011.jpg

Você não pousa: você sobrevive a uma aterrissagem. E, na condição de sobrevivente, passa a se ver no direito de gastar o que tem e o que não tem, sem dramas de consciência. Bienvenue!

pouso4031.jpg

Ao chegar, faça como todo mundo: alugue um jipinho (ou um Smart). A ilha é pequerrucha, mas estar motorizado é condição essencial para se dar bem.

A ilha só tem uma cidadezinha, Gustavia (diga: Güstaviá). Ali ficam todas as butiques, alguns bares e restaurantes e, sobretudo, o porto (ou seria... a marina?).

porto211.jpg porto212.jpg

As lojas não têm nomes de grifes famosas -- o que importa aqui não é quem fez, mas quem selecionou.

gustavia201h.jpg gustavia200v.jpg

De dia, o único cantinho muvucado do centro é a esquina do Le Sélect (foto da direita, abaixo) que é o pé-sujo de estimação da ilha. Se você achar muito esculhambado, pode pedir seu planteur no ambiente mais ajeitado do Bar de l'Oubli, bem em frente.

gustavia210.jpg leselect210.jpg

Você veio passar o dia e não quer alugar carro nem pegar táxi? Pois não. A 10 minutinhos de caminhada do porto -- basta subir um morrinho -- está aquela que já se chamou  Anse de Grand-Galet, mas que hoje é universalmente conhecida, pardon my French, como Shell Beach.

shell4501.jpg

shell451.jpg

Trata-se da única praia pública com serviço de bordo, já que o restaurante Do Brazil (uma sociedade do ex-tenista Yannick Noah -- que é casado com uma brasileira -- com o chef Boubou) funciona como um quiosque (cerveja a 5 dólares).

shell140.jpg shell141.jpg shell142.jpg

shell183h.jpg shell183v.jpg

Estando de carro, porém, você pode fazer seu primeiro pit-stop praiano do dia numa das duas belas praias selvagens da ilha: Saline ou Gouverneur. Os habituês normalmente passam primeiro numa deli, como a Maya's To Go, em frente ao aeroporto, ou La Rotisserie, em St.-Jean, e se abastecem para um piquenique chic, como convém a essas areias.

Saline é a maior e mais fácil de chegar das duas. É também a preferida dos nudistas, que se concentram nas duas extremidades (héteros no canto esquerdo, gays no direito).

saline184v.jpg saline184h.jpg

saline451.jpg

Gouverneur consegue ser bonita até mesmo antes de você chegar: a vista antes de descer a pirambeira já vale a viagem.

gouverneur401.jpg

gouverneur144.jpg gouverneur141.jpg gouverneur142.jpg

gouveneur400.jpg

Outra experiência autenticamente st-barthiana é passar o dia -- ou, pelo menos, a tarde -- num dos bares de praia com areias privativas. A prainha de St.-Jean (aquela do aeroporto) tem três deles: o clube Nikki Beach (nas fotos abaixo) e os bares dos hotéis Tom Beach (o mais descolado) e Eden Rock (o mais metido).

(Curiosidade: tanto o Nikki Beach quanto o Tom Beach realizam desfiles de moda, como os clubes de praia de Pampelonne, em St.-Tropez; pergunte no seu hotel pela programação.)

nikki212.jpg nikki211.jpg

No quesito hospedagem, o hotel do momento na ilha é o Le Séréno, que fica em Grand-Cul-de-Sac (a uns 15 minutos de carro de St.-Jean, ou 25 min. de Gustavia). Seu vizinho, o Guanahani, é o maior hotel da ilha (mas nem por isso é muito grande); seu grande trunfo é uma peninsulazinha de areia que serve a duas praias. Dentre os hotéis oferecidos em pacote aqui no Brasil, os mais em conta são o Manapany (à beira-mar, mas um pouco fora de mão) e o charmoso La Banane (sem praia na frente, mas a 10 min. dos clubes de St-Jean).

Mesmo na baixa temporada é recomendável fazer reservas para jantar (na alta é imprescindível); aparecer sem reserva é tido como falta de educação grin . O lugar que encarna o espírito de St.-Barth melhor do que qualquer outro é o Maya's (fotos abaixo) onde você é atendido por garçons de jeans e Havaianas e come maravilhas como o peixe com coentro e a torta de coco que eu tive o prazer de experimentar da última vez.

mayas184v.jpg mayas183h.jpg

Andam muito bem falados o L'Esprit Salines, em Saline, e o já citado Do Brazil, em Shell Beach. Para um jantar thai com uma vista maravilhosa para o porto de Gustavia, reserve no La Mandala (tel. 05-90-27-96-96). Para jantar num ambiente meio lounge, vá ao charmoso The Strand, do grupo Nikki Beach. E para gastar pouco, o moderninho L'Entracte, no porto.

St.-Barth não é uma ilha das mais notívagas, não. Poucos bares vão além da uma da manhã. Os mais animados costumam ser o tradicional Le Ti St.-Barth e o próprio Strand, que é vizinho da única boate-boate da ilha, a Casa Nikki.

Infelizmente, todos os cartões de crédito são bastante aceitos em praticamente qualquer lugar da ilha.

68 comentários

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Riq, obrigadaço pelo tremendo upgrade que voce deu na viagem. Já tinha seguido a maioria das tuas dicas ( Beach Plaza, Guanahani, jipes e inclusive o tecoteco além, é claro, os cartões de crédito). Agora, é só levar a versão sanmartiniana e stbarthiniana do Freires e aproveitar. Na África do Sul já foi assim pois as tuas informações foram seguidas à risca e agora não será diferente. Que venha o Mayas e o Yannick Noah além de todo o resto ( e que resto !). Eu atualizo voce ( e todos os tripulantes) quando voltar daqui a duas semanas. E não foi a toa que voce disse que os posts seriam bastante ilustrativos. Que fotos são estas !
PS - O Ze Maria está certo. O Travel Living é muito bom (excetuando-se as repetições dos programas). Inclusive, o programa do Tony Bourdain é exibido lá.

Katy
KatyPermalinkResponder

Ai, eu também não tenho o Travel Living...
Ai, ai, a minha lista tá crescendo...
Ai, ai, ai, o que eu faço com as minhas lacunas turísticas...
E olha que o Caribe nunca esteve entre as minhas prioridades, mas com um roteiro desses, a gente TEM que ir conferir!
Riq, prá variar, ficou show!
Edu, curta bastante e anote tuuuudo. Estamos aqui esperando sua volta já com coceira prá saber as novidades!
Bon voyage!!

Ricardo Freire

Edu, boa viagem! Só não espere demais do hotel de St.-Martin, viu? O negócio ali é "location, location, location"! Divirtam-se e contem tudo!

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Riq, as fotos estão lindíssimas mais uma vez. E me identifiquei totalmente com a história de "vc não pousa, sobrevive a uma aterrissagem" ...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

ah! Edu, ótima viagem!!!! wink

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Show de bola!!! Ótimo roteiro. Repararam que da até para jogar ping-pong na areia da praia.

Adorei a imagem da casa rosa ao lado da que tem o smart amarelo. Ficou linda!

Carmen
CarmenPermalinkResponder

MARAVILLOSO, como a mí me gusta: buenas fotos y un texto de primera.

Erika
ErikaPermalinkResponder

Que lugar lindo.

Hugo
HugoPermalinkResponder

As fotos estão excelentes e o lugar é maravilhoso. Certamente o Edu vai voltar com muuuitas histórias para contar.

Boanerges Junior

Eu e minha esposa chegamos este mes de St Maarten. Uma viagem maravilhosa apesar de gastarmos cerca de 27 horas (entre atrasos e conexoes em Miami) pra chegar. Seguimos algumas dicas que o Riq tinha dado na revista e acho que experimentamos o melhor da ilha. Ficamos 4 dias do lado frances e 4 no lado holandes.

No lado frances ficamos no Club Orient, um lugar paradisiaco. Pelo que pude perceber o pessoal de la e tipo uma irmandade. Eles vem praticamente na mesma epoca todo ano, entao sao como amigos que se reunem todo ano pra curtir as ferias. Sao entao velhos amigos (na maioria americanos) que vem com a familia toda, filhos, bebes de colo, caes, etc…, pra relaxar a beira mar. So que sem roupa. Os chales sao equipadas com cozinha completa, mas nao tem TV nem radio. La tem restaurante, academia, massagem, bar, loja, mercearia, tudo dentro do clube. Para usurfluir disso voce nao precisa de dinheiro. Como a moça da recepçao me disse: a gente nao tem roupa entao onde iriamos colocar o dinheiro, ne? Voce apenas diz o numero do seu quanto e assina um recibo. Pronto, a despesa vai pra sua conta e voce paga tudo na saida.

Do lado holandes ficamos no espartano Travel Inn, que pelo preço, foi ate melhor do que pensei. Este lado da ilha superou nossas espectativas. Ele é muito mais organizado, bonito e cheio de cassinos. Talvez pelo fato do lado holandes os preços nao serem em euro e sim em dolares. Todos vem comprar aqui pois o dolar é 30% mais barato que o euro.

Alugamos um carro e visitamos diversas praias. Nao achei o transito caotico assim. So quando a ponte fecha é que fica muito ruim.

É incrivel como as praias sao limpas. Tambem pudera, nao tem camelo vendendo nada nelas. Nem queijo, nem milho, nem salgados, nem picoles... todas aquelas porcarias que infestam as praias do Brasil.

Uma viagem inesquecivel!

Márcio Rossi
Márcio RossiPermalinkResponder

Riq, antes de tudo vou chover no molhado e dizer que o VnV é o ponto de encontro de viajantes mais completo e descolado que existe, pois além do comandante ser essa pessoa excepcional, a tripulação que o acompanha também não fica atrás. Dito isto, gostaria de dicas e experiências de quem já ficou no Atlantis Paradise Resort em Nassau nas Bahamas, ou seja, se realmente vale o invetimento, principalmente para um casal sem filhos pela primeira vez no Caribe?

Netto
NettoPermalinkResponder

Perfeito, adorei o mapa em anexo pois me localizei enquanto lia o post. Fotos belíssimas...

Admilson
AdmilsonPermalinkResponder

Estarei em St Maarten no proximo dia 28/07 a 04/08 para visitar a ilha de St Barth é preciso ter o visto frances ?

Ricardo Freire

Precisa sim, Admilson. É fácil, dá pra fazer por despachante. O chato é que tem que fazer o seguro-saúde exigido pela comunidade européia (o pessoal das agências de viagem chama de "seguro-embaixada"), que sai uns 140 dólares. Mas esse seguro vai valer para a sua viagem inteira, incluindo a estada em St. Maarten.

Admilson
AdmilsonPermalinkResponder

Ricardo, obrigado pela resposta do visto frances ja estou providenciando, para interessados gastei 320 reais com visto e 130 reais com seguro viagem.Mais uma duvida é facil se comunicar com o Brasil via tel. e internet?

Ricardo Freire

É mais fácil via internet, Admilson. Em St Barth tem um cybercafé no centrinho de Gustavia, e em St Maarten existem vários.

Eu me dei muito mal com cartões telefônicos. Era difícil achar os que falavam com o Brasil, e mais difícil ainda achar orelhões onde dava para usar o cartão. Ah -- em St Maarten / St.-Martin o cartão que você compra num lado da ilha não vale do outro.

Ei -- e não foi o contrário não? 320 de seguro e 130 de visto?

Admilson
AdmilsonPermalinkResponder

Obrigado pelas dicas, mas os valores sao estes mesmo 320 visto e 130 seguro achei caro o visto fiz via despachante.

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Continuando, entre as duas ilhas ( Sts Martin e Barth) o transfer de teco-teco é realmente imperdível. A saída de St Martin pela praia de Maho, a vista do sobrevoo em baixa altitude e, principalmente, a chegada em St Barth com a pista do aeroporto (e o teco-teco) beijando a praia de St Jean é espetacular. Pegamos uma pilota na ida (nada de machismo, mas...) e tenho tudo devidamente registrado através de uma filmagem feita na camara digital. Gustávia ( a capital) ou melhor, Gustaviá também é muito bonita e arrumada e passear a pé por ela é uma maravilha ! Vamos lá :
Praias - Governeur é digna do verdadeiro Caribe. Areias finas emolduradas por montanhas e com uma vista (do carro, lá de cima quando você está indo pra lá) que voce dificilmente esquecerá ! A praia de Saline também é muito bonita pois o acesso é feito através de uma duna. Imagine o efeito de passar pela duna e ver ao fundo o mar azul do Caribe. Shells Beach e Public também valem a visita. Não esquecer que a infra é zero e até água voce precisa levar além de toalhas e guarda-sol.
Restaurantes - Mayas (Public)- indicado pelo Riq e extraordinário ;Do Brazil (do Yanick Noah com o chef Bou Bou e em Shells Beach) - almocei lá, foi bom mas não pareceu ser um lugar excelente pra jantar - La Mandala ( outro do Bou Bou) - thai fusion excelente e num lugar com uma excelente vista de Gustávia.
Passeios - todos de carro (de preferencia um jipe 4x4) e tentar se perder, se é que isso é possível pois a ilha é bem pequena.
Impressões finais : vale mesmo a pena ir as duas ilhas até pra confrontar o óbvio. St Martin/Maarten é um lugar mais ¨popular¨ e bastante turístico com muitas pessoas que estão em cruzeiros. Já St Barth é um lugar bastante exclusivo ( o Hotel Le Guanahani é um capítulo a parte com os bangalôs com vista pra duas praias e instalações charmosas e ultra bem decoradas) e com um charme francês e rústico que faz voce se sentir em casa rapidamente. Portanto, vale a pena tirar o visto francês e conhecer (de teco-teco) St Barth.
E pra terminar, a viagem via Miami ainda te dá a possibilidade de fazer uma ¨muambada¨de primeira linha.
No mais, grato pelos posts que foram utilíssimos e muito utilizados durante toda a viagem. Quaisquer dúvidas, estou a disposição.

Ricardo Freire

Merci, Edu!

A ilha estava toda funcionando ou tinha coisa fechada por ser baixa temporada?

Lena
LenaPermalinkResponder

Edu Luz,
desculpe , mas acho que perdi onde você informou detalhes do seu pacote. Pode postar de novo? Que tipo de pacote você comprou, com quem e quanto?

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Riq, estava quase tudo funcionando mas não tinha muita gente não. As únicas exceções foram alguns restaurantes de temporada que realmente só abrem na alta. Só pra exemplificar, não tinha nenhum restaurante italiano aberto em St Barth enquanto que normalmente existem quatro. E quanto ao tempo, choveu um dia inteiro ( por sinal o segundo e em St Martin). Em todos os outros dias o sol foi de rachar ( ~33 graus) e de vez em quando chovia rapidamente.
Lena, eu fechei o fly and drive com a Nascimento Turismo (Tatiana) e saiu em torno de U$ 3000 pra mim e pra minha esposa pois era duplo e U$ 4000 pra minha filha pois era single. Este pacote saiu um pouco mais caro que o normal devido a utilização do Guanahani ( mas valeu a pena), pelo hotel de Miami e os carros em Sts Martin e Barth que estavam incluídos ( um Nissan Terius e um Toyota RAV 4).

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Lena

Voce que está querendo ilhas e praias, considere a opção do Caribe Colmbiano ( Cartagena e San Andres), são lugares excelentes e baratos.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Lena

Voce que está querendo ilhas e praias, considere a opção do Caribe Colmbiano ( Cartagena e San Andres), são lugares excelentes e baratos.

Embora, eu também tenha gostado muito de St. Barth e de St. Martin, que também valem a pena, mas acho que pela metade do valor, talvez até 1/3, voce faz uma viagem igualmente boa para a Colombia, que não tem preços em Euros.

Lena
LenaPermalinkResponder

Ernesto,
acho que estou querendo tuuuudo... :roll:
mas não estou podendo nada... eekops:

É aquela tal listinha que não pára de crescer; depois que você deu a dica em outro post de Cartegena e San Andres, deixei na lista também smile Na próxima ConVnVção vou te encher de perguntas!!

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

OK, estamos lá.... Só que estou desatualizado, fui para Cartagena há quase 20 anos em 1989 !!! Mas, pretendo voltar! Está bom e barato, e para quem tem milhagem é barbada!

Gislaine
GislainePermalinkResponder

Olá pessoal... vendo os posts sobre St. Martin e St. Barth, segue uma dica legal para quem quer conhecer este lugar fascinante. A CVC Viagens esta lançando um fretamento entre o dia 15/12 até o carnaval para este destino, os voos só fazem escala em Brasilia e depois vai direto com excelentes horários. E o melhor, o valor tb esta super legal saindo a partir de U$1528,00 por pessoa em duplo.

Majô
MajôPermalinkResponder

Gislaine,
Você sabe qual o hotel e onde fica ?

Walter
WalterPermalinkResponder

Ola,
Gostaria de saber se há realmente a necessidade de um visto especial frances para St.Barth.,???Urgente...

Grato,

Elaine e Tiago

Caro amigos do site, viemos aqui para ver se alguem poderia nos dar algumas dicas sobre como chegar a essa ilhas do Caribe, França , sem estar em território americano. Estaremos nos casando em dezembro e pretendíamos ir a umas 3 ilhas destas. Ja até nos vacinamos. rs
Moramos no Rio de Janeiro - Brasil e pretendíamos viajar em janeiro mas nao temos dicas de como reservar essas viagens e se possivel nos dar algumas dicas.

Agrademos de coraçao se alguem puder nos ajudar.

Um grade abraço em todos

Elaine e Tiago

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Pessoal, estou aqui numa noite de sabado buscando lugares de praia para conhecer commeu marido e meu filho de 5 anos e achei esse blog de vcs. Fiquei MARAVILHADA com essa viagem e queria saber qual o hotel e praia vcs indicariam para ir com meu filho. Ele vai curtir tb essa aviagem? Queria sair um pouco de Disney e resorts...

Erico
EricoPermalinkResponder

Tem coragem?

Maurício P.
Maurício P.PermalinkResponder

Pessoal, desde o dia 1/ago/09 não é mais necessário o visto francês para visitar St. Barth ou St. Maarten. Vejam o que diz na página da embaixada francesa:

“Os cidadãos brasileiros que desejarem se dirigir à França em viagem turística estarão isentos da exigência de visto.

Esta medida aplica-se exclusivamente às estadas inferiores a 3 meses e apenas na França metropolitana, Coletividades e Territórios Ultramarinos: Saint Martin, Saint Barthélémy, Saint Pierre et Miquelon, Nova Caledônia, Wallis et Futuna, Mayotte e Polinésia Francesa assim como para os Departamentos e Regiões Ultramarinos: Guadalupe, Martinica e Réunion.

Porém, o visto é obrigatório para a Guiana Francesa.“

http://saopaulo.ambafrance-br.org/spip.php?article435

Ricardo Freire

Os comentários sobre visto são de 2007, quando ainda havia esta necessidade.

Ana GAbriela
Ana GAbrielaPermalinkResponder

Otimas dicas!
voce saberia dizer se eh preciso tomar vacina da febre amarela?

Marina G
Marina GPermalinkResponder

Vcs que já foram pra lá, acham que novembro é um mês bom pra ir? Depois que vi esse post me animei em passar a minha lua de mel lá, o que vcs acham?
Obrigada

Ricardo Freire

É baixa temporada ainda, preços bons. Mas ainda é finzinho da estação de furacões.

Marina G
Marina GPermalinkResponder

Só arrumando o email, que saiu errado smile

Chico Bastos
Chico BastosPermalinkResponder

Olá para todos.
Mas é bom lembrar que não ocorre furacão lá há 15 anos, desde 95..
E para quem interessar posssa, no site do wheater channel tem as previsões de chuva, com mm e temperatura, assim como no site de alguns hotéis da região também.
Quanto ao visto realmente não é mais preciso.
E quanto a vacina da febre amarela, esta é sim requerida.

daniela
danielaPermalinkResponder

Gostaria de saber se janeiro é um bom período para ir para St Maarten e St Barth
Quantos dias ficar em cada uma das ilhas?
Obrigada

Viaje na Viagem

É uma boa época.

Quantos dias, você decide.

https://www.viajenaviagem.com/category/st-maartenst-barth

Letícia de Bragança Teixeira Pinto

Olá estamos pensando passar uma semana de Lua de Mel em St. Barths. Gostaria de saber se:
- Final de novembro é uma boa época para ir;
- Qual hotel você indica (gostariamos de ficar em resort de frente pra praia);
- se tem lojas de marca de roupa, eletronicos,... bom para comprar;
- se é bom dividir a viagem com San Martin/ San marteen;
Estava em dúvida entre Bahamas, gostaria da sua opinião.

Agradeço desde já.
Letícia.

MARINA
MARINAPermalinkResponder

Letícia,

Achei impressionante a tua pergunta... Era justamente a dúvida que tínhamos também. Bahamas ou St Barth? Com ou sem St Maarten?
Então, olha o que pensamos: Bahamas é uma coisa totalmente resort para família, cheio de criançada, aquela coisa. E uma coisa bem mais "bastantão". St Barth é uma coisa muito mais charmosa, exclusiva e romântica... próprio para uma lua de mel. Optamos por St Barth.

Acabamos escolhendo um voo da Gol SP- St Maarten que chega lá as 21:30. Como não existe vôo para a ilha a noite, reservamos um hotel em St Martin e optamos por passar um dia inteiro na ilha para conhecer(Mercure, super em conta para passarmos apenas esta noite e a seguinte). Saiu R$540,00 o casal com café. Ficamos a noite de sábado e de domingo em St Martin e na segunda-feira vamos para St Barth, em um voo da St Barth Commuter que sai as 11:30. Em St Barth ficamos 5 noites, retornando no outro sábado para St Martin onde pegamos o mesmo voo da GOl de volta para SP.
Acho que Novembro ainda tem alguns hoteis fechados, mas o nosso já estará aberto. Ficamos no Christopher. Tem lojas bacanas: Louis Vuitton, cartier, Alguma coisa de eletronicos... Acho que vcs vao curtir assim como nós...

Mas, pra Lua de Mel, St Barth de certeza.... nem comparacao com Bahamas...

Espero ter ajudado.
Marina

Ricardo Freire

Ótima escolha, Marina. Só queria te alertar quanto ao Mercure: é beeeeem fraquinho. Está em reformas e só vai ficar realmente ficável quando terminarem as obras. Eu passei uma noite lá e achei bem tristinho. Caso dê para mudar, mude. Senão, relaxe, porque no dia seguinte vocês vão estar na ilha mais charmosa do Caribe.

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Ricardo,
peço confirmar se essa informação de reforma no mercure é recente, pois pretendia me hospedar em janeiro de 2011. Caso positivo, ou realmente não o recomende, peço sugestões de outros hoteis similares. Havia também pensado no Sonesta Maho, no Beach Plaza (lado francês) ou no Princess Heights. Obrigado desde já pelas dicas do site.

Viaje na Viagem

Eu sou só um blogueiro, Bruno. Não sou porta-voz nem detenho o cronograma de obras do Mercure.

Minhas considerações recentes sobre hotéis de St. Maarten estão neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2010/07/st-maartenst-martin-como-escolher-seu-hotel/

Para hotéis não citados, cruze as informações de localização dadas pelo post com o que você vir nos sites dos hotéis e no TripAdvisor.

LAURA
LAURAPermalinkResponder

Estou indo para StMartin ( chegada ) dia 16 jun 2011 , vale a pena ficar 02 dias vi comentarios que St Martin nao vale tanto a pena .
17 a 21 jun St Barths
21 a 24 jun Anquilla
24 a 29 Jun - Tortola e Vigin Gorda .
Alguem poderia me informar se é mto , hoteis bons nos lugares acima , pls . E nosso 1 vez no caribe e faremos 40 anos de casados , mas somos animados e gostamos de mergulhar ,caminhar e de comer bem !
Fico no aguardo de vcs . Obrg por hora .Laura

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Laura!
Leia mais sobre St. Barth nos posts mais recentes:
https://www.viajenaviagem.com/category/st-barth

Sobre Anguilla veja uma indicação de hotel aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/03/caribe-10-praias-nota-10/

Veja como aproveitar St. Maarten aqui:
https://www.viajenaviagem.com/americas/caribe-a-z/st-maarten-st-martin-ricardo-freire

LAURA
LAURAPermalinkResponder

Vcs tem alguma informacao sobre as ilhas virgens britanicas , também vamos , preciso urgente . Obrg . Laura

Gisela
GiselaPermalinkResponder

Oi! Estou em st barths, acabei de chegar de stmaarten. As dicas foram super acertadas ate hoje. Mas fui jantar no Mayas(st barths) e achei pessimo. 3 garconetes sobrecarregadas para mais de 20 mesas, comida ruim e cara, alem de servida sem nenhuma preocupacao estetica-o arroz feito naquelas panelas eletricas estava jogado num prato de sobremesa e o camarao separado em outro prato.Outra atualizacao que julgo necessaria sao os comentarios das pessoas aqui em st barth de que st maaarten/st martin esta se tornando uma ilha violenta, principalmente na parte francesa. Nao nos conteceu nada de violento por la, mas aqui o comentario eh de que esta havendo muitos assaltos a mao armada e "ataques". Alguem sabe mais a respeito?

Maria Fernanda

Olá Gisela, estive em St. Maarten/St. Martin/St. Barth em junho de 2010. No lado francês, escutava-se o comentário que após às 17:30-18h não se deveria andar sozinho nas ruas devido ao risco de assaltos (com armas) pelos locais da ilha. Até mesmo qto ao carro alugado era melhor tomar cuidado ao entrar. Nunca vi violência alguma, mas as pessoas eram alertadas sim! Fiquei no Westin em St. Maarten e achei excelente. Consideraria como uma ótima opção, apesar de não ter uma praia tão calma... O ideal nesta ilha é alugar carro mesmo. Só para vcs terem uma idéia de preço, 01 semana neste hotel (passeios a parte e fui pra St. Barth no esquema de barco - bate e volta), pela Nascimento Turismo(vôo direto fretado) ficou em USD 2.680,00 (single). Foi interessante pq no último dia (da última semana de junho)chegaram vários turistas europeus, americanos na ilha, lotando... Acho que dei sorte!
Ricardo, sempre leio suas dicas antes de viajar: obrigada!!!! E os comentários de quem compartilha tbém são bem interessantes. Valeu!!!

Jayme
JaymePermalinkResponder

Prezado A Bóia
Gostaria de fazer uma bom relato de minha recente viagem a St. Barths.
Como fazê-la, tipo EduLuz ou Prá Duros e não apenas um pequeno comentário.

Janaina
JanainaPermalinkResponder

Quais empresas aéreas voam para St Barth ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janaina! Várias.

Leia o post mais recente sobre St. Barth, tem todo o serviço atualizado:
https://www.viajenaviagem.com/2011/01/st-barth-para-duros/

Janaina
JanainaPermalinkResponder

Alguém alugou carro em st barth ? Qto custa aproximadamente e onde e mais barato ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janaina! Os preços variam de acordo a estação. O Ricardo Freire costuma alugar com a Gumbs.

http://www.gumbs-car-rental.com/eng/

claudio
claudioPermalinkResponder

Ola, estou tentando acessar o site de barco st marteen x st barth, mas nao estou conseguindo. Gostaria de saber. Tem barco todo dia, quais horarios, preço ?

Vale a pena dois dias em Anguila? Alguma recomendaçao especial para la?

Estou garimpando tudo por aqui, mas sempre fica alguma informação perdida, ai venho recorrer aqui.

Estou pensando em 14 dias, peguei uma promoçao da copa, por mais ou menos 640 us ida e volta. Entao seriam 6 dias em st marteen, 2 em anguilla 6 em st. barth, acho que da pra aproveitar sem corre corre e curtir bem. So me faltam detalhes de como ir e barco, para st barth e anguila.

obrigado e continuo na procura

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Há barcos todos os dias tanto para St.-Barth quanto para Anguilla, por diversas companhias. Dá para comprar até na hora, sem problema.

Acho que o site mudou de endereço. Veja: http://www.voy12.com/

Nosso post mais atualizado sobre St. Barth é este:
https://www.viajenaviagem.com/2011/01/st-barth-para-duros/

claudio
claudioPermalinkResponder

ola, estou com quase tudo acertado, mas preciso de umas afinaçoes. Pretendo ficar 14 dias. 6 em st. marteen , 6 em st. barth e 2 em anguilla. Estou pensando em deixar anguilla por ultimo, pois como de st marteen vou para st barth, pensei em pegar o voo do outro aeroporto em grand case que dizem ser mais vazio e devo ficar por la. Na volta de st barth eu vou para o princess, pego um taxi para o porto para ir para anguilla e no dia de ir embora ,acho que deve ser mais facil anguilla x st marteen por ser mais perto. Oque vcs acham desse planejamento com relaçao a logistica real das ilhas?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Está bom.

Janaina
JanainaPermalinkResponder

Hoje qual é o melhor e mais bem localizado hotel de St Barths ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janaina! Os mais chiques são o Le Toiny e o Carl Gustav. O La Banane deve ser o mais charmoso. O Séreno é hypado. O Guanahani tem a estrutura mais completa.

Vi
ViPermalinkResponder

Saint Barth é o destino mais cobiçado do Caribe. Aqui é sempre muito legal... a alta estação sempre bem animada, as praias são otimas. O local ideal para quem quer tranquilidade e segurança. é uma mistura de tudo. So não tem gente feia e mau humorada. O turismo brasileiro, começa a aumentar bastante por aqui. Tenho visto bastante brasileiros chegando na ilha. Em todas as estações, se pode ouvir o português do Brasil, ou como os franceses costumam chamar a nossa lingua, "o brasileiro". Enfim, se alguém quiser dicas, entra em contato. Sou brasileiro e moro em Saint Barth ja alguns anos.

Maria Lucia Neves

Oi, Vi
prazer, meu nome é Lúcia, sou de B.H.
Um dos destinos dos meus sonhos é Saint Barth e você, felizardo, mora ai. Que inveja boa...
Quais as dicas vc pode me dar pra chegar até ai ? Voos, transfers, um hotel legal mas em conta, etc. Estou pensando em ir no final de Novembro, que ainda é baixa estação (presumo) e, indo sozinha como no meu caso, as coisas ficam mais em conta.
Aguardo seu retorno. Obrigada.

ANDREIA CARONE

CELULAR FUNCIONA EM ST BARTH???

ANDREIA CARONE

Lógico que funciona!
Lembra que os hotéis tem internete!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar