Couchettes no ar?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

lufthansa450.jpg

Olha só o que eu encontrei no blog Upgrade Travel Better: um projeto da Lufthansa para equipar a classe econômica (ou parte dela) com beliches -- ou, em jargão ferroviário, couchettes --, como num vagão-leito de trem.

A notícia saiu originalmente no site Flight Global, que informa que o assunto ainda está no estágio de estudos preliminares, que este é apenas um dos layouts que estão sendo estudados, e que ninguém explicou se, e como, esses beliches se transformam em assentos convencionais durante as partes do vôo em que você não queira dormir.

Eu sei que 95% dos passageiros discordam de mim, mas eu prefiro mil vezes um vôo longo diurno (me encho de revistas para ter a sensação de poder mudar de assunto durante o vôo) a um noturno. A obrigação de dormir me tira completamente o sono...

(A imagem da cabine está creditada no Flight Global como tendo vindo da Lufthansa.)

62 comentários

Thiago Parente

Concordo plenamente, nosso voo pra NY vai sair (se Deus quiser) as 08:45 de Gru.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Genial ! Só o que precisamos é de uma capsula na horizontal .
Sabes Riq , eu ainda não sei o que é pior : se um voo longo de dia
ou de noite ... cada um tem suas vantagens e desvantagens , mas dormir
não é problema não : d-o-r-m-o-n-i-d garante 5/6 horas de sono smile
e sem ressaca ao acordar .
E para os que argumentam que não gostam de tomar pois " se acontecer
alguma coisa >>>" eu respondo : prefiro estar dormindo se acontecer
"alguma" coisa mrgreen

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Adorei a notícia, pois me incluo nos 95% que gostam de viajar à noite. Eu tenho uma facilidade danada de pegar no sono, às vezes o avião nem decolou e eu já estou cochilando...e acordo no destino. Pra mim nem faz falta a poltrona!
Sylvia...Dormonid não funciona comigo, não, fico acordadona.

Risa
RisaPermalinkResponder

UOL: Turismo Nova lei aprovada nos EUA pode liberar turistas brasileiros de visto. Será que dessa vez vai?

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Dormonid dá amnésia. Ajuda a esquecer a dor nas costas... grin

Ricardo Freire

Deu no Estadão também, Risa.

Acho difícil, porque o projeto de lei parece ser cheio de pegadinhas. Uma delas é que o país candidato a isenção de visto precisaria ter uma taxa de não-aprovação de vistos de menos de 10%; a do Brasil é de 13%.

E depois porque a primeira reação do Itamaraty é a de que que impôs o visto são os Estados Unidos, e são eles que têm que suspender. O orgulhoso Brasil não mexeria uma palha para pedir arrego.

Mas por trás de todo esse orgulho e instransigência e nacionalismo exacerbado para mim o que existe é contabilidade. Se os Estados Unidos suspenderem o visto para brasileiros, o Brasil vai ter que suspender o visto para os americanos, e o Itamaraty vai ficar sem sua fonte principal de receita...

Beto
BetoPermalinkResponder

Voar à noite, pra mim, é um saco. Ou melhor, pensando bem, voar é bom mesmo à noite, com insônia e dor nas costas. Mas também prefiro vôo diurno. Acho que passa muito mais rápido. O único defeito (mas não estou reclamando) é ter que acordar (ou melhor, pensando bem, nem dormir, só pra conferir e reconferir as malas) de madrugada pra pegar um carro, subir essa serra inútil, atravessar esse caos aí e levar uma hora e meia até Cumbica. Enfim, viajar é bom pra cacete.

mauricio
mauricioPermalinkResponder

melhor ainda viajar de dia no sentido oeste! fui de ny para honolulu uma vez e tive um maravilhoso dia de umas 36hs. saí na hora do almoço e cheguei no happy hour. lendo um bom livro.
me se tiver que ser a noite deitado seria melhor.

Nico
NicoPermalinkResponder

Ric,

Muito boa essa coluna ao lado de destinos!! ficou ótima mesmo e deve ter dado um trabalho danado. Sei pq estou separando seus posts e os comentários por destinos no Word e dá trabalho mesmo.

Mas agora ficou mamão-com-açucar para consultar as dicas do mestre!

Ricardo Freire

Ainda não terminei, Nico... tô em abril ainda!

(O pior é que daqui a pouco vou ter que sair pra gravar, acho que só termino amanhã...)

Célio
CélioPermalinkResponder

Sei não......pelo que entendi...ou vc. vai deitado...ou vai na horizontal....dormindo ou acordado...sei não.......

Nico
NicoPermalinkResponder

hehe...tudo bem ...tá ficando legal mesmo e a gente espera o tempo que for preciso...faz com calma.

Sei que é demorado, pq eu tava fazendo isso desde as versões antigas do VnV, e com os posts até que vai rápido mas nos comentários é que são elas...e nos comentários tem várias dicas preciosas e se não anota na hora que lê depois fica muito difícil de saber em que posts elas estão.

Ricardo Freire

Na fase 2 da indexação eu vou fuçar todos os posts que mudaram de assunto nos comentários...

O difícil é indexar os blogs antigos. Os permalinks do Zip.net dão muito trabalho e nem sempre dão certo...

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Riq

O indice ficou otimo.

Agora, avião, de classe economica e cheio é que nem dentista: um sofrimento, independentemente do horáriio....

Ricardo Freire

Tá ficando, Ernesto, tá ficando... ainda falta muito :!:

Beto
BetoPermalinkResponder

Riq, demais o índex. Um trabalho da moléstia, mas vai dar um baita gás no blog. E eu que andei chamando a Sylvia de doida, por causa dos detalhamentos dela e da disposição em informar, vou chamar você de quê? O melhor que me vem na cabeça é "guru da Sylvia" lol

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Riq, o index está ficando mesmo incrível. Facilita bastante a pesquisa, principalmente daqueles que caem mais desavisados no blog. wink
Quanto aos couchettes... pra mim, que nunca durmo nadinha num vôo, seja ele de dia ou de noite, curta ou longa distância, a idéia de ter que passar as insuportáveis horas no ar deitada me apavora. Pelo menos sentada dá pra curtir a programação de filmes, ler livros e revistas ou qualquer outra coisa que seja mais interessante que ficar olhando o fundo do beliche de cima... sad

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

lol

lol

RIIIQ !! G-E-N-I-A-L este index smile
Me lembrei agora , que enviei um email para o blog antigo perguntando
se não dava para criar um índice das materias pois eu não conseguia
encontrar nadicas smile e ainda levava hoooras para carregar cada pagina.
BRIGADÃO COMANDANTE :!:

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Ah.. Mari , eu entro no avião e durmo imediatamente ; acordo uma
hora antes de começarem a servir o café ( para ter um banheiro
só meu ) . Os créditos são todos dos fármacos smile

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Sylvia, acho que eu vim com defeito de fabricação... já tomei de tudo, e não rola nadinha de nada, nem puro nem com álcool lol

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Mari Bionica ? Como é que pode menina ??
E como é que fica se precisas ser anestesiada ?

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Olha, das poucas vezes que fui anestesiada, demorou horrores para fazer efeito... mas, graças a Deus, fez! smile

Ricardo Freire

Ainda falta indexar do meio de junho em diante... amanhã eu continuo.

Fui!

Arnaldo (FATOS & FOTOS de Viagens

Riq, eu faço parte da minoria mais descriminada do mundo turístico:

não acho Veneza a "cidade mais romântica, charmosa e atrante do mundo"

e prefiro um vôo diurno a um noturno!

Arnaldo (FATOS & FOTOS de Viagens

putz, perdoa aí..." descriminada " é pra ser expulso do blog!

Arnaldo (FATOS & FOTOS de Viagens

Aliás, uma dos meus maiores defeitos é discriminar quem escreve "descriminar". Acho isso a maior "bichisse"! (lembram-se do neologismo?)

Lena
LenaPermalinkResponder

Eu prefiro ir de dia porque não consigo dormir na classe econômica. Aquela poltrona empurrando a cabeça da gente pra frente , É O FIM!! Nas vezes em que âpgreidei para executiva, dormi bem (ou suficientemente bem...).
Infelizmente, não existe vôo diurno para todo o lugar. Para o México, ia sempre de dia. Lia a viagem toda e chegando lá, jantava no hotel, via tv e dormia. Na manhã seguinte estava novinha para o trabalho.

O índice ficou o máximo!! Tremendo âpgreide para a tripulação lol

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Eu tb faço parte da "turma" do Arnaldo, não acho Veneza a cidade mais romântica, charmosa e atraente do mundo, embora tenha certesa que é uma cidade que todos nós que amamos o mundo as viagens devemos visitar ( como bem definiu o Ricardo) e também não suporto vôos noturnos, toda vez que posso escolher , vôo diurno. Pena que os companheiros de viagens não concordem comigo.

WB
WBPermalinkResponder

isso parece dormitório de quartel !!!

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Riq, obrigada pelo novo índice!! É essencial para a gente se orientar num lugar que tem TANTA informação.
A título de sugestão: seria interessante separar as categorias relativas a lugares das outras (ex.: comer, dossiês, dormir, etc.). É que essas "outras" acabaram perdidas no meio de tantos lugares...

Ricardo Freire

Wanessa, mesmo os posts indexados em categorias como "dossiês" e "comer" também estão classificados por destinos.

Ou seja: procurando pelo destino, você vai encontrar todos os posts sobre o lugar -- incluindo algum eventual dossiê ou posts também indicados como "comer".

Reservei o tag "dossiê" para os posts mais super-hiper-completos, em que o texto principal já funciona como um guiazão. O "comer" é só uma curiosidade.

O "dormir" eu estou desativando porque é mesmo redundante.

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Nossa, Riq, esse é realmente um trabalho e tanto, ainda mais considerando a parte dois, de procurar nos comentários. Mas o blog vai ficar ainda mais perfeito: o maior banco de dados de viagens da internet brasileira! (e um dia, do mundo, como diria o Cérebro razz )

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Emília, quem sabe da Galáxia? grin
Adorei mesmo o Index. Só o Riq para ter toooooda esta paciência, né? smile

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Pois é, Mô, tudo no capricho. Vocês viram a dimensão deste index? Está enooorme! E isso porque ainda falta muito para terminar. É fabuloso mesmo.
Aliás, aproveitando, adorei as tuas fotos novos, lindas, lindas. Quando se viaja muito de carro são muitas as oportunidades de fotos bacanas e você aproveita.
Quem ainda não viu, dá uma passadinha para iluminar o domingo cinzento grin

Beto
BetoPermalinkResponder

Tô info lá, Emília. Viu, Mô?

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

smile Emília, obrigada! (onde fica a carinha com vergonha?)
E vc tb, Beto. Não repara a bagunça, ainda não me acostumei bem com a casa nova... smile

Beto
BetoPermalinkResponder

Eu não tava info, tava indo. Não dui, fui...

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

ok, Riq, entendi. Mas não tira as categorias antigas, não... Ajuda quando o interesse principal não é um lugar específico, mas sim um assunto.

Chris
ChrisPermalinkResponder

Ricardo e pessoal. Estou planejando passar o reveillon em Paris, mas estou preocupada se é muita roubada por causa do frio. Acredito que o visual compensa. Gostaria de dicas de hotéis bons, baratos e bem localizados.Peço uma ajuda a todos. Adoro o blog.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Eu sempre fiz vôos noturnos, mas são um tormento para mim, eu ou não durmo nada ou durmo muito pouco (durmo igualmente mal na executiva e na econômica), uma vez indo para Miami passei mal 3 vezes, a maioria dos vôos para onde eu estava indo só saia à noite, fazer o que?

Sobre Paris no ano novo, o frio não é tanto não (exceto se, por azar, vier uma forte onda de frio, o que so dá para saber dias antes), eu não acho o inverno do oeste europeu rigoroso, mas isto depende da pessoa, e quase não neva fora dos Alpes, muito sem graça (adoro neve). Para os padrões brasileiros é muito frio de qualquer jeito. Da Alemanha para o leste o frio e a neve só aumentam.

Se eu tivesse que escolher uma época para ir até Paris, escolheria primavera ou verão, mas NÃO acho uma roubada ir no ano novo, nenhuma época é ruim para visitar Paris.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Chris, eu sou da opinião que NUNCA é roubada ir para Paris! lol No final do ano, vai estar frio, sim, e bem frio. Mas eu particularmente não tenho nada contra viajar no inverno europeu. Acho que vale a pena viajar para lá o ano todo!!!! Sim, os dias são mais curtos e não dá para ficar tanto nas margens do Sena como gostaríamos por causa das baixas temperaturas, mas Paris é linda sempre. De hotéis bons e baratos que eu fiquei por lá, só vale a pena dar a dica do último, que já falei aqui: Comfort Inn Saint Pierre, em Montmartre. Paguei 52 euros pela diária para casal, com café, via minha agente de viagens (ela comprou da MMT). Mas aqui no blog vc encontra muuuuuuuuuuuuuuuuitas outras sugestões. Dá uma olhada no mega index que o Riq acabou de implementar!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Procurei procurei , tentei lembrar mas ...sorry não encontrei
o post em que comentamos sb traduções erradas , então vou colocar
aqui o e mail que recebi de um amigo jornalista que mora no Rio
e está trabalhando no Pan ( agora tb no ParaPan) :
.....
"Fiquei enfurnado no Riocentro trabalhando 12h-14h por
dia e tendo de aturar equipes de tradutores horríveis,
ou melhor, muito desiguais.

Tive de aturar coisas como prorrogation, que faz o
estilo enrolation, off-match balls (bolas fora de
jogo), key como chave de classificação num torneio
(que os ingleses chamam de draw, porque há um sorteio
pra ver quem pega quem). Mas o recorde foi uma mulher
que perguntou se Peru não deveria ser Peroo. "

Lafayette
LafayettePermalinkResponder

Riq, agora é a minha vez de te pedir diquinhas... posso?

Eu e a patroa passaremos 7 dias em Fortaleza, de 01 a 08 de setembro. Vamos ficar no Vila Galé (que já te falei que fiquei ano passado e disse até que ia publicar as fotos... com o xipaia no wordpress agora vai! rsrsrs).

Pretendo ir à Jeri, passar 2 dias e 1 noite, ou 3 dias e 2 noites. Já vi acolá que você sugeriu à Sílvia as pousadas Kalango (tô quase ficando nessa!), Jeribá, Mosquito, Calanda e tal.

Porém, ai, porém. Há um caso diferente...

Uma amiga ouviu falar de uma pousada chamada "Rancho do Peixe" (http://www.ranchodopeixe.com.br/).

Pelas fotos parece-parece, mas fotos são fotos.

O que você me diz sobre? Conhece? Conhece quem conhece? Ou nem tchum? Abraços.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Triste, Sylvia, muito triste...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Lafayette, tem umas opiniões aqui :
http://kitesurfmania.com/ksm/disc/dispthre.asp?an=37172&pn=53&ss=
e uma em que confio bastante aqui:
http://www.rotas.xl.pt/0506/800.shtml

Liciana
LicianaPermalinkResponder

Lafayette,
Quando a Rancho do Peixe foi inaugurada ela era apresentada pelo pessoal da Vila Kalango como sua outra pousada e que ficava fora do vilarejo, especial para quem gosta de praticar kite e windsurf.
Sinceramente não sei te dizer se continuam sob uma direção única, mas seguramente esta pousada segue o mesmo estilo da Vila Kalango. Creio que o mais importante neste caso seja considerar a distância da pousada ao vilarejo.
Notei que você falou em ficar 2 ou 3 dias. Considere que a viagem de Fortaleza a Jeri (e vice-versa) dura umas 4 horas em veículo 4x4, e se for de ônibus aproximadamente 6h30'. Portanto, creio que vocês devem avaliar bem quantos dias querem ficar, mas 2 com certeza é bem puxado.
Boa sorte!

Miguel
MiguelPermalinkResponder

Há muito tempo eu não pegava um vôo diurno longo...quer saber? A volta de Amsterdã foi bem mais tranquila que a ida, de noite. Saída às 10:00 e chegada às 17:30 em SP, com ajuda do fuso. Desci inteiro, sem aquela inhaca de uma noite mal dormida, muito mais jogo. O vôo passou bem tranquilo, a KLM tem o melhor sistema de entreterimento que eu já vi.

E parabéns pelo índice, Ricardo. O garimpo agor vai se limitar à era pré-wordpress, mas como você volta aos destinos quase sempre, aumentando as dicas, logo mais o blog atual suprime o antigo.

Obrigado pelo trampo !

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu adoraria um couchette no ar. Eu não consigo dormir sentado, minhas pernas não cabem em lugar nenhum. É o verdadeiro inferno. Durmo algumas vezes de exaustão. Nas últimas viagens eu tomei Dramin e foi jóia, consegui dormir, mas não chega a descansar, o dia da chegada é sempre meio perdido.

Tenho experimentado vôos diurnos e a conclusão é que se o dia da viagem é perdido, então que eu perca inteiro e durma numa cama quando chegar. Se eu tiver que embarcar à noite, o dia do embarque já fica bem comprometido, pois você fica pensando no aeroporto, tem que sair do hotel ao meio dia do mesmo jeito, etc e tal.

Atualmente, há muitos vôos da Europa para o Brasil durante o dia. Acho que vale a pena. Especialmente o da KLM que tem um serviço de entretenimento insuperável na classe econômica e o aeroporto de Amsterdam é ótimo para conexões. Concordo com o Miguel.

Indo para os EUA, o fuso ajuda, mas no retorno, só viria de dia de Miami. Outros destinos fica um vôo muito longo e o fuso piora.
Riq, o índice ficou demais mesmo!!!!

Ricardo Freire

Lafa, poucas pousadas brasileiras são tão charmosas quanto o Rancho do Peixe http://www.ranchodopeixe.com.br. Acho que a pousada tem os bangalôs rústicos mais bem-resolvidos do Brasil -- mais até do que os da Vila Kalango, que são do mesmo grupo. (Mas a piscina da Vila Kalango é mais bacana.)

Só que o Rancho não fica em Jeri, fica no Preá, a 12 km pela areia. As lagoas de Jijoca ficam bem mais próximas do que de Jeri (uns 10/15 minutos de bugue ou 4x4), mas em compensação toda vez que você quiser ir a Jeri vai levar uns 15/20 min. também. Deve haver alguma infra de traslado, mas é um trampo.

E vem cá -- onde você leu que eu recomendo ficar dois dias em Jeri? A minha campanha, tanto em Jeri quanto em Noronha, é justamente o contrário -- não faça essa viajona pra ficar tão pouco tempo.

De vez em quando eu recomendo dividir a estada entre Jeri e Jijoca -- daí sim, eu falo em um ou dois dias (na lagoa). Talvez em algum lugar eu tenha escrito que valia a pena tirar dois dias no Preá (ou seja, no Rancho do Peixe) depois de Jeri.

Resumindo, a pousada é um deslumbre (para quem curte rusticidade), mas a localização só é boa para quem quer kitesurfar (pra isso é a melhor praia da região) ou para descansar de Jeri. Numa primeira visita, acho mais negócio ficar na vila, mesmo.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Tripulação, que saudades !!!

Voltamos da Italia !!! Que calor era aquele minha gente ?

Assim que eu organizar a casa eu volto pra contar detalhes "sordidos" do norte da Italia e sul da Suiça (e não sao poucos detalhes !!!).

Alguém aih ja foi em Vaduz, Lichenstein ? Se não, nem perdeu nada (rs), e nem me perguntem que diabos eu fui fazer la !!! smile

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar