easyCruise 2008: Grécia sim, Caribe necas?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

easynevis451.jpg

Recebi (eu e toda a torcida do Manchester United) um email de Sir Stelios informando que já estão à venda os cruzeiros low-cost da easyCruise para o verão europeu de 2008.

Como já estamos em agosto e até agora nem o site nem o email marketing da easyCruise não falaram nada de itinerários para o inverno do Hemisfério Norte no Caribe, creio que eles devam ter mesmo desistido da operação caribenha. Pena. Eu repetiria a viagem na boa.

Os cruzeiros gregos, porém, parecem ir muito bem, efkaristó. Tanto que os preços iniciais para o ano que vem, apesar de serem convidativos, não são essa pechincha toda. (É bom lembrar que, além de uma cabine moderninha e espartana, o único extra incluído nos roteiros é a possibilidade de ficar até altas horas da madrugada nas ilhas, em vez de voltar para o barco cedo, como nos cruzeiros tradicionais.)

Itinerários e preços de lançamento para o ano que vem:

4 noites no Egeu (do Pireu a Poros, Mykonos, Paros e Sifnos, voltando ao Pireu) -- desde 380 dólares por cabine dupla;

9 noites no Jônio (do Pireu a Delfos, Ithaki, Paxos, Agioi Saranta na Albânia, Corfu, Preveza, Cefalônia e Corinto, voltando ao Pireu) -- desde 580 dólares por cabine dupla;

14 noites Egeu + Jônio (os dois roteiros combinados, com uma noite no Pireu) -- desde 1.100 dólares por cabine dupla.

Interessa?

40 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Dé
Permalink

Oi Ricardo! Estou embarcando nesta quinta num cruzeiro de 7 dias no Easycruise, na Grecia. Comprei com bastante antecedencia e acho que paguei barato: 360 euros a cabine dupla.
Depois contarei os detalhes!
Adelia

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Conta sim, Adelia, pufavô! Boa viagem!

Sylvia
SylviaPermalink

Bah !Estas nove noites no mar jonico são uma tentação !
Estas ilhas verdejantes e montanhosas , totalmente diferentes
das ilhas cicladicas ( com pouca vegetação).
Visitar a terra de Ulisses é um sonho antigo smile
Me surpreendi com Delfos , não sabia que havia um porto para ancorar
e olhando no mapa vejo que deve ser em Itéa (antes de chegar a Patras).
O que não compreendo é a inexistencia de transporte maritimo entre a
Grecia-Jonica e a Croacia , pois o ideal é depois disso dar uma conferida
na Bosnia, Croacia e terminar em Veneza.
Excelente roteiro para quem só pode sair duas semanas lol

Sylvia
SylviaPermalink

Aproveitem para babar com Zakintos ( terceiro lugar na minha lista
de desejos)
http://www.slike.si/showphoto.php/photo/8433/cat/660

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Sylvia, unir Grécia e Croácia no verão, terminando ainda em Veneza, é roteiro pra ninguenzinho botar defeito!
Os preços subiram em relação a esse ano, mas ainda são muy interessantes - pena mesmo o Caribe ter ficado de fora....

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Para Delfos o porto é Itea, sim, Sylvia.

E tem um roteiro de 11 noites pelo Jônio que inclui Zakintos e Aegina (800 dólares a cabine dupla).

Sylvia
SylviaPermalink

Riq, fiquei assim .. meio invocada com o teu Jonio do qual nunca tinha
ouvido falar smile , para mim sempre foi mar Jonico ( com ou sem casinha
no primeiro O ) , então agora fui conferir já que especialmente na Grecia
tem no minimo 3/4 grafias para cada lugar e encontrei o seguinte:

Mar Jônico (Brasil) ou Jónico (Portugal) (ital. Mar Ionio , grego ?ó??o ?????o?, albanês Deti Ion) é um braço do mar Mediterrâneo, a sul do mar Adriático. http://pt.wikipedia.org/wiki/Mar_J%C3%B4nico
Jonio não é em italiano ??
Assim como Pireu ou Pireus é em portugues e Piraeus na lingua local.
Bom, está tudo certo pois é impossivel ir para a Grecia sem acabar
sabendo todas as grafias e nomes duplos de cada lugar lol

Paulo Futami
Paulo FutamiPermalink

Riq e tripulantes,

Vcs sabem qual a melhor e mais barata forma de chegar na grécia para embarcar em um easy cruise?

obrigado

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Não conheço ninguém pra falar melhor da Grécia que o Décio.. rs
Dá um pulo em www.guiagrecia.com.br Paulo, lá deve ter tudo que é dica.
Ah, ele até ganhou um prêmio da folha com uma foto dessas de Zakintos.

Ernesto
ErnestoPermalink

Se voce considerar que as refeições não estão inclusas, não me parece tão barato assim, comparado com os outros navios, que cobram, nas cabines mais baratas, com desconto, de 80 a 120 dólares por dia.

Ernesto
ErnestoPermalink

Para chegar a Grecia, na baixa temporada, eu sugiro comprar tudo de ultima hora, pois ha bons descontos da cias aereas.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu já não me animo nada com cruzeiros, se nem preço baixo o easycruise vai oferecer, não vejo motivo algum para entrar nessa.
Riq, lembrei de vc em Amsterdam nas férias. Eu bati umas fotos do easycruise que faz o roteiro dos canais entre Holanda e Bélgica... Discutimos isso aqui em algum lugar do passado, não é mesmo?

Sylvia
SylviaPermalink

Bom , vou falar de novo a minha opinião sb cruzeiro na Grecia .
Acho que só vale a pena se o turista ADORAR barcos de cruzeiro
OU se quiser fazer um cruzeiro de reconhecimento , digamos assim
um city-tour sb a forma de cruzeiro e pretender voltar em outra ocasião
para ficar-dormir nas ilhas que mais lhe agradaram.
Ilha grega é sinonimo de ficar, estar, explorar, sentir-se em ;
passar só se for para voltar , senão fica aquele gosto amargo na
boca de quero-mais :roll:

Carla
CarlaPermalink

Puxa, dá pena que tenham abortado a Operação Caribe - essa era uma viagem que eu adoraria fazer...

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Bom, eu tô fora de cruzeiros, mas porque eu passo mal e acho que não é minha cara.
Exceto aquele que o Ernesto contou na ConVnVenção e que vai pra Antártida.

Flavia Penido
Flavia PenidoPermalink

Essa polêmica cruzeiros: ame ou deixe-os parece aquela dos resorts de um tempo atrás.

Acho que nunca vou conseguir que alguém me convença a pagar para ficar presa num lugar onde eu não posso ir aonde eu quero na hora em que eu quero...

Sylvia: Não conheço a Grécia, mas estou com vc. A gente tem que estar num lugar para pelo menos começar a tentar entender aquilo...

Salete
SaletePermalink

Riq,
Estou pedindo seu socorro novamente. Eu não viajo sem consultar você!
Estou querendo ir para Europa em janeiro (eu sei, eu sei, não é a melhor época, mas é quando temos férias)
Seriam uns 15, 20 dias. O que visitar? Paris, sem sombra de dúvida, Espanha, Madri e sul? Itália? Alemanha? Inglaterra?
Se fosse numa estação quente, eu ia querer alugar um carro. No inverno, faço de trem? vale a pena?
Provavelmente irei de milhagem, via EUA (visito a filhota em Miami). Daí porque preciso reservar logo.
O que me aconselha fazer,que cidades, já que faz uns 20 anos que não vou à Europa, (snif, snif, que horror, né?) sem gastar muito e sem ser em hotéis duvidosos?
Riq, você é o meu guru, não viajo sem ouvi-lo!
Um grande abraço,
Salete

Marcio
MarcioPermalink

Ummm eu queria fazer esse da Grécia sim!!
Mais pelo roteiro do que pelo EasyCruise. Deve ser demais!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Paulo:
Eu sempre recomendo comprar passagens aéreas internacionais com saída do Brasil por agente de viagem. Eles têm acesso a classes de tarifas que não aparecem para nós, e podem ficar monitorando as reservas até a tarifa interessante aparecer. O que você precisa é comparar a tarifa da viagem completa, Brasil-Grécia-Brasil, com a tarifa do Brasil a uma cidade de onde saiam vôos low-cost para Atenas ou as ilhas. A easyJet voa a Atenas de Londres (atenção: Gatwick e Luton, que são aeroportos diferentes do usado por British e TAM, que é Heathrow), Milão e Paris; a Aegean, que costuma ter boas tarifas (e voa direto a algumas ilhas também), voa de Frankfurt e Milão. Se você já sabe quando você quer ir, pode achar outros vôos em http://www.skyscanner.net . Ao comparar o preço da tarifa Brasil-Grécia-Brasil por companhia aérea convencional com o preço Brasil-Frankfurt ou Londres ou Milão ou Paris-Brasil por cia. aérea convencional + trecho europeu por cia. low-cost, leve em consideração que os limites de bagagem podem mudar (leia as letras miúdas) e que a passagem low-cost não pode ser remarcada; o ideal é não pegar um vôo low-cost no mesmo dia em que você pegue qualquer outro vôo, para evitar atrasos e perda da passagem.

Ernesto:
O problema atual não é chegar à Grécia, é sair do Brasil de avião. Na última hora acho difícil encontrar passagem barata internacional...

Jorge e Ernesto:
O easyCruise não está mais "dado", mas continuo achando que tem uma ótima relação custo x benefício. Ele é como um albergue flutuante que já vem com o transporte para a próxima ilha... e como funciona num horário diferente dos cruzeiros tradicionais, você tem tempo para escolher onde comer e beber com calma, e curte a noite das ilhas, quase como se estivesse hospedado lá. Isso vale mais do que comida de navio...

:
Eu jamais me imaginei fazendo cruzeiro pelos mesmos motivos que você. Mas esse é divertido -- pelo roteiro, pela companhia e pelo astral. Não me senti preso; senti falta de mais tempo em algumas ilhas, claro, mas achei perfeito o pit stop em outras.

Sylvia:
Pra quem não tem um mês inteiro pra borboletear pelas ilhas, acho que pegar o roteiro pinga-pinga de 9 dias pelo Jônio, com direito a varar a noite nas tabernas, complementando com mais seis dias divididos em mais duas ilhas, sobretudo nas Cíclades -- pode ficar bão grin

Quanto a Jônio e Jônico, são sinônimos. A Wikipédia não registra, mas Jônio está no Aurélio, no Houaiss e no Michaelis. No Aurélio há até uma filigranazinha -- jônio seria o habitante, jônico o relativo a ele (colunas jônicas, por exemplo). Eu prefiro Jônio porque acho mais eufônico.

Sylvia
SylviaPermalink

A duas semanas atrás comprei um tkt da Aegean ( Atenas-Santorini )
por 50 euros , taxas incluidas (para setembro).
O super-Cat ( barco-rápido ) sai de Pireus , leva 5 horas e custa 53 euros
mais taxas portuarias.
Ou seja, é preciso olhar todas as opções antes de escolher pois mesmo
o barco-lento que demora hoooras custa quase o preço do avião sad

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Salete,

Sua pergunta é complicada, porque eu não sei com que companhia aérea você vai (e indo com milhagem isso faz diferença), quais as cidades que você visitou, quais as que gostaria de revisitar, quais as que estão na sua lista de desejos.

Meus conselhos do post A primeira viagem à Europa valem para qualquer viagem à Europa. Dá uma lidinha lá.
http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/04/21/a-primeira-viagem-a-europa/

Em janeiro eu não alugaria carro nem faria viagens pelo interior. A partir das cidades escolhidas é que dá para estudar se o melhor é trem ou avião low-cost. Para trajetos de até 3 ou 4 horas pelos trilhos, eu sou mais trem, mas sempre é bom orçar todas as alternativas.

Se você estiver muito perdida, aí vão 4 cidades que, para além de Paris, fazem sentido para mim, em janeiro e para quem está retornando à Europa depois de 20 anos:
- Veneza e Praga (porque têm bem menos turistas, e portanto ficam mais bonitas, no inverno)
- Barcelona (porque se reinventou desde que você foi pela última vez)
- Berlim (porque é "a" nova cidade da Europa)

Mas para juntar essas cinco, você vai precisar dos 20 dias. Com 15, tire uma ou duas.

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Eu concordo inteiramente com a Sylvia acerca de sua opinião de cruzeiros às ilhas gregas, até por já ter feito um. E isso independentemente de deetatar cruzeiros marítimos, mas pelas características destes na Grécia, um bate e volta em cada ilha sem que vc a conheça bem. É como excursão à Europa, daquelas que passam por 20 países em 15 dias.

Todavia, é exatemente como afirma a Sylvia: vale pra ter uma visão geral e saber se vale a pena retornar ao destino.

Ainda que a Grécia esteja, na minha relação de países-destino MENOS agardáveis, junto, coladinho, cabeça a cabeça com a Itália, eu pretendo dar uam segunda chance a mim e minha mulher e fazermos uma nova viagem a algumas das ilahs gregas saindo de avião de Atenas e voando entre as ilhas, usando barco expresso apenas naquelas com percurso não superior a duas horas. Aí, sim, poderemos nos hospedar nas ilhas escolhidas e permancermos nelas por dois ou três dias em cada, visitando-as e curtindo-as de dia e de noite e aproveitando seu mar, o que, lembrem-se, é impossível em se tratando de cruzeiro. Esta é outra questão a ser levada em conta: o tempo que vc fica no mar, na Grácia, em um cruzeiro, NÃO é na areia, mas observando-o do deck e da piscina do navio.

Filipe
FilipePermalink

Caros tripulantes:
Fui a Grécia em Junho agora e foi uma viagem realmente indescritível. A vida toda esse foi o meu destino número 1 e confesso que um pouco antes de ir estava até com medo de me decepcionar, tamanha a expectativa. Mas acreditem ou não, foi muitoooo melhor do que eu esperava. Sem defeitos. Então aproveitando o post, algumas considerações:
Cruzeiro realmente só se o cara for tarado com um resort que flutua. Se não é frustração na certa, o que mais se via eram pessoas se amaldiçoando por só poderem ficar algumas horas em ilhas como Santorini e Mykonos. As ilhas são bem maiores do que pensamos, tem programa para fazer durante 3, 4 dias tranquilamente.
Lendo o posto (hilário) do Arnaldo sobre sua viagem a Grécia, chego a seguinte conclusão: Arnaldo, vc. não gostou porque foi na época errada, do jeito errado. Vá na primavera e FIQUE nas ilhas. Aposto que sua opinião vai mudar, ainda que você não a passe a considerar assim, uma brastemp.
Fui a Ios, é linda e bem mais calma que Mykonos. Apesar que no verão vira um point de "solteiros a procura". Mas como a ilha é bem grande, acho que mesmo na alta encontra-se praias tranquilas.
Sim, os taxistas são salafrários. Não entre em um táxi em qualquer ponto do território grego sem combinar a corrida antes. O taximetro mostra 10 e eles cobram 20, assim na maior tranquilidade.
Para ilhas mais longes, Aegean airlines que tem promoções absurdas, quando vc. compra com mais de 4 meses de antecedencia.
Para ilhas próximas Hellenic Seaways, os highspeed são pontuais, rápidos e o mais importante, não balançam. (tenho pânico de transporte marítimo, se eu falei que são bons, pode ir). E têm a vantagem de não precisar chegar no aeroporto uma hora antes.
No mais, é só felicidade, comer bem e se deslumbrar com o vizum...
Abraços e boa viagem.

Sylvia
SylviaPermalink

A particularidade quase inexplicável do mar Egeu e das ilhas Cicládicas
( em especial ) é que a temperatura da água do mar não é o que esperamos e "pegar-uma-praia" nas Cicládicas é muuuito diferente
de todos os conceitos e experiencias praianas que temos no Brasil,
no Caribe, no sudeste da Asia ou em qualquer lugar um pouco acima ou
abaixo da linha do Equador.
Estive nas ilhas em duas ocasiões diferentes ( em junho e inicio de setembro ) e nenhuma vez a água estava ao menos semi-morninha.
Os nativos dizem que a agua do Egeu é sempre fria.
Então, junho é um mes espetacular por ser um pouco antes do inicio da alta estação nas ilhas com o céu clarissimo, temperatura agradável e
principalmente flores , muitas flores o que faz com que a pouquissima
vegetação das cicladicas fique super atraente .
É bom não ter expectativas em relação a dupla areia- banho de mar,
isso é o menos importante , a praia é ponto de encontro é uma figurinha.Caminhar pelas ruelas branquinhas , parar de bar em bar,
almoçar embaixo de uma parreira numa taverna , lagartear , observar..
este é o melhor programa : super-slow , entrando no clima grego ( quase
baiano ).

Filipe
FilipePermalink

Aproveitando também que saiu o especial Grécia da Viagem e Turismo, algumas dicas que você só vai encontrar aqui: smile
1. Para quem, como eu, acha que praia é a expressão geológica da cerveja e não entende uma sem a outra, informo: A cerveja grega Mythos é uma delícia. A cerveja grega Mythos é um roubo. Entretanto para nós que bebemos cerveja em quantidadas industriais aconselho a não consumir nos bares de praia. Em todas as praias vc. encontra algo tipo uma mercearia. Enquanto nos bares de praia as latas de 350 ml custam em torno de 3, 4 euros ( ó céus...) nas mercearias, do lado dos bares, custam 1 euro (aleluia), geladas!
2. Quando pensar em chutar o pau da barraca no quesito alimentação: espagheti com lagosta no porto de amoudi, vila de Oia em Santorini. 100 euros. vale cada centavo...
3.Pechinchem. Ninguém fica ofendido se vc. pedir desconto e vc. consegue! Principalmente no aluguel de scooters, o melhor jeito de andar nas ilhas.
4. As ilhas menos conhecidas são beeem mais baratas e são tão lindas quanto as famosas (Santorini não se encaixa aqui, não é uma ilha, é uma pintura.). Se a grana for pouca fique em Ios, Folegandros, Sifnos, mais tempo e vá as famosas apenas para constar, um ou dois dias.
Abraços e boa viagem

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Filipe, foi exatamente o que eu disse. CERTAMENTE darei uma segunda chance à Grécia. Mas da forma radicalmente oposta ao que fiz da outra vez, ou seja, na primavera e naa de cruzeiro. Eu estou na maior dúvida existencial aqui comigo e minha mulher, se vamos fazer Egito ou Grécia (não que haja comparação entre ambos)...

Sylvia
SylviaPermalink

Egito Arnaldo , os novos primeiro os velhos depois smile

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

VERDADE! Eu tomei algumas resoluções este ano em relação a viagens. Uma delas é JAMAIS repetir um destino sem incluir um novo no roteiro. Teria que ser Grécia e Egito, mas eu deetsto viagens longas demais.

Aliás, esse é um TEMA que o RIQ pode abordar aqui no VnV:

10 Resoluções que vc tomaria no ano, com o tema viagens.

Ou, o que prometeu fazer e que posturas tomar emr elação a viagem e enanto viaja, especialmente em termos de comportamento. Que tal?

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Arnaldo, eu faço meio assim, mas às avessas... Procuro sempre me programar para conhecer novos destinos, todos os anos, mas sempre com uma passadinha básica na ida ou na volta em algum destino "velho" queridinho! wink

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Claro, eu adoto essa variação também. ADORO repetir lugares, e faço isso com muita frequência. Mas evito retornar a um sem passar em algum lugar novo.

Meilin
MeilinPermalink

Sylvia:"Ilha grega é sinonimo de ficar, estar, explorar, sentir-se em ;"
Achei lindo, poesia pura!
Quanto à temperatura da água, aqui no Rio ele é ge-la-da no verão, chega a ser perigoso dar um mergulho ao meio dia em janeiro...será que dá pra comparar? Bjs

Sylvia
SylviaPermalink

Talvez sim Meillin , já que ninguem deixa ir a praia pq a água está
ou não fria ( aliás, a temperatura da agua é o que menos importa ) smile

Egito é um lugar para ir uma vez só !
Temperaturas extremas , dificuldade para adaptar-se a alimentação
e ao ritmo super acelerado para dar conta de todos os "imperdíveis".
Exige folego , preparação , boa vontade , preparo fisico e acima de
tudo muuuito bom humor smile
É lindo de morrer ! Emocionante e único .

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sylvia, concordo com quase tudo em relação ao Egito -- menos no quesito alimentação. Achei a comida egípcia deliciosa, fresquíssima e comedida nos temperos...

Sylvia
SylviaPermalink

Riq , tu sabes que meu negócio é baby food lol
mas não falei por mim não , falei por todos ( todos mesmo)
os passageiros do cruzeiro ( eram uns 40 espanhóis e nós 2 brasileiros)
que tiveram muita dificuldade com a comida do navio e dos hoteis .
Era bem feita, apresentação primorosa mas o sabor não agradou não .
Nos hoteis as melhores opções eram omeletes , saladas e sobremesas.
A grande aventura no Egito é não ficar doente .
Tem dois perigos reais : arcondicionado gelado x 50 graus a sombra na rua e a água ( principalmente o gelo ) .
O mais seguro é não ingerir nada que não esteja em uma lata fechada .
Egito vale , vale muito e depois, fazer uma dietazinha faz bem pra todo
mundo lol

Dani G.
Dani G.Permalink

Eu vi um programa que mostrava a inauguração do Easycruise. O dono diz no programa que o navio é voltado pra um publico jovem, com menor poder aquisitivo, e que procura diversao.

Um dos navios foi mostrado na reportagem: a tripulação é bem jovem, usa camisas polo laranja. Alias toda a decoração é alaranjada (ou cor de abobora, como queiram). As cabines, apesar de pequenas e dessa cor "chegay", me pareceram confortaveis. Os navios não são de grande porte, mas nele ha variados tipos de diversão para os jovens animados.

Leandro
LeandroPermalink

É verdade, as águas no litoral do Rio as vezes são tão geladas que fica difícil imaginar o porque, em janeiro deste ano (num dos raríssimos dias em que saiu um solzinho) levei parentes do SUL para um banho de mar e eles NÃO CONSEGUIRAM entrar na água de tão gelada, fiquei até com vergonha, me disseram que em Santa Catarina é bem mais quente, e confirmei ao entrar num site de surf (Joaquina 22 graus, Torres 21 graus e Rio 17 graus em janeiro), como raramente vou a praia ao Rio (e estas águas são um dos motivos), não sei se o verão é todo assim ou se foi uma semana ruim. Reparem que muitas fotos no verão a areia lotada e pouca gente na água aqui no Rio, mas detesto praia para ficar na areia, por isso não frequento praias no Rio. Abri uma exceção para Arraial do Cabo porque o mar é muito bonito, e não estava tão ruim em jan 2006.

Dé
Permalink

Oi Ricardo!

Segue relato da nossa viagem no Easycruise, conforme prometido:
http://roede.blogspot.com/

Abraço,
Adelia

aldone
aldonePermalink

olá :aonde tem aqui no brasil uma agencia que venda as viagens do Easycruise de grecia,não consegui comprar por internet ,obrigada .
Aldone

Tatiana Pollak
Tatiana PollakPermalink

Boia
obrigada pelas sugestoes de links.
Irei olhar com calma.
Me ajude em outra coisa, por favr.
Nao estou encontrnado nossa conversa e nem o texto que postei. Cmo faço?