Mooca, domingo, duas da madrugada

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Às quinze para as duas da manhã, a rua Ana Néri está erma. O restaurante Don Carlini, instalado num lindo casarão antigo, acaba de apagar as últimas luzes. Nas casas vizinhas, quase todas comerciais, as portas de ferro estão abaixadas e os letreiros, apagados. Do nada, porém, aparece um carro, e estaciona na calçada oposta ao restaurante. E outro. E mais outros dois, que preferem estacionar na rua da esquina.

    churrosdamooca400.jpg

Às 5 para as duas já há uma pequena aglomeração na porta do número 282. É quando chegam três homens, num carro que não percebi qual era, e abrem a porta. Vai começar mais uma função dos Churros da Mooca, a confeitaria mais original de São Paulo.

    churrosdamooca401.jpg

Os Churros da Mooca só abrem duas vezes por semana: às duas da madrugada do sábado e às duas da madrugada do domingo. As filas começam antes de abrir e vão até a hora de fechar, às 11h30 da manhã.

    churrosdamooca404.jpg

As filas se devem não apenas ao sucesso dos churros, mas também ao modo artesanal com que são feitos. Você chega, faz o seu pedido (uma "roda" grande, média ou pequena) e ganha uma senha. Então o seu Toninho (que eu pensei ter fotografado, mas na verdade gravei um videozinho de 3 segundos que não serve para nada), que opera a fritadeira há 50 anos, vai fazer, uma por uma, as rodas encomendadas. Entre o pedido e a entrega, conte em esperar uns bons 40 minutos.

    churrosdamooca4031.jpg

Vale a espera? Vale. O folclore conta, claro, mas os churros são muito bons. Quer dizer: não tem nada a ver com os churros de carrinho. A massa é diferente e não leva recheio. Também não é como os churros espanhóis fininhos (que acho que chamam de porras). Na verdade é um belo bolinho de chuva modelado como espiral.

Com um copo de chocolate gelado, fica uma djilícia.

P.S.: olha uma foto do (fofíssimo) seu Toninho aqui.

Correção: na verdade porras são churros gordos típicos de Madri. Os fininhos são churros mesmo. Mas nenhum dos dois é servido em formato de roda.

56 comentários

Nanci Gonçalves Ribeiro Guimarães

A leitura está bem provocativa. Não vejo a hora de conhecer este estabelecimento.

Nanci Gonçalves Ribeiro Guimarães

A escrita é bem provocativa. Aguça o apetite. Não vejo a hora de conhecer esse churros.

DANILO SANCHEZ

Fui muito nesse lugar com meu pai, na minha época de moleque. Chegávamos lá às 05:30 da manhã, que aliás, é o melhor horário para comer lá e ser atendido sem tempo longo de espera.
Posso falar que é o churros tipicamente espanhol e é muito bom mesmo, vale a pena ir conhecer...

Idamar
IdamarPermalinkResponder

Como faço pra comer esse churro de novo quando jovem comi muito to com saudades

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Idamar! O endereço e horário de funcionamento estão no texto. wink

Triste
TristePermalinkResponder

Churros da Mooca fechou, não existe mais. Agora só lembranças.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar