Viajando nos comentários: Chile e Argentina

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Alguns posts do blog mudam completamente de assunto na caixa de comentários.

Se você está pesquisando informações sobre Vale do Colchagua, travessia dos Andes entre Mendoza e Santiago e "cruce de lagos" (travessia dos lagos entre Bariloche e o sul do Chile), leia a partir deste comentário aqui.

27 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Hugo
HugoPermalink

Um assunto off topic mas muito interessante.

Nesse final de semana testei a receita "massa do pateta" ensinada pelos Destemperados e posso garantir que é excelente e muito fácil de fazer: http://destemperados.blogspot.com/2007/06/massa-do-patetta.html

É tão gostoso que nem dá para acreditar que é fácil, mas precisei fazer algumas modificações, como substituir a nata por creme de leite fresco porque em BH não se acha nata em lugar nenhum.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pequeno dicionário gauchês-português informa:
"Nata" = "Creme de leite fresco"
Sem tirar nem pôr smile

Hugo
HugoPermalink

Sério Riq!!!!! Eu nem desconfiei porque a Nata que eu comi no sul é deliciosa, com um sabor todo especial, enquanto que o nosso creme de leite fresco é parecido com o creme de leite industrializado, meio sem sabor.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É porque o creme de leite fresco no sul é melhor do que o dos outros lugares, uai. Digo, tchê.
grin

Lena
LenaPermalink

Igualzinho em inglês wink

Hugo
HugoPermalink

Riq, concordo com você plenamente.

Sylvia
SylviaPermalink

Pois é , mas aqui no super tem nata e tem creme de leite fresco tb.
Então ( como dizem os paulistas ) a nata é mais consistente que o
creme de leite , tem um aspecto assim de... marsmelow e vem sequinha
sem aquela agua amarelada ( eca ) smile

Sylvia
SylviaPermalink

iche.. e agora este viajando nos comentarios virou comilança..
vai ser classificado aonde ?? smile
smile

Fernando Segtowick
Fernando SegtowickPermalink

Ricardo, Você acha uma boa ir ao Chile e a Argentina em janeiro? Qual a opinião do expert?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não sou expert em nenhum dos dois, Fernando, mas posso dizer com alguma segurança que janeiro é quente demais no Atacama, ótimo para a Patagônia e cheio de turistas nos lugares mais... turísticos (férias!).

Já li as opiniões mais disparatadas sobre Buenos Aires em janeiro -- desde que fica deserta até que fica superanimada com o povo que resolveu não sair da cidade. Mas sei, ao certo, que é bem quente.

Enfim... eu iria.

Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

Eu sempre fico uns 20 dias em Buenos Aires no verão, geralmente a última semana de janeiro e as primeiras de fevereiro. É quente, mas um quente difícil de explicar... Em Porto Alegre o calor é insuportável, muito húmido... Mas eu suporto bem o calor de BsAs ( Fredo? Persicco? smile ). Em Porto Alegre para ir do sofá para a geladeira eu canso, em BsAs vou a pé do Puerto Madero a Palermo brincando. Claro que a paixão influencia, mas me dou melhor com o calor porteño do que com o calor de Porto. Este ano choveu um pouquinho acima da média, mas nada excessivo. Eu não sou muito fã de praia, então férias de verão para mim é BsAs!! Nunca senti a cidade abandonada, pelo contrário. Claro que o movimento não é tão intenso quanto nas férias de julho, mas acho que é justamente isso que me atrai no verão, não tem aquele movimento quase histérico de turistas e como a grande maioria dos hermanos está em Mar del Plata ou Florianópolis, acho que os negócios locais tendem a oferecer um serviço melhor, tenho a impressão que o serviço no verão é mais atencioso que no inverno... Mas isso é a minha impressão. Suuubjetiva! Minha dica: vá para Buenos Aires entre Janeiro e Dezembro!! smile smile

leo
leoPermalink

Olá, estou planejando uma trip para chile e argentina em agosto. A minha dúvida é quanto custa para esquiar nas estações de esqui do chile e bariloche ???
muito bom o site, já estou recomendando.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Leo, esqui, definitivamente, não é a minha praia. O melhor blog do Brasil no gênero é o do Claudio Campos: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/blog-do-esqui.shtml, onde você pode encontrar a melhor orientação. Você pode ter uma idéia de quanto custam os pacotes em sites como http://www.submarinoviagens.com.br, http://www.stellabarros.com.br, http://www.buscapeviagens.com.br e http://www.nascimento.com.br.

Bruno
BrunoPermalink

Gostaria de saber se Santiago é igua a Buenos Aires onde podemos fazer tudo andando ou de metro.
Será que vou ter que alugar um carro???
Um Abraço

Bruno

Carla
CarlaPermalink

Não precisa de carro, não, Bruno. O metrô te leva a quase todos os lugares, com exceção de Las Condes - nada que uma corrida de táxi não faça.

Christianne
ChristiannePermalink

Estou precisando de ajuda pra montar um roteirinho básico para Santiago com familia. Gostaria de uma sugestão de aparthotel em Santiago.Qualquer sugestão é muito bem vinda como:melhores lugares para visitar, locação de carro onde comer e beber bem, como ir de Santiago ao Atacama (vale a pena?) Desde já muitíssimo obrigado.
Christianne

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Christiane,

O Chile é comprido e espalhado; provavelmente você não dê conta numa viagem só.

O "básico" seria Santiago & arredores -- Viña del Mar, Valparaíso, estações de esqui (no inverno) e zonas vinícolas (Maipo, que dá pra fazer como bate-volta, e Colchagua, onde é melhor pernoitar).

Santiago fica no centro do país. As outras atrações maiores ficam nas duas pontas, e é isso que complica quem quer fazer tudo de uma vez só.

Para o Atacama é melhor ir de avião; de ônibus são 23 horas e meia de viagem http://www.turbus.cl . Você vai precisar de uns 4 dias inteiros lá no Atacama para fazer os passeios básicos. O pá-pum é altamente não-recomendável.

O sul do Chile tem paisagens lindas, um vulcão e belos lagos. Mas o mais bacana é poder atravessar para o lado argentino, voltando por Bariloche ou Buenos Aires.

No extremo sul tem a Patagônia chilena -- mas daqui, á distância, acredito que a argentina seja mais interessante.

E tem também a Ilha da Páscoa, no meio do caminho pra Oceania...

E sem esquecer Mendoza, na Argentina, que também dá uma continuação de viagem perfeita a partir (ou antes) de Santiago, atravessando a Cordilheira dos Andes.

Leituras para você escolher seu roteiro:

Atacama no Agora Vai, do Arthur
http://agoravai.wordpress.com/category/atacama-parte-1/
http://agoravai.wordpress.com/category/atacama-parte-2/
http://agoravai.wordpress.com/category/atacama-parte-3/
http://agoravai.wordpress.com/category/atacama-parte-4/

Chile, do Atacama aos Lagos Andinos, no Idas e Vindas, da Carla Portilho
http://www.idasevindas.com.br/dicas-do-chile-do-atacama-aos-lagos-andinos/

Santiago & arredores, no Vem Comigo, do Breno B.
http://brenob.wordpress.com/category/santiago/

Ilha da Páscoa no DCPV, do EduLuz
http://eduluz.wordpress.com/2009/03/21/ilha-de-pascoa-cade-os-coelhinhos/

Outra Ilha da Páscoa do EduLuz, só que no Filigrana, da Majô
http://majots.wordpress.com/2009/03/09/com-a-familia-luz-a-ilha-de-pascoa/

Astrid & Gaston no DCPV, do EduLuz
http://eduluz.wordpress.com/2009/04/16/no ViajeAqui:dcpv-astrid-y-gaston-o-melhor-restaurante-de-santiago-do-chile/

Todas do Chile no antigo blog da Claudia Carmello, o Viajante Consciente:
http://viajeaqui.abril.com.br/blog/79024_comentarios.shtml?4143900

50 dicas dos Destemperados para Santiago:
https://www.viajenaviagem.com/2007/07/santiago-50-dicas-destemperadas/

Apês em Santiago pesquisados pela Sylvia:
http://www.visitchile.cl/aprathotelsantiago1_eng.htm
http://www.lys.cl/santiago_chile_aparthotel.htm
http://www.chilestay.com/index.html
http://www.contactchile.cl/en/apartments-santiago.php
http://www.travel-library.com/apartments/south_america/chile/santiago/

Rossi
RossiPermalink

Bom dia, Ricardo!

A partir de Mendoza você recomenda os passeios ao redor do Aconcágua? Seria possível fazer os percursos em um dia apenas ou é necessária hospedagem no local? Vale a pena?

Grande abraço, obrigado desde já.

Rossi

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não fiz o passeio, Rossi, mas deve super valer a pena, sim. Para ver a paisagem não é preciso dormir. Quem dorme por lá são os alpinistas.

Rossi
RossiPermalink

Marailha, Ricardo! Muito obrigado! Rossi

Natália
NatáliaPermalink

Uau!!! Esses comentários estão excelentes!
Estou zonza com tantas informações, vou filtrá-las para fechar o roteiro.
Aliás, você sabe se á alguma tipo de hospedagem em Portillo ou onde posso encontrar essas informações?
Obrigada! =))

ana
anaPermalink

oi ricardo,

vc disse que no verão o atacama fica muito quente (sim, eu sei que é deserto). mas dá pra encarar ou seria melhor deixar para uma próxima viagem? eu terei uns 30 dias e pensei em fazer santiago/mendoza/valparaíso/atacama, entrando e saido de santiago, pois se compro ida e volta por lugares diferentes o preço da passagem aumenta. o que vc acha? ou é melhor pagar mais caro e voltar por mendoza?

abraço,
ana

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pode chegar a 40 graus, mas é um calor seco.

O custo x benefício de precisar voltar de Mendoza a Santiago ou não é de decisão do freguÊs.

Matheus
MatheusPermalink

É meu primeiro comentário no site, então espero que esteja tudo certo. Em relação ao Chile, estive por lá justamente em janeiro do ano passado, fiquei 15 dias com a namorada, inclusive Atacama e Pucón. Quanto ao calor no Atacama, posso dizer que não é nada de outro mundo, nada que um bom chapéu e muita água não resolvam. Considero o verão em Porto Alegre pior smile. Até porque o contato com o sol a pino só se dá durante os passeios, que são muitos -uns 3/4 dias no mínimo, na minha opinião-. À noite é bastante agradável. Enfim, não espere lá muito conforto de um deserto, mas é um passeio belíssimo, especialmente para quem gosta de paisagens naturais absurdamente absurdas, na falta de um adjetivo melhor para descrever o cenário. Outro detalhe que acho relevante mencionar é um passeio nos Geisers, muito legal, só que a saída é às 4h da manhã e, acredite se quiser, devido à altitude a temperatura é de - 10º C. Foi o maior frio que passei na minha vida e, mesmo assim, recomendo.

Era isso. Aproveito para parabenizar o Ricardo, o blog é excelente. Estava pesquisando sobre Punta Cana (meu próximo 'provável' destino) e o material é fantástico, nem tive o que perguntar depois de ler os posts. Parabéns pela paciência também. Abraço!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Obrigado, volte sempre mrgreen

Andrea
AndreaPermalink

Olá Ricardo!
Estou planejando uma viagem de 15 dias. Moro em Recife e, antes de ir pra Buenos Aires, gostaria de passar uns 4 dias em Gramado, pois tenho muita vontade de conhecer. O que você acha? Será que dá certo misturar bolas tão diferentes (kkkk)?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Andrea! Aqui quem responde é A Bóia.
Há vôos diretos entre Porto Alegre e Buenos Aires.