Ah, Salvadô...

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

faroldabarra451.jpg

Eu fiquei totalmente passado hoje ao entrar no blog da Carla baiana e dar de cara com essa foto do Farol da Barra. No começo fiquei sem entender direito -- parecia uma montagem, meio Salvador, meio South Beach. Só então reconheci o Edifício Oceânia, marco déco da orla sótérópólitana, que normalmente aparece grandão nas fotos, não assim, no detalhe.

A Carla precisou vasculhar vários computadores até achar a foto para me mandar. A foto original -- que ela teve que cortar para caber no banner -- ia até a praia.

Não sei qual das duas é mais bonita. Só sei que eu pudesse eu pegava o próximo vôo pra Salvadô.

faroldabarra450.jpg

237 comentários

Rogéria
RogériaPermalinkResponder

Eu já estou indo para o meu pentacampeonato no Carnaval de Salvador... aquilo lá é viciante. Para quem se animar mesmo, os abadás podem ser comprados (preparem os bolsos!) pela Internet nos sites www.centraldocarnaval.com.br; www.reinodafolia.com.br e www.axemix.com.br. Lá eles explicam tudo direitinho, os percursos (Avenida ou Barra-Ondina), os blocos, os horários. Sair no Chiclete é imperdível, mas a pipoca eu não recomendo, principalmente aos estreantes.
Nossa, só de pensar em Salvador já me dá siricotico... A propósito: falta muito pra fevereiro???

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hugo, eu não fui ao Pentágono em nenhuma das duas vezes em que estive em Washington... Mas uns amigos que fizeram a visita gostaram muito. Depois do 11 de setembro, eu soube que tinham cancelado - já estão fazendo de novo?

Uma visita super interessante foi o tour guiado ao FBI - você vê até demonstração de tiro! wink Fui há uns 10 anos, mas quando voltei o tour não estava sendo oferecido, uma pena... Vale pesquisar agora está, é uma visita muito bacana!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ih, vou contribuir pra indecisão da Graciele... Eu também fiquei na Solar do Morro, em 2003 - e, Gira, a dona ainda era a tal gaúcha simpaticíssima! O café da manhã era um espetáculo, com aquela bananinha da terra fritinha na hora, ai, meu Deus... wink

Daniela Siqueira

Hugo,
Eu não fui no Pentágono não. Tem tanta coisa pra ver em Washington, que eu achei que não valia a pena. Os museus são excepcionais, para todos os gostos, e o melhor: TODOS DE GRAÇA. No máximo tem que pagar alguma sessão de cinema à parte (são dispensáveis - não fui em nenhuma). Eu tinha a intenção de ir na Casa da Moeda, para ver como se produz o dólar, mas acabei não indo (tem que pegar senha antes). Os museus de arte moderna valem a pena, e o de pinturas clássicas é o máximo - eles têm QUATRO Vermeer (eu amo Vermeer). O de ciências naturais é legal e o de avião são pirantes. E o legal é que são museus americanos - então tem ambientação, às vezes musiquinha, clima, etc. Tem tanta coisa pra ver nos museus do Smithsonian que nem dá tempo de fazer outras coisas. Os memoriais também são imperdíveis (ai meus pés - eu andei demais nesse dia!). Assim, as atrações pagas à parte e/ou que dão trabalho de reservar acabam ficando pra depois. Do Harrington, dá pra ir no Mall e em todos os restaurantes a pé, e dá até pra fazer todo o circuitão dos memorials. Mas se você quiser, tem uns ônibus tipo hop-on/hop-off que ajudam (o Arnaldo recomenda - eu camelei!). O único lugar meio longinho é o Cemitério de Arlington - que é legal mas não é imprescindível, e dá até pra ir de metrô. O local mais legal pra comer é a poucos quarteirões do hotel, perto do portal da Chinatown (ruizinha!), na frente de uma arena de esportes coberta chamada Verizon alguma coisa (é lá que fica o Legal Sea Food, junto com vários outros restaurantes legais). Don't get me started em restaurantes! Eu comi bem demaaaaaais lá. Se quiser dicas, me fale (toda essa conversa aí em cima de comida baiana está me dando uma fome...)
Quanto aos meios de transporte, talvez o melhor seja mesmo ir direto para Washington. Olhe os valores do trem no site da www.amtrak.com - dá pra comprar pela internet, com cartão, e só pegar o ticket lá. Só faça as contas de quantas pessoas vão, porque às vezes vale a pena alugar um carro. São quatro horas de volante do aeroporto de NY até Washington - o que só vale a pena se você for passear em outros lugares também, porque o carro, se você ficar perto do Mall, é um transtorno (teve um dia que a estava meio chovendo e a gente tentou sair de carro: foi ridículo, rodamos duas horas e voltamos ao estacionamento, porque simplesmente não havia onde estacionar na rua). Ah, o Harrington tem estacionamento a preço razoável (meio longinho, mas tem). Ótima viagem pra você!

Hugo
HugoPermalinkResponder

Eneida, Carla e Daniela, nem tenho palavras para agradece-las por todas estas dicas. Muito obrigado.

Até passou pela minha cabeça alugar um carro no JFK e ir direto para Washington e depois voltar passeando por outras cidades até chegar em NY, mas fico receoso de me perder em algum lugar e também tem o fato de que terei chegado de uma viagem pesadelo direto da classe econômica.

Tem tanta coisa para fazer por lá que vai ser difícil dividir os dias, vou ler, e reler, muito as dicas que vocês deram para me decidir.

Daniela, Carla, Eneida, Ernesto, etc, se alguém tiver mais algumas sugestâo de restaurantes, passeios, transportes, ou qualquer outra coisa pode responder aqui ou enviar para o email: hugo arroba gouveiarios ponto adv ponto br

Majô
MajôPermalinkResponder

Carla conterrânea, quais os hotéis que você recomenda em Salvadô, quer dizer na nossa terrinha. BBB wink bom, bonito e barato

Deise Santos
Deise SantosPermalinkResponder

Fiqueiii muito Feliz em saber do possivel encontro aqui em SSA..posso já olhar as passagens promocionais la na GOl, rsrsrs!!! Venhammm todos

Ricardo Freire

Majô, na categoria BBB em Salvador eu gosto do Grande Hotel da Barra, que fica quase pé-na-areia no Porto da Barra. Tem que pedir os quartos reformados. http://www.grandehoteldabarra.com.br .

O Ibis está muito bem localizado. O melhor custo x benefício, para mim, é o Mercure . Os dois ficam no Rio Vermelho.

Ainda no Rio Vermelho, o Catharina Paraguaçu é um pouco tristinho, mas muito charmoso http://www.hotelcatharinaparaguacu.com.br/

Majô
MajôPermalinkResponder

Riq, brigadim você sempre antenado wink Os quartos do Grande Hotel são enoormes, e a localização show. O site não tem tarifas sad
O Catharina Paraguaçu, você tem razão é charmoso, os quartos um pouco tristinhos. Agora, e a condução ? Eu lembro que havia pouco, dependíamos muito de carro ou taxi.

Ricardo Freire

Majô, dependendo da época dá para conseguir o GHB por menos de 150 reais.

Se você ficar só no eixo Rio Vermelho-Barra-Contorno-Pelô dá pra ficar no táxi.

Querendo ter mobilidade total para ir até Itapuã/Flamengo e passear na Estrada do Coco até a Praia do Forte, carro é essencial.

Acho a localização Porto da Barra perfeita: tem praia, e está a um pulinho do Rio Vermelho, dos restaurantes da avenida do Contorno e do Pelô.

Mas para dar certo você precisa gostar do Porto da Barra, que não é apenas uma praia, mas um tratado sociológico ao vivo. (Eu adoro.)

Majô
MajôPermalinkResponder

Haha obrigada pelo raios X. Eu lembro que andar de ônibus não era legal. Adorei o tratado sociológico ao vivo lol lol você quer dizer todas as tribos, como na Vinicius ?
150 reais em alta temporada ?

Ricardo Freire

Na alta deve ser 200 e poucos, Majô.

O Porto da Barra é Posto 9 + o trecho mais hiperturístico de Copa + Arpoador no domingo. Tem gringo às pampas, classe média alta da Barra e do Corredor da Vitória, povo GLS e povo sem adjetivo grin

Os barraqueiros que alugam as cadeiras enchem regadores de água fresquinha do mar e molham a areia onde seus clientes repousam os pés.

A água é clara, limpa e calmíssima, o melhor banho de mar da cidade e um dos melhores do Brasil...

Só não olhe para a área das barracas, junto ao muro, que é meio sujinha.

Meu sonho de consumo é poder ficar uma semana indo todo dia à praia lá, sem precisar ficar correndo pra cima e pra baixo da orla pra atualizar minhas anotações...

baianices
baianicesPermalinkResponder

Hugo: Old Town Virginia e muito legal, muito fofo, vale mais a pena do que o cemiterio de Arlington. Na ruazinha onde tem varios restaurantes, tem um tailandes maravilhoso bem la no final, ja quase chegando na agua. Eu vou tentar lembrar o nome e qualquer coisa te digo.
Nao aluga carro na cidade que nao vale a pena, trem e metro resolvem sua vida numa boa. Mas se quiser dirigir entre as cidades, nao tenha medo. E tudo muito bem sinalizado e o google maps e seu pastor, nada te faltara.
Eu, quando vou a DC, sempre prefiro os museus e Georgetown. Nao gosto dos memoriais todos, acho brega e exagerado. Alem do mais, quase todos fazem alusao a guerras. Mas isso ai e pessoal.

Majo, as dicas do Riq sao mais confiaveis que as minhas, que tenho casa de mae pra ficar. Mas uma amiga ficou no Hotel da Bahia http://www.hospedevip.com.br/salvador/hoteis/tropical-da-bahia.html, no Campo Grande, no ano passado e achou legal. Minha mae mora ali pertinho e eu te garanto que a localizacao e show, perto da Barra, do Pelo, do mercado modelo, da Marina (que e tudo), e um taxi te traz do Rio Vermelho por quase nada. Quer mais? Eu so nao sei das condicoes do hotel por dentro. Alguem por ai conhece? Alo, comandante!

Carla baiana
Carla baianaPermalinkResponder

Ai, eu acabei de deixar um comentario enorme aqui pro Hugo e pra Majo, mas perdi tudinho!!!!

Majo: a Barra e legal, andar de onibus no circuito Centro-Barra-Rio Vermelho e tranquilo, tem muito onibus, nao e cheio e nao precisa ter medo. Mas no Porto da Barra tem muita gente de olho nos turistas, pode rolar um stress tarde da noite.

Tem o Hotel da Bahia, uma amiga ficou la ano passado e adorou http://www.hospedevip.com.br/salvador/hoteis/tropical-da-bahia.html. Minha mae mora ali no Campo Grande e eu te garanto que a localizacao e show. Perto do Pelo, da Marinha (que e tudo), da pra ir andando pra Barra, e um taxi do Rio Vermelho e super barato. Onibus na porta pra onde voce quiser, inclusive com ar condicionado que te leva la pras praias mais distantes. O que nao e legal e voltar da praia de onibus, depois que voce ta cansada.
E se voce for na epoca que eu estiver la, ainda me ganha de guia turistico (grande coisa, hohohoho!) porque eu fico bem ali pertinho.
Se for ficar no GHB nao alugue carro sem antes perguntar se em estacionamento e manobrista. Aquela e a garganta mais estreita da Bahia, todo mundo quer estacionar naquele cantinho pra ir a praia, um horror.
Como disse o capitao, porto da barra e bom demais, mas voce tem que gostar do estilo. Nao tem sombra e os sombreiros nao dao conta do calor que faz la em janeiro. Mas o astral e la em cima. Se jogue!

Marcel Alcantara

Riq, você já ouviu falar dessa pousada em Salvador?

www.lavillabahia.com/index.asp

Ricardo Freire

O Marcelo Katsuki tinha falado do restaurante, acho que o chef é belga.

Ah: alguém tinha me falado da pousada, sim (acho que a Carla Pernambuco), mas eu acabei não indo atrás (porque na época estava meio que para dar uma chegada em Salvador e veria ao vivo).

Linda, não?

Mas achei os preços caros -- 260 a 320 euros por casal...

Majô
MajôPermalinkResponder

Então este é o point !!! Humm esta água deve ser daquelas que a gente entra e não sai wink
Como ficar correndo pra cima e pra baixo pra atualizar suas anotações ? Você quer dizer que tudo se resume ali ? ´

Nossa essa Pousada é linda ! Mas, por que o site só em francês e preços em eurô ? Bem cara mesmo.

Ricardo Freire

Majô, como guieiro eu preciso ir às praias da orla norte da cidade e da Estrada do Coco pra ver se tudo continua no lugar... mas por mim pegaria praia todos os dias no Porto da Barra.

Flavia Penido
Flavia PenidoPermalinkResponder

Tem uma pousada/hotel no Rio Vermelho (lado oposto ao do Mercure - na rua que "volta" pro Mercado do Rio Vermelho) que não tem piscina, mas eu fui ver em janeiro só pra ver a cara e gostei muito - camas boas, lençóis idem, ar condicionado com split, e ela é toda ajeitadinha, com preço bom. Defeito? Bom, não tem vista para o mar e fica em cima de uma ladeira que eu não gostaria de ter que subir a pé (achei meio escura a rua, inclusive). Mas é uma opção...Eu só não tô lembrando a droga do nome do hotel... sad

Carla Baiana, a história é a seguinte: no primeiro ano de Ilê, quando dei de cara com o lugar, eu olhei praquele lugar e pensei (juro que vi as letrinhas pensando na minha cabeça) : Flavia, vc e suas benditas idéias. Saí do táxi com cara de quem nunca fez outra coisa na vida a não ser ir em lugares como aqueles, e parei pra conversar, até pra pedir informações de onde ia ser o tal do Ilê. Como eu sou daquele tipo "expansivo", que fia amiga de todo mundo, acabei ficando amicíssima de Aldeci, uma cabeleireira cujo cunhado tem um bar colado porta a porta com a sede do Ilê (que é onde rolam as saídas aos sábados de Carnaval, que NÃO É onde rolam os ensaios). Foi uma super experiência, porque todo mundo me tratou super super bem, cerveja, comida, aquela coisa de baiano que te abre os braços né? Fiquei com o telefone dela, ano seguinte fui pra lá de novo, liguei...então é assim: quando eu vou pro Curuzu, aviso sempre Aldeci que vou pra lá...tem bastante ggringo, mas pouquiíssimos turistas brasileiros lá, então acho que ela gostou...O duro é que ela quer que eu durma lá qualquer dia... e como é que eu explico né?
Então quando eu falei apoio, eu quis dizer Aldeci. Se vc ou algum amigo for, tenho certeza que ela vai adorar a indicação...
Mas se for um monte de gente, dá pra usar o bar do cunhado de "apoio"...
Majô, faz um "vezes 2 ou 3" nos preços de hotel se vc quizer ir no Carnaval. Eu sempre fico num flat na Princesa Isabel (Barra) porque tá no meio entre os dois circuitos. Durante o Carnaval vc até fica sem carro, porque se vc sai no bloco, não sobra energia pra mais nada...Mas como eu sou meio do circuito altérnativo, sempre consigo pegar uma praiazinha...
Ai ai ai...acho que a minha ida para a Europa se auto destruiu...

Adriane Lima
Adriane LimaPermalinkResponder

Gente, atualizando... agora o ensaio do MOTUMBÁ é na Área Verde do Othon, aos domingos.

Verão passado teve música ao vivo no Porto da Barra às sextas-feiras, ao pôr-do-sol. Teve até Riachão, cantando samba-de-roda. E você ainda pode tomar um banho de mar, se quiser. A praia tá toda iluminada (como na foto deste post...).

Riq, se faz muito tempo que vc esteve na Praia do Forte, vai se assustar - aquilo cresceu tanto nos últimos anos! Mas muitas vilas continuam a mesmíssima coisa - Barra do Itariri, por exemplo...

Barra do Santo Antonio tem ficado mais ajeitadinha e mais cara - dá pro pessoal do Complexo de Sauípe chegar a pé! Você nota pelos valores do cardápio!

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Show de pousada!!! E aqueles ofurôs no último andar com vista dos telhados e das igrejas? E os móveis de Tiradentes?
Sem comentários...
Flávia, excelente ponto de apoio, Aldeci, está anotado.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Nossa, deixei o primeiro post e voltei hoje e eis que um dos meus assuntos favoritos aparecem: "CHI-CLE-TE Oba! Oba!"

Pipoca do Chiclete jamais, tá muito pesado mesmo e o preço para um dia é surreal - o que eu pagava para 3 dias há 10 anos. Recomendo para quem gosta, ir no Nana Banana em Vitória em Novembro - fui uma vez para lá na época, a trabalho e emendei no Vital. Bem mais barato e mais tranquilo.

E a propósito, foi hospedada no Ondina Apart que encontrei o vocalista da banda, Bell Marques, que malha lá. O hotel é poerento, com carpete ruim, mas entrar lá ou no Othon já me remete a saudades... Mas o Pestana tb tá ótimo para quem quiser se hospedar por lá. E o Fiesta Bahia, na Pituba.

Majô
MajôPermalinkResponder

Riq, vamos dividir a tarefa no meio, você fica na areia conferindo e eu no mar, fechado ?

Flávia, obrigada pela dica.

Emília, achei lindíssima a pousada, mas peraí por que o site não tem português e inglês ?

Cristina, como está Pituba ? Ainda tem muitas casas ?

Ricardo Freire

Carla baiana, seus comentários não se perderam não; estavam no poço do spam.... (o sistema é caprichoso).

Sobre o Grande Hotel da Barra: tem estacionamento, sim, uma garagem fechada no próprio prédio do hotel. Luxo! O hotel é antigo, e os quartos estão sendo reformados aos poucos. Todos os banheiros já foram renovados, e os quartos luxo tiveram móveis trocados e ganharam internet banda larga. Da última vez que eu fui, os standard continuavam com camas e colchões antiquados.

Acho o Hotel da Bahia (Tropical) conveniente para o carnaval, mas não está na minha lista de favoritos, não. Antes dele eu ficaria no Sol Victória Marina, que tem quartos chinfrins mas tem um píer sobre a baía que é melhor do que qualquer piscina... E você ainda pode ter uma idéia de como vive a gente-fina do Corredor da Vitória.

Hugo
HugoPermalinkResponder

Carla baiana, obrigado por mais essas dicas. Se lembrar de algo novo é só enviar que será muito bem guardado na minha já não tão pequena lista de sugestões.

Carla baiana
Carla baianaPermalinkResponder

Riq, quer dizer que meus comentarios sao suspeitos? sad pooooooxa!

Flavia, valeu a dica! Quem sabe a gente nao se encontra la. Meu marido adoraria ter um lugarzinho pra servir de apoio. Ele ama ir ao ensaio, mas na saida, na rua, ele fica meio estressado com a multidao.

Majo, eu acho que o hotel a que a Flavia se refere e o Blue Tree no Rio Vermelho. A vista e MARAVILHOSA, mas o barulho do mercado do peixe pode ser bem incoveniente. Tudo depende da epoca, perto da Lavagem do Rio Vermelho e do carnaval fica muito pior. Subir aquela ladeira a noite, so de taxi. Mas o hotel e muito legal, eu ja morei la por tres meses.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Majô: concordo com Riq. Minha primeira opção BB seria o Grande Hotel da Barra. O Hotel da Bahia, no Campo Grande, tb é é uma boa opção; como todas as outras de Ondina e do Rio Vermelho, onde vc pode encontrar uma grande variedade de hotéis e preços. Uma outra opção, para quem quer ficar perto do carnaval ( de táxi ) e longe do barulho são dois hotéis inaugurados recentemente ao lado do Shopping Iguatemi - o Web Hotel, com diárias de 99,00 e o Flat Iguatemi. Táxis nessa área são muito fáceis. Ficam aproximadamente a meia distância da Barra e das praias ao norte, em uma área não turística, tb bem servida de ônibus. Para quem vai ficar só no circuto Barra-Rio Vermelho, acho que é possível dispensar o carrro, mas quem quer mobilidade - a cidade é muito espalhada, comprida - acho que alugar um carro vale muito a pena. Além do flat que Flávia falou há inúmeros outros na Barra, em ruas internas ( ex. Marquês de Caravelas ), com preços bem módicos. Na Rua Direita de Santo Antônio, no Pelourinho, há várias pousadas charmosas, mas o Pelourinho está entrando em uma de suas fases negras. Transporte nessa área não é fácil, além do problema de segurança no Pelô.

Os casarões da Pituba foram substituídos por prédios. Hoje, é um bairro de classe média e classe média alta, principalmente em alguns "enclaves" como Pituba Ville e Caminho das Árvores ( que preserva boas casas, na maior parte de sua área )

Eunice
EunicePermalinkResponder

Carla baiana: adoro jazz, e adorava aquela "sessão". Ando sempre a "busca" de lugares onde posso ouvir gente como os ex-músicos do Garagem, lembra-se?

Marcel Alcantara

Eu tambem achei cara e linda a pousada.

Graciele
GracielePermalinkResponder

Carla e Gira, muito obrigada pelas informações, vcs foram muito bacans, ao contrário do que vcs escreveram, vcs não me deixaram em dúvida, mas fizeram com que eu me decidisse! smile Beijos!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hugo, eu também "camelei", como disse a Daniela, na minha primeira vez em Washington - e acabei deixando de ver um monte de atrações que gostaria de ter visitado... Na segunda vez, nem tive dúvidas: comprei um bilhete em um daqueles ônibus hop-on-hop-off e visitei tudo o que queria sem muita preocupação com o transporte... Aqui vão uns links pra você dar uma olhada:

http://www.dctours.us/tours/tourDetail.cfm?tour_id=8827

http://www.city-discovery.com/washington/tour.php?id=1079

http://www.opentopsightseeing.com/?4

Não perca por nada o National Air & Space Museum! O Holocaust Museum também é uma visita e tanto - embora bem deprê...

Majô
MajôPermalinkResponder

Carla baiana, obrigada pela dica, é importante termos estas informações de locais wink

Eunice, obrigada pelo RX hoteleiro+. O Grande Hotel da Barra pareceu muito legal mesmo, que vista ! Prefiro mesmo hotel bem situado, mas longe de barulho. Os hotéis que você está indicando perto do Iguatemi devem uma boa opção, e com boa localização. Bom ter estas dicas de locais sobre as pousadas charmosas do Pelourinho, em férias prefiro não ter que ficar plugada em segurança.
Quando estive em Salvador, fiquei hospedada na casa de amigos de meus pais, em Pituba. Na ocasião havia pouquíssimos prédios, mas imaginei que com especulação imobiliária, muitas devem ter virado prédio.

Aliás, este ano quando fomos para o Toque em janeiro, nosso vôo fez uma escala em Salvador que não estava prevista quando emiti o bilhete no site da TAM. Optamos por um vôo direto para Recife, pois os para Maceió tinham trocentas escalas. Entendi porque da escala em Salvador, quando o avião pousou. Com exceção de uns 13 passageiros, o resto desembarcou em Salvador ! Umas 2 ou 3 bandas, e muuuitos estrangeiros, ingleses, russos e dinamarqueses.
O avião seguiu vazio, o que foi ótimo para nós que passamos para a 1a. classe wink
Ao aterrissarmos em Salvador fiquei impressionada com a quantidade de prédios na cidade !

Elisa
ElisaPermalinkResponder

oi Majô,
foi ótimo para mim vc e o Riq terem "puxado" os hoteis em Salvador. Vou na proxima semana (se tudo der certo) e até agora só tenho as passagem e nenhuma idéia, apesar de já ter lido muito aqui e de ter muitos amigos lá, mas não sei direito o que eu quero e Salvador é "multi", tem agito, tem praia boa, tem de tudo...
Os meu amigos de viagem vão ficar no Vila Gallé, mas como não tem mais vaga lá vou ter de decidir por mim mesma. E eu que mudo de idéia a cada comentário que leio! Mas até amanhã decido. Beijos e obrigada!

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Majô, que bom que tem baiana no site para te dizer como é a Pituba. Eu quando fico lá, saio do hotel para o trabalho e no máximo jantei novamente no Pelourinho (Sorriso - ex-Tempero - da Dadá) ou vou ao shopping (vestido de casamento por 1/3 do que é no Rio no Iguatemi).

Dica social de um amigo baiano: na Pituba tem 2 filiais do bar Ponte Aérea, onde tem a cerveja mais gelada de Salvador (eu não bebo, mas comprovei o aspecto smile

E Elisa, eu adorei o Catarina Paraguaçu qdo fui, meu orçamento era bem limitado na época, ficamos num studio. Lá, no Mercure ou no Pestana, vc estará perto do movimento. Boa viagem e divirta-se!

Ricardo Freire

Ih, Eunice, não curto essa região Itaigara-Iguatemi, não. A trabalho faz sentido, mas pra turistar... é muuuuuito sem graça.

Trocar a orla pela Paralela e as outras expressas economiza tempo, mas você não se sente em Salvador. Pra mim aquilo é uma versão piorada do Morumbi (desculpaê).

Cristina, o Ponte Aérea tem esse nome porque fica nas esquinas das ruas São Paulo e Rio de Janeiro lol (Mas não sei onde fica a fiial)

Eunice
EunicePermalinkResponder

Riq: vc está certo, é uma região sem graça para turistar, por isso mesmo o preço dos hotéis é bem mais baixo. ( foi essa minha idéia ).Mas de lá vc pode ter acesso "fácil" aos pontos turisticos. O Fieta é 5 estrelas nessa região, com preços bem mais em conta que similares em outras regiões.Outro hotel barato que me lembrei é o Vila Rica, na Vitória; não tem a a graça do que vc sugeriu , porque dá para o vale e não para o mar, mas as diárias são bem mais em conta, e a localização é boa, entre a Barra e o Pelô. Outra opção, que alguns amigos de Brasília gostam ( mas com carro ), é alugar um village à beira-mar na Praia do Flamengo.

Majô
MajôPermalinkResponder

Elisa, você tem várias sugestões aí. O Riq sugeriu lá em cima o Grande Hotel da Barra, entra no site que você vai ver que lugar !! E a Cristina deu outras sugestões.

Cristina, obrigada por me situar na terrinha wink

Eunice, obrigada por mais dicas wink

Tá ficando bão lol Vou gravar este post bem recheado.
E onde se come o melhor acarajé ?

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Ha ha é verdade Ricardo - um dos PA (para os intímos smile fica nas esquinas da Rio de Janeiro com São Paulo. Onde fica o outro, vou precisar perguntar ao baiano mais amigo que tenho mas amanhã ele estará "comendo água" rsrs - na gíria baiana bebendo rsrs Engraçado que para nós cariocas, PA é ponto de apoio de táxi, não Ponte Área.

Majô - disponha! Não deixe de ir ao Pelourinho à noite tb - na última vez que jantei lá, com colegas da empresa, nos deparamos com o Didá Banda feminina infantil - uma gracinha smile O bom de Salvador é isso, uma supresa a cada esquina. Se vc não tem planos, relaxe!

Eunice
EunicePermalinkResponder

Cristina: só conheço a Ponte Aérea da esquina da Rua São Paulo com a Rio de Janeiro ( quase em frente a Cultura Inglesa ). É um lugar bem simples, para conversar e tomar cerveja. Na categoria "botecos", meus preferidos são: Boteco do França, no Rio Vermelho; Bar do Nando, tb no Rio Vermelho; Habeas Copus, na Barra ( Marques de Leão ); Oceania ( na Barra ) e Quintal ( no Campo Grande ). Na categoria "fim de noite", "O Caminho de Casa", no Boulevard 161, no Itaigara é imbatível para mim. Funciona 24 horas. O ambiente é muito agradável: um ambiente externo, com mesas sob copas de árvorese e um interno, muito bem transado, com vista para o externo, iluminação suave; "comidinhas" regionais ( maniçoba, carne-de-sol, queijo coalho, etc ) boas e a freqüência ótima. Algumas mesas ficam sob copas de árvores. O Ex-Tudo, um misto de bar, boteco e restaurante no Rio Vermelho,tb é legal.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Majô: responder qual o melhor acarajé é uma resposta muito difícil! É um assunto para discussão interminável, cada um tem o seu.;o) O meu é o da Cira: Largo da Mariquita- Rio Vermelho, ou em Itapuã. Gosto mais do de Itapuã. Vc pode comprar o acarajé e sentar-se em uma mesinha do fundo do bar ( Cira fica no passeio do bar ), com vista para o mar de Itapuã. O "horário" certo para comer o acarajé é sempre ao entardecer ( preceito de candomblé ). O acarjé da Dinha, no Largo de Santana, no Rio Vermelho, tb é muito bom, e o local tem um ótimo astral. Alguns acham que o melhor acarajé é o de Regina, na Rua da Graça; e por aí vai...eek)

Ricardo Freire

Elisa, se você optar pelo Grande Hotel da Barra, prepare-se para sair perdendo na comparação de conforto com o que os seus amigos vão ter no Vila Galé. O Vila Galé é relativamente novo e já foi construído com um padrão que o Grande Hotel da Barra jamais terá (ou, se tiver, vai custar os olhos da cara e mais um pouco).

Vizinhos ao hotel dos seus amigos (e sempre perdendo um pouco na comparação) você vai ter o flat Atlantic Towers (ex-Caesar Towers; nunca mais visitei, não sei como anda), o Othon (um Méridien/Pestana bem mais pobrinho) e, do outro lado da avenida, o Portobello Ondina Praia.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Majô e Elisa: um programa que eu acho be legal aqui em Salvador, mesmo para os "não-católicos", é assistir a missa de domingo no Mosteiro de São Bento ( o mosteiro mais antigo das Américas, tem status de basílica ). Os monges têm um belo coral de música gregoriana, e a missa em si é muito bonita, com uso de incensos, etc. O mosteiro e seus monges têm uma participação muito grande na história da cidade. Os monges são cultos e "libertários". Nos tempos de regimes autoritários ao longo de nossa história, sempre funcionaram como um refúgio seguro para os dissidentes. A missa é longa. Termina às 12:00hs. Hora de seguir para um almoço no Maria Mata-Mouro, "meu" restaurante predileto no Pelourinho., que fica perto.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Riq: sei que é uma ousadia recomendar um restaurante italiano para um "paulista", mas vc não acha que o Alfredo di Roma no ex-Ceasar Towers, não valeria a pena? Outro italiano que tb gosto ( comida e lugar ): Diliana, em uma chácara em Lauro de Freitas, vc conhece?

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Eunice,
bom saber que não tem me levado para furada na Terrinha - Caminho de Casa, em frente ao Fiesta, adorei o clima lá. Mas resta até segunda para eu perguntar onde é o outro PA para meu colega.

Tem um restaurante transadinho, tipo um café, com sucos e crepes, ali numa rua em frente ao Alfredo di Roma, não me recordo o nome. Adorei o clima de lá. Vc conhece?

Ricardo Freire

Eunice, você sabe se o clube de praia que instalaram no quartel Amaralina (me disseram; nunca fui) funciona o verão inteiro, ou se é só no carnaval? Curiosidade...

Eunice
EunicePermalinkResponder

Riq: foi só no carnaval. A BAND alugou o espaço e montou o clube de praia. Lá funciona regularmente um espaço que se aluga para festas.

Cristina: vc está falando do Mariposa, que fica na Sabino Silva? ( bem pertinho do Alfredo di Roma, mas não em frente ). São quatro espaços: bar, deque, bilhar e mesas na calçada . Hoje, tem filiais no Shopping Barra e no Shopping Salvador. É um sucesso. Claro que a melhor é a da Sabino Silva. Vc está com bons guias por aqui. eek)

Ricardo Freire

Eunice: ahhhhnnnnn.... :roll:

Eunice
EunicePermalinkResponder

Riq: sou totalmente parva para esses emoticons, esse significa o quê mesmo? eek)

Majô
MajôPermalinkResponder

Eunice, obrigada pela dica !! Eu acho linda missa cantada. Quando for á Salvador, não deixarei de ir. Imperdível ! Fora a dica do almoço. É uma dicona wink
Eu acho que visitei o Mosteiro de São Bento, o altar não é todo em ouro ? Estive na Igreja de São Francisco que acho tem o altar em prata. Adoro igrejas antigas.
Interessante seu relato sobre os monges. Os jesuitas também tiveram participação importante, no período da ditadura.

Eu sempre indico a missa cantada aos domingos, na Notre Dame, em Paris. É lindíssima e ainda tem um órgão maravilhoso. Não perco.

Majô
MajôPermalinkResponder

Eunice,
Aí está o site das carinhas http://faq.wordpress.com/2006/06/04/what-smilies-can-i-use/ passado pelo Zé wink

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar