Now serving São Paulo

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

           saopauloemirates350.jpg

Anteontem, ao entrar no site indiano da Emirates para buscar destinos servidos pela companhia no subcontinente, deparei com esta sensacional foto, com o título "Now serving São Paulo",  chamando para um hotsite da Emirates sobre a cidade.

Não é genial? O samba de roda na rua, a baiana paramentada, o Fusca verde -- mais paulistano, impossível, não? mrgreen

(Sem paranóia, povo. É só pra dar risada. A gente por certo faz coisa muito pior com eles.)

73 comentários

Emiliano
EmilianoPermalinkResponder

Karinissima, que papo é esse que a SAA tá mal das pernas? É verdade?

Rodrigo Purisch

Epa, tem ilhas Fiji ( as Yasawas) e Ilhas Cook (Rarotonga e Aitutaki, ainda ponho meus pés por lá). Tudo bem, estão mais para party islands, mas o cenário também é paradisiaco.

A Malaysia passou por um grande processo de reformulação de rotas, sendo que essa rota (EZE-CPT-KUL) estava entre as que poderiam acabar. Mas parece que é uma rota política e pernaneceu. Os vôos tem uma certa ocupação, mas não são muito lucrativos para a cia aérea. Se não me engano voa 2 vezes por semana com um 747.

A South African anda dando muito prejuízo e as outras cias vão aproveitar dessa fraqueza.

A Qatar e bem mais tarde a Korean (possivelmente via Los Angeles) devem iniciar vôos para o Brasil nos próximos anos. A Air China pensa em ampliar a oferta e voar para um novo destino no Brasil.

Só falta as tarifas cairem! Nos pagamos muiiito para ir para a Ásia.

Bem que a Emirates podia mandar uma passagem lá para o Aquela Passagem! Fariamos um Flight Report daqueles!....

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Manda um e mail para a Emirates Rodrigo.
Não custa nadicas.
E vai dar certo :!:

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

Rodriiiiigo: USD 1550 SAO>DEL via Dubai com a Emirates. Uma pechincha pr'um vôo que, em tarifa promocionalíssima, compramos por 1700 com a SSA. grin

Jorge, o Sheikh não me contratou ainda. Você não acha que ele deveria me contratar? Kkkkkk eu achoooo.

Riq e Alessandro: é verdade! O aeroporto de Dubai é ok do check-in pra dentro. A parte de fora é uma rodoviária, ainda. sad sad sad Eu chamo de Uóroporto de Dubai... Isso porque aposto que nenhum tripulante daqui embarcou no Terminal 2. Huahuahuahua. Isso vou deixar pro meu próximo comentário: o Terminal 2 do Uóroporto de Dubai.

Emiliano, sim, é verdade que a SSA anda mal das pernas. Só espero que as atividades não acabem logo ou ficaremos sem GRU / JNB sad Imagine ter que ir pra Dubai pra voltar pra JNB? Affe affe affe!!!

Ricardo Freire

Daí a gente vai ter que ir de Ocean Air pra Luanda, e de lá...
mrgreen

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Bem, estou adorando esta enquete de amanhã pq estou tentando ir p/Maldives, via Dubai, c/a Emirates. Portanto, é tudo que eu queria! Acho que a minha xará pode ir tirando o cavalinho da chuva pq SAO/MLE direto ñ dá. É mto tempo!!!

Aliás, qto ao 380 pousar no Galeão, só fazendo obras pq a pista atual "num guenta" esse aviãozão (pelo menos foi o que me disseram!).

E quem quiser conhecer Dubai deveria aproveitar o iníco da Emirates, poi eles estão oferecendo htls a US$ 69 por nt por pessoa, até 2 nts p/quem voar c/eles. Parece um bom descanso p/seguir p/Maldives, ñ?

Riq, tem um lugarzinho que ouvi falar que está começando a despontar - Quirimbas, em Moçambique. Quem sabe vc inclui na sua enquete?

E, qto à cidade do Cabo, li na última Viagem uma matéria, citando inclusive um pct de uma empresa de SP pelo mesmo preço da passagem (SAA) - US$ 899 - até final de novembro.

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

TERMINAL 2 DO UÓÓÓÓROPORTO DE DUBAI

Assim, gente: é o pesadelo em vida. Se vocês acham o Terminal 1 toscão do lado de fora é porque vocês não ousaram nem em seus piores devaneios em pisar no terminal 2 do Uóroporto de Dubai.

Ok, acho que ninguém aqui tem um amigo na Ilha de Kish (cuma???) ou pretende passar as férias em Kabul ou quer dar aquela esticadinha pro Iraque. Ou, como eu, amarrou o jegue numa tora lá em Peshawar, no Paquistão.

Pois é, tripulação. Vou falar o nome das cias. aéreas que voam de/para o Terminal 2 (levante a mão se alguém conhece alguma delas):

- Eastern Sky Jets voando para Bagram;
- Iran Aseman Airlines voando para Khassab (não aquele...);
- Kish Air voando para Kish;
- Iraqi Airways voando para Bagdá;
- Aerovista Gulf Express voando para Erbil;
- AeroAsia voando para Islamabad;
- Air Blue voando para Peshawar (opa, meu vôo!)

Pois chego no aeroporto às 4 da manhã deixada pelo meu querido primo Ashraf que não quis pagar estacionamento e me deixou na porta. O-k.

Era a única MULHER ali. Apesar de já estar na vibe de Paquistão (estava de calça, kamiz e uma dupatta levemente jogada nos ombros para cobrir a cabeça quando chegasse em Peshawar), era a única fêmea presente no minúsculo terminal 2. Estava me sentindo péssima.

Logo notei 2 comissárias esgalambitas com um uniforme muito feio, dava dó. Acho que nem a cia aérea mais furreca da América Latina deixaria as gurias tão mal vestidas. E, puxa vida, logo noto que o idioma é mais ou menos familiar e que as cores são da Air Blue! oras, são do meu vôo! smile

Morri de vergonha mas me apresentei. Elas foram simpatissíssimas mas não conseguiam esconder o espanto ao ver uma guria tão branca, tão alta, tão sozinha e tão out of her enviroment right there. Fui apresentada ao comandante (gente, gente, párem tudo, ele era um primo do Saddam Hussein e ainda tinha uma pizza de suor embaixo do braço). Ganhei um café assim que disse que era Brazilian e a tripulação me colocou na fila, bem lá na frente.

E foi mesmo na fila que notei que era a única mulher do vôo. O-k. Inspirei, expirei, Allah é meu pastor e nada me faltará. As gurias viram minha angústia e logo me encaminharam para a imigração.

Pois na hora que passo pela imigração sob os olhos espantados de um sudanês que não compreendia o que eu estava fazendo ali... Passei a entender ainda mais o estanto de todos: novamente era a única mulher. Minto. Haviam 2 outras sob burcas. Super animador.

Corri para o duty free, queria álcool. Mas não EXISTE ÁLCOOL NO TERMINAL 2... Lógico... Tantos destinos onde o Islam rules e a tonta aqui querendo levar Vodka pro namorado. Desencanei. Tudo o que havia naquele free-shop era muito politicamente correto: brinquedos, DVDs para famílias, livros, CDs religiosos. Bleh.

Para me aquietar e tentar abstrair daquela gentança que me olhava fui até a lanchonete e comprei alguns snacks. Vi alguns gringos. Oba! Não era a única fora de contexto. Mas ao ouvir a conversa dos americanos mais atentamente descobri que não eram turistas, mas soldados indo pra Kabul. E que faziam troça das aeromoças que usavam o véu. Lindas comissárias da Ariana, a companhia aérea nacional do Afeganistão. Tive vontade de levantar e manda-los tomarem no c*, mas estava muito cansada pra comprar confusão.

Terminei de comer meu Pringles e meu Iced tea (a gente roda o mundo e os snacks permanecem os mesmos) e sentei-me em frente a porta de embarque do meu vôo. Meu Deeeeeeeeeeeus, apenas homens de sharwal kamiz. E todos puxaram papo comigo.

- Vére are you from?
- Brazil - respondia não lá muito empolgada.
- Oh, I don't know Brá-zil... You mean Brrrráááázil?
- Ye.
- Vái you go to Peshawar?
- Sóri, me dôn ispiki Inglishi - e já cortava.

E assim foram 2 horas de muita curiosidade até que uma das comissárias chamou todas as mulheres do vôo (no total, 5... 3 com burka, uma ocidental chamada Karina e uma paquistanesa muy linda chamada Hilal que virou uma grande amiga) e nos embarcou lá na frente.

Lógico que não havia finger, fomos de ônibus até o avião. E rodamos, rodamos, rodamos pela pista.

O Avião? Era um sucatão alemão de alguma cia aérea de lá que havia sido vendido para a Mexicana. Que, por sua vez, deve ter vendido para a Air Blue. Como seu sei? Hm. As instruções estavam em alemão. Mas o colete salva-vidas tinha o logo da Mexicana!

Mas, overall, o vôo foi decente e valeu os USD 300 que paguei para voar de Dubai para Peshawar. O preço da Emirates? USD 700 o mesmíssimo trecho, mas com todo o glamour, né?

E sabe o que foi melhor? A comissária disse que eu fui muito simpática e me deu upgrade pra executiva. Minha amiga Hilal também ganhou e lá fomos nós. Um serviço de bordo muito bom com pratos quentes, um café da manhã delicioso.

Valeu super a pena voar com a Air Blue e vou repetir a indiada se o Sheikh não me contratar, né Jorge? Aí eu vôo de Emirates mesmo, hehehe.

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

Riq, desculpe pelo super comment... :roll: Acho que me empolguei.

Rodrigo Purisch

Karinissima,

Essa tarifa é introdutória e só vale em outubro, depois sobe fica iguais as demais. Qaundo falo que está caro é porque comparo com os demais países. Caracas para Deli: 1477 USD em várias cias, BsAS: 1518 USD, SCL 1460 USD, LIM 1280 USD.. Comparando com esses 1800 USD normalmente cobrados no Brasil... Muitas vezes parece ser mais barato comprar um vôo até os EUA e Europa e de lá um promocional para a Índia. Mas tem que ter cuidado coma franquia de bagagens.

SAA: Essa rota para o Brasil dá lucro. O problema são so 747 que consomem muito e estão sendo retirados das rotas. Fizeram ainda uma expansão para vários destino com pouca lucratividade. Aquel velho desejo de ser a Maior e não a melhor. Parece que a Malaysia queria um acordo com a SAA para fazer BUE-GRU/ JNB, mas o negócio não foi para frente porque a rota é importante demais para a SAA.

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

Rodrigo, eu vendi essa tarifa que te falei para um pax em dezembro! Juuuro!

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

Mas vale lembrar que vendi essa tarifa em agosto, logo, os vôos estavam abertos e consegui uma classe bacana. Agora já devem estar mais fechados com classes de reservas menos restritivas e mais caras.

Karinissima
KarinissimaPermalinkResponder

Opa, acabei de checar. Essa passagem nesse valor é hiper über restritiva e o preço só é válido se o pax embarca e retorna pra SAO em menos de um mês. Em geral as tarifas publicadas no site têm a validade de 3 meses. Mas nos sistemas (SABRE, Amadeus) dá para encontrar algumas barganhas. Achei essa tarifa no Sabre, bookei e mandei meu GSA emitir. Mas amanhã checo melhor e vejo quais são as tarifas desse trecho pra janeiro e vamos ver se vale a pena smile

Ricardo Freire

Karinissima lol e Doktor Alê:
Quando vocês falam da confusão do aeroporto de Dubai, é no check-in de quem está em Dubai, certo?
A parte interna, o aeroporto de quem está em trânsito, de quem não precisa passar pela imigração nem fazer check-in, este funciona bem, I presume?

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Eu cheguei e saí de Dubai sem qualquer problema, nenhum, o mais rmoto. A única coisa um pouco mais lenta foi a passagem pela imigração, que foi cortês, eficiente e organizada.

Rodrigo Purisch

Aqui estão algumas amostras das passagens da Emirates

http://www.rextur.com.br/info/0731ek.htm

Não me empolguei muito com o preço, mas sim com a promessa de um bom serviço.

Andrea S. B.
Andrea S. B.PermalinkResponder

Gente,

Acabei de ver no book da Queensberry 2007/2008 que todos os roteiros prá India, Nepal, Thailandia, Indochina e alguns prá China estão sendo vendidos com a Emirates com escala em Dubai...coisa de primeiro mundo, né?! (e prá quem esta com a caixa de verdinhas transbordando!!!!!!)
E prá quem interessar possa: vistos de entrada nos Emirados a USD 55 e em caráter de urgência USD 85. É bom incluir no orçamento!

||-Marizinha-||

huahuahua

Pelo menos n é foto da Floresta Amazônica com macacos pendurados nas árvores e índios razz

Camila
CamilaPermalinkResponder

Eu quase tive um ataque cardiaco quando vi a foto na capa da revista de bordo.
Essa foto foi feita em Santana do Parnaiba, porque acharam "bucolico". Esses musicos eles acharam tocando num boteco na Avenida Paulista, e a baiana... Sei la de onde apareceu essa baiana.
Eu ainda estou tentando convencer os meus colegas de trabalho que nao, nao da pra ir a Los Angeles de carro. Nao, nao tem macacos na rua. e nao, nao precisa de visto americano para voar para o Brasil...

Quanto ao aeroporto, me desculpe, mas nao da para evitar os paquistaneses por aqui, e os coitados tem direito de ir para casa depois de 10 anos, ne? Quam constroi esses predios imensos e lindos por aqui sao eles. E nao tem problema algum. O Duty Free eh maravilhoso, e o aeroporto em si eh uma atracao. Para quem vai sair de Guarulhos, vai ser o paraiso, com certeza. E o pessoal da imigracao eh extremamente cortes.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Em contrapartida, a reportagem da revista de bordo esta bem interessante. Fala ate de atracoes como a Pinacoteca do Estado, o Pastel do Mercadao e de restaurantes como A Figueira.

Ricardo Freire

Ha ha, Camila, esquenta não. A única coisa realmente muito estranha é a baiana. Mas, como as garotas já observaram, ela pelo menos está vestida.
grin

Jaqueline
JaquelinePermalinkResponder

Considerando que a companhia Emirates é de propriedade de um Shaik Arabe e que na cultura islamica as mulheres nao se apresentam "descorbertas": A publicidade passa uma imagem do Brasil mais honesta, alegre, pura e distinta. Gostei do spot! Basta com bundas, mulatas semi-nuas e exploraçao sexual!

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Achei a foto muito bonita, porque faz um "resumo" do Brasil (pois aqui em Dubai estão sendo vendidos pacotes para Salvador, Rio de Janeiro e outros destinos com a Tam e a Gol).. claro que quem é brasileiro sabe que não é beeem assim, mas , no Brasil, quem é que sabe a diferença entre Paquistão, Iraque, Irã, Marrocos e Bangladesh? Se colocar uma foto de uma mulher de burqa ao lado de um camelo também vai vender a região toda, né?

E agora dá licença que eu vou dormir, amanhã cedinho eu vou pra Sao Paulo no primeiro vôo... depois eu volto aqui para contar como foi!

Guilherme Lopes

Por falar na Emirates olha o vídeo que ela fez para promover este vôo.

www.nonstopfernando.com

O vídeo (que tem 14 horas e 40 minutos, a mesma duração do vôo) é sobre São Paulo, o modo de vida e a cultura brasileira em geral.

Isso sem intervalos, cortes ou edição...

; )

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar