Viena pra Dani

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

   

A Dani Velloso vai passar cinco dias em Viena no fim de outubro e pede dicas de hospedagem, restaurantes e passeios.

Acho que é uma das capitais européias de que falamos menos por aqui.

Quem pode ajudar?

144 comentários

catitausa
catitausaPermalinkResponder

Ricardo, eu esqueci de dizer que fiz um tour pela Europa em agosto e coloquei varias dicas no meu blog http://catitausa.wordpress.com/category/viagens/
Se cuida
Catita

Carla
CarlaPermalinkResponder

Oi, Riq! Me da licenca de fazer um comentario um off topic? Voce tem algum post u artigo sobre restaurantes em Roma? Nao consegui encontrar no blog.
Eu to indo pra la em Novembro e queria comer bem a precos razoaveis, sem me bater o tempo todo em lugares turisticos. Sera que alguem poderia me ajudar?
Beijos!

Renata Runge
Renata RungePermalinkResponder

Minha dica de Viena e visitar Schonbrun Palace...imperdivel tanto os jardins quanto o tour pela parte interna.

Lu
LuPermalinkResponder

opa, to pegando carona ... me interessa tanto Viena como eses restaurantes de Roma. Aliás, Riq, outro dia lembro que li um blog sobre Praga p/alguém que tb ia viajar prá lá. Eu queria dar uma pesquisada por lá Vc lembra qual o título?

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Dani, eu fiquei no ano passado no hotel AmAugarten e foi ótimo. O bondinho para o Ringstrasse passava bem na frente na ida e na volta. O quarto era grande, o café da manhã era ótimo e tinha café, chá e bolo grátis o dia todo no lobby. Paguei 60 euros a diária para casal.
Passeios tem muitos, como começar percorrendo o Ringstrasse todinho com o bonde número 1 para fazer um reconhecimento; visitar a ópera e todos os excelentes museus; descer a Kartnerstrasse inteirinha; ver a MozartHaus; ir à noite aos barzinhos da região conhecida como Triângulo das Bermudas; comer sachertorte no Hotel Sacher....

Ricardo Freire

Lu, se você rolar a página principal do blog, http://viajenaviagem.wordpress.com , vai ver, do lado direito, um longo menu, em ordem alfabética. Clique no destino que você procura e uma página carregará com todos os posts catalogados sob esse assunto.

Uma outra maneira é escrever no quadradinho de busca, também no menu do lado direito, a palavra que você procura.

http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/09/10/praga-pra-thamy/

ricardo
ricardoPermalinkResponder

viajar é o que há de melhor nesta vida - e vc é o cara

camila
camilaPermalinkResponder

Tem que comer uma Sachen Torte num daqueles cafes de rua. E visitar a "Escola de Cavalaria Espanhola". Ah, e o Palacio da Sissi, a Imperatriz...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Falando em "palácio da Sissi", esse é passeio para um dia inteiro - o metrô desce em frente ao portão principal. O palácio é lindo mas os jardins também são incríveis e merecem uma bela caminhada.

RODRIGO PEIXOTO

Acabei de chegar de viena e achei a cidade linda .Senm correrias tipica das grandes cidades .Fiquei no hotel austria classic achei excelente !Nao deixe de vistar o palacio belvedere é muito bonito>

Lucia Malla
Lucia MallaPermalinkResponder

Caso vc seja fã de arquitetura moderna divertida, minha dica principal é visitar o Hundertwasser Haus e o museu dele, que fica a poucos quarteirões, com outras obras muito coloridas e interessantes. O Hundertwasser Haus é uma construção toda tortinha, cheia de figuras orgânicas, um grande experimento de habitação "ambientalmente correta". Eu amei. smile

Fabio Nitschke Gomes

Roma pra Carla: apesar de muita gente dizer que prefere as pizzas paulistanas às italianas, comi uma deliciosa no Est! Est! Est!, que carrega um século de história. Dá um pulo lá: http://uk.holidaysguide.yahoo.com/p-travelguide-31068-action-describe-est_est_est_rome-i

O bônus da noite foi ser (muito bem) atendido por um garçom que, conversa vai conversa vem, descobri ser sobrinho do Lúcio Costa (urbanista, autor do Plano Piloto de Brasília).

(!!!)

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Mandou bem, Lucia: o Hundertwasser Haus é divertidíssimo.

Fabio Nitschke Gomes

Mais Roma pra Carla: próximo ao Vaticano, vá ao Taverna Angelica ( http://www.tavernaangelica.it ). Preços moderados (pros padrões vigentes), ambiente, atendimento e comida descolados.

Boas lembranças... O jantar pra casal saiu por 80 euros, mas não lembro se com vinho nesta conta.

Fabio Nitschke Gomes

Carla, procura um livro (publicado no Brasil pela Abril e revista Viagem) chamado "Roma agora", com dicas atuais -se é que dá pra dizer isso sobre qualquer publicação!- e descoladas. Vale o investimento. wink

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Bom, se for comer a Sacher Torte (e é de praxe comê-la em Viena...), tem de ir ao Hotel Sacher para comer a original. É cheio de turistas, mas faz parte do programa...
Para quem gosta de museus, a cidade tem muito a oferecer: bem no centro, tem o Quartier Museum, em que sao reunidos vários museus importantes, um ao lado do outro.
Meu preferido fica um pouco afastado, o Belvedere. Só o prédio do museu já vale a pena, mas ele geralmente tem exposicoes ótimas.

Tomas
TomasPermalinkResponder

Olá Dani,
Viena é dividida em rings, o central é o mais turístico pelo existência do palácio Hofsburg, a StephensDome (igreja Matriz), RatHaus (prefeitura) e as doceiras do "calçadão" de lá. Fora do ring central vá ao palácio de verão, o da "Sissi". Vale a pena visitar por dentro na primeira vez e passear pelos incríveis jardins. Mas, o melhor programa de todos é pegar o bonde 38 e ir para "Grintzing" (é mais ou menos assim) onde você comerá a melhor comida e beberá os vinhos das uvas cultivadas ali mesmo. Diz a tradição que cada lugarzinho com um ramo de parreira na porta acaba de receber nova safra. São vinhos brancos deliciosos e a comida é a mais típica possível. Você vai dividir mesas com os austríacos e a idéia é chegar para o almoço e só sair no fim da tarde. Lá perto tem ainda um parque com um Belvedere para você ver Viena do alto com o Danúbio ao lado. Sensacional. Mas como tudo que é bom, lá também encostam ônibus de turistas em alguns restaurantes. Informe-se sobre os mais caseiros.
E se você gosta de compras vá passear na Maria HilfeStrasse. Muitas lojas e preços razoáveis se comparados às lojas de grife.
E marque para assistir uma apresentação musical no palácio central. Por mais turístico que seja, vale a pena.
E no museu Belvedere não perca a exposição permanente do Klint.
Fiquei num hotel modernoso chamado Das Trieste. Era só atravessar uma avenidona e já estava no centro.
Boa viagem.
Tomas

Lucia Malla
Lucia MallaPermalinkResponder

Lembrei de outra dica: ópera de graça. Quando fui há algum tempo lembro q tinha uma noite na semana q eles abriam ao público de graça aqueles assentos lááááá longe e de pé. Mas vale a pena: é uma legítima ópera vienense num prédio maravilhoso por dentro. O prédio já vale a pena - a música então... smile

Denise
DenisePermalinkResponder

Pra mim, o ponto alto de Viena é O Beijo, do Gustave Klimt, no Belvedere. O quadro é um desbunde!!!! 1.80 por 1.80, todo dourado, ao fundo de uma sala preta...Nossa!!! Fico arrepiada só de lembrar..
E claro, o palácio de Schonbrun é imperdível! Fora as tortas... Hum!!! Entrei num café e pedi um pedaço de cada... A foto é hilária, uma mesinha bem pequena com 6 pedaços de tortas diferentes!!! E não perca a oportunidade para assistir a um concerto de Mozart...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Lucia, quando eu fui no meio do ano passado, a ópera não era de graça, mas era quase: em pé, lá no fundo, os ingressos custavam meros 2 euros. Todo mundo marca o seu lugarzinho com um lenço ou coisa parecida, uma graça. Só que só eram vendidos ingressos para a sessão do dia, e somente a partir das 16h, quando se formava uma filona na porta. Vale muito a pena.

Ricardo Freire

Tomas: é Grinzing, sem o "t". E esse tipo de taverna se chama "Heuriger". (Descobri agora -- claro que não sabia; bela dica!)
http://wien.info/article.asp?IDArticle=14126

Dani Velloso
Dani VellosoPermalinkResponder

Amigos Tripulantes, vocês são uns amores! Estou anotando tudinho! Podem mandar mais viu????? Nem sei como agradecer!!! smile

Paulo e Ana
Paulo e AnaPermalinkResponder

Olá pessoal,

Fomos no ano passado, ficamos no nh belvedere, www.nh-hotels.com/nh/de/hotels/osterreich/wien/nh-belvedere.html

confortável e perto deste parque lindo, jantamos em um restaurante que é um vislumbre, chama-se steirereck www.10best.com/Vienna/Restaurants/Elite_Dining/Steirereck_Vienna_AT_BID_26682

muito caro, porém um dos melhore que já fui na Europa.

vale a pena ir ao bar do hotel DO e Co.

um abraço

Paulo

Tomas
TomasPermalinkResponder

Tenho um motivo especial para gostar de Viena. Meu sogro nasceu lá, pertinho de Grinzing (valeu Ric) e todo ano ele volta para lá. As duas vezes que fui para lá, foi com ele, minha sogra e minha mulher. E fui do melhor jeito: na faixa! Minha única obrigação era dirigir. Valeu sogrão.

Joao Paulo
Joao PauloPermalinkResponder

Dani, alem de tudo o que foi dito, insisto que é uma experiencia grandiosa ir à Opera de Viena por nada, quase nada ou um pouco mais...este é o link
http://www.staatsoper.at/Content.Node2/en/index.php

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

oi pessoal!

Também vou para Viena em novembro, e adorei as dicas.
Me indicaram ficar num suíe hotel, da rede accor, próximo ao parque de diversões Prater.
Disseram que o hotel é novíssimo, mas estou em dúvida quanto a localização, pois é distante.
Alguém conhece a região? qual o melhor local e não tão caro para se hospedar?

Ricardo Freire

Hotéis baratos na região central de Viena:
http://www.eurocheapo.com/vienna/hoods/inside-ring.html

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Tentei postar ontem mas deu erro na página. Muitas dicas já estão aqui, então darei uns adendos, ok Dani? smile

Como já botaram hotel aqui, acho que vale registrar para os próximos viajantes solitários e a fim de novas amizades como eu que o hostel Ruthensteiner, na Robert Hamerling Gasse 24, perto da Westbahnhof Train Station me acolheu muito bem em Maio. Foi minha primeira experiência em albergue e a recepcionista fez um quarto virar feminino qdo eu pedi.

O Schobrun Palace é obrigatório!!! Tomei café no restaurante deles - um prato típico com frutas vermelhas e panquecas deliciosos! Com o café e um suco 10 euros não tem preço para um dia de sol daqueles!!! Na bilheteria compre o ticket para as 5 atrações - a diferença é pouca e vc vê as duas coleções - e fica feliz ao escutar o nome do nosso país quando dizem da princesa austríaca que casou com um príncipe português e foi para o Brasil - ainda visita o mirante de Maria Teresa e ainda vê como se faz apfelstrudel.

Não fui ao Sissi pq me disseram que quem tinha visto o primeiro, não gostaria. No meu último dia, preferi ficar caminhando pelos monumentos do Museum Quartier e ao encontrar um grupo de Brasileiros (o primeiro em 3 dias rsrs) peguei uma dica meia macabra mas que adorei - fui nas catacumbas da Igreja de San Vito - lá vc vê a história da peste na Europa e o maior muro de ossos que já vi na vida. O jardim do Belvedere Palace fica vazio no final do dia e transmite uma paz sem igual. Cheguei tarde para ver "O Beijo" e o dia estava lindo para bater perna...

A história do lenço para marcar lugar na fila do standing seats (em pé) na Ópera de Viena é verdade - eu tava sem lenço, marquei com um saco do supermercado Zona Sul que estava na minha bolsa não sei pq!!! rsrs

Ninguém soube me dar informação para chegar até a bilheteria, mas entre na ópera e pergunte a um dos seguranças "cheap tickets" que indo à esquerda dentro da ópera vc consegue pagar 2 euros para ouvir boa música - uns minutos depois muita gente desiste e vc até senta com direito à legenda em inglês!!! Para quem estudou canto clássico ... eu amei!!! A acústica é excelente nas palavras do meu primo que é maestro na Alemanha.

Sacher Torte no Hotel Sacher é uma tradição. E qq doce com os melhores morangos que vc já comeu vc prova na Demel que é pertinho também. Em Praga eu comi uma sacher torte que é de chocolate com algum vinho ou licor na receita, mas não foi igual. As imitações tb são boas mas essa é única.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Ricardo,
meio fora do lugar, mas já fuçei tudo por aqui - estou voltando a Fortaleza pela 3a vez em Novembro e queria saber se alguém sabe se lá tem aqueles ônibus executivos do aeroporto para o Centro ou alguma dica boa nos arredores de Fortaleza para ficar de bobeira 2 dias antes de eu dar uma palestra na capital.

Aceito tb dicas de pousada em Jeri (já fiquei na Matusa) e Noronha (esta eu vou pela primeira vez). Vou aproveitar para tirar mais 15 dias de férias este ano. Afinal eu trabalho para que!? razz

Ricardo Freire

Cristina, não me lembro de haver ônibus do aeroporto pra Beira-Mar de Fortaleza, não. Se não me engano, existem táxis especiais e comuns; ambos tabelados.

Perto de Fortaleza você pode ficar na Prainha (40 km a leste); o melhor hotel é o Laguna Blu http://www.lagunablu.com.br . A oeste, eu não gosto do Cumbuco (vendedores de passeios grudentos, mar turvo). Consideraria Taíba (70 km a oeste), que tem bons restaurantes (todos franceses...); acho que o Volta ao Mundo também aluga quartos ( http://www.taiba-ceara.com.br ). Mais adiante um pouco (110 km a oeste) tem a Lagoinha, que é a praia mais fotogênica do Ceará. Ali há um bom hotel, o Vivamar ( http://www.vivamarhotel.com.br ).

Nossa, Matusa não! Em Jeri fique na Ibirapuera ( http://www.pousadaibirapuera.com.br ) ou na Cabana ( http://www.pousadacabana.com.br ).

E em Noronha, se puder, fique na Solar dos Ventos ( http://www.solardosventos.com.br ) na Teju-Açu ( http://www.pousadateju.com.br ) ou na Pousada do Vale ( http://www.pousadadovale.com.br ). Senão, veja aqui:
http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/07/30/enquete-da-semana-pousadinhas-em-noronha/

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Obrigadão Ric!!!

Após ter comentado tanto (isso aqui é uma cachaça), vou dormir feliz por hoje smile

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Tomas, uma das melhores lembranças que tenho de Viena (já no longínquo 1994) é um jantar em uma taverna em Grinzing. A comida estava maravilhosa, vinho idem, lugar super animado. Sempre nos lembramos dessa noite.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Cristina,

Verifique no site da redenção ( www.redencaoonline.com.br ) Em 2005 (última vez que estive lá, o ônibus passava na Beira-Mar sim, muito prático, em frente a um Clube pertinho da VoltadaJurema.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu não recomendo de jeito nenhum o Hotel Sacher.
Não achei a torta tudo isso e o lugar é pra lá de antipático. Vive tão cheio que eles passam o tempo espantando os turistas.

Agora a Demel sim é OOOOOUUUUUUTRA COISA. Deliciosa, simpática, num prédio histórico maravilhoso. Os salões do segundo andar são incríveis.

Endosso a recomendação do Paulo. O bar do Hotel Do & Co é imperdível. Muito bom, muito gostoso e muito bonito. Fomos com a Clara no carrinho, eu estava super receoso em ser mal recebido com um bebê num lugar assim tão coooooool, mas ao contrário, fomos hiper bem recebidos, passamos um tempão ótimo lá.

O Schonbrun eu não gostei por dentro não. Achei fraco! Podem tacar as pedras, mas não gostei... Os jardins são mesmo lindos.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu não deixaria jamais de dar um pulo a Bratislava na República da Eslováquia. São 70km ou 1 hora de trem, váááários horários.

Talvez o melhor seja fazer essa viagem pelo Danúbio em barco rápido, mas tem que fazer reserva com antecedência e é bem mais caro. De trem é barato e um programa muito legal.

Nós adoramos Brastislava.

Ricardo Freire

Gira, o ônibus da Redenção que passa no aeroporto vai ou vem de Jericoacoara... acho que não faz a rota Aeroporto-Beira Mar-Aeroporto não...

Pelo que eu fucei por aí, tem um ônibus de linha. Mas acho melhor morrer com 30 reais de táxi comum.

GiraMundo com Jorge Bernardes

hahahaha, eu não sabia que o ônibus da Redenção passava no Aeroporto não.

Eu me lembro de uma vez pegar na Beira Mar, parar na Rodoviária e seguir non stop to Jijoca. (adoro o nome).

Outra vez, na volta de Jeri, tomei o Redenção em Jeri e desci direto na Beira Mar bem cedinho (em 2005). Dali eu sei que o ônibus seguiria para a Rodoviária. Ninguém me falou de Aeroporto não.

Ricardo Freire

Agora passa... inclusive atrasa pacas a viagem de quem embarca na Beira-Mar... com a parada no aeroporto e nas duas rodoviárias (a central e uma na periferia oeste), o ônibus leva quase duas horas para sair de Fortaleza. Hmpf.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Desculpa, pois eu entrei de bico na conversa e saí comentando, não sabia que o interesse era apenas descobrir se há ônibus entre a BeiraMar e aeroporto, mas concordo, para isso o táxi vai ser melhor mesmo.

É que sou um grande defensor do acesso à Jeri via ônibus, já fui me entusiasmando.

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Nossa, fui na Demel VÁRIAS vezes durante nossa estadia em Viena. Lembro do sabor dos doces e sanduíches (bem, eles chamam de sanduíches mas são canapés) até hoje, e foi lá no século passado... Até hoje não me pedôo por não ter fotografado a nossa mesa e a vitrine de doces. Sim, eles são tão gostosos quanto parecem. Só de olhar o site, www.demel.at já dá água na boca...

Quando fomos, de carro, ficamos num simpaticíssimo hotel familiar nos arredores de Viena, o Hotel Wiental, http://www.riegerhotels.at/Seiten/wiental/frame1.html . Os preços são bem razoáveis, o café da manhã é excelente, mas pela localização só vale se estiver de carro, mesmo.

Viena é uma cidade magnífica, e os melhores passeios já foram citados: a Stephansdom (catedral), o Schönbrunn é lindo, no complexo Hofburg e seu entorno dá para passar um dia inteiro, os museus de arte são fantásticos (eu também adoro Klimt).

Dani, aproveite muito!

Ricardo Freire

Eu nunca fui a Jeri de jipão em trânsfer organizado. Só voltei, uma vez, meio que de carona com o dono da pousada onde eu estava. Gostei porque reduziu em duas horas o tempo de viagem, e eu estava no banco do passageiro, na frente. Mas, conforme você diz, não sei se teria gostado de vir o tempo todo apertado no banco de trás de um jipão lotado.

Fui de ônibus pela primeira vez ano retrasado, e concordo com você. É bem civilizado. Só não curti esse monte de paradas dentro de Fortaleza.

Quanto aos passeios de 4x4 pelas praias do Ceará e do Rio Grande do Norte, acho chato, antiecológico e mal-educado. Passar o dia inteiro na praia mas dentro de um jipe me dá nos nervos; pensar que o pessoal trata a praia como se fosse uma BR natural me incomoda; e passar por lugares onde tem gente tentando usar a praia me constrange.

Dani Velloso
Dani VellosoPermalinkResponder

Amigos, com certeza vou aproveitar e MUUUUUUUUUUUUUITO! Ainda mais com as dicas valiosícimas de vocês. Obrigada, Obrigada, Obrigada!!!!!
smile
wink
O roteiro inclui também Londres, Amsterdam, Berlim e Praga. Se não for abusar muito e quiserem me mandar dicas diretamente, fico muito agradecida: danielecerdeira@yahoo.com.br

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Jorge,
O atendimento do Sacher é horrível, mas a torta é maravilhosa, diferente do que temos aqui!!! Pontos de vista distintos - eu adoro história e já visitei muito castelo - achei o Schobrun legal - o tal ticket das 5 atrações dá direito aos Jardins. Normalmente eu só fico nos Jardins - foi assim no Nymphenburg Palace in Munich.

Obrigada pelo site da Redenção, tem um ônibus que sai as 17.30 da Beira Mar... mas eu vou dar uma palestra em Fortaleza no dia 6 (por isso tirei as férias juntos rsrs) que é de manhã e o autógrafo do meu livro é às 19hs!

Passarei o feriado em Fortaleza mesmo, Ricardo, pq recebo uma pessoa de fora em pleno sábado lá, mas já me informei e o tour para Lagoinha 1 dia custa 30 reais. Para quem foi de carro da última vez, acho que vale. Já será mais tempo do que qdo eu fui que eu cheguei a tarde.

Só não estou confortável é de passar o dia no ônibus pq a ida para Jeri é as 9.30hs - mas adorei seu depoimento Ric, da 4x4 e o fato anti-ecológico. Não havia dado atenção para isso. Vc tá certo. Fora o custo - 700 reais!!! Não sei o que faço! O ônibus para voltar será o noturno mesmo. 35 reais.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Em tempo:
acabei de saber que como palestrante de um evento tenho direito a 2 diárias single no Hotel Ponta Mar em Fortaleza. Mais ainda precisarei de 3 outras diárias.

Alguém aí conhece este hotel? A comodidade de ficar lá sem precisar trocar de hotel é um atrativo para ficar. Mais por menos de 150 a diária casal, alguém me recomendaria outro?

Ricardo Freire

Gosto muito desse hotel, Cristina. É basiquinho mas tem decoração moderna. A piscina é grande e fica nos fundos (acredito que tenha sol à tarde).

Fica no comecinho da Beira-Mar, num trecho sem restaurantes ou lojas interessantes. Mas a localização não é má, não. Você vai estar a 5 minutos de táxi do Dragão do Mar e a 10 dos restaurantes da Varjota. A feirinha de artesanato vai estar a uns 10/15 minutos de caminhada, dependendo do seu passo.

Quando me hospedei lá, paguei pouco mais de 100 reais a diária. (Já faz uns dois anos.)

Ricardo Freire

Querendo comparar preços, cheque o Comfort, que fica num ponto melhor da Beira-Mar (apesar de não estar na avenida), mais próximo do pólo de restaurantes e bares da Varjota.

Veja também o que o seu agente consegue no Blue Tree Towers. Eu costumava ficar lá por 130 e é aaaaa meeeeelhoooor relação custo x benefício que já consegui em Fortaleza. O hotel é muito bom, tem padrão Blue Tree das antigas. (A piscina é pequena.) Fica em Iracema, a duas quadras da orla.

Voltando à Beira-Mar, cheque também a diária do Othon Palace (antigo Meliá Confort). Fica no começo da Volta da Jurema, que é o pedaço mais interessante da Beira-Mar.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Ricardo,
muito obrigada! Mais uma vez! Tava perdida por lá - só fui de pacote a Fortaleza e numa pousada em Iracema da qual saí praticamente fugida de tão ruim que era!

Tenho 2 questões a resolver quanto a hotel:
1) Estarei acompanhada de um estrangeiro que acha que albergue no Brasil é igual albergue na Europa e já me pediu "locais baratos" (e ele que ganha em euro!!!). De modo que eu possa ficar onde quero em Jeri e Noronha, terei que fazer sacrifícios...E neste caso, chego as 3.30 da manhã, ou seja, terei que pegar uma noite a mais.

2) Ficar no hotel do evento é prático mas pensando bem, o tema da minha palestra/livro é interessante para quem é da área, que podem puxar papo na piscina, no café da manhã e eu estarei de férias! E como eu falo de avaliação, podem me avaliar no café, na piscina rsrs Melhor ir para outro hotel!

Bjs

silvana
silvanaPermalinkResponder

Oi gostaria de saber onde encontrar brasileiros que morem em vienna.Pois moro aqui e nâo tenho muito contatos.Agradeco.Bjs

silvana
silvanaPermalinkResponder

Por favor email so para smendes@gmx.at

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Silvana :
Um caminho é procurar no orkut "brasileiros em Viena",
e fazer um contato com a embaixada perguntando aonde os brasileiros
se encontram grin
Embaixada do Brasil
Pestalozzigasse 4
1010 - Wien - Austria
Tel.: +0043 1 512 0631
Fax: +0043 1 513 83 74
E-Mail: mail@brasilemb.at

princylla
princyllaPermalinkResponder

Óla,gostaria de saber onde encontrar brasileiros(as) que vivem em Viena,acabei de chegar e nao conheco nada! Gostaria imenso de fazer amizades! Por favor caso houver interesse mandar mail para: princylla@hotmail.com

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar