Breve aqui um 6 estrelas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

pituba450.jpg

Alguém aí se lembra quando, durante a minha Expedição Pé-na-areia de 2005, eu me embrenhei por canaviais no sul de Alagoas para tentar achar a entrada a praia do Pituba?

Naquela época eu tinha ouvido de cocheira que ali poderia se instalar o primeiro Amanresort do Brasil.

A notícia se provou precipitada; o grupo Aman não está interessado no litoral brasileiro (mas não descarta a Amazônia ou o Pantanal).

Mas hoje o Panrotas deu a notícia que fecha o círculo: a praia que eu investiguei vai continuar destinada a um projeto luxuoso. O Itacaré Capital Partners (atual controlador do Txai) está lançando um condomínio que será ancorado por um hotel de superbangalôs.

Outra luxuosa notícia para o litoral de Alagoas é que o projeto Ondazul, também misto de condomínio com resort, a ser construído na praia do Morro (a primeira da Rota Ecológica, isolada entre o morro e o rio Camaragibe), foi encampado pelo InvestTur -- um fundo de investimento que também tem origem no povo do Txai.

43 comentários

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Eu nao sei se gosto muito desse tipo de noticia, nao... Um super resort naquele paraiso? Nao seria melhor manter o esquema de pequenas pousadas? Sei, nao; gosto mais sem muita badalaçao...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Vamos ter um "Espelho" nas Alagoas ???

Ricardo Freire

Gabriela, é inevitável que as praias desertas acabem ocupadas de uma forma ou de outra.

A pior ocupação é a de loteamentos chinfrins, de terrenos pequenos e casas qualquer-nota. Esse só faz devastar.

A segunda pior ocupação é a de resorts gigantescos, de prédios altos e muito cimento. Acho que desses estamos mais ou menos livres. Ninguém hoje quer construir assim numa praia deserta.

Com a valorização dos terrenos fica difícil a instalação de pousadinhas. O preço fica proibitivo.

Dentro desse contexto, a ocupação por empreendimentos geridos com bom-gosto e consciência ambiental é o que de menos ruim pode acontecer a esses paraísos...

Tatiana Freire

Riq (Veja a intimidade de uma pessoa que lê tudo, todo dia aqui, mas que não escreve nada nunca..rsrsrs)

Estou aqui danada da vida e gostaria de colocar algumas questões:

- Moro em Recife e quero trocar meus pontos fidelidade da Tam, para ir a Miami (sempre vou a trabalho) gostaria de ir e voltar agora em novembro, a moça me diz, a ida tem pra novembro não via São Paulo e sim Fortaleza, a volta só confirma em fevereiro senhora...ou seja, não há possibilidade de eu utilizar quando preciso os pontos, ou então, eu fico lá até fevereiro. Pra trocar os pontos no site, aparece o valor em real a ser pago. O que deveria aparecer os vôos disponíveis e ser uma ferramenta útil.
- A rota existe via Fortaleza é um martírio piorado pela aeronave, eu saio de Recife cinco da manhã para Fortaleza, desço, espero o rapaz da Receita chegar do lado de fora, porque não posso entrar na sala de embarque antes, e ele sempre atrasa, daí vamos para Belém, Manaus, descemos, fazemos outras duas horas de processos burocráticos e entramos na mesma aernave A320 enlatada desde cedinho rumo a Miami, chegando lá quase a noite, você não acha que caberia um A330? Para ir via São Paulo são quase 500 dol a mais...
- Quero levar minhas irmãs pra Orlando, no carnaval, desde setembro que eu coto passagens, qualquer coisa fly& drive, mas não tem lugar, ou seja, com quanto tempo de antecedência você tem que reservar uma passagem? Mesmo que seja pra alta temporada, não há lugar, nem na baixa. E mesmo se tivesse, o preço é exorbitante. Está faltando aeronaves, vôos ou mais companhias aéreas?
- Quero comprar uma promoção que está aparecendo no site da Tam, Miami 3 dias, com hotel e carro, R$ 1.920,00 reais, mas não tem lugar, o site não responde os emails de pedido de cotação e 30 minutos depois, no 0800, ninguém atende...
Bjs!!

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Como é voce que esta dizendo, eu confio! Mas voce sabe ate quando podemos visitar esse paraiso antes de que se instale esse empreendimento? So pra ter o gostinho...

Ricardo Freire

Tá faltando vôo, sim, Tatiana. E vôos diretos pro Nordeste, sobretudo.

A TAM não emite passagens internacionais com Fidelidade pelo site. Só nacionais.

Quanto ao carnaval, já tentou procurar agências não-virtuais? Deve estar tudo bloqueado; é impossível que já esteja realmente vendido.

E você não é a primeira a reclamar do site da TAM Viagens...

Oldemar
OldemarPermalinkResponder

Praia do Pituba... Você lutou pra chegar lá, hein?!!
Acompanhei essa Expediçào em 2005. Sou leitor fiel do seu blog...

Abraço,

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Riq,

Concordo com você a melhor opção é termos hotéis e resorts com preocupação ecológica e também social (com a comunidade local).

Isso é o "menos mal" que pode acontecer com as nossas praias ex-desertas.

Ricardo Freire

Gabriela, essa praia aí é beeem difícil de chegar. O mais fácil é vir caminhando desde Lagoa do Pau. Isso fica uns 100 km ao sul de Maceió, perto de Coruripe.

Quanto à Praia do Morro, pode ser visitada de canoa a partir de Barra do Camaragibe. Ela seria a continuação natural da praia do Carro Quebrado, caso não houvesse o tal do morro interrompendo o acesso pela areia. Isso fica 100 km ao norte de Maceió, pela estrada. (Seriam uns 60 km em linha reta, se não houvesse o desvio.)

Ricardo Freire

Bem observado, Marcio. O "social" precisa fazer parte do "ambiental".

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Quem foi premiado com o social integrado ( e serviu até de modelo no
exterior ) foi o ex-Blue Tree Cabo de Santo Agostinho .
Um excelente projeto-modelo de integração "serviços com pessoal local +
treinamento primoroso " .

Majô
MajôPermalinkResponder

Riq, me dá arrepio na espinha ocuparem a praia do Morro. Já ouvi falar há alguns anos sobre resort por lá. Cruzemos os dedos wink

Andreia Britez

Oi Riq, aproveitando a deixa sobre a praia do Morro gostaria de agradecer as dicas da Rota Ecológica. Eu e meu marido acabamos de voltar de lá. Ficamos na Pousada da Amendoeira e é ÓTIMA!!!! Comida deliciosa, quartos super agradáveis e atendimento nota 10!! RECOMENDAMOS com letras maiúsculas!! A Rota toda é maravilhosa, demos até uma esticadinha na Praia dos Carneiros e Maragogi e pasmem... haviam só o nosso catamarã com 20 pessoas, tremendo luxo contando que pelo que eu sei chegam a ter 15 barcos por lá pelas Galés!! Todo o passeio foi fantástico, pra falar a verdade o único parênteses nessa semana toda foi no último lugar que pensamos que íamos ter problemas devido a fama! Não vou citar nomes mas fomos mal atendidos numa determinada pousada numa clara discriminação por não sermos hóspedes e quando voltamos achamos que seria interessante escrever um e-mail buscando uma justificativa para aquilo (tínhamos certeza que algo havia acontecido). O dono do lugar nos mandou uma resposta absurda, se dizendo ofendido com nosso e-mail e dizendo que sua cozinha é reconhecida internacionalmente, que já ganhou prêmios e etc... Totalmente desnecessário a demonstração de estrelismo. Havia mesmo um motivo para o contratempo e bastava apenas um pedido de desculpas para que o lugar recuperasse o mais alto conceito entre eu e meu marido a ponto até de considerarmos nos hospedar lá na próxima vez... Mas tudo bem. A beleza do lugar deve ter afetado a cabeça do moço... Valeu pelas dicas e continue a nos brindar com lugares tão bons!!! Já tô pensando na próxima viagem!! Alguma sugestão?? Gde abraço!!

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Andréia,
essa rota ecológica é super bacana, tb adoorei!
Mas fiquei querendo saber o nome da pousada onde vc foi mal atendida, para eliminar na minha próxima viagem. Eu faço quase todas as minhas viagens baseada nas dicas que pego aqui e em outros blogs pq são as informações mais verdadeiras que eu já encontrei. Nunca me decepcionei.

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Riq,
desculpe o off-topic, mas hoje de manhã cedo eu deixei um cometário ou melhor uma dúvida no post "Búzios para o Fábio", mas não apareceu, será que deu algum problema?

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Oi Elisa, vc tem razão... esse blog VnV é excelente para programar viagens e para ficar com vontade de bolar a próxima, né?
Ótimas dicas...
Inclusive minha próxima viagem (daqui ha 2 dias) será para Copenhagem... se alguém tiver dicas, pleeeease me passem!

Bjs

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Oh! Mirella, eu particularmente morro de vontade de conhecer Copenhagem, mas reconheço que o clima de lá não dos meus preferidos, por isso nunca fui e não poderia te ajudar. Porém, estou certa que aqui no VnV vai ter muitas dicas de lá para vc, porque aqui tem de tudo. Te desejo boa sorte em Copenhagem. De lá vc vai para mais outros lugares?

Rosa
RosaPermalinkResponder

Também acho super válido dar nome aos bois, tudo bem que sempre alguém pode não está em um bom dia, ninguém é perfeito, mas nada justifica a atitude descrita. Conta pra gente Andreia, a verdade e a sinceridade valem ouro.

Guilherme Lopes

Riq,

Estou indo amanhã para Florianópolis e ainda não fechei com hotel/pousada.

De uma lista de 40 hospedagem, sobraram estas 4 (segundo critérios de $, localização e disponibilidade - vários não tem triplo)

Deville Express - Centro

Natur - Campeche

Barratur - Barra da Lagoa

Cabanas Duna´Sol - Lagoa da Conceição

E agora? Alguém já hospedeu em algum destes? Recomenda?

Obrigado!!!

; )

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Comento pouco, mas estou sempre fazendo buscas aqui, considero tudo muito comfiável. Andréia, para bom entendedor meia palavra basta, a pousada dos sonhos de 99% dos tripulantes é o toque. Se for essa, é bom você confirmar, para resguardar as demais, e se não for, para tirar essa pulga atrás da orelha, é claro. Quando estive no Toque, ouvi muitos hóspedes reclamando do fato da pousada receber não hóspedes para refeições, não concordo, não vejo em que isso possa atrapalhar, afinal quem quizer privacidade total tem opção pra isso. Em qualquer pousada se o proprietário não quer atender não hóspedes, é só avisar, sem problemas.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Mirella

A melhor dica de Copenhagem é o museu da Calsberg: bonito, instrutivo, gratis, e no final voce ainda ganha uma Cerva... O castelo imperial também vale a pena...E, lá há bicicletas grátis para uso dos locais e dos turistas. A Cidade é simpatica e agradável, embora seja uma das mais caras da Europa. Se tiver tempo. sugiro um passeio ao castelo de Hamlet.

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Com a concorrência de um 06 estrelas, todos seremos muito bem tratados.
O problema é só o preço...

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Ai, ai... o pessoal falando da Rota Ecológica e eu com uma vontade danada de voltar pra lá! rs...

Ricardo, em Junho, quando estive na Rota, já haviam comentários a respeito deste empreendimento na Praia do Morro. E fiquei contente por conhecer o lugar antes disso, pois o mais legal é atravessar o rio em uma canoinha e encontrar na praia, lá do outro lado, uma dúzia de pessoas! E isso sem contar que metade eram pescadores!

Espero que o pessoal preserve bem o loca, pois esta praia é maravilhosa!

Ricardo Freire

Guilherme:

Se a previsão for de tempo ótimo, dá para considerar a Barratur, por estar próxima da Mole, e na contramão do trânsito. Mas o próprio site adverte que as acomodações são simples.

Campeche fica muito fora de mão.

Essa outra pousada da Lagoa da Conceição, sei não.

O Deville me parece OK (acho que não existia, ou tinha outro nome, quando visitei os hotéis do centro).

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Riq, você está modesto . Trocar a rede Aman ( que eu nunca estive mas espero ir um dia) pelo Txai (que eu já fui) chega a ser uma covardia. Se bem que o Txai é um baita hotel . E fui ao AK, falei do teu post e dos Destemperados e a Andrea confessou que era super fã tua e inclusive usava o Freires como Bíblia nas viagens pro Brasil. Dei o endereço do VnV pra ela e ela disse que ia consultar pra fazer uma nova viagem no final do ano.
E quanto ao Fidelidade TAM, é melhor não falar nada ...

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Não sei aqui é o melhor lugar para responder... mas como não achei o link de e-mail, vamos lá:

Elisa: Meu marido esta trabalhando temporariamente em Amsterdam, dessa forma, quase todos os finais de semana estamos indo para um lugar diferente... então passaremos somente o final de semana em Copenhagem... estou doida para ir a Dinamarca, ser;a minha primeira vez no país.

Ernesto: Obrigada pelas dicas... estou fazendo meu roteiro agora... Me recomendaram visitar o castelo Frederiksborg, que fica meia hora de Amsterdam... não sei se vou ter tempo para vistar alguma coisa nos arredores de Amsterdam... mas agora estou em dúvida entre Kronborg (Castelo de Hamlet) ou Frederiksborg...

[]s

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Guilherme e Riq, o Deville era o Coral Plaza até 2002 mais ou menos. É um bom flat, com aptos. de quarto, sala, cozinha kitchenette e um bom serviço. A localização na Felipe Schmidt também é muito boa, bem perto da Beira-Mar. Fiquei lá em 2006.
http://agoravai.wordpress.com/2007/04/04/floripa

Netto
NettoPermalinkResponder

Pessoal, fuia Rota-carneiros em janeiro....... Fiquei na Amendoeira tb, perfeito, atendimento pessoal, comida divina, os donos são novos e nos deixam bem a vontade....... Ainda bem q conheci a praia do Morro, sem nenhum exagero, a praia mais linda q esses meus olhos ja viram (e olhe q eu sou nordestino), completamente deserta, atravessar de canoa...... Fui a Carneiros tb, tive uma péssia experiência com a hospedagem, se é pra dar nome aos bois....... foi na Manga Rosa..... Voltando ao post se é pra explorar q ao menos seja por um hotel bacana, nada de loteamentos a rodo........ Enfim, corram e sintam aquilo deserto antes q o turismo chegue

Netto
NettoPermalinkResponder

Ah, Fernando de N. e Jeri não entram na eleição das praias pq seria covardia........

leandro
leandroPermalinkResponder

Desconfio quando falam de "seis estrelas" no litoral nordestino, era a proposta do Toca do Marlin e hoje mal se fala do lugar (embora minhas fontes digam que ainda existe), outro foi o tal do Warapuru, que prometia de fato ser seis estrelas e desapareceu da mídia (o site não diz nada, está intocado faz tempo); acho que a crise aérea junto com a valorização do Real deixou a situação complicada no nordeste (não só lá, mas tenho a impressão que os efeitos são maiores), muitos hoteleiros estão tendo prejuízos, e a desaceleração verificada ultimamente parece que vai continuar por enquanto.

leandro
leandroPermalinkResponder

Aliás, me pareceu meio irracional a explosiva proliferação de resorts (principalmente na Bahia) nos últimos anos, mesmo sem crise o mercado ainda não é grande o suficiente para tantos, e não dá para contar só com estrangeiros o ano todo.

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Mirella, eu tb gosto muito de Amsterdan, felizmente as duas vezes que fui foi na primavera e no fim do verão. Mas quando vc retornar da Dinamarca conta aqui pra gente, ok?

Ricardo Freire

A respeito de visitar/almoçar/passar o dia em pousadas da Rota Ecológica em que você não esteja hospedado:

- a Aldeia Beijupirá não abre para não-hóspedes.

- a Pousada do Toque abre o restaurante, mediante reserva. Mesmo que seja só para visitar a pousada, é melhor ligar antes, também. Às vezes a pousada está cheia e visitas de não-hóspedes são suspensas.

- almoçar nas pousadas em que você não está hospedado é altamente recomendável; todas têm comida ex-ce-len-te. Mas o procedimento correto é ligar antes e marcar um horário. As pousadas têm estrutura pequena e, talvez com exceção da Caiuia e da Costa das Pedras, não estão voltadas prioritariamente para o público passante. Reservar é sempre mais civilizado.

- se você tem reserva para almoçar, pode chegar mais cedo e ficar um pouco mais tarde, aproveitando para explorar o trecho de praia daquela pousada. Se for ficar pela piscina, deixe o simancol ligado: as pousadas têm piscinas pequenas e os hóspedes não ficam muito felizes ao não encontrar espreguiçadeiras porque estão ocupadas por visitantes. (Ponha-se no lugar deles e você certamente sentiria o mesmo.)

Guilherme Lopes

Riq e Arthur, muito obrigado!

Decidimos pelo Deville...

Aqui, nos feriados que cairem na sexta, você poderia atencipar a charada, hein?

; )

SandraM
SandraMPermalinkResponder

Vim aqui para comentar sobre as fontes do nosso comandante.
Eu queria ser uma pulguinha para ouvir os "bastidores da notícia".
Mas... lendo os comentários resolvi meter pitaco em conversa alheia.
Hospedei-me no Toque e visitei algumas pousadas ao redor.
A Amendoeira era queridíssima.(por mim e pelo sempre exigente "meu marido")
Apesar de não estarmos instalados lá, íamos sempre. Como já disse, íamos para comer (comida óootiiiima e para conversar com a Adriana.
A simpatia do pessoal é imensa. Infelizmente, não entrei nos quartos(estavam todos ocupados) e apesar da ausência da piscina e do "glamour" da vizinha (Toque), acredito q possa recomendá-la com tranquilidade.
Quanto ao Toque, acho q devemos ver tudo com muito cuidado.
Lá é maravilhoso, sim. O atendimento é de uma simpatia sem igual. Os chalés são de um bom gosto a toda prova.
Passei cinco dias maravilhosos. Com muito conforto, mimo e privacidade.
Acreditem, foi uma viagem restauradora para um período de vida muito difícil q me passava.
O problema é q nada é perfeito. É claro que são todos humanos. E não é difícil supor q um dia ou outro a qualidade do atendimento caia. Não posso acreditar q não passem por problemas ou q qq mal entendido possa ter ocorrido entre as partes.
É lamentável q no email os problemas tenham continuado, mas não podemos ignorar a maraviha de lugar e de atendimento.
Isto é óbvio, se o problema foi na pousada q ficou subentendida.
Bjs a todos,

Ricardo Freire

Boa decisão, Guilherme. Eu já fiquei nesse hotel quando se chamava Coral Plaza, sim. Mas só me vinha o nome "Castelmar", que é outro vizinho smile

Charada? Repita com sotaque manezinho:

- Tem mash tá em falta!

Andreia T. Farias Britez

É pessoal. foi lá mesmo... No Toque, mas como já foi dito anteriormente, ninguém é perfeito e todos estão sujeitos a contratempos... Nos foi explicado que a cozinha estava em reforma, o que é motivo mais que suficiente para colocar um ponto final em tudo, somos pessoas relativamente esclarecidas e não teríamos problemas nenhum em entender essa justificativa... O problema foi o tom do e-mail mas que fique claro que ficamos encantandos com a estrutura do lugar a ponto de, como já havia dito, considerar ficar lá numa próxima oportunidade. Só achamos que a resposta não foi muito, digamos, humilde! Em contrapartida, o Alan e a Adriana são uns amores!!

Rosa
RosaPermalinkResponder

Andreia, quando li, pensei: Toque.
Mas, conforme um dos mandamentos dos viajantes VnV: dê uma 2ª chance. Pode ser como sexo depois de uma leve discursão: bem melhor com sabor de quero mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Clarice
ClaricePermalinkResponder

Pois é Andreia T. Farias Britez, quando li teu primeiro comentário TIVE CERTEZA de que se tratava do Toque. Estive hospedada lá há uns dois anos atrás e não gostei. Nos destinaram a suite do finalzinho do terreno (atrás ficava a horta), a noite caiu e as luzes não foram acesas, no caminho para o restaurante deparamos com dezenas de irigadores giratórios ligados e eu cheguei para o jantar molhada como um pinto!!!! Dá para esquecer tamanho descaso? Nem gosto de lembrar a raiva que fiquei. Em tempo, não havia telefone no quarto, de forma que para jantar tinha que atravessar o terreno e se molhar ou então esperar as luzes acenderem sabe lá quando. I-N-A-C-R-E-D-I-T-Á-V-E-L. Ficar alojada no fundo do fundo do terreno, produzir-se toda para o jantar e chegar encharcada. TOQUE

Clarice
ClaricePermalinkResponder

continuando TOQUE NEVER MORE.
Clarice

Avi Alkalay
Avi AlkalayPermalinkResponder

Olha, acho que não tem muito jeito não.

Em compensasão, fui a um casamento num hotel na beira da praia que foi ótimo, com chuva e tudo. Olha a foto: http://avi.alkalay.net/2007/08/wedding-by-the-beach.html

Um pouco de conforto, contanto que não suje nem estrague nem cobre muito caro, não faz mal a ninguém.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Ricardo Freire, procurando passeios turísticos em Porto de Pedras acabei por parar aqui, em seu site. Assim como você sou um publicitário,quer dizer, ainda curso faculdade de publicidade. Enfim, tenho uma casa em Porto de Pedras, mas precisamente na praia de Lajes. Fica à mais ou menos 4 casas para a direita da Pousada Beijupirá. Uma casa de cor salmão, a penúltima das proximidades da Pousada Beijupirá. Assim como você fico maravilhado cada vez que vou naquele lugar e o encontro do mesmo jeito, das mesmas cores e com o mesmo ar de liberdade, eu simplismente amo a praia de Lajes. Nós (minha mãe e eu) não gostamos de alugar a casa para pessoas de Maceió, e por poucas vezes alugamos à um grupo de pessoas de São Paulo que ficaram na Beijupirá e se encantaram pela casa. A casa está composta por 4 quartos, sendo 2 suítes, a sala é muito ampla e a cozinha simples, porém satisfatória. Tem um campo gramado atrás e uma bela varanda com vista pro mar na frente, mas precisamente com vista para o curral do peixe-boi que ali fica e que está se deteriorando infelizmente. Além de contar com Maria, uma pessoa que toma conta de nossa casa e cozinha EXTREMAMENTE bem! Peça para ver o seu polvo no côco ou à vinagrete, garanto que não deixa a desejar em nada para a cozinha das pousadas, talvez até melhor. Enfim, mando este recado afim de que mantenhamos contato, como publicitários e amantes do local, da belíssima Porto de Pedras. Gostei muito da sua homepage, parabéns! Meu número para contato é (82)9329-2888 / (82)3326-7035.
Um abraço de Gabriel Torres e Família.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Oi Ricardo!
Inicialmente parabéns por todos os ótimos comentários!
Viram mesmo referencia!
Estou fazendo 8 anos de casada e vamos ter 1 semaninha de ferias.
Pensei na pousada do toque mas estou com um pouco de receio pois vamos fim de abril. Será que chove?
O outro receio é em relaçao ao tempo, será que 7 dias é muito lá , meio paradão?
Ohei a Uxua em Trancoso mas os preços andam pra lá de salgados e inclui apenas café da manha.
Tem algum outro palpite
Por ultimo: os preços da pousada do caju e o atendimento via e-mail são excelentes, embora o Pousada do Toque seja indicaçao de um amigo fiquei balançada...
Um abraço

FABI

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar