EgyptAir na Star Alliance! (Mas só em 2009)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Li agora no Panrotas uma notícia que está desde anteontem no site da Star Alliance: a EgyptAir é a mais nova companhia aérea aceita na aliança.

Pena que a sua entrada efetiva só se dará em até 18 meses, segundo o release oficial.

Junto com a Air China e a Turkish Airlines (duas novatas que ainda não estão oficialmente integradas), a EgyptAir aumenta o cacife da Star Alliance para as viagens volta-ao-mundo -- que são um fetiche particular aqui da tripulação grin

Atualmente, a única cia. aérea do Oriente Médio a integrar uma aliança é a Royal Jordanian, da oneworld. A Emirates não faz parte de nenhuma associação.

32 comentários

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Já que o assunto é milhagem, alguém tentou ultimamente conseguir passagens pra Miami pelo Fidelidade TAM. Ou eu sou muito azarado ou o serviço é realmente péssimo. Horas ao telefone e quando você consegue contato com algum ser vivo, ele responde que só tem passagens em 27/04/08 e que em julho/08 também não tem mais nenhuma. Será que existe algum atalho que eu não conheço ?

Lena
LenaPermalinkResponder

cry cry
Pena que a Varig caiu fora...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Demora demais a efetivação das cias na Star sad
Estou esperando faz séculos a Air China , já confirmaram, depois
fizeram boquinha , confirmaram de novo ...

Lembro que até a South African levou acho que uns 2 anos para aparecer
no time table da Star .

Mas é uma excelente noticia !!
Se os valores da RTW continuarem competitivos , mesmo para quem
quer fazer só 3 ou 4 paradas é sem duvida a melhor relação custo-
beneficio ( se .. a bagagem continuar sendo por peça ( 2x32kg) pois
se restringirem ai fica igual a muitas outras cias )

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Olha só Eduardo , o que um agente me falou é :
vai numa loja da Tam , depois cria uma senha no site e entra lá
todos os dias as 18:01 h que é quando caem as reservas smile

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Obrigado, Sylvia. Vou tentar ( a senha eu já tenho) e se tiver sucesso eu aviso.

Ricardo Freire

Eu aaaaacho que não dá para emitir passagem-prêmio internacional da TAM pelo site, não.

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Só pra América do Sul. Pra Europa e USA só por telefone. E a atendente realmente falou sobre a desistência de algumas reservas mas não tinha especificado o horário.

Ricardo Freire

Porque pro Brasil e pra América do Sul basta ter lugar no vôo que eles te dão.

Pros outros destinos é que são elas...

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Quer dizer que vão fazer a egipcia agora ? razz

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Mas se você entrar no site e fizer o roteiro normal (R$) pra compra, você ainda acha um monte de passagem. Quando está ao telefone, a atendente só diz que não existem passagens- Fidelidade ( que fidelidade, né!) e se você pergunta quantas são ou qual a proporção deste tipo de passagem, elas não respondem. Talvez o negócio seja ir pra BsAs duas vezes ( o que não seria tão mal!) e nunca mais voar TAM!

Ricardo Freire

Mas tá no regulamento, Edu. Nos vôos internacionais os assentos-prêmio são limitados, e não se informa quantos. (Acho que nenhuma aérea informa.) Se for como era na Varig antiga, o poder dos supervisores e dos clientes importantes é enorme...

Na verdade, a inexistência de cotas nos vôos domésticos (e da América do Sul, coisa que eu não sabia) é que é incrível. Já foi melhor: agora eles pedem uma antecedência de 7 dias para emissão. Mas o diferencial do programa da TAM é sem dúvida essa facilidade de emissão para vôos internos.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Qual é mais fácil ?
A Tam ou a Varig ?

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Edu, nem pra América do Sul não dá mais pra emitir prêmio pelo site da TAM. Tentei ontem, e me orientaram a fazer via loja ou telefone.

Ricardo Freire

A TAM é fácil pra nacional, Sylvia.

A Varig, como o Rodrigo já disse, aproveita a fase de implantação de seus vôos novos para queimar o excesso de milhas em poder do público... mas não sei como vai ser quando os vôos estiverem superlotados.

Lena
LenaPermalinkResponder

Eduardo,
esta informação de ligar por volta das 18h é importante. Na Varig, eu sempre usei. Ligava todo dia, às 18h, quando caem as reservas não confirmadas, até conseguir o vôo que eu queria. Às vezes, só libera em data bem próxima do vôo, já que algumas pessoas vão postergandos suas reservas até o limite.

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Mari, pois ontem mesmo a atendente (de carne e osso) me disse que eu poderia fazer pra América do Sul pela Internet. Vai entender ! Testarei também amanhã e veremos o resultado !

Rodrigo Purisch

Riq, desculpa o testamento, de novo...

Vamos por partes:

Não tenho muita experiência com a TAM, já que sempre investi no Smiles (hoje com o conhecimento que tenho e as viagens que fiz, teria me associado a outro programa).

O Site da TAM mudou recentemente e várias das informações que eram claras e fáceis de achar no site antigo ficaram escondidas ou não são mais disponíveis no site novo. Em todo canto consta o alerta para entrar em contato com a central fidelidade para confirmar as informações.

No antigo site era clara a informação de que só é possível emitir no site passagens para voar no Brasil. No WEB call center (que agora só atende cartões azul e vermelho) e no call center telefônico vôos oprados pela TAM e nas lojas todos os vôos inclusive de parceiros

É interessante notar que nas regras do programa registradas em cartório (https://www.tam.com.br/b2c/img/rcd/PDFs/RegulamentoFidelidadeTAM2007_1.pdf) não falam nada da ausência de limitação de assentos para a emissão de passagens prêmios em vôos da Am. do Sul. Procurei, procurei e procurei de novo no site e não achei mais aquela propaganda (a qual tenho uma cópia) de que não há limite de assentos em vôos dentro da Am. do Sul (pegadinha TAM?).

O acúmulo de 1000 pontos por trecho (que no Smiles é promocional, mas está durando uma eternidade) faz uma pressão enorme no fidelidade. Um grande número de associados é Fidelidade Vermelho e o número de vôos internacionais da TAM é pequeno diante da demanda atual tanto dos clientes como dos associados. Essa regra de apenas emitir uma passagem 3 meses antes do vôo na Am do Sul e 6 meses em outros vôos internacionais complica mais ainda a situação e vira briga de faca. Você planeja sua viagem e fica na mão da TAM para emitir sua passagem.

Lembremos que em alta estação (final de ano, feriados e férias) a demanda é alta e os associados dos programas de fidelidade da maioria das cias sofrem para emitir.

Vantagem da TAM? Malha aérea, 1000pontos por trecho, boas parcerias e emissão de passagem one way em vôos TAM. Mas lembre-se que diante da redução dos vôos Varig, o Fidelidade TAM virou a única opção de muitos.

Quanto ao antigo Smiles: Gostava muito da possibilidade de emitir trecho em aberto (você chegava no aeroporto e se sobrar lugar você viaja), mas acabou. Gostava das parcerias Star Alliance (voava com elas e não na Varig), mas acabou. Podia emitir passagens com antecedência de um ano, o que facilita muito a programação de uma viagem. Não havia diferença na promoção para quando se partia de cidades diferentes, agora tem! As regras eram claras no site. Mas existem muitos órfãos Smiles com muitas milhas para gastar e uma parte deles espera parcerias para voar em outras cias. Eu vou torrar as minhas assim que puder e ver como fica uma pendência que tenho na justiça com o Smiles.

Portanto, apesar de muitos ainda olharem os programas de fidelidade como contas bancárias onde se acumulam créditos que podem ser usados a qualquer momento, os programas de fidelidade são um extra que PODE render uma boa passagem mas não isenta de dificuldades e muitas regras para se concretizar.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Tem uma amiga minha brasileira que é casada com um ex-chefe meu que é escocês que vive me chamando para ir para lá, enquanto eles não mudam o post. Mas não tive cacife para ir sozinha! Nem tempo, nem $. E agora nem Star Alliance!!! Pena que a Varig saiu...

Rodrigo Purisch

Admissões na Star Alliance:

Air China e Shangai Airlines: Dezembro de 2007

Turkish: abril de 2008

Air India: até final de 2008

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Rodrigo, eu acho que esse negócio de não ter limite para assentos na América do Sul acabou na TAM. Pelo menos foi o que a atendente na loja me disse ontem, quando eu tentava emitir uma passagem prêmio para Buenos Aires. Ela me disse que o prêmio só podia ser na classe de reserva S; nas outras ,só comprando. Pelo que entendi, a ausência de limites de assentos agora é só para Brasil e olhe lá.

Edu, quando estive na loja e não consegui como queria, ela me mandou usar o webcall do site. No site, tentei emitir, não consegui e o webcall me mandou ligar na central. Se vc conseguir via site, me dá um alô.

Ricardo Freire

Rodrigo e Mari, eu também achava que a mamata do assento vago = assento-prêmio era só para vôos no Brasil.

Onde eu vi escrito América do Sul foi nesta página aqui:
http://www.tam.com.br/b2c/jsp/default.jhtml?adPagina=717&adArtigo=10982&adMenu=2216

No item 4) Procedimento de emissão de passagens com pontos:

A emissão de bilhetes prêmio para vôos nacionais e América do Sul operados pela TAM não está sujeita à limitação de assentos destinados à utilização específica de pontos Fidelidade bastando haver disponibilidade de assento no vôo desejado. Nos demais vôos internacionais operados pela TAM, bem como em todos os vôos operados pelas empresas aéreas parceiras do Fidelidade, há limitação de assentos destinados à utilização específica de pontos Fidelidade, ou seja, mesmo havendo disponibilidade de assentos para tarifas pagas poderá não haver disponibilidade para a utilização de pontos. As empresas aéreas parceiras adotam e administram com independência a sua política para este tipo de assunto.

Acabei de simular dois vôos no site da TAM. Um para Porto Alegre, outro para Buenos Aires No de Porto Alegre na última página antes de fechar negócio o site me dava a opção de comprar o trecho com milhas. No vôo de Buenos Aires, no campo das milhas dizia que para usar milhas era preciso ligar para a central. Ou seja: pro Brasil é direto, mas pra América do Sul não é automático, não...

Ricardo Freire

Rodrigo, não sabia da Air India. Essa RTW da Star vai ficar ainda mais divertida...

Majô
MajôPermalinkResponder

Ainda sobre fidelidade TAM. Pela 2a vez, não pontuaram a viagem de volta. Em 2000, depois de inúmeros e-mails sem que fosse resolvido, me diziam que não teria mais direito, apesar de ser erro deles. Só consegui com o próprio comanandante Rolimno fale ao presidente, que amavelmente resolveu.
Desta vez, apesar de alertar o funcionário TAM, no check in em Malpensa para que não deixasse de pontuar, de novo o trecho Milão/Rio, não está contabilizado no extrato. Falei on line com eles, levam 15 dias úteis para creditar no seu extrato.
Por outro lado, já fiz 2 viagens usando pontuação fidelidade, emitindo diretamente na web da TAM, sem problemas.
Mas, como o Rodrigo comenta, mudaram o site e para conseguir as informações sobre fidelidade tem que escrafunchar porque estão mais escondidas.

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Só para confirmar o que a Mari já tinha dito: a emissão dos meus bilhetes-prêmio da TAM, na semana passada, para Buenos Aires, foi uma novela: consulta aos vôos na internet, telefona para a central, espera até cair...vê de novo os vôos disponíveis, vai até a loja, cansa de esperar, nada nos vôos escolhidos. Tenta tudo de novo: internet, telefone...não dá certo. Nova ida à loja e só depois de muito insistir sobre a questão de não haver limite de assentos para emitir bilhetes-prêmio para a América do Sul é que eles foram emitidos.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

É isso mesmo, Emília... tá uma verdadadeira novela emitir os prêmios para América do Sul na TAM :roll:

Thais
ThaisPermalinkResponder

Boa tarde,
eu já posso emitir uma passagem com a tam através das milhas de uma das parceiras da star alliance ? já está valendo a parceria da tam no grupo ?

Ricardo Freire

Ainda não, Thais. Parece que só em 2010.

Bianca
BiancaPermalinkResponder

Recebi por e-mail uma ID (código numérico) da TAM na Star Alliance. Então isso só vai valer a partir de 2010? Fiquei em dúvida se qdo viajasse Tam ou AA ou outras parceiras se eu deveria apresentar o velho fidelidade ou esse cartão virtual impresso com essa nova ID.

Ricardo Freire

Quais foram as instruções que vieram com o email?

A informação que eu consigo pescar na internet é que a TAM só será membro efetivo em 2010. Já achei os meses de junho e abril. Antes disso, nada.

Bianca
BiancaPermalinkResponder

O e-mail, intitulado "Novidades no Tam fidelidade" (de 29.09.09), diz que iniciaram um processo de ingresso à Star Alliance em 2008, que deve se concretizar em 2010 e que por ela passaremos a contar com mais destinos operados pelas cias. parceiras e seus benefícios. Dizem ainda que já estão se adequando aos requisitos dessa parceria, incluindo a reformulaçao dos cartões Tam fidelidade, bastando informar o número do cartão ou utilizar a versao virtual disponível para impressão.
Abaixo vem um cartão com meu nome e o numero de identificaçao nesse novo formato e ao lado a instruçao de impressão, recorte com a orientaçao de que o leve sempre comigo.

Juntando com o que vc falou, deduzo então que só devo passar a usar essa nova versão em meados de 2010 mesmo, o que confundiu, a princípio, foi a idéia imediatista que deram ao referirem-se ao uso do novo cartão virtual.

Obrigada pelo insight. smile

Ricardo Freire

Obrigado! Eu ainda não recebi este email...

Francine
FrancinePermalinkResponder

Olá,
gostaria de saber se posso utilizar milhas da star alliance para hospedagem em hotéis no Brasil ?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar