Vídeo do sábado: Asmara, Eritréia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=VKpGKBUw7pE]

Construída por Mussolini para ser a capital de um grande império colonial italiano na África, Asmara é tida como uma das cidades mais bonitas do continente, por conta de seu urbanismo mediterrâneo e de sua arquitetura art-déco.

Chegar lá não é fácil -- só há vôos de Frankfurt (pela Lufthansa), do Cairo (pela Air Egypt) e de Djibouti. O país continua em guerra com a Etiópia, do qual se separou em 1993, e todas as fronteiras terrestres estão fechadas.

Sair de Asmara pode ser mais difícil ainda; para visitar qualquer outro lugar do país é preciso tirar autorizações, o que torna as coisas bem complicadas para o viajante independente (como este sueco que esteve lá agora em março).

Mas há operadores (como a britânica Undiscovered Destinations) que organizam expedições pelo país, incluindo a cidade árabe de Massawa, o deserto vulcânico de Dankalia, a costa do Mar Vermelho, deserta e repleta de corais, e suas ilhas Dahlak.

No fórum do Lonely Planet encontrei boas recomendações da agência local Travel House.

11 comentários

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Esse destino vai ficar lá no FINAL da minha lista, depois da Índia.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Viajar es arriesgar, siempre.

Este verano han muerto varios españoles en Yemen.
Eu nâo creo que pudiera ir a un país con tanto riesgo. En España ya sufrimos muchos atentados e eu para viajar busco algo un poco mais tranquilo. Con un riesgo mínimamente controlado, aunque nunca se sabe que puede ocurrir...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Carmen, tô anotando essa sua frase: "viajar es arriesgar, siempre". Adorei.

Guilherme Lopes

Riq,

Este final de semana (para variar) tem “promoção” na Gol novamente (sem banner no site).

Eu encontrei, saindo de Confins, tarifas a 100 reais cada trecho (no período do feriado de 15 de Novembro) para os seguintes destinos:

Salvador, Ilhéus, Floripa, Curitiba, Brasília e... Aracaju!

O que vocês acham?

; )

Claudio Lara
Claudio LaraPermalinkResponder

Muito interessante ver este vídeo de um lugar que estudei na faculdade de Geografia.
Fico pensando agora no estudiosos de antropologia, pois este é um dos sítios da humanidade onde se estudou muito nosso elo perdido. A guerra é algo triste e ainda mais para um turista, pois a maioria esmagadora é pacifista por natureza.

Esses recursos do Youtube são interessantes pra mostrar uma música junto de belas imagens.

Outro dia achei um cara no Youtube fazendo a "Dança do Matt" com o tema do Rio de Janeiro. Achei ótimo. O link ficou na indicação do Website deste comentário.

http://br.youtube.com/watch?v=uPGko1CVPvQ

leandro
leandroPermalinkResponder

Infelizmente, apesar de muito interessante, este é um destino qie deve ser evitado, e deve continuar assim por muito tempo, uma pena...

Andre      http://andreurso.blogspot.com/

Muito bom esse video, Ricardo. Quando morava em Londres, fiz amizade com um cara da Eritréia. E até estabelecer aquela amizade, não sabia sequer que esse país existia. O mesmo aconteceu com uma garota da Látvia ( alguém aí já foi??), que também conheci lá. Acho que o mundo ainda tem grandes perolas a serem descobertas e, infelizmente, ainda cultivamos aquela história de esperarmos que europeus e americanos (em grau menor) avalizem e ponham nos guias esses locais para a gente começar a abrir os olhos e vê-los como possibilidades de viagem. Não posso negar que muitos desses lugares não tem estrutura e nem segurança suficiente para garantir um fluxo de turistas maior e podem ser complicados para certos grupos específicos ( viajantes solitários, mulheres, gays, etc), como o Leandro falou. Depois dessa experiência aqui em Africa, fiquei mais tranquilo e percebi que cabe também a cada um de nós minar certos preconceitos, sair um pouco do circuito seguro -europa/usa-, assumir uma postura mais exploradora, um olhar mais curioso e atento que eu acho que tem tudo a ver com a prática do turismo. Quantos lugares que hoje são hit não foram olhados com desconfiança no passado?
abraços a todos.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

André !
lol
lol
lol

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Viajar pra lugar inseguro, no qual corremos riscos de saúde, de vida, de roubo, de guerra...não me atrai nem um pouquinho...

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Riq, este é um lugar instigante mesmo...eu me lembro de uma vez que você mencionou Asmara e eu fiz algumas pesquisinhas...a cidade é mesmo muito interessante (adoro art déco) e a língua possui um alfabeto próprio muito diferente do que já vi.
Dei uma olhada no relato e achei um pouco assustadora a necessidade de licenças para visitar outros lugares...estranho. Mas a idéia de mergulhar sem muita gente no Mar Vermelho é tentadora.
Esses vídeos de sábado são sempre uma surpresa bacana wink

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu tava lendo sobre este lugar no Lonely Planet Blue List. Eu sempre achei curioso que a Eritréia tenha ficado com todo o litoral do que era a Etiópia. Acho que este destino está no capítulo de destinos perigosos, mas olhando esse vídeo, nem dá pra suspeitar que é um destino perigoso. Achei bem interessante...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar