Blogueiro ofilaine

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pessoal, vou precisar sair do ar até o fim do feriado para terminar um trabalho que já deveria ter entregado.

Volto aqui só para postar o texto da Época assim que a revista sair nas bancas.

Enquanto isso, não se acanhem: a cabine fica temporariamente transferida para a sala de embarque, digo, para a caixa de comentários.

Não se esqueçam dos blogs amigos ali do blogroll (que já está desatualizado, eu sei!). Vale a pena visitar e trazer links de posts novos.

A propósito -- quando trouxer links, dê um copy/paste e nunca ponha o link entre parênteses ou colado a nenhum sinal de pontuação (ponto, vírgula, tracinho). Para o link virar link precisa estar soltinho.

Bom feriadão procêis tudo!

138 comentários

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

PS³: outro dia encontrei uma promoção no Vacations to Go, últimos lugares, a partir de US$500, porém era em novembro, o que pra mim seria impossível. sad

Carla
CarlaPermalinkResponder

Adorei o jantar-tacape também! Tenho uma amiga que diz que sempre foge desses programas que precisam de "autorização da FUNAI"... lol

Mô, é preciso se preparar bem direitinho mesmo - uau, US$ 6.500, deu até taquicardia!!! Mas eu entendo a dificuldade do roteiro, a pouca procura, a necessidade de barcos especiais, tudo isso contribui para encarecer mesmo esse tipo de viagem. De qualquer forma, o outro ali, a US$ 1.500 com as passagens aéreas, pode ser um começo! E na Terra do Fogo já deve dar pra congelar os ossos... razz

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Eu já fiz este cruzeiro da Terra do fogo, so que com outra companhia, a Holand America, que costuma ter otimas promoções de última hora, e desembraque no Rio de Janeiro. Recomendo o cruzeiro, as pasiagens são belissimas, o único senão é que não dá tempo de dar uma esticadinha até Torres del Paine, salvo com as carrisismas excursões do navio. Como em todos os cruzeiros, fazendo-se os passeios por conta, eles custam entre metade e 1/3 do preço cobrado nos navios. A unica excecção e caso se queira fazer o passeio completo nas Falaklands, que deve ser reservado antecipadamente via internet, ou então comprado no navio.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

A única obsrevação é que os cruzeiros em navios menores, efetivemanete dão a voce a possibilidade de descer na Antartida, o que voce não vai conseguir fazer nos navios grandes.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Para mim, acho que esse cruzeiro mataria vários coelhos com uma cajadada só... Morro de vontade de ir à Patagônia, tanto a chilena quanto a argentina, mas não sou "eco" o suficiente para achar que valeria ficar por lá direto - nesse ponto o navio me agrada... Também tenho uma curiosidade enorme pela Terra do Fogo, o Cabo Horn e tal... E um outro lugar que me tenta demais são as Malvinas (no way, não consigo chamá-las de Falklands... wink ) Vou começar a considerar a idéia seriamente para o fim de 2008 ou o início de 2009!

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Obs...os preço estão a partir de 2000 dólares para 21 dias de Santiago ao Rio ( portanto não precisa pagar a volta de avião), no site vacationstogo.com

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ernesto, mas vindo direto pro Rio a pessoa perde aqueles diazinhos que poderia ficar em Buenos Aires... lol

Daniela Siqueira

Carla,
Eu já fui à Patagônia - especialmente Ushuaia - e recomendo. Não fui de navio não (eu enjôo e meu marido ODEIA água), mas de avião pra Ushuaia, depois seguindo para El Calafate (imperdível) e uma passada em Torres del Paine. Fiz um pacote com a Cia Ecoturismo ( www.ciaecoturismo.com.br ) e gostei muito. Eu não sou nada eco, mas os passeios que você pode incluir são muito interessantes - até um mini-trekking por cima do glaciar Perito Moreno é excelente. Mandamos uns amigos na mesma viagem e eles também adoraram. Quem sabe você não prefere? (lobby anti-navio, lobby anti-navio) Fizemos todos os deslocamentos grandes de avião (a Aerolineas tem um pacote interessante de vôos internos a preços bem razoáveis, desde que o aéreo internacional seja com eles). Ushuaia é muuuuuuuito fora de mão, vale a pena o avião. E dá pra passar uns dias em Buenos Aires... smile

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Oh, Carla, se precisar de cia, eu topo!!! mrgreen

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Daniela, eu fui no site e tem mesmo uns programas bem em conta.
Bookmarquei! Obrigada. smile

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Carla

Navio e terra são programas bem diferentes. Eu fiz outra viagem para Torres, por terra. Não são melhores, nem piores, apenas diferentes. O navio é mais comodo. O serviço é melhor. Por terra, voce fica mais nas atrações, e vai conhece-las melhor. A paisagem do navio no Cabo horn é fantástica. Um dos melhores passeios que é Torres del Paine, voce não faz no navio, a não ser sob a forma de um bate e volta onde se ve muito e paga pouco.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Como roteiro de terra, hoje sugiro ir para Torres via Argentina, alugando o carro na Argentina.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Eu trouxe um livro lindo de BsAs com fotos da Ruta 40.
É um dos passeios que mais tenho vontade de fazer, porém tudo que li nele quase desaconselha de tanto planejamento, das dificuldades, da ausência de combustível, da necessidade de um 4x4, etc.
Infelizmente não sou organizada a este ponto e definitivamente é impossível fazer sozinha.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Mo

Eu fiz o roteiro de carro, partindo do CHile. São estradas de terra (ripio), que não precisam de 4 x 4, o maior risco real que voce tem é o de furar um pneu, ou de trincar um parbrisa com as pedrinhas. Deve-se ir no máximo a 70 km/h pois caso contrário há risco de derrapar. Não sugiro fazer sozinha, mas em 2 é bem tranquilo.

daniele
danielePermalinkResponder

Oi gente! Adoro o site de vcs, acho que é mto útil para os viajantes..!
Estou aquiii pela segunda vez para implorar uma ajudinha...Vou para Alemanha no início do ano e preciso, ainda na primeira semana de janeiro..tipo dia 5..ir de berlim para sevilha...
mas não consigo achar meios baratos para fazer essa viagem...só preços muito caros...pensei em ir de avião até mardi e de lá pegar um trem...mas nem isso estou conseguindo
por favor...se alguém souber de alguma maneira de realizar esse trajeto eu agradeceria muito mesmo!! Algum empresa low cost que opere na alemanha para espanha...sério to desesperada já
Brigadaa!!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ernesto, que lindo que deve ter sido.
Agora já ficou mais normal e menos complicado! smile

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Daniele :
A Air Berlin voa a Sevilha por 82 eur no dia 05 jan/08
O voo sai as 6,20 da manhã de Tegel e chega s 11,20 em SVQ.
Podes ver outras opções e datas em www.skyscanner.net

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Achei esse voo muito demorado Daniele e fui conferir :
Berlin Sevilha é via Palma de Majorca e o melhor preço é do
voo AB 9152 que sai as 16,30 de Tegel e chega as 21,15 em Sevilha.
Preço total : 102 eur com taxas e impostos.
http://www.airberlin.com/site/index.php?LANG=spa

Antonia
AntoniaPermalinkResponder

Nossa!! Quanta dica....!!! Já estão todas anotadíssimas!! Vamos para o Passaredo e ficaremos nesse chalet, que parece ser maravilhoso! Assim que voltarmos entrarei para contar como foi!! Mas isso só será em dezembro...
Outra viagem que vamos fazer é para a Itália, mas essa só no ano que vem!...Estou com um roteiro na cabeça...Roma, Veneza, Florença, Pizza, Pádua, Milão e Verona...Se souber e tiver alguma dica ou sugestão (resturantes, hoteis, passeios)...me ajude...por favor!! Rsrsrs..Andei olhando seu blog e vi que você tem milhões de lugares visitados!!
Muitíssimo Obrigada!!

fabio
fabioPermalinkResponder

Antonia, endosso a recomendação da Majô pra vc ir ao Bistrô das Meninas, em Maringá-Minas. Todos conhecem. As donas (Renata e Noemi) são super simpáticas e a comida, bem, a comida é excelente, sem falar nos pães e doces que são preparados lá mesmo. O Trutário de Santa Clara tb é úm ótimo programa, peça o sashimi de truta salmonada...só tome cuidado se for pescar trutas, pois são cobradas a peso (carinho...) e nem sempre vc recebe o peso que vc pescou...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Mô, vamos combinar? grin Já topei a companhia!!! E temos 1 ano inteirinho pra planejar!!!

Majô
MajôPermalinkResponder

Fabio, eu comi no trutário uma truta fria com torradinhas, nham nunca esqueci.
E os pães das meninas, ai são maravilhosos. Elas usam uma farinha de trigo especial. Os macarrons delas também são algo d+.

Daniela Siqueira

Ainda Patagônia: tenho um amigo que saiu de carro (um 4x4) de Minas e foi até Ushuaia e voltou. Adorou a viagem. Eu fui de avião e adorei também (depois que inventaram meios de transporte mais modernos, eu voto pelo mais rápido). São estilos bem diferentes: ele curtiu a viagem em si, a aventura, acampou em alguns lugares, levou pneu extra, gasolina extra, etc. Eu aproveitei que o peso estava barato pra ficar em hotéis mais legais. Ele entrou errado em uma estrada (na fronteira do Chile) e depois descobriu que andou do lado de um campo minado - mas aproveitou e foi na Península Valdez, e tem muita história pra contar pros netos. Eu fui menos natureba, e bem mais estruturado, e também tenho história pra contar pros netos. O estilo é que é diferente. E vamos lá: eu sou fresca mesmo. Acho um programa digno de autorização da Funai andar de carro por estrada de terra hoooooras, sem muita mudança na paisagem (e eu fui de ônibus de El Calafate pra Puerto Natales, seis horas pra ir e seis pra voltar, pra ir no Torres del Paine - mais uma hora e meia a partir da cidadeca que é Puerto Natales - e não muda nada a paisagem: parece um desertinho, com vegetação rasteira. É o máximo que eu tolero. Só muda dentro do Parque, e aí fica sensacional, e aí vale todas as horas de viagem. Mas os meus amigos que foram depois acataram minha sugestão: ir direto para Torres del Paine, e ficar em um hotel lá, sem passar por Puerto Natales). A vegetação da Patagônia, mais para o sul, não é nada exuberante - bosques, só em Ushuaia ou já chegando em Bariloche (que eu sou doida pra conhecer). Bom, depois de dar tanto palpite em viagem-planejada alheia, estou à disposição pra dar mais wink mrgreen

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Fechado, Carla!!
Lembrando que não há feriados no 2º semestre, então eu terei que escapar 1 semana. Nada complicado...rs
Oba oba oba!! grin

Dani
DaniPermalinkResponder

Nossa brigadão Sylvia..fui dar uma olhada no skyscanner e fiquei pensando...quando tempo dura uma viagem de trem de lisboa até sevilha, você sabe..?
Na verdade já tentei entrar no site de trens alemão para verificar tempos de viagens de trem na europa mas achei extremamente confuso e pede várias informações que meu...eu nem sei...alguém sabe de algum site menos confuso para obter tempos de viagens de trem?
Brigadão...e beijos!

Dani
DaniPermalinkResponder

Ah gente e mais uma coisinha se alguma alma caridosa puder me ajudar...
Andei lendo várias coisas na internet e comecei a ficar..hm...apavorada!! Muita gente falando que não conseguiram entrar na europa...
E tinha um link com uma reportagem do fantástico dizendo números absurdos de brasileiros que sequer entram na europa...ficam no aeroporto de lá e são obrigados a voltar...nessa matéria inclusive falava que muitas dessas pessoas tinham a passagem de volta marcada, reserva em hotéis, enfim e o resto da documentação certinha...e mesmo assim não conseguiram entrar...
Nossa isso me deixou muito triste...pq minha viagem já está toda planejada e paga...se eles me deportam eu perco todo esse dinheiro???
Já estou com o passaporte novo, passagem de volta marcada, vou lá para estudar então saio daqui já com uma carta da escola lá em sevilha e lugar para ficar...além disso é bom comprovar algum vínculo aqui no brasil? Pq eu não trabalho, então seria bom levar um comprovante de matrícula daqui em inglês ou algo assim...?
Pq assim, vou chegar em Amsterdã e ficarei lá uns quatro dias só...passeando...depois vou para berlim ficar mais uns quatro dias e só depois vou para espanha estudar...será que tem algum problema?
Devo levar reservas em albergues? Pq assim...em amsterdã reservei tudo pela internet...então o comprovante que eu tenho é uma coisa que me mandaram por e-mail e que eu imprimi...
Falaram muito de como estar vestido e não demonstrar nervosismo...mas eu já tô em pânico só de pensar que podem me mandar de volta sem motivo nenhum!
Se alguém tiver dicas de todos os documentos imagináveis para levar para reduzir à zero o risco de voltar por favor me avise!!
Obrigada...

Ricardo Freire

Dani, os papéis da escola provando que você está matriculada devem suficientes na imigração lá.

Ninguém vai pedir nenhuma prova de vínculo com o Brasil; isso é coisa do consulado americano, aqui. Lá na imigração da Europa vão querer ver a sua passagem de volta, reserva de hotel (esses comprovantes de albergue estão OK), seguro-saúde europeu e, se ficarem muito desconfiados, dinheiro e/ou cartões de crédito.

O site das ferrovias alemãs é o mais completo, Dani, e informa horários que nenhum outro site encontra. Depois de colocar as cidades e a data você precisa clicar em "Search connection". E quando eles pedem "age", é só escrever a sua idade no quadradinho e então clicar "search connection" de novo. Simule sempre com trens nos próximos 30 dias; mais tarde do que isso, pode ser que ainda não tenham entrado no sistema.
http://bahn.hafas.de/bin/query.exe/en

O site da Rail Europe tem um horário simplificado, e informa preços (inflados) em dólar. É mais simples de pesquisar, mas o banco de itinerários é limitado.
http://www.raileurope.com/us/rail/fares_schedules/index.htm

Não há trem de Sevilha a Lisboa. Você teria que ir de trem a Madri e lá pegar o trem noturno ou um vôo low-cost a Lisboa. Dá para ir de ônibus de Sevilha ao Algarve (Faro, Portimão ou Lagos) e de lá pegar outro ônibus para Lisboa.
http://www.eva-bus.com/

Volto a ficar ofilaine.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Mô, contando que a melhor época pra se visitar a Patagônia é o verão, melhor dar essa escapada em dezembro ou janeiro... wink

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Uma das coisas mais simples para não ter problema na migração, é simplesmente estar bem vestido, como uma roupa um pouco mais social e/ou de boa qualidade, de boas grifes. O mundo trata melhor quem se veste bem! E, ao contrário, roupas detonadas, já fazem soar o alarme da migração;

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Ah, sim o caminho para Torres, realmente não tem nada de muito interessante. Que eu saiba, não há aeroporto em Torrres del Paine, ou so há para aviões bem pequenos.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Riq Já temos a festa do 1.100.000 acessos!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Carla, janeiro para mim é impossível porque é época de show room.
Dezembro sem nenhum problema! Oba oba oba! grin

Carla
CarlaPermalinkResponder

Beleza, então, Mô! Combinadíssimo!!! grin

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Olá Ricardo,
Desculpe-me pelo atraso, não esqueci do seu aniversário, não, é que eu estava lá na Fazenda da Lagoa no dia 29... aceite meus PARABÉNS!!!
Que lugar lindo... já na chegada um barco esperando a gente para atravessar o rio, do outro lado uma funcionária muito simpática, a Mariana,
nos esperando com uma lamparina para nos acompanhar até os bangalos, enormes, lindos, cheios de charme, velas, incenso, livros, revistas, o banheiro tbém super grande, com muitas toalhas, um chuveiro delicioso.
O bangalo é todo rodeado por um deck, tem até chuveiro aquecido para quem quiser tomar banho numa varanda rodeada por uma cerquinha rústica.
A sede é linda de morrer, artesanato mineiro, lustres enormes, mesas para o jantar muito bem arrumadas, sempre com um toque colorido e de bom gosto. Rústico com o moderno.
A praia é longa para os dois lados, selagem, deserta, imponente, pena a cor do mar ser marrom...
O passeio até a lagoa pode ser feito por uma trilha que passa pela mata atlântica, muito interessante, de + ou - 40 min. Chega-se a margem da lagoa, onde há caiaques nos esperando para fazer a travessia até a outra margem, a água é incrivelmente transparente, dá para ver facilmente a areia do fundo e muitos peixinhos. No outro lado, tem um deque(?) com uma mesa e um pic-nic adorável... A volta é feita de bugue. Tudo muito especial.
Só há um porém, a pousada está sem um chef de gastronomia, e a comida estava sofrível. Mas o café da manhã, não tipo self-service, e sim servido à mesa, é ótimo, com pães quentinhos e uma queijadinha...
Num dos dias, na verdade, no final da tarde fomos passear em Itacaré, mais precisamente na Lodonio Almeida, e jantamos na Casa Sapucaia: inesquecível!!! Lugar gracioso, comida muito boa, o garçom Rogério é ótimo, e o chef Gil é uma pessoa ímpar. Nos divertimos muito.
Riq, só tenho que te agradecer muito. Foi mais um sonho realizado.
Abraços,viu?
,

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Nos ultimos meses não soube de problemas com a imigração na Europa.
Dinheiro ( cash/traveler) , cartão de credito , documentos em ordem e
estar muito bem vestido são suficientes .

Patsy
PatsyPermalinkResponder

Dani, me falaram a mesma coisa qdo eu fui sozinha ano passado, dizendo que mulher sozinha era mais difícil de entrar, e eu nem reserva em hotel tinha, porque iria ficar em uma amiga... como a religião prega que tem que dar uma passadinha em Paris, eu sempre viajo de Air France, sempre, também acumulo milhas, e em Paris a imigração é tão, mas tão calminha, que em 2005 nem carimbaram meu passaporte, e depois de lá o vôo se torna domestico, sem problemas. Mas o seguro saúde eu faço sempre! E é importante, porque eles pedem.

Célio
CélioPermalinkResponder

Dani,
Estive na Europa em setembro, entrei por Paris.........nem carimbaram meu passaporte.....só ouvi um "boas férias" (em francês ...claro.....) e foi só.....Boa Viagem

Dani
DaniPermalinkResponder

Puxa brigadão gente...!!
Alguém sabe se é tranquilo entrar por amsterdã...?
Eu li umas coisas muito estranhas, algo sobre oficiais que fazem certa pressão psicológica e que as pessoas acabam ficam nervosas, gaguejando e coisas assim....
Mas acho que se estiver com a passagem de volta marcada, a carta da escola, seguro-saúde, reservas em albergues, uma quatia em dinheiro e cartão de crédito não teria motivo para me mandarem de volta, né?
Ah aliás...em relação a dinheiro como vcs fazem? Levam boa parte de dinheiro vivo, pagam tudo no cartão..? E aquele tal Visa Travel Money funciona bem mesmo ou tem que pagar um monte de taxas cada vez que sacar o dinheiro?
Ah e mais uma coisa...a passagem que eu tenho é um bilhete eletrônico então a minha passagem de volta está em um papel que imprimi com um código lá...será que quando embarcar tem como solicitar no guichê algum documento mais "oficial" da companhia...?
Beijos

marcelo
marceloPermalinkResponder

Dani,
Cheguei no ultimo domingo da europa (cheguei e voltei, via amsterdã, fui pela KLM, recomendo muito!) os oficias na imigração foram normais, nao vi nada demais.
Sai daqui com mil euros em dinheiro e fiz alguns saques da minha conta corrente daqui do brasil mesmo nos caixas eletronicos de la, o itau me cobrou 9 reais por saque. O resto foi no cartao de credito!
bj

Paula Schneider Tecchio Silva

Ricardo,
Sou uma leitora diária e anonima do seu blog.
Estou escrevendo porque gostaria de saber se você sabe algo sobre a BRA.
Comprei passagem cuiaba-natal-cuiaba, para o dia 04/01/2008 a 14/01/2008, para mim, meu esposo e meu filhotinho, e observei no site da infraero (voos online) que tem havido cancelamentos desse voo. Também observei que nao dá mais pra comprar passagem para essa data, essa rota, no site.
Será que está havendo algum problema grave? Será que consigo embarcar? To com medooooo.... :-[

Obrigada,
Abraços,
Paula

Dani
DaniPermalinkResponder

Brigada Marcelo! Nossa que coincidência eu vou pela KLM...nunca voei por ela e estava com um pouco de receio..!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Dani :
Usa a tua energia para não pensar em nada destas coisas pois não tens
nenhum controle sb elas eekops: e vai lá no menu de destinos ler todas
as dicas óootimas que os tripulantes deixaram aqui .
Não existe nenhum motivo para ficares ansiosa e preocupada.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Paula, acho que só a BRA poderá explicar alguma coisa.
Melhor você ligar lá o quanto antes.

Val
ValPermalinkResponder

oi gente,

alguém de vcs conhece um motorista que fale ingles para fazer um tour de 1 dia por SP com uma senhora canadense?

obrigada

Majô
MajôPermalinkResponder

Dani,

Como o Marcelo, levei um pouco de dinheiro em euros, saquei em caixa eletrônico do Banco da Sicilia, direto na minha c/c no Itaú, em euros e a taxa foi esta que ele falou. O resto em cartão de crédito.

mariana
marianaPermalinkResponder

dani,

só pra te acalmar:
em junho fui pra Veneza pela KLM via Amsterdã, a viajem foi ótima, a gente tinha 8 horas até pegar o avião pra Veneza, então fomos de trem até a cidade, tomamos uma cerveja e voltamos pro aeroporto.
o problema foi que guardamos nossa bagagem de mão (com todo nosso dinheiro) num guarda volumes, o aeroporto de schipol é imenso e demoramos à beça pra achar o guarda volumes certo.
isso quer dizer, passamos pela imigração umas TRÊS vezes!!! tenho um passaporte cheio de carimbos de entrada na Holanda!!!
e foi sempre muito tranquilo.......não se preocupe!

outra:
tenho uma galeria de arte e no momento tem uma exposição em Brighton, Inglaterra, com DEZ artistas meus, todos vindos do graffiti, quer dizer, ehr...assim... bem maloqueiros, verdadeiros elementos, e todos eles entraram na europa sem problema nenhum.

relaxe.
só não mencione a palavra TRABALHO nem de brincadeira !!!
isso sim ativa todos os alertas deles!!!
voce vai estudar, eu sei, mas sei lá, pode querer dizer uma hora "vim trabalhar meu espanhol..." e pronto...

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

So um lembrete: li ali em cima "entrei por Paris e nem carimbaram meu passaporte".

CUIDADOOOOO !!!

Verifique seu passaporte na hora e peça que carimbem !!!!!!!!! Eu recebi uma carta de deportação pq nao estava com o passaporte carimbado (entrei em Paris). Eh preciso ser carimbado entrada e saida. Isso é serissimo gente !!!

Da minha mãe na hora de sair de Paris tb nao carimbaram e eu vi que ela pediu (eu tava la olhando ela ir embora!). Em Paris eles tem essas coisas. Vc é OBRIGADO a ter carimbo no seu passaporte. Se a policia faz revista em metrôs (como foi meu caso) da uma confusao danada. Pra eu conseguir provar na época que eu era turista foi um caos, recebi carta de deportaçao e tudo. So resolvi depois de contratar advogado e ter todos os meus cartoes de embarque pra provar o dia que entrei, e o ministério de imigraçao carimbou o passaporte com a data de entrada... imagina vc viajando e tendo que passar por isso ?

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Ah, vi aqui avisar a tripulaçao que Gabs fez a sua primeira visita ao museu ! wink

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Riq,
Que bacana a citação que a revista VT faz de vc, Né?
Parabéns!

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Oi Dani,
EStou em Amsterdam e já entrei e sai 3 vezes sem problema nenhum.
A KLM é uma boa companhia e é comum pessoas usa-la para conecção aqui na Europa (acho que eles oferecem bons preços).
O que eu sempre falo... diga a verdade e problema nenhum acontece... tenha a reserva de volta, os vouches dos hoteis, deixe as piadinhas para depois que passar a imigração e beleza.
Aproveite a viagem!
[]s

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar