Carne ou peixe?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Para não dizer que eu ainda não postei nada de Buenos Aires, ouça essa:

[audio http://viajenaviagem.files.wordpress.com/2007/11/viaje804.mp3]

La Cabrera: Cabrera, 5099, esquina Thames; tel. 4831-7002.

Ceviche: Costa Rica, 5644, entre Fitz Roy e Bonpland (onde era o Central); tel. 4776-7373 (ainda não tem site; inaugurou quinta passada).

28 comentários

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

YEBAA !!
Vamos conferir o Ceviche ( o La Cabrera já passou no teste lol ).
Riq : Abre para o almoço ? Pergunto sempre pois PHollywood tem varios
que só abrem para o jantar .

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Esse seu blog me deixa com mais vontade de sair pelo mundo, sabia???
O duro é ter tempo e o outro tempo ($) para tudo o que desejamos smile
[]s

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Sylvia, manda fotos tuas depois de BsAs pro email do pessoal todo...

Já fostes tantas vezes pra lá que deves ter fotos lindas!!

A gente quer ver...

[ ]'s

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Adoraria poder mandar Marcelo , mas eu não tenho o hábito de tirar
fotos ( mas bem que gosto de fazer uns filminhos em viagem ).
O maridão é que fotografa tudo o que vê pela frente , e de BsAs tem
montes de fotos de portas, janelas, telhados ... que bem que poderiam
ter sido tiradas em qualquer lugar wink

Cláudia Holder

Sylvia, Ricardo, Carla e demais colegas,

Acabei de trocar meus pontos do Fidelidade TAM, e... adivinhem!
Consegui ida e volta pra Caracas (eu e meu esposo) no Carnaval (1.º a 10 de fevereiro). Portanto, vai rolar a viagem pro Caribe, e conto com as dicas para Aruba, Bonaire e Curaçao. smile

Vou repetir umas dúvidas postadas anteriormente:

a) Qual a forma mais vantajosa de chegar lá a partir de Caracas? Tem um passe aéreo, não é? Ou seria melhor comprar os trechos separados? Que companhias aéreas são confiáveis?

b) Chegando lá, quais as melhores opções de hospedagem? Estou meio perdida quanto a isso. Não tenho diifculdades em encontrar hoteis na Europa pela Internet (como eu e meu esposo sempre fazemos), mas lá no ABC eu não tenho noção de distância dos hotéis às praias, não sei que localizações são boas, nem tenho a menor idéia de como me deslocar por lá. Não faço questão de hotel chique (nem gosto disso), mas um lugar limpo, com banho decente e um bom café da manhã é indispensável.

c) Como podemos nos deslocar no interior das ilhas, para ir às diversas praias? Em Fernando de Noronha existem táxis-buggys, e para nós foram mais econômicos do que alugar um carro, porque em vez de ficar rodando pela ilha, escolhíamos duas praias por dia para aproveitar, e pronto. E às vezes ainda dava pra pegar o ônibus local.

Obrigada a todos,
Cláudia

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Aaahh, que pena wink

[ }'s

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Claudia , só conheço Aruba das tres.
Podes ver a localização dos hoteis aqui
http://www.visitaruba.com/wheretostay/hotels/hotelmap.html
Da zona hoteleira para o centrinho a gente usou o onibus local e alugamos
um carro um dia para fazer a volta na ilha.
Para mim, Palm Beach é o melhor lugar para se hospedar wink

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Riq

Grandes dicas, preciso experimentar!!!

Beto
BetoPermalinkResponder

Estivemos no La Cabrera Norte e tivemos a mesma boa impressão do Riq. Para pescados, tentamos inicialmente o Green Bamboo ( www.green-bamboo.com.ar ), por indicação da Thamy (que depois percebi ser um top aqui no blog), mas como estava lotado e não aceitavam mais reservas, fomos ao italiano San Antonino ( www.sanantonino.com.ar ), em San Telmo (indispensável reservar). O cardápio varia conforme a qualidade dos pescados no mercado daquele dia, o que sempre é um indicação de boa cozinha. Adoramos a opção, porque o lugar é nada turístico (sempre dá pra perceber melhor o jeitão local) e a comida, incluída sobremesa deliciosa, e o atendimento foram muito bons.
Italiano para massas e carnes indico o Sottovoce ( www.sottovoceristorante.com.ar ), na Recoleta, não é nenhuma novidade, mas é bom pra chuchu (alguém ainda sabe o que é bom pra chuchu?). E ainda é um excelente lugar pra se praticar antropologia turística de botequim, no caso, de restaurante wink .

Lili
LiliPermalinkResponder

Que grata surpresa! Estarei em Bs As de 30/11 a 9/12, vou seguir todas as dicas, as novas e as requentadas, hehe!

Rudson
RudsonPermalinkResponder

Ricardo, estava navegando em alguns sites e encontrei um empreendimento inacreditável que está prestes a ser iniciado em Natal: Grand Natal Golf. Um mega resort, acho que o maior do Brasil em construção, com 30 mil residências, 8 hotéis, hospital, centro comercial, 5 campos de golf, hipica, tênis, campos de futebol, balneário, e tem Ronaldo fenômeno e Antônio Banderas como sócios do Grupo Sanchez no empreendimento. Inclusive li que o Antônio Banderas estará indo até o Rio Grande do Norte para lançar o resort. Pelas fotos no site o local parece ser bastante bonito... ficará após a praia de Pitangui numa área de dunnas, lagoas, muito verde e 6km de praia virgem.
( http://www.grupo-sanchez.com )
( http://www.grandnatalgolf.com/fotografias-natal.aspx ). Pensei que no nordeste somente Ceará, Pernambuco e Bahia tivessem um turismo realmente forte. Será que a pequena Natal tem infra-estrutura para competir com cidades como Recife ou Fortaleza?

Andrea Santiago

Que delícia...
bj

Alessander Guerra

Só com a dica do restaurante Ceviche você saiu bem mais uma vez na informação quentinha e antecipada.

até
Alessander Guerra
www.cuecasnacozinha.blogspot.com

Ricardo Freire

Rudson, proporcionalmente o turismo deve ser mais importante para a economia do RN do que para o Ceará ou Pernambuco. Natal, hoje, talvez fosse a única cidade-sede da Copa que só precisaria mesmo de um estádio; os hotéis e estradas já estão lá.

Os grandes projetos imobiliários direcionados ao mercado europeu estão acontecendo no Ceará (Porto das Dunas e Cumbuco), RN (Pitangui) e norte de Salvador (Imbassaí, Sauípe). A onda agora chegou em Pernambuco (Barreiros, áo sul de Tamandaré, e Praia do Paiva, no CAbo de Santo Agostinho, que vai ter uma ponte para Jaboatão, encurtando o caminho ao Recife). Os próximos são Alagoas (Ondazul, na Praia do Morro) e Ilhéus (no lugar do atual aeroporto).

Ricardo Freire

Sylvia, liguei lá (o telefone estava errado; eu tinha copiado o celular, que precisa do prefixo 15, e não o fixo; agora está certo). Eles abrem para almoço, sim, das 12h às 15h.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Muito obrigada Riq !!
Já tinha anotado o fone e nem ia me dar conta ..
Vou lá almoçar e fazer um brinde a tua descoberta wink
( é baby food né ? :roll: )

Ricardo Freire

É baby food para adultos, Sylvia -- sem pimenta wink

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Yebaaa lol lol lol

adriana
adrianaPermalinkResponder

Nossa! La Cabrera... Fui em 2005 quando era frequentado praticamente apenas por locais. Eramos um grupo grande de cientistas e ao saber disso e que alguns de nós estudávamos as células do timo, o gerente fez questão de trazer dois timos inteiros para que nós provássemos, por conta da casa! Super simpático e a carne era realmente diferente, bem peculiar...

marceloF
marceloFPermalinkResponder

O La Cabrera é realmente otimo, so cuidado com a quantidade de pratos, da ultima vez que fui estvamos em quatro, pedimos uma prato pra cada e foi comida de mais!

Ricardo Freire

Bem lembrado, MarceloF. Desta vez estávamos em 4 pessoas. Um pediu um ojo de bife; outro, que não gosta de carne alta, foi de milanesa; e dois pediram asado de tira (costela). Por conta própria, o garçom só trouxe um asado de tira para dois.

Sobrou comida...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Bem lembrado pessoal !
Antes de pedir comida em BsAs perguntem o tamanho da porções ;
na maioria dos lugares uma entrada e um prato principal é suficiente
para dois não esfomeados ( e lá eu nunca estou com fome já que a gente
come o dia inteiro .. wink )

Paula
PaulaPermalinkResponder

Outro lugar ótimo em Buenos Aires para provar comida peruana é o Mosoq, www.mosoq.com, fica em Palermo Hollywood, El Salvador esq. Carranza. Alguns comentários do lugar no Guia Oleo, http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=2907.

Ricardo Freire

Boa, Paula!

E já que estamos no tema comida peruana em Bs. As., tem também esse nipo-peruano que é de uma rede com sede em Lima. (Eu ia nele, mas tava lotado e acabei descobrindo o Ceviche por acaso, quando ia tentar o Central, que funcionava lá.)

http://www.osaka.com.pe
http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=2116

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Caros, 3 dicas fantásticas (na minha opinião): Oviedo (Recoleta), Te Mataré Ramirez (Palermo Soho) e La Brigada (San Telmo). Estive nos 3, e valem a pena. Abs,

Paula
PaulaPermalinkResponder

Bem, agora me empolguei: não tenho mais dicas de comida peruana, mas posso dar uns pitacos sobre outros lugares de que já se falou aqui. O Green Bamboo, além de lindo, tem ótima comida asiática; é pequeno, e acho que vive lotado (como já disse o Beto lá em cima), mas dá pra reservar. O Cluny (acho que alguém já falou dele em algum comentário antigo em outro post) é muito legal para bebericar alguma coisa no final da tarde (até às 20h, porque fecha nessa hora para os preparativos da noite).
http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=935
E também adoro o Gran Bar Danzón; esse é mais bar do que restaurante, mas a comida é boa, e você pode tomar vinhos em taça, com uma variedade muito grande, difícil de encontrar em outros lugares (a não ser em garrafas, lógico); a música, a decoração, tudo bonito e charmoso.
http://www.granbardanzon.com.ar/default2.htm
O Sucre, que era um dos restaurantes mais comentados de lá (não sei se ainda é!), tem um ambiente lindo, só que a comida e o serviço deixam a desejar.
http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=208
Ah, e se alguém for ao Jardim Japonês e ficar com fome, os sushis do restaurante de lá são ótimos.

Passatempos
PassatemposPermalinkResponder

O La Cabrera é realmente otimo, so cuidado com a quantidade de pratos, da ultima vez que fui estvamos em quatro, pedimos uma prato pra cada e foi comida de mais!

Blog Aquela Passagem. Dicas de Promoção de Passagem Aérea, Milhas, Bagagens, Cartão de Crédito e Muito Mais!

[...] Elegi meu restaurante preferido já no primeiro dia e baseado nos relatos de vários blogs como o VnV. Entrei na busca pelo Alfarror perdido tentando encontrar o Capitán Del Espacio em Buenos Aires [...]

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar