100 dicas para viajar melhor, por Ricardo Freire

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

100dicas

Dez anos depois do Viaje na Viagem, o meu novo manual de viagem responde às 100 perguntas mais freqüentes que me fazem. Quer dizer: no meio delas salpiquei algumas que eu gostaria que me fizessem...

As 100 dicas vêm divididas em 14 capítulos temáticos. Todas elas deixam você no caminho certo para fazer a melhor viagem. (O capítulo de internet é particularmente útil, recheado com os links mais ponta-firme para quem quer pesquisar, planejar ou mesmo resolver toda a sua viagem pela rede.)

Aí vão todas as perguntas. Para saber as respostas, basta clicar nos links das livrarias virtuais e encomendar o seu 100 dicas para viajar melhor -- custa menos do que uma taxa de embarque!

CHECK-IN: dicas para usar em qualquer lugar

1. O que é melhor: viajar de pacote, de excursão ou por conta própria?

2. Vale a pena usar agente de viagem?

3. Levo dinheiro vivo, cartão ou travelers?

4. Malas: qual escolher e o que levar?

5. Os programas de milhagem continuam vantajosos?

6. O que é mais importante num hotel: conforto ou localização?

7. Planejar tudo minuciosamente não tira a graça da viagem?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa



BRASIL: sem passaporte

8. Com o real forte no exterior, por que viajar por aqui?

9. Por que o Réveillon é tão caro no Brasil?

10. Onde ainda dá para encontrar sossego na praia?

11. Como fugir das chuvas?

12. Além do Carnaval,  que festas são imperdíveis?

13. Compro os passeios opcionais do pacote ou faço tudo de carro alugado?

14. Dá para viajar de carro no Brasil?

15. Qual é a boa do feriadão?

16. All-inclusive vale a pena?
 
17. Resort ou cruzeiro?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

AMÉRICAS: soy crazy for tí

18. Por que voltar a Buenos Aires?

19. Onde mais ir na Argentina?
 
20. Qual é a de Punta del Este?

21. O que não dá para perder no Chile?
 
22. Peru e Bolívia são só para mochileiros?

23. Quais são as pedidas do continente?

24. Com tanta praia no Brasil, por que ir ao Caribe?

25. Caribe: como escolher o melhor cruzeiro?

26. O que tem no México além de Cancún?

27. Por que hotel em Nova York é tão caro?

28. Flórida é só para crianças e comprólatras?

29. Quais são as melhores viagens de carro nos EUA?

30. Onde mais aproveitar o dólar barato na terra dele?

31. De quanto tempo eu preciso para traçar o Canadá?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

EUROPA: Admirável Velho Mundo

32. Quantos países dá para conhecer numa mesma viagem?

33. Quantos dias devo ficar em cada cidade?

34. O que é mais conveniente: trem, avião ou carro?

35. Trem: compro passe ou trechos avulsos?

36. Como devo proceder em viagens de trem?

37. Quais são as vantagens (e desvantagens) das cias. aéreas low-cost?

38. Que companhia aérea voa do Brasil a Atenas, Praga ou Veneza?

39. Vale a pena fazer um cruzeiro pelo Mediterrâneo?

40. Posso viajar sem ter hotéis reservados?

41. Faço city-tour ou não? Como organizo meu dia?

42. É necessário fazer reserva em restaurantes?

43. Quais são os melhores passeios bate-e-volta?

44. Vale a pena ir à Europa no invernão?

45. Vale a pena ir à Europa no verãozão? 

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

ÁFRICA, ÁSIA, OCEANIA: globalize-se

46. Não é muito arriscado viajar a um país exótico?

47. Quais são as rotas mais práticas saindo do Brasil?

48. Quais são as melhores épocas para ir para esses lados?

49. O Japão é tão caro quanto dizem?

50. Qual é o tempo mínimo para viajar a Austrália e Nova Zelândia?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VOLTA AO MUNDO: sim, você pode

51. É verdade que existem passagens volta-ao-mundo de 3 mil dólares?

52. Qual é a melhor direção? Leste ou oeste?

53. Quanto tempo fico  em cada escala?

54. Quais são os roteiros mais interessantes de cada aliança?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAGENS ECONÔMICAS: mão fechada e pé na estrada

55. Vale a pena hospedar-se em albergues?

56. Como descobrir hotéis BBB (bons, bonitos e baratos)?
  
57. Como funcionam os clubes de hospedagem grátis?

58. Como telefonar do exterior  sem ir à falência?

59. Como rentabilizar a estada em cada lugar?

60. Vale a pena viajar de ônibus?

61. Quais são os destinos mais em conta no Brasil e no exterior?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAGENS DE LUXO: porque toda viagem é uma extravagância

62. Quais são os luxos a que (quase) todo mundo pode se dar?

63. Para onde devo ir enquanto  o real está valendo muito?

64. Em que hotéis devo me hospedar depois de ganhar na loteria?

65. A primeira classe e a executiva valem o que custam?
 
66. Os trens de luxo tipo Orient-Express são isso tudo mesmo?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAGENS SOLO: antes só do que desacompanhado

67. Qual é a graça de viajar sozinho?

68. O que fazer para evitar o baixo astral?

69. Quais as precauções extras que mulhres sozinhas devem tomar?

70. Em que situações fica mais fácil fazer amigos?

71. Que tipos de lugares são indicados para viagens solo?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

LUA-DE-MEL: enfim, longe

72. O que levar em conta ao montar a viagem?

73. Onde passar a lua-de-mel no Brasil?

74. Quais são as viagens mais românticas para o exterior?
 
75. Nem Veneza, nem palafitas: dá para fazer uma lua-de-mel diferentona?

76. Segunda lua-de-mel: quando e como?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAGENS COM CRIANÇAS: falta muito?

77. Afinal, quem manda nessa viagem?

78. No Brasil: resort ou hotel-fazenda?

79. E quando os pais não gostam de hotel para criança?

80. Quais são as melhores praias  para se hospedar com crianças?

81. Exterior: existe vida além da Disney?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAGENS GLS: além do arco-íris

82. Qual é a diferença entre uma viagem GLS e uma viagem comum?

83. E se o recepcionista perguntar: “É cama de casal mesmo?”

84. Vale a pena usar agências especializadas?

85. Existem destinos  predominantemente GLS?

86. Quais são os bairros mais simpatizantes mundo afora?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

VIAJANDO NA INTERNET: caiu na rede, é viajante

87. Como reservar hotéis?
 
88. Como reservar albergues?
 
89. Como alugar apartamentos de temporada?

90. Como descobrir passagens aéreas low-cost?

91. Como ver horários e comprar passagens de trem?
 
92. Onde planejar viagens de carro?

93. Onde encontrar dicas de outros viajantes?

94. Onde comprar ingressos para museus e espetáculos?

95. Onde encontrar informações sobre os destinos?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa
 
A VOLTA: partindo pra outra

96. Como evitar o excesso de bagagem no retorno?

97. Alfândega: declaro ou não declaro?

98. O que faço com as minhas fotos?

99. Como curar a depressão da volta?

100. Como deixo de ser um turista e me torno um viajante?

Compre online: na Saraiva, no Submarino, na Cultura, na Travessa

 

33 comentários

Bate-papo e autógrafos: dia 8, 19h, na Fnac Pinheiros « Viaje na Viagem

[...] Viaje na Viagem O blog dos que viajam na viagem « 100 dicas para viajar melhor, por Ricardo Freire [...]

Paula*
Paula*PermalinkResponder

Esse livro é tudibom! Vale a leitura antes, durante e depois de viajar! Meus amigos adoraram...até pra Bélgica ele viajou... mrgreen

Beto
BetoPermalinkResponder

Riq, no Ticketnet só aparecem duas opções de retirada dos bilhetes pro Louvre: ou na loja da operadora ou por correio. Desculpe o abuso, mas na falta do Teco só você salva.

Beto
BetoPermalinkResponder

Acho que não fui claro. Não aparece a opção em PDF para impressão.

Ricardo Freire

Fui lá ver, e o e-ticket imprimível em casa vem acompanhado de um asterisco -- *disponível apenas em certos eventos. (Pelo jeito não é o caso do Louvre.)

Cliquei pra ver as lojas, e em Paris propriamente dita vale toda a rede Virgin. Tem uma na própria rue de Rivoli número 99. Deve ser pertinho do Lúvri.

(Sempre lembrando que pra retirar na loja é preciso levar o cartão de crédito usado na compra. Se usarem o cartão de alguém que não vai viajar, vai dar xabu.)

Tendo o endereço do hotel, também dá pra mandar pra lá pelo correio...

Beto
BetoPermalinkResponder

Obrigado, caro mestre. Você tem idéia de quanta antecedência é preciso para fazer a reserva antecipada?

Ricardo Freire

Pra alguma exposição específica? Não sei...

Pro museu geralzão, eu usei um Paris Museum Pass, que me dava acesso fura-fila. Recomendo muito se os teus passageiros forem combinar com outros lerês (sobretudo Versalhes). E no caso do Louvre ainda dá pra dividir a visita em dois, quatro ou seis dias (dependendo da validade do passe). Tintim por tintim aqui: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/142117_comentarios.shtml?1311328

Beto
BetoPermalinkResponder

Esquece, cara. Achei. Só ainda não achei a pitomba do asterisco. Nem dos pontos de compra, em que aparece a Virgin. Acho que estamos vendo páginas diferente. Não esquenta. Vou fuçar. Obrigado mais uma vez.

Ricardo Freire

Nesse pop up aqui, role a página e veja "Como e quando vou receber minhas entradas?"
http://www.ticketnet.fr/sites/ticketnet/html/fr/popups/aide_idtier110.htm

Nesse outro, os pontos de retirada em Paris:
http://www.ticketnet.fr/sites/ticketnet/html/fr/popups/pd_retrait.htm#PARIS

Beto
BetoPermalinkResponder

Meu, tô ficando com vergonha. Eu até já tinha lido a explicação de como funciona o eticket. O que não encontrei foi a opção na hora de efetuar a reserva. Vou abusar: simula lá a reserva procê ver.

Ricardo Freire

Me registrei, simulei a compra e o que apareceu pra mim foi: nenhuma retirada no local será possível.

Retirada apenas nas lojas, sem custo, apresentando o cartão de crédito usado na compra e documento de identidade.

Ou então, DHL, por 25 euros...

copy-paste:

Retrait en magasins (0,00 Eur)
A lire absolument pour les retraits magasins
1- Aucun retrait sur le lieu de l'événement ne sera possible,

2- Les billets sont à retirer uniquement dans les magasins.
Pour connaître la liste des magasins, cliquez sur le lien Retrait Magasins,

3- Il vous sera demandé dans le magasin de :
- Présenter la carte bancaire ayant servi au paiement
- Présenter une pièce d'identité,

4- Le paiement par e-card n'est pas autorisé en retrait magasin,

5- En cas de non retrait des billets, ils ne seront pas remboursés,



DHL Express (Frais : 25.00 Eur)
Vos billets vous seront envoyés par le service DHL Express. Pour toute commande passée avant 15h00, vous la recevez sous 24 à 48h. Les commandes du samedi sont livrées le mardi ou le mercredi.

Beto
BetoPermalinkResponder

Então não estou maluco. É isso mesmo. Não há opção em PDF para imprimir aqui. Grande Riq. Desculpe a mão de obra. A irmã da Teté (Janica) tá aqui mandando um beijão na tua careca. Aproveitando, eu também.

Alba Oliveira Dupin

Nao da mesmo pra ir as praias do Caribe,pq p animar ir a praia aqui no Brasil depois e dificil.So penso em Caribe,e inimaginavel tudo aquilo la,q pena q Brasil nao tem nada parecido.....abracos Alba

arthur
arthurPermalinkResponder

Estou programando uma viagem de 8 dias no final de maio, para a praia da pipa, no seu site freires.com vc colocou que maio/junho é epoca de chuvas no local.
Vou ou não vou?
Caso afirmativo, gostaria de uma sugestao de hotel/pousada para casal, gosto de praias tranquilas e charmosas, como a praia do rosa em garopaba.

Abraços e parabens para o seu trabalho
Arthur

Sandra
SandraPermalinkResponder

Olá,

Pretendo fazer uma viagem de 30 dias pela Europa com alguns amigos, o roteiro já está mais ou menos definido (Espanha, Itália, França, Holanda, Bélgica e Hungria).
Trata-se de um pacote que inclui, aéreo, hospedagem e guia nas cidades.
Surgiu uma dúvida: qual é a opção menos arriscada para entrar na Europa? Madri ou Lisboa?
Sou marinheira de primeiríssima viagem. Passaporte zerado.
Por favor, preciso de dicas.
Socorro !!

Sandra

Ricardo Freire

Madri é o pior lugar. Mesmo que a sua excursão comece por lá, você pode chegar por vôo interno na Europa, fazendo a imigração no lugar onde você descer primeiro (seja Lisboa, Paris, Amsterdã, Zurique ou qualquer lugar).

Sandra
SandraPermalinkResponder

Obrigada. Mas gostaria de saber porque Madri é o pior lugar?

Sandra

Ricardo Freire

Porque é onde a imigração é mais dura e fazem retornar mais latino-americanos.

Sandra
SandraPermalinkResponder

Muitíssimo obrigada.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Olá!
Estou meio perdida e gostaria de orientação. Quero ir de Roma a Salzburg - Austria e de avião só encontro voos com escala e que duram de 7 a 11 hs!!! Alguem sabe como faço? Pra qual cidade perto de salzburgo posso descer e ir de onibus ou trem? Obrigada!

Ricardo Freire

Salzburg não é um aeroporto bem servido por vôos. Compre a passagem a Munique; fica a 1h30 de trem.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Ricardo, agradeço muito. Vou seguir sua orientação.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Nossa, os preços estão de matar, mais de R$1000,00 pelo trecho direto Roma-Munique em julho!!! Credo! Vou ter que encontrar outra alternativa, rsrs... Obrigada mesmo assim!

Ricardo Freire

Inclua esse trecho na sua passagem transatlântica. Um agente de viagem sabe como fazer.

Manddy
ManddyPermalinkResponder

Opaaa, vou aproveitar que tô no Rio e dar um pulo na Saraiva para ver se já chegou por essas bandas!!! =D
Já terei leitura para 15h de voos !! Obrigada, Ricardo, pois o voo parece que nunca tem fim... rs Tenho certeza que vou adorar cada palavra de seu livro.
Mais sucesso!
Bjs,
Manddy - http://tourdubaiguide.blogspot.com/

Flávia
FláviaPermalinkResponder

Obrigada Ricardo, vou fazer isso.

Bia
BiaPermalinkResponder

Olá, pessoal!

Estou nos preparativos para a 1ª viagem internacional. Li as dicas sobre malas no livro do Riq e gostaria de saber se alguém sabe onde eu poderia encontrar malas boas e com um bom preço em SP. Estou indo pra lá na próxima semana e pensei que talvez Sampa ofereça melhores opções. Aqui em Salvador, além de poucas lojas, achei os valores altos (entre 400,00 e 800,00 o tamanho M). Será que a média é essa mesmo?

Obrigada!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Para onde você irá? É mais vantagem viajar com uma mala antiga e/ou simples do que comprar no Brasil. Uma mala que aqui custa R$600,00 nos Estados Unidos custará no máximo R$200,00.
Aqui no Brasil os preços são superfaturados.

Bia
BiaPermalinkResponder

oi Gabriela!

Vou para Londres e Dublin. Vale a pena comprar lá então?

Obrigada!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Bia,
Não conheço muito bem a região, mas acredito que deva valer. Acho que até pagando em libras você irá conseguir melhores preços.
Comprei agora em Miami uma mala tamanho G, da Samsonite, 360, por U$100.00. Na Europa os preços costumam ser os mesmos dos Estados Unidos.

Ludmila
LudmilaPermalinkResponder

Olá, amigos da Bóia.
Sempre viajo de mochilão mas na última viagem estava sentindo uma invejinha daquelas pessoas puxando suas malas de rodinhas. Só nas partes com escadas nas estações de trem é que rolava uma vingancinha pois enquanto ia tranquila de mochila os donos das malinhas iam arrastando-nas aos trambolhões. Eis que depois de muito pesquisar encontrei uma mala de rodinhas que se transforma em mochila! Comprei aqui no Brasil mesmo, porque pelo que vi achei mais em conta, só ainda não viajei pra comprovar a eficácia da dita cuja!
Abração

renata borrego

Olá! Uso o site como meu guia diário de cabeceira e de vida, pois através dele consigo sempre adaptar minhas preferências para viajar com a "experiência da vida real". rsrsrs
Estou tentando achar o livro "100 dicas para viajar melhor" e não consigo através de nenhum dos links indicados.
Poderia me ajudar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! O e-book está à venda nas livrarias virtuais. Mas o texto está bastante desatualizado.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar