Amazonas por R$ 2.210 (sim, é em conta)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

iberoamazon

Esta é uma boa hora para viajar ao mais caro dos destinos brasileiros: a Amazônia.

A oportunidade aparece sobretudo pelo início dos vôos da Azul a Manaus (saindo de Campinas, dá para descolar ida e volta por R$ 700).

Dá para conjungar esta oferta com a promoção do navio Iberostar Gran Amazon, que está dando 25% de desconto para o segundo passageiro, em cabine dupla. O cruzeiro de 3 noites pelo rio Solimões está saindo R$ 1.650 para o primeiro passageiro e R$ 1.246 para o acompanhante, mais 69 reais de taxas.

Somando tudo e dividindo por dois, dá esses R$ 2.210,00. E como o navio funciona em sistema all-inclusive, só é preciso acrescentar a essa conta a taxa de embarque e o táxi até o porto.

Não, não é propriamente barato -- mas normalmente é bem mais caro.

(Se você tem a sorte de morar no Amazonas, pode aproveitar a tarifa que a Iberostar oferece para residentes: em abril, o cruzeiro de 3 noites pelo Solimões sai desde R$ 710 por pessoa em cabine dupla.)

A dica é da Dani G. -- que pode ser encontrada tanto viajando no De lá pra cá quanto cozinhando no Danilicious. Brigado, Dani!

88 comentários

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Estou a tempos namorando esse roteiro grin
Dani, coloca o link da noticia aqui , não encontrei googlando ..

Ricardo Freire

Sylvia, o telefone de reservas é (92) 2126.9900.

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Taí: esse talvez seja uma das únicas viagens de navio que eu tenho vontade de fazer (tudo bem, eu preferiria uma coisinha menor, bla bla bla mas... é pra colocar no to do list, sem dúvida!

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

E, abril e maio são as melhores épocas para ir ao Amazonas: o rio ainda tá cheio, e o calor ainda não tá de matar ! wink

Carla
CarlaPermalinkResponder

Fiquei aqui sonhando acordada... Tenho a semana do feriado de Tiradentes inteirinha de folga, e a passagem da Azul partindo do Rio sai, com as taxas, a R$ 653. Se não fosse o prazo pra terminar a tese me assombrando, era exatamente pra lá que eu iria!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Gente, vou dis-concordar. grin
Acho R$2210 para 3 dias uma for-tu-na!
Por que essa tarifa especial só para os residentes se quem gasta mais é justamente quem tem que pegar avião para chegar lá?
Isso é um desaforo!!! Hunf.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Mô, eu concordo com você que é caro... Mas é que está menos caro do que costuma ser... Agora, eu também acho que gastar tudo isso pra ir até lá e só ficar 3 dias não tem nada a ver - acho que seria interessante no mínimo emendar a semana! wink

Fabio
FabioPermalinkResponder

Riq, a Gol e Tam em resposta a Azul, estão ofertando Campinas - Manaus - Campinas por R$392,00 com taxas, estou pensando em deixar comprado para subir pra lá no carnaval, mas é epoca de chuva no Norte ne?
A pergunta? As chuvas são temporais ou é chuva o tempo todo?
Você sabe?

Abraçoss

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Fábio, os meses que mais chovem são dezembro e janeiro. Daquelas chuvas fortíssimas (torós amazônicos) e pode ficar chuvendo o dia inteiro. Mas, fevereiro e março é loteria. Não lembro de ter passado carnaval na chuva, mas posso dizer que são mais temporais do que chuvinha constante... vai da sorte wink

Fabio
FabioPermalinkResponder

Legal, Dani!
Você sabe das programações de Carnaval na região?
Desfile de escola, boi bumba?
O que poderia fazer nesses 4 dias? Alguma sugestão de rota?

Obrigado!

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

No sábado é o Desfile das Escolas de Samba (not bad at all!) e segunda e terça tem Carnaboi. Ambos no Sambodromo. Há tb mil bailes de carnaval, como o Baile do Havaí do Tropical Hotel que é sempre lotadoo. Além de blocos de rua, bandas, etc.

Manaus no carnaval é MUITO animado. Mas, não sei como um turista vê essa animação, pq pra MIM era animado por ir às festas com os amigos. wink

Se forem só quatro dias, além das festas dá pra fazer um dia de passeio de barco pra ver encontro das águas e trilhas (fontur, amazon explorers, selvatur). Depois visitar Teatro Amazonas, Largo de São Sebastião, Mercado Municipal, ir até a praia da Ponta Negra ver o por do sol e tomar sorvete de mousse de cupuaçu da Glacial. Obrigatorio tomar café regional (na Joelza, Tapiri, Padaria Eliza, Padaria Pãozinho), ir até o restaurante Açai & Cia tomar tacacá e açai. Pegar uma "voadeira-taxi" (canoa motorizada) atrás do Tropical na marina do Davi e ir até a Praia da Lua comer peixe frito...

Tanta coisa smile

Fabio
FabioPermalinkResponder

Uebaaa!!!

Dani, vou começar tin tim por tin essas suas dicas, está bem?

Gostaria muito de ir a Presidente Figueiredo atrás das cachoeiras e no Arquipelago de Anavilhanas.

Recomenda?

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Carnaval ? PF ? Anavilhanas em 4 dias ? Pela geografia do Amazonas eu pergunto, vc vai de helicoptero ou jatinho ? grin

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Concordo com a Mô.Acho que esse programa é pra quem é rico,solteiro e sem pensão,sem filhos e no final de vida com mais de 60/65 anos.Me desculpe.Passagens fora da realidade da maioria do povo brasileiro.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Esse teu comentario me deu uma grande pergunta/curiosidade:

Pq o brasileiro economiza pra conhecer as Zoropas e os Isteites, e acha que conhecer o Brasil com CONFORTO é caro ? Pq gastar 3000-5000€ pra conhecer a Europa ficando em hotéis mais ou menos é aceitável, e gastar 2000 reais pra conhecer o BRASIL é caro ?

Vejam bem, eu nao acho turismo no Brasil barato, mas eu nao entendo a PRIORIDADE que dao na hora da escolha... é mais chique dizer que foi a NYC do que até Manaus ou Alter do Chão, por exemplo ?

O que é mais importante ? Conhecer os valores da sua terra, ou enaltecer as belezas do vizinho ?

Isso, não é direto pro Julio, é de maneira geral.

Qual é a parada ?

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Respondi no twitter e vai aqui de novo .
O que passa , no meu entender , é que quando optamos por sair do país , levamos em consideração variáveis que são comentadas por muitos , quais sejam :
* aproveita enquanto és jovem, não tens compromisso , nem filhos, nem preocupações e vai conhecer o mundo *
* agora é a hora : tens 3 meses de ferias ( ou 30 dias ) e não te importas de dormir num albergue *
* vai meu filho , não tens prestação pra pagar ..e o Brasil vai continuar aqui *
*agora ou nunca com estes preços bons de passagem *

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Sylvia, pela primeira vez discordando (olha lá!): pra mim isso tudo parece desculpa de quem acha que o "quintal do vizinho é mais verdinho".

Da mesma forma que o Brasil continua "aqui", a Europa, Caribe e USA contnuarão "lá".

O enriquecimento cultural de quem passa 30 dias mochilando na Europa é maior do quem fica 30 duas mochilando no nordeste, por exemplo ?

Os preços bons tb estao válidos para o Brasil.

É tão supreendente viajar pelo interior brasileiro, conversar com o povo, descobrir outro paladares, ver a produçao artistica do seu proprio povo. Acho fantastico.

Mas, conhecer a cultura de um país estranho antes de conhecer o seu próprio é o que não entendo. Pq ir antes pra Paris do que ir até Salvador, Manaus, Porto Alegre ?

Não sou ufanista e nem estou saudosista, mas antes de meter a cara no que chamam de "mundo" eu visitei o Brasil. E, aqui no chamado "mundo" posso conversar com X,Y z Z dizendo que no sul é assim e no nordeste é assado. Acho a coisa mais triste é alguém te perguntar peculiaridades do seu proprio país e vc nao ser informado, e ao mesmo tempo sabe decorado todos os pontos turisticos de Paris...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Tens razão Dani !!
MÂÂssss , veja bem , é complicado dissociar das vivencias pessoais né ? Euzinha , pelas razões e conjunturas mais diversas , fui abanar as tranças pelo nosso país muito depois de sarocatear por outras bandas.
E creio, sinceramente , que a ordem não alterou o resultado , nem a fissura : o meu credo é viajar.
Viajar pra onde der vontade , com o tempo que eu tiver,do jeito que eu puder , eu quero viajar , sempre!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Desculpa, Dani, mas não concordo com você de jeito nenhum.
A começar que gostoso é ir para aonde temos vontade e não para aonde acham que deveríamos ir.
No caso, eu sinceramente prefiro gastar isso e passar 1 semana em qualquer capital da AS a navegar pelo Amazonas. Não porque é mais feio ou bonito ou no interior, mas porque eu prefiro um passeio urbano. E não vejo nenhum mal nisso.
Segundo porque o dia que eu puder gastar 5 mil euros para ir à Europa, eu transformaria isso em várias viagens e jamais em uma só.
Terceiro, eu acho caro sim. Como acho absurdo o preço da ponte aérea, como acho um assalto eu pagar 900 reais pra ir de SP a Londrina, como acho outros tantos absurdos nos preços para viajar dentro do Brasil.
E completando, eu conheço bem o Brasil. Tive a sorte de ter um trabalho que me permitiu viajar por todo canto por aqui e escolher aonde voltar somente para passear. Manaus e Belém são duas cidades que adoro e que já voltei algumas vezes.
Agora, é o mesmo que dizer que terei que ir para a Costa lá do Nordeste sendo que de-tes-to praia. Não vou de jeito nenhum, nem pagando e nem ganhando.
O que há de errado nisso?

Carla2
Carla2PermalinkResponder

DaniG, concordo integralmente com o que você disse, mas acho que as escolhas de viagem do brasileiro estão muito ligadas a aspectos culturais e afetivos.

No aspecto cultural, desde que éramos colônia, os filhos dos abastados iam estudar na Europa. Os bens de consumo, que só começaram a ser produzido aqui depois da vinda de D. João VI, vinham da Europa: os melhores tecidos, as louças, as ferramentas, absolutamente tudo. E depois de D.João VI, os produtos europeus continuaram a ser os melhores. Não nos esqueçamos que até 15 anos atrás, as novidades não chegavam no Brasil. Trazia quem ia p/fora. E como seres consumistas, essa motivação continua até hoje, já que temos as novidades mas por preços exorbitantes. Ou seja, na nossa cabeça, é na Europa (e recentemente EUA) que estão as melhores coisas: bens de consumo, educação, cultura.

No aspecto afetivo, é difícil encontrar um cidadão do Sul/Sudeste que não tenha uma ligação familiar com a Europa. Então a gente vai para a Europa para ver onde o pai/mãe/avós nasceram, como é aquela cidade/vila daquelas histórias da infância, ou seja, vamos para nos reconhecer, nos encontrar com um lado nosso que está do outro lado do Atlântico. E muitas vezes isso não se limita a 1 ou 2 países de interesse, claro, pois tem as histórias de família, as histórias da família dos amigos (portugueses, espanhóis, italianos, franceses, alemães, japoneses, coreanos, chineses, etc. etc...)

Confesso que nunca fui à Amazônia. Mas morro de vontade. Incrível mas nunca tive a oportunidade. Acabo gastando meu dimdim na Europa, onde sempre tem a casa de alguém para ficar, alguém para visitar e aí parece mesmo que é mais barato que ir para Manaus...

Feliz é o Gabs, que vai ter essa forte ligação tanto com a Amazônia quanto com a Europa... smile

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Julio, eu vou aonde tenho vontade e aonde cabe no meu bolso.
Há lugares que não piso nem que me paguem, porque simplesmente não tenho vontade no momento, não combina comigo.
Hoje consigo viajar pra fora, teve época que não dava nem para ir no bairro vizinho.
Como não sabemos jamais o dia de amanhã, no momento eu curto mais ir para aonde sempre tive vontade e não podia.
Isso vale para qualquer pessoa,imagino, e para qualquer lugar.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

"Como não sabemos jamais o dia de amanhã, no momento eu curto mais ir para aonde sempre tive vontade e não podia."
By Mô
lol
lol

Fabio
FabioPermalinkResponder

Julio... agora ta mais facil, postei que ja eh possivel comprar ida e volta partindo de Campinas pra Manuas por menos de R$400,00.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Boa notícia ,Fábio.Vou procurar.Tá nas prioridades da família e de alguns amigos..Obrtigado

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

A DaniG, fica botando água na boca dos cariocas.Vou me endividar .Aqui são 4 passagens e tudo.Mas que eu vou , vou.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Comandante , peça pra DaniG dar umas dicas boas ,bonitas e baratas.Julho será uma época legal????

Ricardo Freire

Julio, postei outro dia sobre isso. Não há milagres.

Amazônia baratinha = milhas até Manaus, gaiola a Santarém e Belém, milhas de volta para casa.

Mas assino completamente embaixo do que a Dani G. escreveu...

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Com a Azul tudo é mais fácil.

Fabio
FabioPermalinkResponder

Julio, a Azul baixa o preço, a Gol e Tam baixam mais ainda, mas como estamos presos ao Smiles e Fidelidade, eu acabo optando pela Gol =D

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Eu tenho uma amiga que cada vez que vê eu passar o verão no Nordeste (e me orgulho horrores em saber que o Riq fala que eu conheço praia pra caramba) fala pra mim: Flavia, mas com esse dinheiro vc podia passar sei-lá-quanto-tempo esquiando sei-lá-onde. E eu respondo: é verdade, mas eu não gosto de frio.
Acho que tem 2 fatores aí: a) preferência por um ou outro lugar; b)o conceito do que é viajar para vc.
Eu sou muito mais um cruzeiro na Amazônia do que ir pra BAires por exemplo (podem me matar, mas é verdade). E acho importante conhecer o nosso país até para conseguirmos saber quem nós somos, ou o que nos torna brasileiros; mas é um conceito meu.
Como a Sylvia, acho que não importa o que se vê antes ou depois; mas como a DaniG, acho sim que as pessoas dão mais valor para o exterior do que para o Brasil - e eu até poderia dizer que isso advém de termos sido colônia, bla bla bla, mas os EUA por exemplo não são assim - americano conhece normalmente os EUA antes de ir para a França ou para o Caribe.
Tô dando uma bica sim, mas sem dizer o que é melhor ou pior (não é isso em absoluto), acho que essa preferência pelos roteiros ao exterior tem um pouco a ver com a nossa baixa auto-estima sim. Que, paradoxalmente, só vai melhorar quando nos conhecermos. E para nos conhecermos...temos que viajar aqui dentro...
Falei muito né?

beijos

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Eu só tenho certeza absoluta de uma coisa : o povo daqui do blog precisa urgentissimo de um link pro *confessionário vnv* :cool: Como é que a gente vai achar eses depoimentos depois , no post do amazonas ? lol
PS- Flavinha , posso discordar só um pouquinho ? Para nos conhecermos, não precisa viajar não, só é preciso olhar críticamente para o nosso umbigo e prestar atenção nos outros ( causa-efeito) - desculpaê Calligaris , se tou falando besteira , mas ainda não fui pro divâ .. eekops:

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

É verdade mesmo Sylvia! Mas o Brasil é um país grande; só conhecendo os diversos brasileiros que existem (a tal de causa-efeito) é que vamos ter uma ideia de quem somos como nação.
Mas foi o que eu disse: eu acho isso importante - mas não sou melhor do que ninguém, e acho que não há problema algum em não querer conhecer; é a minha ordem de valores, que não necessariamente é a dos outros! smile

Fabio
FabioPermalinkResponder

Gente, que discussão boa! =D

Eu admimito que eu jamais tive vontade de conhecer Manaus, assim como continuando achando Machu Picchu um amontoado de pedras que por hora não tenho vontade de conhecer. É errado? Eu acho que não... O ser humano vive de momentos...fases... há épocas para irem pra Paris, BsAs e Índia, por que não, no momento acho a Índia uma zonaaaa, mas um dia posso achar beleza naquilo.
Viajar não é cronologia, matemática, é apenas se deixar levar pelo coração.

Fabio
FabioPermalinkResponder

Dani, então estou pensando no seguinte, curtir apenas uma noite do carnaval, até porque eu não sou muito afim de festa rs
Voce acha que não daria para fazer este passeio com alguma operadora local?

Ricardo Freire

Fabio, se você arranjar um hotel em algum destino desejável no Brasil que queira vender apenas uma noite durante o pacote de Carnaval, volte aqui para contar...

Você está planejando uma viagem low-cost para um destino caro, no segundo período mais caro do ano. Não tem jeito de dar certo.

Fabio
FabioPermalinkResponder

Riq, a idéia seria fechar o pacote em um hotel nos 4 dias do carnaval, e ficando em Manaus, realizar os passeios.
Vou caçar alguma coisa com bom preço, e se encontrar (o que você já adiantou, será difici) eu volto para contar.

Valeuu =D

Ricardo Freire

Então, querido: se é para fazer isso, a receitinha da Dani tá lá em cima, com o nome das agências de receptivo e tudo: Fontour, Amazon Explorers, Selvatur.

Só tenha em mente que não é muito ajuizado comprar passagem baratinha para o Carnaval antes de saber se o preço dos pacotes dos hotéis não vai acabar com essa economia.

Faz muito mais sentido aproveitar esses condições para ir em outra época e com mais dias.

Fabio
FabioPermalinkResponder

Obrigadão Riq!!!
A promoção na Gol vai até a próxima quinta, até lá vou pesquisando sobre a hospedagem.

=D

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Zoropas e os Isteites eu acho que estou fora.Passei da época.Tentei um negócio maluco na Ásia mas meu preparo e condições fisicas me proibiram.Quero Amazonas, Pará, Maranhão e Piauí e o culpado foi o nosso comandante com aquela viagem no ano passado.Então eu renovo meu pedido, pro comandante liberar a DANI G PARA DAR AQUELAS DICAS.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Machu Picchu só não vou por causa da altitude.Se não já era.É só entrar no site da Carla IV.Qqr coisa.Mas o meu coração não aguenta.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Concordo com a Mô e Sylvia.Mas agora comigo só Brasil .No máximo Portugal por causa do relato da Mô.

Ricardo Freire

Júlio, a Dani já deu a receitinha neste post mesmo, um pouco mais acima. Você que não leu. São dicas preciosas para curtir Manaus e passear aos arredores.

https://www.viajenaviagem.com/2009/03/amazonas-por-r-2210-sim-e-em-conta/comment-page-1/#comment-34579

A Dani também já tinha compartilhado suas dicas sobre Manaus neste post aqui, no Viaje Aqui:
http://viajeaqui.abril.com.br/blog/63398_comentarios.shtml?1311328

Há duas coisas caras na Amazônia: as passagens e os hotéis de selva.

As passagens estão momentaneamente baratas. Os hotéis de selva nunca serão baratos, por definição. A opção é fazer passeios a partir de Manaus ou pegar um gaiola e descer o Amazonas até o Pará. Eu não estava brincando.

Dos hotéis de selva, um dos mais em conta é o Acajatuba Lodge. http://www.acajatuba.com.br/ O site não dá os preços. Mas a Dani já tinha dado a dica, em outro post. https://www.viajenaviagem.com/2009/04/tai-gostei-pacotinho-vip-pra-amazonia/comment-page-1/#comment-34020.

Você que não leu.

Ana Claudia F.

Riq, eu estava combinando justamente ontem com maridão (depois do jogo da selexotan) em fazer essa viagem, de Manaus pra Belém numa gaiola, ou vice-versa, não sei o que é melhor, mas não achei mais informação por aqui além desse seu comentário. Você, ou algum outro trip, já fez essa viagem? os barcos têm camarote (pq dormir rede não dá mais, né wink )? pelo que li julho parece ser um bom período, sem muita chuva. A ideia não é ficar em hotel na mata, queria mesmo era fazer a viagem pelo rio...

Ricardo Freire

Eu não fiz, não me lembro de nenhum trip ter feito. Sei que há camarotes, sim. Acredito que não dê pra comprar pela internet não...

Aline
AlinePermalinkResponder

A viagem Belém-Mao é mais demorada que a Mao-Belém, por causa do rio (na descida todo santo ajuda), por isso escolher o trecho antes vai fazer diferença sim. Alguns barcos tem camarote sim, alguns tem ar-condicionado. A comida do barco nem sempre é segura, por isso é melhor levar algum tipo de alimento, os banheiros tb nem sempre são legais. É o tipo de viagem q tem que ir sabendo que o barco para ir de mao-bel é utilizado apenas pelas pessoas mais humildes, se for o seu tipo de viagem pode se divertir bastante.

Comprar pela net, acho pouco provável.

Mas para quem quer conforto, é melhor pegar um avião até mao e por aqui procurar passeios de barcos, tem desde o mais simples até o Ibero-Star que é um barco-hotel maravilhoso.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Caramba , não vi nada disso.Vou ver .Grato.Mas tb n sei se vai dar $$$$$$$$.Obrigado.

Debora
DeboraPermalinkResponder

Promoção imperdívil da Pisa Trekking. Comprei a passagem com milhas e a parte terreste no Ariau Towers (o hotel que fica na copa das arvores na floresta amazonica) com 3 diárias, pensão completa, passeios e transfer aeroporto/hotel/aeroporto ficou por incríveis R$ 486,00. O único porém é que só vale para a saída de 22 de maio.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Débora, você quer dizer 5x486,00, né?

Fábio G.
Fábio G.PermalinkResponder

Riq, a conta agora está um tiquinho menor.
A Azul esta vendendo Campinas - Manaus - Campinas por R$398,00 para viagens apartir de agosto.
Vou emitir a minha agora.
Lembra aquela minha viagem pra Galinhos, vou adiar para outubro, esperar as chuvas passarem de vez e poder incluir Pipa no caminho e pegar aquele marzão da smile

Fábio G.
Fábio G.PermalinkResponder

...da cor azul.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Comprei 3 passagens para Manaus com milhas (4.000/trecho)no feriado de 7/9, gostaria de dicas de hoteis e passeios, haja á vista serem poucos dias.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Vou ficar hospedada no Tropical, vale a pena alugar carro em Manaus e para fazer passeio a Presidente Figueiredo?

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Oi, Sônia. Qtas pessoas são ? Dependendo disso, acho que alugar carro sai mais barato. E, vc não fica presa a um grupo. De Manaus até Presidente Figueiredo são 107km (contando a partir da barreira da polícia rodoviária). A estrada é boa, porem não tem acostamento, então TODO CUIDADO é pouco ! Minha dica é: sair cedo do hotel e tomar café regional na estrada (o da Joelza é muito bom). Em Figueiredo visitar as Cachoeiras de Santuário (minha favorita), de Iracema e a da Porteira. Pra almoçar procure um dos restaurantes na corredeira de Urubuí, bem no centro da cidade. Se alguma agência oferecer exatamente isso que escrevi, é pq o passeio é bom.

Se vc pretende visitar tb Manaus, é bom ver se o Tropical ainda oferece um shuttle até o centro. Eles costumavam oferecer. Táxi do Tropical pra qq parte da cidade é caro. Há ônibus na porta do hotel, eu até pegaria, mas com precauções. DO hotel até a cidade o ônibus é tranquilo, mas da cidade até o hotel é complicado, pois costumam ser cheios.

Pra alugar carro depende do que vc quer ver e qto tempo vc tem disponível.

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Sonia, acho que depende das suas intenções com o carro! Mas o Tropical fica, sim, afastado das atrações da cidade. Mas se for só pra ir a PResidente Figueiredo, há agëncias que fazem o passeio de um dia pra lá. Eu fiz o passeio dos rios pela Amazon Explorers e lá tem para as cachoeiras de PResidente Figueiredo. O site é http://www.amazonexplorers.com.br/excursoes.php

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Obrigada pessoal,como sou só eu e meu marido vou dar uma pesquisada na agências e ver o q vale mais a pena.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Sonia, dentro do Tropical a agência que opera (que indico muito!) é a Fontur. http://www.fontur.com.br/

André L.
André L.PermalinkResponder

Ainda mantenho a opinião de que o carro vai te dar mais flexibilidade, e a distância é perfeita para um bate-volta rodoviário sem depender de guias e ônibus com outraas pessoas.

roberto bitelman

Olá, alguém tem dicas de restaurantes em Manaus???

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Os melhores restaurantes de Manaus pra comidas regionais: Banzeiro e Choupana.

A Veja Manaus tem uma lista atualizada e q realmente é muito boa: http://vejabrasil.abril.com.br/manaus

roberto bitelman

Dani, muito obrigado pelas dicas!

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Dani, o passeio para Presidente Figueiredo pelas agências sai a R$ 160,00 P/ PESSOA, achei caro para 3 pessoas, talvez a vantagem seja alugar um carro mesmo.Algum cuidado especial ou atrativo a mais que dê para ver no mesmo passeio?
No caso do passeio ao encontro das aguas o valor é de R$ 125,00 P/ PESSOA, há alguma alternativa, para baratear o passeio?
Anavilhanas vale a pena conhecer nesta época do ano?

Ricardo Freire

Minha recomendação para o encontro das águas é: faça no barco mais alto que houver. Eu fiz de lancha, um passeio privado, e quase não vi a linha divisória dos rios. Esse deve ser um dos poucos passeios que de barco grandão é melhor do que de barco pequeno.

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com

Riq,, acho que pode depender da epoca. Eu fiz de lancha em julho e parecia que tinham traçado uma linha com régua no rio. Lindo e impressionante.

Maryanne hotelcaliforniablog.wordpress.com

Oops, nao tinha lido o comentario abaixo. Estava sol no dia que eu fui.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Amelia,
Estive semana passada em Manaus e seguindo as recomendações dos trips aluguei um carro na Locaralpha por R$ 92,40 para fazer o passeio a Pres.Figueiredo, reservei pela internet e se vc combinar com antecedência eles levam o carro no hotel, no meu caso o Tropical, por R$ 30,00. Visitei a cachoeira do Santuário e a da Iracema´. Acho q eles só funcionam de 2ª a Domingo é bom verificar. A estrada está em obras mas em boas condições como fui sexta-feira o trafego estava bem reduzido. Para ir no encontro das águas, cfe o Ric falou é bom ir num barco alto mesmo pq não sei se por causa da época ou por causa das queimadas q fazem com q o sol não apareça, o q vemos não é o q aparece nas fotos.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Sonia, obrigada pela resposta, teria mais alguma dica?

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Amelia,

Não é de 2ª a domingo e sim de 6ª a domingo. O teatro Amazonas é lindo realmente e tem programação todas as noites.

Sonia Granato
Sonia GranatoPermalinkResponder

Amelia,

Dá uma olhada no site da revista Viagem e Turismo deste mês, tem uma reportagem muito boa sobre Manaus.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Valeu!!Vou ver lá no site!

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Amélia, Anavilhanas nessa época de seca não é uma boa. O forte mesmo é durante a época da chuva, qdo dá p ir nos igapós.

Pra ver o encontro das águas o melhor é mesmo ir num dos passeios, principalmente pq o Rio tá seco agora. Qdo o rio tá cheio é possível ver mesmo em terra firre (em frente ao Porto do Ceasa). Mas nessa época tem que ser em barco mesmo.

Aline Pontes
Aline PontesPermalinkResponder

Olá Amélia,

Barco Grande para o encontro das águas é o melhor jeito mesmo.

Qnt à Anavilhanas, ouso discordar da Dani G., e acredito que cada época tem seu charme/vantagem. E se vc não vai voltar para Manaus na próxima cheia (ou em nenhuma outra), eu iria conhecer Anavilhanas, mesmo na seca, sem dúvidas!

Hugo Deleon
Hugo DeleonPermalinkResponder

Eu sou de Santarém-Pará e li o post e gostaria de compartilhar e se possivel tirar algumas duvidas de vcs sobre a Amazonia.
Qdo vcs perguntam em ir de Manaus a Belem de barco é sim uma grande experiencia. Mas confesso q nao é la tao empolgante. Sao mais ou menos 5 dias de viagem, no 2° dia vc ja fica enjoado de nao ter mais o q fazer dentro do barco. É melhor ir de Manaus a Belem do q o contrario, pois vai contra a força do rio amazonas e a viagens se extende ate uns 7dias. A dica q eu faço é a seguinte, a maioria dos barcos q fazem a linha param aqui em Santarém, de Manaus pra cá é um dia de viagem, vc vem conhece Santarém e a praia de Alter do chão e segue num voo da Gol ou Tam ate Belem, 1h de voo apenas, de lá se ainda sobrar tempo na sua viagem ir ate a ilha do Marajó. Da pra ter uma noçao boa de Amazonia.
A melhor epoca pra conhecer a regiao vai depender do tipo de viagem q procura. Tipo, aqui em Santarem temos praia de rio, Alter do chao, como citei, dos meses de julho ate outubro é qdo o rio Tapajos desce e aparecem as praias, há pouca chuva nessa epoca, e a temperatura fica perto dos 35°. Ja se vc vem para pescaria, a melhor epoca tbm é agora. Se vc vai pra conhecer os hoteis de selva de manaus, é melhor ir na epoca de chuva, pois os rios estao mto cheios e fica mto bonito, e o clima mais agradavel, pois chove quase todo o dia, essa epoca é de janeiro ate junho.
Nao da pra conhecer a amazonia em apenas um fim de semana. Se vc dispoe de apenas esse tempo de viagem, procure escolher uma cidade especifica da amazonia pra conhecer, Belém, Santarém, Manaus... enfim a amazonia é gigantesca, tomar um açaí em Belém, mergulhar nas praias do Tapajós em Santarém e se hospedar num hotel de selva la em Manaus é um sonho pra qualquer um! rsrsrs
Abraços a todos e qualquer duvida estou a disposiçao.
hugodeleon.med@gmail.com

Ricardo Freire

Muito obrigado, Hugo! Vem cá, você nunca jogou no Grêmio não, né? mrgreen Vou transformar o seu comentário em post, pode ser?

Hugo Deleon
Hugo DeleonPermalinkResponder

Hahaha. Meu pai era fanatico por futebol. Na epoca em q nasci em 1983 o "Hugo de Léon" estava no auge da fama, mas confesso q sou pessimo em futebol, só torço pelo Brasil mesmo. Hehehe
Ricardo, se vc preferir e com mais sugestoes(de duvidas) dos leitores posso melhorar o texto com mais informaçoes da região, acho q a visao de quem mora aqui fica mais facil esclarecer as duvidas de quem quer vir conhecer.
Abraços.

Ricardo Freire

Hugo, o texto já um post objetivaço muito bacana. Se quiser incrementar, pode botar aqui ou me mandar pra xongas arroba gmail ponto com.

Rapaz, eu não sabia que a praia do Tapajós aparecia tão cedo! Pensei que fosse só em setembro!

Hugo Deleon
Hugo DeleonPermalinkResponder

Entao fica aquele post mesmo, só faltou melhorar a digitaçao de internet e colocar uma mais oficial sem os vicios da net...heheh
Me sinto honrado em ter um post aqui, um blog visto por milhares de pessoas. Uma grande honra! O q eu puder fazer para contribuir, estarei a disposiçao. As duvidas q vierem surgindo eu poderei ajudar na resposta nos comentarios.
Vc sabe q aqui no norte nós so temos 2 estaçoes do ano, uma com mta chuva e outra com pouca, inverno com 10° isso nao existe. Dizemos aqui q sao 6 meses de chuva e 6 meses de calor,qdo é o nosso verao (e o inverno ai para vcs). As praias do tapajos começam a aparecer no final de julho, mas é em setembro a melhor epoca, o rio nao fica nem tao cheio e nem tao vazio.
Nao sou agente de turismo e nem trabalho na area, sou estudante de medicina e no momento estou estudando e morando em Manaus, e adoro como todos aqui viajar! Bom e barato de preferencia! heheh
Grande abraço Ricardo!

Hugo Deleon
Hugo DeleonPermalinkResponder

Desculpe Ricardo Freire, coloquei o meu email no post, mas nao sabia se era permitido. Fique a disposiçao para editar o meu texto se for conveniente.
Grande abraço.

Michelle
MichellePermalinkResponder

Pessoal, fiz uma viagem pra Amazonia recentemente (Agosto) e posso dizer que a época é de seca, mas mesmo assim deu para visitar igapós (floresta alagada), e ainda curtir praias de rio. As Anavilhanas são muito bonitas. Fiz esse passeio de barco, chamado Amazon Clipper Premium (tb há a versão não Premium, q é um pouco mais barata). Foram 4 dias de navegação em um barco charmosíssimo (bem menor que o Iberostar). Adorei! Vejam maiores detalhes no relato que postei sobre a viagem no meu blog: http://impressoes-de-viagens.blogspot.com/search/label/Amazonia

Wander
WanderPermalinkResponder

Estive em Manaus agora em inicio de dezembro e fiz o cruzeiro com o Iberostar pelo rio Negro (4 noites/5 dias). Fui a Manaus com milhas da TAM e fiquei 2 noites no Hotel Park Suites que agora é da rede Atlantica Hoteis. Alguns comentários sobre a viaje :
1)aeroporto de Manaus : pequeno, 1 unica esteira de bagagem, check in e sala de embarque pequenos, muita aglomeração. Não sei como vai ser na Copa.
2) taxi do aeroporto ao hotel em Ponta Negra : tabelado : 50,00 reais.Taxi do hotel ao centro e do centro ao hotel em Ponta Negra e do hotel ao porto de Manaus e do porto ao aeroporo também com preço tabelado : 50,00 reais.
3) Hotel Park Suites : bom, quartos confortáveis, linda vista do Rio Negro e do bairro de Ponta Negra.Internet gratis. Linda piscina com borda infinita sobre o Rio Negro.Refeições muito cara. Fica um pouco isolado, perto do Hotel Tropical, sair só de taxi.
3) Ponta Negra : bairro chic de Manaus,turistico,mas a orla ainda esta em reforma.
4)Passeios em Manaus : Teatro Amazonas (lindo e histórico)bem conservado. Foi o unico ponto turistico que achei interessante na cidade. Porto de Manaus : feio, pequeno, pouco confortável, mas não comprometeu o embarque. Mercado Municipal esta fechado em obras. Obs. city tour : 95,00 reais por pessoa em agência. Dispensei e fui de taxi até o Teatro Amazonas e depois andei a pé pelo centro e vi o que ia ser visto no meu ritmo. Era um sabado e o centro estava lotado com muita gente nas compras. O centro tem ruas estreitas e peguei congestionamento na volta pro hotel. Tem que ser revitalizado urgentemente pra fazer bonito na Copa.
4) O cruzeiro foi fantástico,o navio é excelente,cabines muito confortáveis, e tudo all inclusive. Boa comida. Não sou de muito beber mas os drinques e bebidas e o vinho estavam bons. Partimos com 16 passageiros, isto mesmo 16 passageiros num navio com 75 cabines, mas tudo funcionou adequadamente, nada foi concelado.Mordomia total para 16 sortudos. Passeios e guias excelentes : caminhada na selva, visita a uma aldeia indigena, focagem noturna do jacaré,encontro das aguas e o que eu mais gostei a visita aos botos cor de rosa. Trips, recomendo este programa prá quem quer ter uma experiência no Amazonas. Abraços.

João Lopes
João LopesPermalinkResponder

Estive na Amazônia na semana passada e peguei algumas dicas aqui do blog. Fiz tanto o cruzeiro do Iberostar como um passeio por um hotel de selva e por uma pousadinha de Presidente Figueiredo. O cruzeiro é bem luxuoso, mas não dá pra vivenciar a Amazônia profundamente como fiz durante a minha estadia no Juma Lodge, um hotelzinho muito charmoso que fica a umas 3 horas de Manaus. O que mais me impressionou foi a construção do hotel, todo feito sobre palafitas. Fiquei em um banbalô muito privativo e cercado por árvores dos dois lados, o que me fez sentir bem mais integrado à floresta do que na minha estadia no Iberostar. Os passeios também são mais personalizados, com poucas pessoas no barco, o que torna a experiência mais interessante, mesmo! Já a pousadinha em Presidente Figueiredo (Pousada das Pedras) é mais simples, mas suficientemente aconchegante para uma boa estadia e, provavelmente, a melhor opção da cidade.
Na volta de Presidente Figueiredo fiquei uma noite em Manaus, no hotel St. Paul. O hotel é simples, mas muito bem localizado, pertinho do Teatro Amazonas!

Juliana Tkatch

Pessoal, estou indo para Manuas na Páscoa e com as dicas de vocês já estou fazendo o levantamento dos gastos...
A opção do Iberostar me pareceu ótima, mas um pouco salgada. Vale realmente a pena pelos passeios ou só se paga pelo luxo?
Olhei alguns hoteis e estou pensando no Century Apart ou no Hotel do Largo, alguem conhece?
Alguma dica de hospedagem boa e com um preço justo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Sua pergunta foi para o Perguntódromo. Mas você pode garimpar várias sugestões de hospedagem olhando as caixas de comentários dos posts sobre a Amazônia:

https://www.viajenaviagem.com/category/amazonas/

Annabelle Machado

Juliana, moro em Manaus e acho que posso te ajudar. Conheço pessoas que já fizeram o passeio da Iberostar e gostaram bastante, mas, é claro, é caro e ideal para quem quer descansar e desfrutar de certo luxo.
Se o objetivo de sua viagem é conhecer o máximo possível da cidade no feriadão, sugiro que você entre em contato com uma empresa local chamada Amazon Explorer ( http://www.amazonexplorers.com.br/excursoes.php ). Ela é bem conhecida na cidade, oferece vários passeios, e você pode inclusive aliar um dia para conhecer o encontro das águar e outro para conhecer as cachoeiras de Presidente Figueiredo, ou mesmo ver os botos na cidade de Novo Airão. Em outro dia você passeia pela cidade, visita o Teatro Amazonas, enfim... fica em Manaus, mesmo.
Quanto aos hotéis, você menciona dois com estilos totalmente diferentes. Explico: o Century Apart é mais voltado para o público executivo, como todos os outros localizados na Av. Djalma Batista (São Geraldo), no Adrianópolis ou no Distrito Industrial. Já o Hotel do Largo, assim como o Go Inn Manaus, são empreendimentos novos e localizado no centro da cidade, simples mas confortáveis, bem próximos ao Teatro Amazonas e à parte histórica da cidade. Acho bem mais interessante, no seu caso, ficar nesse local, ou caso o orçamento esteja mais folgado, hospede-se no Hotel Tropical, na Ponta Negra, ponto de partida para passeios de barco.

Espero ter ajudado! Boa viagem!!!

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Eu já fui para o Iberostar e fiz os dois cruzeiros (Rio Negro e Rio Solimões) seguidos. É caro sim mas é fantástico, cômodo e não é programa de velho não: todo dia você tem a oportunidade de sair do navio entre 2 e 3 vezes. Em dois deles você sempre pode escolher entre passeios de lancha (para ver flora e fauna e fotografar, é 10) ou passeios em terra - você vai de lancha até o local e anda. Então tem para todos os gostos. Os tradicionais passeios da região, normalmente pagos individualmente (focar jacaré de noite, pescar piranhas, ver os botos rosa, encontro das águas, etc) estão todos inclusos.

Fazer apenas um dos dois cruzeiros é ver a metade da história: o Rio Negro é muito mais bonito, vazio, imenso e de outro planeta. No Rio Solimões vê-se muita casa, cidade, ribeirinhos, etc. - é mais movimentado, é o outro lado da moeda. Se vai conhecer, conheça logo ambos. Indico sim, fantástico.

Thiago

Bruno Mathias
Bruno MathiasPermalinkResponder

O Iberostar Grand Amazon pode ser caro, mas dá pra parcelar em várias vezes. Aqui no site oficial sempre tem uma promoção... http://www.iberostar.com.br/br/promocoes/

E o passeio é FANTÁSTICO!!!

Juliana Tkatch

Pessoal, estou em Manaus, e seguindo a dica da Annabelle, hospedada no Go Inn. Achei um preço super bacana perto se comparado com as outras opções e a localização é ótima. Conto mais sobre o hotel e sobre o passeio no meu blog... http://www.viajandocomsabor.blogspot.com Obrigada Annabelle!!!

Thalita Cáceres

O cruzeiro da Iberostar, como mencionaram, é um pouco caro sim, mas se for contabilizar todos os passeios que estão inclusos vale a pena, além de ser tudo incluído no navio, com comida e bebida de qualidade. As acomodações são super confortáveis, o navio tem uma decoração muito bonita e eu tabmém recomendo fazer os 2 cruzeiros (Negro e Solimões), mas se quiser fazer apenas um escolha o do Negro, que além de ser mais bucólico, tem mais fauna e flora, e é neste cruzeiro que fazem o passeio para ver os botos que é emocionante!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar