Resumo de viagem: Europa barata

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

vtabril

Pessoal, enquanto não organizo o relato completo dos 3 meses que passei na Europa ano passado, aí vai o relato resumido. Está chegando às bancas a edição de abril da Viagem & Turismo, em que eu dou o caminho das pedras para aproveitar 8 grandes cidades européias: Lisboa, Madri, Barcelona, Roma, Paris, Amsterdã, Berlim e Londres.

Ali estão os passes de museus que valem a pena, o melhor jeito de usar o transporte público, dicas para se dar bem à mesa, quais os melhores bate-voltas, como continuar a viagem a partir de cada lugar.

Tem também sempre umas três boas indicações de hotel até 100 euros.

Garanta o seu exemplar na banca ou, se preferir, consulte a versão online, que já está no ar aqui.

262 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Patsy
PatsyPermalink

Chegou ontem em casa, nem abri ainda, mas agora sabendo vou ler tudinhoooo.... grin

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Eu já comprei e vi a matéria. Tem fotos suas também, certo?

Júlia
JúliaPermalink

êba!
Que delícia, exatamente o que eu precisava um mês antes de embarcar para Europa!

Rogéria
RogériaPermalink

Ah, Riq, vc me colocando de novo no meu dilema anual: viajar ou juntar dinheiro pro apê? Ai, ai...

CarlaZ
CarlaZPermalink

Falou tudo!!!

Janine Barros
Janine BarrosPermalink

Olá, Ricardo (leio seus posts há tanto tempo que não sei se posso ter a liberdade de te chamar de Riq... rs)!
Primeiro queria dizer que as suas matérias sempre salvaram a minha vida (de viajante desinformada). Muito legal a sua dedicação em ajudar as pessoas...
Bom, estou precisando da sua ajuda no meu roteiro de 1 mês na Europa em junho/julho (primeira vez). Estou com ele basicamente pronto, aproveitando todas as suas dicas. Queria saber se você aprovaria.
Não sei se aqui é o melhor meio para mostrá-lo (eu ia pôr no seu antigo blog), mas lá vai...

12/06 – ROMA (chego 15:55) – sexta-feira;
13/06 – FLORENÇA (2 dias – dá para algum bate-volta?!) - sábado;
15/06 - VENEZA (2 dias) - segunda-feira;
17/06 - PRAGA (3 dias) - quarta-feira;
20/06 - CESK KRUMLOV (2 dias) – sexta-feira;
21/06 – HEILDEBERG (durmo 2 dias – visitar um amigo) - sábado;
23/06 - PARIS (5 dias) - segunda;
28/06 - BARCELONA (3 dias e meio) – Show do U2 dia 30/06;
01/07 - Chegando em SEVILHA no final de tarde (3 dias, tirando um para visitar "Los Pueblos Blancos");
04/07 - Vôo à noite para LONDRES (5 dias);
09/07 - ROMA (chego às 12hs23min) – NÁPOLES;
10/07 - NÁPOLES – ROMA (de manhã);
11/07 – ROMA;
12/07 - AMSTERDÃ (só estou indo porque o vôo para o Brasil tem conexão lá. Então faço um stop de 2 dias e...
14/07 - AMSTERDÃ - SP.

Queria muito sua opinião quanto ao roteiro em geral.
Não estou mto satisfeita com os dias em Roma... Mas não consegui outro jeito. Se você tiver alguma sugestão para resolver meu problema... Talvez tirar Florença do roteiro... O que você acha? Fico triste em não poder conhecer Cinque Terre ou mesmo mais a região da Toscana, mas não estou conseguindo mudar esse roteiro. Poderia ficar os 3 primeiros dias em Roma mesmo e ir direto para Veneza. No final deixaria esses dias: 09/07 - ROMA (chego às 12hs23min) – NÁPOLES; 10/07 - Conhecer algum lugar na região e dormir em Sorrento;
11/07 – Volta para ROMA;
12/07 - Amsterdã.

Você acha melhor?

Obrigada pelas dicas de sempre e atenção!
Um abraço grande!
Janine

Sylvia
SylviaPermalink

Janine , eu tiraria Sevilha e Napoles .

Socorro Lorenzo
Socorro LorenzoPermalink

Sylvia.
Pelo amor de Deus como faço para mandar uma pergunta para o Ricardo Freire?
Meu e-mai é: sgoj@uol.com.br
Junior- Fortaleza-CE
Obrigado.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É só perguntar aqui, Júnior.

Marcia
MarciaPermalink

Riq, em agosto vou passar 4 dias em Amsterdan e estou na duvida se é melhor ficar proximo à Leidsplein square ou Dan square, o que você acha? Li a reportagem da Viage na Viagem e aí é que piorou a dúvida. Não conheço a cidade.
Obrigada
Marcia

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu acho Leidseplein um pouco fora de mão, no canto da cidade (mas próxima aos museus). Damrak, por outro lado, é meio tristinho. Tente Rokin ou mesmo a muvuca de Rembrandsplein, que é mais central (no sentido de "mais equidistante" a tudo o que você vai ver). Mas o ideal é tentar alguma coisa beira-canal. O Van Onna está lotado para a sua temporada?

Marcia
MarciaPermalink

Valeu Riq, ainda não vi o Van Onna, e vou tentar também Rembrandsplein. Desculpaê o "viage", tá?
Abraço,
Marcia

Sidney Longo
Sidney LongoPermalink

Oi Ricardo, voce sabe se tem algum locker de bagagens na estação de trem de Fátima-Portugal? É que será uma ida direto ( Coimbra - Fátima - Lisboa) parando em Fátima para conhecer. O centro de Fátima fica longe da estação de trem?
obrigado, abraços
Sidney

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A estação de trem fica fora da cidade. A Fátima é melhor ir de ônibus.

Nunca fui a Fátima, não consegui descobrir se há guarda-volumes. Se conseguisse descobrir ao menos como se fala "guarda-volumes" em Portugal...

Mas acredito que num centro de peregrinação como Fátima sempre haverá no mínimo algum negociante que ofereça o serviço. Como nunca houve atentados terroristas em Portugal, não há paranóia em Portugal sobre o assunto.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

He he, você tá zoando com a minha cara, né? Chegar pela Itália, ir à República Tcheca, cruzar a Europa até a Espanha, voltar a cruzar a Europa até a Inglaterra, para então cruzar a Europa DE VOLTA PARA A ITÁLIA para então PEGAR O AVIÃO DE VOLTA EM AMSTERDÃ?

Querida, primeiro de abril foi ontem...

Luciano
LucianoPermalink

Hehe, eu ia dizer pra colocar os nomes de volta no saquinho e começar a tirar de novo!

Oi Ricardo
Oi RicardoPermalink

Gostaria de saber roteiro ideal para Europa, penso em chegar em Lisboa (casa de conhecidos) e daí, Fátima, Santiago de Compostela, Madri, Paris, Veneza, Roma. Como preparar o melhor roteiro para que fique dentro do meu orçamente que é curto? Viajar de trem? De onde para onde?

Obrigada
Fernanda

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ops! Excluí um comentário sem querer!

Essa ferramenta do Wordpress é capciosa, não?

mrgreen

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

O roteiro tá estranhíssimo mesmo...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Socorro! O Wordpress está sumindo com os comentários!

mrgreen

Carmen
CarmenPermalink

Parabéns é uma notícia maravilhosa!

Camila
CamilaPermalink

A minha também chegou ontem e eu já fiquei babando nas fotos... Mas tô no mesmo dilema da Rogéria: ir pra Europa ou economizar pro apê? rolleyes :roll:

Sylvia
SylviaPermalink

Viajar ou juntar grana pro apê é um dilema complexo !
Precisamos das duas coisas , e ambas são importantes .
Certo ?
A regra de ouro diz que devemos priorizar o que é urgente E importante . Solucionando esta charada , fica resolvido .

Camila
CamilaPermalink

É verdade, Sylvia. Difícil é tirar a vontade de viajar da lista de prioridades... Ainda bem que dá pra viajar bastante pelo Brasil e restante da América do Sul enquanto ainda temos que escolher. Mas quando leio uma reportagem como essa da revista dá vontade de ir fazer as malas correndo! wink

CarlaZ
CarlaZPermalink

E pra mim tudo só piora mesmo...antes queria viajar...só queria...hoje as viagens parecem tão viáveis...e descobri tantos lugares desde que passei a frequentar os blogs...

Alex Melo
Alex MeloPermalink

É exatamente por isto que não fui prá Europa ainda.

Mas tudo bem: falta menos de 20 parcelas para quitar o AP, aí a Europa que me aguarde!!!

E se tudo der certo, com o euro mais barato!!!

Mas que dá vontade de aproveitar meu niver de 30 anos e ir este ano mesmo, isto dá hehehe

Sylvia
SylviaPermalink

Tudo em paX por ai Riq ?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tudo, Sylvia chérie!

Sylvia
SylviaPermalink

lol
lol
lol

Paula*
Paula*Permalink

Vou correndo comprar a minha revista que veio numa hora super feliz!!!! wink

Daniel
DanielPermalink

Riq e demais navegantes,

Aproveitando o assunto Europa, vou para a Europa em agosto, mas como comprei minhas passagens por milha, só havia opção de chegar e sair por Paris. Vou passar pela Itália (Roma-Assis-Florença-Veneza) e, por fim, a Paris! A maior dúvida é: vale a pena fazer o trecho Paris-Roma e depois Veneza-Paris por meio das low-coast como a Ryan Air?
Dei uma pesquisada e vi que é infinitamente mais barato. Mas tem um problema com peso da bagagem, né?! Na verdade, com toda a minha inexperiência em viagens internacionais, não faço a mínima ideia se os 15 kg de limite são suficientes ou não.
A outra opção seria o trem, mas pelo que percebi, é bem mais caro e demorado.
O que vocês recomendam?

Obrigado!

P.S. Dentro da Itália estou pensando em me locomover com um carro alugado.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A Ryanair cobra 10 euros por item de bagagem despachada. Você tem direito a 15 kg por esses 10 euros.

Dá para levar uma peça de bagagem de mão com medidas máximas 55cm x 40cm x 20cm e peso máximo de 10 kg.

Se você está interessado em cidades pontuais na Itália, vá de trem. O carro vale a pena se você tem tempo e quer desviar das cidades óbvias.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Daniel, só fica atento que tanto em Paris quando em Veneza a Ryanair voa para aeroportos "alternativos" e mais distantes, como o Beauvais (Paris) e Treviso (Veneza). Para Roma eu não sei.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Em Roma a Ryanair usa o Ciampino, que não é longe, não. Tem ônibus diretos ao Termini.

Sabrina
SabrinaPermalink

Oi Ricardo,
Parabéns pelo emprego mais invejado do mundo!!! E obrigado por dividir sua experiência com todos.
Como falado, aproveitando o assunto Europa. Irei para França e Itália em Setembro. Gostaria que vc me indicasse qual seriam os melhores guias de viagem e sites para montar meu roteiro.
Muito obrigada e beijos!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sabrina, todos os guias disponíveis no mercado são bons. Há cada vez mais guias em português. Se você puder ir a uma grande livraria como Fnac, Livraria Cultura e Saraiva Megastore vai ter oportunidade de se familiarizar com os guias e escolher o que tem mais a ver com você.

No menu da direita deste blog e no menu da esquerda no blog do ViajeAqui você vai achar bons pontos de partida para sua viagem.

O meu post básico sobre a Itália é https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/ Não deixe de ler o http://arquivodeviagens.wordpress.com , da Luisa. E o http://brasilbelowzero.wordpress.com do Zé. Tem bastante coisa também no http://interata.squarespace.com . A Dani G. foi pra Região dos Lagos: http://metdani.blogspot.com/2007/08/lago-di.html . Para Sicília, vá a http://majots.wordpress.com .

Sobre a França, leia o www.conexaoparis.com.br . Se você planejar ir à Provence, procure no http://omeulugar.wordpress.com , no http://giramundo.wordpress.com e na http://aturistaacidental.wordpress.com .

Majô
MajôPermalink

Beleza Riq !!! Amanhã compro o meu lol

Carol
CarolPermalink

Oi, gente!
Tbm estou com um pezinho rumo à europa e, seguindo algumas dicas desse blog, estou a procura de um apê pra alugar em Londres. Alguém sabe um bom (e confiável) site para achar apês BBB?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Transcrevendo de https://www.viajenaviagem.com/2009/03/como-alugar-apartamentos-de-temporada-no-exterior-parte-1/

Em que sites procurar?
O melhor ponto de partida é mesmo o Google. Digite, entre aspas, as palavras mágicas “vacation rentals” e, fora das aspas, o nome da cidade desejada, em inglês. Na primeira página vão aparecer os sites mais quentes. Faça uma segunda pesquisa, com o nome da cidade seguido de “apartments”. Pronto. Você já tem com o que brincar por uma semana.

Prepare-se para ver de tudo: de lixo total ao deslumbre absoluto, com preços de acordo. A maioria dos sites oferece uma coleção desparelhada, misturando apartamentos de decoração minimalista (sinal de que são mantidos apenas para alugar) com apartamentos lotados de tralhas (sinal de que o dono mora lá e só sai quando o apê é alugado). Alguns (poucos) sites ostentam apartamentos muito parecidos entre si – indício de que todos pertencem à agência.

Mundo inteiro: www.VRBO.com , www.PerfectPlaces.com , www.VacationHomeRentals.com

Londres: www.NYHabitat.com/london

Clarice
ClaricePermalink

Riq só vc para ter tanta paciência mad eekops:

Rogéria
RogériaPermalink

Ô, Sylvia, seus conselhos são sempre sábios!
Pior é que pra mim viajar é sempre urgente e importante! Rs...
Ô, dilema... Bjs e depois te conto qual foi a decisão.

Malu
MaluPermalink

Riq, adorei sua matéria sobre Europa Barata. Para quem acompanhou sua viagem por aqui, ou melhor, lá no Viaje Aqui, esse resumo está ótimo para indicar para quem (???????) AINDA não conhece o Ricardo Freire. Agora, não criticando mas querendo entender: como alguém escreve nos comentários perguntando justamente aquilo que está escrito no post e na página do Blog? É preguiça de ler?

Clarice
ClaricePermalink

Malu, não dá mesmo para entender. Parece que as pessoas, de tão ansiosas, entram em parafuso e não conseguem entender o que está escrito. Nesse caso só com muita paciência... :col:

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Riq, tô com a revista a dois dias e ainda não consegui ler com calma, mas a matéria tem a sua cara: "bonita, didática e extremamente útil", engraçado, né? Olhar a revista e já saber que a matéiria é sua...oomo aquela (incrível) matéria sobre o Caribe, há uns dois anos atrás (parabéns). bjos

Daniel
DanielPermalink

Oi, Riq! Muito obrigado pela ajuda!

E desculpe a insistência no assunto, mas uma coisa ficou pendente para mim.

A questão da bagagem de mão eu já tinha visto no site da Ryan Air. Mas quanto à bagagem de 15 quilos, pelo que eu havia entendido do site, eu tinha direito a um único volume de 15 quilos ou 3 somando isso. O excesso de bagagem, por sua vez, é que era superfaturado. Veja só:

"Each passenger is permitted to check in up to a maximum of 3 bags (combined weight of 15kgs) subject to the payment of the applicable checked baggage fees".

"Any passenger exceeding their 15kg personal checked baggage allowance will be charged the prevailing fee on the day of travel. The excess baggage fee is currently charged at the rate of £15/€15 per kilo (or local currency equivalent)".

Então, pelo que eu havia entendido, eu até posso levar mais de uma mala, desde que a soma de seus pesos seja igual a 15 quilos. E aí, cada quilo excedente pagaria mais 15 euros. O que é bastante caro!

Mas talvez tenha alguma parte desse regulamento que eu não tenha percebido ou pegado em razão do meu inglês já enferrujado. rs. Então, afinal, são $10 por mala (até 15 quilos para cada mala)? Ou são até 3 malas somando 15 quilos?

*** E a minha outra dúvida que tinha postado: 15 quilos são suficientes para uma mala? (Nunca viajei para fora do Brasil e aqui dentro geralmente vou de carro... nunca precisei me preocupar com peso de mala, entendem?)

Muito obrigado, e parabéns pelo novo blog!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A primeira mala custa 10 euros para despachar.

Se você despachar outras malas, mesmo dentro do seu limite de 15 kg, vai pagar taxas de despacho extras. ´

Na mala de mão você vai poder levar 10 kg de graça.

25 kg de bagagem é suficiente para viajar à Europa. Eu saí do Brasil para passar 3 meses com uma mala de 16 kg.

Leve uma mala grande e uma mochila. Ao fazer o trecho da Ryanair, tire o que exceder 15 kg da grande e ponha na mochila.

(O casaco você carrega na mão; ele não entra na conta.)

Você pode comprar uma balança de pescador (de gancho) antes de sair do Brasil (vá em lojas especializadas).

Ou, para facilitar sua vida, vá de easyJet, que deixa despachar 20 kg.

Daniel
DanielPermalink

Muito obrigado pela presteza, Riq!
Vou seguir suas dicas.
Um abraço!

Sabrina
SabrinaPermalink

Valeu pelas dicas Ricardo! Vou começar os planejamentos!!!!

Luisa
LuisaPermalink

Sobre a bagagem de mão, semana passada num voo Londres - Milão, o pessoal da Ryanair estava de implicância com a bagagem de mão. Na realidade eles estavam exigindo o cumprimento das regras: era um volume só, dentro das medidas especificadas e sem choro. Computador, bolsa (dessas que toda mulher carrega) ou qq outra coisa que não fosse comprada no free shop contavam como volume extra. Tive que vestir o casaco, enfiar a bolsa na mala de mao e ainda assim tive sorte que a mala entrou naquele "medidor" que eles usam.
Mas acredito que 80% dos passageiros teve que embarcar a mala de mão (nunca tinha visto tanto espaço disponivel dentro do aviao) e não sei como ficou o pagamento disso. Também não sei se é implicância da Ryanair de Londres especificamente (pq no trecho anterior Milão - Londres não tive problemas) ou se começaram a pegar no pé agora...

Augusto
AugustoPermalink

Daniel,
concordo com o Ricardo. Vai de easyjet Paris-Roma. O aeroporto de Paris é o Orly, muito mais perto que o da Ryanair (beauvais) e a mala pode pesar 20 kgs, além dos 10 kgs da bagagem de mão. A passagem em agosto varia de 46 a 75 euros dependendo do horário e dia.

Lucianna Aguilar Freitas

Ricardo obrigada sempre por dicas tão maravilhosas, aproveito a oportunidade para uma “consulta”: vou a Lisboa em outubro e já havia decidido me hospedar no Hotel Lutecia http://www.luteciahotel.com/start.htm que fica próximo ao Aeroporto e a Av. Roma (por ser um Hotel novo e moderno) e como não tenho noção nenhuma de localização...lendo o seu artigo, parece ser mais conveniente ficar hospedada na Região da Liberdade. Minhas Duvidas: “A Time Out sobre uma região do Parque Eduardo VII/Marques de Pombal cita: “À noite, essa região do parque vira ponto de encontro gay – michês, muitos deles viciados em heroína, exigem o pagamento de um ‘pedágio’ http://www.guiatimeout.estadao.com.br/8659.“ Vc acha que esta história de “pedágio” é real e oferece algum risco? Ou seria só uma área isolada? E vi mais 2 hoteis alem daqueles que vc deu a dica na reportagem, parecem modernos e com um preço melhor: o SANA Capitol Hotel http://www.sanahotels.com/gca/index.php?hotelId=44&id=470&lng=en e o HF Fênix Lisboa http://www.hfhotels.com/?s=4&ss=23. Vc os conhece? Ficam em locais de fácil acesso ao metro? E sobre a segurança da região? Muito Obrigada, Lucianna.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Lucianna, para os padrões lisboetas Roma é superlonge do centro, não vale a pena.

Acredito que o guia Time Out esteja se referindo ao interior do parque. E acredito também que você não queira andar pelo parque à noite...

O hotel Sana é um dos meus indicados tanto na revista quanto no post do ViajeAqui, justamente por ser moderno e confortável e ter bom preço.

O Sana fica inclusive na calçada oposta ao parque. Você não vai precisar atravessar a rua para entrar no metrô.

Marcie
MarciePermalink

eu estava tentando reler seus posts sobre Amsterdam, e só consigo chegar à pagina dos alugueis de apartamentos: eles não vieram na mudança?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Marcie, os posts do ViajeAqui são intransferíveis. Incopatibilidade de ferramentas. Mas devem continuar na rede. Google viajeaqui viajenaviagem amsterdã. (Lembre-se que eu uso sempre a grafia brasileira -- eu ia dizer portuguesa, mas em Portugal é diferente...).

Marcie
MarciePermalink

Oba, brigadim...achei tudinho.

Majô
MajôPermalink

Comprei ontem a revista, último exemplar da banca mrgreen Ainda não consegui sentar para ler wink

Lucianna
LuciannaPermalink

Ricardo, Muito obrigada pelas dicas e com certeza não vou querer andar pelo interior do Parque Eduardo VII a noite... Rss

Magrineli
MagrineliPermalink

Oi Riq... adorei as dicas..... nessa "construção" da viagem, já apelidada de "Operação Paris" suas dicas vão salvar a pátria em território estrangeiro. Continuamos aqui na dúvida entre hospedar no Marais ou no Quartier Latin. Gostei muuuito do Hotel Jeanne d'Arc le Marais. Lindo! Agora lhe pergunto: o q vc acha do Hotel Moderne Saint Germain (http://www.hotel-paris-stgermain.com/)??. Admito minha preocupação já q é a nossa primeira viagem. Brigaduuu!!!

Geo
GeoPermalink

Magrineli, tomando a liberdade de dar um palpite. Já fiquei 2 vezes num hotel em Paris (Sully St Germain) que fica na rue des ecoles e acho que esse hotel Moderne St Germain fica ao lado. Esse endereço no quartier latin é fantástico. Já passeei pelo Marais mas nunca fiquei lá. Fiz muita coisa à pé partindo da rue des ecoles e, apeasr de o Marais tb ser bem central o quartier latin é encantador e eu ficaria lá mais um milhão de vezes. Boa viagem!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Magrinelli, esste hotel Moderne é bem recomendado aqui no blog (acho que a principal garota-propaganda é a Lena).

As duas localizações são ótimas, e têm utilidades um pouquinho diversas.

A localização rue des Écoles é interessante porque está fora da muvuca mais turística do Quartier Latin, e mais próxima do eixo Sorbonne-Panthéon-Contrescarpe/Mouffetard, que é pitoresco. Dá pra ir a pé ao Jardim de Luxemburgo, a St. Germain, às îles de la Cité e Saint-Louis.

A localização Marais é menos bem-servida por transporte público (as estações de metrô estão sempre nas beiradas, não há nenhuma dentro do bairro). É um lugar bem mais descolado que o Quartier Latin; as butiques, lojas e bares são mais legais. Vai dar pra ir caminhando pra noite da Bastilha, e vai ser mais perto pra ir pra Oberkampf e Canal Saint-Martin, que também são zonas boêmias legais.

vera lopes
vera lopesPermalink

Lucianna, hospedei-me no Sana Capitol em Agosto passado, com minha mãe e sobrinha, gostamos muito, é novíssimo, moderno, e o café da manhã é servido no hotel Sana Lisboa, que fica em frente, um quatro estrela, oferece um bom café da manhã. O Sana Capitol fica perto de todas as facilidades, a estação de metro Marques de Pombal, com a linda estátua no centro da praça. Você estará bem localizada, não é perigoso. O parque é lindo com vista para o Tejo e excelente para passear de dia.

Lucianna
LuciannaPermalink

Obrigada Vera, vou me hospedar lá.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ops, não tinha entendido que esse Sana era diferente do Sana Lisboa. Mas se é novíssimo e vizinho, então o raciocínio também é válido smile

Marilia
MariliaPermalink

Oi Ric, td bem? sou amiga da Ale Forbes, almocamos um dia no nada memorável bandeijao da Abril, na epoca vc colaborava pra revista VIP.

Vou para Espanha na semana que vem (10 Abril) e preciso de um help urgente para resolver questões como mala (o que levar nesta epoca do ano) e roteiro (será que tá corrido demais?).

Pergunta parte I - ROTEIRO: 3 dias em Madri, 1 em Córdoba, 1 em Sevilha, 2 em Granada, aí temos um dia livre para escolher entre ir para a praia ou ir para uma estação de esqui que fica pertinho de Granada (Sierra Nevada). Meu marido é velejador de kite (e Tarifa ficou lá pra trás no roteiro...) por isso e estou na dúvida entre ir esquiar (ambos adoramos, mas é a última semana de estação aberta) ou ir para uma praia (que também curtimos muito, mas não sei se rola kite nesse pedacinho da costa). Dalí seguimos para mais 5 dias em Barcelona (com programação familiar intensa por lá). Enfim, vc consegue dar uma ajuda para sua companheira de bandeijão?
bj, Lila
P.S. meios de transporte: entre Madri e Cordoba (avião low cost), pegamos carro em Cordoba e seguimos para Granada e Sevilha, dalí + um vôo para Barcelona.

Pergunta parte II- MALA: como é o clima nessa época do ano na Espanha? Levo malhinhas de cashmere, casaco e botas, incluo regata, shorts e sandália? Arrisco um biquíni?
Somos o tipo de casal que ama comer bem, adora dormir em qartos charmosos e não dispõe de muita grana.

Bjs e obrigada, Lila

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Lila, eu fazendo campo e muito atrapalhado. Não tenho tempo para pesquisar, mas posso dar o caminho das pedras.

Para temperatura, entre em http://www.weather.com , ponha o nome da cidade e país e procure em "averages and records". Ajuste para centígrados e você vai ver a média de temperaturas máxima e mínima. Eu não apostaria em praia em abril, não. O que sempre dá certo na Europa é roupa leve + casaco de couro. Em ambientes fechados sempre vai estar quente.

A sua viagem é muito rápida para usar carro. É bobagem. E Córdoba está a 1h30 meia de trem, acho que nem tem vôo...

O que eu faria é ir de trem de Madri a Sevilha, descendo em Córdoba (é escala) para ver a Mesquita. Dá pra guardar as malas na estação de ônibus, que fica atrás da estação de trem.

Ficaria em Sevilha três noites (esse primeiro dia vai ser perdido). Iria de trem ou ônibus para Granada no último dia à tarde (o tempo de viagem é o mesmo), dormiria lá e na manhã seguinte já iria ao Alhambra, com hora marcada em http://www.servicaixa.com . Voaria à tarde de Granada a Barcelona.

Não perderia tempo nem com neve nem com praia.

Marilia
MariliaPermalink

thx a lot. vc sempre muito querido. bjs, Lila

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Marília, já te respondi no Big Trip, mas passo a resposta pra cá tb:

Oi Marília, seja bem vida...vamos lá, por partes:
1) Abril ainda é frio na Espanha, menos em Sevilha que é calor acho que o ano todo, mas não é um frio horrível não. Malhas de cashmere são quase sempre suficientes, bota não é necessário e eu levaria um casaco não muito pesado, just in case, a não ser que vc opte por esquiar. Biquini, a não ser que de uma pane no clima do mundo (acontece as vezes) não dá para usar, mas usamos shorts sim, em Tarifa e Sevilha.
2) Praias: para falar a verdade dei fiquei bem decepcionada com o quesito praia da Costa do Sol. Pelo que andei, achei bonita apenas Tarifa e arredores. O resto, não tem graça e é balneário de Alemão/Inglês/Russo rico, com mega condomínios na orla, feio mesmo. E com o clima, não vai rolar praia mesmo.
2) Sierra Neva achao que já vai estar fechada/fechando para esqui nessa época, então não espere muita neve.
3) 1 dia em Sevilla é MUITO POUCO e um dia é Granada só vai dar para ver o Alhambra. Vc pode tb usar esse dia adicional para uma dessas cidades, que merecem ser mais bem exploradas. Fica menos cansativo e mais proveitoso.
Eu me apaixonei pro Granada, cidade. Seu bairro Árabe (AL Bacin) e cigano (Sacromonte) são incríveis e o centro histórico é lindo. Vale dois dias com certeza!
4) Se vc não quiser mesmo estender a estadia em Sevilla/Granada (que eu acho melhor), dá para ir até Tarifa, a partir de Sevilla ou até a algum pueblo blanco no caminho, tipo Verger de La Frontera, ou ainda subir para o interior, para Ronda, que foi um dos pontos altos de minha viagem.
Espero ter ajudado, se precisar de alguma outra coisa, é só falar.
Bjos e boa viagem"

Ana
AnaPermalink

Pessoal, descobri este site que vende tickets eurostar em reais e com entrega via sedex em até 2 dias: raileurope.com.br/eurostar-2009). Alguém conhece? Será q é confiável? Obrigada!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ana, essa me pegou de surpresa, porque eles não divulgaram esse serviço.

Mas olhe só. Vender em reais não significa vender mais barato. O site da Raileurope é bem mal-afamado nos Estados Unidos por não repassar as melhores ofertas. Mas de repente eles mudaram (já era tempo).

Para ter certeza de que está fazendo um bom negócio, você precisa ver por quanto consegue comprar a mesma passagem no mesmo dia nos sites do Eurostar e da SNCF.

Eu tô fazendo campo e não tenho tempo de fazer simulações agora, mas assim que der vou fazer, porque o assunto é ótimo.

A taxa de operação parece ser fixa em R$ 50. O envio por Sedex normal é grátis (Sedex 10 custa mais R$ 20).

Ana
AnaPermalink

Pois é, Riq, também fui super pega de surpresa!! Eu decidi fazer o trecho "LONDRES-PARIS" em 30 de junho. Pelo site do Eurostar o ticket está custando maravilhosos 51 euros, com a opção de se pagar + 5 euros para o ticket ser entregue em algum endereço na Inglaterra ou pagar zero de taxas e emitir o ticket na maquininha da estação com o cartão de crédito, como vc e a Cláudia Holder já tinham me explicado lá no Viaje na Viagem. Acontece que nesse trecho específico eu vou viajar sozinha e eu queria entrar em Londres com o eurostar de ida a Paris já na mão, para não ter nenhum tipo de problema com a imigração na entrada e para minha própria paz de espírito (Vai que a maquininha só aceite cartão com chip e o meu não tem chip?!?!?) Para o dia 30 de junho, o raileurope.com.br tá cobrando 186 reais + 50 reais de taxa de operação (= 236,00). O preço tá bom, não tá?! A minha agente aqui em Recife, não conseguiu por menos de R$ 300,00.

sylvialemos
sylvialemosPermalink

Ana , olha de novo : eu vi 51 libras( e não 51 euros ) no site da eurostar o trecho londres- paris one way
Quando a ter o bilhete na mão ou retirar na maquina lá ,
não faz a minima diferença para fins de imigração .
O comprovante de tua compra ( e mail ou o que for ) tem a mesma validade viu ? Assim como voucher de hospedagem impresso na tua casa ou voucher de hotel emitido por agente , todos valem a mesma coisa .

Ana
AnaPermalink

Silvia, vc está certa! São 51 libras! Eu que confundi tudo! Como eu vou visitar 7 países, então haja euro, dólar, coroa tcheca, florin húngaro, kkkk. Gostei do que vc falou sobre o comprovante de compra. Agora, meu medinho é enfrentar sozinha uma maquininha que eu nunca vi na vida que eu não sei se aceita cartões sem chip. Gostaria muito de informações de quem já comprou pela raileurope. Achei o precinho bom! wink

Márcio Cabral de Moura

Ana, quando eu comprei a minha passagem, eu também fiquei super preocupado, já que ia pegá-la na estação de Londres. Mas é a coisa mais fácil do mundo.

CarlaZ
CarlaZPermalink

Paguei com cartão e peguei na maquininha...muito fácil mesmo.

Ana
AnaPermalink

E é Londres-Paris one way sim, Sílvia!!!

Emília
EmíliaPermalink

Marilia, se me permite um pitaco: acho um pecado uma noite só em Sevilha: fiquei três e fui embora triste. `Jà não tive muita identificação com Granada e fiquei uma noite só (o suficiente para curtir Alhambra, espetáculo total).

Cristina
CristinaPermalink

Ai ai, eu to contando tostões para poder gastar na ConVnVenção e fazer as 2 coisas que a Rogéria está priorizando (um pouco mais fácil pq 50% do ap já é meu). Mas vou procurar essa revista amanhã!!!

Hugo
HugoPermalink

Procurei a revista em duas bancas e não encontrei. Está vendendo mais que pão quente no domingo de manhã.

Luciano
LucianoPermalink

Ainda não vi aqui em POA. A principal razão de desistir da assinatura foi que a revista só chegava umas duas semanas depois das bancas, lá pela metade do mês. Aí não dava pra ficar espiando na banca e ter que esperar chegar!

Patty Barros
Patty BarrosPermalink

Olá pessoal!!!
É a minha primeira vez no blog (acabei de o descobrir), desculpa se eu estiver fazendo perguntas em lugar errado. Preciso muito da ajuda de vocês, pois tô quebrando a minha cabeça para organizar o roteiro da minha viagem. Eu e o meu marido vamos agora no começo de maio para Paris, ficaremos 12 noites no total. Além de ficar uns dias em Paris, gostaríamos de conhecer Mont St. Michel, alguns castelos do Vale do Loire (pelo menos 2), Reims (champagne), Dijon, algumas ( o que der) vinículas da Borgonha e ir para a Holanda (Amsterdã). Já pesquisei hotéis, restaurantes,os trens, o carros. Só não sei o seguinte: se é pouco tempo para conhecer tudo isso, se vale mais a pena alugar um carro ou usar o trem, se devo fazer bate e volta em tudo (com exceção de Amsterdã)nem em que ordem fazer . Agradeço qualquer ajuda!!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Primeira vez em Paris = 5 dias no mínimo.

Sobram sete.

Se quiser Amsterdã= 3 dias, contando o dia da viagem. Trem.

Mont St Michel = 1 noite (na prática, dois dias de viagem). Escolha um dia com maré viva na página http://www.ot-montsaintmichel.com/horaires_mai09_gb.htm. Vá de trem. Se combinar o Mont St Michel com o Vale do Loire, pode seguir de carro do Loire até Mont St Michel. Devolva o carro em Rennes e pegue o trem de volta. Cote na autoeurope.com.

Vale do Loire = 2 noites pelo menos. Saia de carro de Paris ou vá de trem a Tours e pegue o carro lá. REcomendo o hotel http://wwww.7tours.com.

Reims = dá pra fazer bate-volta de TGV.

Você já não tem tempo pra todas essas coisas aí em cima. Dijon já estava sobrando antes disso.

Passagens de trem: http://www.voyages-sncf.com.

Patty Barros
Patty BarrosPermalink

Muito obrigada, Ricardo.
É engraçado, parece que as nuvens saíram da minha cabeça (rs).
Abs,

Gabriela
GabrielaPermalink

Riq, estou indo no final de maio para Paris e gostaria muito de ficar no bairro Marais. No entanto não encontrei hotel nesse bairro no valor de até 100 euros. O Victoria Chatelet e Joana d'arc estão lotados. Você saberia me indicar algum outro ?

Em relação ao Hotel Excelsior Latin que fica perto do Pantheon e o Hotel òpera Maintenon que fica na rua Sainte Anne, perto da estação de metrô Pyramides, qual deles você acha em uma melhor localização ? algum deles dar para ir a pé para Marais ?

Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O Venere filtra hotéis por bairro.

http://en.venere.com/hotels_paris/?ref=34989#o=price&r=0&m=0&f=C0001000000c0000&sb=1

Se esse link caducar, assinale 3e. e 4e. arrondissements no formulário de busca.

Michelle
MichellePermalink

Riq!!!!
Vc salva nossas vidas!!!!
Vou pra Paris no fim de maio, começo de junho e resolvi estender até Amsterdam, fazendo aquele pit stop em Bruxelas que vc recomenda. No blog Conexão Paris, vi que há passagens de trem em promoção pela SNCF, mas o site é todo em francês, o que dificulta as coisas, pelo menos pra mim. Queria saber, pq lá não consegui, se todo trem da Thalys que vai de Paris pra Amsterdam para em Bruxelas. Se eu comprar um que for direto, não posso descer e dar uma voltinha pela cidade...
Obrigada!!!
Beijos!
Michelle

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Todo trem que vai a Amsterdã pára em Bruxelas, mas não sei se toda passagem dá direito a sair e pegar o próximo trem.

Eu comprei uma passagem Paris-Bruxelas e outra Bruxelas-Amsterdã, até porque no meu dia isso era mais barato.

O Thalys tem lugares marcados. De Bruxelas a Amsterdã há outros trens menos rápidos que não têm lugares marcados.

Bia Fontes
Bia FontesPermalink

Adorei a reportagem da revista que eu assino.
Gostaria de fazer uma perguntinha básica.
Estou pensando em ir a Europa, pela primeira vez no ano que vem. Quero seguir as dicas do Ricardo e aproveitá-la devagar e quero voltar outras vezes, se Deus quiser, por isso nem penso naqueles rosteiros "tudo ao mesmo tempo agora"
Estou pensando em uma viagem de 10 a 15 dias começando por Lisboa (terrinha querida!) e terminado em Paris (sonho antigo!), 5 a 7 dias em cada uma.
Não queria ir de pacote por todos os motivos expostos pelo Ricardo (quem não leu ainda, leia, é muito legal!) e porque este pacote não existe... (quer dizer não achei)
A CVC tem um pacote Lisboa, Madri, Paris, 10 noite por 7524,00 reais com aereo e todas os traslados internos. Mas não queria incluir Madri agora
Bem, a minha pergunta é: com 15.000 reais eu consigo organizar esta viagem para mim e para meu marido? Gostaria de respostas bem "pessoais" mesmo. Neste valor queria incluir pelo menos parte da alimentação. (não inclui neste valor comprinhas e extravancias - gastronomicas e de qualquer natureza, este valor vai a parte). Já fiz umas contas, mas gostaria de ouvir a experiencia de voces. obrigada

Fabio Nitschke Gomes
Fabio Nitschke GomesPermalink

Bia, acho que você deveria ir por conta própria, sim!

Comece com Lisboa, deixe mais tempo para Paris, depois vão transbordar as dicas...

Pra começar estruturando bem sua viagem, veja uma passagem pela TAP do Brasil (onde? São Paulo?) para Paris, e você DESCE NA CONEXÃO para seus dias em Portugal. Volta Paris - Brasil (e daí não desce na conexão).

(Há um tempo atrás a TAP estava dando até noites de hotel "de graça" pra quem fizesse este esquema...)

Veja com um agente de viagens porque esta sacada é mais difícil de conseguir nos sites - na prática seu trecho dentro da Europa sai praticamente de graça.

Boa sorte e ótima viagem! wink

Márcio Cabral de Moura

Bia,

Considerando que eu não conheço Lisboa, mas acredito que seja mais barata que Paris, para evitar problemas de subfaturamento, vou considerar como tendo os mesmos preços de Paris, ok?
Hotel para casal: 94 euros a diária (padrão Residence Les Gobelins: http://www.hotelgobelins.com/) sem café da manhã.
Café da manhã comprando croissant, queijo e suco ou leite nas redondezas: uns 6 euros para duas pessoas.
Refeição simples em restaurante: 25 euros pro casal
Transporte
Passe semanal de transporte: 16 euros por pessoa (32 para o casal)
Entrada de atrações: varia um bocado, mas coloca aí mais 25 euros para o casal.
Então, os gastos diários são (folgado, considerando duas refeições razoáveis): 175 euros
Considerando duas semanas e incluindo o transporte, isso dá 2.514 euros. O que sendo pessimista (considerando o euro a 3,3) dá R$ 8.300,00. Se você não conseguir uma passagem muito barata, vamos considerar mais uns R$ 6.500,00 para o casal.
Então, com R$ 14.800,00 dá para passar 14 dias, tranqüilos.

Bia Fontes
Bia FontesPermalink

obrigada, Fábio. Eu saio de Belo Horizonte, não sei se tem TAP mas vou olhar.
Já vi esta promoção de noites gratis.
Vi hoje uma promoção do decolar.com de voos da KLM por 986 dolares com quatro noites de hotel "gratis" (amsterdan, londres, paris, madri e roma, neste não tem Lisboa mas eu já outras de outras companhias que tem).
Falando nisso qual a dica de voces para este deslocamento Lisboa-Paris: trem, avião low-coast ou já comprar tudo daqui?
Agradeço. um abraço

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Fora hotel, passamos razoavelmente bem em duas pessoas com 150 euros por dia.

Há quem se vire com bem menos, há quem precise mais.

Tem TAP saindo de BH.

O melhor esquema é incluir Paris na passagem intercontinental.

Segundo melhor esquema, low-cost.

Fabio Nitschke Gomes
Fabio Nitschke GomesPermalink

Bia, esta promoção da KLM é pra você se trocar Lisboa por outra da lista... Se Lisboa é "obrigatório", vá pela TAP, porque todos os voos daqui fazem conexão na cidade.

Como eu havia comentado antes e o Riq reforçou, procure emitir sua passagem de BH para Paris. Pagando um pouquinho mais, você desce na conexão em Lisboa pra passar seus dias por lá. Como é sua 1a viagem pra Europa, pode ser mais simples (e até mesmo mais barato) do que usar low-cost. (Trem é inviável, levaria uns dois dias...) smile

fabio g.
fabio g.Permalink

Gabriela, acabei de passar 15 dias em Paris agora em fevereiro/março e fiquei na Rue Saint Martin, no Marais. Aluguei um apartamento pelo site www.parisrendezvous.com. Esse site é de um cara que tem dois apartamento, um na rue de rivoli e outro que foi o que aluguei. Saiu por 100 euros/dia - fui com mulher e duas crianças. Quer saber? Não quero saber de ficar em outro lugar. O único problema é se você for claustrofóbica, pois daí o elevador não rola...muito, mas muito pequeno e sem ventilação. Mas recomendo fortemente.

Gabriela
GabrielaPermalink

Fábio, muito obrigada pela dica e realmente os aptos são ótimos, mas infelismente não há mais disponibilidade para a data que quero.
Você saberia me falar se entre a Ópera e o Quartier Latin, qual o bairro melhor para ficar ?
Riq, você com sua experiência poderia me ajudar ?

Obrigada

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Quartier Latin, de preferência nas bandas da rue des Écoles.

Prefira os arrondissements 1, 2, 3, 4, 5 e 6.

Hugo
HugoPermalink

Ontem finalmente encontrei a revista. Durante o feriado irei lê-la com bastante calma.

Gabriella
GabriellaPermalink

Olá Ricardo,

Tire uma dúvida, se possível:

Vou à Paris e meu vôo fará conexão em Roma. Ficarei lá por umas 10 horas. Queria sair do aeroporto e conhecer alguma coisa (mesmo que rapidinho). Minha dúvida é, existem lockers no Aeroporto Leonardo Da Vinci? Ou é melhor despachar a mala pra Paris?

Aguardo e agradeço!

Sylvia
SylviaPermalink

Tem sim Gabriella , no
Terminal C, (international arrivals) aberto das de 06.30 as 23.00 (Ph. +39 06 65953541).
Preços :Conventional luggage
Suitcase or similar of dimensions 110x80x40 cm and weight up to 55 Kg max
# 0 - 7 hours = 2 euro
# 7 - 24 hours = 3,5 euro

Gabriella
GabriellaPermalink

Obrigada!

Mônica
MônicaPermalink

Olá Ricardo,
Devorei sua matéria, como sempre perfeita!Parabéns!
Gostaria de saber se na Itália temos alguma rede de hotéis tipo Etap ou Formule 1 da França.Obrigada!