Resumo de viagem: Europa barata

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

vtabril

Pessoal, enquanto não organizo o relato completo dos 3 meses que passei na Europa ano passado, aí vai o relato resumido. Está chegando às bancas a edição de abril da Viagem & Turismo, em que eu dou o caminho das pedras para aproveitar 8 grandes cidades européias: Lisboa, Madri, Barcelona, Roma, Paris, Amsterdã, Berlim e Londres.

Ali estão os passes de museus que valem a pena, o melhor jeito de usar o transporte público, dicas para se dar bem à mesa, quais os melhores bate-voltas, como continuar a viagem a partir de cada lugar.

Tem também sempre umas três boas indicações de hotel até 100 euros.

Garanta o seu exemplar na banca ou, se preferir, consulte a versão online, que já está no ar aqui.

262 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Bia Fontes
Bia FontesPermalink

Obrigada, Fábio e Ricardo
Vou continuar meu planejamento e acompanhando as dicas. Mas acho que ainda vou pedir muito socorro a voces. Beijos

Ana
AnaPermalink

Oi, alguém conhece em Paris o hotel Excelsior Latin e o hotel Du Loiret, perto do hotel De Ville e saberia informar se são bons ?
Agradeco

Liana
LianaPermalink

Riq, Estou pensando em ir de Paris para Tours de trem. chegando lá, qual a melhor maneira de ir de Tours para Amboise ? existe ônibus para fazer esse percurso ou pode ir de trem ?
Tenho 7 dias em Paris. Você acha que vale a pena um bate-volta para Tours/Amboise ? não tenho vontade de conhecer castelos, apenas a região para admirar a paisagem.
Agradeço a ajuda.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não há transporte público de Tours para os castelos.

Você pode pegar uma excursão de meio-dia. Partem várias de manhã e à tarde. Você se informa sobre elas no posto de informação turística.

Há trem de Tours a Amboise. Não deve ser difícil chegar ao castelo, que fica dentro da cidade.

Existe transporte público de Blois para os castelos (Chambord e Chenonceau), mas não o ano inteiro.

A linha de Blois (saída da gare d'Austerlitz) liga Paris a Blois, Amboise e Chenonceau (a estação se chama Chenonceaux).

Dá também para ir a Chenonceau pelo TGV até St Pierre des Corps, baldeando para o regional lá. (Esse é também o caminho mais rápido para Tours.) A saída é de Montparnasse.

As paisagens bonitas você vê de carro.

Vale do Loire precisa de duas noites e um carro para valer a pena ser feito por conta própria. Se você não tem esse tempo, deixe para a próxima ou pegue um passeio organizado de ônibus desde Paris.

Para ver horários de trem na França, http://www.voyages-sncf.com.

Licia
LiciaPermalink

Ricardo, muito úteis suas dicas "Europa barata", gostaria de uma ajuda você (ou alguem) conhece o Cosy's Residence Cadet Paris,http://www.cosys-residences.com/fr/suites.php em Paris? Eles oferecem uma suite "Grand Large" de 60m que parece ideal para 4 pessoas (adultas), fiquei em dúvida se eles oferecem serviço de quarto tipo troca de toalha e limpeza diária. A localização parece ser boa. Obrigada

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A localização não é emocionante (cara de "centrão", sem estar geograficamente no "centrão"), mas o apart-hotel parece ótimo. As críticas no TripAdvisor e no Booking são bem boas. Também não consegui descobrir se tem serviço de camareiras. Acredito que não. É o caso de mandar um email peguntando. Leia comentário atualizado logo abaixo.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Atualização: responderam meu email.

O apart-hotel oferece, sim, limpeza diária dos quartos.

As toalhas são trocadas diariamente, e os lençóis, uma vez por semana.

Licia
LiciaPermalink

Ricardo muitissimo obrigado e aproveito pra mais 2 perguntinhas: 1. Sobre a localização do Cosy acho que dá pra ir a pé por exemplo até a Opera Garnier né? 2.Sobre a dica do "bate-volta" da ida a Bruxelas (de TGV) tem como vc dar o "caminho das pedras" do que fazer em 01 dia por lá? Mais uma vez obrigada e desculpa a exploração.smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A Operrá é perto, e dá pra andar a pé para muitos lugares mais, se você gostar de caminhar.

Um dia em Bruxelas: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/96810_comentarios.shtml?1311328

Licia
LiciaPermalink

Obrigada e confesso que pra não perguntar sobre assuntos que já estavam postados eu procurei nos seus post sobre a Belgica e não havia encontrado nada do estilo "1 dia em Bruxelas" esqueci de olhar no ViajeAqui Rsss

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Esse até eu penei pra achar, Licia... googlando ViajeAqui e Bruxelas dava em outro post, que só falava do caminho, não do que ver na cidade.

Assim que tiver um tempinho vou organizar os links dos posts da Expedição Pé-da-Europa por aqui também.

Marcela
MarcelaPermalink

Ufa!
Imagina o meu susto ao entrar no site do viajeaqui e não achar o blog!! Não sou de escrever, mas sou leitora, fã e falo pra todo mundo do Ricardo Freire, pra comprar o livro (os), para ler o blog… estou escrevendo para parabeniza-lo pela nova etapa e, depois de muitas pesquisas com T-O-D-A-S as dicas do “Riq” e cia, vou para Europa mês que vem e espero ajudar com boas dicas na volta. Boa sorte e sucesso!

ps. acho que postei tb em outro lugar, mas desejar boa sorte e sucesso nunca é demais!

Bartiéli
BartiéliPermalink

Ricrdo, gostaria de saber se é possível comprar o roma pass, o passe para os museus do vaticano e o paris museum pass nos aeroportos Charles de Gaulle e/ou Orly; Fiumicino e/ou Ciampino.
Obrigada!

Bartiéli
BartiéliPermalink

Uma outra dúvida... o que é preciso fazer para ter permissão de dirigir na Itália?
Obrigada mais uma vez...

Liana
LianaPermalink

Obrigada Riq, pelas dicas valiosas. Já que um bate-volta para o Vale do Loire fica muito corrido, pensei em ir para Reims ou Giverny, o que você me sugere ?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

São dois ótimos passeios, Liana. Escolha o que te apetecer mais.

Gogliardo
GogliardoPermalink

Ricardo,
não é uma dúvida e uma dica (se é que você precisa de alguma).
Já ouviu ou conheceu um lugar chamado Siruana? Fica bem perto de Tarragona e não muito distante de Barcelona. Dizem que até a pouco tempo só era conhecido pelos montanhistas pelas dificuldades de acesso. Agora os demais turistas estão descobrindo. Estive lá nesse final de semana para passar poucas horas e quero voltar em muito breve. É um lugar mágico, com lendas, história, arquitetura, paisagem e hospitalidade...
http://tinyurl.com/cywmwm
http://tinyurl.com/d66vyc .
Ah, obrigado por todas as suas dicas. Em minha estada européia tenho utilizado muito.
abraço,
Gogliardo

Carol Owen
Carol OwenPermalink

Oi Ricardo!
Tou montando um roteiro pra uma viagem a Europa saindo de Washington D.C com meu marido pra comeco de Setembro.
O plano seria:
-2 dias em Praga
-1 dia e meio em Viena
Trem noturno para Zurich
-2 dias em Zurique
Trem noturno para Roma
-4 dias em Roma, incluindo um bate e volta pra Pompei
-1 dia e meio em Florenca
Trem noturno para Paris saindo de Florenca
-4 dias em Paris, sendo um dos dias um bate e volta pra Bruges.
O nosso plano eh comprar o Global Euro Pass (1st class) e fazer todas as viagens de trem. Nunca dormi no trem, mas estamos dispostos a fazer isso pra economizar tempo.
Soh pra esclarecer, somos do tipo que acordamos cedo e nao curtimos muito a noite quando viajamos. Tb nao curtimos muito museus. Geralmente vamos aos museus mais importantes, soh pra dar uma olhadinha.
Esse roteiro faz sentido? Sugestoes alguem?
Obrigada! smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Carol, desculpa, mas eu ando numas completamente slow travel.

Sua viagem deve funcionar, mas eu não gosto nem um pouquinho. O Rick Steves aprovaria, mas não me peça para chancelar, não.

Se você tivesse acompanhado o blog nos últimos anos, saberia que esse seu roteiro é uma coleção de coisas que eu não recomendo: fica pouco em cidades grandes, fazer grandes distâncias de trem, usar trens noturnos.

Desculpe, é a minha opinião. Mas eu não sou dono da verdade.

BIANCA DIB
BIANCA DIBPermalink

Comandante, Sylvia e tripulação!!!

Saudade de vcs e de viajar!! smile
Recebi a "Viagem" e adorei a matéria, Ricardo! Dá até pra cogitar ir mais cedo de novo pra Europa!
Vcs me ajudaram tanto e agora ajudam amigos meus com tantas dicas que tem por aqui!
Até hoje as pessoas veem meus comentários aqui e me mandam e-mails pra pedir dicas e tirar dúvidas. Isso me faz sentir ainda parte dessa animada tripulação!
Passei mesmo para fazer esse registro e matar um pouco a saudade!

Um grande abraço a todos!!!

isabella
isabellaPermalink

Olá Ricardo,
Eu queria ser vc! poder viajar sempre para lugares interessantes.
Já viajei, eu achava que bastante, mas nem um milésimo do que vc ja fez.
Vamos ao que interessa, irei para a Italia em setembro, pela terceira vez. Em Roma reservei um hotel perto da Piazza del Popolo - Via Flaminia, exatamente por que não queria perto da Termini. O que vc acha? eu ja conheço tudo perto da Piazza Venezia então me falta mais ao norte, por isso reservei neste lugar.È perigozo? de dia ou a noite? carioca tem mania de perseguição....
Gostaria ainda de saber como é o clima nesta época, fui em final do maio para Portugal esperando que já estivesse fresco e peguei 37 graus, quase não tinha o que vestir!
Agradeço sugestões de restaurantes próximos, ja li sobre um que vc colocu na Via Rippeta , algum outro?
obrigado

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Você vai estar numa região superchique, Isabela.

Os perigos em Roma são sempre os de estar na multidão e ser vítima de mãos-leves, ou ser distraído por um "artista" enquanto o outro leva alguma coisa. Pode acontecer em qualquer.

A refeição que você viu no blog foi a minha única na região. Na maioria das vezes comi no Trastevere. O Campo de' Fiori não está longe dali.

A temperatura deve estar entre o quente e o agradável. (E pra você ver como são as coisas: ano passado eu estive em Portugal em junho e achei fresquinho demais.)

isabella
isabellaPermalink

Oi Ricardo obrigado.
O roteiro que escolhi me parece ser bem legal, vamos a roma/florença/veneza e depois faremos um cruzeiro pelo mediterraeno saindo de savona.
A volta ao Brasil se dará por Milão, então vou aproveitar para conhecer um pouquinho da cidade. Alguma sugestão de hotel? Algum passeio imperdivel? O local onde fica a Santa Ceia é muito longe do centro?
È só um dia, mas aproveito sempre cada minuto da viagem.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Você encontra sugestões de hotéis e passeios em Milão clicando aqui e rolando a página:
http://viajeaqui.abril.com.br/blog/86520_comentarios.shtml?1311328

Para ver a Última Ceia você precisa reservar:
http://www.cenacolovinciano.org/sito/home.html

Veja também o relato do EduLuz de sua viagem a Milão:
http://eduluz.wordpress.com/2009/03/24/milao-maria-e-la-rinascente/

Carla
CarlaPermalink

Isabella, a igreja onde fica a Última Ceia não é muito longe do centro, mas pelo que me lembro não dá pra ir a pé...

Renata
RenataPermalink

Oi Ric,
Vou pra Italia em setembro passar 7 dias na Toscana, mas antes quero passar um final de semana em Roma.
Você poderia me dar algumas dicas de hoteis interessantes, que nao sejam abusrdamente caros em Roma?

Obrigada,

Renata Portugal

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Por "hotéis interessantes" você quer dizer que saiam do padrão básico-budget?

Acho que você consegue algum desses três entre 170 e 200 euros:
http://www.hotelcampodefiori.com/inglese/hotel.htm (localização boêmia/bacana)
http://www.casahoward.com (perto da Piazza di Spagna)
http://www.radissonblu.com/eshotel-rome (moderninho, mas perto do Termini)

Renata
RenataPermalink

Oi Ric,
Obrigada pelas dicas smile
Sempre recorro a VNV para as minhas viagens!
Passarei 4 dias na Toscana de carro antes de chegar a Florença.
Algum lugar que você recomende e que nao pode deixar de ser visto?

Beijos,

Renata

Adolfo
AdolfoPermalink

Riq, sei que o post já quase morreu, mas queria dar uma dica legal dos museus do Vaticano e do Vaticano que fiz há duas semanas.

Comprei os ingressos, pela Internet, para as 9 horas da quarta (dia da audiência). No dia marcado, a fila era NULA (demoramos 5 minutos para achar o local de pré-ingressos, entrar, raio X e saber onde era a entrada !

Depois de 3 horas, o que é o suficiente para ver o principal (especialmente a Capela Sistina), saímos do museu (a fila aí era grande) e entramos na Praça de São Pedro no final da audiência do papa, passamos o raio X e ficamos por lá. Após o final, a polícia libera quem está dentro da Praça antes do restante. Salvamos bons minutos.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Post aqui não morre não, Adolfo! Vai acumulando inteligência com o tempo! Obrigado pela contribuição!

Mirela
MirelaPermalink

Oi Adolfo? Tudo bom?

Entao quero te pedir que repasses o website da compra de ingressos do Vaticano, estou indo em outubro e gostaria de seguir a tua "trilha" pra nao brecar na fila!!!

Obrigada!

Mirela

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Direto com o Vaticano: http://biglietteriamusei.vatican.va/musei/tickets/do?action=booking&codiceTipoVisita=26&step=2

Se não houver mais vagas "oficiais" para o seu dia, dá para furar fila com esses intermediários: http://www.rome-museum.com/vatican2ind.php

Nívea
NíveaPermalink

Olá esta é minha 1ªvez aqui e estou com dúvidas em relação ao roteiro,aluguel de carro, tipo de roupa..., será que vc poderia me ajudar? Estou viajando em outubro com minha familia( marido,2filhos de 12 e 14 anos e sogros 75 anos)no periodo de 9 a 25/10.Sou de Recife e viajarei pela TAP. O roteiro tá + ou - assim:chegaremos a Portugal dia 9 e pernoitaremos em Lisboa.Temos reservas de uma semana no hotel Heritage em Malaga( tens referência dele?),
do qual faremos como referencia e ficarei visitando as cidades vizinhas(a propria Malaga, Cordoba, Sevilha, Granada).Em seguida vamos para Madri, aí ficamos 3 dias. Partimos para Porto e pernoitaremos lá. Por fim voltamos para Lisboa retornando a Recife dia 25/10. Para este roteiro decimos alugar uma van, no site Portugal-Auto-Rentals.com tem ofertas muito boas, porem nunca usei seus serviços. Você tem referencias sobre este site?É seguro? Indica algum outro?Pensamos em carro pela comodidade, já que meus sogros são idosos e um deles usa uma perna mecânica.E em relação ao tipo de vestimenta, sei que nesta epoca não faz frio, mas também não é quente. Qual seria as peças mais adequadas?Vi na revista que vc indica o IBIS em Lisboa,poderia acatar a sugestão em Madri e no Porto?Indicas outros?E passeios quais as melhores opções? Nossa enchi vc de perguntas ,mas se puder responde-las ficarei muito grata.
Abraços. Nivea

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Várias coisas, Nívea.

1) Vocês estão chegando em Portugal mas querem ir mesmo à Espanha. Essa noitezinha na chegada em Lisboa e a volta que vocês vão dar para ir até o Porto só para ficar uma noite não compensam. Em grupo, com adolescente e idosos, vocês vão ser bastante lentos. Para fazer Lisboa e Porto vocês vão precisar minimamente de três dias em Lisboa e dois no Porto.

2) Simule os trajetos que você imagina no site http://www.viamichelin.com. Lá você vai ver que fazer base em Málaga para ver a Andaluzia é uma ótima idéia -- confesso que fiquei besta, nunca tinha pensado nisso. Sevilha fica a 222 km, Córdoba a 163 km e Granada a 132 km. (Fora essas, ainda tem Ronda e a Serra da Grazalema, com os Pueblos Blancos, que dá para fazer desde Málaga.) Sevilha mereceria mais do que um bate-volta, mas é possível, sim. E o seu raciocínio de reduzir ao máximo a troca de hotéis com a sua turmona é perfeito.

3) Os outros trajetos é que são meio pesados. De Lisboa a Málaga é um puxadão de 665 km. De Madri ao Porto, 580 km. De Madri a Lisboa seriam 680 km. Pense em como vai ser lá: reunir toda a turma, tomar café da manhã, fazer check-out do hotel, conseguir sair da cidade (de lugares como Madri, pode-se levar uma hora no trânsito), parar pelo caminho para comer, entrar na outra cidade, achar o hotel, fazer check-in... é um dia perdido na função, e com todo mundo chegando exausto.

4) Meu conselho: comprem a passagem até Málaga; a Tap voa até lá. Aluguem a van. Fiquem cinco noites (um dia para descansar, um para ir a Ronda e Pueblos Blancos, outro a Sevilha, outro a Granada OU Málaga. De lá a Madri (600 km), passando pela cidade que tiver faltado -- ou Granada, ou Córdoba (restringindo a visita, claro, ao Alhambra ou à Mesquita). Fiquem quatro noites; deixem um dia para Madri, vão a Segóvia num dia e a Toledo no outro. Devolvam a van e voem a Lisboa. (A passagem ficaria Recife-Málaga//Madri-Lisboa-Recife; emita com um agente de viagem, online é difícil achar as melhores tarifas para passagens complicadas.) Aluguem outro carro por lá. Fiquem três noites. Dá as 12 noites do seu roteiro original.

5) Eu cotaria os carros na autoeurope.com e na http://www.europcar.com, e prestaria bastante atenção nas letrinhas miúdas (sobretudo quanto a quilometragem)

6) Os hotéis precisam ser escolhidos tendo o estacionamento e a facilidade de saída da cidade em mente. O Ibis Liberdade que eu indico em Lisboa é por ser relativamente próximo de tudo para quem gosta de caminhar. Não vai ser o caso do seu grupo.

Complementando:

7) Acho que no seu caso vale a pena pesquisar excursões disponíveis. As excursões têm todos os problemas de logística resolvidinhos; você deixa as preocupações para o guia e curte a viagem como turista, não como guia/quebrador de galhos do seu grupo.

8) Quanto ao clima, com exceção do alto verão no sul da Europa (Portugal, Espanha, Grécia, sul da Itália), espere sempre passar um friozinho. Para outubro na Península Ibérica eu faria uma mala parecida com a que levaria para São Paulo em julho. Para saídas dirunas eu recomendo camiseta + jaqueta; em dias ensoarados a temperatura sobe bastante ao longo do dia, e é bom ter uma roupa fresquinha por baixo do capote.

Nívea
NíveaPermalink

Oi Ricardo tudo bom? Confesso que fiquei boba com sua presteza, esperava que respondesse mas não tão rápido!
Que bom que vc gostou da nossa ideia de Malaga como base, mas qt a esse hotel, Heritage Resort, vc tem alguma informação? A Portugal-Auto-Rental vc ñ emitiu comentario por ñ conhecer ou por ñ gostar?
Não entendi sua sugestão em relação a Madri, 3 dias seria muito? basta 1 e acrescetariamos Toledo e Segovia?
Quanto a ida ao Porto, é mais para satisfazer minha sogra.
Ela tem uns parentes que mora lá e não os vê já algum tempo.
Seria só uma visitinha de cortesia, nada além.
Mais uma vez obigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Nívea, são três os resorts Heritage na região. Na verdade nenhum está em Málaga; pelo que pude ver todos estão todos fora da cidade, na Costa del Sol -- o que pode deixar mais fácil chegar e sair para os passeios.

Não tinha entrado no site da Portugal Auto Rentals. Nunca tinha ouvido falar, mas tem jeitão confiável. Tinha dado o outro site porque estava recomendando alugar carro a partir da Espanha.

Três dias não é muito para Madri, não. Só de museus a cidade já dá para esse tempo. Mas com crianças e idosos com dificuldade de locomoção, achei que a idéia de vocês era passear nas cidades próximas, só isso.

Nívea
NíveaPermalink

Oi ,obrigada pelas dicas. De fato, o Heritage que vamos ficar é em Mijas e fica a uns 27Km de Malaga,pelas fotos que vi achei linda! Uma cidadezinha cravada na encosta toda cheia que casinhas brancas, tem um taxi-burro que um charme, fiqei encantada com o ar bucolico da região.
O site de aluguel carro que vc indicou tem preços bem semelhantes ao da Portugal-auto, insisti na pergunta só por curiosidade.
Com certeza n~pretendo visitar muitos museos, pois meus companheiros ,nesta viagem, não terão muita paciencia em vê-los. Estou dando preferência a passeios mais livres tipos parques, saborear a culinária local, ir ao Estadio Santiago Bernabéu (exigencia do meu filho). Sem querer abusar da sua ENORME paciência, mas poderia sugerir alguns passeios?
Acredite virei sua fã incondicional. Jurava que vc era uma pessoa totalmente inatingivel, como julgamos mal!
Um cheiro.

Augusto
AugustoPermalink

Mirela, Ricardo e Adolfo
Visitei o museu do Vaticano no dia 22 de maio. Cheguei as 15 horas. Vinte minutos depois estava dentro do museu. Não comprei ingresso antes.
As filas do Vaticano existem. Anteriormente o museu ficava aberto só até as 14 horas. A bilheteria fechava duas horas antes. Claro que as filas no período da manhã eram imensas, como ainda o são (muito mais por força de uma memória inercial e de uma profecia que se autorealiza: As filas são grandes pela manhã, preciso chegar cedo").
Hoje o museu fecha as 18 horas e a bilheteria as 16. No período da tarde as filas são menores, muito menores. A maior parte dos visitantes foi pela manhã...
Quem deseja visitar pela manhã, acredito que deva comprar o ingresso prévio. Agora se você não comprou, vá a tarde.
Outra consideração é para quem vai com criança. Comprando na hora o ingresso custa 8 euros. Comprando pela Internet o ingresso custa os mesmos 14 euros de um adulto com adicional de 4 euros pela transação via web.
Abraços

Adolfo
AdolfoPermalink

Augusto,

Acho que realmente à tarde a chance da fila menor é grande. Mas pelos posts não só daqui mas em sites do mundo todo, os Museus do Vaticano tem a fama de filas intermináveis. Pelo sim, pelo não, apelamos para a reserva, o que salvou um tempão para nós, já que fomos de manhã... Ainda com o calorão que pegamos em Roma, foi muito bom !

Aproveito para deixar o que reservamos pela internet e se valeu a pena ou não :

- Galeria Uffizi - nem tanto, esperamos uma meia hora (pq é pedido), mas tinha lugar de sobra para comprar na hora.
- Museus Vaticano - valeu muito pq não houve espera e deu pra pegar o final da audiência do Papa na Pça de São Pedro e entrar antes da muvuca na Basílica.
- Coliseu - a fila é grande mesmo nos que têm ingresso, mas a fila anda muito mais rápido que a fila normal. Valeu. Usamos o Roma Pass, que tb vale muito a pena, não só pelas duas atrações inclusas (no nosso caso, Coliseu e Museus Capitolinos), mas tb pelo transporte público.
- Accademia em Florença - nem tanto, fila pequena para entrar (pode ser por falta de ingresso)
- Uffizi - valeu , mas o sistema é meio confuso (tem que retirar o ingresso do outro lado da rua da entrada, mas não vi explicações em nenhum lugar)
- Jogo do Milan em Milão - nem tanto, a fila para pegar o ingresso é grande e vc tem que chegar 4 horas antes do jogo para retirar. Mas como fomos para lá só pelo jogo, melhor não arriscar. Existem tantos cambistas quanto no Brasil.
- Jogo de Roland Garros em Paris - só reservando mesmo e com muita sorte. Existem cambistas fora, mas como os ingressos são nominais (ainda que dê para mudar o nome no site), acho muito arriscado. Ainda demos a sorte de ver os jogos do Nadal e do Federer na quadra central !!!

As taxas de conveniência são relativamente altas, mas acho que valem a pena pela comodidade, pelo tempo economizado na fila e pela segurança da vaga !

Todos os ingressos foram comprados nos sites oficiais e não tivemos nenhum problema, nenhum mesmo.

Eliane
ElianePermalink

Ricardo, sigo sempre suas dicas! Obrigada!

Viajaremos para a Europa em setembro, eu, meu marido e meu filho de 13 anos. Lá encontraremos meu filho mais velho que mora em Dublin e que vai nos acompanhar na viagem.

Temos 16 dias inteiros. Gostaríamos de passar por Dublin (3 dias), Londres (4 dias), Paris (4 dias) e Roma (4 dias). Não necessariamente nesta ordem. Sobra um dia para ajustar.

Minhas dúvidas são: qual o melhor roteiro, principalmente a melhor sequência; quais trechos devo incluir na passagem intercontinental e quais devo fazer com low-cost (RyanAir, EasyJet, Vueling, qual?); se Londres-Paris é melhor fazer de avião ou Eurostar.

Aceito dicas de todos, por favor. Agradeço muito.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pra saber, só fazendo muita conta e simulação, Eliane.

O que eu posso dizer é que, teoricamente, incorporando o seu filho de Dublin, que não vai ter a "gordura" da passagem intercontinental para gastar, fazer os trechos intra-europeus por low-cost talvez fique mesmo imbatível.

Eu aproveitaria essa desculpa para fazer Paris-Londres de Eurostar, que é mais prático (e por vezes mais rápido) do que de avião.

O roteiro que faz mais sentido, e é mais confortável, é se encontrar com o pimpolho em Dublin, de lá pegar uma Ryanair para Roma, então a easyJet para Paris, então Eurostar para Londres, voltando de lá para o Brasil.

Veja a disponibilidade de low-costs para as datas que você precisa em http://www.skyscanner.net.

Compare com tarifas de cias. convencionais em http://www.kayak.com . Às vezes dá para conseguir trechos quase tão baratos quanto.

Lembre-se que o limite de passagem despachada da Ryanair é de 15 kg (da easyJet e da Vueling é de 20 kg).

Eliane
ElianePermalink

Obrigada, Ricardo, ajudou muito!

Também estou seguindo sua dica de utilizar, pela primeira vez, o serviço de um agente de viagem. Mas, ela demora uma semana para me passar uma simulação, talvez porque eu não seja uma cliente VIP ainda.

Então, vou tentar Curitiba-Dublin e Londres-Curitiba. Caso alguém tenha dicas ou sugestões, serão bem-vindas!

Muito obrigada!

hoteis baratos
hoteis baratosPermalink

Livro util. No meu blog tenho informaçoes de todas essas cidades exepto berlim. O meu ultimo artigo é acerca de um dos melhores hoteis baratos em lisboa. http://reservahoteisbaratos.blogspot.com/2009/06/hoteis-lisboa-hotel-mundial.html

Mari Géa
Mari GéaPermalink

Oi Riq, legal as sugestões q vc deu à Nívea q vai à Espanha em outubro! Não sei se lembra, mas eu pedi dicas de roteiro p ir c minha mãe tbm p lá no mesmo mês, e vc me disse q irá fazer Dri Setti do Achados e temos trocado um monte de informações, principalmente sobre hotéis de bom preço. Ela me deu a idéia de ir de Barcelona (onde chegarei) p Madri de AVE, pois eu estava na dúvida se alugaria carro em BCN ou em Madri, mas indo de AVE, pensei em fazer base em Madri c bate-e-volta à Segóvia, Ávila e Toledo. Depois disso então alugar carro e descer p Andaluzia. Havia pensado em fazer minha base em Sevilha, mas a idéia de Málaga parece mesmo boa, imagino q os hotéis sejam mais baratos. Eu acho q adoraria ficar em Sevilha de toda forma.. Bom, dali poderíamos ir à Córdoba, Granada, Málaga e Pueblos Brancos. Acha uma boa? Com relação à Bibao, a Dri disse q eu deveria ir de trem, conhecer e depois ir a San Sebastian q é mais legal, mas não sei se quero, meu interesse mesmo em Bilbao é o Guggs, afinal sou uma historiadora enlouquecida por arte e museus!!! O q vc acha de tudo isso ai??? Aguardo..

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Oi Mari Géa!

Acredite, não há NINGUÉM mais gabaritado do que a Dri Setti pra dar pitacos na sua viagem!

Concordo inteiramente com ela sobre Bilbao/San Sebastián. Bilbao tem o museu, mas San Sebastián é mais cidade em todos os sentidos. E olha só -- o museu de Bilbao só é importante arquitetonicamente; as coleções não são páreo para o que você vai ver em Madri (ou mesmo no Museu da Catalunha em Barcelona).
Para resolver a equação Bilbao sem dor, acho que o mais indicado é fazer um bate-volta de avião desde Barcelona. Com a http://www.clickair.com você pode sair cedinho (7h) e voltar à noite (21h55). Simulei no site e agora em julho dava pra fazer ida e volta nesses vôos por 65 euros.
Também concordo que o AVE é a melhor opção entre Madri e Barcelona; mas tem que ver como isso se encaixa no seu roteiro que inclui a Andaluzia. Eu sairia de Madri para a Andaluzia, e de lá para Barcelona, voltando de avião desde lá.
Quanto à base em Málaga, ela só tem um defeito: Sevilha em bate-volta é um pecado. Eu apoiei a Nívea por causa dos adolescentes e dos vovôs com problema de mobilidade; mas no seu caso eu não recomendaria, não.

Eu faria assim:

Madri sem carro
Madri-Córdoba-Sevilha de AVE; parada em Córdoba (deixe as malas na estação de ônibus atrás da estação de trem) para ver a Mesquita.
Depois de dois dias em Sevilha, aluga carro, faz a Serra da Grazalema/Pueblos Blancos, devolve o carro em Granada, dorme em Granada.
Visita o Alhambra no outro dia de manhã, pega um clickair pra Barcelona.
De Barcelona, bate-volta aéreo a Bilbao.
Volta de avião desde Barcelona.

Mari Géa
Mari GéaPermalink

Ops, faltou um pedaço do meu comentário ai em cima...
Aí vai o pedaço excluído:
"(...)Não sei se lembra, mas eu pedi dicas de roteiro p ir c minha mãe tbm p lá no mesmo mês, e vc me disse q irá fazer um post gde sobre o assunto. Enqto aguardo, andei conversando c a Dri Setti do Achados e temos trocado um monte de informações (...)"

Mari Géa
Mari GéaPermalink

Riq, vc realmente é "O Cara" na logísitica.. kkkkkkkk.. Muchas gracias cariño!! Pq todo o tempo eu ficava só pensando em malas e carro e no qto tudo isso sem logísitica pode dar dor de cabeça.. e na questão tempo, é claro! Ganho mto mais tempo assim, com isso poderei aproveitar mais em cada lugar. As cidades ao redor de Madri devo ir de trem tbm né? Acha q devo alugar um carro p ir a Cadaqués?? Bom, agora o próximo passo: mesmo p essa época devo sair daqui c os ingressos das principais atrações comprados? E o AVE tbm?? Nooossa, a Dri vai adorar esse roteiro.. Brigadinha demais Riq!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Toledo e Segóvia de trem: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/90371_comentarios.shtml?1311328

Ingressos para o Alhambra: http://www.servicaixa.com

No AVE você vai ter que comprar os dois trechos separados. Vá a Córdoba no trem mais cedo que houver, para não dar azar de chegar e os guarda-volumes já estarem tomados. A estação de ônibus fica atrás da de trem; ao entrar na estação de ônibus, pegue a direita e vá até a última sala. Compre uma ficha ao lado dos guarda-volumes ("consigna"). A ficha custa 3,50 euros.

Mari Géa
Mari GéaPermalink

Mais uma vez, muitíssimo grata Riq!!!!

Fabiano Moreno
Fabiano MorenoPermalink

Oi riq , como está meu querido?
Estou planejando ir ano que vem para europa más ,ja estou tentando aqui me planejar ,pois será minha primeira vez.
Pretendo fazer o Tal Caminho de Santiago na Espanha com um amigo e delá, queria conhecer pelo menos tres cidades que ficam uma distante da outra na europa ,Que sãorazzarís,Roma e Londres.O que você me sugere fazer para conhecer essas tres cidades low-cost apartir de Santiago ? trem ?consigo euro-pass que vale para esses paises. você é o melhor me dê uma dica porfavor! até!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tem que fazer muitos orçamentos. Use um agente de viagem.

Primeiro orçamento: tudo de avião, incluído na passagem saindo do Brasil.

Segundo orçamento: ida do Brasil à grande cidade mais próxima do início do caminho de Santiago que você vai fazer (existem vários), volta de Londres ao Brasil. Trechos intra-europeus por cias. low-cost ou em cias. convencionais com tarifas promocionais. As low-costs podem ser pesquisadas em http://www.skyscanner.net . Veja se as cias. convencionais têm tarifas semelhantes no http://www.kayak.com .

(Aeroportos convenientes para Compostela: além de Santiago, La Coruña e Porto).

Não vale a pena eurailpass, as cidades são muito distantes uma das outras.

Paulo
PauloPermalink

Ricardo,

Estou indo para a Eupora agora em agosto (Rome,Venice, Firenze, London, Amsterdan, Paris).

Em Amsterdan, fechei com a sua indicação do Van Onna através do Luiz, o pagamento é em cash porque nao aceitam cartões.

Agora só me resta Paris. Você conhece o Hotel Du Loiret na 8 rue des Mauvais Garçons ?

As reservas são feitas por e-mail com o fornecimento do numero do cartao de crédito. Mas o pessoal lá demora muito para responder e-mails e pelo que vejo possuem dificuldade para escrever em inglês.

Você teria alguma informação sobre esse Hotel? (já indaguei a Lina e a mesma me informou que a localização é boa, mas nao possui detalhes do hotel)

Ou alguma dica de hotel barato em Paris?

obrigado!

Paulo

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

As resenhas no TripAdvisor são normais para hotéis baratos: muita gente gosta, muita gente acha que deveria ter móveis, instalações e staff melhores. A localização é ótima; ficar baseado no Marais é bacana.

Um hotel budget que todo mundo aprova aqui no blog é o Victoria Châtelet, http://www.hovicha.com . Ele é um dos três hotéis que eu incluo na matéria.

O melhor guia para hotéis baratos em qualquer grande cidade européia é o Eurocheapo. http://www.eurocheapo.com/paris.

Silvina Villena
Silvina VillenaPermalink

Ricardo,
Estamos planejando uma viagem para a Europa para as férias de julho de 2010.Comemoraremos os aniversários de 15 e 21 anos de nossos filhos.Meu marido acaba de receber a cidadania espanhola e providenciaremos as de nossos filhos.Gostaríamos de passar pela Espanha,França,Itália e Portugal e Inglaterra(exigência de todos).Meu filho e marido fazem questã de assistir os jogos de tênis do Grand Slan da Inglaterra e minha filha,conhecer os fã club do Mc Fly.Eu,quero visitar as boutiques de pérolas japonesas em Paris.Por onde devo começar a fazer o toterio.Nossa preferência é viajar de trem.Aceito sugestã de roteiro,hotéis, passeios inesquecíveis,etc.Um grande abraço
SILVINA E ANTONIO VILLENA.:

Fabio
FabioPermalink

Riq,

Não sei se aqui é o lugar correto de se postar essa pergunta, creio que sim porque estou no espírito "Europa barata" na viagem que farei em agosto.
Vi que, neste período, o Palácio de Buckingham é aberto para visitação (pagando, claro). Vou ficar 5 dias em Londres. Vale a pena visitar os "State rooms" e comprar antes no Brasil pela internet (16,50 libras)? Eu não estou muito inclinado não. Mas vai que é imperdível...não sei.(http://www.royalcollection.org.uk/default.asp?action=article&ID=322)

Pegando a carona na pergunta, o que vale a pena comprar no Brasil para evitar fila na Europa em agosto? Já me falaram que comprar entrada no Vaticano é um adianto e tanto. Imagino que haja outras situações em que podemos evitar filas quilométricas comprando na internet antes de viajar, não?
(Vou para Londres, Paris, Bruges, Amsterdam, Berlim, Veneza, Firenze e Roma)
Abração,
Fabio

Fankini
FankiniPermalink

Oi, descobri esse blog ano passado e fiquei encantada como ele nos ajuda e faz nossas viagens ficarem muito melhores. Parabéns.
Como irei viajar não poderia deixar de passar aqui antes para ajudar no meu roteiro e pegar as dicas maravilhosas.
Antes queria fazer um comentário assim que abri o blog fui ver os lugares onde o Riq tinha ido e vi Luanda, fui logo abrindo pois queria ver o que ele tinha visto por aqui. Riq adorei ficou muito bom, por aqui as coisas mudaram um pouco mas muita coisa continua igual. Poderia dizer que aqui está literalmente um canteiro de obras por onde se passa vemos máquinas, construções… em uma velocidade muito grande. Estou morando aqui a 1 ano e 2 meses e realmente deveria ter ido as praias e alguns restaurantes que são muito bons. Caso volte e eu ainda esteja aqui te mostrarei os lugares que conheço se quiser.
Dia 11 de Setembro irei tirar férias com meu namorado e como não temos muito tempo, 15 dias, não sei ao certo para onde ir, vamos para a Europa. Aqui a internet não colabora muito então não tive como ler tudo, imprimi e irei ler mas queria uma luz. Falamos muito a frase “Tem mais não há”, ela só dá o ar da graça quando quer. Sei que deveria ter feito esse roteiro a mais tempo mas outro problema é que a crise chegou aqui então não tinha certeza se continuaria aqui só agora que me deram certeza.
Pensei em ir para Itália, Barcelona e Paris.
Tenho uma amiga que mora em Bologna e falou que de lá dá para eu ir em várias cidades de trem.
Não sei se em 15 dias daria para passar nesses 3 lugares ou seria melhor tirar algum.
Minha ida e volta será via Lisboa.
Agradeceria muito se me ajudassem.

Fankini
FankiniPermalink

Oi,
como minha volta será sexta vou tentar ficar mais 2 dias já que sábado e domingo não terei que trabalhar. Seria bom pois é mais tempo para aproveitar.

Espero ansiosa por uma luz.

Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Fankini, desculpe, estava em trânsito na sexta e não vi sua pergunta anterior.

A rota mais indicada seria Lisboa-Barcelona-algum lugar na Itália próximo a Bolonha-Paris-Lisboa.

Há vôos low-cost de Barcelona a Milão, Pisa e Florença. Os de Milão estão mais em conta. De trem de alta velocidade Milão está a 1h de Bolonha (de trem mais antigo, 2h) -- mas o aeroporto está a 1h30 da estação. Do aeroporto de Pisa a Bolonha são 2h30.

Antes de comprar passagens low-cost veja quanto a TAP cobra pelo percurso inteiro
https://www.viajenaviagem.com/2009/07/cias-low-cost-na-europa-modo-de-usar/

Viagens de trem na Toscana https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

Milão, do aeroporto à estação https://www.viajenaviagem.com/2007/06/conexao-milao/

Fankini
FankiniPermalink

Muito obrigada.

Quanto tempo acha necessário para cada lugar?

Depois de sua dica vou tentar montar um roteiro e passarei aqui de novo para pedir dicas.

O problema é que meu visto está para renovar então estou com medo de comprar e reservar e ele não sair, ai, ai, viver aqui é sempre com muita emoção, rs.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Anúncios disfarçados de comentários serão deletados.

Ana Luiza
Ana LuizaPermalink

Ricardo e demais colegas,

Irei no final de setembro para a Itália e já fiz as reservas dos hotéis em todas as cidades aonde ficarei (Roma, Napoli, Sorrento, Capri, Florença, Veneza e Milão). Mas, estou um pouco preocupada em relação ao transporte na Itália. Pensei em comprar antecipadamente as passagens de trem no site Trenitalia. É confiável. Minha preocupação é deixar para comprar em cada uma das cidades e não encontrar o horário que me interessa o que poderia levar talvez até a alguma perda de reserva. O que vcs acham? Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O site da Trenitalia é confiável, mas nem todo mundo consegue confirmar a compra online (o site cisma com os cartões, ou os cartões cismam com o site, ainda não sabemos).

Para garantir tarifas com 15% de desconto (Promo-15%) nos trens rápidos (AV e ES) é preciso comprar com uma semana de antecedência.

Nos outros trens (InterCity, que são mais velhos e mais lentos) dá para conseguir 20% de desconto (tarifa Amica) até 48 horas antes da partida.

https://www.viajenaviagem.com/2009/06/trem-na-europa-qual-e-a-antecedencia-necessaria-para-conseguir-as-tarifas-promocionais/

Se você não conseguir comprar pela internet, perca duas horas numa estação e compre todas as suas passagens na bilheteria. Leve escritos num papel trechos e horários pesquisados no site da Trenitalia.

Leia também:
https://www.viajenaviagem.com/2009/05/vai-por-mim-costa-amalfitana-e-capri/

Paulo
PauloPermalink

Fala Ricardo!

Primeiramente lhe agradeço pela dica do Hotel Van Onna em Amsterdan.

Eu e a minha esposa acabamos de voltar de um tour pela Europa e ficamos nesse hotel.

A nossa recepção em Amsterdan logo no trem do aeroporto ao centro de Amsterdan foi fantastica.

Encontramos uma senhora muito gentil com a qual conversamos no trem ela tinha acabado de voltar do Rio e tinha ficado encantada com as belezas naturais do Rio de Janeiro.

E a noite fomos a um restaurante próximo do Hotel que também tinha voltado do Rio de Janeiro a algumas semanas e que por incrivel que pareça disse ter adorado funk e que foi três vezes ao "Castelo das Pedras". rsrsrs

Ficamos impressionados com a educação do povo local!

No dia seguinte conversamos com o Luiz no Hotel. O irmão dele também trabalha lá e existem mais outros dois brasileiros trabalhando no Van Onna.

Deixamos com o Luiz a revista "VIAGEM - EUROPA BARATA" (um dos nossos acessorios de viagem) para ele tirar cópia da sua reportagem (vão fazer um quadro para por na parede do hotel).

O Luiz nos indagou sobre uma reportagem que teria saido no Estadão de SP sobre o Hotel, mas nos desconheciamos se vocë tiver mande para ele em "pdf" para que possam fazer outro quadro para por la.

Acredito que chegamos no Hotel em boa hora, pois aquele senhor gentil que era o dono do hotel, tinha acabado de vender para um jovem chinês que tambem estava lá trabalhando junto com o pessoal como se funcionário fosse, foi inclusive ele que fez o nosso check in.

O novo proprietário do hotel é tão jovem que passou por nos desapercebido até que o Luiz nos comunicou que ele era o novo dono - rapaz compenetrado e educado por sinal.

Por isso, que lhe digo que acreditamos que chegamos lá em boa hora, pois levamos a revista e acredito que o Luiz tenha feito bom uso dela com o novo patrão!

Graças a sua reportagem tem muito brasileiro, que como nos, aproveitamos a dica e fizemos a reserva com o Hotel. Parabens pela reportagem e pela dica.

Esperamos que a nova administração mantenha os mesmos profissionais que trabalham lá, todos e educados e muito solicitos no atendimento.

Me mande um e-mail para eu lhe enviar fotos da rua do Hotel.

Abraços e mais uma vez obrigado pela dica.

Paulo e Andreza

Paulo
PauloPermalink

Ricardo,

Já ia esquecendo!

Aproveitamos, também, a sua dica do Hotel Smeraldo de Roma.

Achamos o Hotel bem localizado, limpo e agradável apesar da rua nao ser tao bonita, mas roma e assim mesmo é comum ver paredes pixadas.

Algumas pessoas da recepção não são amigáveis, mas isso é a Italia infelizmente.

Fizemos tudo a pé desse hotel.

Aproveito para indicar a pomada "FASTEN" (vende em qualquer farmacia da Italia) para quem ficar com dor nos pés de tanto andar em Roma ...rsrs

Roma é isso ... horas de caminhadas... quem não sentir dor nos pes de tanto caminhar para conhecer as belezas do local... não conheceu Roma como ela realmente deve ser vista.

Andar de onibus em Roma não tem graça.

Obrigado!

Paulo

Gi
GiPermalink

Ricardo...!!!
Help!
Estou tentando ver qual será a maneira mais econômica de me locomover em Londres...!!! Sim, sim... cheguei a uma conclusão: a pé!
Mas, como ficarei hospedada perto de Wimbledon... veja que não será possível.
Você já tem algo publicado sobre aqueles INFERNOS de CARDS? Travelcard, Oyster card..
Eu chego em Londres num sábado à noite, fico até terça de manhã (quando vou até Edinburgh) e volto na quinta à noite para Londres, permanecendo até domingo de manhã (quando parto para Paris).
Se você tiver uma dica...
Obrigada!
Gi

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Oyster Oyster Oyster Oyster. Não tem erro, o cartão calcula a tarifa mais conveniente para o seu número de deslocamentos do dia. Clique na matéria e procure por Londres, que você acha a dica.

Gi
GiPermalink

Ricardo!

Obrigaaaaaaada!
Não precisarei mais perder hoooooras estudando o arquivo que o site dos transportes de Londres disponibiliza, e que, sejamos sinceros, não é naaada simples!

Mando notícias das terras de lá... wink

Bianca
BiancaPermalink

Olá Ricardo, Sylvia & Cia.

Aqui estou eu de novo, agora por motivo de viagem...nem acredito!
Estive muito por aqui em 2007 quando fui passar 28 dias na Europa!

Agora estou indo em Janeiro, "apresentar" Paris pra minha mãe, que está indo pela primeira vez e há muito sonha com esse dia!

Vamos eu, minha mãe e minha irmã e fui colocada na posição de guia! Vejam só!...Estou achando muita responsabilidade! smile

Sei que janeiro não é a melhor pedida, pelo frio, mas a oportunidade surgiu e não podemos perder.
Enfim, estou aqui para que me dêem um roteiro dentro de Paris, possíveis dicas e onde não posso deixar de ir com elas.
São 5 dias inteiros em Paris, sem contar chegada e saída.
Quero levá-la ao Castelo de Versailles e gostaria de saber se o passeio leva o dia todo e se é melhor ir de trem ou ônibus.

Como vamos passar a semana, chegando numa segunda e partindo no sábado, creio que o "Paris Visite" seja aconselhável para os transportes. Concordam?

Pensei em dar um bate-volta de um dia inteiro em Londres. smile Tenho certeza que não vão achar boa idéia. Mas nao sei qdo minha mae terá oportunidade de voltar lá e achei que poderia ser uma boa. Indo e voltando de Eurostar, que gasta menos tempo, e vendo os pontos principais ao menos.

É bom estar aqui de novo como viajante!!

Abç a todos!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Bianca, é melhor aumentar essa viagem em dois dias e dar três dias para sua mãe em Londres, voltando de lá. Bate-volta a Londres não faz sentido.

Você está vendo o que está acontecendo agora? Você JÁ FOI a Paris e mesmo assim precisa de ajuda para apresentar Paris a outra pessoa. Isso acontece por causa dessa coisa de achar que basta pôr o pé numa cidade para dar a cidade como vista.

A Maria Lina do Conexão Paris tem roteiros prontos para 4 dias.

A Versalhes se vai de trem (RER).

O Paris Museum Pass é bem melhor do que o Paris Visite. Compre carnês de 10 viagens para o metrô ou faça o passe Navigo Découverte.

Paris em 4 dias: http://www.conexaoparis.com.br/category/paris-em-quatro-dias/

Paris Museum Pass: http://viajeaqui.abril.com.br/blog/142117_comentarios.shtml?1311328

Bianca
BiancaPermalink

Obrigada, Ricardo!!

Vou checar os links que me passou!

O peso da responsabilidade é por ser uma viagem tão sonhada por ela. Se fôssemos eu e uma amiga ou irmãos apenas eu estava tranquila, mesmo sem conhecer tanto assim. Mas vai dar tudo certo.

Vou tentar por mais dias pra ir a Londres.
Tem alguma dica de seguro saúde? Um B&B smile bom e barato. Só pra cumprir a formalidade. Li alguns viajantes falando do bom preço do worldnomads mas pelo que li no site não cobre os US 30.000 exigidos.

Mais uma vez obrigada.
Abç

tai
taiPermalink

Olá,
estamos indo para as seguintes cidades (Madri, Barcelona, Amsterdam, Paris e Lisboa) e ainda não sabemos como vamos nos deslocar entre elas. Pensamos em fazer Barcelona Amsterdam de avião e o resto de trem. Essa é a melhor opção? Quais são as cias de transporte? Outra coisa, em Lisboa ainda não temos onde ficar e pensamos em ficar em albergue. Tem algum para indicar?
obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Madri-Barcelona: trem http://www.renfe.com ou, se você não conseguir tarifa Web ou Estrella, avião low-cost.

Barcelona-Amsterdã: avião

Amsterdã-Paris: trem http://www.nshispeed.nl/en/gerelateerde-artikelen/fyra-pagina

Paris-Lisboa: avião

Tente incluir todos os trechos "internos' de avião na sua passagem intercontinental.

https://www.viajenaviagem.com/2007/04/a-primeira-viagem-a-europa/

https://www.viajenaviagem.com/2009/07/cias-low-cost-na-europa-modo-de-usar/

Albergues em Lisboa: http://viajeaqui.abril.com.br/indices/conteudo/blog/63353_comentarios.shtml?5881928

Malu
MaluPermalink

Riq, uma pessoa super amiga me perguntou como utizar o transporte público para ir do aeroporto de Lisboa para o bairro Castilho. Vc poderia me ajudar a responder para ela? Achei que era só entrar no site do aeroporto, como no CDG, e encontraria tudo... que nada!!!!! mrgreen

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Malu, assim pelo nome do bairro eu não sei pesquisar, não.

Se ela der o endereço eu posso achar no Google Maps e então ver o lance do transporte.

Mas táxi em Lisboa é TÃO barato que eu acredito que só vai valer a pena se for MUITO longe...

jpsoares
jpsoaresPermalink

Malu, moro em Lisboa e não conheço nenhum bairro com esse nome.Penso que você deve estar a procurar a localização da Rua Castilho. Fica no centro da cidade na area do Marquês de Pombal.

http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&q=R.+Castilho,+Lisboa,+Portugal&sll=-14.179186,-50.449219&sspn=53.18992,107.753906&ie=UTF8&cd=1&geocode=FTXlTgIdd1R0_w&split=0&hq=&hnear=R.+Castilho,+Lisboa,+Portugal&z=15

O Aerobus passa perto
http://www.carris.pt/pt/autocarro/91/descendente/

O taxi fica no maximo por 10 euros

Malu
MaluPermalink

Riq, JPSoares e Sylvia, muitíssimo obrigado. lol
Leiam porque nossa comunidade VnV é imbatível:

"Pergunto: como os seus amigos do blog do Freire deram dicas boas de Fátima,será que não dariam sobre os buses?"

Tudo respondido, brigadíssimo!!!!!

a_rodrigues
a_rodriguesPermalink

Caro ricardo,
Em caso de necessidade como se usa o seguro saúde?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Os seguros-saúde oferecidos dentro dos seguros de viagem (tipo Assist-Card, GTA, todos que prometerem "assistência") têm centrais telefônicas em todos os continentes para você ser atendido e orientado em português.

a_rodrigues
a_rodriguesPermalink

Ricardo,

Sou marinheiro de primeira viagem. Eu e minha esposa estamos começando a montar uma viagem de 30 dias à Europa para abril de 2011.
O roteiro será Londres-Bruxelas-Paris-Suiça(talvez, se você disser que vale a pena visitar alguma cidade)-Veneza ou Roma (dúvida)-Madri-Brasil.
Que documentos são necessários para viajar para estes países além do passaporte?
Que hotéis você pode indicar com custo baixo, mas com algum conforto?
Que lugares não podemos deixar de conhecer nestes lugares?
A data escolhida é interessante?
O que não pode faltar na mala?

Obrigado pela ajuda.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Adilson, mesmo com 30 dias você está cobrindo chão demais...

Comece por este post aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2007/04/a-primeira-viagem-a-europa/

Abril é ótimo. Além do passaporte, para a Europa, só é preciso o seguro-saúde com cobertura de 30.0000 euros e toda a papelada à mão (reservas de hotéis e passagens).

Nos próximos meses eu devo publicar aqui no site um guia para planejar viagens à Europa.

Enquanto isso, outros posts que podem elucidativos:
https://www.viajenaviagem.com/2007/08/europa-aviao-trem-ou-carro/
https://www.viajenaviagem.com/2009/06/trem-na-europa-qual-e-a-antecedencia-necessaria-para-conseguir-as-tarifas-promocionais/
https://www.viajenaviagem.com/2009/08/reserve-seu-hotel-pela-internet/

Eduardo H
Eduardo HPermalink

Ricardo,bom dia! Para entrar na Europa (França e Italia), o seguro de saude da Mastercard vale? Recebi hoje o seguinte contrato:

O seu internacional PLATINUM MASTERCARD® cartão proporciona cobertura médica de emergência para o titular
do Cartão, Cônjuge e Dependentes,de acordo com as condições gerais desta apólice:
– Os pagamentos devem estar em dia;
– O pagamento da viagem em um meio de transporte público deve ser pago com o elegível internacional
PLATINUM MASTERCARD® cartão;
– Somente estão cobertas as despesas médicas regulares e razoáveis que ocorram fora de seu país de
origem;
– As condições preexistentes (doença / dano) não estão cobertas;
– A cobertura estará vigente até um máximo de 31 dias, a partir da data de inicio da viagem.
Os benefícios incluem Despesas Médicas por Acidente ou Doença, Remoção Médica de Emergência e
Repatriação Funerária sujeitos aos termos e condições da apólice.
BENEFÍCIOS: MAXÍMOS:
Despesas Médicas - Titular do Cartão, Cônjuge, Dependente Até EUR 30,000
Remoção Médica de Emergencia / Repatriação Até USD 50,000
Repatriação Funerária Até USD 25,000
Os benefícios de MasterAssist™ Plus Internacional Cartão Plano Familiar são “primários” e serão pagos
independentemente de qualquer outra cobertura de seguro ou forma disponível de indenização.
Caso você tenha qualquer pergunta sobre a cobertura de seguro deste programa, necessite assistência médica de
emergência ou ajuda para apresentar um sinistro: + 0 (800) 891-3294 from Brasil | + 1 (800)-307-7309 from North America,
Puerto Rico, and US Virgin Islands | + 1 (636) 722-7111 Collect call.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A chave está nos 30.000 euros de cobertura. A resposta é sim.

Ligue para o cartão e veja se eles têm um certificado específico para apresentar na imigração.

Camila
CamilaPermalink

Ricardo,
Depois de ler muitas de suas dicas, especialmente para a primeira viagem para a Europa, meu marido e eu proveitamos a promoção da CVC e compramos as passagens e o hotel de Paris. Vamos ficar 30 dias (maio), com o seguinte roteiro:
- Madri (3 dias, incluindo bate-e-volta Toledo)
- Barcelona (4 dias, incluindo bate-e-volta Figueras)
- Napolis (2 dias, Pompéia e ilha de Capri)
- Roma (5 dias)
- Florença (4 dias, incluindo bate-e-volta Pisa e Siena)
- Veneza (2 dias)
- Londres (5 dias)
- Paris (5 dias)
Sobre os transportes, estamos pensando em avião, de um país para outro (não compramos os trechos internos ainda), e trem, dentro da Itália e Espanha.
Minhas dúvidas são:
- A distribuição dos dias em Madri/Barcelona está ok?
- Dá pra encaixar mais algum bate-e-volta interessante no roteiro?
- Na Itália, melhor comprar o passe de trem, comprar cada trecho de trem separadamente (com antecedência), ou alugar carro? mesma dúvida para a Espanha...

Desculpe o monte de pergunta!! Espero que tenha paciência de responder... smile

Obrigada !!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Simpatizo com a quantidade de dias que você alocou para as cidades grandes, Camila. Mas essa viagem ainda tem escalas demais.

O deslocamento entre duas cidades come, na melhor das hipóteses, um turno inteiro, e rouba boa parte da sua energia naquele dia.

Veja por exemplo como seria sua saída de Barcelona a Nápoles. Você acordaria, tomaria café, fecharia a conta. Pegaria um trem para o aeroporto, chegando com uma hora antes do vôo. Faria um vôo de duas horas a Roma. Chegaria no aeroporto, tiraria as malas do carrossel. Pegaria um trem ao Termini em Roma. Na estação pegaria outro trem a Nápoles, de uma hora. Pegaria um táxi ao hotel. Faria o check-in. Deixaria as malas. Que horas seriam? Provavelmente o meio da tarde. Não dá mais pra ir nem pra Pompéia nem pra Capri. E mesmo que desse -- que maratona seria, hein?

Esses percalços de deslocamento acontecerão, em menor escala claro, em todas as etapas. De modo que na maioria dos lugares não dá pra contar muito com o primeiro dia.

Eu tiraria Nápoles e usaria um dia de Roma para ir a Pompéia, caaaaaso você desse Roma por vista nos dias precedentes.

Em Madri você vai ter praticamente um dia, porque no outro vai a Toledo. Se puder acrescentar um dia aí seria bom.

Carro é para viagens slow. Carro com roteiro picadinho, distâncias longas e objetivos ambiciosos não dá certo.

Madri-Barcelona pode ser trem ou avião, o que você conseguir mais barato. BArcelona-Roma avião. Na Itália não vale a pena passe, compre as passagens trecho a trecho. Veneza-Londres de avião. Londres-Paris de Eurostar.

O ideal teria sido aproveitar essa tarifa da Iberia para tentar compor todo a parte aérea. Você provavelmente vai ter que fazer trechos de low-cost, então vá com pouca bagagem. (Lembre-se de que você vai comprar coisas por lá).

https://www.viajenaviagem.com/2009/06/trem-na-europa-qual-e-a-antecedencia-necessaria-para-conseguir-as-tarifas-promocionais/

https://www.viajenaviagem.com/2009/07/cias-low-cost-na-europa-modo-de-usar/

Camila
CamilaPermalink

Hum... Entendi o problema da chegada em Napolis... Eu tinha pensado em ir de Barcelona para Napolis de avião direto, sem passar por Roma (as tarifas são bem parecidas).
Mas, mesmo considerando ir direto, pelos voos mais baratos ainda chego no meio da tarde em Napolis, e vou cair no problema que você descreveu.
Vou rever meu roteiro na Itália então! Valeu d+ as dicas das passagens de trem, vou desencanar desta história de passe.

Obrigada !

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Oops, não tinha imaginado que poderia haver esse vôo direto Barcelona-Nápoles com a Vueling. Mas como se trata de low-cost e uma rota não-convencinal, não dá pra achar que ela vai existir até quando você viajar. De todo modo, você ia chegar um pouco tarde mesmo. Acho que esses dois dias ficam melhor distribuídos em Madri e Veneza ou Paris ou Londres.

Adilson
AdilsonPermalink

Caro Ricardo,

Estou indo em maio para a europa. Lendo os comentários aqui postados fiz o seguinte itinerário:
Londres – 8 dias
Paris – 8 dias
Roma – 8 dias
Vocês acham que está bom ou deveria fazer alguma viagem curta para cidades vizinhas? Como está o clima nesta época do ano? Obrigado pela ajuda.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ótimo roteiro, Adílson.

Maio é época ótima para ir à Europa. Você não vai pegar calor mas pelo menos não vai congelar nem em Paris nem em Londres.

Bate-voltas são viagens que a gente pode planejar e guardar na manga, para fazer quando der a cidade-base por visitada.

De Londres você pode ir a Bath (se fizer com passeio organizado, pode passar também em Stonehenge), a Oxford, a Brighton.

De Paris dá pra ir a Reims (para as caves de champagne) e a alguns castelos tipo Loire que existem nas redondezas, como Vincennes (dá pra ir de metrô) e Chantilly.
http://viajenaviagem.t35.com/EUROPA/Tin,%20tin%20bate-volta%20de%20Paris%20a%20Champagne%20de%20TGV%20-%2002012009.htm

De Roma você pode ir a Nápoles e Pompéia, a Ostia Antica, até a Assis (2 horas). Também é facílimo ir a Florença (1 hora e pouquinho de trem super-rápido), mas é uma pena fazer a cidade como bate-volta.
https://www.viajenaviagem.com/2009/07/passo-a-passo-bate-volta-de-roma-a-pompeia-e-napoles/

Você pode também ficar 5 dias em Roma e tirar 3 dias para fazer a Costa Amalfitana; maio já é uma boa época.
https://www.viajenaviagem.com/2009/05/vai-por-mim-costa-amalfitana-e-capri/

Adilson
AdilsonPermalink

Caro Ricardo,
Obrigado pelas dicas. Sem querer abusar da sua boa vontade, você tem indicações de hotéis bem localizados (londres, paris e roma)e com quarto de casal de no máximo 100 euros?
Obrigado desde já.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Clique no link da matéria e procure pelo serviço. Tem indicações de hotéis nas três capitais.

Adriana Fernandes
Adriana FernandesPermalink

Olá Ricardo!!! Neste ano viajei com meu marido para a Europa (foi a primeira vez dele e minha segunda). Preparamos tudo sozinhos e vou compartilhar o que deu certo e não...
1. Nosso roteiro foi Londres, Paris, Amsterdã, Colônia, Berlim e Praga. Ufa! Em 20 dias! Ficamos cansadíssimos, é muita informação, muito transfer, muito metrô carregando mala...
2. Compramos o passe de trem pelo site (Eurail pass para 4 países), chegou certinho. Só que as estações não são tão bem sinalizadas assim para validarmos os tickets. Sofremos na Gare du Nord.
3. Hotéis: fizemos as reservas todas pela internet. Em Paris ficamos muuuuuito longe, (Estação Gallieni, a última). Uma economia que não compensou. Porém em Berlim ficamos no Mitte e praticamente só andamos a pé. Penso que faltou entrarmos em contato antes com os hotéis, tivemos problemas em Amsterdã).
4. Compramos o ticket para o Museu Van Gogh no guichê de informações turísticas da estação de trem, e economizamos tempo na fila.
5. Dinheiro - utilizamos o cartão Visa travel que foi realmente uma dica imperdível. Muito prático.

Para o ao que vem planejamos já quinze dias Barcelona, Madri e Munique (sou louca pela Alemanha) em Agosto.
A Espanha tem um esquema muito diferente das cidades que já visitamos? Tem alguma dica especial?
obrigada e parabéns pelo site, é realmente muito útil.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Que bom que você vai fazer um roteiro mais enxuto. O que vale para esses países vale para a Espanha também.

O que aconteceu no seu hotel de Amsterdã? Por que site você reservou?