Aos tapas na Dias Ferreira!

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Venga! (foto: Constance Escobar)

Sábado passado, no Rio, antes da Lapa, o Nick e eu percorremos a Dias Ferreira -- ou Paparazzi Street, no Leblon -- em busca de algum lugar para enganar o estômago às seis da tarde.

Encontramos uma novidade -- o Venga!, um bar de tapas que, pelo que nos contou um garçom, tinha sido inaugurado naquela semana.

Pedimos mexilhões ao vinagrete de xerez (deliciosamente docinhos), um pintxo de brandade de bacalhau (bonzinho) e batatas bravas (passáveis). Eu encerrei os trabalhos com uma mousse de chocolate com azeite de oliva e flor de sal. Eu não sou muito de mousse de chocolate (acho enjoativa), mas não consegui não experimentar o acabamento exótico -- e adorei; os temperos, ahn, de salada mrgreen cortam a doçura em excesso da mousse. Sensacional!

Ontem eu obtive a confirmação de que o nosso radar estava funcionando bem: a Constance Escobar, estreando no Twitter, tuitou o post que tinha acabado de subir. Exatamente sobre o Venga. E com fotos lindas e serviço completo. Passem lá  -- e ponham o Pra Quem Quiser Me Visitar nos favoritos, o quanto antes!

49 comentários

Guilherme Lopes

Poxa, vou ter que conferir.

3 dos meus blogs preferidos postaram sobre este bar de tapas nesta semana.

Além do VnV, o da Constance e o Direto do Rio, do flamenguista Bruno!

; )

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Pô, fala sério, esse título tá muito melhor que tudo mais do post!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Também amei o título, está perfeito!!! wink

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Eu tinha visto um post sobre isso...agora não sei se foi na Constance ou no Bruno...mas nem sabia que existia...vou tentar ir lá conferir então...

Constance Escobar

Quando vi seus comentários sobre o Venga! no twitter, pensei extamente issoeek radar do Riq tá tinindo! Quanto à sobremesa, fui de churros com chocolate porque é das coisas que mais me tiram do sério nessa vida, mas fiquei doida pra provar a mousse de chocolate com azeite e flor de sal. Vou voltar lá esse fim de semana!

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Eu fui na inauguração.Não sei se vc gostou das porções.Achei pouco pelo preço.Vai que estou duro.Não sei.Lá em Madri come-se mais e mais pessoas.

Ricardo Freire

Positivo operante, Júlio. Os preços são exagerados para porções pequenas.

Mas se a moda pegasse, apareceriam concorrentes mais em conta...

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Constance Escobar, já deu uma excelente dica em seu blog sobre um tapas e afins.Só conferir.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

http://www.praquemquisermevisitar.com/rionamesa_enos.asp
só conferir.Show de bola, aliás td da Constance. Bom gosto e etc.

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Riq, vou ao Rio dia 17. Caso dê tempo, vou conferir! A propósito, vou ficar no hotel do evento, o Sheraton, que fica meio isolado, entre o Vidigal e o Leblon... Alguma dica quente de comidinhas/restaurantes ali por perto?

Ricardo Freire

Você vai estar pertinho do Leblon (uns 6 reais de táxi, se conseguir um pelo taxímetro).

A Dias Ferreira e as primeiras quadras da Ataulfo de Paiva são uma praça de alimentação.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Montes de dicas Lili , é só pegar um taxi , descer na Dias Ferreira , e escolher lol Ah , eu adoro o Jobi , na Ataulfo , bem pertinho :cool: , e o Kurt pra sobremesas , e a pizza do zona sul , e o café do Esch , e ... hmmmmmmm
A propósito , passamos nas tapas no domingo a tardinha .. lotadéssimo ! ( tá bom, deve ter umas 6 mesinhas )eekops:

Guilherme Lopes

Apesar de já ter ido algumas vezes ao Rio, tem vários lugares que gostaria mas ainda não visitei. Um dos primeiros da lista é o Jockey Club. Passar uma tardinha lá, fazer uma apostinha em um pangaré... Alguém já foi? Sabe como funciona? Tem mais informações? ; )

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Mudando um pouquinho de assunto, alguém sabe me dizer se vou tomar muita chuva semana que vem nas minhas férias em Maceió ? Ou as chuvas não estão caindo ininterruptamente? Obrigada.

Dani
DaniPermalinkResponder

No post do Bruno ele fala tb sobre o Oui Oui, uma outra opção recém inaugurada - do mesmo pessoal do Miam Miam, que eu amo! -, onde eu também achei as porções muito caras para a quantidade.

Aline
AlinePermalinkResponder

Oi, Riq! Preciso da sua ajuda! Na verdade não tem nada a ver com este post. Eu tô morando em Madrid e queria tirar umas férias pé na areia no nosso país e ninguém sabe mais de praia brasileira do que você, né? Eu conheço Fernando de Noronha (e sou apaixonada). Só não volto porque tenho uma filha de 1 ano e queria uma coisa mais acorda com o pé na areia/volta pro hotel quando o sol tá muito quente e Noronha não tem essa infra (ainda bem, esse é o charme...) Também conheço Jericoaquara e Guarda do Embaú, fora os arredores do Rio (Búzios, Ilha Grande...). De resto, a princípio pode ser qualquer lugar, mas sou mais do tipo pousada charmosa do que resort. E não estou com muita grana. Ah, vou em agosto pra fugir do calor infernal daqui. É isso: preciso de uma praia linda, com alguma estrutura para uma família com um bebê de um ano, não muito cara e que esteja boa em agosto. Você pode me ajudar?!!! Obrigada.

Ricardo Freire

Aline, em agosto o sol mais garantido é o lá de cima, no norte & meio-norte: Pará, Maranhão, Piauí, Ceará. Se você não quer repetir Jericoacoara, uma alternativa (ainda mais difícil de chegar) é Barra Grande, no Piauí: https://www.viajenaviagem.com/2009/04/testada-e-aprovada-barra-grande-no-piaui-uma-praia-bbb/ .

Noronha também é nota 10 em agosto, mas você tem razão nas suas ponderações.

A costa leste do Nordeste (Sergipe pra cima) é uma aposta que normalmente dá certo. O tempo só fica firme firme firme mesmo em setembro, mas na maioria dos anos faz mais sol do que chuva. Eu evitaria Paraíba e Rio Grande do Norte, porque o mar ainda não está azul nessa época. Eu costumo recomendar sempre a Rota Ecológica; acho o melhor trecho do Nordeste para ficar pé-na-areia e comer bem sem gastar uma fortuna. Dê uma olhadinha na http://www.borapira.com.br , na http://www.pdamendoeira.com.br e na http://www.pousadadotoque.com.br .

O sul da Bahia também é uma aposta; mas agosto é bastante ventoso, então o mar fica meio turvo nessa época. O melhor lugar para ficar pé-na-areia em pousada é o Espelho; mas eu ficaria preocupado em levar criança de um ano num lugar tão longe da civilização.

Aline
AlinePermalinkResponder

Riq, você é um amor!!! Vou já estudar as suas dicas!!! Depois te conto o que eu decidi. Obrigada!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Mudando um pouco de assunto...
Tenho visto para os EUA de turista, mas estou querendo tirar o de trabalho. Procurei informações hoje mas nao consegui nada em relação a essa digamos complementação.
Alguém sabe como fazer...
Liguei para o conseulado, mas até pra perguntar tem que pagar uma taxa de R$38. Eles não respondem nada sem a taxa.

Zé
PermalinkResponder

Carla, que tipo de trabalho?

Maryanne  hotelcaliforniablog.wordpress.com

CarlaZ, pelo que já ouvi, vistos de trabalho pra os EUA sao tirados pelos empregadores e nao pelos empregados. Isso quer dizer que o advogado da onde vc trabalha precisa entrar em contato com els. Nao sei se vc vai conseguir fazer isso sozinha. É super complicado. Boa sorte.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Maryanne tem razão.Empregadores.Fora disso .Acho que vc n vai conseguir.

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Zé, antes demais nada..................cuidado com os porquinhos,rs.Na boa .

Zé
PermalinkResponder

Pó deixar Júlio! Por enquanto nós somos Flu-Free mrgreen

Carla2
Carla2PermalinkResponder

CarlaZ, existem zilhões de vistos diferentes para os EUA. Quando eu tirei o B1/B2 (que no meu entender era turismo e negócios), eu fiz tudo como pessoa física - a empresa até me deu uma carta dizendo porque eu iria p/ lá, mas eles nem olharam. O ideal é pegar alguma informação mais precisa mesmo, mas eu chuto que você deve entrar com o processo normal (emissao de boleto na internet, preenchimento de ficha, agendamento de entrevista) e no preenchimento da solicitação do visto, colocar o visto que você quer. No site do consulado tem todos eles e suas explicações (que me lembro eram bem confusas, diga-se de passagem). Dá uma boa fuçada no site do consulado, ou tenta obter a informação com um despachante - tem alguns especializados no assunto.

Zé
PermalinkResponder

Meninas Carlas (2 e Z): não confundir "ir-a-trabalho" com "trabalhar-nos-EUA". O visto B1 te permite ir aos EUA a trabalho e fazer negócios por lá, mas não te dá o direito de trabalhar nos States. Confuso? :roll:

Mais informações sobre vistos de trabalho temporário nos EUA aqui: http://travel.state.gov/visa/temp/types/types_1271.html

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Zé,
sem dúvida "ir a trabalho" e "trabalhar nos EUA" são distintos, e seguramente com processos distintos. Também acredito que ir trabalhar nos EUA deve ser complicado, mas ir a trabalho foi, para mim, o processo normal, a única diferença para o de turista é o nome do visto e a taxa que se paga a mais.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Carla2 é isso mesmo que quero um B1 B2. Para ir a trabalho em uma visita ou outra. É que dessa vez entrei com o de turista foi meio chato e não quero fazer de novo.
O povo lá do trabalho tirou junto turismo e trabalho, mas como eu tinha o de turista e não tinha tempo tentei assim mesmo.
Queria ter esse B1B2 pra se rolar viagem já estar na mão.
Valeu people!
Acho que vou ter que fazer esse processo convencional mesmo...

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Nova temporada em Houston, Carlinha?

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Quem sabe...

Ricardo Freire

Acho que é tranqüilex. Você vai só renovar o visto, mudando de categoria. Tem uma taxinha extra de 60 alguma coisa (não lembro ese é real ou greenback) pra ser paga na hora.

Pra quem tá sintonizando agora: o visto B1/B2 (turismo e negócios) é interessante porque se você viaja aos Estados Unidos para participar de uma feira, de uma convenção ou mesmo de uma reuniãozita que seja e declara isso na chegada, o cara te DEPORTA se você só tiver visto de turista.

Ou seja: se você só tem visto de turista, declare SEMPRE "turismo" como motivo de visita ao chegar nos Estazunidos!

Carla
CarlaPermalinkResponder

A taxa extra é de US$ 60 - é a mesma que paguei pro J1 ano passado!

Emília
EmíliaPermalinkResponder

O blog da Constance dá vontade de pegar uma ponte-aérea todo o final de semana! Elegância é a palavra-chave smile

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Carla, eu sei que a taxa é mais cara, meu irmão foi a uma entrevista no BID (só um diazinho) e não cobraram o mesmo do visto para turismo. Vou perguntar a ele.

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Riq e Sylvia, brigadinha! Vou fazer exatamente isso, descer ali e escolher...

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Ricardo, estou precisando de dicas. Vou à Espanha com minha mãe em outubro por +- 20 dias. O problema é q quero ver tuuuudo!! kkkkkkk.. não, na verdade meu problema de logísitica é Bilbao. Sairei de BH p Barcelona, voltando por Madri. Minha idéia seria ver Barça por uns dias e de lá alugar um carro e ir até Cadaqués p ver o Museu-Casa de Dalí e de lá ir às cidades q, para mim, são imperdíveis: BILBAO (aí é o problema p ser a mais fora do circuito), Segóvia, Toledo e Ávila; Sevilha, Córdoba e Málaga. Alguma dica p facilitar esse trajeto????

Ricardo Freire

Aguarde. Vou fazer um postão sobre isso.

Mas tem outros grandes na frente, tá bom? Como a sua viagem é em outubro, dá esperar um pouquinho...

Maryanne  hotelcaliforniablog.wordpress.com

Mari Géa, estive na Espanha em Fevereiro e fui pra Bilbao. veja meu post aqui. Quem sabe te ajude
http://hotelcaliforniablog.wordpress.com/2009/03/03/vale-a-pena-ir-ate-bilbao-vale
Coloque a palavra Bilbao no search do blog que vc vai encontrar mais pots. Eu adorei Bilbao, pra mim valeu o desvio.

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Vou ver agora!! Obrigada!!!

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Eu conhecia a Constance do blog da Abril e não esse "outro". E se já gostava dela antes, depois que a conheci minhas impressões só melhoraram!!

Emília, depois do advento de nosso amigo Luiz Fernando, podemos ir ao Rio toda hora!!!

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Bendito Luiz Fernando! lol

Georgeane
GeorgeanePermalinkResponder

Tbém li sobre o Venga! no Bruno Agostini.
Mas o que vim mesmo fazer foi pedir ao Rick uma gentileza. Tenho fotos de uma praia (a qual apelidei: o inferno da bóia) e estou curiosa pra saber onde fica. Existe algum e-mail por onde eu possa enviá-las? Vc daria uma olhadinha, Rick? Posso adiantar que é o avesso da sua linda foto da bóia. Rsss

Ricardo Freire

xongas arroba gmail ponto com

Júlio Castro
Júlio CastroPermalinkResponder

Mari Géa ,por acaso vc é parente da Jane??????

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Jane?? De onde?? Sou de Belo Horizonte e meu sobrenome é espanhol, pelo q já pesquisei é uma família só mas estamos espalhados por SP e Minas.

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Rick, delícia vc fazer um post enorme sobre o assunto.. aguardarei ansiosa!!! ; )

Malu
MaluPermalinkResponder

Fui conferir a dica do Venga e adorei! Estavamos em 6 pessoas e pudemos experiementar grande parte do cardápio, aliás, as porções menores são boas por isso, dá para comer um pouco de (quase) tudo e isso torna a experiência única. Não achei tão caro para a qualidade, aliás em termos de cifras o Oui Oui, no Humaitá é mais caro.

Malu
MaluPermalinkResponder

Oi Riq e Trips, acho que temos outra Malu fazendo parte da nossa comunidade. Vcs acham melhor eu acrescentar algum nome para diferenciar? Help me!!!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar