Charada da 6a.: carpete na praia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

cha8mai

Não, ainda não azulejaram o mar, mas carpete na praia rola em alguns lugares.

(No Brasil já vi uma versão mais, digamos, sustentável disso: na Segunda Praia em Morro de São Paulo faziam corredores de areia molhada para não esquentar os pezinhos da clientela.)

Não posso dar muitas dicas senão neguinho mata sem nem precisar googlar.

Então só digo isso: ganha a posse transitória do Troféu da Bóia quem chutar a cidade exata em que eu fotografei este fenômeno.

Bons palpites pra todos!

Resposta:

trofeu70Devo dizer que fiquei aqui confabulando com meus zíperes, e... há controvérsias. Em princípio, o vencedor é o nosso correspondente capixaba, o Bruno Vilaça, que acertou o que estava em jogo na charada: o nome da cidade onde bati a foto. Sim, é Nice. (Fotografada em 2005, da última vez que estive no festival de publicidade de Cannes e bloguei a viagem no VnV do Zip.net.) Só que... ao dar uma informação que eu não pedi (o nome da praia), o Bruninho tornou a resposta pelo menos metade errada. Não é a La Réserve Beach, não.

Não que eu me lembrasse do nome da praia, bem entendido. Precisei ler as outras respostas para que um nome fizesse soar a campainha do "é esse": Plage Neptune, na resposta da Zeana. Fui ao Google Images, joguei Plage Neptune Nice e... apareceu na primeira linha uma foto minha, irmã dessa aí (só que horizontal), publicada no VnV do Zip.Net. Sim, essa é a Plage Neptune, em Cannes -- em frente ao hotel Négresco, como a Carla se lembrou (e isso é incrível, também).

Para embolar ainda mais o campeonato, houve a resposta da Paula Bicudo, praticamente simultânea à do Bruno (registrada como um minuto depois). A Paula foi sucinta e respondeu ao que foi perguntado: Nice.

E agora? Agora estou bastante inclinado a declarar três vencedores: Bruno, Zeana e Paula. (Seria a segunda vitória da Zeana nas charadas.) Se não for justo, me digam!

Para terminar: Nice é a minha indicação de base para explorar a Côte d'Azur (até mesmo sem carro). É uma cidade de verdade, com vida própria, e ultimamente vem renascendo com uma cultura jovem e cosmopolita. Claro que eu não acho que ninguém deva ir para lá para... pegar praia. Se você tem dias sobrando para lagartear sob o sol, o canal é St.-Tropez.

Leia meus posts sobre a Côte d'Azur no Zip.Net:

Numa Nice

Design para crianças, merenda para adultos

Le pit stop: St.-Paul-de-Vence

Fotoblog: St.-Tropez

Veja St. Tropez também n'O Meu Lugar do Beto: Quinta-feira vazia em St.-Tropez

96 comentários

Nil
NilPermalinkResponder

Quem diria que no Mediterraneo encontrariamos cadeiras de plastico!?!? Tambem vou de Nice.

Leonardo Luz / @leonardoluz

Se alguém é tão observador como eu, viu o tambor de lixo da Kibon entre os vasos de plantas....risos.
Q estranho! Esperaria um negócio mais elaborado até na lata do lixo...do luxo ao lixo! Huhu. Curioso para saber onde é e que hotel/pousada é essa!

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Não sei como viram a tal lixeira, eu poderia observar esta foto por 200 anos e não perceberia que é da Kibon, mas para mim esta é uma pista tão "quente" quanto a cor do céu, não diz nada. Vou chutar Nice, pedronas.

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Ou é Nice ou é Cannes... a pista p/ mim são as cores: do mar e das pedras

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Eba!!! Fiquei feliz de ser uma das vencedoras. Eu vi recentemente o arquivo do zip.net e me lembrei da foto. bjos

Beto
BetoPermalinkResponder

Cara, aqueles posts da Côte D'Azur estão do cacete!

Vivi
ViviPermalinkResponder

Boa Noite Ricardo smile

Bem, primeiro queria dizer que sou admiradora do seu blog e matérias.
Comprei a revista Viagem e Turismo que vc monta um roteiro bom e barato para 8 capitais da Europa e adorei, pois estarei por lá em Dezembro e já anotei as dicas.
Depois de ler seu livro e essa matéria dei uma sossegada em relação a querer ver "TUDO" em 30 dias, acabo que não vejo nada e desta vez quero curtir com mais calma smile

Tenho 2 perguntinhas:

- Praga em Dezembro é bom ou programa de índio?
- Ano Novo em Paris é bom ou chato?
Vou viajar com minha sobrinha, marido e o namorado dela e estamos querendo algo legal para começar bem o ano.Tem alguma sugestão de cidade.
Já pensei em Barcelona e Madrid tbm.

Um abração e até.

Ricardo Freire

Vivi, no inverno o slow travel fica ainda mais recomendável; e cidades grandes tornam-se bem mais interessantes do que as pequenas, já que oferecem mais coisas para fazer em ambiente fechado.

Você pode ler várias opiniões a respeito nesta enquete aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2007/09/enquete-da-semana-europa-no-inverno/

Quanto ao Réveillon, o melhor é não ter grandes expectativas. A temperatura faz com que as festas ao ar livre sejam curtas e meio sem-graça. Das cidades que você lista, Madri é a mais animada, na rua.

Leia o post "O Réveillon deles é o... Natal" http://viajeaqui.abril.com.br/blog/64140_comentarios.shtml?1311328

Denise Mustafa

Vivi, já passei reveillon em Barcelona e não tem nada demais. a Ramblas fica lotada, não tem música (aliás, acho que geralmente não tem por aqui o tipo de reveillon que temos no Brasil, sempre com bandas e tal). Quando fui tinham uns ingleses que ficavam enchendo o saco com aquelas bombinhas, sabe? assustando o povo. Pra entrar nessas ruas movimentadas tem-se que deixar as garrafas do lado de fora pois eles fecham as ruas e só pode entrar com copo plástico, o que limita todo mundo a comprar o que é vendido nos bares e com os ambulantes. Mas a cidade é íncrivel! Só não digo que é uma boa pedida pra reveillon. No entanto, acho que dessas 3 que vc citou é a que tem o clima melhor pra ficar na rua. A não ser que você queira entrar em alguma boate. Bom, fica a minha experiência.

Andre Lot
Andre LotPermalinkResponder

Olha, eu acho que essa idéia de reveillón que temos no Brasil, como "A" principal data turística do ano (no máximo competindo com o carnaval), é algo para ser esquecido quando alguém resolve embarcar para o Exterior, ainda mais se for no hemisfério norte. Falo sério, esqueça qualquer semelhança.

O frio pode ser de lasca. Mesmo em lugares "temperados" como a costa mediterrânea ou Lisboa, por exemplo, pode vir uma onda gelada (como este ano) e acabar com qualquer expectativa ou vontade de ficar na rua mais que o estritamente necessário. Pode haver lugares fazendo festas privadas, mas nada comparado ao Brasil. Eu não me preocuparia em ajustar meu roteiro a um lugar com um bom reveillón, ele não existirá. Não desperdice dias preciosos montanto todo o roteiro em torno do dia 31/12 e de onde vc estará na data.

Isto posto, escolha um lugar onde haja muitas opções indoor que você ache legal fazer. Se gosta de museus, pense se os museus interpretativos de Londres serão mais legais que a avalanche de arte de todos os tipos de Roma ou não, por exemplo. Andar na rua, ver rios e parques pode ser legal, mas dependerá muito do clima: se nevar, ficará desconfortável e é bom você escolher um lugar onde tenha alternativas se o clima não colaborar.

Se você tiver tempo e possibilidades, passe alguns dias em um local de inverno, mesmo que não seja para esquiar. As paisagens são fenomenais, e o centro da Suíça oferece ótimas opções de lugares frios, com neve, que você pode aproveitar sem necessariamente esquiar.

Pelos motivos colocados acima, eu fico meio receoso com cidades onde as atividades mais legais são exatamente andar nas ruas e parques e explorar bairros a pé, como é o caso de Barcelona. New York (embora seja do outro lado do Atlântico) pode ficar desinteressante pelo mesmíssimo motivo - exceto se você estiver em um shop tour ou for aficcionado por museus -. Firenze, por outro lado, é uma ótima pedida para estabelecer como "base" por vários dias: há inúmeros e imperdíveis museus na cidade e várias cidades próximas onde você pode fazer bate-voltas se o tempo colaborar.

Paris e Londres tem a vantagem de serem menos "sazonais" do que outras grandes cidades europeias e também possuirem uma ótima variedade de programas úteis para aqueles dias cheios de neblina, vento e chuva gelada, coisa que Barcelona ou Lisboa não tem, por exemplo.

Se você gosta de fazer passeios de carros por cidadenzinhas perdidas e não turísticas no mapa, é uma ótima época em termos de preços, desde que não se incomode com uma ou outra mudança de planos por conta de um pouco de neve.

Uma última dica: cuidado para o slow travel não virar no travel. Costa Amalfitana, Cotê d'Azur, Sardegna, Ilhas Baleares, Andalucia e lugares afins morrem completamente no inverno. Os restaurantes quase todos fecham, a população cai drasticamente e vc pode acabar em um lugar com a impressão de que ele é fantasma, literalmente. Em alguns desses lugares, junta-se a temperatura baixa, poucas horas de sol e concentração de chuvas. Fuja, fuja e resista aos preços baixíssimos de hotéis (eu já paguei 19 euros em hotel 4 estrelas que cobra 320 em agosto na Sicilia, mas estava indo lá por outros motivos e adorei o mimo por duas noites, 18 hóspedes em um hotel de 45 chalés), a menos que você goste de arquitetura ou de explorar cidades off-the-beathen-path.

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

PRAGA nunca é chata, nunca...Paris, talvez possa até ser...

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Madri e Barcelona sempre têm alguma mínima proximidade com o que nós latinos achamos e praticamos o que devam ser os festejos de Reveillon...NUNCA passei fora do Rio, mas se tivesse que escolher uma dessas, escolheria Paris.

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Oba! Mas eu preferia muito mais ganhar a frasqueira da Majô -- ou pelo menos meia frasqueira. He he!

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

PARABÉNS, Bruno...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hahaha... Riq, depois quando eu digo que tenho memória de elefante é por essas coisas... Nem eu sei como me lembrei que a praia fica em frente ao Hotel Négresco - não vou a Nice desde 1998!!! lol

Guga de Salvador

Cannes!?

Antonio Henrique

Fala, Ricardo.

Rapaz, tô fazendo quarenta anos e resolvi me dar um presente. Fico grato se vc opinar acerca do roteiro que fiz.
A viagem é para final de novembro. Quero passar uns cinco ou seis dias na Provence, alugar carro e me perder por lá. Acho que vou chegar por Marseile. Deixo o carro em Perpignan e de lá sigo de trem para Barcelona onde passo mais uns seis dias. A idéia (copiada de você) é fazer uma viagem curta parecerem duas. Que que vc acha?
Grande abraço.

Antonio Henrique

Ricardo Freire

É uma linda viagem, A.H.

Tente se concentrar na Provence mesmo, sem cair na tentação de descer à Côte, que dá outra viagem.

Um belo lugar para se inspirar é o blog do Beto, que esteve por lá recentemente: http://omeulugar.wordpress.com/category/franca/provence/

Antonio Henrique

Valeu, camará!
Grande abraço.

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Assino embaixo, Riq. Tanto a recomendação ao blog do Beto (que tá numa fase ótima da visão fotográfica e da escrita romântica, muito parecida com a minha atual) e da sugestão ao A.H., separar a Provença da Costa Azul em duas viagens, erro que cometi em não fazer quando fiz o roteiro.

A Viagem Oficial

Tem tudo pra ser Floripa.

Beto
BetoPermalinkResponder

A.H., um bom lugar pra ficar é Lourmarin, no Luberon, pois é uma vila linda e fica no meio do caminho entre Aix en Provence, uma visita obrigatória, e os vilarejos mais bonitos da região: Ansouis, Cucuron, Vaugines, Bonnieux, Menèrbes, Buoux (fala-se Biú), Roussillon, Gordes, Isle sur la Sorgue, Fontaine de Vaucluse. Informe-se sobre os dias das feiras (cada vilarejo é num dia) e não perca uma delas. A maior é a de Apt (a cidade não é tão interessante), aos sábados. Gaste um dia para ir a Saint Remy de Provence, fora do Luberon, e a Baux de Provence (não perca a Cathedrale d'Images em Baux, um museu audiovisual do peru - o bicho, não o país -, instalado numa pedreira desativada). Novembro já deve estar frio e lá tem sempre um ventinho do cacete. Prepare-se mas não perca. É lindo.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq e trips, please help me! O custo que minha companhia ta me cobrando para sair de Washington e parar em Miami na volta é inviável para quem vai passar 3 dias só, tá quase uma viagem internacional. A história fechar com a mesma cia do Brasil sai muito cara. O aeroporto mais próximo da casa dos meus primos é em Palm Beach, e eu tenho opção de pegar o vôo de Baltimore ou Washington. Já revirei o site do Palm Beach International Airport para ver se encontro uma cia área, mas ele só me dá opções de saída de lá, não chegada. E o Sky scanner nem considera que esse aeroporto existe. Obrigada!!!

Ricardo Freire

Acho que o aeroporto principal da região é West Palm Beach (PBI), Cristina. Confere com teus parentes se serve.

Na www.orbitz.com achei vôo non-stop em maio por 150 dólares; com escala, 124.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq, muito obrigada! É West Palm Beach mesmo, eu tava procurando por PBI e não achava! Vou continuar pesquisando a Southweast e a US Airways, mas tenho que checar se me deixam desmembrar a este ponto. Regras...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Olha tb para FLL no kayak - tem com a air tram por 125usd

Cristiana
CristianaPermalinkResponder

Ricardo, completamente off-topic: preciso de uma dica sobre como encontrar casas disponíveis para as férias de julho, em Búzios. Sei que tá em cima, mas conto com a ajuda da tripulação.
Obg.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Escreve no google buzios home rental

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Eu já aluguei em um site ótimo várias vezes www.aluguetemporada.com.br

zeana
zeanaPermalinkResponder

Riq, foi uma coincidência INCRÍVEL!
Estava eu pesquisando e planejando minha próxima viagem (Côte d’Azur tá no roteiro) quando me deparei com essa mesma foto no seu post "Numa Nice", no mesmo dia que saiu a charada!

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Cristina, veja a dica da Sylvia sobre Fort Lauderdale, era a opção mais barata num vôo doméstico que fiz recentemente.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq, Sylvia e Lili-CE - obrigadinha! Chegando na senzala segunda de manhã compreendi que a diferença cobrada é a da passagem mudar de uma quinta para um sábado ou domingo, o que torna inviável, a parada em Miami, mesmo comprando uma passagem 1/3 mais barata nesse esquema, uma vez que até o seguro viagem eu teria que fazer para 2 dias ;-( Rumo a achar as pechinchas de Washington agora rsrs!!!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Cristina, sei como é...
Eu tenho familia em Miami e quando fui pra Houston também tentei esticar a viagem...mas pelos preços não deu...a parte boa é que voltei pra conVnVção.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

É CarlinhaZ, tem sempre uma parte boa. Vou passar um dia num outlet rsrs Obrigada pela força!

Rodrigo Dantas

Jurerê?

aluguel de temporada no Brasil | Dicas de Viagem

[...] a Cristiana quer alugar uma casa em Búzios nas férias de julho, e entrou num outro post para pedir [...]

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar