Enquete: você e a bóia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

boia

Pessoal, nas próximas 24 horas o blogueiro vai pra manutenção. (Tô fazendo um check-upão; vão me encher de eletrodos e vou precisar ficar24 horas longe de aparelhos eletrônicos.)

Aproveitando a energia da conVnVenção mrgreen gostaria de pedir um favorzinho pra vocês.

Estamos elaborando uma apresentação (ou, em marquetês, um presentation) do blog, e precisamos enfeitar alguns slides com depoimentos de leitores.

Se você quiser colaborar, é só deixar na caixa de comentários a sua experiência com o blog -- como descobriu, ou desde quando acompanha, ou, sobretudo, se alguma vez a gente aqui foi útil para você realizar uma viagem.

 Volto amanhã -- caso sobreviva a ficar 24 horas offline!

Atualização: Já estou de volta à ativa. Passei boa parte do dia no hospital, mas o monitoramento de pressão não tinha nada a ver com o que (eu imaginei que) a secretária do médico tinha me dito. Tô cansado mas tô online...

Muito obrigado pelos depoimentos! Valeuzão!

125 comentários

Marcie
MarciePermalinkResponder

Não me lembro precisamente há quanto tempo acompanho o blog, mas sei que acompanho o dono do blog desde os tempos da publicidade, e tenho e li todos seus livros. Na minha opinião a razão pela qual o blog se sobressai é a diversidade dos assuntos tratados. Embora na maioria das vêzes ligados ao tema de viagens, ele também acompanha assuntos correntes, trends if you will. Grande parte do sucesso do blog deve-se à capacidade do Riq de reunir, e cultivar, um grupo de pessoas que, essencialmente diferentes, foram se unindo e criando amizades, que já extrapolaram dito blog. Acho também que o Riq tem um mérito enorme na condução dos debates, sempre de altíssimo nível. ? ? ? ? ?

Marcie
MarciePermalinkResponder

Ah... faltou o principal: o blog pra mim é como American Express: não saio com as malas sem consultá-lo. E é sempre show de bola!

Marcie
MarciePermalinkResponder

agora que percebi que as estrelinhas que tentei colocar ( fivestars!) no meu comment se transformaram, certamente por incompetência minha, em pontos de interrogação. Desculpaê.

Larissa Oliveira

O VnV é meu guia de viagem, minha distração no Brasil e minha indicação a todos que buscam orientação eficaz e segura para viajar! Dicas e experiências que não encontramos em guias comuns, mas que fazem toda a diferença na viagem, eu sei que posso encontrar aqui. Os depoimentos de tantos viajantes descolados, também estão aqui. Agilidade nas respostas e na atualização do blog, também acho por aqui. Depois encontrá-lo, ele faz parte da programação de qualquer viagem! Assim, eu pude comparar: viajar na viagem, depois do VnV é ooouuutra coisa!

LucianaM.
LucianaM.PermalinkResponder

Eu acompanho o VnV há muito tempo, nem me lembro mais desde quando! Ele faz parte da minha leitura diária, não só quando estou preparando uma viagem. Tenho mil dicas guardadas que foram tiradas daqui e outras tantas que já usei e aprovei. Os posts trazem informações úteis e os comentários da "tripulação" dão o toque final!
Parabéns!

Denise Mustafa

Eu achei o VnV quando ainda fazia parte do blog da revista Viagem e Turismo, no site da Abril. Acho que cheguei até ele a partir de um link no Conexão Paris, da Maria Lina, e depois em buscas sobre viagem no google. Além de uma super enciclopédia de viagens, do mundo todo por sinal, é uma super diversão e um lugar de troca de idéias. Aqui, além de perguntar e ser respondido, podemos colocar nossas opiniões a respeito de determinados lugares, dicas do que fazer e não fazer, ler curiosidades sobre lugares que nunca imaginamos que poderíamos conhecer (e vendo aqui realizamos que SIM, podemos conhecer). Ler o Viaje na Viagem nos dá mais vontade de conhecer o nosso Brasilzão e o mundo.

Alexandre Giesbrecht

O VnV alia informações (muito) úteis e posts divertidos. Mesmo quando o blogueiro não está disponível para responder alguma dúvida, nos comentários as coordenadas aparecem rapidamente. Recomendo a qualquer um que queira viajar — ou só se divertir lendo.

Ernesto o pato.

Alguima vez? Nossa, todas as vezes eu não só tive dicas excelentes do pessoal por aqui ( Salvo nos destinos que o pessoal não conhecia como Nanimbia e Trindad Tobago), mas no resto eu aprendi a usar as ferramentas da Interntet, a descobrir novos destinos, a ver lugares novos em Buenos, toda a rota ecológica, as praias da região de Paraty, dicas em SP,o museu do Inhotim, o restaurante acoriano perto do Beto Carreiro ( e tem muito mas coisa, e que o cérebro de pato está começando a funcionar lentamente agora) isto sem falar nos outros blogs nos quais vi muita coisa nova, como o Rdorgio, o Arnaldo, a Emilia, a Maryane....

Oldemar
OldemarPermalinkResponder

Conheci o blog através do livro de mesmo nome, acesso diariamente desde uma viagem que Riq fez ao Japao...EUA.
Todas as minhas viagens são pesquisadas neste blog, ou descobertas através dele.
Abs!

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

VnV é droga pesada!
Depois de viciado, não existe clínica que te recupere mais.
E a agora com certeza vem coisa mais forte ainda.
Depois que você leva uma carimbada aqui... se tá perdido.
Não sei onde vamos parar 8)
Eu tô num ponto que entro aqui antes de ir pro gmail.
Preciso de ajuda... :?

Sandríssima
SandríssimaPermalinkResponder

Rapaz, achei o blog por acaso, há um ano atrás, em abril de 2009, daqui de Salvador da Bahia. Tropecei no blog pesquisando Paris e preparando uma sonhada viagem de 1 mes na França (e uns diazinhos me Londres, alongados a conselho do RIQ).
Se o blog serviu? Ora, ora... Tanto serviu que estou aqui até hoje. Vez ou outra dou um pitaco, me divirto -sempre!- que o leio e o indico para meus amigos que estão por aí a visitar este mundinho lindo nosso.
O que me encantou foi a atenção gentil e experiente do RIQ (que intimidade!) e, consequentemete, da fiel tripulação.
Apesar da crise financeira ter nos atingido em cheio e nos forçado a postergar nossas programações de viagem, continuo fiel, lendo-o rotineiramente e com inveja da turma das convençoes... risos.
By the way, mais um grupo de amigos estará viajando por um mes para a Itália, no dia 7/05, totalmente equipados com informações dos posts e links deste VnV, pesquisados por mim para eles.
Abraços e boa sorte!

Rosa
RosaPermalinkResponder

Eu não lembro como vim parar aqui, faz um bom tempo, mas daqui não saio, daqui ninguém me tira. No início era mais para garimpar dicas e organizar uma viagem ou outra, mas hoje faz parte do meu dia a dia. É informação, é conhecimento, e descontração, é interação, é alegria, é divertimento, é relacionamento, é descoberta, é prazer, é tudo de bom, de muito bom. É uma troca, onde todos doam o que tem de melhor e ninguém paga nada por isso. E ainda temos o upgrade para interagir com os blogs da tripulação. Perfeito!

Cida L
Cida LPermalinkResponder

Como disse o Zé Maria aí em cima, este blog é droga pesada e viciados como eu não conseguem passar um dia sem acessar não sei quantas vezes. Comecei a ler o Ricardo Freire desde o livro viaje na viagem, que continua na estante das minhas leituras preferidas. Depois comecei a seguir no site da abril e agora vou onde o blogueiro for(só não consegui ainda no tal do twitter, não entendi a lógica da coisa). Já recebi dicas ótimas de todos os leitores, com especial atenção do Riq e do Nik, para uma viagem a Sampa, fui a Barra Grande por indicação do blogueiro, sem contar as inúmeras viagens virtuais que agente faz aproveitando um pouco das viagens de todo mundo.Ah sim, também indico pra todas as pessoas que gostam de viajar. E desejo que o blogueiro volte zerado da manutenção, abraços.

Anna Francisca Lopes da Silva

Há 4 anos (ou seriam mais?), levei uns livros a um sebo da Pedroso. Ao sair, parei na sessão "turismo" e ali mesmo gastei parte do dinheiro ganho com o livro "Viaje na Viagem". Adorei. Cliquei Ricardo Freire no google. Cheguei ao blog - quando o blogueiro ainda era publicitário e a ser profissional de turismo - e nunca mais larguei. Fui à "Itália com a amiga da Carla", fiz a Rota Ecológica com direito à Pousada do Toque, me hospedei na Pousada dos Ventos - melhor custo/benefício de Noronha, tomei um drink no Hotel Faena em BsAS. Isso, sem contar as inúmeras viagens virtuais diárias: a travessia Jeri-Lençóis, a caminhada ao sul da Bahia, a chegada tardia ao pôr do sol da praia dos Ganchos. Obrigada.

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Meu dia sempre começa após eu ler o último post do viajenaviagem!
Acompanho o Ricardo desde que ele tinha uma página na revista VT: Pergunte ao Riq. A partir daí não vivo sem saber informações.

Aprendi muuuuiiiito. A viajar por conta própria, a amar de paixão a Rota Ecológica, descobrir o encanto do litoral sul da Bahia, Galinhos...,e agora vou desvendar BsAs.

Gosto muito de saber como tem gente viajandão. Sylvia, Majô, Arnaldo, Ernesto, Beto... vocês são meus heróis!

Sei que o VnV preenche minha vida com muita alegria e energia.

Beto
BetoPermalinkResponder

Ana :smack:

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Já usei muito e sempre guardo as dicas para viagens futuras... Usei a dica do Hotel Familia quando fomos a Paris e dicas de Portugal também. Através do blog fiquei com muita vontade de conhecer a Rota Ecológica, mas ainda não tive a oportunidade.
As fotos são sempre um convite ! As dicas dos hotéis são devidamente registradas e faço questão de sempre dar uma olhadinha no site.
Sempre é legal olhar fotos e ler sobre dos lugares que já conheço, os que sonho conhecer e colocar novos destinos na minha lista.
Ah...tem também os livros que uso muito !
Obrigada RIQ!

Dri - EveryWhere

O VnV hoje em dia nao eh mais apenas outro blog de viagens, e sim um forum e uma comunidade on line que reune as mais diferentes pessoas, do mundo todo, que tem em comum uma unica paixao: Viajar!
Dicas e guias existem em muitos lugares, mas poucos (e sobretudo em lingua Portuguesa) conseguem reuniar tantas experiencias diferentes sobre o mesmo tema, gerar debates inteligentes e construtivos, e sempre, sempre, sempre aumentar nossa vontade de conhecer o mundo!
Abs
Adriana Miller

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Bom, cheguei ao Viaje na Viagem minutos depois de ter constatado que estava contaminado com o vírus do viajante, aquele que leva você a pensar em várias viagens ao mesmo tempo, a ter várias delas planejadas e em planejamento, prontas para serem executadas sempre que surgir tempo e dinheiro. Desde que cheguei aqui, acompanho o blog diariamente, exceto quando estou viajando e pondo em prática as dicas obtidas no blog. Gosto do blog pelos posts novos, sempre com temas interessantes. Gosto do blog quando, por algum motivo, não tem posts por dois ou três dias, porque aproveito para ler posts antigos, sempre fornidos de informações preciosas. Gosto do blog pelo blogueiro, inteligente, sincero, dono de uma redação impressionante e, sobretudo, porque ele é um cara prestativo e gente muito, muito boa. Gosto do blog por causa dos freqüentadores, fiéis, engraçados, viajados e sempre dispostos a ajudar. Gosto do blog também porque ele me ajudou em todas e em cada uma das viagens que fiz desde que cheguei aqui, já há bastante tempo. Se a informação não existir, o que é muito difícil, basta pedir. Em pouco tempo ela chega, e com qualidade. O Viaje na Viagem é bom quando se está alegre, quando se está triste, quando se vai viajar, quando não se vai. Quando se está muito ocupado, quando se está sem fazer nada. Hoje em dia, sem medo de errar, digo a todo mundo que gosta ou quer viajar que o Viaje na Viagem é rigorosamente indispensável.

Mariana "de Toledo", a.k.a. @merel

Tem limite de caracteres?

grin

Silvia
SilviaPermalinkResponder

Sou nova em comentários por aqui. Já sabia do Viaje na Viagem através da revista Viagem & Turismo, do qual sou assinante, mas foi após participar do blog em que o riqfreire comentava o BBB9 que efetivamente me arrisquei a participar aqui também. A delícia não são apenas as dicas que vamos pescando entre o blogueiro e os seus amigos, conhecidos e comentaristas. A delícia é esta sensação de que estamos sentados em algum lugar, olhando uma paisagem bonita e conversando. A melhor forma de saber sobre um lugar é indo lá. A melhor forma de escolher é ouvindo pessoas que já foram. Isto a gente encontra aqui. Parabéns pessoal!

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Sr. Ricardo Freire
Acompanho seu blog já alguns anos, inclusive fiz duas viagens ao Nordeste seguindo rigorosamente suas dicas e posso dizer que foi muito bom, bom demais, deu tudo certinho nos passeios, nos hotéis e restaurantes. Continuo lendo quase que diariamente o que você escreve, porém tenho notado que, de algum tempo para cá, o seu blog está se transformando em uma coluna social, daquelas que todo jornal do interior tem, inclusive o daqui na minha cidade. Acho que está ficando meio chato, pois fica meio que de um panelinha, aquela da "alta sociedade interiorana". Espero que este tempo que você vai dar para fazer o seu check-up, sobre um tempinho para repensar e voltar a escrever como nos velhos tempos. Espero também que os exames revelem que você esteja em perfeita forma e com muita saúde, já que, talento, simpatia e inteligência nunca lhe faltaram.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Carlos , se tiveres um tempinho , vai se legal releres as "colunas sociais " aqui do blog . Vais poder constatar , que a "alta sociedade interioriana" é na verdade muito mais proxima do "baixo Lapa eekops: e do baixo Leblon :cool: "
Todos os que aqui participam possuem alem de vivencias e desejos em comum , uma satisfação imensa em conviver além do virtual , e o registro desta convivencia é uma das formas que temos , para continuar a manter todos unidos , permitindo que eu , tu , e tantos outros , continuem a usufruir de todas as dicas imperdíveis do VnV.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

E complementando a Sylvia, eu não fazia parte da panelinha Carlos, e me acolheram tão bem que eu não saio daqui. Minha história eu vou postar abaixo pq quero ler os dos panelinhas e não panelinhas, pq todos são muito bem-vindos aqui!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Riq,
Conheci seu blog através de uma chamada no UOL, quando ele ainda era zip.net.
Eu li interinho, tudinho, completinho. Pouco comentava naquela época porque achei que era um blog de feras.
Aí você avisou que ia se mudar e pediu para enviar um e-mail dizendo se queria que fôssemos avisados da nova casa. Eu mandei, mas adivinha? Seu e-mail não chegou! rs
Daí um dia, você esteve na Caverna e deixou uma mensagem. Eu me senti tão honrada! Aproveitei que tinha o link do wordpress e vim atrás. E te enviei um e-mail resmungando que você se esqueceu de me avisar.
Hoje dou risada, imagina se ia dar para avisar todo mundo???
Do WP para a Abril, da Abril de volta para cá...e para aonde você for.
Pelo seu blog e o da tripulação eu já fiz e refiz roteiros, peguei várias dicas, viajei um monte, virei master-fã.
Aliás, acho que deveria mudar de nome, isso não é um blog, é uma comunidade!

Lena
LenaPermalinkResponder

Eu googlei o Ricardo Freire, assim que me deparei com o texto "Para você estar passando adiante". Daí para frente, busquei seus livros e seus blogs. Adoro seus textos, que vão muito além dos viajandões.

Acompanhar o blog melhorou de imediato viagens que já estavam na pauta, ao mesmo tempo que aumentou a pauta em muuuitas outras viagens wink

Antes da mudança do blog para o Wordpress, já conhecia alguns tripulantes de nome, mas depois da mudança, a tripulação aumentou muito e a convivência virtual virou real.

Assim chegamos ao ponto do vício, como disse o Zé Maria. Eu tive que me autoaplicar uma terapia de desintoxicação, para não correr o risco de não fazer outra coisa.

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

___________________________________________________
COMO DESCROBRI, VICIEI-ME E ME INSPIREI NO VnV:

EU já era leitor dos livros do Ricardo Freire (assim como de tudo o que mais se relacionasse com viagens, de revistas nacionais a estrangeiras a folhetos de propaganda de agências de viagens). Muito antes da era digital. Leitor e comprador compulviso de livros e revistas e de tudo o que se relacionasse com o tema “viagens e turismo” - de Panrotas e Viagem & Turismo – talvez por decorrência de tanta leitura desenvolvi também o gosto pela escrita. É claro que Ricardo Freire já se tornava uma das fontes de consulta, com o Postais por Escrito, tão romântico quanto incentivador de viagens.

LÁ pros idos de 1998 comecei a escrever e publicar fotos de minhas viagens na Internet, uma então tosca e deficiente “internet”, os arremedos do que seria esse fabuloso mundo da blogosfera atual. O que se usava na época era tão jurássico que sequer me atrevo a mencionar onde e como escrevia e mostrava minhas fotos!

EM 2004 acessei pela primeira vez a primeira versão do Viagem na Viagem justamente porque o livro que deu nome ao blog já fora um dos devidamente devorados e inspiradores de viagens minhas. Guardado na estante, parece hoje tão jurássico quanto minhas primeiras escritas, mas tão fundamental na minha vida de viajante quanto minhas primeiras lições de redação no primário.

EM 2006, Ricardo Freire era pra mim como um “ser inexistente” , uma personagem que jamais sonharia em conhecer, quanto mais supor que um dia leria o que escrevo. Fundei meu blog, o Fatos & Fotos de Viagens, por dois motivos principais:

1 - PRATICIDADE: em vez de encher as caixas postais dos meus amigos e parentes com dezenas de fotos e relatos, comecei a perceber que estava sendo chato quando eles começaram a não mais ler meus e-mails em viagem ou, ainda, quando passaram a responder com três palavrinhas tipo “recebemos sua mensagem, um abraço e boa viagem”! Era legal pra mim mas muito chato pra eles!;

2- INSPIRAÇÃO: Blogs FABULOSOS como o do Ricardo Freire (ele TAMBÉM é fabuloso, afinal!), o Viaje na Viagem além de divertido, instrutivo e impecavelmente escrito, foi o maior (de certo que para muitos, o único) inspirador para que tantos outros blogs de viagens surgissem. O Viaje na Viagem tem um estilo mais interativo com seus leitores e o Riq, sendo um verdadeiro banco de dados culto sobre o assunto, generoso e gentil, ainda é extremamente educado e simpático ao responder a todas as perguntas que nós, chatos leitores, fazemos a ele. Portanto, quando decidi fazer o MEU blog, a inspiração era resultante de uma especial admiração. Jamais tive a pretensão de fazer algo que sequer chegasse a ter um décimo do prestígio do VnV, mas com o apoio e o incentivo permanentes do Riq, atingi um nível jamais sequer sonhado. Seria pretensioso e inútil imaginar que um dia eu me tornasse um “escritor” de viagens com algum reconheimento. Considerando que meu prazer é efetivamente escrever promovendo um destino, achei que poderia fazer algo diferente de um "diário de viagem", o que normalmente se constinui a maioria dos blogs que com igual qualidade e competência de seus autores integram a blogosfera.

SUPOR que o Fatos & Fotos de Viagens atingisse a marca de mais de 2 milhões de visitas desde sua fundação há pouco mais de três anos seria uma viagem psicodélica. Entre 3 e 6 mil visitantes por dia era algo que jamais eu poderia almejar. Pois bem, chegamos lá, e certamente com o inegável incentivo do VnV.

IMAGINAR que um dia eu participaria de “comunidades virtuais”, “encontros virtuais”, “amizades virtuais” era a coisa mais improvável e mais impensável que me ocorresse. Quanto preconceito! Ontem estivemos reunidos numa das mais incrementadas reuniões de amigos, leitores, amiradores e blogueiros que gravitam “em torno” do VnV e jamais, jamais esquecerei o quanto foi fabuloso, enriquecedor, prazeroso e agradável ter conhecido pessoalmente tanta gente bacana que se tornou presencial apenas muito tempo depois de terem entrado na minha vida virtual.

O que dizer mais de algo tão excepeciopnalmente construtivo, aglutinador, incentivador e informativo? Sucesso? Já tem? Saúde? SIM! Ótimo check-up e resultados fabulosos! Saúde, afinal, nós precisamos de você.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Não lembro de existir uma vida -viajante- produtiva antes da bóia.
Aqui ,*aprendi as 4 operações*:
diminuir o ritmo , dividir experiências , multiplicar informações a somar especialistas lol

Ganhei um
*terceiro olho *,para registrar e compartilhar tudo o que possa interessar aos que gostam de coisas diferentes de mim wink

Entendi que se alimentar não é apenar ingerir um alimento qualquer no primeiro lugar que estiver na minha frente mrgreen

E nunca mais esqueci de usar meus
óculos azuis e cor-de- rosa :cool:

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Eu conheci o blog em 2006, quando estava preparando uma viagem para a Europa. Ela tinha acabado de mudar pro Wordpress fase 1 e alguém lá na comunidade do orkut que eu modero indicou. Antes disso, tinha ouvido falar no publicitário Ricardo Freire, mas para mim ele era tipo uma celebridade do meio midiático, ou coisa que o valha.
Quando eu abri o blog, me lembro bem da foto, era a foto do avisão pousando quase na praia em St Martin; sabia que estava diante de uma coisa nova e diferente, enfim, de um tesouro ainda descoberto por poucos.
Fui timidamente acompanhando, de vez em quando comentando, minha viagem chegou e muitas dicas foram aproveitadas, mas o fascinio pelo blog continou, vieram novas viagens e ao longo destes anos o blog conseguiu não apenas mudar a minha forma de viajar como mudar o meu dia-a-dia, pois passo por aqui todos os dias.
E serve até mesmo como uma terapia de grupo, para desestressar e encontrar pessoas diferentes de mim, mas com os mesmo interesses em comum.
Todas essas pessoas, que hoje convivo como se fossem meus amigos ha anos, interessantes e interessadas, só poderiam gravitar ao redor de um "comandante" que não só é um blogueiro excepcional, antenado, descolado, atual e brilhante, como é uma pessoa especial e iluminada, cujo brilho e simplidade extrapolam suas as palavras escritas e que hoje, para mim e para muitos aqui, deixou de ser uma celebridade e se tornou um amigo querido, fazendo parte de nossas vidas e as tornando menos chatas e enfadonhas. É isso...

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Riq, ótimo check up!
Sylvia e Arnaldo, belas e sábias palavras....

Malu
MaluPermalinkResponder

Acompanho o Ricardo Freire desde a primeira coluna no Jornal da Tarde. Desde então, nunca mais me separei de tudo que ele escrevesse, de todas as entrevistas, de todos seus livros....É minha leitura obrigatória antes de dormir pois sempre tenho lindos sonhos.Seus conselhos e dicas foram fundamentais quando comecei a viajar sozinha. Isso quando ele não tinha seu blog e respondia, generosamente, através de e-mails. Através da comunidade VnV, por ele capitaneada, conheci pessoas interessantíssimas, lugares no mundo que nunca visitei, amigos virtuais com quem viajo todos os dias.

Yara
YaraPermalinkResponder

Em 2.007 resolvi viajar por conta própria com o meu marido e comecei a procurar na internet dicas de como proceder. Acabei esbarrando com o Riq, com o VNV e com as melhores orientações possíveis para viagens. O blog é um instrumento essencial pra quem precisa de informações atualizadas e gosta de viajar com maior liberdade, e o VNV é o melhor de todos! Foi aqui que conheci os melhores lugares para hospedagem, aprendi a usar o consolidador de passagens, fui apresentada ao Tripadvisor, e a muitas outras ferramentas, além de poder conhecer muitos outros sites e blogs excelentes (Fatos e Fotos, Conexão Paris, etc). Em 2.008 passei 35 dias incriveis na Europa única e exclusivamente com a a ajuda de todos os participantes desta comunidade. O interessante é que não há uma fórmula pronta para cada destino, mas sim várias informações super preciosas para cada um montar sua própria "receita". Nenhum outro mecanismo possibilita tal liberdade de criação e auxilia tanto o viajante de "primeira viagem" (como é o meu caso). Foi tão fácil da primeira vez, que agora ja estou montando um roteiro para NY com mais ajuda do blog, dos viajantes mais experientes e com as incríveis intervenções do Riq.

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

Se pedir a gente é capaz até de levar suas malas, Yara....

Nil
NilPermalinkResponder

Comecei a acompanhar este blog em 2005 (ainda nos tempos do zip.net) quando o Ricardo estava numa viagem de negocios em Nice na Franca, logo fiz um bookmark no meu internet explorer e ate’ hoje nao consigo passar um dia sem ler os textos que sao bem escritos e com muito humor. Alem de bom escritor o Ricardo tambem e' um otimo fotografo!

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Conheci o blog na época da mudança (senão no dia) para a Abril, estava planejando minha viagem para a Europa quando o pai de uma amiga falou, pega as dicas daquele cara da rádio...o nome dele é Ricardo Freire. Googlei e pronto...conheci o blog, passei a acomopanhar, comprei os livros que saíram, outros em sebo, e nunca mais saí dessa vida...
Hoje entrar no VnV é tão natural como no gmail (como alguém já falou).
Aliás antes eu não tinha internet em casa, achava que ficava o dia todo no computador no trabalho e não precisava, até que bloquearam os sites e eu tive que dar um jeito! Como ia ficar longe disso tudo!
Imaginava sim que a internet seria um excelente fonte de consulta de dicas de viagens, mas nunca que seria um veículo para conhecer pessoas tão legais e com tanta identificação.
Graças ao VnV "conheci" e conheci um monte de blogueiros e não-blogueiros...tão bom isso...
E se o VnV ajudou nas minhas viagens? É claro! Pra Europa pedi umas ajudinhas e fui prontamente respondida! Lia tanto de BsAs aqui que precisava estar lá! Alem de ser fonte de inspiração para um sem número de viagens futuras...

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Eu conheci o seu blog em 2008 e desde então não consegui mais parar de seguí-lo. As informações são bem melhores que a de um guia de viagens, pois trazem a impressão e experiência do viajante, muito diferente das frias palavras e impessoalidade dos guias. O VnV me fez enxergar que existia uma outra esfera de informação muito mais prazerosa e rica sobre o meu hobby favorito, que é viajar. Literalmente me fez descobrir outro mundo, e desde então começei a seguir diversos outros blogs de viagens (plageando você...minha vida, um oferecimento RSS). Hoje posso dizer que estou viciado e não consigo passar um dia sem ler o VnV.

Carol Dantas
Carol DantasPermalinkResponder

Conheci o VNV há uns 5 anos quando planejava uma viagem para a Bahia e o Google sabiamente me encaminhou pra cá!

Desde então essa é a minha bíblia das férias. Não vou nem a bairro vizinho sem conferir as dicas do comandante e da tripulação que também é super afiada!

Quando não estou planejando minhas próprias viagens, acompanho as do Ricardo! Entretenimento de primeira!

Hugo
HugoPermalinkResponder

Já faz um bom tempo que me sinto em casa por aqui. Ajuda já recebi muitas, tanto do comandante como dos magnifícos tripulantes.

Para falar a verdade, sem retirar o mérito do Riq que é o grande responsável por tudo isso, tenho que confessar que alguns dos frequentadores são simplesmente fantáticos. Sempre atenciosos e prontos para ajudar.

Hoje em dia não consigo programar uma viagem sem antes conversar com o pessoal daqui.

Para mim essa é a melhor ferramenta de viagem do Brasil.

mariana martins

Conheci o blog porque era leitora da coluna "xongas" que o Riq escrevia no JT,fiquei triste quando acabou e feliz quando descobri o blog, nem sei quanto tempo e quantos endereços atrás...
esse blog já me proporcionou excelentes féria em Itacaré, uma viagem maravilhosa a Buenos Aires, lugar que antes do blog eu jamais me imaginaria querendo conhcer e agora promovo intercâmbios culturais entre argentinos e brasileiros (a viagem rendeu uma maravilhosa exposição de artistas portenhos na minha galeria!!) e uma estadia perfeita em Praga!
Tudo seguindo dicas e conselhos do Riq e dos tripulantes do blog!
É sem dúvida o melhor lugar pra se frequentar quando se pensa em viagem!

simone
simonePermalinkResponder

Como assim "se alguma vez a gente foi útil"???? Esse blog é util todos os dias, pra qualquer viagem - da mais básica à mais complicada. Pra toda e qualquer dúvida (de viagem ou existencial) tem sempre uma sugestão legal. Ricardo Freire - leia o Blog, siga no twitter, compre os livros, as camisetas, bonés e tudo o mais que surgir.
Vida longa!!!!

carolina
carolinaPermalinkResponder

Olá Ricardo, queria uma ajudinha básica....estou pra inglaterra agora em julho e ficarei lá durante o mês inteiro estudando....como é só 1 mês, não precisarei de visto, e receberei a permissão direto na imigração..o problema é q ue nunca viajei sozinha antes, e essa é minha primeira vez em outro país e na imigração...como devo me portar? estou levando visto, rg, carta do escola, e carta convite da família q vai me receber...tb devo levar uma da minha chefe comprovando q volto pra trabalhar em agosto? help me, please!
Abçs, Carol.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Comprovação de hospedagem e seguro saude , alem de dinheiro
(claro ) . Muitos profs e estudantes foram barrados por não possuirem estes documentos indispensáveis .

Maryanne  hotelcaliforniablog.wordpress.com

Acompanho o Ric desde a publicidade pois sempre adorei seus textos,e o guia Freire’s de praia foi meu companheiro constante de uma viagem à Maceio em 2001. Desde lá leio tudo o que o Ric escreve e, apesar de não me lembrar exatamente como, devo ter sido uma das primeiras a visitar o blog. Não vou até a esquina sem consultar o VnV. Primeiro pq as dicas do Ric combinam 100% com o meu gosto; segundo, pq já conheço o gosto de varios tripulantes e assim só consigo reunir mais dicas boas. O Ric já virou um vício familiar, todo mundo na minha família consulta o blog, conhece ele e sabe o qto eu o admiro.

Desde o ano passado tenho meu blog , totalmente inspirado no VnV. Alias, o hotelcaliforniablog.wordpress.com nasceu da minha vontade de que alguém curtisse tanto as minhas dicas da California, qto eu curto as dicas do Ric.

O melhor blog de viagem do Brasil e o melhor blogueiro do Brasil são uma fonte de inspiração constante a todo mundo que se dedica seriamente à arte de viajar. Cada um do seu jeito, mas todos com o VnV.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Bom, antes da bóia eram xongas...e me lembro do Ricardo falando em uma crônica sobre as agruras de quem vive na montanha russa do engorda-emagrece. Identificação imediata! Muitas crônicas depois, encontro virtualmente com o Ricardo, por acaso, num site que era todo laranja. Eu me programava pra uma viagem pela Argentina e Chile (depois de longo tempo sem viajar). Acho que comecei a aprender a realmente ser um bom viajante a partir dalí com a leitura daqueles deliciosos textos, cheios de dicas e bom humor e a também viajar virtualmente nas viagens reais do Ricardo, quando só é possível para gente viajar pela imaginação. Enfim, aqui estamos nós, torcendo pra que essa bóia continue sempre bem cheinha!

Wander
WanderPermalinkResponder

acompanho o VnV desde os tempos do zip.net, pouco comento mas leio diariamente. É minha fonte de informações e também meu lazer e descontração diaria. Gosto desta convivência virtural, deste espirito de comunidade. Enfim tudo já foi dito nos comentários acima das razões deste ser o melhor blog de viagens do Brasil. Só tenho que dizer ao Riq e aos trips : MUITO OBRIGADO!!!

Fabio NG
Fabio NGPermalinkResponder

Wander: o apelido "trips" pra tripulação foi simplesmente S E N S A C I O N A L ! ! ! wink

Wander
WanderPermalinkResponder

Fabio não foi intensional, estas coisas acontecem naturalmente.

Carolina Medina

Adoro o site e acompanho ele já faz tempo. Vim procurando informações sobre NY e acabei ficando. Entro quase todos os dias e já fui para a França e Italia com dicas dele. Não ligo muito para os comentários, o que gosto mesmo é das fotos. ; )

Dani
DaniPermalinkResponder

Esse blog é um vício! Seja ao planejar uma viagem, seja apenas para sonhar com todos os lugares que ainda gostaríamos de conhecer, depois que você descobre as dicas do Riq e dessa "poderosa" tripulação é simplesmente impossível ficar muito tempo longe. Com as informações trocadas aqui eu acredito que as pessoas possam, de verdade, viajar mais e melhor.

Luciana Ferreira

Tem uns 2 anos que sigo a bóia em vários endereços. Já me inspirei prá viagens, fiz algumas, comprovei dicas que foram quentíssimas, do Riq e outros tripulantes que conheci pelo caminho. Essa galera tem me acompanhado em muitas viagens. Agora sigo a bóia também no twitter. Além de brilhante, é divertidíssimo esse cara!

marco cavalheiro

Este blog é um grande gerador de conteúdo on-line. Mas não o conteúdo frio e impessoal que estamos acostumados, mas conteúdo humano. As discussões, o ambiente de cooperação, a motivação para viajar mais e conhecer mais, sem falar de tantos outros blogs que nasceram (o meu, inclusive)motivados por esta experiência tão rica. O Ricardo reinventou a concepção de "navegar" na internet com este blog, pois ele nos leva a lugares novos e incentiva novas experiências, novas amizades, novas formas de ver o mundo. Nesta grande àgora virtual as discussões do blog vão muito além de simples descrições de viagens, são a própria viagem!

Leonardo Luz / @leonardoluz

Felizmente acompanho suas atividades há aproximadamente 2 anos. Desde então me sentí estimulado a rever alguns itens do meu planejamento de vida, que a partir do próximo mês, será retomado com a reinauguração do Brasiléo - www.brasileo.blogspot.com, com novo nome, objetivo e textos.
Além de me impulsionar a viver o que é a minha praia, leia-se, formação acadêmica, o VnV literalmente me levou a ver o prazer na profissão. Os textos, as fotos e as dicas certamente são responsáveis pela qualidade e pela fidelidade na leitura do blog, que também se torna um instrumento de estímulo para o nosso turismo consciente e responsável. Espero continuar extraindo o melhor desse presentão que o você nos dá dia a dia.

Saudações turísticas! Vamos viajar juntos!

Paula*
Paula*PermalinkResponder

Conheci o blog VNV no final de 2006/início de 2007, na época em que estava "preparando" a viagem à Europa e o blog estava quase indo para o site viajeaqui.
Acontecia mais ou menos assim: google + nome do destino + dicas de viagens, e pronto! Quase sempre ia parar no VNV. smile
Mas, quando estava viajando mesmo, lá na casa da Dani G., comentando como tinha preparado o roteiro ela falou que o VNV tinha muito mais conteúdo do que aparecia no google e disse: Menina, tá la no blogroll do meu blog.
Assim ,na volta da Zoropa comecei a "fusar" para ver se ela tinha razão...ela só esqueceu de avisar que viciava!!! mrgreen
Assim, passei a ler, reconhecer alguns tripulantes pelos comentários, visitar os blogs da tripulação, até que comecei a comentar!!! smile
Hoje, além de descobrir que é impossível viajar de verdade sem antes viajar na viagem, já viz algumas viagens com as informações do blog e dos tripulantes que carinhosamente pontuam os post com dicas super úteis.wink

Mas, além de uma excelente fonte de informação para viajantes, o blog proporcionou o encontro real com pessoas incríveis, que é sempre o máximo, a energia é ótima, as pessoas parecem velhos amigos e é assim que a gente se sente...EM CASA!!! smile

A nova versão do blog deixou tudo ainda mais acolhedor!
Enfim, como disse o Arnaldo, nós precisamos de vc, Riq! O check-upão será nota 1.000! wink

Lucia Malla
Lucia MallaPermalinkResponder

Comecei a ler o VnV na época do zip.net ainda, me empolguei mais com ele na fase wordpress - e confesso q desempolguei na fase Viaje Aqui, não pelo blog em si, mas pela usabilidade da ferramenta e da página, q era a meu ver deficitária. Agora nesta nova fase independente, estou mais empolgada ainda q quando era wordpress.com.

Entretanto, tenho q confessar q o mais importante, independente de qualquer outro chantilly, é o conteúdo. Sempre primoroso, inteligente e interessante. Além disso, a comunidade q se formou ao redor do blog é enriquecedora, sendo então blog + comunidade uma sinergia das melhores na blogosfera brasileira.

Fiz uma viagem inteira com um post do Riq xerocado em mãos ("de São Luiz a Fortaleza pra Flávia"), e embora tenha juntado com informações aleatórias que catei pela rede, no fim o post foi o material principal de consulta. Outras vezes busquei aqui e nos demais blogs da comunidade dicas sobre lugares por onde fui. Sobre Península Valdez, com Cecilia e Tony. Sobre Cinque Terre, com Jorge Gira e Luisa. Sobre Serra Gaúcha, com o Gira. Sobre passagens e milhas, no Aquela Passagem. E mesmo não indo para certos destinos, é sempre uma delícia viajar com o Riq e os membros da tripulação.

Acho a lista lateral com os nomes das cidades/destinos fundamental. Pq ela facilita muito o browsing quando a gente quer buscar uma informação. O fato tb do Riq highlight posts de outros blogs facilita muito a descoberta de quem pode ter dicas ou experiências para compartilhar sobre um determinado local. Neste ponto, acho o VnV um excelente agregador às avessas: de pessoas que possuem informações. (E não só de informações jogadas, como boa parte dos sites de viagens. Aqui tudo é pessoal, e acho isso de um valor inestimável.)

E só dos amigos q fiz aqui... ah, esquece tudo q falei aí em cima! Eles são a melhor parte da existência do blog! smile smile smile smile

É impossível agradecer o suficiente ao Riq por ter tido, em algum momento lá no passado, a idéia de criar um blog e gerar toda essa maré de amigos, viajantes e trilheiros desse mundão sem porteira. Valeu demais, Riq!

JB
JBPermalinkResponder

Conheci o Ricardo Freire meio por acaso, quando um colega de trabalho me chamou a atenção da nossa semelhança física. Comprei a revista Viagem e Turismo e lendo a reportagem percebi também a semelhança de experiencias : fomos pela primeira vez à Europa em 1985 pela mesma cia aérea e com menos de um mês de diferença!!
Hj o VnV é um VnVício e sinto falta de acompanhar os assuntos e os comentários - é como se estivesse perdendo uma parte da festa! E fico super feliz pelos encontros VnV terem chegado ao nível de mega-eventos, afinal começamos timidamente com poucos participantes no Belmonte do Flamengo, após ter sugerido que passássemos dos encontros virtuais para os reais...

josé alves
josé alvesPermalinkResponder

conheci o VNV há muito tempo, nem me lembro mais,e sempre que programo minhas viagens venho até aqui para pegar dicas de hotéis bacanas, restaurantes "show de bola", e incontáveis experiências de viagens ( coisas imperdíveis e roubadas homéricas )e como adoro viajar, como 99% da população deste planeta, acho ler o blog e acompanhar o Ricardo Freire por onde ele e sua legião de amigos for passou a ser uma rotina na minha vida, tanto que foi através do VNV que montei o roteiro da minha lua-de-mel que vai rolar em outubro deste ano,30 dias percorrendo Itália e França( não, não quis ir a milhares de países na europa,escolhi 2,mas vou conhecer as partes que dá para conhecer muito bem e com calma), então tenho que deixar aqui meu muito obrigado por toda a ajuda que encontrei,acho vale a pena marcarmos uma convenção dos amigos do VNV,quem sabe um dia ?

continue sempre em frente "comandante Ricardo" !!!!!!!!!

e detalhe eu fui a Los Roques conhecer a praia da bóia agora no Carnaval heim, o que que é aquilo ?????????????????

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar