Gripe suína: leitores do VnV em viagem ao exterior dizem que não há paranóia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

[caption id="attachment_3510" align="aligncenter" width="450" caption="Ocean Drive, South Beach, Miami"]Ocean Drive, South Beach, Miami[/caption]

As caixas de comentários dos posts da gripe suína estão recheadas de depoimentos totalmente desestressados de tripulantes (ou trips, na nova denominação), que não estão vendo na vida real nem sombra do pânico que atormenta as primeiras páginas dos jornais (e as homes dos portais).

EduLuz, da Flórida: Estamos há 4 dias em Miami e até agora só vimos uma pessoa com mascara : uma “tiazinha” que estava limpando um banheiro num shopping. No restante do tempo estivemos em 3 restaurantes (todos cheios!), dois malls mais cheios do que o Pacaembu em dia de final ( Timão, êeeôooo !), passeamos pela Ocean e pela Rodeo Dr e nada da gripe ! Pra não dizer que nos nao ouvimos falar, uma dona duma loja em Key West nos perguntou se andávamos de máscara no Brasil, no que a sócia dela respondeu que "o Brasil não fica perto do México!”. Bom, pelo menos não disseram que a nossa capital e Buenos Aires. Ah! Vimos também máscaras de … mergulho.

Dani S., de Nova York: Viajei direitinho, sem problemas. Nós fomos os únicos no vôo com máscara, ficou todo mundo olhando esquisito pra gente (mas como diz o marido, melhor prevenir do que remediar, e passamos o nosso ridículo tranqüilos). No aeroporto de BH, ninguém de máscara nem nada. No de Miami, nada. No de Nova York, tampouco. (Só teve uns engraxates que fizeram um “vade retro” pra gente passando de máscara). O fuzuê é só no Brasil mesmo. Tó tudo normal pelas ruas. Aliás, hoje de manhã no aeroporto vimos uma entrevista com uma cientista que disse que grande parte dos resultados positivos pra gripe suína foram falsos positivos, outras gripes mal diagnosticadas. A minha irmã que já estava nos EUA nos disse que a recomendação aqui é NÃO usar máscara, que não serve pra nada (a não que você esteja doente, pra não transmitir) e observar os cuidados de higiene básicos.
Resumindo: desestressa, povo. Se o país mais alarmista, onde tem mais casos, não está nervoso, não é caso pra desespero. Cautela, sim. Pânico, nem pensar.

Joana, de Madri, Londres e Berlim: No Galeão: quase ninguém da equipe do aeroporto de máscara e luvas, mas tinha um ou outro gato pingado. Os passageiros, esses sim, estão desesperados. No meu vôo tinha uma família de 4 adultos, que eu ja tinha visto na sala de embarque, com máscaras que pareciam coisa de centro cirúrgico mesmo, sabe? Quando eu olhei eu pensei: ih, estao em conexão e vieram do Mexico. Pois bem: quando entro no avião, eles estao atrás de mim!!! Confesso que me bateu um desespero… todas as pessoas em volta sacaram suas máscaras das bolsas e as usaram o vôo inteiro! Mas os comissários da Iberia ficaram sem nenhuma proteção o vôo todo - assim como eu. Chegando em Madrid, alguns agentes da imigração estavam com máscara, outros sem, vc percebia que era uma decisão pessoal. A mesma coisa acontecia com as pessoas de solo da Iberia, mas na segurançaa todos com proteção. Os passageiros: muita gente de máscara, diria que um terço das pessoas, vindas de todos os lugares.

Em Londres, ninguém, absolutamente ninguem de máscara, nem as pessoas do aeroporto nem os passageiros. Aqui em Cambridge isso nem é assunto de conversa e… todos muito tranqüilos no metrô, em todos os lugares.

Pessoal, estou em Berlim! Aqui no aeroporto, absolutamente ninguém, mas ninguém mesmo de máscara - como na Inglaterra. Nem passageiros nem funcionários. Aliás, eu ja tinha relatado a minha experiência em Heathrow, hoje embarquei em Stansted e nada de novo… nem um aviso na parede, um cartaz, absolutamente tudo na normalidade. Aqui em Berlim ainda nao fui nas areas fechadas (Parlamento, museus, etc), mas nas lojas e nas ruas… vida normal!

Edu Luz, de volta ao Brasil (via email): Acabamos de voltar da Flórida e o parecer continua o mesmo. Só vimos  tal da gripe em algumas noticias de jornais (e com espaço cada vez menor) e nos assustamos quando chegamos aqui em São Paulo, pois todos os funcionários da Infraero estavam usando as tais máscaras. Será que eles estão com receio de serem contaminados ou alguém achou que eles poderiam contaminar os passageiros ?

Repito o que eu venho dizendo: enquanto as manchetes falarem em "casos", tomemos as precauções normais de higiene e deixemos as autoridades se preocuparem em debelar a epidemia. Quando -- e se (toc, toc, toc) -- as manchetes começarem a falar em  mortes ao redor do mundo, só aí eu cancelaria uma viagem a qualquer lugar que não se chame México.

64 comentários

Denise Mustafa

Ufa! Vou pra Madrid semana que vem e o depô da Joana me tranquilizou (porque aqui o pânico maior é em relação à Espanha. Portugal só teve 1 caso detectado até agora). Qualquer novidade que eu vir também aviso!
Mas fui no aero do Porto essa semana e não vi nenhuma viva alma de máscara!

Maryanne  hotelcaliforniablog.wordpress.com

Fiz um post no meu blog com o titulo "gripe suina"onde dei updates durante 1 semana. Ontem resolvi que era o ultimo dia, pois o assunto até saiu da 1a pagina dos jornais daqui.

Ta aqui o link pra quem quiser conferir info da California:
http://hotelcaliforniablog.wordpress.com/2009/04/30/gripe-suina-updates

Marcie
MarciePermalinkResponder

Eu também não vi nenhum histerismo. Aliás em aqui em NY ninguém nem fala no assunto. Continuo pegando metrô,os restaurantes estão cheios, cinemas e teatros lotados. Não vi ninguém cancelar viagens programadas, exceto para o México. Se essa tal gripe não tivesse se originado num país de "terceiro mundo" isso não seria nem notícia.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Riq, ontem eu respondi pela 4a vez que não, eu não vou desistir do congresso em Washington final do mês. Se piorar, eles adiam o congresso. Mas me fizeram jurar que eu tinha já providenciado as máscaras e o que eu mais escuto é: "Vc não tem medo?" (logo eu que tenho medo do Cabum de festa infantil né Sylvia e Majô?). Preciso confessar que parte da minha auto-confiança é devida ao comandante e aos trips. Au revoir - volto de POA sábado! Sem máscara wink

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Já dei meu parecer da situação em Houston...as televisões falam muito mas as pessoas não estão muito preocupadas não.
No trabalho tinham uns cartazes.
Pouquissimas (umas 5 no máximo) pessoas de máscara no aeroporto e avião

Luciano
LucianoPermalinkResponder

Acabamos de voltar de Orlando e só falavam nisso (na TV) no início, pelos últimos dias só um comentariozinho de nada. Diziam até que as pessoas não aguentavam mais ouvir falar em swine flu. Ninguém de máscara nos parques, e a única menção foi uma cartinha deixada no hotel "em razão de determinação dos oficiais de saúde pois confirmaram um caso no county" para que se tomassem cuidados com a higiene pessoal, lavando as mãos várias vezes ao dia, e cobrindo a boca ao espirrar e tossir (só por causa da gripe precisa fazer isso??). Várias pessoas (principalmemte com crianças - nós incluídos) estavam com aqueles desinfetantes líquidos à mão. O susto mesmo foi chegando aqui. Em Guarulhos vários funcionários de máscara.

Aline
AlinePermalinkResponder

Esse fim de semana fui levar minha filha nas urgências do hospital aqui em Madrid. Passamos por uma sala de triagem onde uma enfermeira de máscara pergunta se você foi ao México ou aos EUA ou se esteve em contato com quem foi. E só.

Riq, olha que mundo pequeno. Estou vendo seu post de Barra Grande. Meu marido é diretor de arte e e eu era redatora até dia desses... Só conheço o André de nome, mas o maridão começou trabalhando com o pai do André, o João, na defunta V&S. Trabalhou com o André tb, mas rapidinho, num frela. Pode?

Beijos e obrigada de novo.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Acabei de voltar do Chile e também não vi nada de mais. Os únicos usando máscaras eram os oficiais da imigração dos aeroportos de Santiago e São Paulo. Tá certo que no Chile não tem nenhum caso registrado, mas mesmo assim a única notícia sobre a gripe suína era a discriminação recebida pelos jogadores de um time mexicano (Chivas) que foi jogar pela libertadores lá. A principal manchete era a cusparada que o jogador mexicano deu no chileno para tentar colocar medo....smile

Taysa
TaysaPermalinkResponder

Voltei de Seattle há 3 dias , com conexão em Houston . Em Seattle não vi ninguém de máscara , no aeroporto de Houston umas 3 pessoas e no voo só um chinês . Achei tudo muito tranquilo , apesar de terem alertado umas 5x durante a viagem que se vc estivesse gripado , com febre acima de 38 entre outras coisas avisar imediatamente a tripulaçao que vc teria atendimento imediato !

Lia
LiaPermalinkResponder

Oi a todos,
eu vivo em berlim e como foi falado acima, aqui ninguém está usando máscara nem nos aeroportos, nem nas reparticoes publicas, nem nas universidades etc. Estive em Zürich semana passada e era a mesma coisa, nada de máscara.

Murilo
MuriloPermalinkResponder

Riq, embora já estou imerso neste mundo de viajantes a alguns meses ainda não pus em prática nada do que li, pois não viajei. Até o momento! Pois agora, na próxima semana ( de 11 a 15 de maio), surgiu-me uma oportunidade: vou viajar à BSB, mas pelo trabalho.

Apesar de ser viagem a trabalho (um curso de segunda a sexta das 08 às 18, teoricamente) é a minha chance de por em prática o 10º Mandamento de Jorge Bernardes:
(Gira Mundo - http://giramundo.wordpress.com/about/)

"10º Uma viagem de trabalho não pode ser desperdiçada. Aproveite sempre e emende o seu compromisso com um roteiro de viagem. Sempre é possível, eu garanto."

Como não estou com muito tempo de grandes pesquisas gostaria, se possível, de sua ajuda e de outros viajantes para tentar aproveitar a capital brasileira.

Sds.

Mirella
MirellaPermalinkResponder

Aqui no Canada também esta tudo tranquilo... inclusive o "fuzuê" dos telejornais estão bem tranquilos (se comparado há duas semanas).
Não vi ninguém de mascara smile
abs

Joana
JoanaPermalinkResponder

Oi pessoal! Amanha estou saindo de Berlim pelo Tegel (cheguei por aquele outro aeroporto que nao sei o nome) e vou pra Istambul - duvido que tenha alguma noticia diferente das que ja dei pra vs, mas vamos ver. Como a Lia disse, aqui em Berlim näo tem ninguem de mascara, em nenhum lugar fechado, nem nos trens e nem nos metros. Vida normal.... Que bom! Li agora no Globo que confirmaram casos da gripe no Brasil, vamos ver se a paranoia ai vai aumentar ainda mais... Ate logo!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Bom,
Já tem 4 casos no Brasil. Vou para BH amanhã para um casamento, sem máscaras, sem paranóia.
Agora, se pra viajar eu tiver que tomar vacina de febre amarela, não vou! Aproveito para perguntar se alguém sabe se tem jeito de escapar dela para ir à África do Sul.

Bruna
BrunaPermalinkResponder

É obrigatória mesmo para a África do Sul, só tem escapatória se você estiver grávida ou tiver algum problema de saúde que afete sua imunidade, condições que impedem a vacinação. Mesmo assim a burocracia é grande, pelo que entendi você precisa ter uma carta explicando sua situação...enfim. Eu já tomei a vacina duas vezes, na primeira deu uma febre leve, que passou rápido, e na segunda, depois de 10 anos, nem tive reação. Por que você não quer tomar a vacina?

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Oi, Bruna. Eu tenho alergia a milhares de coisas.
Sou tão neurótica e paranóica que só tem 3 remédios que eu uso e mais nada.
Talvez com uma declaração do meu médico, sei lá.
Riq, vou ler o link que você enviou.
Mas se eu tiver que tomar vacina, vou para outro lugar.
Obrigada!!!

Ricardo Freire

Consulado da África do Sul em São Paulo:
Tel.sad11) 3265-0449
E-mail: veronesea@foreign.gov.za

Horário de atendimento ao público:
De: Segunda a Sexta-feira
Das: 9:00 às 12:00h

Avenida Paulista, 1754 - 12o. andar
Cerqueira César - São Paulo/SP
(próximo ao Masp/ Estação do Metrô Trianon-Masp)

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Riq, obrigada de novo!
Vou ligar para lá e ver o que é possível fazer.
Quando eu souber, volto para contar.
Apesar que eu acho que a única noienta aqui sou eu... smile

Virginia
VirginiaPermalinkResponder

Mô, que bom saber que eu não sou a única alérgica com implicância com vacinas! Não conhecia mais ninguém, sou tratada como alienígena quando menciono isso. Sou pior ainda que você, só tomo homeopatia, chá, vitamina C, alopatia só se disserem que eu estou nas últimas.
Volte depois e conte as suas descobertas, me interessa e muito!
Grande abraço.

Ricardo Freire

Como a Bruna disse, só com dispensa oficial.

http://www.capegateway.gov.za/eng/directories/services/11594/21089

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

MO, nao tem mesmo. La eles exigem a vacina no desembarque, mas e falo que é uma vacina super tranquila, que nao doi e dura 10 anos!

Bruna
BrunaPermalinkResponder

Que alívio...o desespero dos primeiros dias e o sensacionalismo descontrol da imprensa quase me pegaram. Estou indo visitar a família que me hospedou em um intercâmbio em Innsbruck (depois de 8 anos!) e vou aproveitar para realizar o sonho da minha mãe de conhecer Paris! Imagine se depois de 8 anos essa gripe resolvesse pegar pesado bem na época da viagem...eu ia até de escafandro, mas ia! Obrigada, Ric, por manter esse tema vivo nos posts e pela visão crítica desse fuzuê!!!

Ernesto o pato.

Mo

Até para viajar pelo Brasil, e bom tomar vacina para febre amerela. A doença é terrivel, leia o livro do Drausio Varela que esqueceu de tomar a vacina. Ate em áreas urbanas de Cidades como Brasilia, e Ribeirão Preto houve casos relatados. Não brinque com isto, e não deixe de tomar a vacina!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ernesto, querido!
Vou pensar seriamente e consultar meu médico.
Vc tem razão, mas eu tenho horror de poder ter uma reação.. sad

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Mô,
tomei a vacina ano passado, pela primeira vez na vida, e não tive nada. Não sou uma pessoa alérgica, mas acho que isso não deve influenciar muito. Procure um médico da sua confiança e se aconselhe. O que não pode é perder uma viagem por não ter a vacina!! Isso o pessoal aqui da seita não vai perdoar mrgreen mrgreen mrgreen

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Carlinha, meu medo de uma reação consegue ser maior que a minha vontade de viajar...uma vergonha, eu sei...rs
A Lili me deu uma idéia, acho que não vai ter problemas.

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Mô, tomei a vacina ano passado e parece-me que o alergênico (é assim que se diz?) é a albumina de ovo. Se não for te causar muito transtorno e você tiver tempo, pq não fazer o teste antes de tomar a vacina? Claro, antes confirmando se o problema é só esse... Não senti nenhuma reação, nem mesmo febre.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Lili, se for a albumina não tenho nenhum problema. Achei que era bem mais complicado que isso!
Você me deu uma boa idéia, vou conversar com meu médico e ver o que ele acha e se é possível fazer o teste antes.
Obrigada!!

Marcelo Moraes

Voces viram que 1 dos 4 casos confirmados no Brasil foi contaminado em viagem a Miami e Orlando!!! Os outros tres foram no Mexico!!!

Ricardo Freire

Marcelo, o cara foi até ali e pegou uma GRIPE. Não pegou uma poliomielite, uma meningite ou uma gangrena. Foi uma gripe.

Em todos os vôos de longa distância, para qualquer lugar do mundo, o passageiro está sujeito a desenvolver trombose, que é imensamente mais letal e ninguém fala dela.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

É isso mesmo...pegou uma gripe.
Riq, lembra que falei de um caso que supostamente estava...então ela se tratou com repouso e boa alimentação...não teve contato com ninguém e já voltou a vida normal.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Aqui em middle of nowhere, aka Romênia (é considerado exterior?), não teve nem caso suspeito...

Amanhã cedo pego avião em Bucareste pra Bruxelas. Depois dou feedback do aeroporto.

Carla2
Carla2PermalinkResponder

DaniG., não tem caso suspeito aí porque vampiro é imune!!! mrgreen

henrique
henriquePermalinkResponder

um amigo que acabou de renovar visto pros EUA recebeu este e-mail do consulado:

Notícia importante sobre a gripe H1N1 e serviços consulares:
Devido ao atual surto da gripe H1N1, popularmente conhecida como gripe suína, a Embaixada e os Consulados no Brasil pedem a qualquer pessoa que busque serviços consulares (sejam vistos ou serviços a cidadãos americanos) e se sinta enferma, com sintomas de gripe, que por favor adie sua visita aos postos consulares.

Aqueles que comparecerem à Embaixada e aos Consulados Gerais serão inspecionados e, se for verificado que apresentam sintomas de gripe, serão solicitados a adiarem suas solicitações até que suas condições de saúde melhorem.

Caso, no momento, você apresente sintomas de gripe, por favor, reagende sua entrevista assim que estiver livre de tais sintomas. Os solicitantes de vistos deverão ligar para a central de agendamentos no telefone (21) 2108-9113 para remarcar suas entrevistas sem custo adicional. Para alterar outros agendamentos consulares, use os canais de agendamento já utilizados para esse fim.

A Embaixada e os Consulados agradecem ao público por sua compreensão.

Para maiores informações relacionadas à gripe H1N1, por favor, visite os seguintes websites:
http://www.cdc.gov/h1n1flu/sick.htm
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_area=1534.

Informações adicionais podem também ser obtidas nos seguintes links:
http://www.who.int/csr/don/en/
http://www.cdc.gov/h1n1flu/
http://www.travel.state.gov/travel/cis_pa_tw/pa/pa_4488.html

Regina
ReginaPermalinkResponder

Estou com hotel reservado em Miami, pra 11 de junho, até agora não fechei minha passagem, pois estou com medo desta maldita gripe. Tenho medo de ir, ser td super tranquilo e quando voltar se tiver tido mais casos por lá,ter que ficar de quarentena aqui...já imaginou??? Que que eu faço gente????

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Tanto escândalo por causa de gripe é impressionante.

Eu ficaria com medo se tivesse que ir a Salvador por causa da dengue, mas para os EUA...
Está mais perigoso ficar no Brasil (pelo menos em algumas partes dele) que viajar sad

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Riq, voltando do Peru ontem, encontrei poucas pessoas usando máscaras (na maior parte, eram os próprios funcionários do aeroporto e da companhia aérea).
Ao que parece, a situação ficou mais tranqüila no Peru depois que foi descartada a contaminação de uma argentina que vinha do México e desceu em Lima. Viajei de Lima para Cuzco antes dessa confirmação, e o número de pessoas usando máscaras no aeroporto naquela ocasião era beeem maior (até nós usamos).
Mas tem gente pra tudo: encontrei orientais (não tenho certeza se eram japoneses, mas acho que sim) de máscaras mesmo em sítios arqueológicos ao ar livre!
No Brasil, recebemos panfletos da ANVISA sobre a gripe assim que passamos da porta do avião, e avisos eram repetidos o tempo todo no aeroporto.

Joana
JoanaPermalinkResponder

Oi gente! Estou em Istambul! No aeroporto daqui alguns funcionarios estavam de mascara, mas assim como em Madrid vc via que era uma decisao pessoal usar ou nao. Na imigracao, ninguem.

Hoje fui visitar um palacio e uma guia de um grupo de adolescentes estava com mascara, mas so ela. Os adolescentes pareciam ser arabes.... achei tudo meio estranho... rsrs!

Fora isso, de novo, ninguem nem fala no assunto!

Ah, mais uma experiencia em aeroporto que quase esqueco de contar - fiz conexao em Riga, Latvia, e la tb ninguem de mascara. Pq conexao em Latvia? Voo low cost que achei entre Berlim e Istambul.... rsrsrs

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Joana, depois quando puder conta de Istambul pra gente!

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Pipol, estou em Barajas (Madri), e por aqui esta tudo tranquilo. Eu tinha postado outro dia sobre alguns turistas japoneses usando mascaras em Florenca. Em Roma, eu vi de novo. Esperava que aqui na Espanha, com os registros maiores, o negocio estivesse mais fobico. Mas estou aqui em Barajas ha hooooras (lei de Murphy, depois eu explico) e nao vi um passageiro sequer usando mascara. Apenas alguns funcionarios (poucos na verdade, incluindo dois do guiche de informacoes) estavam mascarados, mostrando uma decisao estritamente pessoal. Ha dois postos para quem quiser tirar duvidas sobre a doenca nos terminais e no check in esta disponivel um folhetinho com informacoes para prevencao.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Mari Campos, você vendrá para Barcelona???

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Até no vôo POA-Rio e no vôo Rio-POA dão o aviso que eu tb li na confirmação do agendamento do visto americano. Caldo de galinha não faz mal a ninguém, né?

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Acabei de voltar de BH e lá recebi o papelzinho informativo da gripe.
Em Congonhas, nada.
A propósito, Riq, minha prima conseguiu acertar com a agência. Acho que ela fez bobagem, mas foi tão enrolado que sorri e disse 'que lindo'.
Eles ficarão 1 semana no Salinas (eca) e depois mais 1 semana em Fernando de Noronha (uau).
Ela tentou alguns bacanudos que busquei aqui, porém como é maio (casamentos e lua-de-mel em profusão), muitos já estavam lotados.
O único que ela não checou foi o Nannai, mas porque estiveram lá ano passado.
Enfim, o casamento foi lindo, a festa ótima, todos felizes!
Obrigada pela ajuda!!!!

José
JoséPermalinkResponder

Ricardo,
to com uma viagem marcada para Europa (Paris, Londres, Lisboa) em julho, ainda está muito cedo para adiar por causa da gripe?

Quanto a questão da imigração tenho uma dúvida: Vou eu eu minha esposa, somos um casal novo, ambos 25 anos, você acha melhor a gente ir no mesmo guiche da imigração ou é melhor cada um passar em um guiche separado?

Valeu,
José.

Ricardo Freire

Perigo nenhum, José. Apenas grávidas e pessoas com baixa imunidade devem ter algum excesso de precaução -- e mais por causa dos aeroportos e aviões do que por conta do destino.

Passe junto com sua esposa, leve todos os documentos necessários (reservas de hotel, seguro-saúde "embaixadas", passagem de volta, 60 euros por dia por pessoa em cash ou cartõs de crédito) e responda a todas as perguntas sem se contradizer.

Rosa
RosaPermalinkResponder

José, eu sempre vou no mesmo guichê que o meu marido, sem problemas.

José
JoséPermalinkResponder

Riq e Rosa,
Valeu pelas respostas!!!

Natalie
NataliePermalinkResponder

Chegamos ontem aqui no Brasil de uma viagem de 15 dias pelos EUA. Foi super tranquilo. Só ouvimos reportagens sobre a gripe na primeira semana de viagem, depois não tivemos mais notícias sobre ela. Encontramos algumas excursões de japoneses e chineses usando máscara. Mas nada além disso. Em guarulhos só o pessoal da anvisa usava máscaras durante o nosso desembarque. Eles estavam distribuindo uns folhetos informativos e nada mais.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá pessoal,
Preciso de uma opinião sincera...estou com uma viagem marcada para Julho pela Europa (Itália, França e Alemanha) Estou com muito medo da tal gripe.

O que você acham???Devo ou não desmaracar o passeio???

Obrigada desde já!!!

Ricardo Freire

É mais fácil você pegar a gripe ficando no Brasil, por causa do inverno.

Tenha medo de: ser barrada na imigração, trombadinhas, ataques terroristas, furtos, overbooking, atropelamentos por distração, greve ferroviária, cancelamento de vôo, saudade, indisposição estomacal, variação cambial, extravio de bagagem, torção de pé, bolhas generalizadas, não-aprovação de gastos no cartão de crédito e insolação. Mas gripe suína acho BEM difícil.

Guilherme Lopes

Sugestão de pauta para um post (sem paranóia): Já ficou doente durante uma viagem. Você já precisou utilizar serviços médicos fora de casa? Usou o seguro? Leva na bagagem algum kit farmacinha?

Tem amigo meu que toda vez que viaja fica doente. Nunca vi...

Já um outro, quebrou 2 ossos do braço um dia antes do carnaval, lá em Salvador. E teve que voltar para ser operado.

; )

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Nestas alturas pandemicas , um motivo palpável para cancelamento de viagem é o medo de voar .

Ricardo Freire

Hehe, nesse eu não quis tocar lol

Sarah
SarahPermalinkResponder

Obrigada Ricardo!!!

Denise Mustafa

concordando com a Sylvia.....
e NUNCA desmarcaria uma viagem por causa de gripe (principalmente nas vésperas de uma expedição de 40 dias).

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Sério, em maio passei 11 vezes pelos aeroportos de Porto Alegre, Guarulhos, Amsterdã, Praga e Colônia. Só vi gente com máscaras em Guarulhos. É impressionante o alarmismo que fizeram sobre essa gripe no Brasil.

Daniele
DanielePermalinkResponder

A notícia aqui na Inglaterra é sobre a primeira morte devido à gripe suína no Reino Unido. Ocoreou ontem na Escócia e parece que a pessoa já apresentava algum problema de saúde prévio, mas não consegui saber o que era, nem a idade desta pessoa.
De resto, tudo segue normalmente. Londres está cheia de turistas (como sempre), o metrô está lotado (como sempre), os teatros, as ruas e as lojas estão cheios.

Andréia Nery
Andréia NeryPermalinkResponder

Sobre este assunto tenho a declarar que quando embarquei para NY em 12 de maio não tinha ninguém nem no aeroporto do Brasil nem em NY com máscara. Salvo um ou dois asiáticos. Já na volta, em Guarulhos tinha um pessoal da Anvisa distribuindo uns folhetos todos protegidos da cabeça aos pés. Foi quando eu disse: Gente, para quê tudo isso se lá em NY não existe esta paranóia? A infeliz da moça que estava na beira da escada rolante entregando os folhetos me respondeu num tom jocoso: Você é que pensa, minha filha! Encarei-a e fiquei calada.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Muito obrigada pessoal pelas dicas!!! Confesso que agora estou mais tranquila e não desmarcarei minha viagem de 15 dias pela Europa.
O problema é que se acompanharmos através da net ou da tv, enlouquecemos com as notícias em relação a gripe...é um bombardeio constante de mais e mais números de infectados.
Mas como vcs mesmo disseram: "Medo de gripe???". Isso realmente não pode atrapalhar!!

Obrigada!

Ricardo Freire

Boa viagem, Gabriela!

Sarah
SarahPermalinkResponder

Acho que encontrei o lugar certo para algumas dicas!!
Bom, estou com uma viagem marcada para Europa em Julho, irei para Suiça, Bélgica e Alemanha. Gostaria de saber de vocês que vivem no exterior ou que vivem no Brasil mas viajaram recentemente, se há perigo de contágio da gripe e se ainda há, na Europa problemas mo desembarque, nos museus e locais com muita gente. Estou muito preocupada com a gripe,será que devo levar máscaras e gel antiséptico para as mãos??? Mas mesmo assim não pretendo desmarcar.
Espero suas dicas!!!
Ah, gostaria também de umas sugestões em relação aos animais domésticos. Tenho um gato e sou sozinha em casa, tenho uma auxiliar que me ajuda na limpeza 1 vez na semana e ela topa cuidadar do meu gato e dormir na minha casa. Será que vai ser legal pra ele??? Será que ele sofrerá demais com minha ausencia por 15 dias???
Sei que vcs tem muita experiência neste tipo de problema!!!

Obrigadaaaaa!!!

Denise Mustafa

Sarah, dá uma lidinha em todos os comentários acima. Tem muita gente falando de como tá a questão da gripe no exterior.
Eu moro em Portugal e já fiz viagens nesse interim da gripe e não vi NINGUÉM usando nada. Nem aqui nem na Espanha.
Fique tranquila.

Dani S.
Dani S.PermalinkResponder

Crianças, só pra dar o fidibeque completo: depois da viagem (eu voltei num vôo Miami-BH), fomos recebidos com todo mundo de máscara em Confins, entregando papeizinhos. Uns cinco dias depois, recebi um telefonema da Anvisa no recesso do meu lar, só pra saber se a gente não tinha morrido (bem, se não tinha sintomas de gripe =), colocando um telefone 0800 à disposição, caso tivéssemos algum sintoma nos próximos dias. É só pra ninguém ficar paranóico depois! Eu achei até simpático...
Agora, a próxima gripe que eu pegar, já tenho certeza que é gripe mamífera, mesmo. mrgreen

Eve
EvePermalinkResponder

olá, acabei de voltar de buenos aires e bariloche...não tem ninguém de máscara em lugar nenhum. Só nos aeroportos. Eu estou com tosse, mas não apresentei febre..mas já sai assim do Brasil...
Fui em vários lugares na Argentina, como bares e shows e não vi nada demais...Ademais, todos os lugares estavam com calefação e pessoas com frio..pois está muito frio lá. Beijos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar