Seth Kugel descobre: americano não pensa que a capital do Brasil é Buenos Aires, não

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

seth

Outro dia tomei um chopinho com o Seth Kugel, colaborador do New York Times que eu já elogiei pelas costas várias vezes aqui no blog. Gente finíssima, o Seth é autor das matérias seguramente mais antenadas sobre viagens ao Brasil que saem na imprensa americana.

Desde o início do ano ele está passando uma temporada baseado em São Paulo, como correspondente do site de notícias Global Post. Daqui Seth continua contribuindo com o NYT e algumas revistas do primeiro time.

Há algumas semanas ele publicou no Global One uma das matérias mais divertidas sobre rixas entre brasileiros e americanos que eu já li.

Incomodado com o fato de todo brasileiro que ele conhece tercerteza de que todo americano pensa que a capital do Brasil é Buenos Aires, Seth aproveitou uma viagem a Nova York para fazer uma pesquisa na rua.

Entrevistou 50 americanos aleatoriamente -- e recebeu como resposta principal um "Não sei" (16 vezes). Em seguida veio a resposta "São Paulo" (13 vezes), e em terceiro, empatada com o Rio de Janeiro, a resposta certa, Brasília (8 vezes cada uma). Nenhum dos 50 entrevistados respondeu "Buenos Aires".

O mais interessante é que o Seth não fez essa pesquisa para provar que o americano médio sabe geografia e não confundiria jamais Brasil com Argentina.

Pelo contrário. A tese do Seth é que o americano sabe tão pouco de geografia que não teria como pôr Brasil e Argentina no mesmo saco. Para ele, transpor a capital da Argentina para o Brasil seria um erro sofisticadíssimo, do qual o americano médio não seria capaz mrgreen

E só pra gente perder completamente a razão nessa picuinha, na volta ele perguntou a brasileiros na rua quais eram os presidentes da Índia e da China -- outros dois países companheiros do Brasil nos BRICs, os emergentes da vez.

Ninguém acertou eekops:

Leia a matéria na íntegra aqui. Visite também o site do Seth Kugel -- e leia suas matérias recentes sobre a revalorização da cozinha brasileira em São Paulo, o Comida di Buteco de BH, o Baixo Augusta e Salvador.

47 comentários

Francélli
FrancélliPermalinkResponder

Olha, eu tenho a impressão de que se perguntarem aos brasileiros qual é a capital dos Estados Unidos vamos ouvir de tudo, Nova York, Miami, Flórida (!!!), hihihi.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Olha, certamente em caso contrário (perguntar na rua em SP qual a capital dos EUA), NY vai ser a resposta mais frequente.

Martinha
MartinhaPermalinkResponder

Amei..
E bem verdade o que um dos comments disse: "Ask a Brazilian how many states Brazil has (26 plus the federal district, Brasilia)...in the ten years I lived in Brazil, I only met two Brazilians to correctly answer the question.."
Os brasileiros mal sabem as capitais principais.. e nem tanto por falta de estudo.. mas de interesse mesmo..
Podem ter aprendido na escola, mas por não precisarem, "esqueceram"..
=)

Dri
DriPermalinkResponder

Eu concordo com a tese dele... Apenas acho que a pergunta feita aos brasileiros é mais "complexa". Ela não envolve apenas conceitos de geografia aprendidos no colégio, ela envolve conhecimentos atuais de política internacional, assunto que não costuma despertar interesse do brasileiro médio.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Sim, a pergunta aos americanos era de resposta muito mais "fácil"!!

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

A pesquisa é engraçada, mas vai ser muito mais se for a uma escola secundária na perifa de qualquer grande cidade brasileira e fizer a mesma pergunta..."qual a capital do Brasil?" Vai ouvir tantos ou mais "não sei" quanto ouviu nos EUA.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hahaha... Muito bom o artigo! lol Mas esse mito de que o americano pensa que Bs.As. é a capital do Brasil não é coisa recente, não... Diz a minha intuição que isso está lado a lado com confundir samba com mambo ou rumba! (Vocês já viram esses programas tipo "Dancing with the stars"? Quando a competição é de samba é um Deus-nos-acuda - só dá mambo e rumba... :roll: ) Melhor explicando, o americanoo médio não tem muita noção do que vai encontrar ao sul da fronteira com o México - é como se fosse tudo o mesmo saco de gatos...

Não podemos esquecer também que, com o aumento do turismo para a América do Sul, especialmente para a Argentina, os gringos que ainda achavam que Bs.As. era a capital do Brasil aprenderam que não era... wink

Mas o melhor 'disclaimer' para a pesquisa informal do Kruger é que NY não representa bem os EUA... Acho que o novaiorquino é o americano menos típico que há!!! (E eu encontrei um ou outro americano pelos confins da Califórnia que achava que Bs.As. era Brasil, sim...)

Nil
NilPermalinkResponder

Assuntos de politica na Asia e Oriente Medio(Iraque, Afeganistao, China, Koreias, Tailandia, India, Sri Lanka, etc.) dominam os noticiarios americanos, para um americano mais antenado ele consegue ate' discutir o caso mais recente da prisao Suu Kyi em Myanmar. Sobre a America do Sul o americano nao tem muito interesse, talvez somente sobre a Colombia porque recebe bilhoes de dolares do governo americano de ajuda contra os carteis... Nao sei explicar porque a Asia/Oriente Medio tem tanta participacao nos noticiarios, chego ate pensar porque os EUA tiveram guerras nestas areas (Koreia, WWII, Iraque, Afeganistao, etc). O Brasil e' somente reconhecido nos EUA pelo samba/carnaval e mulheres (gracas as modelos da Victoria Secret) apesar de ser classificado como pais emergente, poucos sabem sobre a economia do pais, talvez os investidores de Wall Street estejam mais ligados...

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Aposto que toto americano sabe onde é Niterói. E ponto final.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hahaha... Sem dúvida!!! lol (Mas, Arthur, eles passam a amar Niterói quando vêem a foto da Praia de Icaraí em um dia de sol, quando se vê bem o Pão de Açúcar e o Corcovado lado a lado... wink )

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

A melhor coisa de Niterói....a vista do Rio.... (correndo para não apanhar!) lol

LucianaM.
LucianaM.PermalinkResponder

Não vejo nada demais em dizer que a melhor coisa de Nikiti é a vista para o Rio! Ela é linda!
Só acrescentaria que é um lugar de gente simpática e de bem com a vida (mas não com o serviço das Barcas S/A). Legislando em causa própria, claro!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Não, Mô... lol É a melhor vista do Rio que está em Niterói!!! lol

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Concordo com a Carla e a Luciana grin E, só para não deixar passar, FORA BARCAS S/A!!!!

Naldo
NaldoPermalinkResponder

Eu não sei quanto aos americanos, mas ano passado quando estive na Itália, na cidade de Como, um casal de velhinhos (na casa dos 60) em um restaurante vendo que eu estava em dificuldade de se comunicar com o garçon quis saber de onde eu era.

Ao dizer que era do Brasil, a senhora perguntou se Buenos Aires era bonita, e complementou "é a capital, não?". Falei que ficava na Argentina. Nem ficaram constrangidos nem nada. Eu disse que morava em São Paulo, daí mencionaram o Rio e perguntaram dos perigos nas ruas e da pobreza de que tanto ouvem falar.

Até então achava que essa história de gringo pensar que Buenos Aires era a capital daqui um mito. (mas claro que foi um caso inusitado.... ou não)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Pra mim , o cara que diz que a capital é Buenos Aires , é um
"ser com alguma noção " grin
Pq um americano deveria saber isso ?
Sempre penso no quanto sabemos de Africa . Nadicas !
Não registramos o que não nos interessa :cool:

Carla
CarlaPermalinkResponder

Concordo, Sylvia! A verdade é que a gente sabe algo dos EUA e da Europa pela própria posição desses lugares no cenário mundial. É só pensar um pouquinho que chegamos à conclusão de que a maioria não sabe nada mesmo do resto do mundo. E não precisa ir muito longe, é só perguntar qual é a capital da Índia, ou da África do Sul... Aliás, vocês se lembram daquele mico enorme do Lula não me lembro se na Nigéria ou em outro país africano, dizendo que o lugar era tão bonito e limpo que nem parecia a África? Claro que como presidente do Brasil ele nunca poderia ter dito isso, mas que aquele é mais ou menos o pensamento do brasileiro médio, ah, disso eu não duvido... wink

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Uma vez quando me perguntaram onde eu morava , e Brasil não surtiu nenhum efeito , fui ampliando a ambito até chegar numa frase que teve um sorriso de aceitação :
" eu moro no sul do fim do mundo " grin
Pra muita aqui em Poa , BsAs é a capital- do-mundo .
Né Mario ?? eekops: lol

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Sylvia, vc não existe rsrs Fico feliz de ter ido ao sul do fim do mundo esse mês smile

Larissa Oliveira

Tem muito tempo que não vou aos EUA, mas estive na Europa em março e em todas as vezes que me perguntaram de onde eu era, vinha logo em seguida a saudação: "Rio de Janeiro!" E quando eu explicava que não morava lá, que era da Bahia, o sorriso murchava e vinha um balançar negativo com a cabeça! smile Com certeza, o Rio e São Paulo (eu imagino que tb) devem dominar as noções básicas de geografia do Brasil.

Guilherme Lopes

O Agosto Butiquim que o 7 fala na reportagem sobre o Comida di Buteco é muito bom!

; )

Ana
AnaPermalinkResponder

O presidente da India e da China??? Hahaha. Ninguém acertou e muitos devem ter perguntado o que é BRIC!!!

Majô
MajôPermalinkResponder

Eu acho que na Europa melhorou a noção de Brasil, pelo menos já ligam a Rio e São Paulo.
Há vinte anos, no trem, um rapaz francês me perguntou se ficava na África. Mas, amazônia eles sabem direitinho.

Magrineli
MagrineliPermalinkResponder

Conheci um americano no Albergue "O Pharol" em Itacaré q conhecia mais do Brasil q eu. Tb era sociólogo (ou antropólogo) e até estagio no Maranhão tinha feito. Gente finíssima! Agora butequizando os comentários (como o bom mineiro - naturalizado) aviso que este ano o COMIDA DI BUTECO acabou com grande estilo (até Bete Carvalho na saideira) e agora, para não perder o ritmo... vamos nos saborear nos digníssimos estabelecimentos de BH e o restante de Minas Gerais que estão participando do "Brasil Sabor", que vai até 31 de maio... hehehe e da-lhe academia depois... Abraços

Lena
LenaPermalinkResponder

É o que eu sempre digo. Brasileiro tem mania de comparar americano médio com brasileiro alto! (e europeu médio, etc.)

Ele sofisticou demais a pesquisa. Nem precisava perguntar nome de presidente da India e da China, não. É só sair na rua e perguntar para 50 pessoas a capital de qualquer outro país.

Eu fui fiscal de vestibular uma vez e me diverti muuuuuuito com as respostas da prova de ´História e Geografia. Na época, era o auge do conflito Irã/Iraque. Uma das perguntas tinha um mapinha (com aquela "botona" onde ficam Arábia Saudita, Kwait, Iraque, Emirados e tal, com o Irã vizinho). Dois países estavam marcados: Irã e Iraque. O texto dizia que aquela região era o palco de muitos conflitos recentes, etc. Várias perguntas seguiam. Primeira pergunta: nome dos países assinalados. Respostas: França/Itália, Inglaterra/França (fazendo fronteira terrestre!!), Portugal/Espanha e muuuitas outras. Detalhe: os vestibulandos estavam bem acima do nível de brasileiro médio... Triste, mas é verdade.

zezé
zezéPermalinkResponder

Riq, my friend!
Posso mudar de saco pra mala, como se diz por aqui? Pretendo ir pra Espanha de 17 a 26 de outubro no esquema "slow trip", que é o que eu curto. Li num post teu que Madrid e Barcelona meio que se sobrepõem. Como não serão muitos dias e quero muito ir a Madrid, o que mais posso (ou devo) incluir no roteiro sem (muita) correria? Desde já, como sempre, super-agradecida!

Geraldo Gontijo

Riq, voltei hoje de BsAs( feriado prolongado de Nossa Senhora de Caravaggio ), e encontrei muitos americanos por lá que com certeza sabem BsAs não é a capital do Brasil, mas por outro lado era tamanha a quantidade de Brasileiros que vai ser difícil convencer os gringos de que a língua oficial da Argentina não é o português!!
Saludos

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Lá na empresa que fiquei em Houston num almoço surgiu um papo do Brasil e tal e vi que eles não tinham a menor noção (são engenheiros americanos que trabalham para nós) do Brasil...eles não sabiam que o Brasil era grande!!! Fiquei chocada!!!
No hall da empresa tinha um mapa mundi e fui mostrar...aí que eles tiveram noção (detalhe que o mapa está lá todo dia...). Eu mostrei onde era a capital e que se chamava Brasília e eles também não sabiam...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Tambem adorei o artigo, mas concordo com a Dri: a pergunta feita aos brasileiros tem um nivel de complexidade muito diferente...

Ricardo Freire

Mari, a última pergunta era a propósito dos brasileiros acharem absurdo que algum americano não soubesse o nome do nosso presidente. Eu fiquei chocado porque nem depois de ter lido a matéria eu consigo me lembrar do nome do presidente da Índia. E isso em pleno #ano da Índia no Brasil mrgreen

Lena
LenaPermalinkResponder

Riq, mrgreen
Demorei um segundinho para entender a piada!!

PS: Tambem li o artigo e nao lembro o nome de nenhum dos dois :blush:

jpsoares
jpsoaresPermalinkResponder

Ricardo, desculpe o off topic mas será que você ou alguem que passe por aqui já usou a alpha rooms?
http://www.alpharooms.com/
Encontrei uma tarifa super vantajosa para um hotel em Menorca mas no "small print" li que eles se reservam o direito de mudar o hotel em casa de força maior...
Obrigado
Um abraço

Ricardo Freire

Eu nunca usei, Jotapê. (Aliás, sou virgem de sites de desconto de hotéis; qualquer dia desses faço uma viagem só para experimentar vários deles...)

Googlando alpharooms + reviews aparecem poucas resenhas, e pelo menos metade negativas. Mas não sei qual a relevância estatística disso...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Gostei dessa, Riq... Nada como ter uma desculpa científica, né? mrgreen

jpsoares
jpsoaresPermalinkResponder

Ok,obrigado! Acho que não vou arriscar...

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Olha morei por 6 meses nos EUA , em Nova Iorque e os americanos com quem dividi apartamento ( o americano médio ) mal sabem o que comeram no café da manhã. Realmente trocar Buenos Aires por São Paulo, Rio ou Brasilia seria um erro sofisticadíssimo, a maioria nem sabe o nome de NENHUMA cidade de país de terceiro mundo ( quem sabe México, pela proximidade e pela cidade ter o mesmo nome do país ...). Entre outrosabsurdos que ouvi sobre o Brasil, me perguntaram se eu não tinha medo de viver num pais em que 70%, isso mesmo 70% das pessoas estÀo contaminadaspor HIV,creio que a pessoa nao sabia que 70% significa 7 em 10! Mas faça a mesma pesquisa em qualquer país e as pessoas medianas saberão tão pouco quanto nos EUA. A desinformação e desinteresse é um problema mundial...

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Um adendo,perguntar nas ruas de NovaIorque, mesmo que aleatoriamente, nao é perguntarao americano médio, o americano médio estáno interior, no meio oeste ( Iowa, Minnesota)... lá sim eles não enchergam um palmo a frente do próprio nariz.

Kristen
KristenPermalinkResponder

Todo mundo que comentou está certo, cada um no seu argumento. Uma vez discuti com um amigo que estava indignado porque os americanos não sabem qual é a capital do Brasil. Então falei pra ele: qual é a capital da Islândia? Ele não soube responder mas mesmo assim ficou muito bravo... Muitos brasileiros simplesmente não conseguem engolir a nossa insignificância no cenário mundial.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Como tão bem já disseram...a gente só sabe daquilo que interessa

Dri
DriPermalinkResponder

Continuo mantendo meu ponto de vista sobre a disparidade das perguntas, mesmo pq não acho nenhum absurdo as pessoas não saberem o nome de presidentes, do Brasil, EUA ou qq lugar. Mas acredito que se perguntassem a capital da Africa do Sul, da China ou da Índia, o índice de acertos ia ser muito menor...

Faço doutorado na UFRJ e teoricamente estou cercada de "brasileiros de nível alto" e numa breve pesquisa informal sobre essas questões acima, tenho as seguintes considerações:

1- Africa do Sul : Absolutamente ninguém me disse que a Africa do Sul tem 3 capitais diferentes, como aprendi no colégio. Será que depois da Copa vai ser diferente? A parte boa é que a maioria respondeu Cidade do Cabo ou Johanesburgo, o que não está totalmente errado.

2- China: Por alguma razão que eu não compreenderei jamais, ainda mais depois das Olimpíadas, três pessoas me responderam Taiwan pra essa pergunta

3- India: 100% de acerto em Nova Delhi. E viva a Gloria Perez!!

Resumindo, se mesmo os brasileiros que fazem pós graduação não são gênios da geografia, porque devemos exigir isso de qualquer outro povo??

Tati Klix
Tati KlixPermalinkResponder

Ai, eu também não lembro o nome do presidente da Índia! Mas em compensasação graças a Gloria Perez sei que as mulheres passam o dia dançando e arrastando o sari no mercado. Imagina uma novela sobre o Brasil feita na Índia? Todo mundo ia sambar o dia todo.

Arthur
ArthurPermalinkResponder

O presidente da Índia é o Tony Ramos, gente...

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Presidente da índia eu não faço idéia, só o da China eu sei. O tal país da África que o lula elogiou foi a Namíbia (tem uma cidade litorânea com casinhas alemãs que é uma graça), a Nigéria parece ter "cara de África" mesmo, pelas fotos que vi Lagos é um Rio bem piorado. (quando não tenho o que fazer fico passeando com o Google Earth, aí clico em algumas fotos do Panoramio, já "fiz" toda a costa oeste da África).

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Outro dia estava almoçando com um casal de amigos e minha amiga da Turquia me perguntou se a capital do Brasil era o Rio o marido dela (belga) prontamente a corrigiu dizendo que era Brasília nessa hora eu quase caí da cadeira rs...

FILIPE
FILIPEPermalinkResponder

eu garanto que se fizerem uma pesquisa aqui no BRASIL perguntando qual é a capital dos E.U.A, mais da metade dos entrevistados não dirá WASHINGTON.

OBS: GENTE IGNORANTE EXISTE EM TODO LUGAR!

Links interessantes #22 » LumaKimura.net [ Blog ]

[...] Seth Kugel descobre: americano não pensa que a capital do Brasil é Buenos Aires, não » Viaj... – Mas eu continuo encontrando muitos que acham que nós falamos Espanhol por aqui… [...]

mafalda
mafaldaPermalinkResponder

Então, vou dar uma contribuidinha para esta discussão: viajando em um navio em que a grande maioria dos outros passageiros era autraliana (os outros, pela ordem: ingleses, sulafricanos, neozelandezes, alguns poucos americanos) eu confirmo: nenhum daqueles com quem eu conversei sabia que no Brasil se fala português. Nenhum. Todos eles achavam que falamos espanhol. Tem mais: uma autraliana, durante o jantar, me perguntou o seguinte: " e os animais selvagens no Brasil, são muito venenosos? é fácil encontrá-los por lá?" Outra me confessou que nunca tinha encontrado ninguem que morasse no Brasil. Isso foi há quinze dias atrás, em plena era da internet, meus amigos.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar