Hotéis na Alemanha e Alsácia pra Lu

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

[caption id="attachment_4056" align="aligncenter" width="434" caption="Rothenburg ob der Tauber (foto: Deia Tatu)"]Rothenburg ob der Tauber (foto: Deia Tatu)[/caption]

A Lu está planejando uma viagem de carro pelo sul da Alemanha até a Alsácia, saindo de Munique. E pede dicas de hotéis em Munique; Rothenburg-ob-der-Tauber; Füssen, perto do castelo de Neuschwanstein; Lago Constance (Bodensee),  na tríplice fronteira Alemanha-Áustria-Suíça; e Colmar, na Alsácia francesa. Ela também aceita sugestões de cidadezinhas para passar pelo caminho.

É um roteiro muuuuito bonito, que vale a pena guardar no seu no banco de idéias de viagem pela Europa.

Começo pelos meus pitacos. Quando fui a Munique da última vez, em 2006, fiquei no Four Points, um hotel básico-business super ajeitadinho atrás da estação. Por ali há um hotelzinho simpático budget-design, o Elefant.  Com um pouquinho (não muito) de bala na agulha dá para ficar no Anna Hotel, que fica a meio caminho (tipo três quadras, perfeitamente percorríveis com malas de quatro rodinhas) entre a estação e a Marienplatz. No verão uma boa localização é o bairro de Schwabing, onde fica a muvuca não-turística de Munique (e que bordeja o Englischer Garten); por ali eu tentaria o Carlton-Astoria.

Um excelente ponto de partida para descobrir todos os hotéis de um vilarejo no interior dos países da Europa Central é o HRS, um site de reservas alemão descoberto, testado e recomendado pelo GiraJorge.

Para ver caminhos, eu recomendo (se é que você já não fuçou) testar a opção "sightseeing" do Via Michelin, que sempre dá itinerários ainda mais caprichados que os "recommended".

A Déia Tatu, do Direto da Alemanha -- de onde eu peguei a foto que ilustra este post -- tem ótimos posts sobre a Rota Romântica, Rothenburg-ob-der-Tauber, Dinkelsbühl e Würzburg.

Deixe suas dicas também, bitte!

200 comentários

Renata
RenataPermalinkResponder

Pessoal, li todos os posts desta e de outras páginas desse site e montei um roteiro de viagem em abril com meu marido. Gostaria que me dissessem se está muito corrido (se sim, o que cortar?), se os dias estão bem distribuídos, se as bases escolhidas para bate-voltas são boas, se alguma cidade é dispensável ou se deixei de colocar alguma imperdível. Qquer sugestão é bem-vinda:

1) Chegada em Berlim pela manhã.
2) Berlim
3) Berlim
4) Berlim
5) Berlim - Potsdam - Berlim
6) Berlim - Wurzburg - Rothenburg
7) Rothenburg
8) Rothenburg (Bamberg e Nuremberg)
9) Rothenburg (Dinkelsbuhl, Nordlingen e Ausburg)
10) Rothenburg - Baden Baden ou Strasbourg (qual é uma boa base?)
11) Strasbourg ou Baden Baden (a que não for base)
12) Strasbourg ou Baden Baden - Fussen
13) Fussen (Insbruck)
14) Fussen (castelos)
15) Fussen - Munique
16) Munique
17) Munique
18) Munique - Brasil (vôo às 21:00, posso tirar uma noite de Munique para colocar nos outros trajetos, tipo uma noite a mais em Baden ou Strasbourg?)

Detalhe: uma coisa que pesa na nossa escolha de base é a vida noturna da cidade. Não precisa ter agito, mas algum movimento com bons restaurantes, de preferência em cidades em que possamos ir jantar a pé, por exemplo...

Obrigada!

Angela Arten-Meyer

Olá Renata,

Seu roteiro está bom, talvez fique um pouco corrido os dias 8 e 9, pois tem bastante coisa para se ver em Nürenberg e Augsburg.

Eu reduziria também um dia em Füssen. Faça a visita aos castelos no dia 13, e no dia 14 vá direto a Munique, passando por Innsbruck. Você tem tempo para visitar Innsbruck com calma, e chega a Munique uma noite antes do previsto.

Garanto que você vai precisar deste dia extra, Munique é linda!!

Lu
LuPermalinkResponder

Renata,
Entre Baden-Baden e Strasbourg, eu escolheria Strasbourg. Mas acho ainda mais legal fazer base em Colmar, que é bem aconchegante, e tem vários restaurantes legais no centro, onde se anda a pé. Recomendo o htl que fiquei - Le Colombier, que foi recomendado por algum dos trips. Fica na entrada da parte pedestre da cidade, mas tem estacionamento na porta. Quem sabe, dá p/passar por Baden-Baden no caminho p/Colmar? Confesso que ñ tenho o mapa na memória. De Colmar, há vários bate-voltas p/a região vinícola - Riquewhir, Haut-Koenisbourg, e tb p/Strasbourg. tem outro post, onde eu fiz o feeed-back da minha viagem que fala dos lugares e dos htls - https://www.viajenaviagem.com/2009/10/o-viajao-da-lu-baviera-alsacia-rota-romantica-e-berlim-com-uma-passadinha-antes-no-douro/
Recomendo fortemente o circuito que sai de Fussen, entra na Austria e volta, tb recomendado por um trip, e que está descrita num desses posts ou nos comentários.
Só mais um detalhe: ñ vi nenhuma vida noturna em Fussen - é uma cidadezinha do interior, bem sem gracinha, mas ótima base p/o tal circuito e a visita aos castelos. Talvez, no seu caso, em vez de 3 noites, fique só 2. Faça a visita aos castelos cedo e depois vá dormir em Munich.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Oi, Renata!

Vou reiterar o que o pessoal disse...
Acho que Nuremberg merece um dia inteiro só p/ ela. Já Bamberg em um turno vc conhece, só q ela é tão linda, q vc tem vontade de passar o dia... Eu também diminuiria um dia em Fussen. Na verdade, dá p/ conhecer os castelos a partir de Munique... e em Munique, quanto mais tempo, melhor!

Renata
RenataPermalinkResponder

Pessoal, obrigada pelas respostas! Tenho mais algumas dúvidas, qualquer uma que puderem responder já ajuda bastante:

1) Já que Fussen é meio parada à noite e não há muito para ver, não seria melhor dormir em outra cidade, tipo Innsbruck ou outra? Ou melhor: sair de Strasbourg (ou Colmar) para dormir em Fussen só por uma noite, mas já conhecendo os castelos no caminho? Já decidimos que entraremos somente no Neuschwanstein, mesmo assim seria corrido? O bom é que ganharíamos mais noites em Munique e assim poderíamos fazer um bate-volta em Salzburg. Por falar em Salzburg, dá para conhecer a cidade em um dia?

2) Caso a ideia dos castelos no dia de chegada não seja boa, tem alguma cidade no trecho Strasbourg - Fussen que vale uma parada?

3)Já que Nuremberg toma o dia todo, dá para colocar Bamberg no trecho Berlim - Wurzburg - Rothenburg? Aliás, Bamberg, Dinkelsbuhl e Nordlingen são todas imperdíveis mesmo?

3) A sugestão de ficar em Colmar é bem interessante, mas os bate-voltas para a região vinícula tomam quantos dias? Será que não aperta muito a viagem? Só se trocar outra parte da viagem por essa...

4) Cortamos da viagem algumas cidades, mas gostaria de saber se vcs acham alguma delas melhor do que as que estamos indo: Friburgo, Titisse, Tribergh e Heidelberg.

Muito obrigada!!

Renato Mechica

Renata,
Eu só consigo palpitar num dos pontos: também acho que não vale a pena dormir em Fussen. Quando fui em julho/10 fiz o bate-volta a partir de Innsbruck. Valeu a pena, porque pude passar por Garmisch Partenkirchen e a estrada é bem bonita.

Quanto a Innsbruck, acho que merece mais que um bate-volta. A cidade oferece belas caminhadas nas montanhas, a cidade é mais agitada que Fussen e outros passeios podem ser feitos a partir da cidade.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Oi Renata, estou namorando um roteiro semelhante ao seu para outubro. Pensei em fazer base em Strasbourg ou Colmar e, de lá, seguir para Fussen (com a idéia de que chegaria à tarde, dormiria na cidade e faria o passeio aos castelos no dia seguinte e já iria dormir em Munique nesse mesmo dia) ou seguir para Munique onde chegaria no início da tarde e faria um passeio de bate-e-volta para Fussen e Castelos num outro dia. Olhando o site da DB e vendo os trajetos acho que vou escolher a segunda opção. O trem mais rápido entre Strasbourg e Munique dura quase 4 horas e o trem entre Strasbourg e Fussen dura quase 6 horas. Achei que vou ganhar mais se for para Munique e aproveitar a tarde lá mesmo que tenha que fazer um bate-e-volta num outro dia.

Renata
RenataPermalinkResponder

Georgia, obrigada pela ideia!
Fazendo o bate-volta Munique-Fussen posso inclusive desafogar um longo dia do meu roteiro (dia no.9) fazendo Strasbourg - Ausburg - Munique.
Vc pensa em ficar quantos dias em Colmar ou Strasbourg e em conhecer quais cidades lá perto?

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Renata, estou pensando em 5 noites incluindo a da chegada, o que me deixará com 4 dias inteiros para a região. Agora que caiu a minha ficha que vc estará de carro e por isso tem um roteiro passando por outras cidades. Eu sou a maior medrosa pra pegar carro fora mas estou seriamente pensando em pegar um carro na Alsácia. Se eu ficar de carro mesmo devo escolher como base Colmar pois a cidade é menor e parece ser mais perto das outras cidades pequenas da região. Se vc colocar os nomes das cidades no google imagens vai ver que todas são lindas. Se eu não alugar carro devo escolher Strasbourg mas confesso que ainda não estudei tudo o que preciso pq tenho outra viagem em maio que está consumindo meu tempo. Nessa viagem pra Alsacia estou querendo usar milhas. Só vai dar pra decidir tudo 6 meses antes dependendo do trecho que eu conseguir emitir.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Renata,

Vá direto p/ Munique, e faça o bate-e-volta p/ Fussen. Dá tempo inclusive p/ visitar os 2 castelos, se vc quiser. P/ um então vc terá tempo de sobra. Riq tem um post ensinando todo o passo-a-passo p/ chegar ao Neuschwanstein a partir de Munique.

Dá p/ conhecer Colmar e a região vinícola em um dia. As cidades são bem pequenas, e é tudo muito próximo. Já Strasbourg se conhece em um dia e meio, no máximo. Atenção p/ vc q quer cidades mais agitadas à noite, pq Colmar é bem pequena e pacata.

Bamberg, Wurzburg e Rothenburg em um dia ñ dá! Muito apertado! E sem contar q vc vai estar viajando p/ Berlim. Achei Bamberg muito, muito linda, mas só dá p/ dizer q uma cidade é imperdível qd se está com tempo.... Ñ adianta correr.... melhor reduzir o número de lugares, e conhecer tudo bem!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Evelyn, quando vc conheceu a região usou carro ou outro meio? Estou tentada a diminuir uma noite na região para ficar um dia a mais em Munique.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Georgia,
ñ usei carro, só trem e ônibus.
onde senti mais falta de carro,assim mesmo nem tanta falta assim, foi na região da alsácia, por um único dia (p/ rodar pelas vinícolas/vinhedos).... mas dá p/ fazer tudo sem carro tranqüilamente.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Evelyn, é essa a minha dúvida. Se eu consigo andar de ônibus ou trem nessa região...

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Consegue sim, Georgia!

Na rota romântica vc chega a qq lugar de trem. Pesquise o passe Bayern Ticket, q dá direito a locomoção livre de trem por um dia inteiro dentro da Bavária, para até 5 pessoas com um único bilhete.

Na Alsácia, fiz Strasbourg/Colmar de trem. Passeei em Colmar, e de lá peguei um ônibus (vc se informa no centro turístico sobre pontos e horários) q levava a várias cidadezinhas, incluindo Riquewhir. A viagem Colmar/Riquewhir é de tirar o fôlego, deslumbrante!

A vantagem do carro é a liberdade... poder parar onde lhe aprouver (as paisagens são lindas!). Ñ tenha medo de rodar de carro por lá, é tranqüilo! Mas q dá p/ fazer tudo sem carro, dá!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Falou!!! Obrigada.

Renata
RenataPermalinkResponder

Georgia, nem sei se vale a pena carro nessa região... acho que a viagem como montei vai virar uma correria, rs... já estou repensando!

Evelyn, muito obrigada!
Não é que só goste de agito. Inclusive amo cidades pequenas tipo Toledo e Bruges, adoro sair a pé do hotel e ir jantar num restaurante aconchegante, de preferência nessas pracinhas que sempre tem várias opções uma do lado da outra. Colmar é assim ou nem isso? Tipo Lucerna achei BEM desmaiado à noite, quase desisti de achar um restaurante. A noite em Strasbourg é mais interessante?

PS: meu roteiro está me enlouquecendo! Montei um outro, mas não consigo encaixar Rothenburg em lugar nenhum, rsrs... é impressão minha ou as cidades da rota romântica são muito parecidas, sendo Rothenburg a mais legal delas?

Caso tenham paciência (até a minha está se esgotando), segue abaixo a opção 2. Decidi que quero MUITO conhecer Salzburg e Hallstatt, então complicou um pouco. Mudem à vontade, por favor.

1-Berlim
2-Berlim
3-Berlim
4-Berlim - Potsdam
5-Berlim
6-Berlim - Strasbourg (600km)
7-Strasbourg
8-Strasbourg - (63km) - Colmar - Vinícolas - Strasbourg
9-Strasbourg - (400km) - Salzburg
10-Salzburg - Hallstatt - Salzburg
11-Salzburg
12-Salzburg - Munique
13-Munique (castelos)
14-Munique (Innsbruck)
15-Munique (Ausburg)
16-Munique
17-Munique
18-Munique - Brasil (21:00)

Vladimir
VladimirPermalinkResponder

Oi Renata!

Só posso opinar sobre Munique. Estou indo em Junho!

Pelo que aprendi, um passeio à Garmisch-Partenkirchen é parecido com um passeio a Innsbruck. A diferença é que Garmisch é mais perto. Se estiver de carro dá para fazer Garmisch e Oberammergau num mesmo dia. Quem deu a dica de Oberammergau foi a Evelyn!

Estava vendo as imagens de Ausburg e é bem parecida com Munique...Acho que deveria colocar uma cidade pequena nesse dia. Eu escolhi Landshut e o castelo Trausnitz. Minha vontade é ir pra lá depois do almoço. A viagem de trem leva 40min. Voltar depois de jantar.

Boa Viagem,
Vladimir.

Renata
RenataPermalinkResponder

A questão é entre nos dias 6 7 8 9. Ou faço Strasbourg com Colmar e vinícolas ou faço base em Rothenburg e conheço a rota romântica. Qual vcs sugerem?

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Renata, sei exatamente o que vc está passando...rs
Achei que vc estaria de carro por causa dos deslocamentos tão grandes.
Não conheço a "rota", a Alsácia nem Berlim. Parece-me que será mais viável que saindo de Berlim e indo para Munique a sua escolha seja pela rota romântica e não pela Alsácia. Mas nem sempre a lógica é quem manda. Eu vou fazer uma coisa parecida com o seu roteiro tb.
Vi que vc colocou 6 noites em Berlim. Sei que Berlim é uma cidade grande, com muitas coisas pra visitar e tal. Eu tb vou passar 6 noites em Berlim, mas será agora em maio (outra viagem). Acho que se eu fosse vc e se me decidisse pela Alsácia, tiraria um dia de Berlim (aquele que vc vai a Potsdam) para dar uma folga na sua viagem. Com esse um dia talvez vc consiga redistribuir o seu roteiro. O que acha?

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Renata,

seu roteiro tá bom. ñ posso opinar sobre tudo, pq ñ conheci todas as cidades..... por ex, ñ fui a augsburg.... ñ sei dizer cm é colmar à noite, pq usei strasbourg como base... colmar me deu a impressão de ser bem pacata, mas só perguntando a algum trip q tenha dormido lá p/ dizer como é à noite.... sobre rothenburg, digo o seguinte.... fiz toda a minha viagem pela rota romântica sonhendo em conhecê-la, e qd cheguei lá, ñ deu certo por 1000 motivos.... então acabei conhecendo Bamberg, q ñ tava nos meus planos, e amei!!!! se tiver tempo, conheça as duas, lógico! mas se ñ der p/ conhecer tudo q vc deseja, fique tranqüila e aproveite! Hallstatt foi a mesma coisa, queria mt ir, mas ñ deu tempo.... aproveite bastante o q Salzburg tem p/ oferecer (muuuitos passeios), e se vc ficar satisfeita, aí sim vá p/ Hallstatt... p/ mim, seu roteiro tá bem racional agora, relaxe, q vai dar tudo certo! na prática, mesmo com tudo planejadinho, acabam rolando coisas q a gnt ñ espera, e no final tudo dá super certo! ñ sei dizer se é melhor conhecer a Alsácia ou a rota romântica, é tudo muito lindo! Como eu disse, seu roteiro desse jeito tá mt bom! qq dúvida, é só dizer, q eu farei de tudo p/ ajudar, de acordo c/ o q eu souber reponder!

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Renata, na viagem que fiz em 2006 fiz as mesmas cidades que você quer fazer.
Acho que está excelente a divisão de dias.
Se você tiver mais uns 2 ou 3 dias, vá para Insbruck e o vale do Tirol na Áustria, vale a pena.
Boa viagem.

Renata
RenataPermalinkResponder

Obrigada a todos pelos conselhos e paciência. Já nos decidimos pelo roteiro um pouco alterado, como a Georgia sugeriu. Ao invés de Strasbourg + Colmar vamos para Salzburg + Hallstatt, que foi meu descanso de tela no computador por muitos anos para ser deixado de lado por tão poucos quilômetros...

A vantagem de dormir 6 noites em Munique é que lá mesmo podemos ir decidindo para onde vale a pena viajar durante o dia e parece que tem bastante movimento à noite, né?

Evelyn, quais passeios vc mais recomenda em Salzburg? Sei que o centro histórico lá é bem compacto e dá pra ver tudo em um dia, mas no segundo dia vou de qualquer jeito para Hallstatt. Mas se for algo muito bacana posso tirar um dia de Munique. E queria saber se aqueles concertos à noite são legais ou pegadinha para turista, vc sabe?

Obrigada mais uma vez!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Oi, Renata!

De fato o centrinho de Salzburg + o teleférico dá p/ fazer em um dia. Passeios legais são pelos lagos e também as minas de sal.
Mas ñ tire dias de Munique p/ fazer isso ñ!!!! Realize seu sonho de conhecer Hallstatt, já q é a sua prioridade, e só se sobrar tempo vc faz os passeios, pq Munique realmente merece os dias q vc já separou. Sua viagem vai ser linda de qq jeito!

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Oi Renata,

Se você tiver um tempinho sobrando em Salburg, faça um passeio até o Schloss Hellbrunn. Acredito que em abril a temperatura ainda nao deve ser a ideal para visitar, mas dá para se divertir!

Dê uma olhada nesses posts:

http://www.alemanhaporquenao.com/search/label/Salzburg

Dani S.
Dani S.PermalinkResponder

Renata,
Eu voto na rota romântica - mas não conheço a região de Strasbourg.
Wurzburg e Bamberg são MARAVILHOSAS. A Unesco sabia o que estava fazendo quando as tombou como patrimônio histórico mundial. São cidades grandes, com vários monumentos e palácios, com muita coisa pra ver. Merecem um dia cada uma (eu só passei o dia em Bamberg, e estou doida pra voltar com mais tempo). As cidades menores da rota romântica são mesmo um pouco repetidas, sendo que Rothenburg é a mais bem preservada (não tem quase vida noturna à exceção de restaurantes, mas o clima de lá é delicioso à noite, dentro das muralhas e sem turistas: parece que a cidade é toda sua). As outras cidades da rota (como Dinkelsbuhl e Nordlingen) podem ser feitas em poucas horas, se você estiver de carro. Eu dormiria em Rothenburg pelo menos uma noite...

Renata
RenataPermalinkResponder

Evelyn, muito obrigada!!

Dani,
Pensamos em passar as 4 noites da rota romântica hospedados em Rothenburg. Se não tem vida noturna será que compensa fazer nossa base em outra cidade?
Dos 4 dias que ficaremos na rota, pensamos em dedicar um para Rothenburg e distribuir os outros 3 entre as demais, sendo que Ausburg pode ser um bate-volta a partir de Munique, por ser bem ao sul. O que vc sugere? Pelo que vc disse imagino que um dia para Wurzburg, um para Bamberg, cortar Dinkelsbuhl e Nordlingen e o terceiro Nuremberg, talvez? Obrigada!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Renata,

minha base na rota romântica foi Nuremberg. Ela é uma cidade maior, mas p/ ñ perder o encanto, fiquei na área de dentro das muralhas, onde se concentram os pontos turísticos. De Nuremberg, fui p/ Wurzburg e Bamberg de trem. Talvez Nuremberg seja uma boa opção, por ter mais movimento à noite, e ficar bem localizada em relação à rota romântica como um todo. No entanto, ñ espere um super agito lá ñ. Mas de todas essas cidadezinhas, creio q Nuremberg ainda seja a q + tem opções de entretenimento à noite.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Na verdade, depende do q vc prioriza.... tem gente q ñ gosta de lugar morto à noite... por outro lado tem pessoas q adoram a sensação de "exclusividade" qd a cidade esvazia, como Dani S. falou....

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Eu gostei muito de dormir em Rothenburg, não só pela exclusividade mencionada pela Evelyn, mas pelo clima medieval da cidade. Apesar de realmente ter pouco movimento a noite, tem uns restaurantes bacanas e você ainda pode fazer um passeio noturno com um guia local. O hotel também era todo medieval e me senti parte daquela época.

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Renata, que bom que vc decidiu. Já estou doida que vc volte pra contar.
Evelyn, sou doida pra conhecer Nuremberg, mas ainda não consegui encaixar em nenhuma viagem. Vou a Berlim agora em maio mas já será o final da viagem e não dá pra esticar. Pretendo voltar em outubro para a Alsácia, Munique (e Castelos) e, de lá, para Praga. Acho que tb não vai dar. Fica para a próxima.
Sobre "lugar morto" à noite: desde que tenha "aquele restaurante"... está perfeito.

Renata
RenataPermalinkResponder

Evelyn, boa ideia a de dormir em Nuremberg. Não é legal ficar trocando muito de hotel, mas poder conhecer outra cidade à noite tem seu charme... estamos pensando em fazer duas bases: 2 noites em Rothenburg e 2 em Nuremberg.

Alessandro, em que hotel vc ficou em Rothenburg? Evelyn, e vc ficou em qual em Nuremberg? Vcs recomendam?

Georgia, pode deixar que na volta conto aqui minhas impressões! Concordo sobre "aquele restaurante", rs...

Aliás, tentei marcar o The Circus em Berlim, mas estava lotado. Qualquer outra ugestão é bem-vinda!

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Renata, eu fiquei no Stipzweg (http://www.hotel-spitzweg.de/ISY/ ) e gostei muito.

Lu
LuPermalinkResponder

Renata,
Eu recomendo mto o meu htl em Rothemburg. Fica dentro da cidade, e é mto barato. é um anexo, daí o preço, mas é só atravessar a rua p/tomar café, e o qto é pequeno, mas uma graça. Dê uma olhada no outro post dos htls onde fiquei que tem o nome e o site lá.
Aproveite!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Na época (dezembro de 2009) aproveitei uma promo pelo booking.com, e fiquei no Motel One Nürnberg Plärrer. Super recomendo! Ele é simples, mas bem moderninho, c/ quartos e banheiros amplos e confortáveis. O café da manhã, se ñ me engano, custava €6 por pessoa, e era razoável. O hotel fica a umas 2 ou 3 quadras do centro histórico. A região em si em que ele fica ñ é charmosa, e à noite é erma e tem uns cassinos "estranhos" por perto. Mas ñ me senti insegura em momento algum, e como eu falei, em 3 minutinhos eu chegava ao LINDO centro histórico. Paguei menos de €80 no duplo, e por esse preço me hospedaria de novo lá, sem nem pensar 2 vezes. Na frente do hotel tem uma estação de bondinho, mas em Nuremberg é tudo muito perto, e quando vc fica perto das muralhas, dá p/ fazer tudo a pé.

Francisco
FranciscoPermalinkResponder

Ainda não posso opinar pq não conheço, mas estou indo pra essas bandas com esposa e dois filhos adolescentes, daqui a uma semana -apesar do frio! Quem sabe quando voltar possa contribuir?

Preferi um roteiro com mais mudanças de hotel e cidade do que os bate-volta recomendados aqui, pois os deslocamentos entre as "bases" ficam menores - sabe como é adolescente..."falta muito pra chegar?"

Meu roteiro começará com um pit-stop em Lisboa (2nts), daí voamos pra Munique (2nts).
Aí alugaremos um carro, e pego a rota romântica, podendo passar por (Augsburg/Nordlingen/Dinkelsbuhl) até chegar em Rothenburg. Fico 2 nts lá tb, e talvez faça um bate e volta por Weikersheim e Wurzburg (ou Nuremberg?).
Depois sigo pra Heidelberg, onde passo 1 noite. Daí, passando por Baden-Baden, sigo pra Strasbourg (1 noite).
Na contramão dos conselhos daqui, em vez de bate-volta, passo a noite seguinte em Colmar, passeando tb em Riquewihr.
Aí pego a rota da Floresta Negra (penso em passar por Gutach e Triberg) para chegar a Constance.
Depois sigo para Hohenschwangau (mais perto dos castelos que Fussen), onde fico 2 nts. Se der tempo, visito Garmisch-Partenkirten, ou então passo por lá no caminho pra Salzburg, onde fico uma noite. No último dia, se der, passo em Berchtesgaden, a caminho da última noite em Munique antes de voltar pro Brasil.
Sugestões e conselhos de última hora serão muito bem-vindos!

Lu
LuPermalinkResponder

Tenho 2 sugestões:
- em vez de ficar 1 noite em Strasbourg e outra em Colamr, fique 2 em Colmar, é mto perto, seus filhos ñ vão reclamar. A cidade é bem gostosa e vc pode fazer bate-voltas à região vinicola e a Strasbourg.
- eu dipensaria Garmish (ñ achei a menor graça) e faria o tour dos castelos, que passa pela Austria, a partir de Hohenschwangau.
Boa viagem!

Rosely
RoselyPermalinkResponder

Hallo pessoal !!

Eu e minha família estamos montando um roteiro para estarmos em julho na Alemanha, tudo de carro, 24 dias. Bem, já alteramos algumas coisas, mas, tenho certeza de que ainda será alterado mais algumas vezes. E os hóteis? Nossa, dá uma insegurança... Será que não estou comprando gato por lebre?
É assim:
Frankfurt- 3 dias - reserva no hotel Excelsior;
Bremen - 1 dia - hotel Landgut Horn;
Berlin 3 dias - H2 Hotel Berlin;
Krag( Polônia)-1 dia hotel podewils krag castle
( antes da 2º guerra existia uma cidade perto de krag que se chamava Bublitz e pertencia a Alemanha, e meu pai nasceu aí);
Dresden - 3 dias- Pension am Kirschberg;
Würzburg - 4 dias - Post Hotel Wurzburg;
Munique - 4 dias - hotel Metropol;
Konztanz - 4 dais - Graf Zeppelin e para ficar perto de Frankfurt na véspera de ir embora:
Heidelberg 1 dia - Vier jahreszeiten

Alguém conhece algum desses hotéis? Fizemos a reserva pelo booking e o roteiro como está? Aceitamos todas as sugestões!

Obrigaaada

Rosely

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Seu roteiro está legal. Só lembro de checar e rechecar que o carro que vc está contratando pode ser levado ao leste europeu.

Carlos Henrique Loyo

Bom dia Rosely, fiquei no hotel Excelsior em Frankfurt agora em dezembro. Não sei se deu azar ou se todos os quartos são assim, mas tinha uma porta de comunicação que dava para ouvir tudo do quarto ao lado, e colo não fumo, fumei junto com o outro hospede!
Por outro lado, a localização é excelente, a tarifa é bastante convidativa e os funcionários são muito gentis, tem que ver se vale o custo beneficio para você. Eu não voltaria nele pois minha esposa tem alergia a cigarro, e ficou bastante incomodada, mas para quem é fumante pode ser um ótimo custo-benefío.

Minha viagem de fim de ano o Riq publicou aqui no site e, qualquer dúvida estou a disposição!

Bruno Beltrao
Bruno BeltraoPermalinkResponder

Rosely

Por experiencia pessoal te sugeriria o seguinte:
Frankfurt: eu chegaria no aeroporto e ja iria direto para Heidelberg que fica a menos de 1 hora e e muito mais interessante. Passaria 2 noites la e com isso aumentaria 1 noite em Bremen ou Berlim.
Wurzburg: uma manha ou uma tarde seria suficiente pra circular pela parte central e conhecer o Residenz com visita guiada(imperdivel).Eu aproveitaria essas 4 noites pra dividir em 2 pra Rothenburg ob der Tauber e 2 noites pra Fussen ou Schwangau pra conhecer os castelos de Ludwig , tambem imperdiveis...
Konstanz 2 noites tb seriam suficientes e voce aproveitaria as 2 noites que sobraram mais 1 noite de Heidelberg e passaria essas 3 noites em Nueremberg , aproveitando pra conhecer Bamberg tambem.

Bruno Beltrao.

Patrícia B. Maia

Würzburg, dá p/ passar o dia lá. Vale muito a pena ficar em Rothenburg ob der Tauber. Ia ficar 1 noite e acabei passando 2 noites no Romantik Hotel Markusturm Rothenburg. Outras cidades que valem a pena: Nördlingen e Donauwörth. O castelo de Neuschwanstein em Füssen fecha c/ chave de ouro a rota.

Carina-Senzatia

Oi, Rosely!

Eu moro em Frankfurt e concordo com algumas opinioes que li acima. Eu nao ficaria 3 dias em Frankfurt. A cidade nao tem muita coisa pra oferecer pra turista, um dia é mais do que suficiente pra vc conhecer o centro, a nao ser que vc tenha interesse de ver museus, daí sim vc precisa de mais tempo. Ou se vc pretende fazer passeios bate-volta, como para Rüdelsheim (que fica na beira do Reno), que é fofíssima e dá pra ir de trem ou carro alugado.
Eu também nao ficaria 3 dias em Würzburg... Poderia dormir 1 noite ali, mas deixaria o resto pra ficar na Rota Romantica (as cidades sugeridas acima, seriam as que eu sugeriria tb). Würzburg é a ponta dela e se vc pretende fazer bate-volta dali pra Rota acho que vc vai perder tempo demais se deslocando. Eu ficaria em Rothenburg ob der Tauber, como já foi sugerido. Neuschwanstein e Füssen sao imperdíveis! wink
Eu sugeriria que vc fosse descendo a Rota Romantica até Munique, sem ir e voltar de Würzburg.
O resto acho que está bem bacana, e vc vai poder ter uma boa visao da Alemanha, já que vai cobrir o país de norte a sul, leste oeste, vendo bem as diferencas de cada regiao. Tomara que vc curta bastante a Alemanha, é um país belíssimo!

Rosely
RoselyPermalinkResponder

Obrigada ,por enquanto, fico muito feliz por vocês serem tão gentis! Já mudamos, vamos ficar em Rothenburg ob der Tauber ao invés de Würzburg.E dormiremos uma noite em Füssen.
André você sabe que carro que devemos alugar para ir p/ Polônia? E porque existe isso, quer dizer, não entendo porque os carros alemães não podem entrar , no caso , na Polônia. Alguém sabe?
Patrícia adoramos a sugestão do hotel em Rothenburg.
Carlos, não somos fumantes também, será que acontece isso em todos os quartos do Excelsior?
Bruno, uma vez estivemos em Nuerenberg, adorei!
Carina a gente chega dia 7, e neste dia creio que vamos descansar, ficam dois dias inteiros, 8 e 9, e no dia 10 de manhã queremos sair cedinho.Então, adoramos a sugestão do passeio em Rüdelsheim, aceitamos mais dicas sobre como fazer isso.

Valeeeu!!

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Olá Rosely,

A proibição de carro alugado viajar para a Polônia não é dependente do modelo do carro, mas da política da locadora. A razão é o alto índice de roubo de carros no leste europeu (alto para padroes europeus, não acredito que seja maior que o Brasil...). Cheque com sua locadora no momento da reserva, e novamente in loco, no momento que pegar o carro.

Reforço a sugestão de usar um dos dias disponíveis em Frankfurt para visitar Rüdesheim, ou até fazer um pequeno cruzeiro pelo Reno ( http://www.alemanhaporquenao.com/search/label/Vale%20do%20rio%20Reno ).

No caminho de Frankfurt até lá você ainda passa por Mainz e Wiesbaden, outras cidade muito bonitas. Só tome cuidado na hora de marcar no GPS "Rüdesheim am Rhein". Tem outra Rüdesheim não muito longe de Frankfurt, e o GPS pode te levar para lá!

Se você fizer um cruzeiro, sugiro subir até Koblenz, e voltar de trem. O site da maior operadora dos barcos é http://www.k-d.de/.

Boa viagem!

Carina-Senzatia

Oi, Rosely!

O Marcelo já te deu umas boas dicas sobre a ida até Rüdelsheim. O melhor seria ir de carro mesmo. Caso vc nao tenha o carro ainda, vc pode ir de S-Bahn(trem regional) até Wiesbaden e de lá pegar um trem que passe por Rüdelsheim (sao vários). Se vc for de carro, nao esqueca de pegar o tíquet de estacionamento nas máquinas. Ali o estacionamento sempre é pago e eles controlam mesmo.
Quanto ao problema de ir com o carro pra Polonia, o Marcelo tem razao. Várias locadoras nao permite que seus carros circulem por lá e tem algumas que tem restricoes até na Itália, saindo da Alemanha. Entao verifique qual é a regulamentacao da locadora que vc usará. Na realidade é o seguro que nao cobre alguns países e caso acontecer alguma coisa lá, vc arca com tudo sozinha. As locadoras tem até um mapa da Europa mostrando onde é permitido e onde nao é permitido circular. A Sixt por exemplo, é uma delas, sei porque peguei um carro com eles ano passado e tive de assinar um termo de compromisso dizendo que nao iria praqueles países.

Boa viagem e aproveitem muito a Alemanha!

Jorge Otavio
Jorge OtavioPermalinkResponder

Os carros da Avis, sem fazer propaganda podem entrar sem qualqeur custo adicional, dá um look no site deles: avis.com.br em locações internacionais- alemanha-condições.

24 dias não seria mais interessante um leasing pegando o carro em strasburgo,tem trem partindo de Frankfurt sempre....eu consideraria a hipótese tendo em vista o valor do aluguel de auto na Alemanha ser um dos mais caros da Europa, acho que ficaria mais barato....mas qualquer coisa a Sixt tb aluga sem ônus para POLÔNIA.

Renata
RenataPermalinkResponder

Pessoal, infelizmente cheguei de viagem, rs...

Foi tudo maravilhoso e as dicas que achei aqui foram muito úteis, obrigada.

Gostaria de sugerir um passeio bacanérrimo: Berlin Underground. Fizemos o tour 1 - Dark Worlds - e conhecemos um bunker da época da segunda guerra. Tivemos a ideia depois de assistir a um programa da Didi Wagner em Berlim que achamos muito interessante. Dá vontade de fazer todos os tours desse lugar, mas tivemos que escolher. Caso queiram mais informações, visitem o site: http://berliner-unterwelten.de/guided-tours.3.1.html

Abraços a todos!

Roseli
RoseliPermalinkResponder

Pessoal,

Eu e meu marido pretendemos fazer uma viagem em outubro para Alemanha e quando comecei a pesquisar os locais fiquei super confusa.... Rota Romântica x Rota dos Castelos x Floresta Negra... Não sei por onde começar e o que realmente vale a pena fazer. Teremos 20 dias mas, queríamos incluir no roteiro também Praga, Viena e Budapeste. Alguém por de dar um HELP.

Muito obrigada,

Roseli.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Olá Roseli,

Se você incluir essas três cidades, já se vão uns 10 dias do seu roteiro (para realmente conhecê-las, e não só passar por lá).

Só a Rota Romântica são mais de 300km, então também toma um bom tempo, se você quiser visitá-la inteira.

Sugiro você definir algumas cidades que você não quer deixar de visitar, e definir quantos dias em cada uma. A partir daí, montar um roteiro em torno dessas cidades.

Qualquer dúvida entre no nosso site, que tem bastante dicas.

http://www.alemanhaporquenao.com

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Voltando para dar feed back!
Nesse post aqui peguei várias dicas para meu roteiro pela Alsácia e, apesar da minha viagem ter incluído outras coisas, vou tentar comentar o roteiro todo aqui.
Roteiro:
Colmar ( 4 noites)
Munique ( 5 noites)
Salzburg (2 noites)
Cesky Krumlov (1 noite)
Praga (5 noites)
Minha viagem se iniciou com a chegada em Paris de onde eu peguei um trem para Colmar. Do aeroporto de Orly fui de taxi para a Gare de L’Est – 30 Euros. Aqui cabe um detalhe: pela 1º vez consegui ir para a Europa com milhas e com 5 meses e 15 dias de antecedência tentei a emissão com a ida por Frankfurt, onde eu já pegaria o trem para Colmar diretamente do aeroporto. Mas, não havia lugar no voo e foi o jeito ir por Paris.
Em Colmar optei por ficar no Hotel Mercure Champ de Mars e adorei a escolha. O hotel era quase velhinho mas excelente. Situado em uma espécie de parque, muito silencioso, a 5 min `a pé do centro histórico e da Petite Venise, mas sem os preços do centro histórico. Não é lá muito charmoso mas é um bom hotel. Fica a 700m da estação de trem, de modo que fui à pé para o hotel (com mala) na chegada. Muito tranquilo. Acho que essa é uma boa dica pois os hotéis do centro histórico estava bem carinhos.
Nos 3 dias em que fiquei em Colmar fiquei 1 dia na cidade, fui 1 dia para Strasbourg (trem) e 1 dia para Riquewihr e Ribeauvillé (ônibus).
Eu tinha muitas dúvidas de como me deslocar, se precisaria de carro ou não. Não aluguei carro e foi muito tranquilo.
Neste link http://www.cg68.fr/horaires-des-bus/horaires-des-bus.html estão os horários do bus. Vejam a linha 106 (A e B).
Pensando hoje, eu diria que: se vc está em Paris e quer ter um gostinho da Alsácia, vá a Strasbourg. Mas, se vc já está em alguma cidade da rota dos vinhos, não verá tanta graça em Strasbourg não. A cidade é lindinha, mas Colmar é tão cute-cute que dispensaria a ida a Strasbourg (minha opinião).
4 noites depois... trem rumo a Munique. Os dois trechos de trem foram comprados online na SNCF e retirados na Gare de L`Est (tb sou maníaca pelas maquininhas).
Em Munique fiquei no hotel Schiller 5, que é um oásis perto da estação de trem. Pela primeira vez, achei um hotel melhor “pessoalmente” do que nas fotos. Paguei quase 100 Euros a menos, fazendo a reserva pelo hotelscombined. Perfeito!
Fiz 2 day trips: Neuschwanstein e Zugspitze. Não tem erro!
5 noites depois ... trem para Salzburg. Compre com 3 dias de antecedência, trem direto. Em Salzburg optei pelo hotel Best Western Elefant, um charminho, bem no centro histórico.
2 noites depois... peguei um transfer door-to-door para Cesky Krumlov neste link www.shuttlebus.cz. Reservei com 3 ou 4 dias de antecedência e foi ótimo (90 Euros 2 pessoas).
Em Cesky Krumlov fiquei no hotel Dvorak, que fica do ladinho do rio. Achei difícil procurar hotel em Cesky, tudo muito velhinho. Mas este me atendeu muito bem e eu fiquei uma noite lá.
Peguei o ônibus da Student Agency para Praga e foi bem tranquilo. Comprei pela internet 1 mês antes.
Finalmente, em Praga fiquei hospedada no Hotel Unitas, que foi o 2º hotel que era melhor pessoalmente do que nas fotos. A localização pode ser um pouquinho longe da praça principal (20 min andando) mas o hotel compensa. Em Praga utilizei o transfer que o Riq indicou para a chegada e saída da cidade. Excelente!
Tenho a maior preguiça daquela fila pra reembolso do Tax free mas Praga foi o melhor aeroporto de onde já saí da Europa. Tax free muito tranquilo. (Normalmente não faço mas esse estava irresistível).
Espero ajudar alguém e não cansar vcs com esse comentário tão grande. Beijos

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Eita... fiz um comment e acho que foi pro poço... tem como resgatar, bóia?

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Humm... acho que não vai dar não. Vou fragmentar e postar cada coisa em seu lugar!

Georgia
GeorgiaPermalinkResponder

Voltando para dar feed back!
Nesse post peguei várias dicas para meu roteiro pela Alsácia e vou colocar algumas dicas aqui.
Roteiro:
Colmar ( 4 noites)
Munique ( 5 noites)
Salzburg (2 noites)
Cesky Krumlov (1 noite)
Praga (5 noites)
Vamos `a parte da Alsácia:
Minha viagem se iniciou com a chegada em Paris de onde eu peguei um trem para Colmar. Do aeroporto de Orly fui de taxi para a Gare de L’Est – 30 Euros. Aqui cabe um detalhe: pela 1º vez consegui ir para a Europa com milhas e com 5 meses e 15 dias de antecedência tentei a emissão com a ida por Frankfurt, onde eu já pegaria o trem para Colmar diretamente do aeroporto. Mas, não havia lugar no voo e foi o jeito ir por Paris.
Em Colmar optei por ficar no Hotel Mercure Champ de Mars e adorei a escolha. O hotel era quase velhinho mas excelente. Situado em uma espécie de parque, muito silencioso, a 5 min `a pé do centro histórico e da Petite Venise, mas sem os preços do centro histórico. Não é lá muito charmoso mas é um bom hotel. Fica a 700m da estação de trem, de modo que fui à pé para o hotel (com mala) na chegada. Muito tranquilo. Acho que essa é uma boa dica pois os hotéis do centro histórico estava bem carinhos.
Nos 3 dias em que fiquei em Colmar fiquei 1 dia na cidade, fui 1 dia para Strasbourg (trem) e 1 dia para Riquewihr e Ribeauvillé (ônibus).
Eu tinha muitas dúvidas de como me deslocar, se precisaria de carro ou não. Não aluguei carro e foi muito tranquilo.
Neste link http://www.cg68.fr/horaires-des-bus/horaires-des-bus.html estão os horários do bus. Vejam a linha 106 (A e B).
Pensando hoje, eu diria que: se vc está em Paris e quer ter um gostinho da Alsácia, vá a Strasbourg. Mas, se vc já está em alguma cidade da rota dos vinhos, não verá tanta graça em Strasbourg não. A cidade é lindinha, mas Colmar é tão cute-cute que dispensaria a ida a Strasbourg (minha opinião).
4 noites depois... trem rumo a Munique. Os dois trechos de trem foram comprados online na SNCF e retirados na Gare de L`Est (tb sou maníaca pelas maquininhas).

Ana Carolina de Arruda

Olá Pessoal!
que maravilha ler tantas dicas, mas confesso que estou perdida. Seguinte: Eu e meu namorado iremos no próximo dia 12 de fev. para a Alemanha, mas iremos para praticamente um bate-volta (voltaremos no dia 19), pois nosso "principal" objetivo é participar da BioFach em Nuremberg. Ano passado fizemos em uma semana Frankfurt-Hidelberg-Nuremberg-Liége-Bruges-Frankfurt. Embora Liége não seja uma cidade maneira da Bélgica, nos surpeendemos muito com o hotel que ficamos, um Chateau com um SPA maravilhoso!Bruges e Hidelberg então, amamos. Nuremberg foi tbm muito bom, embora corrido por conta da feira.
Enfim, chegaremos dia 13 por volta das 14h em Frankfurt e gostaria de uma forcinha para decidir os destinos já que temos tão pouco tempo. Alugaremos um carro. Teremos os dias 13, 14 e 15 para estar em algum lugar e retornaremos no dia 15 tarde da noite para Nuremberg. Pensamos em seguir ao Sul, podendo ser Salzburg ou Alsácia, o que me dá uma duvida cruel!!! orque eu gostaria mto de conhecer Salzburg e de repente conhecer alguma estação de esqui proxima (nunca esquiei e queria mto!), mas vi tbm vcs falando mto bem de colmar e adoramos vinhos. A vantagem de Colmar é que poderiamos tbm ir para algum lugar da floresta negra(pensei em Titisse).
Depois retornaremos para Nuremberg e ficaremos de quarta a noite até sabado, pois queremos tbm mais tempo desta vez para conhecer melhor nurember e aproveitar melhor a feira que é enorme e com mta coisa interessante (produtos organicos do mundo todo). No sábado de manhã queremos ir para algum lugar. No inicio pensamos em retornar para hidelberg, que gostamos mto, mas tbm estamos pensando em conhecer outra cidade maneira. Vi que vcs falaram bem de Bamberg. Vale a pena? No domingo a tarde ja retornariamos para frankfurt e a noite de volta pro Rio.
E aí, que faço pessoal?
Beijos Carol

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! Vocês têm apenas 3 dias, dirijam o menos possível. Fiquem pela Alemanha mesmo. Pense no Reno e no Mosel ou na Rota Romântica.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/10/um-roteiro-pelo-reno-e-pelo-mosel-testado-pela-evelyn/

Ana Carolina de Arruda

Obrigada pela tua resposta
na rota romantica, o que vc recomenda?teremos 1 dia e meio. algum hotel bom para indicar, msm q um pouco mais salgadinho?como não teremos mto tempo, queremos fazer td da forma mais confortável e prazerosa.
e caso optemos pela alsacia, o que recomenda?
olhei o post do Reno e Mosel, realmente muito lindo, vamos pensar a respeito.
Tenho uma dúvida, iremos no meio de fevereiro. As ciddades e estradas não mais estarão em plena neve, não? ano passado não vimos...mas fiquei em dúvida
Abs
Carol

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Olá Ana Carolina,

Vocês têm pouco tempo, sugiro sair de Frankfurt e montar base em Freiburg para conhecer a Floresta Negra e Colmar. Depois, siga para Nuremberg.

Dê uma olhada aqui:
http://www.alemanhaporquenao.com/2011/10/schwarzwald-floresta-negra.html

Livia
LiviaPermalinkResponder

Olá Pessoal,

Estou indo para Europa em maio. Entrarei por Paris e seguirei para Munique e depois Berlim.

Estou querendo montar roteiro de carro de Munique até Berlim mas não sei ao certo quais lugares no trajeto seria interessante conhecer sem perder muito tempo.

Pensei em ficar 3-4 dias em Munique e de lá seguir de carro até Berlim. Que lugares vocês me indicam para esta rota? E quantos dias + ou -?
Vi que neste trajeto passaria perto de Numberg. Outro lugar que gostaria de ir é Fussen.
O que vcs me indicam?

Obrigada!

renata b
renata bPermalinkResponder

Livia, acabamos de Voltar de la.
Munique ficamos no Westin que fica ha 4 km do centro eh um 5 estrelas muito bom com preco ok.
Reservamos pelo booking.
E, Berlim ficamos no Ritz Carlton, hotel maravilhoso, que custou $ 190,00 com cafe da manha (que foi considerado o melhor cafe da manha de Berlim!!!, vale o preco). A noite tem um bar co musica ao vivo e otimo pianista e cantora.

Passeios imperdiveis:
Munique - Ver o castelo schoss neuschwanstein o castelo que inspirou disney e que Luis 2• da baviera. (fica ha 40 minutos de carro de munique).
Passear no Jardim Ingles e ver o surfe la (louco)
Tomar cerveja e comer salsicha no hofbrauhaus.

Berlim -
Aconselho fazer o usual passeio de onibus pra ter uma ideia geral da cidade e decidir quais pontos preferem. Alguns lugares que poucas pessoas falam ou que gostaria de destacar:
Potsdam (fica ha 30 min de Berlim, lindo)
Museu de Pergaminho (nao fui mas todos amaram)
Neus Museu (busto da Nefertiti) - incrivel
Exposicao "Historia de Berlim"(uma verdadeira aula de historia)
Parlamento (como a procura eh muito grande antes de sair do brasil entre no site - nao sei- e faca o agendamento)
Andar muito em Berlim, pois somente andando eh que se conhece o melhor dela. (ja fui 3 vezes pra la e nao canso).
etc, etc, etc....

Se quiser um restaurante bem diferente com jazz e soh pessoas locais va ao Tausend. Nao tem nada igual aqui no BR.
Um restaurante excelente que todos conhecem e comesse muito bem "Boca de Bacco" - eu fui e amei.

Tomara que sirva de algo, qualquer duvida me chama

Livia
LiviaPermalinkResponder

Obrigada Renata!

Vou olhar sua dica de hotel em Munique pois ainda não tenho reserva. Já em Berlim eu já fiz a reserva no All Seasons Alexanderplatz. Aproveitei os pontos no cartão fidelidade da rede accor e não irei gastar nada na hospedagem.

A verdade é que o meu roteiro já estava todo montado mas ontem resolvi aumentar um pouco na Alemanha e estender em Munique.

Meu roteiro inicial é: Chegada por Paris, dps direto pra Berlim (5 dias), Amsterdam (3 dias), Brugges (2 dias), Paris (6 dias).
Como consegui mais uns dias no trabalho vou aumentar a trip. E como as reservas já estão todas feitas terei que fazer essa nova rota Munique - Berlim antes de inciar a trip. Ao invés de fazer Paris- Berlim, mudarei o voo para Paris- Munique e segurei de carro até Berlim. Só que não sei o que lugares estão nesta rota Munique - Berlim. A ideia é aproveitar o que está no trajeto. O que vc me indica? E quanto tempo vc acha que irá demorar esta viagem de carro Munique-Berlim?

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Olá Lívia,

Entre Munique e Berlim você levaria umas 6 horas de carro.
Mas, como você quer parar em algum lugar, sugiro Nuremberg mesmo, mas dormindo uma noite lá mesmo, para aproveitar melhor a cidade.

Além disso, se você visitar a cidade e sair no mesmo dia até Berlim seria muito cansativo.

Visite Füssen ainda estando hospedada em Munique, como um bate-volta.

http://www.alemanhaporquenao.com

Livia
LiviaPermalinkResponder

Obrigada Marcelo!

Vc acha que vale uma visita também a Bamberg? Seria pra passar o dia não é? Ou só em Nuremberg mesmo?
Tem mais algum lugar legal que vale conhecer nesse rota Munique-Berlim?

Outra coisa.... incluindo Fussen como bate-volta vc acha que devo aumentar mais um dia em Munique, visto que uma ida a Fussen demoraria 1 dia? É mais prático ir de trem ou de carro?

Vc tem dicas de locadora de carro em conta?

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Livia,

Bamberg também é muito bonita; mas tem tanto lugar bonito nesta rota, que você poderia sair de Munique e chegar em Berlim 30 dias depois, sem ter visto tudo!

Fique pelo menos 3 dias em Munique, mais um para Füssen. Um dia em Nuremberg, mais um em Bamberg. E Berlim pelo menos 4, mais um dia para Potsdam.

Locadora eu sempre uso a Europcar, mas para Füssen é bem fácil ir de trem. Alugue o carro apenas para a viagem entre Munique e Berlim, e as visitas que fizer no caminho, apesar de também ser muito tranquilo ir de trem.

Se precisar de mais dicas, entre no nosso site e dê uma olhada.

Livia
LiviaPermalinkResponder

Maravilha!

Mas uma coisa....Devo dormir em Bamberg tb ou só passar por lá e depois seguir pra Berlim?

Creio que fazer a rota Munique-berlim de carro seja mais cara mas terei liberdade de parar em qualquer lugar, certo? (estou indo com meu namorado)
Vc acha trem uma boa opção? Onde eu pesquiso essas passagens? Quero fazer uma estimativa custo x qualidade x benefício.

Suas informações estão sendo ótimas!!

Angela- Alemanha, por que nao?

Olá Lívia, durma em Bamberg e no outro dia siga para Berlim se nao será muito cansativo, ou conheca só Nuremberg, durma uma noite lá e depois siga para Berlim.
O site de trens aqui na Alemanha é: http://www.bahn.de

O hotel em Nuremberg sugeri em outra pergunta sua:Hotel Elch ( http://hotel-elch.com/ )

Livia
LiviaPermalinkResponder

Olá pessoal,

Estou aqui de novo para pedir dicas de hotel em Munique (qual a melhor localização pra ficar?) e Nuremberg (vou passar uma noite e queria dica de hotel mais romântico).

Obrigada pelas dicas que já recebi. Foram muito boas!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Livia! Em Munique a melhor localização são os arredores da Estação Central (Hauptbanhof).

O Ricardo Freire gostou muito do Mercure city center.

Veja as indicações dos leitores:
https://www.viajenaviagem.com/2011/08/hoteis-em-munique-os-relatos-dos-leitores/

Vamos pôr a sua pergunta de Nuremberg no Perguntódromo.

Angela- Alemanha, por que nao?

Olá Lívia, um hotel maravilhoso que sempre indico aos meus clientes quando elaboro os roteiro personalizados é o lindo e charmoso Hotel Elch ( http://hotel-elch.com/ )uma gracinha de hotel, bem típico e aconchegante. Vale a pena!
Em Munique, alé de hotéis perto da estaçao central, vale a pena ficar no Hotel an der Oper, pertinho da Marienplatz ( http://www.hotelanderoper.com/ ), maravilhoso!!

Carlos Henrique Loyo

Oi Lívia, em dezembro/2010 fiquei no NH Nuernberg City, não o consideraria "romântico" mas foi um excelente custo-benefício e ficaria lá novamente com certeza.

Agora em Munique não penso duas vezes em indicar o Sofitel Munich Bayerpost. Até hoje, acho que foi o melhor hotel em que já me hospedei.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Livia,

em nuremberg, recomendo o Motel One Nuernberg-Plaerrer. fica perto da estação central e dele dá pra ir andando tranqüilamente ao centrinho medieval. o bondinho passa na frente do hotel, mas no final ele é tão bem localizado que você acaba nem usando o tram. faz tudo a pé mesmo.

a rede Motel One oferece um ótimo custo/benefício. é simples, mas os quartos são moderninhos, bem bonitinhos. a tarifa que peguei pelo booking.com não incluía café da manhã, mas acabei pagando o café do próprio hotel, pelo que lembro não era caro, e a variedade de comida era razoável.

como em toda estação central, a hauptbanhof de nuremberg tem uns cassinos "estranhos" por perto, mas nada assustadores. dá pra andar à noite sem nenhum medo, e a área, apesar de não ser a maaaais encantadora, também não é "feia" ou "estranha" como em regiões centrais de cidades maiores. quanto a isso, nem se preocupe.

já em munique, não gosto dos arredores da estação central... muito bar "estranho" nas redondezas...
já me hospedei duas vezes no hotel antares. ele é simples, mas a localização é perfeita, tem metrô perto, e dá pra ir andando a todas as atrações centrais, como a rathaus e a marienplatz. o café da manhã é ótimo. o pessoal da recepção é super acolhedor e simpático. na mesma rua do hotel, no trecho seguinte, tem um café/bistrô com saladas divinas, chamado el gusto. vale muito à pena pra um almoço leve.

livia, só depois de ter escrito esse comentário todo foi que percebi que você pediu dica de hotel romântico! bom, o hotel antares em munique não acho exatamente romântico. já o quarto do motel one em nuremberg é pequeno, mas bem romântico, com um toque moderninho. olhe as fotos no google!

Livia
LiviaPermalinkResponder

Muito Obrigada a todos pelas dicas!

Já olhei todos as indicações de hotel em Nuremberg e gostei bastante. Já ouvi falar bem da rede Motel One, mas acho que vou preferir a dica da Angela que parece ser mais local e romântico.
Já em Munique, acabei reservando um hotel da Rede Acoor - Adagio Munique. Fica na região central a uma quadra do Mercure City Center. Creio que seja bom.

Gostei muito do blog e vou recomendar aos meus amigos!
Peguei muitas dicas legais!

Em breve darei minha contribuição também!

Abraços!

sonia
soniaPermalinkResponder

Olá,
Vamos em maio fazer a Rota Romantica saindo de Frankfurt até Munique. A Minha dúvida : fica complicado "desviar" um pouco da rota, saindo de Rothenburg para Heidelberg ? Eu gostaria muuiiittto de conhecer Heidelberg ! Ou não é imperdível conhecer essa cidade ?
Dá pra fazer um bate-volta entre Rothenburg e Heidelberg ?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sonia! São 170 km entre as duas cidades. Um bate-volta de 340 km indo e voltando pelo mesmo caminho é muito chato, você passa mais tempo dentro do que fora do carro.

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Oi Sônia,

Tente colocar Heidelberg antes de iniciar a Rota, mesmo dormindo apenas uma noite lá.

A cidade realmente vale a pena.

Inês
InêsPermalinkResponder

Olá Sonia
Heidelberg é linda, se for dormir lá indico o Hotel Villa Marstall, sua dona é uma gaúcha e seu hotel fica ao lado do rio com vistas para o castelo.
Uma outra saida da rota romântica que eu recomendo é Bamberg, há menos de 100 km de Wurzburg com um centro todo preservado pois não foi bombardeada.

Mario Jr
Mario JrPermalinkResponder

Pessoal, estou com dúvida semelhante, tenho 6 noites para fazer a rota romântica e alpina de munique a frankfurt DE CARRO.
Por enquanto tenho o roteiro:

- 3 noites em munique, (compensa fazer um bate e volta para salzburgo?)
- 1 noite em garmish (pretendo visitar o zugspitze no mesmo dia que chegar em garmish para ganhar tempo e pernoitar na cidade)
- 1 noite em rothemburgo (no caminho de garmish para rothemburgo visito os castelos e passo em lindau/ulm/norlingen, está corrido d+?)
- Falta a última noite : saindo de rothemburgo é melhor passar por heidelberg e dormir em wuzburg ou passar por wuzburgo e dormir em heidelberg? Qual das duas pode ser visitada em menor tempo? Lembrando que no último dia tenho que entregar o carro em frankfurt as 19h.

Abraços.

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Olá Mario,

Três noites em Munique está ok, sem ir a Salzburg.
OK para uma noite em Garmisch, pode subir ao Zugspitze no dia que chegar, mas saia pela manha de Munique.

O resto está uma loucura: castelo Neuschwanstein, Lindau, Nordlingen, e chegar em Rothenburg em um dia? Você olhou no mapa? Todas essas estradas nao sao Autobahns, e mesmo se fossem, nao daria tempo.

Visite os castelos e durma uma noite em Nordlingen (ou na regiao) e durma a última noite em Rothenburg.

Assim vc faz a rota romântica com menos pressa (nem digo com calma, pq ainda será pouco tempo...)

mario jr
mario jrPermalinkResponder

A quarta noite realmente é um ponto de interrogação, compreendo que fica difícil fazer tudo em um dia, apesar de a idéia ser somente "passar" pelas cidade mencionadas. Talvez cortando Lindau dê uma ajuda.
Nordlinger "vale" um pernoite? Tenho a impressão que seja uma cidade semelhante a rothemburgo, mas que tudo fecha muito cedo.

O que você acha do seguinte :
3 noites em munique, no ultimo dia saio bem cedo e visito salzburgo, e dirigo até garmish na parte da tarde
1 noite em garmish, de manha zugspitze e de tarde castelos neushwantein e linderhof (em maio tem filas?), durmo em schwangau ou fussen mesmo
1 noite em schwangau, ainda pela manhã dou uma passada rápida na catedral de ulm, passo por nordlinger e chego em rothemburg
1 noite em rothemburg, de manha dou uma passada por heidelberg (parece ser mais facil de dar uma olhada que wuzburg) e deixo o carro em frankfurt.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Mario Jr,

como Marcelo já explicou, seu roteiro tá muito corrido, impossível de fazer.

por que você não monta base em munique e só mais uma cidade, demorando mais, pra ver tudo com mais calma?

e com 3 dias em munique, não vai dar pra ir a salzburgo não....

mario jr
mario jrPermalinkResponder

Ola Evelyn,

Estou começando a amadurecer a idéia de em vez de fazer o bate e volta , sair bem cedo de munique no ultimo dia, passar o dia em salzburgo e voltar para a alemanha para dormir em garmish.
Dormindo em garmish eu visitaria o zugstize pela manhã e os castelos a tarde. Que tal? Ainda fica muito corrido em sua opinião?

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Mario Jr, desista dessa ideia de agendar visita no dia do retorno. Seu roteiro está corrido demais.

- 3 noites em München: já é pouco tempo, não precisa gastar mais tempo fazendo um bate-e-volta (vc só terá 2 dias inteiros em München)

- 1 noite em Garmisch: se vc só quer ir ao Zugspitze, é viável, mas saia BEM cedo de München pq o local é melhor visitado durante o dia, sem sombras do começo da manhã ou fim de tarde

para as outras duas noites, eu me limitaria a um castelo (que não fosse o fake Neuwschastein, a maior "tourist trap" da Alemanha na minha opinião), e uma cidade para ser explorada. No último dia, no máximo acordar, dar uma voltinha sem compromisso de ver nada e rumar a Frankfurt.

mario jr
mario jrPermalinkResponder

Oi Andre, no começo da manhã o zugspitze não fica atrativo? Isto é um ponto que tenho que considerar.
Pois estava pensando em aproveitar o dia da saida de munique para passar em salzburgo e dormir em garmish, assim eu poderia visitar o zugspitze de manha e os castelos pela tarde, dormindo em alguma cidade da região mesmo.
O neuwschastein já conheço a fama de ser um castelo fake , mas é uma questão de vontade pessoal mesmo, aliás seria minha prioridade numero 1 (conforme comento em um comentario mais abaixo). Na volta seria uma passada rápida por heidelberg, que acredito seja mais fácil de dar uma espiada do que wuzburgo.

Vladimir
VladimirPermalinkResponder

Oi, Mario!!!

Vou em Junho e farei 2 bate e volta de Munique:

1º- De carro: Munique-Garmisch-Füssen-Munique.
Não vou entrar no Castelo Neuschwanstein, apenas ver de fora e tirar fotos.
Em Garmisch, talvez eu suba no Wank em vez do Zugspitze. Fiquei sabendo que o Wank é mais barato, mais rápido e tem uma bela vista de Garmisch e do Zugspitze. Talvez, no caminho de Garmisch para Füssen eu passe em Oberammergau e/ou Castelo Linderhof. Nesse dia sairemos de Munique as 7h da manhã.

2º- De Trem: Munique-Salzburg-Munique. Com o Bayern Ticket. Mesmo que só tivesse 3 dias em Munique faria esse bate e volta. Pois, todos dizem que é uma cidade Belíssima!!!

Talvez faça um 3º bate e volta, na verdade é 1/2 bate e volta.

3º- De Trem: Munique-Landshut-Munique. Landshut fica a 40min de Munique. A ideia é ir após o almoço. Visitar o castelo Trausnitz, neste sim, a ideia é entrar. Ficar zanzando em Landshut e jantar por lá.

Ficaremos 5 dias em Munique e as coisas que faço questão de conhecer são, o centro histórico, visitar o Nymphemburg e Residenz. Não faço questão de ir ao Parque Olímpico, nem ao Englisch Garten ou ao Deutsches Museum. Provavelmente vou trocar um ou alguns destes para visitar o castelo Trausnitz.

Saindo de Munique, ouço dizer que Heidelberg é bem pequena e que dá para fazer uma visita rápida.

Boa Viagem,
Vladimir.

mario jr
mario jrPermalinkResponder

Ola Vladimir ,

Tenho as mesmas prioridades que você em munique, acredito que meus dois dias inteiro e mais uma tarde sejam suficientes.

Salzburgo realmente pelo que li é encantadora e fácil de andar, motivo pelo qual ainda estou tentando enxaixar em meu roteiro. Para não "diminuir" dos meus dias em munique estou pensando em visitá-la de passagem e já dormir em garmish. Assim já fico mais próximo do zugspitze e dos castelos para visitar no outro dia.

Ah, não conheço o wank, tem estrutua tão legal quanto o zugspitze ? A questão do tempo para visitar pra mim é bastante importante. O mesmo digo de landshut, vou me informar sobre esse castelo. Você considerou visitar dachau ou augsburgo?

Na volta também tenho esta impressão que heidelberg seja mais fácil de aproveitar alguma coisa em uma passada rápida do que wurzburg. Da forma que estou reestruturando o roteiro, deixaria wurburg e lindau de fora para poder viabilizar o roteiro. Vida de viajante é bem difícil =)

Vladimir
VladimirPermalinkResponder

Oi Mario!

Legal ver que nossas prioridades são parecidas em Munique e também acho que esse tempo de 2 dias e meio será suficiente.

Como já falei antes, não abriria mão de Salzburg! Acho a idéia de sair de lá, direto para Garmisch bem interessante. Veja quanto tempo dura o trem. Acho!!! Não tenho certeza!!! Que o Bayern-Ticket serve para os dois trechos. Você pode ir de Munique para Salzburg e depois seguir para Garmisch. Aí, você só alugaria seu carro em Garmisch!!! Talvez, passar a última noite já em Salzburg...

Quem me falou do Wank, foi uma moça, aqui no VnV mesmo. Olha o trecho aqui:
"Joana"
"Garmisch é super turístico, mas é bonito. Só que o passeio demora bem. Tem duas opções de coisas pra você ver lá:você pode ir ao Zugspitze (o ponto mais alto da Alemanha) ou em Wank. Os dois são nos alpes.
Vantagem do Wank: você vê o Zugspize e faz lindas fotos, não é lotado, a plataforma é grande
Desvantagens: você não pode dizer que foi no ponto mais alto da Alemanha
Vantagem do Zugpstize: contar pros amigos que foi
Desvantagens: é cheio, a plataforma lá em cima é pequena, é mais caro e mais demorado que o Wank
Pra saber de qual você vai gostar mais eu recomendo dar um olhada na webcam dos sites. Aí vc vê o que você prefere.
Wank: http://www.zugspitze.de/en/summer/berg/wank/
Zugspitze: http://www.zugspitze.de/en/summer/berg/zugspitze/
Particularmente eu acho o Wank melhor, mas… o viajante é quem decide."
Tem vídeo no youtube também!

Landshut e o Castelo Trausnitz eu vi no "Alemanha! Por Que Não?". Segue o Link:
http://www.alemanhaporquenao.com/2010/05/landshut.html

Dachau é o campo de concentração, né? Cheguei a comentar com minha parceira e não é exatamente o que queremos ver. Pelo menos, dessa vez.

Vida de duro e sem tempo é que é difícil... hehehe.

Mario Jr
Mario JrPermalinkResponder

Ola gente , obrigado pelas respostas, sou marinheiro de primeira viagem na europa, rsrsrs.

Sei que são muitas atrações e pouco tempo para visitar. Mas para entender melhor minhas escolhas posso dizer que minhas preferências por ordem de prioridade seriam neuwschantein, munique, rothemburgo, zugspitze e salzburgo.
Quanto ao castelo de heidelberg, lindau, a catedral em ulm e innsbruck também seriam pontos de interesse relevante, mas tenho conciência que é impossível incluir todos e acho que innsburck e lindau ficam "fora de eixo", por isso estou disposto a abandoná-las. Já nordlinger eu desconheço se é realmente uma cidade interessante que valha passar a noite (imagino que deve ser bem pequena e tudo fechar cedo).

Após ler as mensagens, pensei em mais algumas opções para enxugar um pouco o roteiro, qual(is) desses vocês acham que seria viável? Qual não é viável de maneira alguma? Podem dar sugestões à vontade.

OPÇÃO 1)
3 noites em munique, saida pela manhã , visita a salzburgo e tomo a estrada para garmish
1 noite em garmish, de manha visito o zugspitze, de tarde os castelos de linderhof e neuwschantein e fico em fussen ou schwangau mesmo.
1 noite em schangau, de manhã visito rapidamente ulm e nordlinger e chego em rothemburgo.
1 noite em rothemburgo, de manha pego a estrada para frankfurt passando por wuzburg ou heidelberg (qual é + fácil de dar uma olhada beeeeeem rápida?)

OPÇÃO 2)

3 noites em munique, saida pela manhã , visito o zugspitze durante o dia
1 noite em garmish, de manha visito os castelos de linderhof e neuwschantein e tomo a estrada para rota romantica, dando uma rápida passada em ulm, chego em nordlinger a tarde
1 noite em nordlinger, ainda pela manhã saio em direção a rothemburgo
1 noite em rothemburgo, pego a estrada para franfurt passando por wuzburg ou heidelberg (qual é + fácil de dar uma olhada beeeeem rápida?)

OPÇÃO 3 )

3 noites em munique, saida pela manhã , visito o zugspitze durante o dia
1 noite em garmish, de manha visito os castelos de linderhof e neuwschantein e tomo a estrada para rota romantica, dando uma rápida passada em nordlinger (observem que cortei lindau e ulm do roteiro), chego em rothemburgo a tardinha
1 noite em rothemburgo , ainda pela manhã saio em direção a wurzburg ou heidelberg.
1 noite em wuzburgo ou heidelberg, pego a estrada para frankfurt (observem que não faço mais nenhuma visita de passagem nesse dia)

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Olá Mário,

É difícil com tao pouco tempo vc querer ver tanta coisa...

Mas, vamos aos pitacos, entre suas 3 opcoes acima, a menos pior é a terceira, mas tem os seguintes problemas:

1- vc vai acordar em Garmisch, sair para ver o Linderhof, depois ver o Neuschwanstein. Até aí tudo bem, mas quando acabar já vai estar após o almoco.

2- Depois de Neuschwanstein (após o almoco) vc quer subir 270km pela Estrada Romântica (lembre-se que sao estradas secundárias, o limite é 100km/h, isso quando nao passam dentro de uma cidade, onde o limite diminui para 50km/h), dando uma passada em Nördlingen, e chegar à noitinha em Rothenburg? Vc vai chegar perto das 10 da noite...

3- No dia seguinte sair cedo de Rothenburg? Se é só para dormir, melhor um hotel na beira da estrada... Rothenburg é uma cidade medieval, deve ser conhecida a pé, aproveitando as ruas estreitas e construcoes antigas, as muralhas, subindo nas torres. Isso leva um dia inteiro, no mínimo.

Retire completamente Heidelberg ou Würzburg, apesar de muito bonitas, vc nao vai conhecê-las direito. Aproveite sua viagem com calma, saboreando cada lugar.

Afinal, o dinheiro que está sendo gasto nao é pouco, nao é?

Se vc pudesse escolher, você gastaria 200 reais em apenas um restaurante indicado no Guia Michelin, ou em cinco lanchonetes fast-food?

Frank
FrankPermalinkResponder

Mário, eu cortaria esse roteiro ainda mais.

Considerando suas preferências, eu faria assim:

- 3 noites em München
- sair para Garmisch-Partenkirchen, visitar o Zugspitze, dormir em Garmisch-Ptk. ==> até aqui, seu plano está ok

A partir daí, eu faria o seguinte:

- sair para Linderhof e Neuwschastein. Depoia, ir para Ulm, visitar a catedral, curtir um pouco a cidade e dormir por lá. Se tiver tempo sobrando, pode aproveitá-lo em Füssen mesmo.

- sair de Ulm, visitar Nordligen COM CALMA, almoçar por lá, e depois rumar para Rothenburg. Curta o fim do dia, jante em um lugar legal, durma por lá. No dia seguinte, faça uma caminhada básica durante a manhã, e rume para Frankfurt.

Eu acho que assim vc aproveita sua viagem muito melhor do que tentar "dar só uma olhada" em Heidelberg ou Würzburg.

Mario Jr
Mario JrPermalinkResponder

Marcelo / Frank ,

Pensei em uma solução para roteiro quebra-cabeça, seguirei seus conselhos dispensando Heidelberg/Wurzburg e tudo mais o que não for uma das prioridades ditas anteriormente. Dei uma olhada também no mapa para calcular as distâncias entre as cidades, dando preferências às autobahns. Ficaria assim :

- 3 noites em munique, saio bem cedo para salzburgo, faço um walk tour de meio dia e volto para dormir em garmish (326km). (Apesar de distante a maior parte do trajeto é feito em autobahns)
- 1 noite em garmish, visita ao zugspitze no primeiro horário pela manhã , de tarde visita ao linderhof ou ettal e sigo rumo a schwangau. (75km)
- 1 noite em schwangau, visita ao neuschwanstein sem pressa no primeiro horário pela manhã. Caso a visita termine já próximo ao meio dia sigo viagem para rothenburgo pela autobahn A7 (250km). De noite faço o nightwatchman tour.
- 1 noite em rothemburgo, acordar bem cedo para fazer um passeio sem muita pressa pela cidade, sair ao meio dia e entregar o carro em frankfurt as 19h.

Conseguem enxergam algum problema no roteiro?
Gostaria de deixar meus agradecimentos aos leitores desse blog, tem me ajudado muito.

Marcelo Trindade

Caro Mario Jr,

Já fiz uma viagem nesta região e creio que as diversas dicas estão muito boas. No entanto, gostaria de fazer alguns comentários:

1-Desculpe colocar mais uma variável nas suas equações mas, quando estiver em Garmish, sugero uma pequena esticada a Mittenwald, nem que seja apenas para um almoço e um passeio de 1 hora a pé. As pinturas nas fachadas das casas merecem a visita (outra opção próxima para isto, é Oberamergau). Este tipo de arte não é comum de ser visto e é belíssimo (você pode ter uma noção disto colocando Mittenwald ou Oberamergau no Google Images).

2-Reforçando o que já foi dito, Rothemburg ob der Tauber merece, pelo menos, 24 horas. Apenas dormir e um rápido passeio, é pouco.

3-Na volta para Frankfurt, se houver tempo disponível, vale uma parada em Wurzburg para visitar o Residenz.

Frank (Dois Mapas)

Mário, seu roteiro ficou menos corrido. Eu só acho que o desvio a Salzburg não compensa para um "walk tour de meio dia". Não dá tempo de vc aproveitar nada (castelo, fortaleza, casa do Mozart, os jardins, as montanhas).

Eu trocaria esse meio dia corrido em Salzburg por um bom dia entre Mittenwald e Obberamengau, próximas a Garmisch-Partenkirchen.

Patricia Luck
Patricia LuckPermalinkResponder

Não me leve a mal, mas pra fazer esse roteiro aí, eu nem me estressaria em encontrar soluções, contrataria direto uma agencia e faria um janela tour.

Apenas passar por Rothenburg, passar metade de um dia em Salzburg só pra dizer que esteve na Áustria, dar apens uma olhadinha em Heidelberg e Wurzburg...e ótimo dirigir pelas autobahns, mas as estradinhas secundarias vão te proporcionar momentos e descobertas inesquecíveis...

Em minha humilde opinião, pra ficar nessa correria toda, eu ficaria em uma grande cidade e faria alguns bate-voltas. Visitar o interior de um pais, seja ele qual for, exige um desprendimento e uma calma maiores do que visitar uma capital, do contrario você pode voltar decepcionado....

Desculpe a franqueza...

Marcelo Azevedo

Olá a todos!

Me hospedei no Circus de 27/02 à 04/03/12.
O hostel é servido por metrô (linha U8 estação Rosenthaler Platz) e bondes(linhas M1 e M8).Há vários cafés,lanchonetes e restaurantes ao alcance de uma caminhada.O quarto(duplo e com banheiro) amplo, limpo e confortável, porém sem tv, frigobar e ar condicionado, não fizeram falta, ao menos para mim. Café da manhã não incluso. Diária por 70,00 euros. Excelente custo/benefício na minha opinião.

Marcelo Azevedo

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Bom dia a todos! Estou morando na Alemanha por um curto período de tempo e terei os finais de semana livres. Gostaria de saber lugares que vocês me indicam que sejam imperdiveis. Já estive em Rothenburg, e ao viajar pela região, pude perceber que o Sul da Alemanha as cidadezinhas são muito parecidas, sempre o pacote muralha, igreja e castelos, por isso gostaria de saber de quem já explorou mais a região alguma cidade que valha a pena a visita! Bjins...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Tente então as cidades maiores, Colônia, Hamburgo, Berlim, Munique, Stuttgart... faça passeios de barco pelo Reno ou pelo Mosel... suba à montanha em Garmisch-Partenkirschen... curta o lago Constança... dê uma chegadinha em Basiléia, Salzburgo ou Amsterdã...

Dê uma xeretada em http://www.alemanhaporquenao.com .

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Muito obrigada Bóia! Estava exatamente pensando nessas opções pois como tenho poucos finais de semana aqui gostaria de ver mais coisas! Abracos

Marcelo | Alemanha! Por que não?

Onde você está morando, Luciana?

Marcella
MarcellaPermalinkResponder

Cara Bóia e demais,
Gostaria muita da sua ajuda. Farei uma viagem em outubro/12, iniciando por Londres e de lá seguindo para a Alemanha e França. Meus planos é fazer Londres-Frankfurt ou Londres-Stuttgart (o que for mais barato) e de lá seguir para Heidelberg (1 dia). No dia seguinte, seguir para Baden-baden e, ou dormir lá ou ir dormir em Strasbourg. Em Strasbourg, ficarei 2 dias. Alugo um carro e faço a rota dos vinhos até Colmar, cidade que ficaria 2 dias. O que vc acha desse roteiro? A cidade de Baden-baden seria um belo exemplar da Floresta Negra, digo, merece um precioso dia ou teria outra cidade nesse caminho que seja mais bonita/imperdível? Já Heidelberg merece que eu abra mão de outra cidade da Floresta Negra? E com relação às cidades da Alsácia francesa, 2 dias em Colmar é muito que mereça a substituição de um deles por outra cidade alemã da Floresta Negra dentro dessa rota? Desculpe-me o excesso de dúvidas e agradeço desde já a sua (e de quem mais quiser) opinião.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcela! Não temos conteúdo organizado sobre este roteiro nem condições de analisar itinerários pessoais.

Dê uma olhadinha neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2009/10/o-viajao-da-lu-baviera-alsacia-rota-romantica-e-berlim-com-uma-passadinha-antes-no-douro/

https://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-viagem/

Leia também o http://www.alemanhaporquenao.com .

Carol Guelber
Carol GuelberPermalinkResponder

Ola pessoal, queria o pitaco de voces no meu roteiro

Dia 1 - chegada em Frankfurt e ida direto pra Rothenburg de carro. (pensei em parar em Wuzburg primeiro, mas vai depender do horario que eu chegar em Frankfurt do Brasil)
Dia 2 - Conhece Rothenburg e segue pela rota romantica ate Fussen.
Dia 3 - visita os castelos de Fussen e segue para Innsbruck
Dia 4 - conhece Innsbruck e segue para Munique, onde entrego o carro.
Dia 5 e 6 - Munique. Depois sigo pra Suíça e outros

Tá muito corrido o dia 2?
É legal dormir em Fussen ou tem outra cidade melhor e mais perto?
A ida pra Innsbruck de carro e voltar pra Munique lhes parece boa ideia ou há outra maneira mais fácil? Vi que o trem de Fussen pra Innsbruck é inviável porque vai pra Munique primeiro e leva ao todo, 4 h.
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Infelizmente não temos como destrinchar roteiros individuais.

Consulte os comentários de outros posts da Alemanha, há muitos roteiros destrinchados por leitores:

https://www.viajenaviagem.com/2010/01/frankfurt-e-heidelberg-pra-marcie/

https://www.viajenaviagem.com/2010/10/um-roteiro-pelo-reno-e-pelo-mosel-testado-pela-evelyn/

A viagem parece bastante corrida. O jeito mais racional de fazer seria montar base duas noites em alguma cidade da Rota Romântica (Würzburg ou Rothenburg ou outra), então devolver o carro em Munique e fazer bate-voltas de trem a Füssen e a Garmisch-Partenkirschen, que é um substituto à altura para Innsbruck.

O Alemanha por que não monta roteiros sob encomenda: http://www.alemanhaporquenao.com .

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar