Nossos sentimentos.

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Saio de casa agora sem notícias sobre o desfecho da viagem do Airbus da Air France que saiu ontem do Rio e deveria ter chegado a Paris às 11h20, horário local.

Sei, porém, que nessas horas a gente descobre que o mundo é pequeno. E que, além da tristeza pelo desparecimento de duzentas pessoas, vamos acabar chorando a perda de alguém que conhecemos -- ou de alguém importante para alguém que conhecemos.

Fica aqui um abraço apertado para quem precisar.

131 comentários

Majô
MajôPermalinkResponder

Me junto em orações a todos os que estão sofrendo perdas, apesar de não termos notícias concretas sobre o que ocorreu.
Gostaria muito que os navios encontrassem o avião boiando com todo mundo em cima.
Mô, sem comentários sobre o silêncio de nosso presidente.

Dionisio (www.blig.com.br/dionisio)

Somam-se às vítimas do voo da Air France, todas as vítimas de acidentes em viagens de carro, de ônibus e de trem, que todos os dias vão aumentando as estatísticas de forma silenciosa. Neste fim de semana, foram 6 mortos só no RS (quantos terão sido no Brasil todo e não sabemos?). Li agora que 23 pessoas morreram em acidente de ônibus no Peru. Às famílias e amigos de todos os viajantes, de todo e qualquer meio de transporte, meu sincero abraço.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Presidente??! que presidente?? e a popularidade cresceu para 81,5% segundo o yahoo noticias...
minha solidariedade à todas as familias e amigos dos passageiros..

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Presidente não temos, mas ainda bem q temos um vice que, mesmo doente, ia sair de Brasília agora à tarde p ir ao Rio ficar junto aos parentes das vítimas.. Isso pq o sujeito tá com um câncer reincidente, tomando medicamentos experimentais, mas tá interino na Presidência enqto o dito Presidente tá de papo em El Salvador... Cada um tem o Sarkozy q merece!!!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Pois é, Mari. É quase desumano enviar o Alencar.

Dionisio (www.blig.com.br/dionisio)

Interessante este tema: o presidente do país se manifestar sobre um acidente aéreo. Não tenho opinião formada, mas, claro, receber condolências - de quem quer que seja - é sempre reconfortante.

Ana
AnaPermalinkResponder

Interessante este tema: o presidente do país se manifestar sobre um acidente aéreo.

Tb achei curioso! Será que Freud explica?

Mari Géa
Mari GéaPermalinkResponder

Coloco aqui meus sentimentos e solidariedade.. Não imagino nem de longe a dor, apesar de ser parente de tripulantes e, por isso mesmo, ter sempre c o coração disparado... Que Deus tenha piedade dos q se foram e abençoe os que ficaram c mta paz e força em seus corações. P todos nós, brasileiros órfãos de liderança, só posso pedir à Deus mais consciência e menos inércia...

Valéria F
Valéria FPermalinkResponder

Que tristeza! Meu profundo sentimento de pesar. Espero que a solidariedade do nosso povo possa abrandar a dor dessas famílias.

Fui acordada por minha cunhada às 7:30, muito assustada com a notícia, meu sobrinho mora em Paris. Todos da família têm ido freqüentemente à França. É muito forte a sensação de que poderia ser conosco esta tragédia.
Causa espanto o Presidente ter sido avisado depois das 9:00.
Oque poderia estar fazendo que não pudesse ser interrompido?

Luciana
LucianaPermalinkResponder

O Sarkozy se abalou até o Charles de Gaule pelo fato de a companhia aérea em questão ser francesa.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Sorry Luciana , certamente pelos franceses , não pela cia .

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Pardon Sylvia, mas não acredito em políticos. Dúvido que se fosse uma companhia aérea brasileira ele teria ido ao Charles de Gaule, mesmo tendo franceses a bordo. Teria se pronunciado do seu palácio mesmo. É minha opinião.

Meus sinceros sentimentos às famílias.

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Luciana, mas não há passageiros brasileiros - e por isso mesmo, o Lula deveria fazer o mesmo? Me parece inclusive que vidas são mais importantes que ativos financeiros - ou não?

Isabel O., Portugal

Durante toda a tarde fiquei precisamente a pensar se não haveria parentes e conhecidos das pessoas que param por aqui. Quem viaja acaba por estar relacionada com pessoas do mesmo género. Infelizmente as previsões confirmaram-se.
Curiosas as vossas comparações no tratamento do caso.
Um repórter do canal Radiotelevisão Portuguesa também tentou fazer o mesmo, mostrando o tratamento dado aos familiares nos dois países. Em França foi feito um cordão de segurança para os preservar da imprensa, enquanto no Brasil os repórteres iam esmagando algumas pessoas. Mas a notícia pareceu-me mal dada e numa perspectiva hipócrita. Pois se todos nós estavamos a ver em primeiro plano essas pessoas a sofrer, então esse tal "respeito pela privacidade" também não tinha sido tomado em linha de conta por esse nosso correspondente, e não tinha nada que estar a criticar em "bicos dos pés".
Espero que o número de pessoas vossas conhecidas não aumente. Uma abraço. Isabel

Robs
RobsPermalinkResponder

Quatro pessoas, Riq... Amigo do peito do meu irmão e a familia. Tudo é muito, muito triste.

Ricardo Freire

Nossa, Robs. Que coisa. Força aí.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Pessoal, meus sinceros agradecimentos a todas as mensagens de carinho. Infelizmente ainda continuamos sem uma notícia concreta e muito abalados.
Muito obrigado a todos!!!

Marcie
MarciePermalinkResponder

conte com seus amigos da VnV, sempre. Estamos todos pensando em você e mandando todo nosso carinho.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Queridos, um abraço carinhoso a todos que estão passando por esse momento difícil.

Fernando Barcellos

No avião estavam o primo da minha noiva e a esposa dele. Tinham se casado no sábado em Niterói e ia passar a lua-de-mel na Itália. É bem difícil, mas que Deus esteja com todos.

Andreia
AndreiaPermalinkResponder

Muito obrigada pelo apoio de todos. Ainda não temos notícias concretas. Abraços

Arnaldo - Fatos e Fotos de Viagens

No dia 16 de abril peguei o vôo AF 447, das 19:00h, com direção a Paris, iníciando minha viagem à Jordânia e à Síria.

Por volta das 23:00h sofremos uma turbulência violentissima. Pela primeira vez na minha vida de viajante, com 290 vôos internacionais, senti medo.

Jamais havia experimentado a sensação de ver pessoas sendo tiradas das suas cadeiras e quase baterem no teto. Eu mesmo, ainda que afivelado, senti ser impulsionado do assento, algo que só havia sentido em montanhas russas.

Vi passageiros apavorados tentando caminharem às pressas para seus lugares. Completamente impossibilitados, agachavam-se no chão e seguravam nos braços das cadeiras, assustados.

Não durou muito, mas foi uma experiência assustadora. O avião era este, o mesmo Airbus A300, o mesmo prefixo.

Eu estou completamente triste, sem ânimo, arrasado e sem saber o que dizer. Se eu pudesse dizer algo, seria "que não tenham sofrido".

CarolBSB
CarolBSBPermalinkResponder

Arnaldo, sempre que acontecem esses desastres aéreos, me vem à cabeça o pensamento de como devem ter sido os últimos momentos de vida das vítimas... Também espero que tudo tenha acontecido tão repentinamente que não tenha havido tempo para sofrimento!

Wanessa
WanessaPermalinkResponder

Meus sentimentos a todos que perderam pessoas queridas nesse acidente. Que encontrem força para lidar com as perdas.

Anna Francisca

Um grande abraço a todos que perderem amigos e parentes nessa tragédia.
Sou leitora assídua do blog. É meu vício. Adoro os pitacos e já viajei com muitas dicas de vocês, mas acho que alguns comentários hoje sobre o Lula me cheiram preconceito. Primeiro que ele não estava no Brasil. Segundo que a Air France é uma estatal francesa e o Sarkozy deveria se pronunciar primeiro, como o fez. Ele mora e trabalha ali, do lado.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Anna, não é preconceito não.
É que é triste você ver que ele não se manifestou diante de mais uma tragédia.
Acredito que ele só precisaria dizer que as autoridades brasileiras estavam fazendo tudo aquilo que poderiam, que as famílias teriam suporte, coisas assim.
Nem seria preciso ele sair de aonde estava...

Murilo
MuriloPermalinkResponder

Que a paz e a consoloção de Deus acalme os corações dos amigos e familiares que sofrem neste momento...

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

De qualquer maneira, a minha intenção não era criar uma polêmica neste momento tão difícil para amigos e familiares das vítimas.
É só que eu esperava um pouco mais de tato do nosso presidente, que além de tudo deve ser muito mal orientado.

Moises
MoisesPermalinkResponder

Meus sentimentos a todos os que perderam amigos e parentes.
Acho que não é hora de proselitismo político.

Flavia Kaiser
Flavia KaiserPermalinkResponder

Eu já peguei esse mesmíssimo AF447 vôo 3 vezes, sendo a última em outubro passado com marido e sogros. Meu coracão está apertadinho. Meus sentimentos a todos os que perderam alguém querido.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Meus sentimentos... que tristeza...

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Pessoal, ontem nao apareci por aqui porque o dia foi muito raro; mas, de qq maneira, desde que soube da noticia, logo cedo, o caso nao saiu da minha cabeca. Nao paro de pensar em quao vulneraveis somos, o tempo todo, e em como o mundo é mesmo pequeno. Meus sinceros sentimentos a todos que estao à espera de novas notìcias. Posso dizer que estou aqui, rezando, na torcida. E assino embaixo o texto do Arnaldo.

CarolBSB
CarolBSBPermalinkResponder

Mari, vou fazer minhas as suas palavras. Ontem não apareci por aqui também, mas já imaginava que muitos trips teriam histórias tristes pra contar... Desde ontem estou melancólica por conta dessa tragédia... Força a todos os amigos e familiares das vítimas!

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

A grande questão é que o brasileiro sempre quer deixar a política e o nacionalismo pra depois. É por isso que não temos uma identidade muito bem definida. O presidene participar seria ao menos uma demonstração de inteligência.
Conforto pra todos que ficaram ( são os que estão realmente sofrendo).
E o que me deixa realmente desconfortável (pode ser egoísmo, eu sei) é a sensação de que isso poderia ter acontecido com você ! Levante a mão quem nunca pensou na possibilidade dum acidente quando está dentro dum avião ?

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Como disse a Denise, nessa hora nossos problemas ficam pequenos. Deixo meu abraço a todos que se sentiram tocados pessoalmente por esta tragédia.

JB
JBPermalinkResponder

Pessoal,

O que mais dizer? Meus sinceros abraços a todos neste momento.

Erensto, o pato

Para todas as vitmas minhas orações, independetemente de sua religião. Meus sentimentos e consolos, e como bem falou o Arnaldo, que pelo menos não tenham sofrido,e que estivessem num momento feliz das suas vidas.

Um abraço especial ao Alessandro, ao Robs, e a todos que tenham familiares no voo.

Agora, quanto as causas do acidente, já posso pelo menos dar o meu palpite. Um avião dificiimamente explode ou cai numa turbulencia. O que deve ter ocorrido -se não houve atententado- e um incendio por curto circuito, e que se alastrou por NEGLIGENCIA na fiscalização de nossos aerportos, ou transporte ilegal, ou feito sem precauções de algum tipo de carga inflamável ou explosiva, que por ter sido mal amarrada, ou ter se inflamado com o fogo do curto circuito, provocou uma explosao que despressurizou o avião. A despressurização leva a instabildiade e a perda de controle do avião, especialmente se ocorrer na porta de cargas que é grande.

Isto já ocorreu com absoluta certeza com um 747 na Africa do Sul, e há suspeitas que o famoso desastre de Orly, na decada de 70 tenha sido agravado pelos explosivos contidos em assentos ejetores dos Mirages que eram levados no avião.

Tenham cuidado, e respeitem a lista das substancias proibidas, nas suas bagagens, pois elas podem, em conjunção com outros fatores, gerarem uma tragédia.

Majô
MajôPermalinkResponder

Acabo de saber por Bia que o genro de um amigo nosso estava no avião. Ia a Paris assinar contratos. Ela está arrasada, tinham casado há pouco mais de 1 ano.

Marcie
MarciePermalinkResponder

querida, sinto muito. Um abraço muito apertado.

LucianaM.
LucianaM.PermalinkResponder

Sinto muito. Um abraço,

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Mais uma vez, um abraço a todos que perderam alguém, tanto os que comentaram aqui (Alessandro, Robs, Cristina, Majô, Andreia, Fernando e outros) como para todos os outros.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Obrigada Arthur!

Érica França

Meus sentimentos e orações a todas as famílias dos passageiros. Que eles fiquem bem do lado de lá e as famílias tenham força para continuar a caminhada do lado de cá.

Christine
ChristinePermalinkResponder

Sou nova por aqui, mas quero deixar os meus sentimentos a todos que perderam algum ente querido neste acidente. Sou de Niterói, e acabei de saber que estavam sete niteroenses neste avião...sempre acabamos conhecendo alguém...conheço a familia dos dois jovens que viajavam em Lua-de mel para Paris...não temos muito o que dizer, só mesmo oferecer a nossa solidariedade.

Majô
MajôPermalinkResponder

Marcie e Arthur, dá dó, o casalzihho cheio de sonhos por realizar sad

CarolBSB
CarolBSBPermalinkResponder

Muito triste mesmo... Essa e todas as outras histórias interrompidas. sad

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Justo estes dias estou tentando convencer minha esposa a fazer uma viagem mais longa (ela tem pavor de avião), quando acontece um desastre deste tamanho. Só de pensar em tanta gente nos deixa agoniados. Mais ainda as famílias que ficaram.
Não dá prá fazer nada além de mandar um abraço, sentimentos e orar pelos que ficam (para quem acredita nisto, como é meu caso).

Já a parte política da coisa: alguém realmente esperava algo mais do presidente? Mesmo com o da TAM mostrou que não se preocupava muito com as famílias, porque seria diferente agora?

Tati
TatiPermalinkResponder

Entrei para deixar um abraço para as familias e me assustei com a quantidade de pessoas falando do presidente brasileiro...é incrivel como tudo q é lá de fora é melhor p alguams pessoas. Caso fosse Lula q tivesse ido ao aeroporto e o frances tivesse ficado em seus afazeres falariam que Lula estava só interessado em passar em melhorar a sua imagem e q Sarkozy estava certo em ficar "trabalhando" em vez de se amostar. O pior foi ler q a possivel "culpa" foi de NOSSOS aeroportos e fico imaginando se caso o avião fosse brasileiro claro que essas pessoas colocariam a "culpa" em nossos técnicos..somos sempre piores, né? Emfim,o que realmente me pareceu foi que tanto o Brasil quanto a França estão juntos procurando os desaparecidos e isso é otimo, eles tb aceitaram ajuda internacional, pois o mar é enorme e para quem conhece sabe que toda a ajuda é necessária. Espero realmente que os militares de todos os paises envolvidos (Brasil, França, EUA e Espanha) tenha seu esforço recompesados e possam trazer boas noticias aos familiares.

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Sinceramente, a última coisa que importa pra essas famílias que estão sentindo tanta dor é o que o Lula disse ou deixou de dizer. Ele poderia capitalizar em cima da opinião pública, mas os parentes estão mais preocupados com o fato de as autoridades responsáveis pelas buscas estarem empenhadas o máximo que podem, e não com o pseudo conforto que ele teria a oferecer.

Dionisio (www.blig.com.br/dionisio)

Como eu havia referido antes, é interessante esta questão da atitude que um presidente de país deve ter após um desastre aéreo. Causa opiniões divergentes. Espero, porém, que o atual e os futuros presidentes tenham uma atuação compatível com o que se espera de um executivo: dar melhor infraestrutura e segurança aos transportes. Quantas pessoas devem ter morrido no Brasil viajando pelas estradas desde o domingo? E não cobramos dos nossos presidentes nenhuma atitude real...nem palavras de conforto às famílias das vítimas...

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Falou tudo, Dionisio.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar