O que é que Cuiabá tem?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

[caption id="attachment_3859" align="aligncenter" width="450" caption="Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014"]Verdão, o estádio de Cuiabá para 2014[/caption]

A surpresa na escolha de Cuiabá para figurar entre as doze sedes da Copa 2014 foi dupla.

Por um lado, a tradição futebolística da banda norte do Mato Grosso é inexistente. (No sul, o Operário de Campo de Grande -- existe ainda? -- foi um time tinhosíssimo na década de 70.)

E por outro, o Mato Grosso é um destinos turísticos menos falados do Brasil. Até o Tocantins, que apareceu no mapa bem depois, é mais valorizado turisticamente (graças ao Jalapão) do que Mato Grosso.

Sabe-se, porém, que falta de cobertura na imprensa não significa falta de atrativos. Outros Estados do Brasil são injustamente subestimados -- como o Pará, o Piauí, Sergipe, a Paraíba, o Espírito Santo.

Juca Kfouri, em sua coluna de hoje na Folha (para assinantes), fala sobre a impropriedade de premiar o Estado que é o maior desmatador do Brasil com uma das sedes de uma Copa que se pretende ecológica.

Pode ser.

Mas a indicação de Cuiabá vai ajudar a chamar atenção para os tesouros do Mato Grosso -- e, quem sabe, fazer com o turismo se firme como uma atividade mais atraente do que o gado e a soja.

Cuiabá é porta de entrada para:

Chapada dos Guimarães -- a menos conhecida do trio de chapadas brasileiras (as outras são a Diamantina, na Bahia, e a dos Veadeiros, em Goiás) é a que fica mais perto da capital: são apenas 70 km de Cuiabá.

Nobres -- a resposta do Mato Grosso a Bonito tem rios de águas transparentes com peixinhos, a uma temperatura bem mais encarável. Fica 150 km ao norte de Cuiabá.

Transpantaneira -- a maior atração do Pantanal Norte são os 150 km que restaram do equivalente pantaneiro da Transamazônica. Entre Poconé (na verdade, 20 km adiante) e Porto Jofre a estrada tem trechos permanentemente alagados, e é mais freqüentada por bichos do que por carros. O início dela fica 130 km ao sul de Cuiabá.

Cristalino Lodge -- na Amazônia mato-grossense, à beira do rio Cristalino, é o hotel de selva brasileiro com a melhor relação conforto x sustentabilidade. Recebeu inúmeros prêmios internacionais. É preciso ir de avião de Cuiabá a Alta Floresta (vôos diários com a Trip); de lá o traslado é feito de jipe e barco.

Rio Araguaia -- no meio do ano aparecem as praias neste rio que faz a divisa entre Mato Grosso, Goiás, Tocantins (e lá, em cima, o Pará). A cidade mais próxima de Cuiabá é Barra do Garças, a 510 km. São Félix do Araguaia está na ponta norte, com acesso mais organizado desde Goiânia.

De vez em quando aparecem notícias sobre turismo no Alto Xingu, com interação com os índios. Mas não achei nada oferecido atualmente por aí.

E você? Já foi ao Mato Grosso "do Norte"? Tem alguma dica para compartilhar? Conta pra gente.

85 comentários

Yara
YaraPermalinkResponder

Olá, eu sei que é totalmente off topic mas estou perdida: seguindo dicas do blog encontrei dois apartamentos pra Alugar em NY na mesma operadora, com o mesmo preço. O problema é a localização: cada um de lado do Central Park (W. 49th street between 8th to 9th e 232 East 82 Street). Como nunca fui á cidade, será que alguém poderia me ajudar com uns pitacos sobre o que é mais agradavel na cidade.Muito obrigada pela ajuda de novo wink Y

Ricardo Freire

Os dois endereços têm BASTANTE diferença, Yara.

A rua 49 lado Oeste fica na região de Midtown, perto do Times Square e da zona de teatros da Broadway. É uma região bem comercial e movimentada.

A rua 82 lado Leste fica bem mais adiante, à altura do parque mesmo. Ali você ficaria perto da maioria dos museus bacanas.

Os dois endereços tem suas vantagens. O da rua 49 é mais "central", o da 82 mais agradável.

Gustavo Mini
Gustavo MiniPermalinkResponder

Ricardo, tem uma curiosidade para Cuiabá. A maior parte das pessoas não sabe, mas é uma das cidades chave na construção do circuito independente de música nacional. É de lá uma das bandas mais comentadas atualmente (o Macaco Bong http://tramavirtual.uol.com.br/artista.jsp?id=32552, cujo disco foi considerado o melhor do ano passado por muitos jornalistas) e um coletivo de artistas e produtores que é um case de gestão de recursos escassos (o Espaço Cubo http://www.espacocubo.blogger.com.br/). Estive tocando lá no Festival Candango em 2007. Havia cerca de 3.000 pessoas na platéia e nenhuma grande banda (em termos de vendas de disco ou nome nas paradas) fechando a noite. 3.000 pessoas pra ver um line up formado por bandas do cenário dito independente.

Talvez não sejam informações muito úteis para a maior parte dos turistas, mas achei que valia comentar. O mesmo acontece com Goiânia, cidade fundamental no rock nacional nos últimos dez anos por sediar pelo menos dois festivais e um selo de música importantíssimos que não só fazem a conexão com bandas locais mas trazem várias bandas de fora que depois acabam indo até SP ou RJ.

Abraços!

Ernesto o pato

Riq,

Tem a péixaria popular, com preços nada populares, mas é um fantástico rodizio de peixes.

Quando fui ao Pantanal, fiquei no SESC e recomendo. É um resort 5 estrelas, quase de graça para quem é comerciário, e bem em conta para quem nao é.

Sugiro tambem alugar um carro, e ir bem cedo, por volta das 5 da manha para a Tranpantaneira...

E, depois vou colocar em Gramado, um achado, uma pousada bem charmosa, novinha e muito confortavel (mas em Nova Petrópolis) por R$ 90,00 com café da manha.

Omochileiro
OmochileiroPermalinkResponder

Ernesto, qual é a da Transpantaneira? Vou me divertir só andando de carro por lá vendo a bicharada? Ou tem pontos de parada? Contaaeeeee

léo
léoPermalinkResponder

Chapada dos guimarães é contemplada com diversas cachoeiras, rios e trilhas lindíssimas, é considerada o centro da américa do sul, e é uma cidade mística. Em barão de melgaço (1 hora e meia de carro de cuiabá) que é a outra porta do pantanal existem 3 baias gigantescas sendo que uma delas é duas ou três vezes (não me lembro direito)maior que a baía de guanabara,o passeio é lindíssimo !! existe um outro passeio em que você sai de chalana de Barão de melgaço ou de Santo Antonio percorrendo o rio cuiabá já em solo pantaneiro entra no rio Paraguai podendo descer até Corúmbá em MS ou apenas voltar, dependendo do passeio, recomendo ainda mais para quem gosta de pesca. Se não, a paisagem, beleza e calma de tudo já valem a pena.
Cuiabá possui uma vida noturna agitada (é um dos primeiros em consumo de cerveja per capita do pais) o seu povo é caloroso, claro, além da cidade ser quente mesmo.
Tem uma culinária regional fantástica, com peixarias e churrascarias de primeira !
por enquanto é só mas se alguém tiver alguma dúvida sobre a região acho que posso responder !!!!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Oi Leo, tudo bem?
Estou indo a Chapada, no feriado de 02/11, terei 3 dias cheios para visitar, o plano é visitar as cachoeiras da Chapada em um dia, no outro a Caverna Aroe Joari, e no 3, ir a Nobres para visitar o Aquario Encantado. O que acha?
Fico em dúvida se alugo um carro e pego um guia, ou se fecho um pacote... sabe algo sobre isso?

Lauro Machado
Lauro MachadoPermalinkResponder

Olha, o Operário de Campo Grande-MS ainda existe, mas está na 2ª divisão estadual.

E em Mato Grosso, o Mixto de Cuiabá e o Operário de Várzea Grande são tradicionais. O primeiro, inclusive, disputa a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro.

E o MT também um atrativo para Grêmio e Inter: todo ano, um dos dois joga lá pela Copa do Brasil. O duelo de colorados (União de Rondonópolis x Inter) foi sugerido pelo governador, que nasceu no PR mas é colorado.

Agora falando em turismo, o Mato Grosso é um estado que eu gostaria de visitar. Já sonhei com Nobres e Chapada dos Guimarães.

Dionisio (www.blig.com.br/dionisio)

A Copa do Mundo tem um componente geo-político-econômico, que é o de contemplar a elite do futebol (Porto Alegre, Curitiba, SP, Rio e BH) - que por acaso também é a elite econômica e de infraestrutura do pais - e destinos clássicos de turismo (Recife, Natal, Salvador, Fortaleza, Amazônia-Manaus e Pantanal-Cuiabá). Só Brasília entra como penetra, porque é o centro da politicagem nacional. Agora, vai ser bonito de ver seleções jogando a 5 graus celsius em Porto Alegre e outras a 35 em Cuiabá. Bota país bacana o nosso. Quase nenhum pode ter essa diversidade.

Praia em Cuiabá

Olá,

Estamos fazendo uma pesquisa, se você entrar nesse blog por favor responda esta pergunta:

Você gostaria que Cuiabá tivesse praia?

Se sim, mande um e-mail para: praiaemcuiaba@gmail.com. Apenas: "Sim, seu nome INTEIRO e a cidade de onde você é" Ex: Sim. Tony Ramos. Rio de Janeiro. Se não, não mande e-mail nenhum. Se não for de Cuiabá, se acha que a praia iria melhorar o turismo para a Copa de 2014, por favor, também mande um e-mail que SIM!!!!
Obrigado!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Praia em Cuiabá? Essa pessoa comeu hipoglós???
Adoro Cuiabá, apesar de todo calor de lá. Acho a cidade super arborizada, cheia de bares ótimos, restaurantes deliciosos e um povo muito,muito gente boa...

Dayanna Andrade

Olá Riq, sou leitora assídua do seu blog embora quase não comente..
Aproveito então essa oportunidade para deixar uma SUPER HIPER MEGA DICA para os amantes da natureza.
Vou todos os anos à POUSADA KURYALA http://www.kuryala.com.br
Fica em São Félix do Araguaia - MT. É um pequeno munícipio banhado por lindas águas do Rio Araguaia e Rio das Mortes. No mês de julho quando o rio baixa formam lindas praias de areia branca e é um sonho para os pescadores (apaixonei-me pela arte da pesca).
Bom, a pousada é bem familiar, os donos são Gaspar e Salete Ritter. A idéia deles foi construir a pousada no mesmo lugar onde passaram a Lua de mel.. Depois de aposentados montaram a pousada.(romântico não?)
Gaspar é aviador há muitos anos e tem o seu próprio avião para buscar os hóspedes que fecham os pacotes, por ser uma região bem remota a melhor maneira é ir até Goiânia (onde moro)onde o Gaspar estará esperando com seu avião.
Em Goiânia tem a agência responsável por fechar os pacotes também chamada Kuryala fone: 62-3215-1313.
Bom, está aí minha dica, o site deles não está muito atualizado não, mas podem ter certeza que quem ama natureza e pescaria vai amar.
Riq, se desejar fotos me mande um e-mail, tenho várias..rs
bjs
Dayanna

Ricardo Freire

Obrigado, Daiana. Vou acrescentar o Rio Araguaia às atrações mato-grossenses.

Yara
YaraPermalinkResponder

Riq,
Obrigada mesmo pela ajuda! Eu não tinha noção dessa diferença que é muito importante na hora de curtir o aviagem. Aliás, a idéia de alugar um apê e as dicas postadas nas matérias anteriores têm sido essenciais no nosso planejamento. wink
Ah, meu computador não consegue responder, por isso escrevo sempre no final das msgs sad.

léo
léoPermalinkResponder

Alguns Pontos turisticos :
Chapada dos guimarães :
* Lagoa azul
* Véu das noivas, caverna do frances, cachoeira do pulo, cachoeira das andorinhas e cachoeira dos malucos. passeio em que vc chega de carro no véus das noivas e percorre a pé as outras atrações.
* Morro de são geronimo: Trilha lindíssima que leva ao ponto mais alto de toda a chapada.
* Mirante da chapada
* Existem várias outras cachoeiras
* Portão do inferno: turismo mórbido.Uma curva na estrada com um precipício ao lado (com vista para um vale muito bonito), onde eram jogados vivos os bandidos mais perigosos, método utilizado por um secretário de segurança na época do fim da ditadura.

Nobres:
* A região de nobres possui a mesma formação rochosa que Bonito (calcária) possibilitando que todos os rios da região sejam muito transparentes (Iguais aos de Bonito), diversas cavernas para mergulho ainda estão sendo descobertas.
*Também na região existe uma lagoa azul sensacional .

Cáceres:
*Cáceres Possue uma lagoa muito semelhante com a que existe em Bonito, ela tem mais de 180 mts de profundidade de águas incrivelmente transparentes, sendo pico para os mergulhadores. Existe uma pousada que fica muito próximo da lagoa que é usada como base. Valew a pena !!!

Gastronomia: Indico um restaurante em cuiabá que se chama SÓ PERA, que tem como carros chefe uma Peraputanga na brasa que é qualquer coisa de sensacional, além da feijoada de peixe que é uma novidade.
até mais !!!

LucianaM.
LucianaM.PermalinkResponder

Estive em Cuiabá para um congresso em 2003. Foi em julho e o clima estava ótimo. Não deu para passear muito, mas estive na Chapada e adorei! Fui a bons restaurantes (não lembro os nomes) e as pessoas foram extremamente simpáticas. Fiquei com pena de não ter tido tempo para passear mais...

Derbs
DerbsPermalinkResponder

Sobre a questão do desmatamento é importante lembrar que Copa = evento = turismo = geração de oportunidades de negócios e empregos = valorização de mecanismos de defesa ambiental. Logo, podem surgir outras formas de renda que não o impactante desmantamento. Boa oportunidade de um colunista ficar sabendo pra que mais serve o turismo.

TST
TSTPermalinkResponder

oi Riq, amo seu blog..Indico a todos sempre.. Sobre Cuiaba tenho algo a dizer... Já viajei um pouco e adoro roteiro mais exclusivos, bacanas .. Mas uma das experiencia mais marcantes a minha vida foi ir ao Cristalino lODGE. é indiscritivel, único..Uma daquelas coisas q vc tem que fazer antes de morrer..Abraçar arvore de 600 anos no meio da amazonia não tem preço... Sobre Cuiabá: a vida notuna é bacanerrima, bons restaurantes...Super viajem..

Alini Raquel de Oliveira

O estado do Mato Grosso é um dos celeiros do Brasil é um dos estados que mais cresce no Brasil.
Desmatamento existe sim, mas qual estado nãoo derruba suas florestas para aumentar a economia???

Sabe quando o EUA vem mandar na nossas florestas e o que a gente responde? Desmantou a deles agora vem opinar...Isso ocorre também no Brasil, São Paulo é uma Mata???

Não acho que para critícar não deve somente basear no que o noticiário diz, tem que conhecer e depois dizer...

Sou Matogrossense com muito orgulho e sei que meu estado tem maravilhas...(prontofalei)

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Ricardo, tudo bem?
Queria que você adicionasse também Tangará da Serra... Estou defendendo a cidade que me acolhe há dez anos! Hehee
Temos o Salto das Nuvens, Salto Maciel, Hotel Fazenda Primavera, diversos eco-esportes, mirante, aldeias, e, acima de tudo um baixo custo-benefício para os mochileiros como eu!!!
Beijocas.

Ricardo Freire

Anotado! Quando der um tempinho eu adiciono!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Obrigada, querido! Fico imensamente agradecida e fica o convite, viu? Beijãooooo.

Carla Zen
Carla ZenPermalinkResponder

Olá, estou pretendendo fazer uma viagem para o pantanal, amazônia (cristalino logde) e bonito. ALguém tem dicas de hotéis, hotel fazenda, em bonito e no pantanal?

Sula
SulaPermalinkResponder

Ola Carla, acabo de voltar de Bonito pela 2ª vez. Estive no Hotel Marrua, muuuuito bom, o pessoal é atencioso, hotel confortável e um café da manhã que é show.
Lá tem também o Zagaia Eco Resort, que andou ganhando prêmios inclusive. Ai vai depender do seu objetivo. Se é aproveitar os passeios, não é necessário um hotel top. Quanto a hoteis fazenda, um muito comentado lá é o Esmeralda. Uma amiga se hospedou nele, mas deve saber que os hotéis fazenda são um pouco afastado da cidade, então se queres aproveitar para bater perna a noite e aproveitar os ótimos restaurantes que tem lá (Pantanal, Rei do Jacaré e Caso do João - este último é perfeito) então melhor ficar mais perto da cidade.
Se quiser dicas dos passeios, me diga que posto aqui. Espero ter ajudado. Boa viagem.

Lucia Malla
Lucia MallaPermalinkResponder

Carla, no Pantanal, eu sugiro a Fazenda San Francisco (meu post sobre). Eles têm passeios ótimos, de avistagem de fauna, tanto diurno quanto noturno. É uma das áreas com maior densidade de onças no Pantanal.

Em Bonito, fiquei no hotel Águas de Bonito. Gostei, é bem relax. Fiz diversos posts sobre Bonito: Aquário Natural, Rio Sucuri, Abismo Anhumas, entre outros.

Luciana Betenson

Carla, a Pousada Caiman é uma excelente opção.

Candida
CandidaPermalinkResponder

Olá Carla,
Nunca fui no Cristalino, mas ví as novas fotos dos apts e parece que o hotel tá um luxo, no meio da mata, mas com muito conforto e estilo. Mas a localização dele é totalmente diferente de Bonito.
Quem vai para Bonito, geralmente fica hospedado nos hotéis Pantanal Sul. Eu já fui para a Caiman e amei.
È simples, mas muito agradável. A comida farta, saborosa e bem regional, mas com pratos variados. Até engordei lá. rsssssss.
E os passeios que são o principal, são ótimos excelente infra estrutura ( safari de caminhão, caminhadas à noite, cavalgada, canoa, bicicleta, muito variado e com grandes chances de ver bichos e passáros). Cheguei a ver até onça, acredita????
Dicas não esqueça do binóculo, muito útil nos passeios e do repelente (voltei até com ingua e tive reação alérgica as mordidas), mas valeu a pena as lembranças que guardo na memória.
Gostei muito.

Carla Zen
Carla ZenPermalinkResponder

OI, Sula, quero dicas dos passeios também. Preciso programar direitinho quantos dias preciso lá... De qualquer maneira, muito obrigada à vc e a Candida pelas dicas!

Sula
SulaPermalinkResponder

Olha, qual período vc esta querendo ir? Pergunto pq fui em abril e fui agora em setembro. Em abril, nos passeios vi muuuita mais verde e lindas flores... a paisagem estava impecável, porém, devido as chuvas, alguns rios estavam barrentos, mas para mim, que nunca tinha visto como eles eram normalmente, não atrapalhou em nada. Se quiser que mando fotos pra vcs é so dar o endereço. Entáo, os rios estavam bem cheios, mas barrentos. Agora em setembro, o verde das paisagens náo estava legal náo, mas os rios estavam liiiiiiiiiiiiindos....

Nas duas viagens, a flutuaçao estava igual... a mesma agua cristalina. As 2 vezes flutuei no rio sucuri, sendo que nesta últim optei por almocar na fazenda tb. Amei e recomendo. Mas tem que reservar antes ta. Eu náo fui, mas tooooodos me disseram pra n deixar de fazer a flutuaçao no Rio da Prata.

Diferenças marcantes: Flutuacao no Rio Sucuri, mas diversidade de plantas.... muitas cores e um rio azul e transparente - Incrível. Há peixes, mas a variedade é muuuito maior no rio da Prata.

Tem um hotel pertinho da cidade que chama Cabanas. Bem legal para ficar tb, mas independente da hospesagem há um passeio em bóias, chamado Bóia Cross. Fui as 2 vezes. Super divertido. Só cai na água em uma cachoeira (chama de Cachoeira do Batismo). Náo tem problema se náo souber nadar. É seguro.

Dessa vez, estavamos num grupo de 10 pessoas, e fomos fazer o passeio do BOTE. É muuuito legal tb. É um percurso de uns 8 km onde vc desce várias cachoeiras e corredeiras. Pura adrelalina, porém vc náo cai no rio a náo ser que queira.

As 2 vezes que fui, fiz o Passeio do Rio do Peixe. É um dia todo de passeio, com almoço (tinha 18 tipos de doces cazeiros rss) Vc desce margiando um rio, e vai vendo as cachoeiras...várias delas.O dono da fazenda é quem nos recebe e é muito engraçado. La enquando vc esta na fazenda, há tucanos passeando pelo cháo, Vc pode tirar fotos com araras enormes e coloridas e alimentar com bananas os macaquinhos que vem comer na sua máo.... muito legal. Mas há outros passeios de cachoeira, mais curtos, caso queira conciliar com outro passeio. Tem a Fazenda Mimosa e o Parque das Cachoeiras. Tem tb uma cachoeira fazenda - a Boca da Onça - a maior cachoeira do MS, nas tem que caminhar uns 6 km pra chegar la (eu náo fui).

Quanto a gruta azul, ela é linda, mas só. Eu tenho medo de altura e sofri a beça. Náo há segurança, é tudo bem rústico e sáo muuuuuuuuuuuuuuuuuitos degraus, mas muuuitos rs. O azul do lago é único. Se quiser, tenho fotos.

Eu fechei os pacotes com a bonitour e gostei do atendimento deles. Náo deixe para escolher os passeios la pois corre o risco de náo ter vagas.

Qualquer dúvida, me diga que esclareço.

Sula
SulaPermalinkResponder

Rik, caso queira fotos de Bonito para montar um Post específico, tenho umas lindas fotos. Qualquer coisa me escreva. sulamitakeila@yahoo.com.br

Jeff
JeffPermalinkResponder

Carla
Já fiquei hospedado no hotel Santa Esmeralda em Bonito. O hotel fica dentro de uma fazenda a 17 km do centro de Bonito. Gostamos muito e recomendamos (parece que agora o hotel até faz parte do Roteiro do Charme). A única questão é que é necessário ter carro.
Abraço

Lena
LenaPermalinkResponder

Eu fiquei no Zagaia e achei muito bom. O melhor de bonito são os passeios. Acho que é o destino de Ecoturismo mais antigo e melhor estruturado. Você vai se impressionar wink

Eugenia
EugeniaPermalinkResponder

Ricardo, deixar de fazer a Copa no Rio não melhoraria a violência, e deixar de fazer a Copa em Brasília não melhoraria a corrupção. A escolha da cidade e o desmatamento não têm nada a ver.

Muito boas as dicas dos leitores.

Ana cecilia
Ana ceciliaPermalinkResponder

Estou pensando em ir para Nobres no carnaval (marco). Tenho poucas infos. Vou com o marido e duas crianças.
Vcs podem me ajudar? Quero saber se vai vale a pena, se vou ter atividade/ passeios para 5 dias?
Alguma dica de pousadas?
Sei apenas que êh parecido com Bonito mas ainda com pouca estrutura para o turismo.
Abs, Ana Cecilia

Fernanda M
Fernanda MPermalinkResponder

Oi, Ana Cecília
A uns quatro anos, fui a um casamento em Rondonópolis, e estávamos de férias. Ficamos quinze dias pelo Mato Grosso e foi surpreendente como aproveitamos. Fomos para o Pantanal, mas não conseguimos ficar no Hotel do Sesc (parece maravilhoso). Ficamos na Rede Mato Grosso, também em Cuiabá e num Parque Aquático. Um dos lugares mais lindos que eu já vi. Fizemos a focagem noturna dos jacarés, do alto de um caminhão (os jacarés são muito ágeis à noite, no rio é perigoso). Também fomos para a Chapada, e aproveitamos diversas atrações do festival de inverno. Foi ótimo. Lá é super místico. Passeamos também em Jaciara, capital do turismo de aventura do Mato Grosso, e fizemos rafting com a família toda, crianças pequenas, nossos primos e tia.
Nobres: Meu primo recomendou muito, falou que é muito lindo, e é.
Problema: no caminho, na estrada de terra, meu carro deslizou lateralmente porque freei, ficando tombado em uma ponte. Tudo bem, foi só um susto, mas nenhum dos celulares tinha sinal (tim, vivo).
Meu marido conseguiu ajuda, colocaram os pneus no chão e seguimos.
A cidade é pequena, a pousada que ficamos era simples (mas agradável).
O que senti na cidade foi muita falta de infra-estrutura. Apesar de ser perto de Cuiabá, não dá prá chegar rapidinho por causa da estrada de terra. Não tinha nem uma farmácia. Para nós que somos adultos, tudo bem, só que estava com 3 crianças pequenas e fiquei um pouco apreensiva.
Fomos no lago das Araras na mesma tarde que chegamos. No dia seguinte fomos ao poço de mergulho, e foi o melhor, para mim. Na flutuação, meu filho mais velho me disse que estava com medo. Fiquei prá morrer, mas já estávamos no meio e continuamos, pertinho dele.
Concluindo: é realmete muito lindo, tem um filme rodado lá (acho que "os batutinhas" - nacional), mas tem que ver a idade e temperamento de seus filhos para ver se vale a pena.

Clarissa Donda

Ana, Estive em Nobres recentemente e fiz um post completinho de lá sobre coisas que dá para fazer. E quando fui, vi muitas crianças por lá, fazendo as mesmas atividades que os adultos (com supervisão especial, claro!).
Acho que, se você tiver interesse em conhecer todos os atrativos da região, tem passeio para 5 dias sim!
Dá uma olhada neste post que eu escrevi sobre lá: http://www.dondeandoporai.com.br/category/destinos/america-do-sul/brasil/mato-grosso/nobres/

Espero tê-la ajudado! wink

felipe
felipePermalinkResponder

ola,gostaria de saber,se em cuiaba tem praia??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olha, até a última vez que chequei não tinha não...

Antonio Marcos

O MATO GROSSO, aínda é virgem e muito inocente, e gostaria muito de receber pessoas de bem e muito inteligentes pra saber compreender a NATUREZA, aqui não existe o ESGOTO a CEU aberto, as DROGAS, DOENÇAS, é tudo NATURAL. Queremos que venham nos conhecer, não sabemos oque é VIOLENCIA de cidades grandes, aqui pensamos em PRODUZIR oque a natureza nos DÁ, gostamos muito de voces irmãos brasileiros. um abraço

Iracema
IracemaPermalinkResponder

Olá VnV!
No início de setembro/2011 irei a Mato Grosso. Como vou sozinha e terei poucos dias tenho procurado por receptivos. Tenho me surpreendido com os preços altíssimos de passeios/transfer por lá.
No mês passado estive no Peru e pelo dobro de dias, paguei quase a metade dos valores que estão oferecendo em MT. É de entristecer a exploração sobre o turista feita em alguns lugares de nosso país!

Será que alguém tem dicas econômicas para conhecer algumas atrações como Chapada dos Guimarães, Nobres e Pantanal Norte?
Desde já, agradeço. Abraço a todos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Iracema! Vamos colocar sua pergunta no Perguntódromo, mas com certeza o jeito mais em conta de fazer Chapada dos Guimarães e Nobres é alugando um carro e indo por conta própria. Para o Pantanal Norte você pode deixar para averiguar os passeios depois de chegar. Para fazer ecoturismo no Brasil, ter tempo de sobra é essencial para poder se encaixar em passeios com mais pessoas, que é o que barateia cada atividade. Se você não tem tempo, os pacotes das boas agências de ecoturismo, apesar de salgados, garantem que você vai aproveitar todos os seus dias de viagem para fazer as atividades que está pensando.

Iracema
IracemaPermalinkResponder

Obrigada Bóia!

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Olá, Iracema.
Moro em Cuiabá, e acho que a Bóia tem razão, o mais barato é vc alugar um carro, até pq para viajantes sozinhos tudo sai mais caro, é incrível (pacotes, diárias de hotel etc). Falei com um amigo que entende disso e ele me escreveu o seguinte:
"Talvez é melhor para ela, em termo de custos, alugar um carro de passeio (tipo Fiat Uno Básico) e fazer diretamente as reservas para os lugares que ela quer descobrir.
Para o Pantanal, sugiro a Pousada Piuval (0XX-65-3345-3479). Para Chapada dos Guimarães, não falta opções de hospedagem mais em conta, seja a Pousada Bom Jardim ou a Pousada Rios, bem no centro. Para Nobres, contatar Klebinho da Pousada Reino Encantado (cel: aqui eu censurei o celular, mas se vc quiser, te passo por e-mail).
Se ela quiser contratar um guia naturalista que seria também o motorista, ele cobrara R$ 150,00 por diária."

É isso, espero ter ajudado. O que eu sei é que as pousadas geralmente fazem passeios ou indicam alguém que faz.
Abraços.

Iracema
IracemaPermalinkResponder

Jussara,
Vc foi muito gentil e ainda consultando um amigo... brigadão!
Dicas muito úteis. Aceito o celular do Klebinho: iracemartim@gmail.com
Abraço

Amelia
AmeliaPermalinkResponder

Gostaria também do celular. Meu email: anaolandimarrobauolpontocompontobr

Leila Mattos
Leila MattosPermalinkResponder

Amelia, o celular do Klebinho é (65) 9237-4471.

Omochileiro
OmochileiroPermalinkResponder

Bóia, tô pensando em ir pra lá no feriado de 02/11... mas esclareça-me: o que você quer dizer com alugar carro e ir por conta própria a Nobres e Chapada? As atrações são sinalizadas? Eu consigo achar os lugares bacanas por lá sozinho? E aquele papo de várias atrações na Chapada estarem fechadas? Isso ainda procede? Há atrações que dá pra chegar sem guia? Help! rs

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Omochileiro, vários pontos da Chapada estavam fechados para reestruturação, o parque nacional terá uma área concedida para um operador privado (nos moldes do Parque do Iguaçu), vai ganhar teleférico etc.

Seja como for, alugar carro é essencial pq qualquer outra forma de transporte assistido vai te custar mais. Nobres não é assim tão perto de Cuiabá como a Chapada.

Nádia
NádiaPermalinkResponder

Moro em Cuiabá-MT e não faço a menor idéia de que lugar é este que o Antonio Marcos tá falando...Fiquei até curiosa!

MATHEUS
MATHEUSPermalinkResponder

Ricardo, desculpe postar aqui, mas nao achei outro lugar. Em janeiro estou programando uma viagem de 20 dias com minha namorada, e estamos sem nocao total de destino. As vezes pensamos em ir para Cuba e Punta Cana, outras para a Ásia, incluindo India e Thailandia. Nao tenho achado quase nada sobre os países asiaticos em portugues, recomenda algum blog? Ou algum leitor que tenha ido, possa fazer um breve roteiro pra gente, como sugestao? Sei que a India é enorme e teriamos de abrir mao de muitas cidades, pq conhecer todo o país é impossivel, mas nao tenho nem noção de como se locomover dentro do país.... se tem trem, se compensa de aviao, onibus, nao sei mesmo! HELP!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Matheus! Na seção Ásia A-Z você encontra o que já foi postado no site sobre países deste continente:
https://www.viajenaviagem.com/e/asia-a-z/

Com um bocadinho de paciência você vai achar dicas boas nos comentários dos posts smile

MATHEUS
MATHEUSPermalinkResponder

Obrigado!

João Henrique

Tem uma coisa que ninguém sabe, Cuiabá não era pra sediar a Copa 2014, isso tudo foi do Ex-Governador, atual Senador, Blairo Maggi. Ele é conhecido mundialmente, e tem bastante moral com politicos fora do Brasil, foi por causa dele que Cuiabá sem estrutura do geito que está, vai sediar a Copa de 2014.

Abraços

Leila Mattos
Leila MattosPermalinkResponder

Dando retorno...
Peguei o celular do Klebinho (65) 9237-4471 com a Iracema (post acima) e a partir daí, organizei minha viagem e deu tuuuuuuuuudo certo. Fui em setembro/2011.
Viajei sozinha, só tinha 4 dias inteiros e queria conhecer um pouquinho de: Cuiabá, Pantanal Norte, Chapada dos Guimarães e Nobres. Pelas agências os passeios estavam muito caros e alugar um carro achei que não valeria a pena porque além de estar sozinha, as distâncias são muito grandes e estava com pouco tempo.
Liguei para o Klebinho, da Pousada Reino Encantado em Nobres e ele foi super atencioso. Fiz a reserva na pousada dele (reserva apenas pelo celular, porque o site está em planejamento). O Klebinho me indicou um guia/motorista de confiança e disse que com guia/motorista eu aproveitaria mais (verdade absoluta).
Fiz contato com o guia/motorista Edmilson (65) 9971-7352 também muito atencioso. Ele me cobrou R$300,00 a diária (com o carro dele, incluindo gasolina, quilometragem livre e passeios, além dele explicar com um ótimo conhecimento de causa e uma boa companhia por 4 dias). Sugeriu a ordem do roteiro (para aproveitar melhor o tempo) e pousadas. Trocamos e-mails e o Edmilson cumpriu absolutamente tudo que combinamos, inclusive reservando as pousadas.
Achei que valeu a pena ter um guia/motorista. Se eu alugasse um carro além da diária, seguro e combustível, teria de me preocupar com as estradas (muitas vezes de terra), longas distâncias e ainda não teria toda a explicação de um guia. Valeu pelo custo/benefício.
O guia Edmilson me pegou 6:45 no aeroporto e seguimos direto para o Pantanal.
- Pantanal: Pousada Rio Claro (incluindo almoço, à tarde passeio de barco, jantar e café da manhã). Fica no km 46 da Transpantaneira, o que possibilita avistar mais animais e fomos fazendo a focagem na ida e volta.
- Chapada dos Guimarães: Pousada Vento Sul (incluindo café da manhã, atendimento pessoal e atencioso da dona). Na Chapada fui ao Mirante do Centro Geodésico, Véu da Noiva (almocei lá... delicioso), Cachoeirinha e Pôr-do-Sol num Mirante improvisado no Portão do Inferno. À noite, uma volta no centinho e lojinhas de artesanato.
- Nobres: Pousada Reino Encantado (é a pousada do Klebinho. Ele e sua família são super atenciosos e você se sente em casa. Inclui café da manhã e as excelentes refeições você paga à parte. E tem o atrativo Reino Encantado com flutuação). A pousada fica há uns quilômetros da Vila de Bom Jardim, mas a Vila não oferece muitas opções. Fiz a flutuação no Reino Encantado, fui ao Balneário Estivado, Pôr-do-Sol na Lagoa das Araras e Gruta Duto do Quepó (na manhã seguinte).
- Cuiabá: fizemos um tour pela capital e no início da noite, o guia Edmilson encerrou o seu trabalho comigo, me deixando no Hotel Diplomata (fica em Várzea, próximo ao aeroporto). O Hotel Diplomata oferece transfer grátis para o aeroporto.

O Klebinho e o Edmilson me autorizaram colocar os telefones deles aqui no VnV.
Espero ajudar outras pessoas, assim como me ajudaram.
Abraços.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Qual o melhor bairro para se hospedar em Cuiabá, enquanto fica entre uma atração e outra (Nobre/Chapada/SESC) ???

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amélia! Vamos pôr sua pergunta no Perguntódromo.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Eu sempre fiquei no Intercity, que fica em Goiabeiras.
A rede hoteleira em Cuiabá é deficiente pacas, tem pouca opção de hotéis.
Aqui o link: http://www.booking.com/hotel/br/intercity-premium-cuiaba.pt.html?aid=311840;label=intercity-premium-cuiaba-PxjehS3FjWmEMrzJCHmbGwS14940171433;ws=&gclid=CIeX-vPsq7ACFQyc7QodKB9hWg

marcia
marciaPermalinkResponder

Moro em Cuiabá. Te diria que é no centro da cidade por exemplo no Hotel Deville. Ou então na região do Centro Politico Administrativo - Av Historiador Rubens de Mendonça.
Hoteis Paiaguas ou Taiama.
Sao bairros bons e de facil deslocamento.

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Agradeço, Marcia, acho que vou ver pelo booking qual destes está em promoção.
Saberia me informar boas maneiras de me deslocar para a Chapada e Nobres?
Vou passar 5 dias no SESC e depois gostaria de visitar estas duas atrações.

Igor
IgorPermalinkResponder

Na minha opniao vc deve ottar entre o Deville Cuiaba, o Intercity Cuiaba, o Holiday Inn ou o Golden Tulip. Ha tambem o Grand Odars, inaugurado recentemente, que nunca me hospedei. A melhor localizacao sem duvida e do hotel Deville proximo a varios bares e restaurantes.

silvia
silviaPermalinkResponder

bom dia Bóia

Gostaria de avisar que quando se tenta entrar no link de portugal do perguntodromo aparece esse de cuiabá que é vizinho.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvia! Obrigada por avisar. Já está corrigido agora grin

marcia
marciaPermalinkResponder

Amelia nunca fui a Nobres mas creio que seria melhor pegar alguma excursão e passar 1 ou 2 dias lá. Dizem que é muito bonito porém nao vá esperando muita infra - estrutura.
A Chapada fica a cerca de 90 minutos de Cuiabá. Sempre fui de carro , porém há vans e também onibus saindo da rodoviaria.
Se alugar um carro nao vai ter nenhum dificuldade em chegar. Se quiser dormir há a Pousada Penhasco ou a Pousada dos Ingleses. Para comer recomendo o Morro dos Ventos com pratos tipicos da regiao : galinhada, maria isabel ( arroz com carne seca ) ou mujica de pintado ( ensopado de peixe da regiao ) ou o bistro da mata. Os dois restaurantes pertinho do outro.
Meu marido esteve na semana passada no sesc pantanal. A infra estrutura é boa, nao espere pegar muitos peixes se for pescar. O passeio pelo Pantanal é único vc vai gostar.

Amelia
AmeliaPermalinkResponder

Dando um retorno da viagem para Cuiabá, Chapada e Nobres: aproveitamos milhas TAM para a ida e SMILES para volta.
Seguindo a dica do Ernesto, fomos passar 6 dias no hotel do SESC Pantanal, foi ótimo, acomodações e alimentação perfeitos, passeios de barco, cavalgada e trilha organizados, acessíveis e interessantes.Voltamos para Cuiabá para alugarmos um carro e fomos para Chapada, Pousada Vento Sul (com o Fernando, atravé do site), novinha e com café da manhã delicioso, fomos a cachoeiras e mirante, na cidadezinha, vimos a antiga igreja, compramos artesanato e comemos uma pizza maravilhosa!Dormimos 2 noites e pegamos a estrada para Nobres. Alguns trechos de terra e um visual lindo da chapada ao longe.Ficamos na Pousada Reino Encantado, após falarmos direto com o Klebinho.Fica em uma fazenda que tem rio para flutuação e próxima ao Aquario e a flutuação do rio Salobra. A maioria dos passeios cobra 60 reais por pessoa. A visita ao Rio Estivado, valeu pois, era dia de semana e não havia muvuca de gente com musica e bebedeira, estava vazio e os peixinhos são barabaros.
Nobres é muito mais visitado por estrangeiros do que por nós brasileiros, ficou faltando a visita a cachoeira da Serra Azul do SESC, e a flutuação no Rio Triste, que teremos que voltar para ver.
Em Cuiabá nos deixou triste o descaso com o patrimonio histórico da cidade e adoramos comer no restaurante Sopêra.Obrigada pelas dicas!!

Amelia
AmeliaPermalinkResponder

Ainda ficou a vontade de pegar a Transpantaneira e ir até Porto Jofre.

Bianca
BiancaPermalinkResponder

Gente, qto custa, em média, os passeios da Chapada dos Guimarães? Alguem indica um transfer da Chapada para Poconé?
Vou ficar 7 dias em MT, vcs sugerem qtos dias pra chapada e qtos dias para o pantanal?

Obrigada
Bianca

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bianca! Ainda não temos conteúdo organizado sobre Mato Grosso.

Vamos pôr sua pergunta no Perguntódromo, se responderem as respostas aparecerão aqui.

Dá uma olhadinha no site Viagem na Natureza, da ABETA. Ali você vai ver os passeios disponíveis, ver quais quer fazer (e com isso quantos dias vai precisar) e quais os operadores locais (daí você aproveita para cotar).

Nesse momento o site tá com aviso de malware, mas acredito que se resolva rápido:
http://www.viagem-natureza.com.br/

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Bianca,
Depende do tipo de passeio, mas deve variar entre R$60 a 120,00 reais. Para entrar no Parque Nacional e fazer o circuito das cachoeiras + a Casa de Pedras, por exemplo, estão cobrando R$60,00. Passeios para mais longe e mais elaborados custam mais.
Um amigo que esteve recentemente no Pantanal e depois foi para a Chapada disse que 3 dias no Pantanal são suficientes. Na Chapada a vista mais espetacular, na minha opinião, é a do Mirante, e é de graça. =)
Para transfer até Poconé acho que várias agências de turismo fazem, só conheço (de ouvir falar) a Chapada Explorer (joga no google). No hotel ou pousada certamente vão saber te indicar outras.

Clarissa Donda

Bianca, depende! A quantidade de dias vai depender do que você quer fazer!

Pantanal eu recomendo dois ou três - dá para fazer os passeios diurnos e noturnos, focagem de animais, pesca, essas coisas - ou ficar mais tempo se a idéia também é descansar! smile
Chapada eu já fiquei uma semana (com amigos), e acho que em 3 dias você aproveita bastante! Não deixe de fazer um passeio de duck nas corredeiras de lá, nem as trilhas que a Chapada tem, são lindas!
Agora, eu fortemente recomendo incluir dois dias em Nobres no seu roteiro. A estrutura é simples ams a beleza do lugar me surpreendeu. Vale a pena ir no Aquário Encantado, flutuação e visitar a lagoa das araras!

Aqui seguem os posts que eu fiz da Transpantaneira, Nobres, do passeio de duck na chapada e do Pantanal! As dicas de passeios, com quem fazer e onde chegar estão descritas ali, espero que ajude! smile

Nobres: http://www.dondeandoporai.com.br/category/destinos/america-do-sul/brasil/mato-grosso/nobres/
Duck na Chapada dos Guimarães: http://www.dondeandoporai.com.br/duck-aventura-ecoturismo-e-esporte-nos-rios-da-chapada-dos-guimaraes/
Transpantaneira: http://www.dondeandoporai.com.br/viajando-na-transpantaneira-ou-tinha-um-tuiuiu-no-meio-do-caminho/
Pantanal: http://www.dondeandoporai.com.br/pantanal-mato-grossense-reminiscencias-dicas-e-jacares-ao-mesmo-tempo/

Érika Marques - Outros Ares

HUmmmmmmmmm.. Essa viagem da Clarissa foi muito boa!!! Os textos estão excelente, é capaz de você sair voando direto para lá!!!

Abraços,

Marina
MarinaPermalinkResponder

Olá, queria aproveitar o final do ano para conhecer o pantanal, mas como é época de chuvas por lá, não sei se vale a pena. Entre dezembro e janeiro chove muito? Dá para fazer os passeios e as trilhas mesmo assim? Prejudica muito a paisagem? E o calor nessa época é suportável para uma paulista? smile
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Na época chuvosa os passeios são principalmente de canoa e voadeira. Avistam-se mais aves do que na época seca e menos mamíferos.

Renata
RenataPermalinkResponder

Olá! Alguém poderia me informar que operadora de celular que pega na chapada dos guimarães?
Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Todas pegam. Há pousadas que estão fora do perímetro urbano, informe-se com a sua pousada sobre o sinal da sua operadora.

Renata
RenataPermalinkResponder

Obrigado.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Boa tarde!
Gostaria de uma indicação de agencia de locação de carros em Cuiabá. Ouvi falar mal da Express, que está com o melhor preço. Alguem me indica uma agencia no aeroporto de Cuiaba por favor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila!

Você pode comparar preços no nosso parceiro Rentalcars.

Walter
WalterPermalinkResponder

Tinha uma boate chamada Z100. Mas agora fechou. Os gringos chegarão atrasados.

Gi
GiPermalinkResponder

Cuiabá tem um grande potencial turístico, pena que não há infra-estrutura, ou sequer divulgação para isso. Existem poucas agências que fazem o turismo receptivo, logo não há concorrência, e as poucas agências que fazem esse tipo de turismo acabam cobrando preços abusivos para os passeios Full Day, com saída de Cuiabá. Eu pesquisei em várias agências, e os preços mais baratos são: Chapada dos Guimarães por 170 reais, Pantanal por 185 reais e Nobres 195 reais. Eu fiz o passeio do Pantanal e Nobres, pela agência Confiança que faz os passeios receptivos (uma das poucas de Cuiabá que dispõe a fazer esses passeios), e que sequer passa no hotel para buscar os clientes (na minha opinião é por preguiça por parte da agência, eles alegam que é pra não perder tempo, mas não faz sentido, uma vez que as vans que fazem os passeios levam pouquíssimas pessoas, logo eles poderiam fazer essa gentileza de buscar/deixar os turistas nos hotéis, mas não o fazem por pura preguiça!). Eu digo que não vale a pena pelo seguinte:
- Em Nobres, o passeio foi totalmente desorganizado. O motorista da van corria demais numa estrada que em grande parte encontra-se esburacada. Chegou-se no balneário estivado e estava totalmente lotado. O plano seria primeiro fazer a flutuação no reino encantado, mas a agência não se preocupou em reservar os melhores horários para o pessoal que pagou 195 reais pelo passeio para Nobres. Furo total da agência!
- No passeio do Pantanal são quase 4 horas de estrada na ida e na volta. Passa-se mais tempo dentro da van, que no passeio em si. O guia, na verdade não é guia, é um motorista que de vez em quando pára o carro para explicar uma ou outra curiosidade. O passeio de barco que na verdade é o mais interessante, é muito rápido, e na época das cheias, avista-se poucos animais. Antes de entrar na transpantaneira, passa-se pela transburaqueira, afinal a rodovia até Poconé tem mais buracos que queijo suiço.
Ou seja, se vc deseja fazer passeios receptivos com a Confiança Turismo, desconfie, pois embora os preços sejam os "mais camaradas" (na verdade estão caríssimos, se comparados com os receptivos das praias nordestinas), eu esperava mais em termos de organização, e qualidade dos passeios.
Outro ponto negativo é o aeroporto, e o acesso para desde o aeroporto na cidade de Cuiabá. Como que uma cidade há menos de 2 meses de sediar uma Copa do Mundo, pode ter um aeroporto naquelas condições? Parece que a reforma acabou de começar! E o acesso a cidade então? Que caos, e cidade mais cheia de crateras!
Enfim, em termos de ecoturismo, eu acho que o Pantanal Sul Matogrossense, em especial Bonito, está muito melhor estruturado para receber os turistas.
Em tempo: eu passei em frente a Arena Pantanal, e esta pelo menos, ao que me parece, se encontra pronta. Mas na maquete virtual parece ser mais bonita, além do que não existem essas árvores no estacionamento, como ilustra a foto desse post.

Naielly Christhiny

engraçado... o tema da coluna é: " O que é que Cuiabá tem"? mas não fala especificamente de Cuiabá, e sim de cidades turisticas mato-grossenses... agora eu pergunto: "O que é que tem sobre Cuiabá nessa coluna?" A cidade não apresenta tanta diversidade para turismo, mas tem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Naielly! Este post é de 2009. O Ricardo Freire esteve em Cuiabá ano passado e logo teremos uma página inteira dedicada aos atrativos de Cuiabá. (Mas sem dúvida que no fato de estar tão próxima de destinos tão diversos reside o seu maior apelo turístico.)

Gustavo Cardoso

Olá, estou aqui para informar que a foto do estádio acima não representa a atual Arena Pantanal, já construída em Cuiabá. Gostaria de pedir que essa imagem fosse atualizada, para que as pessoas vejam a verdadeira forma da Arena, que se não me engano, seu projeto foi até premiado.
Obrigado.

elienay
elienayPermalinkResponder

Vamos falar então o q cuiabá tem, cuiaba, parque mão bonifacia, 77 hectares de are verde com mirante, parque tia nair, temos pontos hostoricos em cuiaba como o museu que conta a historia do estado e de cuiaba, la tem objetos de muitos anos atras a igreja conhecida aqui como, a notredame de loudes cuiaba, a catedral metropolirana, morro da caixa d agua velha, temos casarões coloniais no centro histórico, exlentes casas de shows, gerônimo, musiva, etc, excelente peixarias no tradicional bairro de são gonçalo beira rio
Temos a arena pantanal com uma arquitetura moderna, temos o parque dom aquino tambem, horto florestal. Parque zé bolo flôr, casa de artes luiz beccari, teatro zumira canavarros tambem moderno, sesi parque, lagoa trevisan, morro santo antonio na região metropilitana, casa de shows populares de rasqueado e lambadão, como o galpão, colônia show bar, temos excelentes churrascaria, peixadas e restaurante, choppão, getulio, peixaria okada, etc lago do manso tambem na região metropolitana, resort nessa mesma região, igreja do rosario e são benedito, igreja construida por escravos feita de adubo, temos os tradicionais pontos históricos como a ponte de ferro na região do coxipó, o pelourinho na praça da mandioca, a antiga bica, o antigo chafariz na praça bispo dom josé, temos exelentes hospitais particulares, exelente frota de taxis, hoteis para todos os niveis, desde hoteis em bairros luxosos, a hoteis simples, cuiaba é conhecida como cidade verde, por ser muito arborizada. Cuiaba tem problemas estruturais como toda cidade grande, temos um transito pessimo e violento, ruas esburacadas, transporte coletivo de pessima qualidade, mas temos um povo forte, hospitaleito caloroso, isso ja vale a pena conhecer cuiaba

Paola
PaolaPermalinkResponder

É tao bonito cuiaba

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar