Você esteve recentemente na Argentina ou no Chile? Conte se a gripe suína pegou você ou não

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Está na capa de todos os portais: o governo acaba de recomendar que brasileiros evitem viajar à Argentina e ao Chile, por conta da explosão de casos de gripe suína nos dois países.

Aqui no blog já houve um caso relatado: uma leitora entrou serenamente numa caixa de comentários para dizer que tinha apanhado a nova gripe em Buenos Aires durante o feriado de Corpus Christi e já tinha contaminado duas pessoas no Brasil, e por isso estava de quarentena em casa.

Feita sem histeria, a recomendação faz sentido, já que não é insignificante o número de turistas que voltam contaminados do inverno do Cone Sul.

Em sua forma atual, a gripe suína representa um problema (é mais contagiosa do que a gripe comum, porque ninguém tem anticorpos contra ela) e uma enorme chatice (quem pega é obrigado a ficar isolado em casa). Mas nada, nada, nada indica que, em seu estágio atual, ela seja mais perigosa do que a gripe comum.

Ao não recomendar viagens à Argentina e ao Chile, as autoridades sanitárias tentam evitar ou retardar a chegada da epidemia ao Brasil. E ao adiar uma viagem a esses lugares, o turista evita pegar uma gripe que pode levar a férias forçadas em casa, na volta.

(Se bem que eu acho que a gente não vai escapar de se sujeitar a pegar gripe suína neste inverno por aqui mesmo.)

Mas sempre é bom lembrar que ir à Argentina não oferece o mesmo risco de transar sem camisinha ou atravessar a rua sem olhar o sinal. É uma gripe, não uma hepatite C. E não é TODO MUNDO que volta infectado; a maioria não se gripa.

Para tentar comprovar essa tese, e dar algum apoio (sem garantias, pessoal, sem garantias!) a quem eventualmente decida manter seus planos de viagem, é que eu peço: você foi (ou conhece quem foi) à Argentina e ao Chile recentemente e não pegou gripe suína?

(Se você pegou, ou conhece quem pegou, também deve falar, claro.)

Gracias!

226 comentários

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Também acho, Ana.
Mas eu não iria. Da mesma maneira que não vou ao Rio em pleno surto de dengue.
Sou neurótica mesmo...rs

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Pois é...eu também sou meio neurótica...mas estou tentando não ser...e o pior é que acaba de ser divulgado que o ator André Marques está com gripe suína...vindo de Bariloche! Olha que coisa....mas tenho fé que até o dia 18, quando eu vou, as coisas vão melhorarsmile

Ricardo Freire

Ana, até o dia 18 a única coisa que pode "melhorar" é a gripe chegar firme entre nós e não fazer diferença alguma, do ponto de vista do risco, ficar em casa ou viajar.

Luana
LuanaPermalinkResponder

E agora?
será que se eu for pra Buenos Aires semana que vem vai ter um monte de coisa fechada, ruas vazias e sem graça???

Ricardo Freire

Se você está em dúvida, não viaje. Se você viajar na dúvida, vai estragar sua viagem, porque cada espirro (seu ou de alguém próximo) causará um princípio de pânico.

Flávia
FláviaPermalinkResponder

É pessoal, parece que terei que mudar meu destino de lua-de-mel após a notícia de hj referente ao estado de emergência sanitária de BUE.... Alguma sugestão para o novo roteiro aqui na terrinha mesmo?

Ricardo Freire

Por enquanto, o Nordeste permanece desneurotizado. Faz mais sol no Ceará, no Maranhão e no Piauí em julho.

Julio
JulioPermalinkResponder

Olha a notícia de hoje do jornal "la nacion".

http://www.lanacion.com.ar/nota.asp?nota_id=1145368&pid=6779432&toi=6255

Falam inclusive sobre Bariloche.

"Río Negro. El gobierno de Río Negro declaró hoy la emergencia sanitaria en todo el territorio provincial y suspendió a partir de mañana y hasta el 26 de julio el dictado de clases por un mes para evitar la propagación del virus de la Influenza.

La emergencia fue declarada esta tarde por el gobernador Miguel Saiz junto al Comité de Emergencia Provincial, a través de un decreto gubernamental.

El gobierno provincial adopto esta medida cuando en Río Negro hoy se confirmaron un total de 11 casos de pacientes con el virus de la Influenza A H1N1, de cuáles 7 fueron registrados en Bariloche entre residentes y turistas extranjeros."

Eu iria para Bariloche com esposa e filhos (10 e 8 anos), vamos cancelar.

Na dúvida, melhor errar para mais e se precaver.

Vou para Fortaleza-CE, Bariloche fica pro ano que vem.

Ricardo Freire

É muito difícil sustentar essa viagem nesse momento de paranóia.

(Nesse momento, por exemplo, eu teria medo de histeria no avião.)

Continuo achando que daqui a um mês esta gripe estará firme e forte entre nós. E que é uma gripe, não hepatite C. Mas acho que, à mínima dúvida, a viagem deve ser cancelada, sim.

Julio
JulioPermalinkResponder

Boa Noite Pessoal!
Riq, estou com minha viagem planejada para Buenos Aires em agosto, já efetuei compras de passagens, reservei o apartamento pela byt argentina, estava dando tucdo certo, até chegar noticias desta gripe. Eu não creio que até agosto as coisas melhorarão, e também não quero expor minha familia nem meus amigos caso eu fosse infectado. Entrei em contato com a byt argentina e a gol e ambos não irão cobrar taxas. Gostaria de saber sua opnião. Estou pensando em remarcar para Janeiro, quando estarei de férias novamente. O que acha? Janeiro é uma época boa para conhecer buenos aires e uruguai? Valeu... O que vcs acham?

Ricardo Freire

Janeiro é bastante quente e úmido, mas a cidade está animada com o pessoal que ficou.

No verão não haverá gripe.

Isis
IsisPermalinkResponder

Eu não estou na dúvida de ir e me preocupar com espirros mais sim, pelo fato de as coisas estarem fechada. O que eu faço ?Será que estará tudo fechado?
Porque se sim vou perder o valor da passagem, pois no meu caso é somente a passagem.

Riq, será que tudo estará fechado?

Ricardo Freire

Por enquanto não está, Isis. E só vai ficar caso o governo decrete medidas à la México.

Quando o México fechou tudo, aproveitou um feriadão de quatro dias (o Cinco de Mayo) e pôs a população inteira de quarentena.

Naquele momento não se sabia muito sobre a periculosidade da gripe, e o verão já estava chegando. Foi uma medida oportunista, como está sendo fechar as escolas duas semanas antes das férias de inverno.

Mas não dá pra saber o que vai acontecer. A paranóia já venceu.

Natália
NatáliaPermalinkResponder

Ai meu Deus!!!!
Não tenho tanto medo da gripe, mas tô estressada com toda essa paranoia!!!!
Vou ou não para Bari????
O Ricardo tem razão, até o dia 18 só vai ter mais gente gripada por aqui mesmo, a diferença é não ter q entrar num avião de máscara...

suely
suelyPermalinkResponder

Natália,também vou dia 18/07.Eu e mais 8 pessoas.Será que os casos em Bari são muitos? Ouço falar mais de B.Aires.Um amigo chegou ontem de Bari e dise que lá não está essa paranóia que está falando nos jornais.MASCARAS SÓ NO AEROPORTO.

Natália
NatáliaPermalinkResponder

Acabei de ligar pra agência e em caso de cancelamento a multa será de U$ 500 por pessoa!!!!! To ferrada...

Isis
IsisPermalinkResponder

Mais Natalia devido a medida de evitar viagens a lugares com contaminação eles nem poderiam estar cobrando multa de ti... Qual a agencia de viagem que vc contratou?
Bariloche está em estado de emergencia também para vc querer cancelar ou o medo pegou?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Soube hoje por uma amiga que é dona de agência de viagens que o que está ocorrendo é que os hotéis estrangeiros não estão devolvendo o valor integral, e estão, sim, cobrando as multas. Afinal, eles não têm que obedecer à determinação do governo brasileiro... Daí fica o questionamento: será que as agências de pequeno e médio porte têm condições de absorver o prejuízo e pagar as multas por cancelamento de todos os clientes que resolverem cancelar? E mais: isso é justo?

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Uma amiga que trabalha numa operadora falou o mesmo...eles fecham tudo lá na Argentina e a lei de lá não obriga devolução...eles estão pagando multa. E falou que o forte deles é a temporada de esqui ou seja já deu pra perceber o problemaço...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Pois é, Carlinha, o nosso governo é mestre em fazer cortesia com o chapéu dos outros... Acho muito certo que as pessoas possam cancelar sem ônus, desde que os donos das agências, que normalmente são pequenos empresários, e contam os tostões pra pagar o aluguel da loja no fim do mês, não tenham que arcar com o prejuízo!

ricardo
ricardoPermalinkResponder

por isso acho legal organizar a viagem vc mesmo. reservei pelo booking.com e posso cancelar ate na vespera sem prejuizo. passagens tb. vou experimentar a comfort da gol q, ate caso tenha algum enfermo a bordo parece mais segura (cabine exclusiva sem venda poltrona do meio). saude otima, anos q nao pego gripe, nao sera agora (mentalizar isso...). cidade ja conheço bem, tb nao tenho histeria de primeira viagem com frustraçao se nao conhecer ou ir a algum lugar. estou 70% ir 30% nao ir.

Simone
SimonePermalinkResponder

Ontem cancelei meu hotel, tinha reservado no próprio do ElConquistador...alterei as datas das passagens na Gol, tudo sem problemas e sem tarifas...vou em janeiro, o único empecilho será a tarifa de alta temporada nos hotéis, que acredito eu que seja bem maior em janeiro

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalinkResponder

Pessoal, pode cancelar a viagem sem nenhum onus, por favor leiam os esclarecimento no site da PROTESTE. Caso estejam te cobrando alguma coisa pode ir para PROCON.

http://www.proteste.org.br/map/src/483341.htm

André - ABC Paulista

Pessoal boa noite ! Vou para o Chile no dia 16/07 estou confiante mais com um certo medo, fiz contato com 4 Chilenos e os mesmos informaram que não tem o "PANICO" que a imprensa está fazendo. A unica coisa que um dele me falou é que o pais ta cheio de BRASILEIROS, coloquei um trecho do e-mail dele "... la verdad es que todo la gente hace una vida normal por estos lados..... sin restricciones y sin mascaras higiénicas..."
Vou ficar a 400 KM de Santiago, vou tomar cuidado principalemnte na minha passagem por Santiago, se precisar uso mascara mas vai ser um ALIEN like a Police Song. Se quiserem mais informações acesses os jornais locais como www.emol.com . Abraços

Alan Hidalgo Pagoto

Estou indo para Santiago dia 13/07, e vou ficar uma semana lá. O meu medo é o seguinte: Vamos supor que, na pior das hipóteses, eu acabe por pegar a gripe suína. Eu tenho que ficar 10 dias de quarentena lá?
Meu medo é ficar de quarentena longe de tudo, longe de casa, etc.
Abraço!

Ricardo Freire

Ainda não li nenhum caso desses na imprensa, Alan. Se estivessem retendo brasileiros na Argentina ou no Chile acredito que já tivessem feito algum escarcéu.

Siga as recomendações de lavar as mãos com freqüência (leve álcool em gel) e você diminuirá bastante o risco de contaminação.

O quelelê maior está na volta ao Brasil, onde a epidemia de histeria está no auge.

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalinkResponder

A situação no Chile parece tranquila, ao contrário que ocorre na Argentina. Ontem ficou decidido a suspensão das viagens estudantis a Bariloche até 21 de julho. Logo que a notícia foi divulgada, as casas noturnas voltadas para este público se apressaram em divulgar que só abriram as portas quando o fluxo de turista estudantis estiver normalizados. Outros setores estudam o que se fará diante desta situação. Acredito que a Argentina caminha para uma situação parecida com a que ocorreuno México no inicio da epidemia, o governo tentando deter a epidemia fechando locais de concentração de pessoas e cancelando eventos públicos.

Para aqueles que vão para a Argentina, devem verificar como está a situação das localidades onde pretende visitar, para não chegar no destino e as lojas, restaurantes e atrações estiverem fechadas ou operando de forma não satisfatória.

SOLANGE
SOLANGEPermalinkResponder

Olá a todos
Tenho viagem marcada para Bariloche no dia 23/07 com meu marido e filhos adolescentes. Tive informações da agência de viagens que iria levar um grupo do colégio do meu filho e teve que adiar para 25/07 condicionado às condições da época.
De acordo com o receptivo da agência em Bariloche, as coisas
por lá estâo complicadas principalmente para a galera jovem,
por conta do fechamento de vários locais de diversâo. visitei a página de vários jornais locais e também a página do Ministerio da Saúde Argentino e infelizmente acho que vou cancelar a viagem e tentar nâo pagar multa, negociando com a operadora. Nâo se trata de medo e sim da perspectiva de uma viagem conturbada, já que em 21/07 os grupos de estudantes da Argentina e de todos os outros países estarão desembarcando na cidade, caso as coisas não piorem muito em relação ao vírus. A questão é se vale a pena fazer essa viagem nesse clima ou é mais prudente deixar para ir quando tudo isso tiver passado, o que pode significar adiar para o ano que vem.
Os números do ministério da saúde argentino não são animadores. Um abraço e boa sorte a todos.
Sol de Sâo Paulo

Blog do Giva
Blog do GivaPermalinkResponder

Uma amiga chegou do chile e falou que la não tem esse pavor todo divulgado na midia

Rubens Shitei
Rubens ShiteiPermalinkResponder

Estive com minha esposa e 2 filhas pequenas de 04 a 11.07.09 em Chapelco, peguei vôo fretado de Guarulhos direto para Bariloche, ida e volta. Amamos a linda cidade de San Martin de Los Andes, povo super atencioso e hospitaleiro. A estação de Chapelco também é linda, e, apesar de poucas pistas estarem abertas na época por falta de neve na parte baixa, a paisagem do local e a boa qualidade da neve na parte intermediaria compensou tudo.Fomos a vários restaurantes ótimos da cidade, que se encontravam na maioria vazias o que nos deu maior segurança quanto à gripe. Taxistas e comerciantes locais comentam que a gripe não chegou ainda a San Martin, e que tudo é um grande exagero. Apesar disto tomamos algumas precauções, como sempre lavar ou passar gel na mãos, e evitar comer no restaurante existente em Chapelco altura 1600, sempre lotado, e almoçamos no restaurante da base, vazio e bom. Usamos máscaras somente no vôo de volta para o Brasil, e, até esta data estamos todos em perfeita saúde.

Fran
FranPermalinkResponder

Acabei de chegar do Chile, estive 10 dias fazendo tudo normalmente, metro, restaurantes, bares, etc. Não usamos máscaras mas o alcool gel estava SEMPRE na bolsa e usávamos a cada momento. Vimos algumas pessoas com máscaras, a maioria eram idosos. Pelo que percebi os chilenos não estão gostando nada dessa propaganda negativa, não gostam de falar no assunto e continuam se beijando e abraçando sem restrições.

Voltamos sãos e salvos e ao passar pela Polícia Federal tivemos que preencher um formulário da ANVISA com dados pessoais, atestando nossa boa saúde. Havia uma funcionária da Anvisa na fila repetindo as perguntas do formulário, se tinhamos algum sintoma como febre, dores, etc. Antes de desembarcar também fomos orientados pelo comandante a avisar caso sentíssemos algo.

Natalia Guimarães

Oi galera,
Estamos embarcando sábado, dia 18/07, para Bariloche e a familia está em polvorosa me achando uma doida...
Estou tranquila, mais preocupada com a falta de neve do que com a gripe, apesar dela já estar atrapalhando minha tão planejada viagem com a paranoia rondando...
Estou na dúvida se levo só pesos ou levo dólares também, alguém sabe???
Abs,

Ricardo Freire

Se você já tem os dólares, leve os dólares. Só compre pesos se a cotação for boa; cheque aqui http://www.dolarhoy.com . O melhor câmbio é o do seu cartão de banco tirando pesos na Argentina; veja se a sua conta permite essa operação.

https://www.viajenaviagem.com/2009/05/pros-x-contras-dolar-euro-peso-real-travelers-cartao-de-credito-saque-internacional-ou-visa-travel-money/

Andrea
AndreaPermalinkResponder

ola, estamos de viagem marcada para san martin e bariloche, dia 26 de julho a 07 de agosto, meus filhos de 4 e 7 anos,acabaram de pegar uma virose, q ate parece a gripe suina.... muita febre e tosse, sera ela? mesmo assim estamos pensando em ir, mas bate um medinho no coracao....ate 5a.feira, preciso de um ultimato...

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Andrea;
Eu também estava nessa situação. Iria com meus filhos de 5 e 9 anos para Bariloche no dia 18/07 e acabei optando por desmarcar.Até hoje não sei se tomei a decisão correta, mas fiz o que meu coração de mãe me dizia para fazer.Acho que é por ai....boa sorte!

Anderson
AndersonPermalinkResponder

Cheguei de Bariloche esse domingo , dia 9. Não tive nenhum sinal de gripe até agora.
O número de casos em Bariloche foi minusculo e o perigo de pegar a gripe lá eh praticamente zero.
Eu nem lembrava que existia gripe. Não tinha ngm de mascara e nao se falava nisso.A única coisa que vi foram as pessoas que trabalham no turismo da cidade passando alcool em gem nas mãos.Fora isso eu nem lembrava q existia suina.
A viagem foi ótima....e a cidade eh linda....não adiem suas viagens para "Deliroche"! Vcs vão se arrepender

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Cheguei do Chile tem 20 dias, não tive nada, nem meu marido e nem meu filho de 02 anos. Quando chegamos ficamos 10 dias sem contato com a família, só por precaução, mas nem precisava.
Lá foi super tranquilo, vi 3 pessoas na rua com máscara. Curtimos a viagem, mas com moderação, não custa nada evitar certos lugares. Fomos a estação de ski, shopping, andamos de ônibus, metrô, no centro da cidade, zoológico... enfim está mais perigoso pegar a gripe aqui no Brasil do que em Santiago.
E pra quem está com viagem marcada, minha dica é:
vão e divirtam-se!

Vivendo e aprendendo: Fatos e Mitos sobre a gripe suína — Blog Vambora

[...] ( Folha de São Paulo) - Outras dúvidas sobre a doença (Folha de São Paulo) - Outras opiniões: Blog VNV e Jornal O [...]

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar