Anna Chaia e suas 51 aventuras com crianças em Nova York

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

descobrindonycrias

Para viajar com crianças é fundamental "estabelecer um ritmo diferente e, acima de tudo, ter uma enorme predisposição de colocar os nossos desejos em segundo plano".

Estamos ainda na introdução de "Descobrindo Nova York com as crianças" (Ed. Matrix, R$ 39), mas a autora Anna Chaia já disse tudo o que os pais precisam saber para viajar com crianças para qualquer lugar.

A partir daí, Anna enquadra Nova York do ponto de vista dos baixinhos. São 51 passeios, todos classificados por faixa etária -- o Children's Manhattan Museum, por exemplo, é recomendado para crianças a partir de 1 ano; a visita a Ellis Island, a partir dos 8.

Em alguns momentos você vai aprender a adaptar o lugar que você quer visitar ao universo do seu filho -- como, por exemplo, uma tarde no MoMa (dica da Anna: faça o Tour for Fours, desenhado para famílias). Outras vezes você vai embarcar em programas que provavelmente jamais faria, como o Teatro de Marionetes do Central Park ou o Zoológico do Bronx -- e vai agradecer ao seu pimpolho por ter aberto um caminho que não trilharia.

O formato é de bolso e as ilustrações de Ionit Zilberman são lindas. (A letra é que podia ser um pouco mais pesadinha; às vezes fica difícil de ler contra o fundo colorido.)

Anna Chaia também escreveu, com Adriana Moller, Paris com as crianças (Publifolha; R$ 49,90; ilustrações de Suppa) e tem um site, o Ciranda do Mundo.

Para pegar o jeito de fazer belas viagens com as crias, siga a Anna Chaia.

27 comentários

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Na graaande metrópole que eu vou agora em setembro, tem esse parquinho: http://www.parcodellapreistoria.it/ e pertinho de lá tem esse outro: http://www.gardaland.it/it/home.php
Mas eu vou brincar de mastigar vinho, mesmo.wink

Marcio Nel Cimatti

Esse tipo de guia é a minha cara agora!!! Vou comprar!!

Valeu!

Mariana "de Toledo", a.k.a. @merel

Eu não era mais criança exatamente, mas com 15 anos bati o pé para ir ao Museu de História Natural em NY. grin Foi uma experiência muito especial! Tinha ovo de dinossauro de verdade, e dava pra pôr o dedinho através de um buraquinho no acrílico!

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Riq, adorei a dica e vou comprar os dois guias. Eu sofri tanto o Zoo de SP no feriado que já estva pensando em levar a pequena no final do ano (após a "epidemia") para BsAs para ir ao Zoo de lá, que dá de mil a zero em limpeza organização e acesso. A gente começa realmnte a ver o mundo, em parte, através dos olhos dos pequenos e vice-versa. Por coincidência achei esse blog super legal hoje, via twitter, de uma mãe que dá dicas sobre NY com crianças:
http://mommypoppins.com/
A autora tá no twitter @mommypoppins
E não sei se vc já tinha visto, mas te o Time Out Kids, que tb é be legal e tb tá no twitter:
http://newyorkkids.timeout.com/
@TimeOutKids

Flávia (Avassaladora)

Oba!!! Até que enfim dicas para aqueles que viraram pais mas não deixaram de ser turistas!!!! Adorei, vou comprar, vou seguir todas as dicas!!!
Ainda mais que ando louquinha atrás de um destino em AGOSTO para ir com o meu rebento de apenas 1 ano... E sem babás e afins...
Beijos,

barb
barbPermalinkResponder

Ja' repararam que ultimamente tem um monte de guias sobre viagens com criancas? Acho uma maravilha, quero que meus filhotes crescam vendo o mundo... fui da epoca em que os pais viajavam pelo mundo afora enquanto os filhos eram cuidados pelos avos... agora o negocio e' carregar as criancas juntos.

Luciana Misura

Ela não tem blog não? Que pena.

Marcie
MarciePermalinkResponder

Onde estava esse guia quando eu tinha que viajar com os enteados pestelhos? Humpf!

Sílvia Soares

O melhor de viajar com crianças é a possibilidade de (vi)ver tudo como se fosse a primeira vez, principalmente aquelas coisas sensacionais, mas com as quais já nos habituamos: o mar, a girafa, o avião, a nuvem.

Vcs se lembram da primeira vez em que foram à praia? Eu, sim. Foi há seis meses, com o meu bebê. A areia? Voa de nossas mãos. O vento despentei os nossos cabelos e é difícil ficar de olhos abertos. E o mar? É salgado, balança e faz a gente rir.

Estou simplesmente fascinada por esse mundo de novas viagens a velhos lugares!

Kelly
KellyPermalinkResponder

Caro Ricardo,
Acompanho o blog a tempos e já usufrui de várias dicas suas, mas esta é a primeira vez que lhe escrevo. Aproveitando a deixa, estou pensando em passar uma semana em Portugal no final de agosto, com meu marido e minha filha de 6 anos e meio. Pensamos, inclusive, em alugar um ap...Você poderia me passar algumas dicas? Obrigda e sucesso!!!!

Bea
BeaPermalinkResponder

Fui para Paris com meus filhos e fiz toda a nossa programação usando o guia Paris com crianças, adorei, ajudou muito!! Tenho certeza que o de NY também vai ser SUPER!

Valéria
ValériaPermalinkResponder

Olá Ricardo,
gosto muito de ler seu blog e por causa dele descobri o excelente livro da Anna Chaia. Vou à Nova York com marido e filhas (12 e 9 anos) e estou perdida quanto a escolha do hotel. Você poderia me indicar ao menos qual área seria mais interessante para nos hospedarmos? Muitíssimo obrigada!

Ricardo Freire

Midtown, entre a Times Square e o Central Park, não tem erro.

Valéria
ValériaPermalinkResponder

Ricardo, muito, muito obrigada.

Procurarei no blog sugestões de hotéis nesta área.

Abraço.

Maristela Degaspari

Adorei as dicas. Viajo no proximo dia 03 com minhas filhas (11 e 13 anos) e não sei qual show assistir. São tantas as opções?

silvana
silvanaPermalinkResponder

Olá,
Estarei viajando em Janiro 2011, com minhas crianças( 8 e 11anos) pra Àfrica do Sul.
Alguém já foi?
Gostaria de receber dicas, vou ficar 3 dias em
Cape town.
Se eu tiver tempo, quero conhecer alguma vinícola.
Gostaria de saber sobre algum site, dicas de l[a.
Grata,
Silvana

Ricardo Freire

https://www.viajenaviagem.com/category/cidade-do-cabo

silvana
silvanaPermalinkResponder

Ricardo,
Obrigada!
Grata,
Silvana

Pricila Nigro
Pricila NigroPermalinkResponder

Tenho dois filhos, 7 e 9 anos, que são tão apaixonados por viagens qto eu. Já fomos para Manhattan no inverno e eles amaram! Para que eles entendessem onde estavam eu relacionava os pontos turisticos com filmes que eles conheciam. Dessa forma consegui que eles adorassem conhecer a Grand Central (Madagascar), a Biblioteca (O dia depois de amanhã), o Museo de história Natural (Uma noite no museo),etc... E como criança gosta mesmo é de brincar, o melhor lugar era o Central Park, com neve ou sem é sempre uma delicia. Vale lembrar que alguns desses lugares são de graça! Fica a dica!

LisiCohem
LisiCohemPermalinkResponder

Broadway com menina de 12 anos

oi Riq,
será que minha filha de 12 anos entra sem problemas no off broadway 'Fuerza Bruta'?
nas demais atrações (circle line, museus, empire states, top of the rock) algum probelma da idade dela?

bjoos, lisi

Ricardo Freire

Nenhum problema, Lisi.

Nova York com crianças: dicas da Cecília (3 anos) e dos seus pais. « Viajando com Pimpolhos

[...] E finalmente, para levar na bolsa, o livro “Descobrindo NY com as crianças” de Anna Chaia. Ricardo Freire fala sobre este livro no Viaje na Viagem: aqui [...]

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Viagem a NY com dois adolescentes (13 e 16 anos) é melhor de ser feita em janeiro ou julho (ante a impossibilidade de ir em outra época)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! Janeiro tem a possibilidade de haver neve, o que é encantador (mas acaba atrapalhando ainda mais a turistagem). O Ricardo Freire adora ir no verão. Tem gente que acha muito quente.

Allon
AllonPermalinkResponder

Como faço ou aonde posso comprar o livro ny para crianças , moro no rio de janeiro , obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Allon! O livro está disponível em diversas livrarias virtuais. É só Googlar que você acha.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar