Um pulinho em Bruges

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pelos canais de Bruges

Cidade-monumento, cortada por canais e pontilhada por belíssimos exemplares de arquitetura gótica, Bruges é um dos maiores ímãs de visitantes da Europa. Todo mundo quer dar um jeito de dar uma passadinha por lá. Vale a pena? Se a Bélgica estiver no seu caminho, claro que vale. Mas se o desvio no seu roteiro for muito grande, é melhor deixar para uma próxima. Bruges se esgota em poucas horas; é mais um passeio do que um destino. Conheça as melhores estratégias de visita.

O QUE VER

Frietmuseum

Evidentemente, é essencial fazer um passeio de barco pelos canais. Não descuide, porém, de algumas importantes atrações em terra firme. No caminho entre a estação de trem e o centrinho, procure o Begijnhof, uma espécie de convento para mulheres não-ordenadas, construído no século 13, que se espalha por casinhas brancas em torno de um parque. Na cidade, a Igreja de Nossa Senhora tem uma Madonna de mármore de autoria de Michelangelo. No capítulo curiosidades, ano retrasado foi inaugurado o Museu da Batata Frita (Vlamingstraat 33; €6). Apesar do aspecto de bufê de festa infantil, é um bom lugar para descobrir por que as batatas belgas são mais gostosas do que as outras (a saber: a escolha das variedades corretas; o uso de banha animal; o intervalo entre a pré-fritura e a fritura final). A melhor experiência gastronômica da cidade, claro, é almoçar a dupla moules-frites (mexilhões ao vinho branco e batatas fritas) num dos restaurantes da praça principal.

Begijnhof (ou Beguinage)

COMO BATE-VOLTA

Thalys

A maioria dos brasileiros que visita Bruges vem de Paris para passar o dia. Para quem não quer esquentar a cabeça com nada, um passeio organizado como este pode ser a pedida. Ir por conta própria pode ser mais barato e menos cansativo, já que os trechos entre Paris e Bruxelas são feitos em trem de alta velocidade. Compre com 120 dias de antecedência no site da SNCF francesa. (Faça duas simulações: primeiro, Paris-Bruges-Paris; depois, Paris-Bruxelas-Paris. Às vezes o trecho a Bruxelas está bastante descontado e vale a pena ser comprado separado; o trecho Bruxelas-Bruges-Bruxelas custa 28 euros ida e volta -- no fim de semana, 15 euros ida e volta -- e pode ser comprado no site da B-Rail ou mesmo na hora, porque os trens regionais belgas não exigem reserva de asssento.) A primeira etapa do trajeto, no trem rápido Thalys, dura 1h25 até a estação Bruxelles-Midi. Então é preciso fazer baldeação para um trem regional que leva mais uma hora até Bruges. Você não pode trocar os horários do Thalys, mas pode embarcar em qualquer trem regional do dia de validade da sua passagem. Se quiser, pode aproveitar a passada por Bruxelas e tirar uma hora para dar uma espiadinha na Grand’-Place (pegue o trem local -- sua passagem dá direito! -- e salte na estação Bruxelles-Central, que já é a parada seguinte).

Novidade: agora tem também um trem low-cost entre Paris e Bruxelas, o Izy, com tarifas desde 10 euros -- vale conferir. Saiba mais aqui.

Moules-frites

COM PERNOITE

Só passe a noite se você estiver em muito boa companhia e curtir sossego total: depois que os turistas do dia vão embora, a cidade morre. Para dormir numa pequena cidade gótica belga cortada por canais e que tenha alguma vida noturna, a solução é montar base em Ghent, que fica a meia hora de trem (exatamente na metade do caminho a Bruxelas). Veja sugestões de hotéis bem-localizados nas duas cidades aqui.

Gent

COMO PIT STOP

Maleiro

Na minha opinião, o jeito mais prático de visitar Bruges é fazendo da cidade um pit-stop de uma viagem de trem entre Paris e Amsterdã. Pegue um trem que saia antes de 8h e deixe suas malas na estação Bruxelles-Midi. Há armários automáticos de vários tamanhos – com instruções até em português –, além de um guarda-volumes operado por atendentes. Escolhendo este jeito de ir a Bruges, normalmente sai mais barato comprar os trechos separadamente: Paris-Bruxelas e Bruxelas-Amsterdã em Voyages-sncf.com, e Bruxelas-Bruges-Bruxelas no guichê da estação. De Bruxelas a Amsterdã dá 1h50 de viagem.

Leia mais:

384 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Riq tá bem legal esse tutorial de como visitar Bruges. Eu sei que não é o seu lugar favorito, aliás, longe disso, mas pelo post você fez parecer bem legal. As fotos estão lindas. Pena o clima que é quase 100% do tempo nublado no BE-NE-LUX. Eu fiz essa viagem de Thalys de Amsterdan a Paris, mas estava meio sem tempo para parar em Bruges. Fica pra próxima. Em tempo, Bruxelas, se olhada com bons olhos, pode ser uma cidade bem interessante.

Dionísio (www.blogdodionisio.wordpress.com)

Bom dia! Alguém saberia indicar hotéis bons e baratos em Bogotá, tipo Ibis (lá não tem Ibis...)? Assim, não tão longe do aeroporto, nem tão longe das áreas de maior atração turística? Obrigado!

Luca
LucaPermalink

Pra quem estiver em dúvida se vai à Bruges ou não, indico o filme "Em Bruges", com o Colin Farrel, que se passa inteiro na cidade.

Alessandro A.
Alessandro A.Permalink

Riq, uma outra alternativa para fazer o trecho Bruges-Amsterdam é pegar o trem que vai via a Antuérpia e leva 3:40h, não passando por Bruxelas. A vantagem é que você não precisa trocar de trem e é um pouco mais rápido. Eu fiz isso em 2006, só que no sentido Amsterdam-Bruges. Eu só não sei se a estação de Bruges tem um maleiro para quem não quer dormir, pois passei uma noite na cidade.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tem que fazer baldeação, Alessandro. No minímo em Antuérpia; às vezes em Gent também, dependendo do horário.

Os que têm duas baldeações chegam em 3h30. Os que têm uma baldeação só chegam em 3h45. Por Bruxelas dá 4h (com 15 minutos entre um trem e outro; dá pra ir pra pegar a mala).

Acho mais seguro dar a dica por Bruxelas porque eu comprovei a existência (farta) de guarda-volumes, e também o funcionamento de um guarda-volumes tradicional. Sobre Bruges o máximo que consegui pescar por aí é que existem armários com moedas; mas não sei se são tantos quanto os de Bruxelles-Midi.

Alessandro A.
Alessandro A.Permalink

É verdade Riq. Eu tinha esquecido que tinha feito baldeação em Antuérpia. Com o tempo a gente acaba esquecendo. sad

Daniel Vilaça
Daniel VilaçaPermalink

Ricardo.

Belo post, como sempre... Gostaria de deixar 3 dicas que realmente acho válidas:
1. Visite o museu do chocolate.... achei realmente muito interessante... diferente da maioria de outros museus sobre a história do chocolate e dinâmico...
2. Vá até o antigo prédio da prefeitura.. pague um audioguide e vá direto para a sala gótica... é simplesmente fantástico para conhecer um pouco da história desta importante cidade belga...
3. Por último, sugiro "degustar" a cerveja local de Brugges, um dos orgulhos da cidade... o nome é "BruugesZot" e tem um "bobo da corte" como mascote da marca...

Passei 2 noites em Brugges, com minha noiva, em abril de 2008. Fiquei no Hotel Loreto, um belo "BBB" com atendimento fantástico.

http://www.loreto.be/

Só não façam como nós, que fomos tentar jantar após às 20h30m... garanto que não será uma boa opção...

Espero ter ajudado.
Grande abraço a todos.
Daniel Vilaça.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Superbacana esse hotel, Daniel!

Leila Azevedo
Leila AzevedoPermalink

Linda cidade, pena que dorme cedo, a maioria dos restaurantes e bares fecha bem cedo. Para quem quer noite animada melhor dormir em outra cidade e apenas passar o dia lá.
Além de Ghent e Bruges, eu conheci tb Oostende, uma cidade litorânea de lá bem bonitinha.
E para negar o que todo mundo diz que na Holanda e na Bélgica chove sempre eu peguei 6 dias lindos de sol em junho. Choveu apenas durante a viagem de trem de Bruxelas para Amsterdam.

Aline Arantes
Aline ArantesPermalink

Riq, você sabe se dá para fazer bate-volta de Amsterdam? Obrigada e beijos.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dá não, Aline. São no mínimo 3h30 de viagem, via Antuérpia e Gent (duas baldeações). Via Bruxelas são 4h. Não dá pra ir e voltar no mesmo dia, não.

Aline Arantes
Aline ArantesPermalink

Obrigada, Riq.

luiza
luizaPermalink

Ricardo, fica legal fazer ams - brugges (troca de trem em bruxelas) e depois brugges (paris) - troca de trem e bruxellas tambem.
obrigada.
luiza.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dá no mesmo, Luiza!

Lucia
LuciaPermalink

Ricardo, seu blog é tudo de bom!!!!
Comprei 3 passagens Paris-Brugge pelo site da thalys, numa super promoção, por 50 euros/pessoa/ida e volta no msm dia.
A passagem é Paris-Brugge direto, msm assim preciso trocar de trem??estou confusa com isso...

Fabiana
FabianaPermalink

Eu também fui direto no msm trem.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Existe um trem direto aos sábados às 7h55. Foi esse que você pegou? Se foi esse, não tem baldeação.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Post super em boa hora!!! Bruges nao esta, mais uma vez, no meu caminho; mas foram tantas vezes que eu "deixei pra proxima", que desta vez resolvi dar um pulinho na Belgica daqui de Paris mesmo. Vou levar o tutorial debaixo do braco wink

ricardo
ricardoPermalink

em set do ano passado saí 8h de amsterdam, com um baldeação na antuerpia, cheguei final da manha em Bruges, almocei dei uma otima volta na cidade e às 19h tomei o trem de volta, com a mesma baldeaçao na antuerpia. meia-noite tava flanando pela noite de ams de nv.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Xará, acho 3h30 de trem muito chão fazer na ida E na volta. Se ainda fosse para ir adiante, tudo bem. Mas voltar pro mesmo lugar... pra ser sincero, já acho as 2h30 desde Paris tempo demais! (Pra mim, o bate-volta perfeito envolve até 1h30 em cada perna.)

Fabiana
FabianaPermalink

Ricardo,
Fui em maio desse ano com as dicas da Lina do Conexão Paris. Não tive que fazer baldeação, o trem era o mesmo para Bruges. Um dia é mais do que suficiente para conhecer a cidade. Alias, o site de Bruges possui um guia em espanhol muito interessante.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não é todo dia que esse trem direto é oferecido. Atualmente é só aos sábados.

Elezir Ricci
Elezir RicciPermalink

por favor Fabiana a onde posso ter mais informação para fazer esse passeia a partir de Paris? é mais facil comprar daqui do Brasil as passagens?.

obrigado

Elezir

Lucia
LuciaPermalink

ricardo e Fabiana, obrigada pela resposta!!!
Foi exatamente essse trem, as 7:55 hs, e volta no msm dia às 18:05.

Estava super preocupada, sem entender, pois mandei um email p thalys e eles me responderam que esse trem era direto, não precisava fazer troca de trem, de nada, mas como várias pessoas me diziam ao contrário estava sem saber ao certo...

OBRIGADA

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

As passagens são sempre superdetalhadas. Se você precisasse fazer baldeação, isso estaria escrito. Ou então te dariam dois tickets quando você fosse retirar no guichê da estação smile

CarolBSB
CarolBSBPermalink

Riq,

Já comprei a minha passagem para Bruges (bate-e-volta a partir de Paris, no Thalys, com baldeação em Bruxelles-midi), e lá tem o horário de partida do trem regional, embora não haja reserva de assento.
Mesmo constando esse horário de partida eu posso pegar qualquer outro trem até Bruges?

Gostei da possibilidade de dar um pulinho em Bruxelas... wink

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Positivo operante!

Os trens regionais não tem marcação de assento, então você pode pegar qualquer um. A reserva do Thalys é que é imexível.

(Isso também vale para os trens entre Bruxelas e Amsterdã que não sejam Thalys. O tempo de viagem é o mesmo, mas o trem "genérico" é antiguinho e sem luxos. Custa mais barato e tem passagem válida durante o dia inteiro que estiver impresso na passagem.)

O rolê em Bruxelas, se limitado à Grand'Place e arredores, é superviável. (Eu pensava que não fosse, mas depois de ter voltado ano passado a Bruges, vejo que dá, sim.)

André Lot
André LotPermalink

Riq, uma observação: agora em outubro (salvo algum adiatmento de última hora), vão inaugurar a linha de alta velocidade Amsterdam-Bruxellas. Na verdade, em outubro vão inaugurar 2/3 da extensão total. O tempo de viagem Amsterdam-Bruxelles vai cair em uma hora, a linha terá estações intermediárias em Schiphol (aeroporto), Rotterdam, Breda e Antwerpen.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Bem lembrado. Ano passado cheguei a ler que a linha já estava pronta, só faltava a capacitação dos... (motorneiros? como se diz piloto de trem?)... holandeses. Vou ficar ligado para atualizar o post. Qualquer coisa, me avise, please...

Lud S.
Lud S.Permalink

Riq,

de fato, Bruges de noite é uma cidade morta, mas a iluminação dos canais é espetacular. Marido tirou fotos de cair o queixo.

Eu particularmente achei romântico passear por uma cidade medieval com pouca gente em volta (já que durante o dia Bruges fica lotada)e jantar fondue.

Quando a gente foi, lá em abril de 2006, ficamos no Karel de Stoute por pura sorte: o B&B que tínhamos reservado não avisou que a rua dele estava em obras e cheia de lama, a velhinha que nos atendeu não estava nem um pouco interessada em ajudar a gente a se instalar (carro em Bruges é um drama e os B&Bs não têm estacionamento). Aí emburrei, cancelei a reserva (ao som de choro e ranger de dentes), saí dali e entrei no primeiro lugar simpático que vi. Era o Karel de Stoute!

O dono, o Winke, é um fofo e conta casos ótimos. A gente conversava em inglês, mas ele é ex-marinheiro e deve saber um monte de línguas. Ah, ele também prepara o café-da-manhã, que é ótimo e é servido em uma sala linda!

O único inconveniente são as escadas (ruim para quem tem dificuldade de locomoção e malas grandes). Acho que não tem quarto no térreo.

Ficamos neste quarto: http://www.hotelkareldestoute.be/uk/look3.html
E foi ótimo!

CarolBSB
CarolBSBPermalink

Ótimo, então! Vou dar esse rolezinho antes de seguir pra Bruges.

Valeu, Riq!

Marcio Nel Cimatti
Marcio Nel CimattiPermalink

Pessoal,

Quem for parar na Antuérpia não deixe de passar a noite em uma das baladas da cidade.

A cidade tem fama de ter uma das melhores baladas da Europa.

Abs!

Lucia
LuciaPermalink

Ricardo, é exatamente isso msm, as passagens são super detalhadas, tudo bem explicado, inclusive que é direto, mas como será minha primeira viagem a europa e várias outras pessoas afirmaram que teria sim de haver troca de trem, fiquei confusa...rs

Ah, simplesmente amei o post que vc fez sobre como usar lavanderia, pretendo usar lá, e foi de ótima utilidade, depois passo aqui para contar se deu certo...
MERCI

Cristina
CristinaPermalink

Adorei esse post. Há 2 anos, dormi 2 noites em Bruxelas (nunca menos de 2 noites para não ser cansativo), fui para Bruges sem mala e cheguei para almoço, flanei pelas ruas e terminei no Begijnhof, por dica do blog, passando depois pelo Lago do Amor (...no lindo lago do amor...)

Malu
MaluPermalink

Riq, depois desse passo-a-passo vou fazer um bate-volta na próxima ida a Paris. Vc já percebeu que tudo que vc sugere visitar até 1:30h de Paris eu falo que vou fazer???? lol

luis r.
luis r.Permalink

uma belezinha o passeio, valiosíssimas as informações mas...
só consigo ter olhos pras moules com fritas!
o consolo é q tem o robin de bois aqui em são paulo!

Helo
HeloPermalink

Olá a todos, em 2007 viajei para a escandinávia, paises balticos e paises baixos. Chequei por Amsterdam e sai por Bruxelas (trem até Paris já incluido no bilhete). De Bruxelas, viajamos para Luxemburgo (1 noite) e depois para Bruges (1 noite). Em Bruges, pernoitamos no Hotel De Goezeput - www.hotelgoezeput.be/(indicação do Rough Guide) e gostamos. Fiquei muito emocionada de ter visitado o Heilig Bloed Basiliek, que guarda um tecido manchado com o sanque de cristo, para mim, um lugar imperdível! Curtimos tambem o bar Brugges Beertje na Kemelstraat 9, segundo minhas anotações, e a vista proporcionada no Torre Campanário Belfry (Belfort), apesar dos inúmeros degraus.

Cristina
CristinaPermalink

Helo,
gostei muito tb e me emocionei com a Igreja do Santo Sepulcro.

ricardo
ricardoPermalink

verdade, riq. tem q ter disposiçao pra 7hs de trem com baldeaçao num dia só (ida e volta). confesso q o retorno parecia q nao chegava nunca. e nao havia na passagem a info da baldeaçao q foi informada na compra em amsterdam e no trem em 4 linguas durante a viagem (francês, inglês, alemão e holandes). Uma boa dica pra quem quer dar uma olhada em Bruges, de casa, é locar o filme "Na Mira do Chefe", o titulo original é melhor: "In Bruges". policial divertido todo filmado nesta cidade medieval. nos extras tem o passeio de barco pela cidade.

Rogéria
RogériaPermalink

E pensar que há umas 3 semanas eu estava lá...
Me hospedei em Bruxelas no Hotel Bloom ( http://www.hotelbloom.com - suuuuuper recomendo! ) e, seguindo as dicas do Riq, fiz um bate-volta a Bruges e Ghent. Cidades lindas, realmente valem a visita. O triste foi que cheguei em Ghent no dia seguinte ao último dia de uma festa na cidade e os caminhões, andaimes e estruturas metálicas estragaram completamente a paisagem (e as fotos, claro). Bem que o Marc (Sr. Dani G.) tinha me alertado sobre isso.
Em Bruxelas o que valeu mesmo foi a Grand Place e a mini ConVnVenção com a queridíssima Dani G. e cia!

Majô
MajôPermalink

Em 2000 fui à Brugges num bate-volta de Paris, quando éramos felizes e não sabíamos com o franco. Não se falava tanto em Brugges como hoje, mas a cidade pra mim foi uma pérola, linda, o passeio pelos canais com predinhos lindo caindo de flores, lembro como se tivesse sido ontem. Me deixou a sensação de que passar a noite e amanhecer na cidade seria encantador.
Em outra estadia em Paris em 2006, fui à Bruxelas pelo Thalys e não fui à Ghent e Brugges porque ia à Diest.
Hoje em dia, se fosse à Brugges, iria pelo Thalys, parando em Bruxelas,com uma passada na Grande Place que é belíssima e seguiria no outro trem até Brugges, mas não deixaria de descer em Ghent.
Importante dizer que o deslocamento é simplíssimo. Peguei o Thalys na Gare Montparnasse, onde cheguei de metrô, saindo da estação Vavin. Deve-se chegar na Gare Montparnasse pelo menos meia hora antes para localizar a plataforma de saída do trem, pois a estação é grande e o trem sai na hora certinho. A estação de chegada em Bruxelas, é na Gare Midi, pertinho do centro, 5min de taxi. O horário de volta pode ser antecipado no guichê da estação sem problemas. Chegamos em Paris às 23:30h, pegamos o metrô de volta até o hotel sem problemas ou stress.

Adri Lima
Adri LimaPermalink

Em 2007 passei 2 dias em Brugges, em dezembro. Foi legal, visitei pela primeira vez uma exposição de esculturas de gelo, passeei muito pela cidade... mas fiquei impressionada como a cidade parece deserta à noite. E era frio, então todos corriam para lugares quentinhos... a cidade é tão romântica que um dos mapas que tínhamos mostrava alguns pontos turísticos com o desenho de corações!!! Eu estava com a minha irmã e a intenção foi usar Brugges pra descansar. Foram dias bem tranquilos, saímos de lá cheias de chocolatinhos para os parentes!

Samy
SamyPermalink

Eu estive em Brugges há um mês atrás e garanto que a cidade é uma das mais encantadoras que já vi..vale muito a visita!!

Thais
ThaisPermalink

Ola,
Estou indo amanhã (por isso um pouco de pressa pela resposta) para Amsterdam de Londres via eurostar. Chego em Bruxelas as 10h para baldeação e pensei em passar o dia por lá... e ai sugeriram de dar uma passeada por Bruxelas e depois Bruges e a noite embarcar para Amsterdam (na verdade paro em Rotterdam, uma hora a menos de viagem).

Você acha que vale a pena? Ou devo escolher entre Bruxelas e Bruges?! se sim, qual você recomenda?

Muito obrigado e certa urgência para resposta!!!
Thais

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Você pode pegar qualquer trem Bruxelas-Roterdã que não seja Thalys. Sai um por hora, sempre aos 18 minutos (17h18, 18h18, 19h18, etc.).

Recomendo o seguinte: deixe as malas na estação (veja as instruções detlahadas no post "De Paris a Amsterdã com pit stop em Bruxelas"; tem link ao pé do texto) e vá para Bruges.

Na volta, se ainda estiver com pique, dê uma passadinha na Grand'Place e arredores antes de seguir viagem.

Márcio Cabral de Moura

Sobre Bruxelas, uma coisa interessante é que a estação Midi não é a estação central (ainda que seja a principal estação da cidade). A estação Midi é a estação do sul. Em flamengo ela é chamada de Zuid (ou Sul).

Ah, não percam tempo indo atrás do Manneken Pis, é decepcionante, apesar de tanto falado.

A melhor época para se visitar Bruxelas é em agosto (por volta do dia 15), quando a Grote Markt ou Grand Place fica coberta por um tapete de flores. Mas isso só ocorre nos anos pares - portanto, 2010 é um bom ano para se ir a Bruxelas. Em 1996, por acaso eu tive a sorte (foi realmente por acaso) de estar em Bruxelas quando estavam começando a montar o tapete. De manhã, quase não havia flores, e no final do dia, o tapete estava pronto. Muito bonito.

Amanda
AmandaPermalink

Olá, estou adorando os posts!
Vou viajar em dezembro e estava pensando em fazer Paris / Bruges, pernoitar, seguir para Amsterdã e depois de 2 noites seguir para Londres. É uma boa opção? Qual seria a melhor opção de transporte?

Celina
CelinaPermalink

Oi!!
Adorei seu site, está me dando "uma luz" rs, to indo em outubro passar um mês na Europa, mas to meio perdida, quero conhecer tudo ao mesmo tempo, mas nao to conseguindo me programar. Vou ficar me Bruxelas e faço um stop de 4 dias em Lisboa na volta. Se puder me dar um help...
Beijos

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se você só tiver os fins de semana livres, faça viagens curtas de trem.

Paris está a 1h25, Colônia a 2h, Amsterdã a 2h50. Compre já em http://www.voyages-sncf.com para conseguir bons preços.

Para o interior da Holanda e da Bélgica, veja este post, incluindo os comentários:
https://www.viajenaviagem.com/2009/08/diarios-de-bicicleta-ernesto-e-cibele-entre-holanda-e-belgica/

Paulo
PauloPermalink

Prezado Ricardo,
Estarei em Paris, no próximo mes e pretendo ir à Luxemburgo, viagem tipo bate-volta, por trem. Objetivo: conhecer um pouco daquele local, o que for possível ver ao longo de um dia. Vc acha viável? Alguma dica especial, ou comentário sobre esse plano?
Grato.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Luxemburgo ficou mais perto com a operação do TGV Leste, que vai pela Champagne. Pegando este tramo dá para fazer a viagem em 2h20. Compre as passagens com 90 dias de antecedência em http://www.voyages-sncf.com .

Quem já foi a Luxemburgo é a Dani G., mas não vi nada no blog dela sobre lá. http://metdani.blogspot.com/

Este é o site oficial do destino: http://www.visitluxembourg.com/

vera marques
vera marquesPermalink

Adoro explorar o VnV.
estou planejando para maio de 2010 conhecer Holanda e Belgica,com certeza, vou "ganhar" algumas horas por aqui.
Obrigado!!!
tenho um blog de viagem www.lugareseolhares.com Postei minha viagem a Russia e Escandinavia,sua opinião será de grande valia.
Abraços

leila Lemos
leila LemosPermalink

Olá! Ficarei 5 dias em Londres,pegarei um trem para Bruxelas visitarei Grand Place, pegarei trem para Brugge passo a noite na cidade, no final do dia seguinte vou para Paris. Voce acha que posso comprar os passes de trem lá ou compro agui pelo brasil? viajarei p Bruges dia 28 dezembro 2009.

Obrigada, parabéns pelo blog.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não deixe pra comprar na Europa não porque você vai pagar mais caro. Esse período de Natal e Réveillon, por sinal, é o mais caro do ano.

O jeito mais fácil de comprar é pela http://www.raileurope.com.br . Mas prepare-se para pagar 17 euros de taxa por trecho (Londres-Bruges e Bruges-Paris). O site é e português e você recebe as passagens em casa por Sedex (12 reais). O trecho Bruxelas-Bruges-Bruxelas pode ser feito em qualquer trem do dia de validade da passagem, não precisa ser no horário exato marcado na passagem (a não ser nos fins de semana, quando há um trem direto entre Paris e Bruges sem necessidade de baldeação em Bruxelas).

Sem taxa extra, você pode comprar Londres-Bruges em http://www.eurostar.com (informe "Reino Unido" como seu país de origem; use o endereço do hotel como seu endereço) ou em http://www.raileurope.co.uk . A retirada da passagem é na estação com o cartão de crédito usado na compra. Chegue com antecedência (em torno de uma hora pelo menos) porque, além de retirar a passagem, o Eurostar tem check-in.

Bruges-Paris pode ser comprado em http://www.sncf-voyages.com . Marque a Bélgica como o país de retirada dos ingressos e retire na estação com o cartão de crédito usado na reserva.

https://www.viajenaviagem.com/2009/06/trem-na-europa-qual-e-a-antecedencia-necessaria-para-conseguir-as-tarifas-promocionais/

leila Lemos
leila LemosPermalink

Muito obrigada!

leila Lemos
leila LemosPermalink

Oi! Compro a passagem para Bruxelas, e na estaçao de Bruxelas compro para Brugge? Meus filhos sao adolecentes,posso comprar sem problemas com desconto para jovens? Grata

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Em todos os formulários de reserva preenche-se as idades dos passageiros para que apareçam as tarifas correspondentes.

Dá para comprar na internet até Bruges, mas não é preciso respeitar o horário exato dos trens entre Bruxelas e Bruges, porque as passagens dentro da Bélgica valem para qualquer horário (a não ser nos Thalys específicos que fazem Bruges-Paris direto nos fins de semana).

Só vale a pena deixar para comprar a passagem a Bruges na hora se você encontrar Londres-Bruxelas e Bruxelas-Paris em categorias promocionais melhores do que Londres-Bruges e Bruges-Paris.

leila Lemos
leila LemosPermalink

Poxa! comprar a passagem Eurostar Londres Bruxelas pela internet esta me dando a maior dor de cabeça. Com tarifa promocional só
horario a tarde chegando em Bruxelas as 19:00 em Bruges 1 hora depois. Assim me sobra muito pouco tempo ja que no outro dia a tarde vou p Paris.Queria ir a Bruges cedo. O que fazer? teria alguma sugestao. Obrigada!

leila Lemos
leila LemosPermalink

Nao consigo comprar no site SNCF, parece que está com problemas!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Às vezes é problema com o cartão, às vezes o site pode estar dando problema mesmo.

Mas respondendo à sua pergunta anterior: uma manhã em Bruges, ainda mais precedida por uma noite na cidade, é bastante para ver tudo.

leila Lemos
leila LemosPermalink

Ricardo consegui resolver tudo! muito obrigado e Boas Festas!!

leila Lemos
leila LemosPermalink

Oi Ricardo! Comprei as Passagens Londres Bruxelas e Bruxelas Paris, nao consegui para Bruges. Sabe dizer se e facil chegar a estaçao de Bruxelas e logo conseguir bilhete p Bruges? Saberia dizer o preço do bilhete? MUITO obrigada!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Muito fácil. Trens de hora em hora, sem necessidade de reserva. Custa 16 euros o trecho.

leila Lemos
leila LemosPermalink

Quando voltar de Bruges, daria para pegar trem até estacao bruxelle central, pegar onibus que mostra todas atraçoes turisticas de Bruxelas, descer na Grand Place apreciar e voltar a estacao Bruxelle Midi p pegar trem p Paris? vc acha viavél?
Qual seria o onibus tour? grata.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não é preciso pegar ônibus, Leila. É só deixar as malas em Bruxelles-Midi e pegar o trem até Bruxelles Central; o que existe de mais interessante em Bruxelas está perto desta estação. A única limitação é que o seu trem para Paris vai ter lugar marcado, e se perder você se arrisca a perder a passagem inteira (depende das condições da venda).

leila Lemos
leila LemosPermalink

Dicas muito preciosas,Obrigada!

leila Lemos
leila LemosPermalink

Olá! Comprei os bilhetes dos trens, e ja recebi. Este bilhetes que tenho ja e válido ou tenho que validar antes de embarcar?
Será que vc poderia me passar um roteiro de Bruges,nao sei por onde começar, nem o que visitar.

muito obrigada, Leila

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Você vai sair de Londres, não é? Se for, o Eurostar tem check-in. Chegue uns 45 minutos antes da partida.

Da Bélgica à França não é preciso validar. Só partidas da França e da Itália exigem que se valide a passagem nas maquininhas antes de subir.

Quanto ao que ver, se você prestar bastante atenção, Leila, vai ver que logo no segundo parágrafo existe um parágrafo intituado O QUE VER. Leia também os comentários anteriores, muita gente dá dicas.

leila Lemos
leila LemosPermalink

Agradecida!

Giovanni Matos
Giovanni MatosPermalink

Ricardo,

Antes de tudo, parabéns pelo blog e pelas dicas super valiosas.
Em abril começo minha viagem de 20 dias pela Europa. A etapa final da viagem seria, depois de 3 dias em Amsterdã, Bruxelas-Bruges com uma passada em Luxemburgo. Vou ter de voltar para Paris, pois meu vôo parte de lá. A questão é que desejava pernoitar em cada uma dessas três cidades, pelo que li, Bruxelas não merece o pernoite. Como fazem parte da fase final desejaria mesmo relaxar um pouco antes de tomar o vôo de volta. Existem trens de Amsterdã para Luxemburgo?, daí eu faria Luxemburgo-Bruges, com pit stop em Bruxelas e depois voltaria de Bruxelas para Paris. O que você acha? Um grande abraço e obrigado desde já.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sempre simule seus deslocamentos de trem em http://www.bahn.de/international.

De Amsterdã a Luxemburgo o trem já passa em Bruxelas.

Amsterdã-Bruxelas: 2 horas (novos trilhos)
Bruxelas-Luxemburgo: 3 horas
Luxemburgo-Paris: 2h10 no direto

Giovanni Matos
Giovanni MatosPermalink

Muito obrigado. Também pesquisei ônibus. http://www.eurolines.nl/

Abraços.

Carolina
CarolinaPermalink

Oi, Ricardo,

Como mtos, acompanho seu blog ha milenios, mas raramente comento. Estou viajando agora, no fim de Janeiro (FRIIIIO). Farei Rio - Amsterdam. De lá, irei para Volendam e Maerkem, duas cidades bem proximas a Amsterdam. E de la, vou pra Antuerpia e dps pra Bruges. Fiquei felicissima de ver que vc acha que em um pernoitinho e uma manhazinha conseguimos conhecer a cidade.

DE Brugges vou a Bruxelas, rapidinho, e de la pra Paris ao finzinho do dia.

Será cansativo, nao tenho duvidas, mas acho que será possivel fazer.

Qto as passagens, nao comprei nenhuma. Deixei pra comprar tudo na hora. Acho melhor do que perder a passagem pq queriamos ficar um pouco mais na cidade, ou entao, ter que ficar " fazendo hora" pra pegar aquele trem ja marcado e perdendo tempo de ver outras coisas.

Enfim.. era mais pra comentar e, como todos, elogiar o novo blog.

Alias, AMO suas colunas quinzenais. Morro de rir com elas.

BJs
Carol

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Carolina, os trens locais entre Holanda e Bélgica (fora os horários Thalys) não têm assento marcado, e não têm grande variação de tarifas. Mas se você deixar para comprar a passagem Bruxelas-Paris na última hora vai comprar tarifa cheia e não vai ficar muito feliz.

Carolina
CarolinaPermalink

Hummmm... diante disso, verei direitinho os valores pra comprar logo, pelo menos Bruxelas - Paris!!
Valeu a dica!! Qualquer euro economizado é bemvindo!

Carolina
CarolinaPermalink

Ric, desculpe a nova pergunta. Mas, se eu saio de Bruges e vou pra Bruxelas, uso um armario pra deixar a mala, saio pra conhecer a Grand Place, etc, e dps tenho que voltar pra Estação em Bruxelas pra pegar o trem pra Paris, qual melhor estação em Bruxelas pra comprar o ticket de destino e partida BRUSSELS MIDI ou CENTRAL? Li em algum local (acho que pelo seu site) que o melhor e descer em Central pra ver os pontos de maior interesse em Bruxelas. Mas na hora de comprar o ticket aparece a MIDI como estação principal e fiquei na duvida.

De Paris, eu ja quero alugar um carro pra ir pra outras cidades (saint Malo, Saint Michel e Vale do Loire), antes de conhecer Paris, propriamente.

Tentei ja fazer um "pacotinho" com trem+carro, pelo site, mas acho que so faz se tiver retorno pra bruxelas.. é isso ou sou eu que nao sei mexer no site?

Tem um site bacana pra fazer o aluguel de carro, ou o proprio SNCF- Voyages é legal? E que eles colocam como ponto de encontram a Rue de Rivoli e teria que sair da estação de trem pra pegar o carro no Centrao de Paris.. queria evitar isso.. sem pagar a mais pela tarifa..

Enfim, mtas duvidas de logistica. Sou meeega organizada e meu roteiro está mto perfeitinho pra errar nesses detalhes.

Obrigada, novamente, desde já!
Carol

Dani G.
Dani G.Permalink

Carolina, se comprar ticket Bruxelas-Brugge, não importa qual estaçao vc embarca, pois o ticket é "região de Bruxelas" e vale pras três estações (Nord, Centraal e Midi). Aliás, vc pode fazer baldeação entre qq estação de Bruxelas sem ticket, pois o controle só é feito no caminho ao destino, já saindo de Bruxelas.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Bruxelas-Midi é a estação de onde sai o Thalys para Paris. É a estação onde ficam os guarda-volumes. De lá você vai a Bruxelas-Central em trem local que está incluído na sua passagem, como disse a Dani.

Nunca fucei reserva de trem + carro no site. Vou ver outro dia. Agora nesse momento não posso, tenho que entregar um monte de coisas ainda hoje. (Não sei de ninguém que tenha feito.)

De todo modo acho BASTANTE complicado isso de chegar em Paris de trem e imediatamente pegar um carro para sair de Paris.

Eu já iria direto a Rennes e alugaria o carro lá. Na http://www.autoeurope.com dá para tirar numa cidade e devolver em outra sem custo extra.

Dani G.
Dani G.Permalink

Um dica de ticket nos fins de semana de DEZEMBRO e JANEIRO é comprar o SHOPPING TICKET que custa só 9 euros, IDA E VOLTA para qualquer lugar da Bélgica, mas o retorno tem que ser no mesmo dia.

http://www.b-rail.be/nat-r/E/tarifs/tickets/shopping/index.php

Há tb o WEEKEND TICKET que custa 50% a menos, pra quem vai passar o fim de semana em qq cidade da Bélgica.

http://www.b-rail.be/nat-r/E/tarifs/tickets/weekend/index.php

Um dos tickets que eu sempre uso é o Day at the Seaside, qdo quero passar o dia na praia. Tb dá 50% de desconto.

http://www.b-rail.be/nat-r/E/tarifs/tipstrips/seaside/index.php

Há vários tipos de promoções nos trens da Bélgica, quem quiser ver mais é só ler aqui:
http://www.b-rail.be/nat-r/E/tarifs/tickets/index.php

E dá pra comprar tudo online e imprimi em casa ! smile

Carolina
CarolinaPermalink

Ola, Ric e Dani G. Agradeço demais as dicas. Foram realmente valiosas, acreditem.

Obrigada!
Carol