Hotéis em Santiago e Mendoza pra Carla

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Tá, o Park Hyatt de Mendoza a gente imagina que seja bom. Outros?

Nossa colega de idas e vindas Carla Portilho vai dar um rolê pelo Cone Sul no fim de janeiro e pede dicas testadas de hotéis em Santiago e Mendoza.

O pessoal nem esperou eu abrir um post específico e já foi dando dicas.

Em Santiago, o Ernesto indica o Vegas, no bairro Paris-Londres, "para quem gosta de hotel simples". A Dri Marques recomenda o Principado, por uma série de motivos que você lê aqui. Já a Lena gostou de ter ficado no Plaza El Bosque, em Las Condes, que "parece um flat, com minicozinha, salinha e tal". O Arthur ficou no Neruda, em Providencia. A Rosa e a Dani S. recomendam o Orly ("muitos restaurantes em volta, diz a Dani).

Em Mendoza, a Dri Marques ficou no Crillon, mas não recomenda com veemência, não ("o dono é simpático, mas o hotel está precisando de uma renovada). A Vera Lucia gostou do Reina Victoria, "um apart-hotel 4 estrelas, simples e confortável".

E você? Tem um hotel em Santiago ou Mendoza pra indicar? Se vier com justificativa, melhor ainda! Gracias!

Leia mais:

211 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Dionísio (www.espacovital.com.br)

Sugiro o Suites Director el Golf ( http://www.director.cl/ ). Muito bem localizado e com aptos. grandes com cozinhazinha e sala. Está bem avaliado no Trip Advisor ( http://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g294305-d306839-Reviews-Director_Suites_Hotel_El_Golf-Santiago.html ). Consegui uma tarifa excelente em junho pelo MMTGapnet, que é um sistema de reservas que algumas agências de turismo usam.

MARIA RITA
MARIA RITAPermalink

Oi Dionisio
Este hotel tem sala separada do quarto? dá para uma pesoa dormir na sala?
Já te agradeço
Rita

Paulo Futami
Paulo FutamiPermalink

Acho que vale a pena cacifar o Ritz Carlton Santiago,será uma oportunidade única e muito mais barata do que se hospedar em qualquer outro lugar que tenha a bandeira Ritz Carlton.

O Quarto é bem grande e a cama uma das melhores, sem falar do SPA que fica no último andar com vista para cidade.

http://www.ritzcarlton.com/en/Properties/Santiago/Default.htm

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalink

Riq, meu sonho de consumo atualmente é ficar hospedada no Cavas Wine Lodge em Mendoza. Acho que sair na sacada do seu chalé e ter a visão dos Andes ao fundo e estar no meio de um vinhedo, não tem preço...

http://www.cavaswinelodge.com/

Dani S.
Dani S.Permalink

Em Mendoza, ficamos no NH Cordillera - o Frommers fala dele aqui: http://www.frommers.com/destinations/mendoza/H47693.html
Na época, fomos de pacote, com os pais. O hotel é legal, mas talvez meio moderno demais pra cidade. Os quartos são amplos, e o café é gostoso (até um café "dos madrugadores", servido antes do horário, pra quem sai cedinho). A localização é boa pra passear a pé pela cidade. Só as vinícolas que são mais distantes (a cidade é meio espraiada, mas o centrinho é simpático).

http://www.nh-hotels.com/nh/en/hotels/argentina/mendoza/nh-cordillera.html

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Em Mendoza, nao deixe de fazer o passeio as vinicolas. ?e possivel, va a San Luis, onde da para alugar uma Bicicleta.

Para quem gosta de passeios da natureza, a dica e a pequena Cidade de Malargue, a uns 150 kilometros, onde ha um passeio por uma lagoa cheia de Flamingos.

Quanto ao Hotel que fiquei em Mendoza, nao me lembro, nao era nada marcante.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

O Hayat eu fiz um Hotel Tour, e para padrões internacionais, nao e caro, mas para os padroes argentinos nao vale a pena. E um belo hotel, bem situado, mas a questao é " quanto tempo voce vai passar dentro do quarto?", e a sua di$ponibilidade.

Cristian
CristianPermalink

Riq, já fui 3 vezes pra Mendoza. Na primeira fiquei num albergue terrível, com barraco a noite e tudo. Tava no clima e (não de briga!! Clima mochilão...) e foi tudo bem mas não indico (nem lembro bem). Nas outras 2 vezes fiquei no Argentino Hotel (ou Hotel Argentino) http://www.argentino-hotel.com/ . Esse recomendo fortemente. Fica na mesma praça do Park Hyatt, super bem localizado (pra mulheres q gostam, é na pracinha que rola a feirinha de lá). Tem internet free (não sei se tem wi-fi... nunca fui com laptop. Mas tem cpu disponível), estacionamento grátis (fica 1 quarteirão ao lado do hotel), quartos bem limpos e confortáveis. Isso sem dizer nos croissants do café da manhã q são MUITO bons. Não é dos mais baratos, mas tb não deve ser dos mais caros. Fica aí minha dica.

Se quiser dica de 1 passeio em Mendoza, posso dizer q adorei esse q vou descrever. Pra quem gosta de vinhos, recomendo um passeio de 1 dia pelo Vale do Uco. Alugue um carro (pra ir nas vinícolas é fundamental alugar carro) e a Primeira bodega seria Salentein (1h e 40 min de carro, parando em Tupungato para pedir infos no centro turístico de lá). Chegar cedo, fazer o tour na vinícola q dura 1h e 30 min no máximo. Mas lá tem um museu pra visitar depois, pra quem gostar. Excelente vinho de lá: Numina. Depois ir pra bodega O. Fournier. Uns 40 min de carro com paisagens lindas. Vão com calma, tirando fotos (cordilheira, plantações de girassóis, comprar na horta orgânica...). Entre a Salentein e Fournier tem um restaurante que pareceu legal, mas não conseguimos ir. Foi dica do guia da Salentein e seria legal almoçar por lá (depois da Salentein, antes de ir pra Fournier): La Pousada Del Jamón. Fica saindo da rota 94 para pegar a rota 92. É um pesseio de carro por lindas paisagens, excelentes vinícolas e acredito com um bom almoço.

Se for conhecer vinícolas mais perto, posso resumir algumas q conheci pra vc escolher. Lembrando de sempre reservar antes e alugar um carro. Não visite mais q 2 ou 3 por dia.
La Rural: pequena,tem o museo do vinho, e ótimo Chadornnay: Rutini.
Catena Zapata: IMPERDÍVEL pela arquitetura e tradição da bodega. Acredito ser a + importante na Argentina. Excelentes vinhos. Tour gratuito de uns 45 min.
Ruca Malen: Excelente almoço, direcionado para harmonização com vinhos.
Achaval Ferrer: Produção pequena, bodega muito exclusiva com excelente degustação.
Belasco de Baquedano: Imperdível sala de aromas, mostrando a relação com os aromas dos vinhos.
Carmelo Patti: A mais artesanal das bodegas, somos atendidos pelo próprio Carmelo. Vale a pena pela degustação nas barricas, q não fizemos pois ele estava sem o equipamento dele (uma figura!).
Lagarde: Legal pra ver como se faz um espumante no método champenoise.
Família Zuccardi: Almoço imperdível. O tour é um pouco longo e cansativo, mas pra quem não fez nenhum outro tour, talvez seja mais interessante. Eles têm vários passeios/tours diferentes pra fazer. Olhar no site deles as opções.
Tapiz: Bodega pequena com um excelente tour com degustação no barril. Tb vale a pena.

Carla
CarlaPermalink

Cristian, eu estava super interessada em visitar a Salentein por causa do vinho Finca El Portillo (meu sobrenome é Portilho!) – mas não sabia que era tão distante… Talvez eu não tenha tempo hábil para ela dessa vez, que pena!

Cristian
CristianPermalink

Só de inveja entrei no site deles agora (Argentino Hotel) e vi q tem wi-fi e a diária na alta temporada está 315 pesos (pouco mais de 100 reais, certo?). Preço razoável, não? Eu gostei bastante.

Dri
DriPermalink

Estava voltando aqui no post justamente pra sugerir esse hotel, Cristian... Que bom que alguem já testou e aprovou!! Me pareceu infinitamente melhor que o Crillon e numa localização tão boa quanto. Perto da praça e da zona dos restaurantes e perto também do Wine Tasting...

Cristian
CristianPermalink

Sim Dri gostei muito. Não sou especialistas em hotéis bons (sempre viajei na economia... agora q estou casado - com uma Dri! - é que comecei a caprichar mais) mas fui com minha mãe e ela tb adorou o hotel. Localização é sim muito boa e o serviço lá me agradou muito.

fabiana
fabianaPermalink

Estive em Mendoza há aproximadamente um ano. Fiquei no Premium Tower. Simplesmente maravilhoso. Apart-hotel novo, com decoração impecável, maravilhoso! Voltado para executivos e por isso, completo em serviços. A localização é excelente, fica proximo ao centro, porém numa rua bem tranquila. Nos finais de semana e em época de férias de verão tem descontos muito bons. Recomendo demais!!!!

http://www.hotelpremiumtower.com.ar/

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Mendoza eu ainda nao conheco sad ; mas em Santiago tambem fiquei no Principado e o saldo final tambem foi positivo pra mim. Alias, tai um roteiro dobradinha que eu quero fazer.

Tiago
TiagoPermalink

O Vegas é muito legal... vale a pena até pedir o melhor quarto do hotel, que fica no último piso da torre que tem vistas para o cruzamento das calles Paris-Londres, acho que custava menos de 80 dólares.
Aliás, o cúmulo da globalização né? Hotel Vegas na calle Londres de Santiago.

juliana
julianaPermalink

Em Santiago no padrão pequeno e confortavel eu indico o VILA FRANCA Petit Hotel em Providencia http://www.vilafranca.cl/ Muito bem localizado e perto do metro. Tratamento personalizado, a dona chama cada um dos hospedes pelo nome.
Outra opção é o FOUR POINTS , também em Providencia, mas certifique se se o seu quarto fica de fundos o que vai tornar suas noites impossiveis . A rua oposta é a SUECIA, antigo point das noites santiaguinas atualmente muito mal frequentado e com bares e boites sem noção de vizinhança descansa. Na minha ultima vez em Santiago fiquei no Four Points e na primeira noite o barulho era dentro do meu quarto. Mudamos de quarto e tudo ficou lindo e maravilhoso. Com antecedencia é possivel conseguir diarias a 90 dolares.

http://www.starwoodhotels.com/fourpoints/property/overview/index.html?propertyID=1294

juliana
julianaPermalink

para nao haver confusão: no four points o bom é quarto de frente. e de preferencia ALTO!

juliana
julianaPermalink

Ficando em Providencia, nao deixe de passar no Mercado de Providencia na calle ANTONIO BELLET quase esquina com Providencia( que é pequeno e nada a ver com o mercado central) para comprar as deliciosas empanadas LA TINITA, um classico dos locais! http://www.santiagoenpicada.cl/content/view/613375/Santiago-en-Picada-Empanadas-Tinita.html
Outra dica é a ONCE na Confiteria TOrres ( ALAMEDA 1570). Imperdivel ( http://www.chile.com/tpl/articulo/detalle/ver.tpl?cod_articulo=1249 )

Alessandro A.
Alessandro A.Permalink

Assim como a Rosa e Dani S., eu recomendo o hotel Orly na Providencia. O atendimento é excelente, os quartos e café da manhã muito bons e ainda servem bolo, biscoitos e cafés o dia inteiro de graça. Ele fica muito próximo ao metrô e em uma região com muito comércio e restaurantes. O preço é bem em conta, em torno de US$100, e muito bem avaliado no tripadvisor.

Se quiser ver as fotos, dê uma olhada no post no meu blog:
http://wazari.wordpress.com/2009/05/06/santiago-chegada/

Alessandro A.
Alessandro A.Permalink

Esqueci de colocar no comentário anterior, mas indico também o Hotel Neruda, já recomendado pelo Arthur, também na Providencia e muito próximo do Orly. Meus pais e irmãs já se hospedaram lá algumas vezes e gostaram muito. O Orly é menor e mais íntimo, já o Neruda faz mais o estilo das grandes cadeias de hotéis.

Yoyo
YoyoPermalink

Estive em Mendoza no último fim de semana e me hospedei no Hotel Boutique Abril.Ele está na categoria, 3 estrelas, é praticamente no centro, custa 160 pesos a diária em quarto de casal, pessoal super atencioso portanto, uma ótima pedida.

Gabriela
GabrielaPermalink

Olá, Yoyo: estou viajando em janeiro, mas, não consegui encontrar o site do hotel indicado por você. Você tem alguma dica? Obrigada,
Gabriela

juliana amorim
juliana amorimPermalink

Olá , eu tb estou tentando encontrar o site do hotel e não consegui. Alguém sabe se existe o website do Abril Boutique Hotel? Tem indicação no Trip Advisor, mas sem li

Carla
CarlaPermalink

Gente, eu já disse que vocês são DEMAIS?!? Essas dicas todas estão sendo um presentão pro planejamento da minha viagem - muito obrigada mesmo!!! grin Prometo retribuir com posts caprichados sobre a viagem depois! (Sem transformá-los em uma interminável novela, tá, Arthur? wink )

Arthur
ArthurPermalink

mrgreen

Dri
DriPermalink

Sobre o Principado em Santiago, o fator que me conquistou na época foi o preço. Diárias de USD 55!! Custo - beneficio insuperável pro meu orçamento de aluna de doutorado. Mas mesmo com esse orçamento, eu cacifaria o Argentino Hotel em Mendoza, versus o Crillon.

Dri
DriPermalink

Por USD 120 a diária, o http://www.hotelvillaggio.com.ar/ me pareceu uma otima opção em Mendoza também...

Esse bichinho das viagens é mesmo dificil. Semana que vem embarco pra Vegas + NY e já estou reservando pra abril/maio do ano que vem Lisboa+Roma+Toscana+Veneza+Paris e MESMO ASSIM estou procurando uma brechinha, uma milhinhas pra voltar a mendoza...

Marina
MarinaPermalink

Em Mendoza nósficamos no Aconcágua!
Ficamos satisfeitos!
Boa localização (perto da Praça Espanha), café gostoso, staff atencioso, cama confortável, quarto limpo e banheiro idem!

Samira
SamiraPermalink

Em Santiago, ficamos no apart-hotel La Sebastiana, em Las Condes. O studio tem quarto super espaçoso, cozinha equipada, banheiro limpo, café da manhã muito farto servido no apartamento e uso de internet grátis no lobby do hotel. Fica super perto do metrô Tobalaba e tem um comércio muito bom ao redor. Barzinhos, restaurantes, supermercado, tudo mesmo. E andando um pouquinho, você encontra o point da gastronomia local, muito frequentado pelos chilenos.

http://www.lasebastiana.cl/portugues/info_sebast.html

MARIA RITA
MARIA RITAPermalink

Oi Samira
Estou viajando com mais 2 pessoas. Dá para 1 pessoa dormir confortável na sala? No site do Hotel não dá para saber se há uma sala separada do quarto.
Obrigada
Rita

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Maria Rita, vá em 'apartamentos' que eles mostram a planta. O Standart tem sala separada com sofá cama e o Superior tem dois quartos.

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Eu fiquei no Crowne Plaza e amei! A vista é linda, o serviço impecável, tudo de bom mesmo.
Da outra vez fiquei no...no...acho que preferi esquecer, pois o hotel era horroroso!

http://www.crowneplaza.cl/

Karina
KarinaPermalink

Olá!

Recomendo muitíssimo em Mendoza o Hotel Executive, perfeitamente localizado em frente à Plaza Itália. Quartos super confortáveis e espaçosos, com uma sala ampla, decoração de bom gosto, staff preparado, café da manhã bom. Algumas bodegas tem um convênio com o hotel, e possuem 1 andar do prédio com seu nome. Ficamos no "wine floor" da Salentein,que logicamente, tinha uma seleção de vinhos da vinícola. Se não me engano diária desse andar era em torno de 400 pesos, mas vi que tem diárias melhores.
Já estive no Villagio tbm,fica bem perto do Executive e não recomendo nem um pouco, a recepção super grosseira, quartos acabadinhos e o pior, barulhento. Depois de um dia na cidade cheio de atividades, não vale a pena.
Ah! E alguns quartos do Executive vem com vista para a cordilheira, imagino que somente os quartos dos andares mais altos.
Perto dos 2 hotéis, tem o The vines of Mendoza, winebar agradável que tbm dá dicas úteis sobre as bodegas da cidade (São meio que um centro que reúne informações sobre enoturismo na região). Eles tbm tem um winebar no Hyatt, aberto a todos. Mas se informe sobre os horários de funcionamento.
É legal visitar bodegas maiores e menores, pra ver o contraste de uma para outra.
Das maiores recomendo a Salentein, uma construção linda e moderna, erguida no meio do "deserto", com restaurante, loja, galeria de arte e até uma capela. Se for de manhã, pode aproveitar e almoçar ali, pratos ótimos e bom $.
E a La Rural (Rutini), que tem um museu do vinho, sediada numa casa de 1800 e pouco, vale a pena tbm.
Das bodegas boutique, a Carmelo Patti é a melhor, marque visita com o próprio. Além do vinho ser um dos melhores da região, você vai ver a paixão com que ele elabora o seu vinho.
Para jantar, experimente o Azafrán, delicioso, e se puder reserve a única mesa dentro da adega.
Outra opção, é o restaurante Praga, de pescados. Rústico com comida ótima e fresca, dizem que no verão, tiram o teto do salão, e fica tudo ao ar livre.
Há passeios de cavalos à beira da cordilheira, esportes radicais, tudo feito com agências da cidade se vc acha interessante.
Espero que curta bastante sua viagem!!!

ps. Qto à distância, quase todas as bodegas vão ser "longe", e talvez os melhores programas sejam aqueles um pouquinho mais longe do que aquele que é meio longinho.

http://www.executive.parksuites.com.ar/
http://www.vinesofmendoza.com/travel_guide/

CarlaZ
CarlaZPermalink

Carla que bom que deu certo sua idéia de viagem! Argentina again! Uhuuu!

Carla
CarlaPermalink

Fiquei super feliz, Carlinha, porque foi bem difícil confirmar a reserva! wink (Argentina again - a pessoa aqui é mesmo de uma criatividade...)

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Carlinha, eu posso te indicar onde NÃO ficar hospedada em Santiago. No hotel Los Nogales na Providência. A localização é ótima, mas o hotel é HORRÍVEL. Tipo pesadelo.

Carla
CarlaPermalink

Paulinha, uma vez a Rosa me disse, e eu nunca mais esqueci, que saber onde NÃO ficar é tão importante quanto saber onde ficar... wink

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Totally agree!

Adri Lima
Adri LimaPermalink

Carla, em Santiago me hospedei no Hotel Fundador, no centro histórico e perto do palácio do governo. Gostei muito, estações de metrô perto, próximo dos principais pontos turísticos da cidade.

http://www.bluetree.com.br/bt_esp/hoteis_e_resorts/conceito.asp?secao=hoteis_e_resorts&pagina=conceito&numhotel=257

Em Mendoza não tenho hospedagem pra indicar, mas assino embaixo do que o pessoal falou: agende antes! Geralmente elas recebem as visitas pela tarde. Todas as agências oferecem tours por 2 bodegas, geralmente uma mais tradicional e outra mais moderna. Eu juntei + 2 pessoas e alugamos um taxi para todo o dia. Almoçamos na Bodega Tapiz, foi excelente, no meio dos vinhedos! Se for, só me lembro que não é no mesmo lugar da Vinícola Tapiz. Tem que dar uma olhadinha no mapa...

Tem também a Escorihuela Gascón, é a vinícola mais antiga da cidade e fica no centro de Mendoza http://www.escorihuela.com.ar . Dá pra ir de ônibus! smile

Em Janeiro, dá pra curtir também esportes radicais, no caminho para a cordilheira. Eu contratei os serviços da Argentina Rafting ( http://www.argentinarafting.com ) e fiz rafting, cavalgadas, trecking, rafting. As paisagens são deslumbrantes.

E, entre Santiago e Mendoza, vc tem o Aconcágua... não atravessei a cordilheira (já estive nas duas cidades, mas em épocas diferentes). Sei que tem muitos pontos interessantes - o que eu visitei, saindo de Mendoza em um dia de passeio, foi o Puente del Inca.

Se quiser mais infos, tou a disposição! Essa viagem pra Mendoza foi a primeira que eu bloguei, em 2006, usando um site que existia só pra vc contar as ferias pros amigos. Se quiser dar uma bisbilhotada, é http://www.getjealous.com/adriane. (o nome é bem sugestivo, ehehe!). Só não repare nas fotos, depois dessa viagem a minha primeira digital morreu (mas ela tava agonizando, já!)

nati
natiPermalink

Carla, gostei muito do Vila Franca http://www.vilafranca.cl/ , uma “pousada” muito charmosa.
Apesar da fama, tive uma péssima experiência no Diego de Velazques, atendimento ruim, equipamentos velhos, banheiro com mau cheiro, ambiente de grandes grupos.

Carla
CarlaPermalink

Eu me hospedei justamente no Diego de Velazquez na 2a.vez que fui a Santiago, Nati - mas a minha experiência foi ótima! Peguei um dos apartamentos renovados, e achei amplo e bem equipado, com um banheiro novíssimo! O serviço também não me decepcionou, embora tenha achado o café da manhã um pouco sem graça... Mas isso foi em janeiro de 2006, então já estou um pouco sem parâmetros - você esteve lá antes ou depois de mim?

nati
natiPermalink

Carla, estive no Velazques em 2008, posso ter tido azar, mas estavamos em 3 casais, ou seja, 3 aptos diferentes, e todos fugimos de lá. Fomos para o Los Españoles, sugestão do Eduardo, e gostei. O hotel tem alguns quartos grandes e confortáveis, alguns têm até lareira e banheira, outros pequenos e sem graça. A dica é cotar direto com o hotel e negociar, as tarifas ficam melhores que pelos sites. Eles também têm um flat ao lado.

http://www.losespanoles.cl/

Carla
CarlaPermalink

Nati, a sua experiência no DV é bem mais recente do que a minha... Vocês até podem dar dado azar, ou eu muita sorte - mas me parece provável que o hotel tenha mesmo caído de qualidade... wink

Angela Bruno
Angela BrunoPermalink

Carla,

Também fiquei no DV no mês passado e acho que o Hotel passou por reforma. O apartamento era bem fiel ao da foto do site.

http://www.hoteldiegodevelazquez.com/

Carla
CarlaPermalink

Então a sua experiência por lá foi boa, Angela? wink

Angela Bruno
Angela BrunoPermalink

Posso dizer que sim...

Eneida
EneidaPermalink

Oba! Também estou indo para o Chile em janeiro e estou aproveitando as dicas dos trips de carona com a Carla.

Já estava de olho no Hotel Orly - bem elogiado no Trip Advisor e no Crowne Plaza, por indicação do meu irmão que esteve lá recentemente. Porém, o Crowne Plaza cobra pelo wi-fi sad

Aproveitando ainda mais, e abusando um pouco, gostaria de saber se alguém tem uma dica de um hotel/pousada legal em Santa Cruz, ou em outro lugar na região do Colchagua. Estamos querendo passar a noite de 31/12 lá, e a ideia é dar um upgradezinho na qualidade da hospedagem neste dia (que no resto da viagem será bem básica). Não estamos atrás de festa de reveillon, só um lugar aconchegante e bacana. Alguém conhece??

Eduardo
EduardoPermalink

Em Santiago fiquei no Best Western Los Españoles www.losespanoles.cl. O hotel é um casarão, por isso mesmo é bem aconchegante. Fica numa rua tranquila, próximo ao Parque das Esculturas. Vale conferir.

Carla
CarlaPermalink

Queridos, mais uma vez, obrigadíssima a todos pelas dicas - estou colecionando todas, e já estão sendo super valiosas para o meu roteirinho! wink

Chris
ChrisPermalink

Em Santiago fiquei no Vila Franca. Amei!!! Super personalizado e excelente localização.

Em Mendoza fiquei no NH Cordilheira. Gostei muito!!! Os quartos são amplos, o café da manhã ótimo e a localização é excelente. Fica bem perto do Hyatt e tem um excelente comércio em volta.

Natalie
NataliePermalink

Eu não posso ajudar muito. Quando fui para Santiago fiquei no Radson Ciudad Empresarial porque o Fred ia dar um treinamento na empresa que ele trabalha. Esse hotel fica bem longe do centro e é usado pelo pessoal que costuma viajar a trabalho. Mas o hotel era ótimo e o café da manhã era uma delícia. Como estávamos de carro era tranquilo se locomover pela cidade.

Nick
NickPermalink

Olá Riq, tudo bem ?
Vou pra Santiago em janeiro, vou aproveitar essas dicas de hotéis. Queria uma dica em relação ao câmbio, aquele post que vc fez de Buenos Aires, tb vale para Santiago ? Acha melhor eu levar dólares ou reais ? Onde é mais vantajoso fazer o cambio ?
Um abraço
Nick

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Parece que é fácil trocar reais em Santiago, mas não no interior. Vou abrir um post para isso.

Jeff
JeffPermalink

Em Mendoza fiquei no Club Tapiz, dos mesmos donos da Bodega Tapiz. O hotel fica fora do centro, no meio dos vinhedos. A construção é lindíssima (tombada). O hotel é muito charmoso e tem um restaurante nota 10. A Bodega propriamente dita fica um pouco mais distante mas tudo fácil se tiver carro.

http://www.tapiz.com.ar/shop/index_c.html

Cláudia O.
Cláudia O.Permalink

A última vez que estive em Santiago (novembro 2007) fiquei hospedada no Atton El Bosque, tinha acabado de ser inaugurado, custo/benefício excelente, 110 dólares (com café incluído) por um hotel padrão 4 estrelas, quartos grandes com duas camas de casal, super confortável e além do mais quase na esquina com a Av. El Bosque, repleta de restaurantes.

http://www.atton.cl/

Luciano
LucianoPermalink

Acabamos de voltar de Santiago e ficamos no Atton El Bosque. Continua como a Cláudia falou. Só não dá pra contar com a piscina, que é gelada. A localização é perfeita, pois uma quadra para um lado tem estação de metrô e pro outro lado a Av. El Bosque Norte e um pouquinho mais a parte legal da Isidora Goynechea. Pra quem vai com criança, a Plaza Peru (a pouco mais de três quadras) tem caixas de areia e brinquedos ótimos. Da outra vez havíamos ficado no Four Points na Providência, mas a localização e o que a área do Atton El Bosque oferecem é muito melhor.

Vale a pena lembrar que no final do ano passado inauguraram a extensão das linhas 1 e 5 do metrô. Os mapas e guias turísticos dos hotéis ainda não foram atualizados, então o melhor é conferir em http://www.metrosantiago.cl/estacion/plano-red. Agora, por exemplo, é possível ir ao Pueblito Los Dominicos de metrô.

Outra coisa que vale a pena é pagar um pouco mais e pegar o táxi do hotel ou shopping, uma vez que a maioria dos táxis "normais" não tem ar condicionado.

Por falar em shopping, o Mirador do Alto Las Condes é uma área agradável com várias opções muito boas de restaurantes. Almoçamos no Caprese (risotto milanese com ossobuco braseado fantástico), frozen yourt do YougurtLife (que não parece frozen yourt) e o café do Juan Valdez Café (que deixa o Starbucks no chinelo). E tem free WiFi. A loja Casa&Ideas tem muita coisa legal e barata.

Fomos ao Quinta Normal e o parque está sendo remodelado/reformado. O museu de Ciências Naturales fica em um prédio muito bonito, mas é pobrinho e o prédio precisa de reforma urgentemente (o ponto alto são os esqueletos de uma baleia azul e de um dinossauro e agora tem uma exposição de itens egípcios - em vinte minutos já estávamos na rua novamente). O Museu Ferroviário tem várias locomotivas que poderiam estar em melhor estado de conservação (nesse não ficamos mais do que quinze minutos pois o sol torrava nossa cabeça).

O Centro Cultural La Moneda está com uma exposição dos guerreiros de terracota de Xian até abril. São vários artigos e uns 10 guerreiros em exposição.

Depois de organizar as fotos, se lembrar de mais alguma coisa, volto a postar.

Edu Luz
Edu LuzPermalink

Quanto ao hotel não vou ajudar muito pois fiquei nos Hyatt ( tanto em Santiago quanto em Mendoza).
Já aos passeios, vamos lá: Santiago - La Chascona ( imperdível), museu de La Moneda, visita a Concha y Toro (clichê, mas sensacional), passear na região bonitinha e cheia de lojas de design próximo ao cerro Sta Lucia, jantar no Astrid y Gaston.
Mendoza ( estará um calor de fritar ovo no asfalto!) - vinícolas Catena Zapata (imperdível), Ruca Malen ( prum almoço), Zuccardi ( tem um tour que te leva pra experimentar os vinhos que estão descansando nas barricas), Rutini ( o museu é meia-boca , mas se passar na frente...) Nâo se esqueça de contratar um tour pois dirigir naquelas estradinhas horríveis e com alguns tastings, não dá. Experimente o Wines of Argentina bem no Centro que pareceu bem legal ( não consegui ir) e vá comer no Almacem del Sur, um lugar onde são preparadas um montão de conservas premium e no 1884, um restaurante legal do Francis Mallmann que fica na vinícola Escorihuela Gascon. Além do que, passear pelo centro e pelo parque de Mendoza é muito legal.
Vou dar uma olhada nos meus alfarrábios e depois indico mais alguma coisa.

Carla
CarlaPermalink

Adorei as sugestões, Edu, super obrigada! wink

Rose
RosePermalink

Nossa eu só fui pra Santiago por causa de um vôo atrasado e fiquei no aeroporto durante horas, até hoje não acredito nisso rs, mas um dia voltarei e visitarei tudo o que for legal. Não sei te dizer algum hotel em específico, mas dei uma pesquisada oh, http://www.submarinoviagens.com.br/agencia-de-viagens.vxlpub
acredito que por agência seja mais barato do que diretamente, pelo menos pra Argentina é assim. O bom é que é uma agência de turismo virtual, espero que possa ajudar rs. Ou tente ir pessoalmente a alguma agência.

Jorge Bernardes
Jorge BernardesPermalink

http://www.bohemiahotelboutique.com/EN/index_EN.htm

Nós nos hospedamos neste pequeno hotel em Mendoza. Dele dá para percorrer a cidade inteira a pé, mas o melhor de Mendoza está mesmo fora da cidade. É um pequeno lindo hotel, numa casa antiga, bem reformado, com ótimo serviço e bom preço, fica numa rua residencial bem gostosa e verde. Nós adoramos o hotel.

Se eu voltar á Mendoza, eu vou procurar me hospedar numa finca fora da cidade. Acho que vale mais a pena pelas paisagens, pelos restaurantes, por tudo!

Mas ainda assim, se a opcao for na cidade, este hotel me pareceu a opção mais charmosa.

Tomem cuidado apenas com o carro alugado pelas ruas de Mendoza. Eles não têm estacionamento e deixei meu Golzinho alugado fora, enganado pela aparência segura da rua....As locadoras de Mendoza são muito mal intencionadas e o seguro total deles não cobre furto de estepe ou toca fitas.... (mas não é total? Não, não é e estava escrito nas linhas menores).

Bom, pedi um carro sem toca fitas... adivinhe o que aconteceu? Roubaram o estepe do meu carro na rua do hotel. Prejuízo de 300 pesos.

Carla
CarlaPermalink

Obrigada pelo aviso, Jorge! Eu estava considerando a possibilidade de contratar um táxi pelo dia, pra não ter que me preocupar com a direção - agora acho que essa vai ser mesmo a minha escolha! wink

Claudia Matoso
Claudia MatosoPermalink

Em Santiago também recomendo o Orly. Muito charmosinho, atendimento muito bom, café da manhã idem, "chá da tarde". As áreas comuns são muito agradáveis, você toma o café da manhã num jardim de inverno super lindo, com cobertura de vidro. Nas proximidades muitos restaurantes, metrô, supermercado. E dá pra ir à pé pro Cerro San Cristobal.

Carla
CarlaPermalink

Pessoal, obrigada a todos pelas dicas! grin

Mara
MaraPermalink

Em Mendoza, me hospedei num business hotel pois fui a trabalho e tive um jantar maravilhoso no Hyatt. A relação custo-benefício foi interessante!

Leandro
LeandroPermalink

O Ibis de Mendoza é muito bom. A localização, para rodar na cidade, não é boa. Mas, para quem aluga um carro para visitar as vinícolas, a localização é excelente!

Silvia Oliveira - Matraqueando

Ufff, cheguei para dar um diquinha. Antes tarde do que... depois da Carla embarcar! Em Santiago fiquei no Apart-Hotel Vegas (não confundir com o Hotel Vegas, do mesmo grupo (já citado no post, mas é bem mais antigo e fica a uma quadra do apart).

O Apart-Hotel Vegas foi inaugurado há pouco mais de um ano. Novíssimo – apesar da decoração simplérrima – com cozinha equipada, quarto, sala e banheiro. Pagamos US$ 54 dólares pela diária, mas HOJE está US$ 61,00 para casal. Reserva para, no mínimo, três noites. Fica no charmosíssimo quarteirão Paris-Londres, região central.

Site do apart: http://www.hotelvegas.net

Ricardo
RicardoPermalink

Estive no Hotel Vegas mês passado.
Podem ir sem medo, o lugar é 100%.

att

Lili-CE
Lili-CEPermalink

Sera que ainda dá tempo pra uma diquinha? Em Mendoza, fiquei no Hotel Mendoza, bem nonzinho,com estacionamento, o que faz diferença se vc resolver alugar carro.

http://www.hotelmendoza.com/

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sempre dá tempo, Lili! O tempo todo aparece gente nova pesquisando! Obrigado!

Ingrid
IngridPermalink

Olá Lili. Encontrei esse hotel Mendoza com um ótimo preço no easytobbok.com (US$ 66). É um dos melhores preços. No trip advisor tem críticas boas e ruins. Você recomendaria? Eu só quero um banheiro limpo e cama confortável. Obrigada grin

Maria Célia
Maria CéliaPermalink

Estou planejando uma viagem de 10 dias em junho para comemorar um ano de casório (já! parece que foi outro dia estava pedindo dicas para a lua-de-mel...) e devo confessar minha quase total inexperiência quando se trata de América do Sul. Só conheço Punta Del Este e olhe lá... uma curtíssima viagem em pleno inverno (tudo fechado!).

O que eu já decidi é que quero passar umas noites em Buenos Aires e queria dar uma esticadinha por algum destino romântico ali por perto...

Como vai ser inverno, pensei em Bariloche, mas também li sobre Mendonza e fiquei em dúvida: mesmo para quem não entende NADA de vinho (euzinha!), Mendonza é um destino legal?

Alguma outra sugestão de destino ali pela região? Queria paisagens bonitas, pousadas charmosas mas sem ir à falência... será que dá? rsrs

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pesquise hotéis em Villa La Angostura, uma cidadezinha à beira do lago pertinho de Bariloche. Um hotel para lua-de-mel é o Correntoso http://www.correntoso.com .

Hotéis de Villa La Angostura no TripAdvisor: http://www.tripadvisor.com/Hotels-g312844-Villa_La_Angostura_Province_of_Neuquen_Patagonia-Hotels.html

Maria Célia
Maria CéliaPermalink

Puxa, eu sabia que aqui eu ia encontrar sugestões maravilhosas, mas não esperava uma resposta tão rápida e tão exatamente dentro do que eu estava procurando!
Mais uma vez, super obrigada!!! Estou fascinada pelo Correntoso! E o melhor é que fiquei positivamente surpresa com o preço, que é até barato pelo nível do hotel!!! Amei!

Sem querer abusar, mas já abusando, como é que é melhor chegar em Villa La Angostura? Vôo pra Bariloche e alugo um carro? Pra ir de carro desde Buenos Aires é mto longe, né? Vou dar umas pesquisadas nas cias aéreas.

Valeu demais mesmo!!!

PêEsse
PêEssePermalink

Maria Célia, se você resolver seguir o conselho do Ricardo e for para Villa La Angostura, considere também se hospedar na http://www.hosteriaelestablo.com.ar/ A localização é excelente, a apenas duas quadras da principal rua de Villa La Angostura (menos de cinco minutos de caminhada), onde estão alguns restaurantes, lojinhas e o centro de informações turísticas. O hotel é excelente. O quarto é amplo, espaçoso, a cama é para lá de confortável, a decoração de tudo é uma graça e o café da manhã (incluído no preço) é muito bom. A equipe é atenciosíssima e muito prestativa. Recomendo bastante. No fim de dezembro de 2009 paguei Ar$ 365 por noite por um quarto duplo, algo em torno de US$ 96.

Para jantar, sugiro o Tinto Bistro e o restaurante do Las Balsas Hotel – http://www.lasbalsas.com/ Você terá duas experiências gastronômicas memoráveis. Peça para o hotel fazer a reserva com a maior antecipação possível.

A melhor forma de se locomover entre Bariloche (onde provavelmente você vai pousar) e Villa La Angostura é de carro. São mais ou menos duas horas em uma estrada que no verão estava muito bonita (florida e com os picos nevados ao fundo). Uma boa combinação é esticar de Villa La Angostura para San Martin de los Andes, outra cidade pequenininha e linda. Fica a duas horas e meia de Villa La Angostura. O trajeto é feito pela chamada Rota dos Sete Lagos, uma estrada de terra com pedras (rípio) que passa por sete belíssimos lagos. A estrada não é boa, não, e dizem que piora no inverno (fiz no verão, e recomendo). Mas a beleza das duas cidades (dois dias inteiros em cada uma está de bom tamanho) e também do trajeto entre elas seguramente justifica a viagem.

Pesquise bastante antes de alugar o carro. Os preços variam muito. Procure também em locadoras locais em Bariloche (digite "autos e renta" ou "autos e alquiler" no Google e aparecerá um monte). Troque e-mails, peça descontos se a quantidade de dias de locação for grande (normalmente, mais que cinco) e veja se há a cobrança de alguma taxa a mais para devolução no aeroporto (se for o seu caso, claro). Eu aluguei na http://www.4windsrentacar.com.ar/ por preço mais baixo que nas locadoras maiores (Hertz, Budget, Alamo, Avis etc.) mas acho que teria conseguido preços melhores ainda se tivesse feito a pesquisa com mais antecedência (dezembro e janeiro são meses em que os carros rareiam, já que muita gente se põe a viajar pela Patagônia).

Maria Célia
Maria CéliaPermalink

PêEsse, obrigadíssima pelo super roteiro, está fantástico! Feliz ou infelizmente, minhas férias são apenas em junho, então provavelmente eu farei o percurso no inverno mesmo... mas para mim será uma atração a mais, nunca vi neve na vida!!! Apesar de que as fotos das flores e da floresta verdinha são tentadoras... acho que vou ter que voltar no verão em alguma outra oportunidade... hehe

Então to pensando o seguinte... 4 dias em Buenos Aires, 3 dias em Villa La Angostura e 3 dias em San Martin de Los Andes, se a estrada estiver trafegável, ou 6 dias em Villa La Angostura, caso não esteja.

Andei cotando uma passagem pela Lan Chile, São Paulo-Buenos Aires; Buenos Aires-Bariloche e Bariloche-São Paulo por R$ 1.150,00 (reais mesmo) por pessoa. Achei um preço bem razoável. Agora é só decidir o hotel em Buenos Aires (estou em dúvida entre o Urban e o HJ Boutique) e a viagem já começa a tomar forma...

Obrigada mais uma vez pelas dicas preciosíssimas!

PêEsse
PêEssePermalink

Maria Célia, dois dias inteiros (sem contar o dia de saída nem o dia de chegada) bastam para conhecer sem pressa tanto Villa La Angostura quanto San Martin de los Andes. Já que você vai no inverno, se pretender esquiar acrescente o número de dias respectivo. Acho que, mesmo esquiando, seis dias em Villa La Angostura podem ser demais. As duas cidades são pequenininhas. Talvez seja o caso de ficar alguns dias em Bariloche. O http://www.ayresdelnahuel.com.ar/ não é um hotel charmoso, mas cumpre seu papel de custar US$ 100, ser confortável e muito bem localizado.

Maria Célia
Maria CéliaPermalink

Hummm, entendi... na verdade nunca nem vi neve, então esquiar está um pouco além das minhas expectativas (mas a gente nunca sabe, né? vai que dá coragem...). Acho que vou acrescentar uns dias em Bariloche mesmo. Até porque realmente seria um desperdício ir até Bariloche (aeroporto) e não conhecer Bariloche, ainda que só uma espiadinha de uns dois dias...
Vi o site do Ayres del Nahuel e achei ótimo! Agora só falta oficializar minhas férias aqui no trabalho para começar as reservas!

Fiz uma simulação no site da LanChile Chilena e na Aerolineas Argentinas Argentina e não vi diferença no preço para a passagem que estou cotando. Acho que aquela tarifa de R$ 1.150,00 pela LanChile Brasileira está boa mesmo...

Muito obrigada por toda a ajuda!!!

Gisele
GiselePermalink

Gente, estou pensando em fazer um passeio ficando 3 dias em Buenos Aires e 4 em Santiago. Náo sei nadinha de Santiago.... alguém poderia me dar umas dicas do que é essencial para uma primeira visita?

Simone
SimonePermalink

Sempre curto as dicas do site e queria um help, pois viajo dia 01/05/10 pra Buenos Aires e dia 08/05 chego a Mendoza. Eu e meu marido temos dúvida quanto à chegada na cidade. Pensamos em ir de ônibus de Buenos Aires pra Mendoza e voltar de avião dia 12/05 direto pro aeroporto de Ezeiza, onde retornamos pro Rio. Qual melhor forma de transporte para conhecer as vinícolas?Pensamos em alugar um carro, mas não queremos nos arriscar nas estradinhas e andar num lugar desconhecido após alguns tastings não seria muito prudente...rs. Pegamos dicas aqui das bodegas a visitar e selecionamos as que mais nos interessam, porém, não sabemos se em Mendoza conseguimos alguém que nos leve pra onde quisermos ou se as agências fazem passeios fechados e tal.
Aguardo ajuda. Obrigada!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Vai haver posts sobre Mendoza antes disso, Simone. Confira se há vôos mesmo de Mendoza a Ezeiza, ou se todos vão ao Aeroparque. De ônibus são 12 horas de viagem. Falam bem dos ônibus leito, talvez eu teste.

Krikous
KrikousPermalink

Moro em Buenos Aires e já fui ao sul de Mendoza de ônibus (ao sul de Córdoba também - recomendo... Ninguém fala dessa província, mas é lindíssima e o povo é muito gentil!). Os ônibus aqui são 100%. Como é uma viagem longa (10-12 horas), eles servem jantar (entrada, prato principal quente, sobremesa, cafezinho e bebida - vinho, cerveja ou refrigerante - e no dia seguinte, o café da manhã). Quando fui a MDZ, pequei um feriado, as passagens já estavam acabando e acabei pegando um ônibus extra. Não tive opção e fui de semi-leito.Não são ruins (oferecem o serviço acima de refeição, mas não te dão manta. Sem problema, porque tem um mega aquecedor no ônibus...). A opção leito é bem melhor, claro. Tem alguns trajetos, como Bariloche (22-24 horas) que tem até a opção "suite". As estradas são boas tb. Vale a pena sair de BUE de noite, viajar toda a madrugada e chegar de manhã cedo a MDZ.
Para quem chega a BUE de avião, a ideia é pegar um ônibus "frescão" da Manuel Tienda Leon, que vai até o bairro de Retiro (atrás do hotel Sheraton). Se vier com pouca bagagem, pode ir andando até o Terminal Rodoviário de Retiro (os ônibus de longa distância saem daí). Óbvio, com atenção, porque é o centro da cidade, é preciso atravessar uma praça que, às vezes, está cheia de oportunistas esperando para bater carteira... Se vier carregado, é melhor pegar um taxi ou ver na própria MTL se eles levam o passageiro até lá, em geral, sem custo adicional. O serviço deles sai de Ezeiza e vai até a central da MTL, em Retiro. Depois, eles separam os passageiros em pequenas vans segundo o itinerário de cada um e os leva a alguns bairros (dependendo da distância) dentro da capital federal. Tenho quase certeza que o Terminal Rodoviário está incluíndo no raio coberto pela MTL.

Carla
CarlaPermalink

Simone, eu tinha pensado em alugar carro em Mendoza, mas depois mudei de idéia - eu tinha só dois dias na cidade e queria visitar algumas vinícolas específicas, tinha visita com hora marcada, não podia ficar me perdendo... Então contratamos um remis para ficar à nossa disposição durante o dia. Deu tão certo que repetimos a dose no dia seguinte. O valor que ele nos cobrou por cada dia (mais ou menos 200 pesos argentinos, ou US$ 50) não pagaria nem o aluguel do carro... (Tenho o contato desse remis - se te interessar, posso te enviar por email).

Há, sim, várias agências que fazem passeios fechados. Não tenho referência de nenhuma, e não cheguei a experimentá-las - mas, uma vez em Mendoza, uma volta pela Peatonal Sarmiento ou pela Avenida San Martin vai te mostrar várias.

Tenho a impressão de que todos os vôos de Mendoza chegam a Buenos Aires pelo Aeroparque, como o Riq te alertou... Quando eu voltei de Mendoza a Bs.As., acabei preferindo passar mais uma noite na cidade, porque minha passagem doméstica era desvinculada da internacional. (Bom, talvez eu fizesse isso de qualquer forma, para não ter que chegar de manhã por um aeroporto, retirar a bagagem, trocar de aeroporto, fazer um novo check-in, esperar praticamente o dia todo e só então voltar pra casa... Dá uma canseira só de imaginar! wink )

Marilene Figueiredo
Marilene FigueiredoPermalink

Olá Carla, pode fazer o favor de enviar-me o contato do remis. Penso que é uma boa opção. Obrigada

jULIANA
jULIANAPermalink

Simone,
Poderia me enviar por email o contato dos remises? Em Mendoza para passeios

Obrigada

jULIANA
jULIANAPermalink

Meu e-mail:jfarias1978@hotmail.com

Luiza
LuizaPermalink

Oi, Carla. Seria possível você me enviar o contato do remis?
Meu e-mail é luizagontijo@gmail.com
Muito obrigada!

Simone
SimonePermalink

Obrigada, Ricardo...encontramos algumas agências que fazem os tours pelas vinícolas: alguns são salgadinhos. Confirmamos que na volta todos vão pra Aeroparque. Teremos que pegar um táxi mesmo para ir pra Ezeiza, não tem jeito. Encontramos boas dicas dos ônibus, acho que vamos arriscar quando estiver mais perto pois tem um tempo máximo de antecedência para comprar as passagens.

Regina
ReginaPermalink

Olá Carla, estou viajando para mendoza em abril e gostaria, se possivel, do contato do remis q vc contratou, e tambem em que hotel vc ficou. Esse valor de 200 pesos foi por pessoa? vc marcou as visitas ainda aqui no Brasil ou quando chegou lá? em q site vc agendou as visitas? e que vinícolas vc visitou? gostou? Agradeço as informaçoes.