10 perguntas sobre o Oasis of the Seas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O show aquático

20 andares, 15 decks abertos à circulação, 2.700 cabines, 24 elevadores, 6 mil passageiros, 2 mil tripulantes: é possível gastar uma página inteira apenas recitando os números do Oasis of the Seas, o maior navio de passageiros da história. Estatísticas e cifras, porém, não conseguem explicar como é, afinal, viajar no novíssimo meganavio. Estive a bordo do cruzeiro pré-inaugural no fim de novembro e conto tudo o que você queria saber, mas não tinha para quem perguntar.

Central Park à noite1 | É o maior navio de passageiros já construído. E daí?
Daí que a diferença do Oasis of the Seas não é propriamente o tamanho – mas o que fizeram para aproveitar suas superdimensões. Enquanto todos os outros navios são um bloco sólido com piscinas no convés, o Oasis foi desenhado com dois grandes vãos, que criam áreas ao ar livre em decks baixos.

Da minha cabine no deck 11 eu precisava descer três níveis para passear no Central Park, uma praça com arbustos e plantas de verdade, situada no centro do navio e ladeada por bares, restaurantes e lojas.

Se descesse mais dois deques chegaria à Boardwalk, uma passarela na popa que imita um píer de praia na Califórnia, com direito a carrossel de cavalinhos, quiosque de donuts e barracão de frutos do mar. Um nível abaixo, a Royal Promenade – corredor de restaurantes, cafés e lojas, com layout que remete à ala gourmet de um bom shopping center – tira proveito da clarabóia construída em meio ao jardim do Central Park, que faz a luz natural chegar às profundezas do deck 5.
Essas novidades mudam a relação entre passageiro e navio e fazem o Oasis parecer um bicho à parte no seu bioma.

2 | Diz uma coisa: não é muita gente, não?
É. Mas a diversidade de espaços – alguns até aconchegantes – faz as multidões se dispersarem naturalmente em nichos. A dinâmica é mais de cidade grande do que de megashow.

3 | Balança muito?
Nadica. Leve Dramin apenas por excesso de zelo.

4 | Tem muita confusão para embarcar e desembarcar?

O embarque é organizadíssimo: o terminal exclusivo da Royal Caribbean no porto de Fort Lauderdale, a meia hora de Miami, tem quase tantos guichês quanto uma ala do aeroporto de Guarulhos. O meu cruzeiro não fez paradas, então não posso avaliar o que acontece nas escalas. As primeiras resenhas publicadas no site CruiseCritic.com, no entanto, não mencionam transtornos.

5 | As cabines são grandonas também?
As cabines comuns não são propriamente grandes: têm entre 14 e 17 metros quadrados, mas são bem equacionadas: todas têm sofazinho de dois lugares e bancada de trabalho. O wifi é perfeito (mas é cobrado). Há lofts de dois andares e megassuítes do tamanho de bons apartamentos.

A grande novidade são as cabines com vista interna, para o Central Park e para a Boardwalk, que custam mais caro do que as com vista para o mar.

6 | O que está incluído e o que é pago à parte?

Café da manhã, almoço e lanchinhos estão incluídos em diversos restaurantes, cafés e quiosques em todo o navio. O jantar só está incluído no restaurante principal (o Opus), no buffet Windjammer e na pizzaria Sorrento’s. Nos outros restaurantes – do italiano Giovanni’s Table ao saudável Solarium Bistro – é preciso reservar e pagar à parte. Os pratos não são caros: um combinado no japonês Izumi sai por US$ 9; o menu completo do 150 Central Park – o restaurante com pretensões a haute cuisine do navio – custa US$ 35. Bebidas alcoólicas não estão incluídas (é negócio comprar um passe à parte). Os espetáculos são gratuitos (alguns exigem reservas), mas os tratamentos no spa são pagos.

7 | A comida é tudo isso?
Não suba num navio achando que vai encontrar comida com a qualidade de lugares escolhidos a dedo em terra firme. Mas o padrão é bastante bom.
No bar Viking's Crown
8 | O que tanto tem para fazer a bordo?

O Oasis é como uma Arca de Noé turística. Você vai encontrar pelo menos um exemplar de todo tipo de estabelecimento que procuraria nas férias. São dez restaurantes, dez bares, cinco cafés, três discos (uma só para teens), quatro teatros (num deles está em cartaz Hairspray), um clube de jazz, um cassino, uma ala teen, outra para crianças, spa, academia e nada menos do que vinte piscinas e jacuzzis no convés.

9 | Passa por onde?

Os roteiros de uma semana incluem três ou quatro paradas no Caribe, em lugares como Nassau (nas Bahamas), Cozumel, St. Maarten, St. Thomas, Falmouth (Jamaica), Labadee (uma praia privativa no Haiti), e Costa Maya (na divisa de México e Belize).

10 | É muito caro?
Cruzeiros têm boa relação custo- benefício, e mesmo o Oasis custa menos do que se poderia imaginar. Na saída de 27 de novembro – a mais em conta de 2011 –, as cabines começam em R$ 2.077 por pessoa (parte aérea não incluída; preço apurado na época da publicação da matéria, em dezembro de 2009). Faça simulações em RoyalCaribbean.com.br.

Publicado originalmente na minha página Turista Profissional, que sai toda terça no suplemento Viagem & Aventura do Estadão.

Leia também:

Por dentro do Oasis of the Seas

92 comentários

LETICIA  Z
LETICIA ZPermalinkResponder

Riq
Mas vc acha que quem nao é muito fa de cruzeiro e enjoa, pode se dar bem nesse?
Lendo a matéria, me deu vontade de testar.
Bjo.

Ricardo Freire

Tirando o enjoar (não se enjoa nada, escrevi isso no post, é o item 3), a pergunta é muito difícil, Letícia. Não sei sobre a sua disponibilidade de tempo, de grana, seu repertório de viagens, seus destinos de sonho.

O que eu posso te dizer é que eu não curto a idéia de cruzeirões, fui em missão estritamente jornalística, para ver e relatar como era o maior navio de cruzeiro do mundo, e curti bastante. Mas não disporia do meu tempo livre e da minha grana para embarcar num cruzeirão assim, não.

Agora: quem curte cruzeiro certamente vai amar o Oasis. E pra quem tem curiosidade por esse tipo de cruzeiro, em que a vida no navio é mais importante do que qualquer coisa que se encontre em terra firme, não deve haver navio melhor do que este para experimentar.

Gisele
GiselePermalinkResponder

Eu ainda continuo suuuper indecisa se vou pro oasis ou se pego a grana e curto aruba e curacao. Amo mar clarinnho hehehehe e náo conheco nada do caribe

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Gisele, se está em dúvida e ama mar clarinho.. vá para Aruba e Curaçao.. fui em outubro de 2009 e é incrível, ambos os destinos com seu charme que encanta a cada minuto.

Se precisar de orçamentos fale comigo.

abs...

LETICIA  Z
LETICIA ZPermalinkResponder

Obrigada, acho que nao é prá mim também. Falei sobre o enjoo, porque é um detalhe importante, e como isso é subjetivo achei por bem considerar...mas tinha lido o texto com cuidado!
Bjo.

Mario Teixeira

Bom dia, Ricardo. Fiz o cruzeiro no Oasis de 5 a 12 de maio e posso ajudar a responder algumas dúvidas.
Por exemplo, a saída do navio nos portos de Nassau, St Thomas e St Marteen é normal, apenas com o Seapass (aquele cartão que cada um recebe ao fazer o check-in). Na volta, apenas em Nassau foi pedido o passaporte, mas é sempre interessante levar o documento, para o caso de precisarem conferir o passageiro.
As filas para a volta ao navio foram ínfimas, não chegando a cinco minutos de espera, até pq o acesso funciona meio ao estilo "cara-crachá", ou melhor, "cara-cartão". Na passagem pelo raio-x, já dentro do porto, preparando-se para entrar no navio, os problemas foram os de sempre... garrafas de água abertas, comidas e etc... O que está lacrado e dentro das bolsas, não é mexido.
No último dia decidi por deixar a mala no corredor na véspera e pegá-la no último horário de desembarque, entre 9h45 e 10h. Na hora apontada no monitor fui direto até o local designado e tudo estava lá. Um amigo meu teve a identificação da mala arrancada e encontrou a mala num local tipo "achados e perdidos". Um outro teve menos sorte. Como não há conferência, a mala dele foi levada por engano por outro passageiro. Ele fez o registro junto aos funcionários da Royal e três dias depois a mala dele foi entregue, intacta, no hotel de Las Vegas, para onde ele tinha viajado. De qualquer forma, quem quiser evitar dor de cabeça, pode sair com a mala no horário que bem desejar.
Espero ter ajudado.

Sandra Marques

Olá Mario Teixeira,
Gostaria de saber o que vc achou das paradas nas Ilhas? Os passeios oferecidos pelo navio são interessantes?
Grata pela atenção. Sandra

Duda
DudaPermalinkResponder

Olá,

Gostaria de saber se é exigida a vacina contra febre amarela para saida de Fort Lauderdale para itinerário Jamaica ou Haiti?

Alexandre Giesbrecht

Minha visita ao MSC Orchestra por algumas horas foi a minha única experiência num navio. Então, minha pergunta é: quando você diz que não enjoa nada, está se referindo só ao Oasis ou a tudo quanto é navio das maiores companhias?

Ricardo Freire

Minha outra experiência em naviozão tinha sido no Zenith, para 1.900 passageiros. Lá eu sentia de vez em quando que estava num navio. Neste, nunca senti.

(Na verdade a impressão não é "em comparação"; é absoluta, mesmo. Não balançou nunca.)

Oscar
OscarPermalinkResponder

Quando fizemos nosso cruzeiro de Cingapura a phuket o navio o Starcruise Aquarius não balancou nada. Mas uma dica e procurar ficar numa cabine bem no meio do navio. Estando no centro de equilíbrio ele deve balançar menos que estando mais perto da proa ou da popa.
Bem que esse naviozao podia estar fazendo a rota para o Alaska mas ate agora não vi ele nesta rota.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Eu não curtia a ideia de cruzeiros, mas peguei uma promoção tão boa em outubro/novembro do ano passado que acabei fazendo a travessia Itália-Brasil em um navio da MSC... mudei de ideia - pra descansar a travessia foi ótima. Agora fico babando nessa mega arca de Noé...

Mas na verdade o comentário é para ampliar a lista de antieméticos, com dois que não dão sono como o dramin: meclin e vonau. Este último foi indicado por um médico que consultei antes de viajar, já que normalmente enjôo até nos 4km do caminho entre minha casa e o trabalho. Disse o médico que é receitado a quem faz quimioterapia e que os efeitos colaterais não são nada piores que o de similares, lembrando-me que "todo medicamento tem efeitos colaterais". Ah, o médico receitou vonau 8mg, duas vezes ao dia, mas eu só usei nos dias de mar mais mexido e meia dose (4mg). De qualquer maneira, o estabilizador era tão bom que em 18 dias só usei 3x, mas minha farmacinha salvou uma outra pessoa bem mareada.

Carol Coelho
Carol CoelhoPermalinkResponder

Gostei dos cruzeiros que fiz.
O Island Escape balançou, mas nada fora de comum... Dificil é se manter em pé e se servir no self service do almoço!!! Em terra firme senti falta do balanço e ficava zonza.(Vai entender!?!) Depois vc acostuma.
Já no Splendour of the Seas senti que balançou muito mais. Nos jantares era o meu momento de tortura pq sinto todo balanço, mas não passei mal em nenhuma das vezes e segui rotina normal de comidas e bebidas... e sem remédio.
Mas essa de enjoar vai muito de pessoa pra pessoa pq minha mãe tem labirintite (do médico proibir fazer cruzeiro) e ela já esta no seu terceiro cruzeiro e diz que não vai parar tão cedo!!! Detalhe que também nunca passou mal.
Meu sonho de consumo ainda não chegou no Oasis(Amei as fotos e os tweets Riq) e estou pensando muito em encarar o Vision no fim do ano!
Vamos ver no que dá pq a cota de férias desse ano já acabou!!!

Tati
TatiPermalinkResponder

riq, e para as crianças pequenas, ele´tb eh legal?

Ricardo Freire

Tem uma área específica para crianças pequenas, elas parecem se divertir.

Wander
WanderPermalinkResponder

já fiz dois mini cruzeiros de Santos a Buzios eek primeiro em 2008 no Mistral : nada de enjoar. O segundo agora em 12/2009 no Vision (primo menor do Oasis), Na ida foi tudo bem, mas na volta com mar agitado muitas pessoas enjoaram. Na recepção tinha Meclizina fornecido pra quem passava mal.

Ernesto, o pato

Minha impressao e que o Oasis esta mais para um ressort flutuante do que propriamente para um cruzeiro.

A dica da cabine do meio e muito boa, e veja os precos do htwire.com, e do vacationstogo.com este ulimo especializado em cruzeiros e que e bem confiavel, ja usei por 3 vezes, sempre sendo bem atendido, e com o preco correto sendo debitado no cartao.

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Ernesto, muito obrigada! Eu ia mesmo perguntar sobre os melhores sites para compra de cruzeiros internacionais.

O site da AA não vende para cartões "de fora".

Os sites daqui quase nunca têm preços e datas, fazem a gente ter que ligar na agência, ou ir pessoalmente, e isso pra mim é de matar!

sonia  lucia schlindwein

Por favor um esclarecimento,pra quem quer fazer o primeiro cruzeiro e nao quer gastar muito, como saber se comprar cruzeiro com a vacationstogo é confiavel? vi uma fastdeal em que o preço se torna muito atrativo. grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sonia! Verifique se o cruzeiro escolhido aceita passageiros brasileiros no preço declarado. Alguns preços promocionais só valem para o mercado americano.

Sandro Morgan
Sandro MorganPermalinkResponder

Gostaria de obter informações sobre a academia do navio, se puder vir com fotos seria de grande valia, obrigado.

Ricardo Freire

É mega também.

PAULA LEVY
PAULA LEVYPermalinkResponder

Estou embarcando 18fev, estamos em 8 pessoas, sendo 2criancas de 3anos, será se tem restrição de horarios da permancencia de crianças no restaurante e até mesmo no Jantar de Gala mesmo acompanhados dos pais?

Ricardo Freire

Paula, é melhor você perguntar para o pessoal da Royal Caribbean.

LETICIA
LETICIAPermalinkResponder

Olá...
vou embarcar no OASIS dia 26 de junho de 2010. Preciso q me tire uma dúvida importantíssima:
OS BANHEIROS TEM SECADOR DE CABELO?
TEM TOMADA E QUAL A VOLATGEM?

obrigada

Ricardo Freire

Hmmm... não me lembro. Digamos que não preciso smile Mas normalmente hotéis e navios de luxo já vêm equipados com secador.

Essa é uma informação superfácil de buscar junto ao seu agente.

silvana chamusca

Alguem conhece a Decruzeiros.com? Comprei um cruzeiro para o natal de 2010 pela internet mas confesso que estou insegura. Ricardo Freire sabe alguma coisa sobre compras de cruzeiros pela net? Gente me ajuda. Ficarei grata

Carol Owen
Carol OwenPermalinkResponder

Meus pais vao pra pra o cruzeiro no Oasis of the Seas em Marco. Alguem pode sugerir hoteis pra ficar na volta do cruzeiro pra curtir um pouco Fort Lauderdale? Obrigada.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Carol,

Eu fiquei em um hotel muito bom, o Staybridge Suites Plantation, que você pode ver nesse post aqui: http://wazari.wordpress.com/2010/06/11/fort-lauderdale/

Ele fica entre o Sawgrass Mills Mall e o centro da cidade, ideal para quem deseja fazer compras. Caso eles não queiram fazer compras e desejem ficar mais perto do burburinho, então seria melhor um hotel mais perto do centro. Nesse caso eu indico o Courtyard Marriot, que meus pais já ficaram e gostaram muito. Eles também foram fazer um cruzeiro e se hospedaram lá 2 noites.

Lea
LeaPermalinkResponder

Boa noite!
Minha pergunta de hoje é dirigida especialmente ao Riq que esteve lá no final do ano - mas, claro, quem souber... poderia me ajudar por favor?
smile
É sobre vacina contra febre amarela. Eles exigem mesmo a tal carteirinha na entrada em Bahamas? Porque inventei em cima da hora de querer um mini cruzeiro pra lá, já que estarei em Miami por 12 dias. Mas não dá mais tempo de tomar a tal vacina! Sei que, oficialmente, eles exigem. O que não sei é se exigem mesmo na prática, e se exigem mesmo de quem vai apenas passar uma tarde lá... Sei que parece estranho perguntar, pois se o consulado diz que sim, as agências tb, a Anvisa e a OMS... então precisa! Mas é que eu estive na China no ano passado e apesar de todo mundo (sites, consulados, agentes de viagem, Anvisa, OMS...) dizer que precisava, não tomei a vacina e ninguém me pediu nada, nem a mim nem à minha amiga que viajava junto, e que havia tomado.. Além disso, sei que muitas regras têm exceções, período de tolerância (como no caso de carteira de habilitação) e outras sutilezas... e fico torcendo pra alguém me dizer que sim, se for ficar só dois dias, ou duas horas, nas Bahamas não precisa de vacina...
smile
obrigada!!
Abs a todos

Viaje na Viagem

Quem faz o desembaraço de imigração nos cruzeiros é o navio.

Ainda dá tempo para tomar a vacina. Ela passa a valer 10 dias depois de tomada.

Gustavo -  Viajar e Pensar

Estive numa das Ilhas das Bahamas em Março e não foi exigido, a vacina em nenhum momento.
Mas possuo a mesma, acho o certo tomar a Vacina, se exigem existe um motivo, que não é barrar as pessoas e sim certificar que nada de mal aconteça a elas.
Boa Viagem!!!

Simone
SimonePermalinkResponder

Fiz o cruzeiro e não me pediram nada. Nem sabia que havia a necessidade.

Simone
SimonePermalinkResponder

A propósito: fiz este cruzeiro em novembro para Bahamas e Key West e passei frio. Será que em fevereiro também existe esta possibilidade?

Lea
LeaPermalinkResponder

Entao, nao da mais tempo de tomar a vacina nao, o cruzeiro sai de Miami na proxima sexta...
eu vi muito em cima da hora. Lugar tem. Mas agora to com medo desse negocio da vacina...
EU nao consigo a informacao da Roya Caribean aqui, acho que vou ligar la.
Obrigada!!

Ricardo Freire

Sossegue. O navio funciona como imigração. Ninguém vai fuçar o seu passaporte. Você vai ganhar uma carteirinha do navio para desembarcar.

Andre
AndrePermalinkResponder

Riq, estou com problema no pagamento de um cruzeiro da R. Caribean! Me cobraram duas vezes, uma a vista e outra a prazo.
Ainda não resolveram. Qual a dica, antes de entrar na Justiça?

Ricardo Freire

Pequenas causas é uma. Já tentou reclamar em aberto no Twitter? O perfil deles é @RCCL_Brasil . Normalmente isso leva a reclamação a instâncias que decidem.

Andre
AndrePermalinkResponder

Já tentei no twitter. Sem sucesso. Vou repetir a tentativa.
Obrigado.

Ricardo Freire

Faça aberto, tipo Alô @RCCL_Brasil, estou com um problema de cobrança em duplicidade e vocês não estão me respondendo.

Ernesto, o pato

Andre

Antes de entrar na Justiça, eu tentaria a coluna "ferias fustradas" da Viagem e Turismo.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Eu tive problema também com uma decoração de cabine que veio errada. Nunca me responderam... enviei o e-mail umas 5 vezes e nada.

E o Allure of the Seas já está navegando!

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Pessoal, quem já viajou no Oasis poderia indicar como (qual agência / site / agente de viagens) foi feita a compra do cruzeiro?

Meu pai faz 80 anos em 2012 e vamos dar de presente pra ele o cruzeiro do Oasis, mas estou com algumas dúvidas bobas que não consigo solucionar.

A primeira delas é se é possível reservar pela internet em sites de fora. Já li em outro post, nos comentários, que a Royal Caribbean tem uma política que proíbe que os sites americanos vendam para brasileiros, em razão de acordos comerciais. Mas alguém conseguiu comprar informando um endereço americano válido? É possível? Compensa?

Uma outra alternativa seria comprar através de alguma agência brasileira que venda esses cruzeiros, mas as que eu pesquisei só vendem cruzeiros nacionais. Alguém comprou por aqui? Qual agência? O pagamento foi parcelado? É melhor comprar diretamente no site da Royal Caribbean?

Desde já, muitíssimo obrigada!

Kely
KelyPermalinkResponder

Maria Célia,
Mesmo estive procurando/orçando um cruzeiro há uma semana para o Caribe tb, é possível você comprar de agências no exterior sim, há um site que cota com várias agências e você compra onde a proposta for melhor ( http://www.cruisecompete.com ), cotei nesse site e recebi alguns orçamentos, é mais barato que comprando por aqui, mas você tem que pagar tudo de uma vez só, sem parcelas smile

Há também aqui no Brasil a Nascimento Turismo ( http://www.nascimento.com.br ), eles me atenderam super bem, reservaram para mim e tudo mais, no meu caso e acho que é assim para qualquer cruzeiro da Royal o pagamento é 20% de entrada e restante em 10x sem juros.

A compra no site da Royal Caribbean é bem burocrática, pelo que li a respeito não vale a pena.
o Rodrigo Purisch do Aquela Passagem descreveu a viagem dele, dá uma olhada: www.aquelapassagem.com.br/liberty-of-seas-diversao-no-mar-para-todas-as-idades/

Kely

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Kely, muitíssimo obrigada por todas as informações. Vou tentar contatar a Nascimento, já que o fator parcelamento será muito importante no meu caso! hehe

Thalita
ThalitaPermalinkResponder

Olá,
Estou precisando de opniões.......caso no fim do ano e estou planejando minha lua de mel e queremos ir ao caribe...nos sugeriram uma cruzeiro já que não conhecemos nada dessa região.....o que acha? Ou seria melhor escolher um ou outro lugar para conhecer? Agradeço a ajuda.......

Adriana Alves
Adriana AlvesPermalinkResponder

Ricardo,

você sabe se no tal jantar de gala com o comandante do navio é realmente necessário para os homens usar terno ? Estou arrumando as malas para embarcar no Oasis na próxima semana e surgiu esta duvida.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Um blazer pelo menos é de rigueur. Não custa levar a gravata; se a maioria usar, seu marido talvez prefira não destoar.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Não espere muito desse jantar, pois é meio sem graça. No navio, se não me engano, eles alugam a roupa.

Laura
LauraPermalinkResponder

Tenho dúvidas também sobre essa Noite do jantar com o comandante. Realmente não estou disposta a levar vestido longo ou algo espalhafatoso. Até então estava certa de que minha mala teria só roupas leves, quando então me dei conta do tal jantar. Há mesmo essa formalidade toda? Estou pensando em ir com algo menos formal. É possível? Pra vc que já esteve lá, como foi?
Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Laura! Aqui quem responde é A Bóia! Os americanos, e sobretudo as americanas, costumam se produzir um pouco mais nessa noite. Não há nada obrigatório a não ser um blazer para homens. Vista-se como você acha que vai ser sentir bem.

adriana
adrianaPermalinkResponder

Alguém poderia me informar se a agência VacationsToGo especializada em cruzeiros é confiável? Estou comprando um cruzeiro da Royal caribbean atráves deles mas gostaria de ter mais informações. Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! É confiável, nosso leitor Ernesto usa sempre e recomenda.

Diego Cariri
Diego CaririPermalinkResponder

Olá Adriana,

Estou com essa mesma duvida, você chegou a comprar com a Vacations??? Por favor nos mande informações. Obrigado.

Ju
JuPermalinkResponder

Olá!
Estou planejando férias em um desses super cruzeiros e pensei em optar pelo "Allure of the seas". Este e o "OASIS" são de fato irmãos gemeos??pelo q vi na discrção da Royal dos dois navios, as diferenças ficam por conta de alguns restaurantes que são diferentes em um e outro, além do mega show, q em um é hairspray e no outro chicago.
É só isso mesmo ou o Oasis ainda pode ser melhor que o Allure??
espero q alguém possa me dar uma ajuda com esta dúvida!!!
Obrigada!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ju! Os dois navios são idênticos em estrutura e tem poucas diferenças na oferta de restaurantes e lazer. O Allure é um pouco mais novo, só isso.

Ju
JuPermalinkResponder

ops...desculpem o assassinato do manuel!!acabei com o portuguÊs!!!descrição cai melhor!rs

Ju
JuPermalinkResponder

Obrigada!!!

George Souza
George SouzaPermalinkResponder

Estou interessado num cruzeiro da MSC q sai de Lisboa e chega a Santos, em novembro. Alguém sabe dizer: quanto custa as bebidas, água, café e também as alcoólicas, cerveja, vinho; acham q é seguro reservar uma viagem no site www.logitravel.pt? Obgado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, George! Até agora não recebemos reclamações sobre a Logitravel. Uma forma de saber mais sobre a reputação de qualquer serviço é digitar o seu nome no Google junto a palavras como problem, problema, reclamação, complaint, etc. Normalmente os comentários negativos aparecem.

Para saber valores de bebidas a bordo do navio, entre em contato com a MSC.

Ligia
LigiaPermalinkResponder

09 de outubro de 2012
Oi pessoal! Vou fazer um cruzeiro em novembro pelo Caribe, no navio Oasis.
Vai parar em Nassau, St. Tomas e St Marteem, gostaria de saber sobre excursões terrestres oferecidas pelo navio, se são boas. Principalmente as de mergulho em St Marteem ou alguem indica outra forma de comprar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ligia! Em cruzeiros você tem em média seis horas úteis em terra por escala. Pegar uma excursão do navio, mesmo sendo mais caro, é garantia de que você voltará a tempo. A alternativa é alugar um carro e rodar por conta própria. Contratar um mergulho por fora... é um pouco arriscado, pense na logística de transporte até o local de saída + ida de barco até o ponto do mergulho + volta. O navio não espera.

mirella
mirellaPermalinkResponder

Oi.
Gostaria de perguntar se alguém sabe quais os melhores passeios que vale a pena fazer em Cozumel, Labadee, e Jamaica.
Abri o site da Royal e são vários!!! Por exemplo, passeio com os golfinhos tem em cozumel e jamaica. Qual é o melhor? Quais as melhores praias para se ir? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mirella! Você vai como parada de cruzeiro? Falamos sobre golfinhos aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2012/06/onde-nadar-golfinhos/

Anita
AnitaPermalinkResponder

Alguem sabe me dizer se é necessário vacina de febre amarela para um dia apenas em Nassau? Vou em um cruzeiro. E vi em alguns sites que necessita da vacina. Alguem sabe se tem efeito colateral? Ou se realmente eles pedem este certificado quando eu desembarcar nas Bahamas??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anita! Pedimos encarecidamente que você não saia em todos os post replicando a mesma pergunta.

Respondemos no outro em que você perguntou:
https://www.viajenaviagem.com/2011/03/caribe-lima-panama-caracas-bogota-pediram-vacina-para-voce/comment-page-4/#comment-245191

Anita
AnitaPermalinkResponder

Desculpe Boia!! Obrigada pela atenção e vontade sempre de ajudar... adoro esse site!!! rs

Alfredo Moreira Filho

Já estamos no nosso 11o. cruzeiro. 4 da Royal: Freedom, Voyageur, Vision e, agora em fevereiro, o Allure. Fizemos o Norway, Island Scape, Island Star, Amerikanis e o Costa Mágica. Repetimos os que mais gostamos.
Nada se compara. Os passageiros são paparicados o tempo todo. Percorremos o Caribe do Leste e do Oeste. Fizemos America do Sul com Punta e B. Aires. E o nordeste, com Salvador. Escolho o roteiro do Caribe do Leste com Nassau, Phillisburg e St. Maarten. Nada de enjoo. Programas excelentes. Bares e restaurantes de muita qualidade. Programa para jovens e os não muito (o que é o nosso caso). Se tiver oportunidade, vá. Eu recomenddo.

Inayara
InayaraPermalinkResponder

Olá Alfredo ! Também sou amante de cruzeiros e nessa quarta viagem quero conhecer o Oasis, minha dúvida é: qual roteiro escolher, temos a opção 1: Fort Lauderdale, Flórida; Nassau, Bahamas; Charlotte Amalie, St. Thomas; Philipsburg, St. Maarten; Fort Lauderdale, Flórida e a opção 2: Fort Lauderdale, Flórida; Labadee, Haiti; Falmouth, Jamaica; Cozumel, México; Fort Lauderdale, Flórida.
Você já fez as 2 ? Quais são suas impressões sobre os destinos ? Obrigada !

laise
laisePermalinkResponder

gostaria de fazer a mesma pergunta.Roteiro 1 ou 2?Alguem ja fez os 2 destinos?Allure ou oasis?Obrigada

Alfredo Moreira Filho

Retifico informação anterior: Phillisburg e St. Marteen são a mesma ilha. Queria me referir a Charllote Amalie (St. Tomas).

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Agora em fevereiro eu,meu marido e outro casal iremos fazer um cruzeriro pelo caride pela Royal Caribeean.Tenho dúvidas sobre os trages.Já lí o que seria mais adequado,mas minha dúvida é o que não é permitido para os jantares formais e o do comamdante.Estaremos dias viajando ,antes e depois do cruzeiro,os maridos nao queriam levar terno,ocuparia muito lugar na mala para uma noite.Isto impossibilita deles estarem presentes em algum jantar?Jeans e camisa pode?Em que caso serão barrados,pois estarem destoando dos demais nao será impeditivos para eles,rsrsr.Obrigada pela atenção.

Vini
ViniPermalinkResponder

Sabrina, somente o que não pode é o homem entrar no salão de jantar com chinelo, bermuda e camisa regata, o resto pode. Sobre as orientações de vestimentas é bom seguir para não ficar se sentindo diferente de todo mundo, mas não é obrigatório. Na tal noite do comandante vc verá mulheres vestidas das formas mais variadas, desde a mais chique até a mais ridícula, chega a ser engraçado; a maioria dos homens nesta noite usa roupa social, mas como disse não é obrigatório.

Augusto
AugustoPermalinkResponder

Bóia, tudo bom?

Por gentileza, tenho uma dúvida e gostaria de saber se você pode me ajudar. Devo realizar um Cruzeiro com Royal pelas ilhas gregas saindo e desembarcado em Veneza. Por uma questão de aperto de horários nos trens que devo pegar em seguida e considerando atraso do barco e demora no desembarque questiono: li que existe a possibilidade de não deixarmos as malas pra fora do quarto no horário combinado, com isso não estamos obrigados a aguardar os horários de desembarque estipulados como de costume, bastando descermos em qualquer horário carregando nossas própria malas. Apesar de não ser o mais fácil pelo menos eu conseguiria desembarcar mais cedo e pegar o trem no horário. Porém, já li que a alfândega não permite que as pessoas saiam com suas próprias malas em qualquer porto. Vocês tem conhecimento sobre este assunto? Fico no aguardo. Muito obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Augusto! Infelizmente não temos esta experiência toda com cruzeiro não. Mas nossa experiência em conexões apertadas nos diz que não se deve tentar truques nem espertezas. A tensão desse momento (vai dar certo? não vai dar certo?) vai contaminar vários dias da sua viagem. O ideal é dormir no lugar de embarque e desembarque do cruzeiro na ida e na volta.

carina
carinaPermalinkResponder

Olá!
Me deem um help!

Não encontrei aqui na leitura que fiz rapidamente pelo site, mas poderiam me dizer se existe algum site confiável para compra de Cruzeiro direto no Royal Caribbean?

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carina! Você pode reservar direto pelo site da Royal Caribbean: http://www.royalcaribbean.com.br/findacruise/ships/class/ship/home.do?shipCode=OA

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Olá, Boia
Vou fazer um cruzeiro no Oasis of The Seas saindo em Novembro de Fort Lauderdale e gostaria de saber se algúem tem conhecimento de existir algum ponto de taxi próximo ao desembarque, já que vou precisar tomar um taxi do Port of Everglades para o Aeroporto Inernacional de Miami, para pegar um vôo no mesmo dia. Agradeço a atenção.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Márcia! Há pontos de táxis em aeroportos, portos, estações de trem, estações rodoviárias no mundo inteiro.

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Olá, Pessoal, acabei de voltar do Oasis of The Seas, e embora o post seja bem antigo, pode ser que ainda tenha gente interessada nas informações fresquinhas que vou relatar. Não sou fã de Resort, Cruzeiro, etc... e coisas que juntem muita gente no mesmo lugar, mas fiquei encantada com esse cruzeiro. O navio realmente é lindíssimo, com infinitas opções de atividades, como piscinas limpíssimas, shows surpreendentes, bares com música ao vivo gostosíssimos e etc.., mas o que mais me surpreendeu foi o excelente atendimento nos restaurantes, tanto nos buffets como nos a la carte, com garçons atenciosíssimos, áreas de piscinas limpíssimas , passageiros educadíssimos, nada de correria de crianças em volta de piscina, nada de empurra-empurra nos restaurantes, e por aí vai. Pena que nossos cruzeiros que navegam na costa brasileira não sigam o mesmo padrão. Recomendo muito o Oasis of The Seas, principalmente se você aproveitar a passagem aérea e curtir alguma cidade da Flórida com praia, antes ou depois do cruzeiro, como Fort Lauderdale , Hollywood ou mesmo Miami.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Parabens pelo Blog.
Viajarei no Oasis of the Seas e gostaria de obter algumas dicas:

1) O restaurante 150 Central Park e os demais necessitam de reserva, isso implica em alguma taxa ?

2) Os espetáculos podem ser reservados on line, isso implica alguma taxa ?

Por enquanto é só.

Um abraço

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Não sabemos como está funcionando no momento. Com certeza você descobre isso no site do navio.

cinthya
cinthyaPermalinkResponder

boa noite

Duvida cruel !!! preciso de visto no cruzeiro Oasis ? visto para bahamas etc ?

obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cinthya! Você não precisa de visto para as Bahamas, só de visto para os Estados Unidos.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Olá..estou indo c a família para um cruzeiro no allures..sou o único consumidor de bebidas alcoólicas...gostaria de saber se em adquirindo um pacote de 5 garrafas de vinho - com certeza não vou beber mais que tres taças por refeição - a garrafa que foi parcialmente consumida poderá ser guardada ou custodiada no próprio restaurante...ou, ainda, se poderia consumi-la no dia seguinte...parabéns pelo trabalho..

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Segundo o blog da Royal Caribbean, o vinho é armazenado e pode voltar a ser consumido inclusive em outro restaurante a bordo:
http://www.royalcaribbeanblog.com/category/category/wine

Fernanda Ida Mazzucchelli

Olá amigos! Fiz alguns cruzeiros, incluindo travessias, no entanto, fazer o Oasis of the Seas é o meu maior sonho.Há previsao para que esta embarcaçao venha ao Brasil? Caso positivo, em qual data? Tenho que me programar financeiramente, pois farei de tudo para embarcar neste sonho. Obrigada e fiquem com Deus!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! O Brasil não possui portos aptos a receber embarcações desse porte.

Gui Lima
Gui LimaPermalinkResponder

Olá! Meus pais estão indo fazer um cruzeiro com o Allure of the Seas (Royal Carib.). Gostaria de saber como funciona o desembarque no porto de Everglades, pois quero fazer(ou tentar) uma surpresa e encontra-los no porto no momento do desembarque. Vocês sabem me dizer se ele é dividido em diversas saídas ou se esta ocorre em um único local no fim? Obrigado desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gui! A área de embarque e desembarque funciona como um aeroporto.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar