Em Maceió, siga a Lu Malheiros

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vista do restaurante Vila Chamusca. Foto: Lu MalheirosNeste verão, a Lu Malheiros do Dividindo a Bagagem voltou à cidade onde passou muitas férias na infância: Maceió. E trouxe de lá pelo menos três dicas quentíssimas, que não costumam fazer parte dos roteiros tradicionais. Uma dessas dicas é a confirmação de que o bar Hibiscus, em Ipioca, é tão bacana quanto eu tinha achado, há dois anos. A outra é que ali perto encontra-se o complemento perfeito para a tarde no litoral norte de Maceió, com um almoço com vista no Vila Chamusca. E a terceira é uma hiperdica no departamento da baixa gastronomia, que só quem é local pode dar: o pastel autêntico d'O Pastel Chinês. Siga a Lu e se dê bem:

Maceió no Dividindo a Bagagem, por Lu Malheiros:

Pegando praia no Hibiscus, em Ipioca

Almoço com vista: Vila Chamusca, nos Altos de Ipioca

Maceió: que tal um pastel chinês original?

Leia também:

Todas de Alagoas no Viaje na Viagem

164 comentários

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

O único lugar que eu tenho vontade de conhecer de verdade no Brasil é Maceió.

Em Maceió, siga a Lu Malheiros – maceio

[...] https://www.viajenaviagem.com/2010/02/em-maceio-siga-a-lu-malheiros/Neste verão, a Lu Malheiros do Dividindo a Bagagem voltou à cidade onde passou muitas férias na [...]

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Beleeeza Lu !
Faz um tempão que não vamos a MCO , deu uma vontade ....

Vagner
VagnerPermalinkResponder

Ricardo, conheço seu site há algum tempo, mas nunca tinha comentado. Estou indo, agora em março para Maceió\Rota Ecológica na minha primeira viagem "by Viaje na Viagem", enfim, uma viagem praticamente toda com base nas suas dicas. Aí, agora, com a proximidade da viagem, resolvi mandar este post na esperança de uma resposta sua, seja para sugestões, seja só pra vc saber que anda influenciando muitos leitores anônimos, além daqueles que sempre comentam no blog.
Bom, vou ficar no Ritz Lagoa das Antas, por 3 noites em Maceió (consegui um preço muito bom)e pretendo alugar carro por toda viagem. Como chegarei no hotel por volta de 13h30, pretendo passar a primeira tarde relaxando no Lounge do Kenoa e à noite fazer um programa light.
No segundo dia, pretendo ir ao Gunga (li suas matérias sobre o excesso de gente, mas como minha mulher não conhece Alagoas e eu fui lá há muitos anos, quero fazer uns "obrigatórios". Além disso, será uma segunda feira, final de março), com parada em Massagueira na volta pra comer. À noite, Wanchako.
No terceiro dia, pretendo fazer as piscinas naturais de Pajuçara, com a noite em algum dos bons restaurantes, tipo Irmãs Rocha.
No quarto dia, acordo, arrumo as malas e vou pra Rota Ecológica, mas dou uma parada em Ipioca, pra aproveitar a praia no Hibiscus. Ficarei no Aldeia Beijupirá por quatro noites. Vou de carro pra aproveitar as praias mais próximas (e tb pq estão cobrando os olhos da cara no transfer...vale mais a pena ficar com o carro). Penso em aproveitar muito a pousada e a praia na frente, mas também quero conhecer as praias que você sempre fala: Toque (dá pra visitar a Pousada do Toque?), Tatuamunha, Patacho, Japaratinga, etc..
E aí, depois destes dias, volto pra casa.
Bom, já que a viagem foi toda inspirada no seu blog, queria dividir contigo esse fato e saber se tem alguma sugestão adicional.

Um abraço do amigo (embora vc não me conheça, quase todo dia eu bato um papo contigo),

Vagner

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Vagner,
Licença pra dar uns palpites?
Sugestão para comer na Massagueira: Bar do Pato. O restaurante é simples, mas a comida é boa e ele fica praticamente dentro da Lagoa de Manguaba = vista linda. Como o nome diz, no cardápio há pato, mas também peixes, frutos do mar e até uma galinha à cabidela pra quem gosta.
Não estive nas Irmãs Rochas dessa vez, mas eu iria ao Akuaba se tivesse que escolher somente um deles. Peça o pastel de arraia com molho de maracujá de entrada. Imperdível também é o acarajé que é servido num prato aberto com os recheios à parte.
Não consegui ir ao Wanchako, mas reza a lenda que ele está SEMPRE cheio. Se for jantar, procure chegar cedo, às 19h; o almoço é mais tranquilo. Eles não aceitam reservas.
Boa viagem!

Ricardo Freire

Meus pitacos:
1) O "lounge do Kenoa", até onde eu sei, é um bar na cobertura que começa a funcionar no fim de tarde (não estava pronto quando me hospedei). A piscina é só para hóspedes. Você pode marcar um almoço ou algum tratamento no spa.
2) Gunga e piscinas naturais da Pajuçara estão bem abaixo do padrão de qualidade da sua viagem.
3) Irmãs Rocha não existe mais. No seu lugar há outro ótimo restaurante, o Porto Salles, do mesmo dono da barraca de praia Lopana. Domingo tem um excelente buffet de frutos do mar no almoço. A barraca Lopana faz passeios de barco a pontos de mergulho na Ponta Verde na maré baixa.
4) Endosso o Bar do Pato recomendado pela Lu Malheiros.
5) A idéia da Rota Ecológica é o descanso. Não é um destino recomendável para hiperativos crônicos e caçadores de "atrações". Desligue-se da mentalidade Maceió, é contraproducente na Rota. Não há o que "conhecer". O ziguezague por lá não faz sentido, e o melhor lugar para curtir a praia sempre é a pousada onde você está. (As praias são parecidas, e a que tem o melhor visual é justamente a da Aldeia Beijupirá). Você pode marcar almoços em outras pousadas -- no Patacho que estará bem perto de onde você está, na Amendoeira, no Caju, na Côté Sud ou na Pousada do Toque -- mas você não vai aproveitar a praia direito sem estar hospedado (o barato na praia do Toque são as caminhadas na maré baixa para os dois lados, até o rio e depois para as praias do sul. Mas isso tem uma ciência e um ritmo que não cabem numa visita para almoço). Como você está de carro, marque um almoço no Chez Domi, em Tatuamunha, que está no alto de um morro com uma linda vista (82/3298-6200).
6) Se você quer visitar pousadas, ligue antes para ver se estão recebendo visitantes, ou marque um almoço. Chegando sem avisar você arrisca receber um não.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

O Irmãs Rocha fechou?!? Eu não sabia eekops: eekops:

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Riq,
Obrigada pela lembrança!
O blog anda a passos de tartaruga com cãibra eekops: por conta do trabalho, mas assim que der volto a escrever sobre Maceió.
Zé Maria e Sylvia,
Maceió estava uma delícia! Superecomendo. Pena que só fiquei 5 dias!
Nos vemos na conVnVenção de abril.
Bjs

Silvana Chamusca

Ola, Lu, Ricardo e Vagner.

Como Chef e proprierária do Vila Chamusca, fiquei duplamente feliz aqui, primeiro pelo blog generoso de Lu Malheiros, que já tive oportunidade de comentar, e agora com a dica citada na revista, que há dois anos fez uma matéria linda sobre Ipioca, mas acredito que por falta de informação local nos deixou fora naquela ocasião, mas acompanho o trabalho do Ricardo Freire e adoro sempre as matérias e dicas tão bem escritas.
Este ano, pela segunda vez o Vila Chamusca foi eleito pelos internautas, através da revista Eletrônica ESPIA o melhor restaurante da cidade, e o nosso Macarajé (acarajé da macaxeira/aipim) foi escolhido o melhor petisco. Então obrigada Lu e Ricardo, muito bacana ver o nosso trabalho reconhecido.

Vagner, infelizmente o restaurante das quedidas Irmãs Rocha encerrou as atividades há mais de um ano. Mas, se quiser um brasileiro bom proximo ao seu hotel visite o akuaba e se na ida a São Miguel dos Milagres, quiser dar uma paradinha para nos conhecer, e tirar umas fotos, teremos prazer em recebe-lo. ]
Grata, Silvana CHamusca / Vila Chamusca

Vagner
VagnerPermalinkResponder

Lu Malheiros, Ricardo e Silvana, muito obrigado pelas respostas. Não imaginei que as teria. Esse blog é muito acolhedor mesmo!
Lu Malheiros, está anotado: Bar do Pato e Akuaba
Ricardo, valeu muito pelas dicas adicionais. O que você colocaria no lugar do Gunga e Piscinas de Pajuçara? Barra de São Miguel (pelo que li no site do Kenoa, seria possível ficar lá no lounge e aproveitar a praia, estou errado?), Ponta Verde (Lopana?) e Guaxuma?
Silvana, aceito seu convite! Em breve, você terá um carioca e uma mineira chegando aí!

Abraços a todos!

Vagner

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Vagner,
O Hibiscus tem um passeio até as piscinas naturais de Ipioca. Eu não fui, mas DIZEM, que é legal. Eu só recomendaria que você entrasse em contato com eles (tem site, é só googlar) para checar se haverá passeio no dia pretendido. Não sei como é o esquema de funcionamento desse serviço em março. Em dezembro passado, o passeio durava 2 horas e custava R$35/ pessoa.
Eu prefiro o litoral norte ao sul.Ao invés do Gunga, sugiro que você passe um tempo em Sonho Verde, logo depois de Ipioca. Não conheço um Hibiscus equivalente para lá. A praia é mais "rústica" e nós ficamos perto de uma barraquinha (a única da praia?) básica, mas que serviu o melhor camarão frito que eu comi na viagem. E não passei mal.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Passamos o carnaval em Maceió, é a 4ª vez, somos apaixonados por aquele litoral. Sempre dividimos nossa estadia entre Maceió e litoral norte (Rota Ecológica). Dessa vez ficamos o carnaval em Maceió e seguimos para Barra de São Miguel, litoral sul. Maravilhoso como litoral norte, apenas com propostas diferentes. Em poucas palavras: Litoral norte=sossego, litoral sul=agito. Ficamos tristes com a sujeira das praias de Maceió, de domingo a sexta-feira não passaram uma máquina, nenhuma criatura limpando as praias, que já estavam imundas. É lamentável, ou você educa as pessoas para não sujarem ou se disponha a limpar. Nunca vi tanta sujeira acumulada, sinceramente, estava fedendo, pretendemos encaminhar e-mail para a Secretaria de Turismo, o pessoal da cidade foi curtir o carnaval no litoral e ficou tudo entregue às moscas e, tantas outras imundices, chocante. Praia do Francês, achamos que só um Tsumani para derrubar tudo e reconstruirem. Mmuvuca, farofa, cafonice, que estrago fizeram naquele paraíso... Barra de SM, felizmente, já é mais organizado e com melhor infra, tanto que lá se instalou o Kenoa. Esperamos que isso puxe tudo para cima e não estraguem Barra. O Kenoa, nós apenas visitamos, é diferente de tudo que conheçemos, lembra um castelo medieval. Fomos até Penedo, que é um lugar interessante para conhecer, muita história e meia hora de travessia do Velho Chico para ir até o outro lado carimbar o passaporte no estado de Sergipe. Vagner, dá para fazer Gunga, voltar mais cêdo e almoçar no kenoa, a piscina é só para os hóspedes e a praia em frente é mar aberto. Dá para fazer as piscinas naturais de Pajuçara pela manhã e ainda sobrar muitas horas do seu dia, é tão simples quanto bacana, 20 reais por pessoa, vale a experiência. E desejamos que tenham limpado toda a sujeira da praia, a cidade e nós turistas merecemos esse respeito.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Rosa,
Quando estive em Maceió dezembro passado, achei Ponta Verde com mais sujeira do que o desejável. Estivemos em Barra de São Miguel em um dia tranquilo e estava tudo limpo. Em Sonho Verde e Ipioca tudo ótimo.A praia do Francês, concordo, não tem mais jeito não. Espero que o problema que você relatou tenha sido pontual por conta do Carnaval (apesar de achar que é exatamente nessas épocas que se deve ter mais atenção).
Eu faço parte do grupo que acredita não valer a pena fazer o passeio ao Gunga e às piscinas naturais da Pajuçara. Mas há controvérsias e tem gente que gosta de ir, nem que seja pra conferir como é! Como disse antes, eu experimentaria conhecer as piscinas naturais de Ipioca, mesmo que o passeio não seja feito na jangada tradicional.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Sabes que estive em Maceió uns três anos atrás e também Ponta Verde muito, mas muito suja? O mar estava lindo, mas não tive vontade nem coragem de "ir à praia" ali.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Ah, completando. Achei Carro Quebrado sensacional!

Tive lá uma das experiências mais lindamente chocantes da minha vida: a praia vazia, selvagem, num dia perfeito, uma barraquinha simplérrima em que uma família muito humilde servia (sem eletricidade) uma cerveja mais gelada do que no melhor bar de Porto Alegre e um peixe...pescado na hora!

Pedimos o peixe e o pai-marido-heroi saiu numa embarcação precaríssima, que mais parecia uma porta de madeira, pescar aquilo que comemos pouco tempo depois.

Inesquecível.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Tb adorei Carro Quebrado , mas fui num dia de semana , sem muvuca :cool:

Ricardo Freire

A Ponta Verde tem dois lados: um em frente aos hotéis (Maceió Mar, Ponta Verde), outro na parte residencial do bairro, contígua a Sete Coqueiros e Pajuçara. O melhor trecho é este último.

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Como toda conversa sobre Maceió, o assunto Rota Ecológica é inevitável.
Voltei hj de uma semana memorável na Aldeia Beijupirá, vc fez uma ótima escolha, Vagner.
Além dos ótimos chalés (em que vc quase não vê objetos de plástico, até os saquinhos dos cestos dos banheiros são de papel), o estabelecimento tb possui um lindo jardim e os funcionários são todos muito atenciosos. Da comida nem precisa falar, né? Aquela mistura de sabores é formidável.
Lá fiquei sabendo que irão abrir um resort na praia do Patacho, vi inclusive uns cartazes na estrada anunciando o "feito". Mas o Joaquim, dono da pousada, não parece preocupado.
Alguém aqui teria mais detalhes desse futuro resort? Ricardo, vc tem alguma informação?
Penso em voltar prá lá antes desse negócio ficar pronto...

Ricardo Freire

Resorts costumam ser autocontidos. O problema maior sempre são loteamentos malfeitos.

Em Santo André mesmo, que é a praia menos CVC do mundo, tem um resort controlado pela CVC que não incomoda a mínima. Pelo contrário -- é bastante zen pelos padrões resórticos.

E fora isso, o que tem de hotel anunciado que nunca rola... no lugar do Joaquim eu também não me preocupava, não.

dominique....chez domi

OI RICARDO...Muito obrigado pelo apoio (23/02/2010)...ABRACOS...

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Riq,
Depois da conVnVenção e da Silvia do Matraqueando twittar a viagem dela à Maceió, tomei vergonha e terminei de escrever os posts dos restaurantes.
Bar do Pato: http://dividindoabagagem.blogspot.com/2010/04/nao-almoce-na-praia-do-frances-va-ao.html
Bodega do Sertão e Carne de Sol do Picuí: http://dividindoabagagem.blogspot.com/2010/04/comida-regional-em-maceio-bodega-do.html
Maria Antonieta: http://dividindoabagagem.blogspot.com/2010/04/maria-antonieta-culinaria-italiana-em.html
Falta ainda falar do hotel em que ficamos, excelente para quem está com criança pequena e ainda precisa esterelizar mamadeira!
Se eu tiver pique, devo fazer um post sobre as praias, mas acho que depois do hotel o que vai rolar é um post índice...

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Ricardo, procuro ir sempre para o Nordeste nas minhas Férias como tenho duas filhas pequenas procuro sempre me hospedar em Resorts All Inclusive é muito mais pretico, no ultimo ano estive no Enotel em Recife e não gostei, este ano pretendo antecipar minhas férias para Julho e ir para Maceio. Mais a duvida é o tempo, será que é muito chuvoso? qual Resort vc recomendaria estava pensando em Salinas do Maragogi.
Obrigada

Ricardo Freire

Os meses mais chuvosos costumam ser maio e junho. A época seca vai de setembro a fevereiro/março.

Dos all-inclusives de Alagoas, o Salinas tem a melhor estrutura, mas o Miramar Maragogi está na praia mais bonita.

Ana Flavia Pinheiro Garcia

Boa tarde Riq,
devo admitir que o seu site é um dos melhores que visitei ultimamente. Parabéns pelo site, comentários e dicas.
Acabei de montar o meu próprio blog e uso o viaje na viagem como inspiraao.
Estava pensando em ir para Maceió agora em junho, mais especificamente no final de semana do dia dos namorados e queria ficar no resort Salinas. Qual é o mais indicado para uma viagem a dois. Essa seria uma boa época??

Abraços
Ana Flavia

Ricardo Freire

Muito mais românticas são as pousadas da Rota Ecológica http://www.viajenavaigem.com/category/rota-ecologica

Turista per caso

Ola Pessoal,

minha familia mora em MCZ, eu passo sempre ferias por la. Estive visitando a primeira vez o Ibiscus no mes de inaguração em Janeiro de 2008 e fiquei simplesmente encantada, não imaginava que existia um lugar tão bacana.
Tanto foi o efeito que em janeiro de 2009 convenci meu irmão a fazer a festa de casamento dele por la e ficou lindo.
Voltei la em janeiro de 2010 e fiquei estarrecida como o local decaiu. As tendas da praia tinham tirado, não tem mais os colchóes de ar que dava para ficarmos boiando naquele mar lindo horas e horas. O lcoal estava simplesmente entupido de turistas, parece que virou comercial demais, eles encheram de cadeiras as palhoças que eram um charme para poder faturar mais. Fiquei tão horrorisada que nunca mais irei voltar naquele lugar. É uma pena porque a praia de Ipioca é lindissima.
O vila Chamusca vale a viagem mesmo. A vista é perfeita.
No mais, não esperem muito da gastronomia de Maceió, onde reina o cuminho, coentro e leite de coco em quase tudo.

Ricardo Freire

Obrigado pelo depoimento sobre o Hibiscus. Mas olha só: reclamar de restaurantes em Alagoas porque usam cominho, coentro e leite de coco é como reclamar de restaurantes italianos na Itália porque usam tomate, manjericão e pancetta...

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Turista per caso,
Quando estive no Hibiscus - em dezembro de 2009 - gostei muito, apesar de alguns probleminhas. Ainda não era altíssima temporada e chegamos cedo. Na minha opinião, por conta da infraestrutura do local e da PRAIA, ele ainda vale a visita mesmo com muita gente. Mas, repito, não estive lá em janeiro.
O Vila Chamusca foi uma grata surpresa. E, no geral, achei a culinária de Maceió muito boa! Creio que é possível pedir, na maioria dos lugares, para não usarem os temperos regionais.
Abs,

Milena Ribeiro

Olá turista por acaso, estive em Maceió em Março deste ano e conheci a Hibiscus, talvez porque era começo de baixa estação, mas o local estava muito agradável, bem organizado e nada de muvuca. Estava bastante tranquilo e o atendimento foi muito bom. Quanto ao Vila Chamusca foi simplesmente maravilhoso!!! A vista é lindíssima e a comida idem. Comi os tais macarajés de bacalhau e camarão...aff...aquilo não existe, é delicioso. Pedi um prato a base de massa e lagostin, estava ótimo. saí de lá entupida...não aguentava nem piscar rsrsrs. Estou "me devendo" a sobremesa, o tal pavê de prestígio.Mas esse vai ficar para a próxima viagem...
E quanto não esperar muito da gastronomia de Maceió, discordo plenamente (opinião pessoal)!!!!! Todo ano vou a Maceió, e é um dos lugares do nordeste onde como muitíssimo bem. Lá tem de tudo e para todos os gostos e bolsos. Desde O Wanchako, que é um restaurante peruano divino, até a Bodega do Sertão, que é uma tentação para os olhos e para o estômago. E o Divina Gula então...!!!
Leite de côco, coentro e cominho, você irá encontrar no nordeste inteiro, não tem jeito. O negócio é saber o que pedir perguntando o que leva em cada prato.
Mas, finalizando, amo Alagoas por completo...cada pedacinho.
Abs

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Milena,
Nem me fale no Wanchako.Eu NÃO estive lá! sad E nem comi o acarajé do Akuaba! Preciso voltar urgentemente!
Abs,

silvana chamusca

Ola Pessoal,

Agradeço todas as visitas ao nosso charmoso Vila Chamusca. Gostaria de comunicar que até junho estaremos fechados para reforma e férias coletivas. Pode deixar que não cometeremos a besteira de torna-lo grande e impessoal, faremos apenas algumas mudanças para melhor conforto dos clientes e da cozinhas. Aviso do nosso retorno. Grande abraço,

Janine Barros
Janine BarrosPermalinkResponder

Olá todos!
Eu sou de Maceió (embora more em Sampa) e adoro recomendar os lugares de lá.
MAs uma coisa que não recomendaria seria ir para lá em junho/julho/agosto! Muita chuva e, consequentemente, o lindo azul do mar maceioense desaparece. Fica cinza. Além disso, o forte de Maceió são as praias e a gastronomia. Com chuva, só sobram os restaurantes...
Como o Riq falou, seria mais recomendável ir a partir de setembro/outubro, se possível.
Quanto às dicas do Riq, fiquei impressionado como ele é bem informado sobre a Rota Ecológica. Assino embaixo.
Um beijo a todos!

gina karla
gina karlaPermalinkResponder

Oi Lú;
Estou indo para Maceio dia 29/5/2010 ficarei 7 dias e gostaria de informações sobre onde ir o que fazer. SOCORRO!!!!!!!

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Riq,
Respondi ao comentário da Gina aqui, mas acho que, por conta dos links que coloquei, ele deve ter caído no poço eekops:

Ricardo Freire

Lu, estranho, não tá no poço não... disculpe las molestias sad

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Riq,
Tudo ok, obrigada. Acho que a web, às vezes, tem fome! :drin:
Eu tinha passado o link para o desempacotando Maceió e, também, para o post da Sílvia falando sobre o passeio à Foz do Rio São Francisco http://www.matraqueando.com.br/category/brasil/alagoas/maceio

gina karla
gina karlaPermalinkResponder

Ricardo e Lu,
Obrigada pelas dicas retornei ontem(5/6/2010) e em uma semana por ser pouco tempo não tem como ir em todos os lugares indicados no roteiro mas o HIBISCUS continua "mara" o mar é deslumbrante.Bom muito bom. Retornarei a Maceió sem dúvida.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Gina,
Valeu pelo retorno. Que bom que você gostou da viagem!
Abs,

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Gente, acabei de chegar de Maceió e nos 10 dias que fiquei não choveu nenhum dia. Peguei dias lindos, mar azul e aquela brisa gostosa. Ano passado fui a Maceió em Julho com meus filhos e peguei apenas 1 dia de chuva. Esse mito que nos meses de maio, junho e julho só chove lá tem que ser esquecido, pois em 2008 fui no mês de fevereiro e só peguei chuva. O tempo é imprevisível !
Fiquei hospedada no Hotel Pousada Gogó da Ema, a 50 metros da praia de Ponta-verde e adorei. Não tem luxo, mas é muito aconchegante e o café da manhã melhor que nuito hotel 5 estrelas. Recomendo. A localização é a melho possível.

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

O grande problema que achei no Hibiscus é o atendimento péssimo. Você espera muito para poder ser atendido e mais ainda para seu pedido chegar, além dos preços serem muito alto.
Na minha opinião a melhor praia é a de Ipioca, Barra de São Miguel e Sonho Verde. Mas não existe nada mais gostoso do que ver o pôr do sol na praia de ponta-verde entre a barraca lopana e a Kanoa, onde você ver toda a enseada da pajuçara. Como o hotel que fiquei era bem perto, todos os dias eu estava lá.

victor queiroz

estou indo com meus pais em julho nes ferias escolar,será que só vou pegar chuva,me de uma dica por favor

Ricardo Freire

O pior das chuvas já deve ter passado. A propósito, esse ano tem chovido muito pouco.

https://www.viajenaviagem.com/2010/04/como-aproveitar-o-inverno-do-nordeste/

Viviane
VivianePermalinkResponder

Olá! Permitam-me alguns palpites tb. Eu amei o visual da Praia do Carro Quebrado, aqui no Brasil é o mais próximo da cor do mar de Aruba que já pude ver, é bem deserto, mas valeu a pena. O Wanchako e o Divina Gula para mim dão imperdíveis. Voltarei mais vezes. Abraços

Ricardo Freire

Engraçado, Viviane, não tenho essa lembrança do Carro Quebrado não... sempre que fui peguei a água turva por causa da "tinta" que sai da falésia.

Mais adiante, na Rota Ecológica, quando dá um verão seco o mar fica azul bem clarinho; ao norte de Maragogi está sempre da cor do Caribe, só que sem transparência.

Viviane
VivianePermalinkResponder

Bem lembrado Ricardo, a cor lembra, mas não tem transparêcia. Pelo jeito dei sorte, fui no mês de abril/09.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Demorou, mas o post índice da viagem à Maceió ficou pronto
http://dividindoabagagem.blogspot.com/2010/06/organizando-os-posts-da-viagem-maceio.html
wink

Ana Flavia Pinheiro Garcia

Hello viajantessssssssssss!!!!!!!

gente, estou planejando viajar para Maceió no final do ano. Eu, meu boy e mais um casal queremos Maceió, Rota Ecológica, Maragogi e acabar a viagem em Aracaju onde tenho alguns amigos (totalizando 10 dias).
Estamos nos questionando a respeito de vários itens:
1- Onde passar o reveillon em Maceió? Gostamos de passar a virada na praia, sem música eletrônica, open bar, gente bonita, axé ou qualquer tipo de música brasileira e com preço bom.
2- Quanto tempo em cada um dos lugares (Maceió, Rota Ecológica e Maragogi)?
3- Estou pensando em ficar no Ibis em Maceió. Sei que lá tem um preço super bom. O que vocês acham?? E em Maragogi??? Onde ficar???
Agradeço as dicas e convido a visitar o meu blog http://www.bviaggio.blogspot.com

Ricardo Freire

Maceió tem um franchise do réveillon da Ivete Sangalo, o Celebration. O réveillon mais cobiçado é outro, esqueci o nome, mas ao chegar na cidade você vai saber, tem propaganda em toda parte. Nenhum dos dois é na areia. O único na areia não é mega, é o da barraca vipzinha Lopana http://www.lopana.com.br . Fora da cidade, tem o réveillon do Hibiscus, que parece ser bom também e é na areia, em Ipioca.

Esse Ibis é um dos primeiros Ibis do Brasil. Não sei o quanto foi renovado, mas a rede não costuma deixar nenhum hotel desatualizado. Fica na Pajuçara, no meio dos hotéis mais turísticos. Caminhando uns 15 minutos você chega à barraca Lopana, na Ponta Verde.

É difícil gostar de Maragogi e Rota Ecológica ao mesmo tempo. São propostas completamente distintas (Maragogi, resorts all-inclusive; Rota, pousadas de charme) e não vejo como combinar isso numa mesma viagem.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Ana Flávia, O Hibiscus na praia de Ipioca realiza um reveillon muito legal, recomendo.
Na minha opinião, eu ficaria apenas 01 dia em Maragogi para conhecer as galés, pois a cidade é bem feia. 02 dias na Rota Ecologica,05 dias em Maceió para poder conhecer Barra de São Miguel, Gunga, Ipioca, Sonho verde, etc.. e curtir dentro da cidade as praias de ponta-verde e pajuçara e deixaria 02 dias para Aracaju.
Com relação ao Ibis, apesar de ser a beira mar de pajuçara, não é a parte mais charmosa da praia. Pelo contrário, o início da praia de pajuçara, a noite virou ponto de prostitutas e travestis. O melhor é ficar a partir do 7 coqueiros em direção a Ponta-verde.

marcia
marciaPermalinkResponder

Oi Pessoal...estou adorando as informacoes...roteiros..tudo!
Tenho uma viagem marcada para 10 de julho e estou com receio
de chover muito neste periodo, pois conheco todo litoral nordestino e maceio seria a primeira vez....
Sera que troco para outra data ou arrisco e curto as dicas que vc deram ...mesmo com o tempo instavel??!
Um abraco para todos

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Márcia,
Não dá para decidir por você wink Leia o post que o Riq indicou, dê uma olhada na previsão do tempo, avalie a sua necessidade de férias e escolha!
Eu, por exemplo, estive em Machu Picchu na época de chuvas e dei sorte, pois não peguei chuva que atrapalhasse a viagem. Poderia não ter sido assim, mas eu havia decidido me arriscar e curtir a viagem de qualquer forma.

Gabi
GabiPermalinkResponder

Oi Riq e pessoal,

Alguém tem o email da Dani S. que fez o roteiro de Cotswolds me poderia me passar?

tks
Gabi

Turista per caso

Alagoas tem o litoral mais lindo onde estive no Nordeste. Mas no momento está precisando demais de nossa ajuda.
Vamos contribuir com o que pudermos para aqueles que perderam tudo.

Ricardo Freire

As cidades atingidas estão no interior, não no litoral.

Turista per caso

Sim, graças a Deus o litoral foi preservado, tanto em Alagoas quanto em Pernambuco.
Quanto ao Reveillon eu passei alguns em Maceió e é bem animado. O Lopana não faz mais Reveillon, a não ser que eles tenham mudado este ano. Eu passei o Reveillon no Lopana de 2007 para 2008 e foi muito bom, bem melhor que o Celebration e outros grandes mais: Estes lotam com milhares de gente pulando em cima da areia que eles colocam no terreno.
Enfim, é tudo questão de gosto, mais muvuca, menos muvuca, mais cominho, menos cominho...

daniela
danielaPermalinkResponder

Estou indo para Maceio dia 15 de julho vou para o pratagy,alguem tem informaçoes de lá se as chuvas atrapalharam alguma coisa no pratagy,acham que iremos conhecer os lugares lindos por causa das chuvas?se alguem esteve no pratagy no mes de junho me mande informaçoes,se gostaram,se lá é bom,etc

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Daniela,
A região aonde o Pratagy fica não foi afetada pelas chuvas.
Abs,

carla macena
carla macenaPermalinkResponder

Carla
30 de junho de 2010

Estive em maceió em jan/2010 adorei as praias menos a do francês que estava muito suja, adorei gunga apesar de muita muvuca é linda,só não gostei do HIBISCUS inclusive fui maltratada por pedir uma espreguiçadeira , o garçom grosseiramente respondeu que não iria tirar do lugar a mesma, que só poderia ter uma em cada ambiente, como reclamei ele disse que teria que ter umas mil cadeiras e se quisesse senta-se numa normal, quando chamei um gerente que não sei se era foi evasivo e respondeu quase a mesma coisa, e olha eu estava no resort salinas de maceio que me ofereceu esse passeio, voltei de taxi eu minhas duas filhas e meu marido e mais um casal que estava insatisfeito , a aparencia bem diferente do descrito por varias pessoas, soubemos que após irmos embora outros casais tb vieram, estavamos perto dali num resort òtimo que inclusive ressarciu o pagamento do passeio,mas ficamos com o prejuizo do taxi.

carla macena
carla macenaPermalinkResponder

GOSTARIA DE DICAS DE ONDE FICAR EM NATAL, VOU COM UMA CRIANÇA DE 6 ANOS, NO TOTAL 3 ADULTOS E 1 CRIANÇA, ALGUÉM JÁ SE HOSPEDOU NO CORAL PLAZA OU NO VISUAL,ESMERALDA OU OUTROS QUE SEJAM BONS, QUAL DESTINO É MAIS INTERESSANTE NATAL OU FORTALEZA? ESTOU NA DÚVIDA DE FORTALEZA PRECISO DE DICAS DE HOTEIS TB, CONTO COM BREVE RETORNO
OBRIGADO DIANTE MÃO

Ricardo Freire

Uma dica: nunca escreva em maiúsculas na internet. É considerado falta de educação. Maiúsculas = gritar.

Esses hotéis de Natal que você está considerando ficam à beira-mar em Ponta Negra, que é a melhor praia urbana de Natal. Eu considero um ponto melhor do que a Via Costeira, onde estão os grandes hotéis tipo resort. O Coral Plaza Apart é o mais novinho, mas todos são bons.

A vantagem de Natal sobre Fortaleza é essa, você já está na praia (em Fortaleza as praias da zona hoteleira são bonitas mas não são próprias para banho).

marcia
marciaPermalinkResponder

Oi Carla...
Uma dica..
Conheco as duas cidades, sao muito bonitas .
Em Natal fiquei no Coral Plaza...(Melhor que o visual)muito bom e novo...Os hoteis da
via costeira ficam longe de tudo...ou vai de onibus de turismo ou de taxi...
Ja em fortaleza os hoteis ficam beira mar....gostei muito do Gran Marquise(antigo Melia) otimoooooooo...recomendo !!!!e tb ja fiquei no Seara...em frente a feririnha...bom tambem....So nao recomendo o Marina Park que apesar da fama e sujo, longe e pessimo atendimento.
Em fortaleza tem muitas opces de passeio, inclusive na frente dos hoteis e o Beach park que e imperdivel.
Em Natal e um pouco diferente , pois nao tem agito em frente aos hoteis...mas as praias sao boas para o banho de mar.
Espero que ajude....
Abracos
Marcia

Janine Barros
Janine BarrosPermalinkResponder

Márcia,
Sinceramente eu não arriscaria. Julho é quase todo chuvoso e aí não sobra nenhuma programação para fazer em Maceió, só os restaurantes. Por conta das chuvas, o mar fica escuro, completamente diferente da cor a partir de setembro/outubro... Se puder trocar, eu recomendo.
Até pq, mesmo com toda a chuva, julho é considerado alta temporada porque é férias. Fica tudo mais caro.

marcia
marciaPermalinkResponder

Janine...obrigada pela dica.
Mas optei em trocar a data, pois prefiro mar azul e sol claro e principalmente com criancas no periodo de ferias.
Vou remarcar para outubro...provavelmente.
Um abraco
Marcia

marcia
marciaPermalinkResponder

Vcs poderiam me dizer se o Hotel Radisson em maceio tem uma
boa localizacao....????Vou com criancas e gostaria que o hotel
escolhido ficasse proximo de restaurantes, praia boa para o banho e tb de alguma atividade noturna.??

Ricardo Freire

Fica na praia de Pajuçara, que não é indicada para banho. O hotel é ótimo, mas é mais chique do que a região. Os melhores restaurantes estão em Ponta Verde e na Jatiúca. Mas tudo é muito perto de táxi. Com criança eu ficaria no Ritz Lagoa da Anta ou no Jatiúca.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Marcia,
Eu não gostei muito da localização do Radisson, principalmente, por conta da praia que é imprópria para banho.
Em dezembro passado, fui com minha sobrinha (de 2 anos) para Maceió e ficamos no Brisa Tower, no final da Jatiúca. O hotel tem quartos espaçosos e, mesmo com berço, sobrava espaço. A praia em frente tem poucos arrecifes, mas é limpa e tranquila na maré baixa. Dependendo da idade dos seus filhos, até mesmo na maré alta ela é segura. Tem ainda uma piscina pequena, mas ok. Possui uma baby copa e um (dizem, eu não fui) bom restaurante. Do lado, há um MacDonalds, uma barraca de tapioca e vários restaurantes a uma distancia a pé (Akuaba, Maria Antonieta e outros).

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Concordo com a Carla. O atendimento do Hibiscus é péssimo.
Além da falta de educação dos garçons, a demora em conseguir ser atendido e a longa espera para a chegada do seu pedido faz qualquer um ficar estressado. Sem falar nos preços absurdos do cardápio.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Marcia,

Na minha opinião a localização do Hotel Radisson é bem legal para quem vai com crianças. A praia de pajuçara tem um grande calçadão com parquinho montado nas férias e finais de semana, ciclovia, quadra de basket, futebol, tênis e skate. Com isso, é muito gostoso passear pelo calçadão. Além disso, em frente você pode pegar a jangada para o passeio nas piscinas naturais e a feirinha de artesanato fica bem pertinho.
Você andando 5 minutos chega na praia de ponta-verde que é boa para banho(entre a barraca lopana e a barraca Kanoa).
Já o Ritz Lagoa da Anta fica na praia de Cruz das Almas, muito feia em um bairro meio muvuca. Não existe calçadão, a praia é meio abandonada, usada apeans para surf.

ubiratan
ubiratanPermalinkResponder

Concordo dom a Gabriela. A localização do Radisson é muito boa, onde você pode a qualquer hora fazer um passeio pela orla, tomar uma água de cocô, apreciar aquele mar azul lindo da praia de pajussara ou simplesmente ir a sorveteria Bali que é maravilhosa e fica bem perto.
O Hotel Ritz tem uma estrutura sensacional. A piscina é ótima, os quartos luxuosos, mas infelismente ele fica em uma praia esquecida pela prefeitura. A praia de Crus das Almas é muito poluída, pois todo o esgoto de alguns bairros da periferia que fica perto, joga o esgoto nessa praia. Um absurdo ! Além disso, a noite é impossível você sair do hotel para fazer um passeio a pé, pois não há iluminação na orla, a região é meio barra pesada.
O melhor é você ficar a partir do Radisson até o Maceió Mar Hotel, ou seja, Pajussara e Ponta-Verde.

Ricardo Freire

A minha indicação do Ritz era mais pelo hotel do que pela praia.

marcia
marciaPermalinkResponder

Oi Pessoal,
Obrigada por todas as dicas e indicacoes, sei que cada pessoa tem uma visao diferente de um mesmo lugar, mas tenham certeza que irei usar o melhor que cada um deixou aqui.
Vou com um mapa e todas as anotacoes sobre os melhores bares, restaurantes, sorveterias , praias ....etc.
O mais importante sera curtir o local, as praias e tudo o mais que esta cidade tem para oferecer.
Tenho certeza que sera um passeio inesquecivel e com lindas fotos.

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Deixo aqui minha indicação do Hotel Ritz Praia, que fica na Ponta-Verde em uma localização maravilhosa. Não tem a mesma estrutura do Ritz lagoa da Anta, mas a localização é bem melhor.
Realmente o Ritz lagoa da Anta está em uma localização péssima.

Isaias Gomes
Isaias GomesPermalinkResponder

Pessoal,

Alguem poderia me ajudar ?
Vou p. Maceió em Outubro, pretendo ficar em Ponta Verde, qual destes hoteis tem melhor localização e claro, melhor conforto
Porto da Praia, Costamar Maceio, Tambaqui ou até mesmo o Sete Coqueiros em Pajuçara...
qual o recomendavel ?

um abraço agradeço a força

Ricardo Freire

Sete Coqueiros.

Janine Barros
Janine BarrosPermalinkResponder

Gente,
Já fiquei no Radisson no ano passado. O hotel é maravilhoso, os quartos, o atendimentos, a estrutura, fica num lugar maravilhoso... Para mim, foi perfeito!
Bjos!

Menininha
MenininhaPermalinkResponder

Oie. Vc vai visitar quais praias?
Eu queria fazer um roteiro na bahia mais to perdidinha rs.
Queria visitar as praias mais badalas... trancoso, abrolhos, cabo de santo agostinho, icataré, enfim.... fazer um tour geral.
Por onde eu deveria começar e onde eu poderia conseguir mais dicas?

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Isaias, indico também o Sete Coqueiros que fica a beira mar ou o Costamar que fica em uma rua bem tranquila a uma quadra da praia.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Olá!!!
Estou querendo viajar de lua de mel para Natal, no inicio de dezembro/2010 e me hospedar no Coral Plaza Hotel. Alguem ja se hospedou la? O que achou? Sugerem outro melhor?
Enorme abraco.
Dani

Ricardo Freire

É bem localizado, em Ponta Negra.

Sobre Natal:
https://www.viajenaviagem.com/2009/08/escondidinhos-de-natal/

Emerson
EmersonPermalinkResponder

Ola pessoal.
Preciso de dicas de Maceio.Irei com minha esposa dia 24/09/2010.
Gostamos de ficar perto de locais onde se possam ir a pé, tipo feirinha,bares, restaurantes.Não gostariamos de nos locomover muito,talvez um ou 2 passeios mais longes, ficaremos 6 noites, não gostamos de lugares isolados e sem pessoas para conversar e fazer amizades.Preferimos hoteis 5 estrelas ou resorts ou pousadas de charme.Gostariamos de dicas de bares com musica ao vivo ou boas atraçoes noturnas.Conheci hoje este blog e achei muito bom , espero obter respostas.Obrigado

Fábio
FábioPermalinkResponder

Bom dia!

Tenho lido e ouvido as dicas do Ricardo há um bom tempo e este é meu primeiro post aqui... estou, pela primeira vez, organizando uma viagem para minha família e alguns amigos. Como sou "marinheiro de primeira viagem", acho que encontrei o local ideal para solicitar uma ajuda já que, pelo que li, as respostas e dicas de locais são objetivas e de extremo bom gosto.

Pretendo iniciar a viagem, de Curitiba a Maceió, em 04/12 e o retorno está previsto para 12/12. Estou em contato com alguns hotéis, como Brisa Tower e Ponta Verde. Me indicam algum outro à beira-mar e bem localizado?

Gostaria de uma dica, também, com relação aos passeios. Pretendemos fazer uns dois a três passeios. Qual a dica? Gostaria de conhecer Maragogi. Se puderem dar alguma outra dica de passeio, a preços razoáveis... No demais dias, quais as praias próxima poderiam ser conhecidas/visitadas?

Na questão gastronômica, gostaria de focar nos pratos a base de frutos do mar mas, como não tenho idéia de valores, gostaria de alguma dica sobre os locais que são frequentados pelos "locais" onde temos comida boa a preços muito mais interessantes. Recebi a dica de um amigo sobre um'local próximo à praia do Francês que era muito bom e tinha uma camaroada à vontade... mas ele não soube me dar o nome do local... somente que era numa espécie de vila de pescadores... alguém pode me ajudar?

Desculpem pela extensão do texto mas, sabe como é, estou meio assustado com a responsabilidade...

Abraços a todos!

Fábio

Fábio G.
Fábio G.PermalinkResponder

Xará, sempre que vou pra Maceió (na verdade foram duas) dou preferencia por ficar na Ponta Verde.
Um fator extremante importante pra você ir pra Alagoas é tentar conciliar a sua viagem em uma época de maré favoravel (leia-se baixa), para poder desfrutar das piscinas naturais.
Eu sinceramente daria mais enfase a Rota Ecologica do que Maragogi, especificamente.
Dos passeios o que mais gostei foi para a Foz do São Francisco.
Não conheci a Praia do Frances pelo que li a respeito, o melhor é passar direto e entrar na Barra de São Miguel, esta sim, posso te garantir que é linda.
O Freire's www.freires.com.br tem dicas interessantes.
Devo retornar pra Maceió em novembro, vou seguir pesquisando e te informo se achar alguma outra novidade.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Emerson e Fábio,
Além das informações daqui deste post mesmo - sugiro ler todos os comentários - recomendo a leitura de um post mais antigo, mas bastante útil do VnV: http://viajenaviagem.t35.com/BRASIL/Desempacotando%20Maceio%20-%20Viaje%20na%20Viagem-%20Blogs%20viajeaqui.htm
Fábio, o local perto da praia do Francês deve ser a Massagueira. Lá, sugiro o Bar do Pato. Além dele há outros ótimos restaurantes em Maceió (ou próximo): Divina Gula, Akuaba, Wanchako (peruano)Maria Antonieta, Vila Chamusca, etc.. Licença para o merchã? Escrevi sobre alguns deles aqui http://dividindoabagagem.blogspot.com/search/label/Macei%C3%B3
Concordo com o Fábio G: Eu daria mais ênfase a Rota Ecológica que a Maragoggi. O passeio à Foz do São Francisco parece legal e a Silvia do blog Matraqueando já escreveu sobre ele recentemente.
Eu fiquei no Brisa Tower e não tenho queixas.
Quanto as marés, o melhor é verificar uma tábua das marés. Todo o dia a maré começa cerca de 45 min mais tarde que no dia anterior, levando 6 horas para encher e outras 6h para baixar. Alguns passeios - como visita a piscinas naturais - são feitos na maré baixa. Você encontra tábua de mares no google.

Milena Ribeiro

Olá, Fabio, o lugar que seu amigo foi, é provavelmente a Massagüeira, é uma antiga colônia de pescadores mesmo, mas com muitos restaurantes, e é perto da Praia do Francês. Tem muitas opções de frutos do mar.A entrada fica logo a direita da saída da ponte, sentido Maceió-sul. É a 1ª entrada a direita, assim que sair da Ilha de Stª Rita. Eu fui em Março, e comi no Bar do Pato, ele fica do lado da lagoa. A comida é ótima e o preço também. Vale a pena dar uma conferida.
http://davidacc.vilabol.uol.com.br/index.html

Fábio
FábioPermalinkResponder

Show de bola, Xará! Valeu pelas dicas!

marcia
marciaPermalinkResponder

Fabio.../Emerson
Vou me hospedar no Hotel Radisson.
Ja fiquei em hoteis da rede em outros locais e posso
dizer que sao otimos.
EM Maceio ele fica em pajucara....recem inaugurado...novo e com
bom atendimento.
Tb podem entrar no site do hotel e verificar.
Gosto de hoteis organizados , e proximo de tudo e tb
aqui neste site me indicaram o RADISSON.
Adorei a dica.
Espero que ajude.
Abracos
Marcia

Fábio
FábioPermalinkResponder

Lu e Márcia!

Muitíssimo obrigado pelas dicas... como anteriormente comentado, este site é muito acolhedor mesmo... obrigado, mais uma vez, pela recepção!

Gostei da dica sobre a Rota Ecológica... desculpem a ignorância mas, ao escolher Maceió como destino, fiz a propaganda para a minha turma sobre as piscinas naturais de Maragogi, com seus mergulhos em águas límpidas... na Rota Ecológica, teria algum local parecido? Ou, se não, qual o tempo necessário para fazer os dois passeios, em separado. Seria necessário um dia para cada passeio? Qual o valor aproximado, por pessoa, em cada passeio?

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Fábio,
Eu não saberia te dizer o valor dos passeios em Maragoggi.Da última fez que fui, há muito tempo atrás, fiz o passeio até lá por uma operadora de turismo e a ida até as piscinas já estava incluida. Não sei como está hoje.
Há dois outros passeios - que eu saiba - até piscinas naturais: o da Pajuçara e o de Ipioca (no Hibiscus). O de Pajuçara parece que está um pouco bagunçado, mas não posso afirmar com certeza, pois não fiz o passeio em dez. passado. O do Hibiscus, em Ipioca (litoral norte, bem próximo à Maceió), parece legal, mas eu também não tive tempo de fazer. Em dez/09 o valor do passeio até as piscinas de Ipioca era de R$ 35/pessoa e durava 2h. Mais informações veja em http://www.hibiscusmaceio.com.br/

Ricardo Freire

Na Rota há piscinas bem menores. E vazias de gente. Maragogi é turismo de massa. Há quem goste. Há quem se traumatize.

https://www.viajenaviagem.com/category/rota-ecologica

Fábio
FábioPermalinkResponder

Lu e Ricardo, obrigado pelas dicas. Quem sabe, sabe... Vou seguir as dicas e, se tiver alguma outra dúvida, vou pedir ajuda a vocês e aos demais amigos!

Obrigado por tudo!

Fábio

Fernanda Castro

Riq,
Parabens de novo pelo blog, minha leitura obrigatoria de todos os dias.
Gostaria de uma ajuda da tripulação: estou indo na primeira quinzena de setembro pro Nordeste por cerca de 15 dias, com minha filha pequena e meus pais. Estive pensando em ir a Maceio, q não conheço e João Pessoa, onde estive este ano e gostei muito. Minha duvida seria Maceio - Joao Pessoa ou o contrario? Sera q da p fazer esse deslocamento de carro alugado ou melhor avião mesmo? Obrigada

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar