Chegando em Buenos Aires pelo Aeroparque: dinheiro e táxi

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Aeroparque Jorge Newberry, Buenos Aires

Este post foi atualizado aqui:

845 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Carla
CarlaPermalink

Apesar das dificuldades de câmbio, nada se compara a chegar a Bs.As. pelo Aeroparque, e já começar o caminho para o hotel ou apê apreciando a vista da Costanera Norte... wink

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Mas a dificuldade de câmbio é só para quem ainda não se rendeu ao caixa automático... É a minha primeira opção sempre mrgreen

(Claro que com um Visa Travel Money na manga, com saldo baixinho de 300 dólares ou euros para a possibilidade remota de dar chabu entre a rede local e o meu banco.)

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

A Pluna também chega pelo Aeroparque.
No ano passado me confundi e acabei descobrindo que ia chegar pelo aeroparque quando já não tinha como levar pesos nem pro café... chegando lá a cotação dolar ou real x peso era PATÉTICA no único quiosque de câmbio. Solução alternativa (emergencial) que me serviu: contratei um remis com uma nota de 100 dólares e o troco, em pesos, tinha uma cotação tão melhor que a 'corrida' saiu de graça e ainda me rendeu um tanto a mais, comparando ao que eu perderia na conversão.

Arthur | Agora Vai
Arthur | Agora VaiPermalink

Falando em Aerolineas Argentinas, não confio nessa companhia... Uma colega aqui do trabalho foi para a Austrália em janeiro e na volta, o avião teve problemas nos motores e teve que voltar para a NZ, com todo mundo em pânico. A cia. pagou a estadia e alimentação, mas além do susto, foi um transtorno para voltar. Saiu até nos jornais na época, mas estou com preguiça de procurar no Google. Se alguém achar...

muito obrigado.

Sylvia
SylviaPermalink

Arthur , a gauchada aqui evita a todo custo a cia argentina, pois alem do equipamento obsoleto muitas bagagens não embarcam na volta
( e é aquele stress , esperar que cheguem no outro dia).

Só no final de semana passado , isso ocorreu com 2 amigos , e a justificativa foi : segurança dos pax , excesso de peso da aeronave . HÂ? sad

Arthur | Agora Vai
Arthur | Agora VaiPermalink

Sylvia, vcs fazem muito bem em evitá-la. O excesso de peso é o plastic e durepox na lataria...

Ana Luisa
Ana LuisaPermalink

Bem...eu como morro de medo de avião, mas não deixo de viajar, amo a Aerolineas. Um amigo meu que era piloto da varig, hj da gol, disse que a Aerolineas tem ( ou tinha) os melhores pilotos da América do Sul.Fora isso, que eu saiba, nunca teve ou já faz tempo ( toc, toc, toc) acidente aéreo relevante com aviões da companhia.Abs

Sylvia
SylviaPermalink

Vibanas podem se ligar e guardar 100 pesos prá proxima viagem e não precisar cambiar pro taxi, no Aeroparque.

Marcie
MarciePermalink

Eu aprendi com meu pai, desde pequena: sempre leve dinheiro embora do país que visitou e gostou, para poder voltar. Funcionou como "encanto" e hoje funciona como praticalidade. wink

Gustavo
GustavoPermalink

Da última vez que fui a Buenos Aires desencanei também de cambio. Fiquei durante semanas pertubado com isto aqui em Brasília, comprei doláres, travel money e quando cheguei lá descobri que poderia sacar no Banco do Brasil com muito mais facilidade do que aquele drama todo. Saquei mil pesos e debitaram 490 reais da minha conta. Cara, eu não acreditei naquela facilidade toda!
Agora eu já desencanei de cambio, poderia ter ouvido sua dica antes...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu SEMPRE dei essa dica wink

Chegando em Buenos Aires pelo Aeroparque: dinheiro e táxi – taxi

[...] https://www.viajenaviagem.com/2010/04/chegando-em-buenos-aires-pelo-aeroparque-dinheiro-e-taxi/Táxi. Como o aeroporto fica dentro da cidade, os táxis vão pelo taxímetro. Espere pagar no [...]

Rodrigo Bastos
Rodrigo BastosPermalink

Rique, e o free shop do aeroparque?
abração!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Existe, é pequeno.

Tati Vargas
Tati VargasPermalink

Da última vez em que fui para Bs As fui pelo Aeroparque, via Pluna. Voo com conexão muito bem feita em Montevideo, rápido, barato e seguro.
E no meu caso - que só tinha uma mala - não foi preciso sequer tomar um taxi: com $1,25 fui até o centro para me hospedar em um hostel da calle Florida. Facilidades que não existem vindo por Ezeiza.

Então para quem vai a partir de Porto Alegre, mesmo que companhias grandes não passem a operar no Aeroparque, já dá para contar com uma alternativa urbana para chegar caindo direto em Palermo. =)

Andre Lot
Andre LotPermalink

Vou ser a voz distoante dos outros trips aqui. Acho o Aeroparque acanhado, vai ficar ainda mais lotado com todos os vôos indo pra lá, muvucado e infernal. Bem parecido com o que tinha se tornado Congonhas até 2007... Espero que as autoridades argentinas revejam essa decisão para o bem dos próprios passageiros. Desembarcar em aeroporto que parece rodoviária em véspera da Natal é algo que ninguém merece.

Daqui a pouco colocam vôos Congonhas - La Guardia ou Santos Dumont - Orly.

Tatiana Perez
Tatiana PerezPermalink

Olá a todos,

Vou para Buenos Aires no final de maio, e achei um câmbio aqui em São Paulo por $0,52. Achei bom o valor, ma será que o Banco de La Nación lá no Ezeiza tem uma tarifa melhor?

abraços...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É uma boa cotação. O que você tem que ver é o que vai ser mais confortável para você. Pode ser que você ganhe alguns reais a mais no Banco Nación, mas vai perder um tempo na fila bem na chegada. Se para você é fácil comprar esses pesos, e você estava pensando em trocar todos os reais de uma vez, é uma boa.

(Isso me faz lembrar outra vantagem... do saque em caixa automático: dá para ir trocando aos poucos, sem ficar carregando muito dinheiro vivo pra lá e pra cá.)

Fernanda
FernandaPermalink

Olá Ricardo,

Você sabe quais seriam as tarifas para os saques em caixa automático do Banco do Brasil em Buenos Aires?

Agradeço desde já a atenção...

Abraços

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pode variar de acordo com a conta e com o local onde você retira (os bancos têm acordos diferentes com diferentes redes).

Tente extrair essa informação via o seu gerente.

Elis
ElisPermalink

Estou morando em Buenos Aires e recomendo fazer o câmbio no Banco Piano, tem um no Aeroporto Ezeiza e vários na cidade. NUNCA troque seu dinheiro com os cambista da rua, e muito cuidado com as bolsas, documentos, dinheiro e cartões. Buenos Aires não é mais tão segura como dizem.

Julio
JulioPermalink

Boa Noite!!!

Eu estou querendo ir para Buenos Aires em Junho, sair de Paraná. é muito caro a passagem de Ónibus! e chegando la, gual hotél vc me indicaria um + ou -...

Grato, Deus te abençõe

Elis
ElisPermalink

Dê uma olhada no Gran Hotel Argentino, também na 9 de Julio. Fiquei nele as duas vezes que vim antes de mudar para cá. É bom e o preço é compatível com o que oferecem. Procure no google que tem site dele ou no clickhoteis.com.br dá para fazer a reserva direto.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Julio

Tente o Hotel Splendid que fica perto da 9 de Julho. É bem razoável e a diaria deve estar em torno de 100 reais, talvez um pouco menos. É limpo e honesto.

http://www.hotel-splendid.com.ar/

Jeane
JeanePermalink

Ainda não encontrou-se com o Banco Piano? Recomendo. Tem em Ezeiza (moedas de milhares de países podem ser cambiadas)E nosso real está bem cotado.

http://www.bancopiano.com.ar/

Jeane
JeanePermalink

Existe sim Tati. Tem ônibus partindo de Ezeiza. Custa AR$ 2,00 (só aceitam moedas)Então se já foi à BA´s guarde as moedas caso precise andar de bus. O Azeiza-La Boca passa na Plaza de Mayo.

Giu
GiuPermalink

Oii.. gostaria de saber se compensa comprar notebook na argentina e se a configuraçao eh mto diferente...

tambem gostaria de saber se ha algum passei legal pelo rio da plata...

Obrigadaa.. =]

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não creio que valha a pena comprar eletrônicos na Argentina.

O passeio fluvial que existe em Buenos Aires é pelo delta do Tigre.
http://www.idasevindas.com.br/2010/03/25/tigre-dessa-vez-eu-gostei/

Jurandir
JurandirPermalink

todos q tiverem oportunidade.. visitem a argentina!
vale muitoo a pena!

Bernardette Amaral
Bernardette AmaralPermalink

Acabei de voltar de BsAs, e viajei de Aerolineas, chegando no Aeroparque. Resolvi seguir as dicas do guru e ativei meu cartão de débito, retirei dinheiro em um caixa eletrônico no desembarque, contratei um remis para quatro pessoas a 43 pesos. Tudo muito tranquilo. Na ida para Bariloche apanhei um taxi na porta do hotel e em dez minutos estava no aeroporto pagando 23 pesos e tendo a oportunidade de apreciar a Avenida del Libertador e depois a Costanera. Concordo que o aeroporto é acanhado, as salas de embarque desconfortaveis, mais chegar em um aeroporto central e muito melhor.

simone
simonePermalink

Oi Bernadette, boa noite.

Na verdade o que eu quero saber não tem muito a ver com o tópico...eu gostaria de saber o que vc achou da Aerolínias??
To indo pra B.A. dia 04/06 por ela.

Grata

In Spirits
In SpiritsPermalink

Uma das melhores notícias referentes a capital portenha.

E sobre o câmbio, que estiver fora do circuito mais conhecido pela cidade, há excelentes casas de câmbio no residencial bairro Belgrano, como um na Ciudad de la Paz 1982, esquina com Echeverria.

Anna Carolina
Anna CarolinaPermalink

Tive uma experiência bem desagradável na minha chegada no Aeroparque: era sábado a noite, aquele câmbio horrível aberto, eu com doláres e reais no bolso e meu cartão.. esperando para sacar meus pesos. Os dois caixas eletrônicos estavam fora do ar... sem comunicação... sem nada...
Tive que convencer um taxista a me levar até o centro com reais mesmo. Cheguei na Recoleta e não havia um caixa eletrônico aberto, os bancos fechavam as portas ... tive que pedir emprestado para uns amigos para poder comer naquela noite. Hoje já se tornou engraçado, no dia foi assustador.. sem dinheiro em um país estrangeiro.

Aproveito para deixar uma dica aos clientes do Banco do Brasil: o cartão é BLOQUEADO para saques no Paraguai, mesmo no caixa eletrônico do próprio banco. Descobri isso lá.. e dá-lhe ligar para a agência para pedir o tal desbloqueio de segurança.
Então, se for viajar e pretende sacar, converse primeiro com o seu gerente. Ou considere a possibilidade de fazer o câmbio real-guarany, pois nossa moeda é muito bem aceita lá.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não havia nenhum caixa eletrônico aberto na Recoleta? Caixas eletrônicos não fecham (podem até sair do ar, mas fechar, não fecham). E se o câmbio do aeroporto estava aberto e você tinha dólares e reais no bolso, poderia ter feito uma troca mínima.

Anna Carolina
Anna CarolinaPermalink

Não fiz câmbio porque todas as taxas estavam horríveis! Conversei com dois ou três motoristas e um deles topou receber em reais. E naquele dia, não sei porque, rodei vários bancos e não achei nenhum aberto, todas as portas fechadas...foi complicadinho... acho que dei muito azar! MAs recomendo levar o cartão sempre, nos outros dias eu só saquei, não fiz câmbio nem em Buenos Aires nem em Montevideu.

Sylvia
SylviaPermalink

Anna , a gente viaja para ser surpreendido , de preferencia por coisas que nos tragam boas lembranças.

Planejamos , e trocamos idéias aqui ,também para evitar perrengues desnecessários, e cambio é um deles.

Quando a gente vai para um país sem a moeda local, e ocorre uma zebra como a dos caixas eletronicos estarem fora do ar , a gente saca as doletas de emergencia da bolsa e faz cambio independentemente da cotação.

Mesmo sendo absurdamente ruim , cambiar 50 doletas para não ficar sem pai nem mãe ,a "perda" em moeda , não compensa o stress gerado por não ter feito a troca .

Já pensou que beleza , torrar 10 , ou 15 ou 20 pilas ( numa diferença de cambio) pra não se estressar numa viagem que custou 50 ou 100 vezes esse valor?

Fica a dica wink

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Xará,
vou acrescentar ao comentário da Sylvia: a "perda" em moeda não só não compensa o stress como também não compensa o tempo perdido indo atrás de câmbio, já que tempo é dinheiro e não se pode ganhar sempre (ainda mais viajando, alguns perrengues vão acontecer - a forma de encará-los é que deve ser o mais serena possível!).

e pergunto: você achou que as taxas de câmbio compensaram mesmo para fazer vários outros saques nos outros dias(eu sempre imaginei ser melhor fazer poucos saques a tirar picado)? Lembra quanto deu de taxas? Também tenho conta no Banco do Brasil e para mim acho que há taxa para cada saque... se for bem pequena na próxima só levo um dinheirinho emergencial tb...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Essas taxas variam de conta pra conta. O ideal é tirar sempre quantidades razoáveis, acima do equivalente a 200 dólares.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

era o que eu tinha em mente mesmo... a ideia de fazer vários saques pequenos não me atrai...

Ana
AnaPermalink

Oi Rick!
Aonde é mais vantajoso comprar no Free Shopping? Aqui em Sampa, no aereoporto EZA ou naqueles barcos para Colonia ou MOntevideu.

Obrigada smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sim.

Tatiana Perez
Tatiana PerezPermalink

Obrigada pela dica Ricardo. Com a cotação de 0,52 acho que vou comprar pesos aqui em São Paulo mesmo para o fim de semana lá, e depois vou trocando o que precisar.

Abs,

Tatiana Perez

Marcie
MarciePermalink

Eu adoro chegar e sair pelo Aeroparque.

Anna Carolina
Anna CarolinaPermalink

Obrigada Sylvia!! Com o tempo a gente aprende, foi minha 1º viagem para Buenos Aires... e mesmo com o susto eu adorei!!
Agora fico vendo os coments todos, fotos, bate uma vontade de voltar!

Dirceu Lima
Dirceu LimaPermalink

Boa noite Ricardo, estou indo em setembro a Buenos Aires e estou em dúvida a que moeda levar. Não sei se troco Real em peso aqui no Brasil ou levo o Real e troco lá em Buenos Aires. Gostaria de uma ajuda. Desde já grato!!!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalink

Dirceu, estava por aqui e já me antecipando à resposta que provavelmente o Ricardo dará; leve reais e troque ao chegar ou no Banco de La Nacion ( em Ezeiza)ou na calle Sarmiento ( eu em geral troco na Casa Paris, mas dê uma consultada antes nesse site www.dolarhoy.com ). Só leve dólares se vc já os tiver em casa. Outra opção é sacar diretamente nos caixas eletrônicos com o cartão de seu banco.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dirceu, leia o post. Minha indicação está clara no texto.

Dirceu Lima
Dirceu LimaPermalink

Obrigado pela atenção Ana Luisa e pode deixar que ler o post.Grato Ricardo.

Marcos Andrade
Marcos AndradePermalink

Oi, estou indo para Buenos Aires no inicio de junho e gostaria de ualgumas dicas: primeiro se lá tem onde sacar dinheiro(peso) com o meu cartão do banco Real, e qual a melhor maneira de ter a moeda da lá, segundo estou indo sozinho e gostaria de saber aonde encontrar brasileiros na mesma situção minha de viajante solitario, para eu fazer amizade tenho 43anos e estou separado recentemente,
Obgrigado pelas dicas.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pergunte ao seu gerente se o seu cartao tem a funcao saque no exterior.

Zé Maria
Zé MariaPermalink

E aí Riq, vai conseguir voltar... leve smile

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Marcos

Eu sugiro a voce fazer um curso de tango. Se quiser conhecer brasileiras, reserve no Brasil.

Quanto ao cartão, acho que quem pode lhe informar melhor é o seu gerente, mas pergunte também qual é a tarifa cobrada.

Barbara
BarbaraPermalink

Nossa! Todos os comentários foram muito válidos para mim! estou indo a Buennos Aires agora em Julho e a minha maior duvida com certeza era a respeito da grana. Vou chegar pelo Aeroparque e já li que não tem Banco de La Nacion lá.Pra quem tm conta no Banco do Brasil não fica muio caro fazer saques? Alguem sabe qual o limite diario no BB?

JB
JBPermalink

Barbara,

Realmente o BB não é dos melhores bancos para saques não. Além da taxa fixa por saque, existe uma cobrança de um percentual em cima do valor sacado.

Existe um limite nos caixas automáticos (pelo menos na Argentina) do equivalente a 100 dólares por saque. Isto não é exclusivo do BB.

Sylvia
SylviaPermalink

100 dólares lá e 400 dólares aqui ( 800 reais)
será esta a relação de diferença de preços entre nós e os portenhos ? wink

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O Personnalité deixa tirar 1.000 aqui... (em duas operações de R$ 500) eekops:

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Acho que é mais do que isso, JB. Uns 300 dólares. Eu consegui sacar mais de 100.

Daniela
DanielaPermalink

Boa noite, Ricardo!
Primeiro gostaria de te parabenizar pelo site, e agradecer pelas ótimas dicas
Eu e meu marido estamos planejando uma viagem para a patagonia argentina no final de agosto, e ontem emitimos as passagens dos trechos internos pela aerolineas (Buenos aires-ushuaia-el calafate-buenos aires), mas levamos um susto com o limite de bagagem por passageiro (apenas 15kg). Com a frio que vamos enfrentar acho muito difícil conseguirmos fazer uma mala com esse peso.Vc saberia me informar se eles sao rigorosos quanto a isso? Sabe como é cobrado o excesso de peso?
No aeroparque tem algum guardavolumes ?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Nao sei, DAniela. Voce pode levar o casaco por fora da mala.

PêEsse
PêEssePermalink

Daniela, voei Bariloche-Ushuaia e Ushuaia-El Calafate com a Aerolineas Argentinas em dezembro de 2009 e, apesar da menção na passagem aos 15kg, em nenhum dos dois vôos eles chiaram com minha mala de 22 kg. Acho que eles mesmos que sabem que 15kg, a depender da viagem (duração maior, inverno etc.) é quase inviável.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Dicas para enxugar o peso da mala de inverno**:

- o sapato mais pesado vai no pé, assim como o casaco vai na mão.
- se quiser levar mais de um casaco na mão, 'vista' um no outro.
- luvas, cachecol e gorro vc vai 'usando' e no vôo 'guarda' dentro do casaco (ou dentro da mala de mão). Também já levei uma sacola de pano dentro da bolsa para, já acomodada no vôo, 'reunir' o excesso de pano do corpo durante o vôo (luvas, gorro, cachecol).
- a Sylvia tem uma dica fantástica de deixar para 'montar' a necessaire quando chega ao destino, que infelizmente não vale para quem vai fazer muitos trechos internos. Aproveite que vai com o marido e minimize a necessaire com produtos que sirvam para ambos, em potes adequados ao que será necessário.
- invista em roupas do tipo 'segunda pele' ou ceroula e boas meias*** para manter o calor no corpo. Uma blusa de lã e uma calça podem ser 'repetidas' muuuitas vezes se entre elas e a pele houver peças limpas desse tipo.
- invista em roupas apropriadas para o clima - em algum lugar entre o zig-zag entre o Chile e a Argentina o Riq comentou sobre um 'enxoval' que montou na Decathlon. Confira também sites como o mochileiros.com.br, onde se fala sobre roupas específicas para encarar o frio (fleece, corta-vento, etc). Lembre que no frio você não precisa de muitas roupas, mas sim das roupas adequadas. - se a viagem for durar mais de uma semana, considere a possibilidade de usar os serviços de uma lavanderia.

*Se não puder resistir às compras, acresça aos preços vantajosos pela diferença de câmbio a taxa de excesso de bagagem. É até um desestímulo ao consumo (pelo menos para mim funciona).

**Dou as dicas considerando que já passei seis noites no final de maio/2009 (inverno, não tão rigoroso, mas inverno), entre Buenos Aires e Montevidéo carregando apenas uma mala de mão de 5kg (limite sem custo da Pluna) e passei 29 dias em novembro/2009 indo de 3ºC na Itália a 39ºC em Santos, vindo de navio, carregando uma mala de uns vinte e poucos quilos. Além disso, moro em Curitiba e estou sofrendo porque aqui, diferente da Argentina, calefação é artigo de luxo, mas percebo que lavo muito mais roupa no verão que no inverno.

***Manter os pés aquecidos, com boas meias, é dica que me foi passada por um baiano cansado de sofrer há 30 anos no frio curitibano. Costuma funcionar.

Sylvia
SylviaPermalink

Ótimo Ana !
Vale lembrar que com aquecimento é mais provável suar além da conta ( até se lembrar de descascar a cebola) então :
use uma dose dupla de desosorante anti transpirante e deixe as roupas penduradas em lugar arejado de um dia para o outro.

Sylvia
SylviaPermalink

São ( ou eram) rigorosos quanto ao peso, sim !
Todos embarcam com as roupas pesadas e volumosas.
( leve um flat na mão )

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Sylvia, você é mestra!
Capricho no desodorante, mas as roupas que vão direto no corpo eu costumo levar em quantidade para usar uma vez só (ou usar e lavar). Se o frio é intenso, sigo outra dica sua e levo camisetas velhas para ir largando nos lugares (e abrindo espaço na mala para os cacarecos que mesmo em muquirana-stile a gente carrega).

Desculpe a ignorância, mas o que é flat?

Sylvia
SylviaPermalink

Apesar de morar na geladeira de POA , detesto frio, Ana .
Passamos aqui a vida inteira arrumando maneiras de se ver livre dele ( já que aquecimento é incompatível com rinites gauchas).
O jeito mais simples e pouco desconfortável ainda são as camisetas-100%poliester(errrgh) que se chamam segunda pele.
Não passam de uma meia de nylon colada ao corpo.
São levíssimas, não pesam, não tem volume , e secam num instante http://migre.me/Saqe
Flats são calçados rasos , leves ( que os homens orientais tb usam sem pudor ou preconceito) http://migre.me/SavQ

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

As segunda pele já fazem parte do meu guarda-roupas normalmente (salvo engano, Curitiba é mais fria que Porto Alegre e um otorrino me segredou que aqui eles não ficam sem trabalho nunca). A dica é ótima.

Vou anotar também a dica dos 'flat' - parecem leves e confortáveis!

Sylvia
SylviaPermalink

Errrgh então freezer é com a gente mesmo, né?
(aí as temperaturas são mais baixas, mas aqui a umidade é mais elevada )

Durante anos andei com flats na bolsa, agora não carrego mais , uso direto wink

Tem lindões em Bsas , sempre trago vários ( não duram muito, são frágeis)

Mas agora no inverno não sei se tem, mas vais encontrar botas-pantufa http://migre.me/Sbyi

Bernardette Amaral
Bernardette AmaralPermalink

Eu viajei para Bariloche em abril e na ida foram rigorosos com o peso, minha amiga teve de despachar a bagagem de mão porque excedia o peso, na volta o rigor foi menor . Eu fiz o que o Riq falou, os casacos na mão e o tênis no pé, único calçado que levei. Fiz uma consulta ao Aeroparque na época e eles responderam que tem guarda de bagagem no aeroporto, mas acabei não usando.

Daniela
DanielaPermalink

Obrigada pelas dicas!!!

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Alguém sabe me dizer se tem caixa automatico no terminal do Buquebus de BsAs? Não achei nada na internet... descobri que tem as agencias bancárias ali perto, mas não vi nada sobre algum exatamente dentro do terminal

Flávia
FláviaPermalink

Bom dia todo mundo!
Estou indo pra Buenos Aires na semana que vem. Já conheço a cidade mas quando fui anteriormente fiz cambio em hotel, o que foi absurdamente caro!!! Desta vez estou pensando em sacar dinheiro lá mesmo, já que tenho conta no Banco do Brasil!
Alguém sabe se além do débito do valor sacado tem que pagar alguma taxa ao banco ou algum tributo pelo saque lá?
Obrigada pelas dicas já lidas - Muito boas mesmo!

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Flávia... isso depende do tipo da sua conta e do seu banco... o ideal é vc conversar com o teu gerente pra ele te explicar a política do banco, até mesmo porque ele precisa liberar o teu cartão pra utilizar no exterior... Mas é sempre uma boa idéia...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Incide IOF de 0,38%. A taxa do banco vai depender da sua conta. Pode haver uma taxa de uso do caixa automático (algumas redes cobram, outras não, dependendo do tipo de acordo com o seu banco). A cotação na maioria dos bancos é próxima ao câmbio comercial, o que acaba compensando as taxas. Procure tirar sempre no mínimo o equivalente a US$ 200 para rentabilizar a tarifa de saque, que normalmente é fixa.

colorado
coloradoPermalink

olá, pessoal
Sobre dinheiro, câmbio, talicoisa, coisital:
Quem é correntista Itaú conta com bancos por lá.
Dá pra identificar onde há cajeros eletrônicos no próprio site do itau na argentina. itau.com.ar
e mais: onde enxergarem um posto petrobrás geralmente tem um caixa itaú.
claro que antes vcs precisam habilitar seu cartão, mesmo sendo ele internacional.
Espero ter contribuído.

Mário
MárioPermalink

O câmbio do Aeroparque é terrível. Fui agora no início de Junho e tava pagando 1,60 pesos por 1 real. Troquei no banco Piano, no centro, com cotação de 2,06 pesos por 1 real. É bom se planejar pra levar uns pesos pro táxi do Aeroparque até o hotel escolhido (cerca de 25 pesos até o centro) e depois trocar o resto no centro, caso a escolha seja por trocar reais direto por pesos.

A free shop do Aeroparque é mais ou menos... em termos de perfumes tem bastante coisa, mas em termos de roupas, eletrônicos e comida não tem muita variedade. Pra quem faz a escala no aeroporto de Montevidéu, vale muito a pena aproveitar a ótima free shop de lá.

Marcia Tavares
Marcia TavaresPermalink

Pelo jeito o Free Shop do Aeroparque é fraco mesmo... que pena. Mário, você comentou q a parte de perfumes é boa, mas saberia dizer se cosméticos (maquiagem) também? Obrigada!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalink

Pois é...me surgiu essa dúvida agora quanto ao câmbio. Sempre que vou à Bsas troco em Ezeiza no Banco de La Nacion e se precisar de mais pesos coto no dolar hoy e troco na calle Sarmiento. Todavia, no final de julho vou à Villa La Angostura pela Aerolineas e pousamos e decolamos em Aeroparque. Quando fui à Bariloche em 2006 levei dólares que eu já tinha e me virei com eles e cartão, então não me liguei nessas coisas de casa de câmbio. Pergunto:
- Há Banco de La Nacion em Bariloche (no aeroporto pois meu vôo chega a noite)?
Em negativo, alguém que tenha ido à Angostura sabe me dizer se há alguma casa com câmbio bom por lá ou é melhor eu comprar pesos aqui no Brasil?
Obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tem um Banco Nación no aeroporto de Bariloche, mas não sei o horário de funcionamento. Acho difícil ser 24 horas como o de Ezeiza.

Você pode comprar pesos no Brasil na http://www.cotacao.com.br ou sacar dinheiro em pesos no caixa eletrônico na Argentina, que é a minha opção preferida, com um VTM de plano B para qualquer eventualidade.

A opção pelo caixa eletrônico é libertadora. A gente pára de depender de uma agência, de uma corretora,de uma cotação, de um desvio até algum lugar só para trocar dinheiro. Só é preciso ter um planinho B, como um VTM e/ou um pouquinho de dólar para a eventualidade de algum caixa não funcionar, o que é bastante raro.

Ana Lúcia
Ana LúciaPermalink

Bom dia!

Irei para Argentina em julho e gostaria de saber de dicas sobre hostel (algo mais barato) que fique próximo do Aeroparque.

Agradeço todas as dicas que li a respeito de troca de moeda, foi-me bastante útil.

Parabéns, Ricardo, pela iniciativa!

Abraços

Rodrigo Bastos
Rodrigo BastosPermalink

Ana,

Eu estive em buenos aires no começo do mês e fiquei no hostel suites obelisco, que fica na corrintes pertinho do obelisco, florida, ou seja bem centralizado. Gostei muito do hostel, e gastei só 26 pesos do aeroparque até lá de táxi!!!
eu reservei pelo hostelworld!!!

Carlos
CarlosPermalink

Olá, pessoal!
Gotaria de saber se há posto da Global Refund no Aeroparque. Assim como em Ezeiza posso receber em $ na hora ou somente através de meu cartão de crédito?
Valeu!

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Carlos

Eu nunca voei pelo Aeroparque mas em Ezeiza eles pagam também em cash - pesos (que eu sempre uso pra comprar kit-kat no free shop!)

Sylvia
SylviaPermalink

Que eu saiba, não usam mais moedas pra devolver os impostos.
Até dez de 2010 pagavam em pesos ou dólares.

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Então Carlos, é melhor desconsiderar o meu comentário porque estive em BsAs pela última vez em fevereiro de 2009...

Sylvia
SylviaPermalink

Obrigada Victor !
Oops ..Até dez de 2009 pagavam e pesos ou dólares.
Em março de 2010 pedi para receber em pesos mas o pgto do imposto em Ezeiza só era creditado no cartão.

Carlos
CarlosPermalink

Quando estive lá em Nov/2008 recebi a devolução em pesos (em Ezeiza). Agora vou partir pelo Aeroparque. Não vejo problema creditarem no cartão. O importante é que há no Aeroparque um posto da Global Refund.
Victor Hugo e Sylvia, obrigado pelas informações!

Ricardo Brasil
Ricardo BrasilPermalink

Ao ler tudo aqui no site pude comprovar semana retrasada.
Desembarcar no aeroparque tem seus probleminhas. Uma casa de cambio apenas que troquei 15 dolares a 3,35 que foi suficiente pro taxi ate Palermo e prum taxi no dia seguinte. Depois troquei a 3,97 no La Nacion. O Real tava 1,75 e no La Nacion não trocaram mas consegui numa casa por 2,05. Alguns lugares aceitam Real.
Tax free existe sim e deixe o check in pra depois pois pedem pra mostrar as compras. Numa salinha a direita no terreo vai ganhar os carimbos da Aduana, depois faca o check in e suba pro cyber café onde vai realmente dar os dados pra computarem em seu cartao. Em cash não vi ninguem recebendo e nem imagino em que moeda pagariam. O "comandante" deve saber melhor.
Abracos.

Carlos
CarlosPermalink

Muito grato pelas informações!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Rapaz, eu sou o maior por-fora de devolução de imposto de compras. Eu só faço rapa de camiseta gola V de 10 dólares na Gap, e lá não tem devolução smile

JB
JBPermalink

Acho que agora não tem mais devolução em cash, não. Somente pelo cartão de crédito ou em conta corrente.(pelo menos não mais em Ezeiza - o quiosque fica fechado e vc deve inserir o envelope com os formulários preenchidos com sua opção de devolução em uma urna)

Penso que a moeda usada para isso é o peso argentino, que será convertido em reais na conta ou no cartão.

Sylvia
SylviaPermalink

Puxa vida JB , nunca usei envelope , não !
Até março deste ano só recebi no quiosque.
Aliás, quem esqueçeu de trocar , tem 6 meses pra fazer a operação a partir da data da compra ( até o ano passado eram 12 meses).

Ana Lúcia
Ana LúciaPermalink

Rodrigo, muito obrigada pela dica, cheguei a pensar no La Rocca, porém os comentários a respeito me desestimularam, muita gente falando mal.

Ricardo, agradeço também pelo link!

Ana Lúcia
Ana LúciaPermalink

Olá colegas!

Tenho mais uma dúvida, onde vocês trocaram o dinheiro por reais que sobrou da viagem?

Obrigada!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Chute: ninguém troca. Todo mundo sabe que vai voltar rapidinho wink

(Mas se quiser perder dinheiro, troque em qualquer banco ou casa de câmbio.)

Sylvia
SylviaPermalink

Na primeira vez , imediatamente antes da fase vibana, troquei o que sobrou de pesos por reais no aeroporto, por uma taxa indecente , é claro.
Dois meses depois estava lá de novo .
Claro que nunca mais fiz essa besteira wink

PêEsse
PêEssePermalink

Estou com o chute do Ricardo. Não só não troco como às vezes ainda compro mais, se for época de cotação boa. É sempre bom ter uma reserva.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Costumo me planejar para não ter muito excedente, então acabo deixando o (pouco) que sobra para comprar umas últimas bobagens e gastar no free shop. Em tempos de cartão de crédito e saques em caixa automático é fácil se programar para não ter muita sobra.

Ana Lúcia, se vc 'morreu' com os pesos e não pretende voltar tão cedo a BsAs, pode tentar encontrar alguém indo para lá (sempre tem) e tentar dividir o prejuízo, vendendo por menos do que a pessoa pagaria numa agência de câmbio e por mais do que a agência pagaria a vc.

Cristian Muller
Cristian MullerPermalink

Olá Ricardo. Estou pensando em levar comprar pesos aqui no Brasil para minha viagem à Buenos Aires. Existe algum limite para entrar no país com pesos e/ou dólares ?
Obrigado!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O equivalente a 10 mil dólares.

Cristian Muller
Cristian MullerPermalink

Muito obrigado Ricardo!

Uma última pergunta: Vou ficar hospedado no Hotel Ulises e meu voo chegará pelo AeroParque. O Hotel me ofereceu o transfer Aeroparque/Ulises por 75 pesos. Achei um pouco caro... ou está na média de preço?

Abs!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Caríssimo. Você estará pagando o plantão do sujeito com a plaquinha. Um táxi à Recoleta não deve custar mais que 30 pesos.

Cristian Muller
Cristian MullerPermalink

Grato Ricardo.

Vou seguir seu conselho e pegar um taxi ou remis!

Abs

Cristian

Caio
CaioPermalink

Prezado Ricardo, primeiramente parabéns pelo ótimo site!

Estarei chegando de Bariloche a Buenos Aires no próximo dia 21/07, quarta-feira, pelo Aeroparque e vou me hospedar no do Dazzler Maipu, até o dia 24.

Chego às 20:25 e gostaria de aproveitar logo esta primeira noite para um bom jantar! Pelos post, a região de Palermo parece ser uma boa opção. Onde eu poderia ir, sabendo que eu não gostaria de encarar uma churrascaria logo de cara?

Mais uma: considerando algum potencial atraso, dá tempo de ir ao hotel e voltar ou é melhor ir direto ao restaurante, mesmo com as malas?

Desde já agradeço!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalink

Já me intrometendo na resposta....se vc não quer carne vá ao sottovoceristorante.com.ar
É um restaurantezinho intimista na Recoleta, com uma massa divina....
Da última vez, cheguei lá às 0:00h e fui super bem atendida (mas isso foi em uma sexta-feira, não sei os outros dias).

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ops, não tinha visto a sua resposta smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Dá pra chegar nos restaurantes de Palermo numa quarta-feira até perto das 23h que você será atendido.

Mas acho que você vai chegar cansado e vai ser melhor ir num lugar mais perto.

Sugiro o Sottovoce, um ótimo italiano na Av. Libertador, à altura da Recoleta.
http://www.guiaoleo.com.ar/detail.php?ID=1253

ana carolina
ana carolinaPermalink

Caio: você encontra resposta a todas as suas perguntas aqui no site.

Em algum lugar você irá ler que se janta tarde por lá - eu mesma já peguei menu de almoço às 17h, pra vc ter uma noção.
Além disso, Buenos Aires não é só carne, não. Você encontra de tudo, com facilidade, ainda mais se já chegar com o endereço na mão.
Dicas gerais, incluindo links arrolados em "onde comer" você acha aqui:
https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire/ - as dicas dos Destemperados são fantásticas (têm fotos, preços, endereços).

Tem outros posts espalhados, que vc pode procurar digitando "Buenos Aires" ali na busca do site. Veja, por exemplo, esse aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2009/07/buenos-aires-destemperados-e-constance-mostram-o-que-estamos-perdendo/

Bom jantar e boa viagem!

Caio
CaioPermalink

Obrigado, Ana Carolina!

Em tempo, gosto muito de carne! Só acredito que minha esposa vai querer algo mais leve nesta primeira noite, chegando de viagem...
E vou acabar convencendo-a de ir onde eu possa comer carne, desde que tenha alguma outra boa opção pra ela...

Até mais...

Camila
CamilaPermalink

Pessoal, como é o Free shop no Aeroparque? Tem de tudo assim como no Free Shop de Ezeiza?
Sou cliente do banco Santander, consigo sacar dinheiro em Buenos Aires em caixas Santander ou lá não tem esse banco?
Agradeço...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O free shop do Aeroparque é acanhado.

Veja com o seu gerente se o seu cartão de conta permite saques em caixas automáticos no exterior. Se permitir, não é necessário ir especificamente aos caixas do Santander.

Tiago
TiagoPermalink

Ricardo, boa tarde.

Estou de viagem marcada para buenos aires dia 20 e gostaria de uma orientação para o cambio.Estou na duvida se levo reais ou dolares, porém a cotação de dólares no banco esta um pouco alta.Tambem estou levando um cartao internacional do BB.Consigo sacar em BA direto da conta corrente?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Quase certeza que sim. Confirme com seu gerente/desbloqueie seu cartão para saques internacionais direto da conta corrente.

Dirceu Lima
Dirceu LimaPermalink

Boa noite Ricardo, tenho visto que o banco Piano tem melhor cotação que os outros bancos. Tenho visto tb que pessoas tem recebido notas falsas no La Nacion. Gostaria de saber se o banco Piano abre as sabados para cambio. Desde já grato!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Pelo link que a Wanessa descobriu, a filial de Ezeiza abre todos os dias do ano das 6h às 22h.
Mas é melhor cotação para dólares ou para reais?

Reitero: esse negócio de carregar dinheiro vivo para trocar é jurássico. O mundo inteiro hoje tira dinheiro em caixas automáticos.