Trilhas em Itacaré: perigo de assalto mesmo com guias

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Trilha para a Engenhoca

Sempre ouvi que não é recomendável fazer trilhas em Itacaré -- sobretudo a da Ribeira até a Prainha, a única com saída da "zona urbana" -- pela possibilidade de ser assaltado no caminho.

Mas a Ana Carolina de Curitiba traz um relato chocante e um alerta grave: foi assaltada durante uma trilha guiada, e soube de casos escabrosos que em que nem grupos grandes foram poupados.

Eu não gosto de ajudar a alimentar pânico, mas acho um absurdo completo que um lugar cujo diferencial em relação às outras praias sejam justamente as trilhas pelo mato permitir que isso continue acontecendo. É o fim da picada.

Com a palavra, a Ana Carolina:

Estive em Itacaré no mês passado e de lembrança da viagem trouxe um assalto e uma visita à delegacia.

Foi na trilha entre a cachoeira da Usina e a (belíssima) praia de Jeribucaçu. Eu e o marido estávamos com guia contratado via agência, mas mesmo assim o sujeito (que já havia rendido outro casal à nossa frente) nos abordou com uma espingarda velha e uma peixeira, pediu para deixarmos nossas coisas e seguir.

Pensando que ele nem chegou muito perto até acho que tivemos muita sorte (tudo que ficou eu posso comprar de novo), mas mesmo assim quero dar o aviso porque pelo que ficamos sabendo a partir de então, Itacaré está meio perdida em assaltos e afins (embora se tente abafar de todo o jeito para não espantar os turistas – no verão, disseram que havia policiais à paisana em todas as trilhas).

Eu moro numa cidade que tem violência, tem assalto e tudo, mas sei onde é perigoso, evito e aviso a quem posso. Lá ninguém fala nada. Pelo que eu soube é meio certo ser assaltado (ou pior) na trilha da Prainha, por exemplo. Fiquei pasma quando o dono da agência nos disse que um italiano morreu há uns tempos porque tava “marcando” – e me explicou que o “marcando” era fotografar o pôr do sol (17h30, 18h) sozinho na Tiririca e ter reagido quando o ladrão chegou (reagir é marcar, concordo, mas fotografar pôr-do-sol?).

Mesmo o caminho entre o Centrinho e a Tiririca não é recomendado quando escurece (e lá escurece cedo) – falei com uma moça que diz que recomenda aos hóspedes da Tiririca usar táxi para ir ao centro à noite.

Grupos grandes também não estão livres (umas 40 pessoas, indo pela CVC, foram rendidas há uns 2 anos em uma trilha – desde então eles fizeram acordo com uma fazenda e tem permissão para usar uma outra trilha, com exclusividade).

De tudo que eu ouvi, acho que Itacaré é meio roleta russa. Você pode ir e simplesmente encontrar um lugar paradisíaco, trazer fotos lindas e sentir saudades da moqueca e da água de coco. Mas a chance de encontrar a bala existe e é bom ao menos ter ciência dela.

Obrigado pelo depoimento, Ana. Se alguém tiver passado por alguma coisa parecida, por favor nos conte na caixa de comentários.

219 comentários

Kirian
KirianPermalinkResponder

Oláa...
Estou indo em Dezembro para Itacaré e resolvi ver como anda a onda de violência por lá, e percebi que algumas pessoas falam bem e outras falam mal, como entender isso nao é verdade? É só vendo agora para saber como anda de verdade a realidade deste lugar que parece ser lindo. Bom no começo, lendo os depoimentos confesso que quase desisti, mas lendo um pouco mais abaixo no final vi que ja tinha me animado mais...Bom o que tenho a dizer é que vou, e depois eu posto mais informações sobre a realidade do local, mas aceitei as dicas e com certeza irei procurar uma agencia com um guia, nao perco isso por nada....até mais!

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Sem duvida nenhuma, a Trilha da Prainha foi o maior trauma da minha vida, eu e minha namorada fomos abordados por três moleques, um deles amado de um revolver pequeno, muito acressivo, fui agredido sem reagir e por pouco não violentaram ela, pois havia um grupo se aproximendo e eles decidiram por sair. Não recomendo esta trilha e nem mesmo esta cidade. Pego onda a muito tempo e nunca vi um lugar com uma energia tão negativa. Estou traumatizado, qualquer trilha que eu entro hoje me espanta e me remete a este acontecimento. Não vejo uma solução a não ser uma ação eficaz de inteligencia da policia. Mas quando fomos dar parte na policia nós percebemos a falta de recurso para coibir este tipo de ação destes marginais. Os bandidos sabem da falta de estrutura da policia e por isso continuarão a aterrorizar os turistas. Itacaré é caso de intervenção FEDRAL. Do contrário ja era!!!

Roberta
RobertaPermalinkResponder

É isto mesmo Rodrigo, aconteceu comigo agora em FEV/16.....continua a mesma coisa, uma cidade com uma energia horrível.....

DSP
DSPPermalinkResponder

Olá a todos!
Acabo de retornar de uma ótima viagem a Itacaré e Península de Maraú. Antes de ir já tinha passado por este site e visto comentários sobre a violência em Itacaré, e estou retornando para dar meu depoimento.
Antes de mais nada, concordo com o fato de que Itacaré é que deveria ser sidetrip de Maraú, e não o contrário. Maraú é excelente, um astral ótimo, pessoas tranquilas e simpáticas, limpa e preservada.
Em Itacaré, encontrei muito descaso por parte da população e das autoridades locais no quesito limpeza e ordem urbana. Conversando com vários nativos, todos fizeram a mesma queixa em relação à inação dos dirigentes locais no sentido de fechar a rua da Pituba, de deixar as praias com mais estrutura de limpeza e segurança. Na Praia da Ribeira, por exemplo, não encontramos uma lata de lixo sequer, mas muito lixo espalaho na areia e no leito do rio.
Quanto à violência, todos me afirmaram que existe, de pessoas que vem de fora e nesta época do ano se aproveitam do fluxo de turistas para fazer pequenos assaltos. Mas algumas pessoas preferem abafar, ao invés de tentar resolver o problema.
Queria deixar aqui um depoimento de um evento, que por sorte não foi conosco, e foi novidade até para os nativos e guias: houve um assalto no passeio de canoa pelo Rio de Contas, alguém que estava na margem apontou uma arma para o canoeiro, que rema a dois metros da margem para observação do mangue, e mandou encostar para assaltar os turistas embarcados. Aconteceu com um pessoal que estava pouco à nossa frente no passeio, e confesso que finalizou com uma dose inesperada de preocupaçao e adrenalina um passeio tão bom e interessante, dos que entram na categoria dos imperdíveis.
Fico entristecida de ver um lugar com tantas praias e cachoeiras lindas, como a do Rio do Engenho (classificada nos guias como do Cleandro) e do Tremembé, além da praia de Itacarezinho, que está (esta sim) limpa e preservada, ficar tão abandonado pela população ou pelos governantes. Espero que tomem consciência e cuidem de todos os presentes que a natureza deu a Itacaré.

Marco
MarcoPermalinkResponder

Estive lá no final de março de 2011.
Por ser uma cidade com turistas que curtem uma forma "alternativa" de viver, o crack tem invadido a cidade. Conversando com um taxista e moradores, os mesmos disseram que muitos assaltos são feitos por viciados e por moradores de cidades próximas como Valença, Itabuna e outras.
A famosa trilha até uma belíssima praia chamada "Prainha" é um roteiro perigoso. Não só pelo trajeto, mas por roubos. Tem guias locais, registrados e tudo mais. Porém, o que poucos sabem e escutei da boca de meu guia é que a grande maioria deles já foram assaltados. Pode ser mentira para incentivar a procura por eles, mas sugiro precaução. Apesar da trilha ser feita num tempo médio de 45 minutos, a mesma poderia estar cheia de placas de sinalização, em virtude de várias bifurcações. Porém, o próprios guias as arrancam. Façam o trajeto e curtam a praia entre 08:00 e 15:45. E outra, vão de grupos e com um guia. A Prainha só tem uma cabana que vende melancia, abacaxi, água, cerveja e queijo assado. Não precisa levar muito dinheiro. Cuidado com a câmera. Compensa o risco de levá-la para registrar momentos em um local maravilhoso.
Detalhe: fiquei 9 dias na cidade e não vi uma viatura policial ou até mesmo um policial fardado.
Fora esses contra tempos é uma cidade muito boa. Vários turistas de diversos países. Uma culinária variada e saborosa. Muitos passeios. Praias paradisíacas. Forrozinho "arretado". Com certeza, momentos inesquecíveis.
Se tiverem oportunidade vão até Barra Grande. Fiquei lá 3 dias. Uma cidade de 3 mil habitantes, sem asfalto, mas com boas pousadas e praias lindas (TAIPUS DE FORA - verifique a tábua de marés e a conheça na maré baixa. Eles alugam kit de mergulho e pode fazer essa modalidade. ÓTIMO.)
Cautela é a regra. Aprendi isso na Bahia. Um local com belas praias, muitos políticos corruptos e uma grande parte da população despreocupada com a própria cidade.
Espero que não deixem esse paraíso se transformar numa Ilhéus ou Salvador.

Tony
TonyPermalinkResponder

Riq, dois leitores do meu blog contam que há pouco estavam fazendo a trilha da Prainha e encontraram com uma família de 8 paulistas, acompanhada por um guia, que acabava de ser assaltada. Confirmando o dito pelo Marco, com ou sem guia, parece que o risco é alto demais. Custa entender que o problema se arraste durante tantos anos e nada seja feito.

asaltos en Itacaré - de viaje a Brasil : de viaje a Brasil

[...] entrada Trilhas em Itacaré: perigo de assalto mesmo com guias publicada hace ya un tiempo en Viaje na Viagem, el blog de viajes más importante de Brasil, [...]

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Quero aproveitar e deixar meu depoimento.Estive em Itacaré em abril deste ano e fui assaltada na trilha da Prainha,estava acompanhada por um casal,seu filho de 1 aninho e uma senhora(avó da criança) e o guia.Os assaltantes além de armados com espingarda,revolver e facão, eram violentos e agressivos.Posso dizer que foi o pior momento da minha vida,moro em SP desde q nasci e nunca havia enfrentado tamanha violência.Os policiais nos informaram q era o 22 assalto registrado desde o Natal, ou seja, nada esta sendo feito p mudar a situação,total descaso da cidade c seus turistas.Outros fatos tb provam isso, crianças perambulando nas ruas até altas horas, alguns locais querendo se aproveitar de turistas, principalmente estrangeiros q n conhecem a malícia destes malandros.Melhor escolher outro destinop suas férias,pelo menospor enquanto.

Marcelle
MarcellePermalinkResponder

Pessoal,
Fui a Itacaré no final de abril deste ano, fiz a trilha para Jeribucaçu, e não tive nenhum problema. Passei 3 dias em Itacaré, e coloquei dicas no meu blog: http://viciadaemviajar.blogspot.com/2011/05/itacare-aventura-em-jeribucacu.html

Talita
TalitaPermalinkResponder

Fui para Itacaré 2x e 2007... foi tudo maravilhoso, morro de saudades da cidade. Nesta época já haviam avisos para ter cuidado na trilha da Prainha... Praia linda que por sorte pude ir duas vezes...!

Quero voltar para a presentar a cidade ao meu namorado, fiquei bem preocupada com os relatos de assaltos, vou agora em Novembro e tomarei mais cuidado, pois afinal fazem 4 anos da última vez que estive lá e as coisas podem ter mudado mesmo!

MInha amiga foi este ano em Março e não me relatou nenhuma situação de perigo. A agencia que ela contratou para os passeios apenas não fazia Prainha justamente devido os assaltos. Ela adorou, conheceu muita gente bacana e não desabonou nada a viagem!

Bem, quando eu voltar falo para vocÊs de minha experiência. É triste que o Brasil não saiba cuidar de suas belezas naturais!

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Fui a Itacaré em 2010, e foi maravilhoso amei todas as praias. Principalmente Jeribucaçu, que para mim foi uma experiência incrível com de trilhas e mangues.
Mas realmente o descaso com a cidade dos próprios nativos é muito triste, fora a violência que graças á Deus não tive problemas, mas fiz todas as trilhas com guia contratado de agência e foi muito tranquilo, mas os relatos dos próprios moradores da cidade de violência e trafico de drogas eram assustadores.
Gostei muito de lá mas não pretendo voltar para Itacaré, até as coisas ficarem tranquilas.
Gostaria muito de retornar em Barra Grande que é MARAVILHOSA, e senti um clima tranquilo e receptivo.
Bem Fica a Dica!!

Gisele
GiselePermalinkResponder

Ola, estou indo para Itacaré daqui a 13 dias, e lendo esses relatos fiquei muito apreensiva, ja agendamos 5 passeios, e tem um que é 4 praias, não sei se essa da prainha vamos fazer, mas estou com medo se tiver ela no meio. Se alguém estiver ido a pouco tempo pra la por favor me informe como anda a violência por la!

João Carlos
João CarlosPermalinkResponder

Acabei de voltar de Itacaré, onde fiquei do dia 08 ao dia 12 deste mês. Confesso que vi este blog antes de viajar e fiquei bastante apreensivo com a questão da violência. Viajei com minha esposa e dois filhos adultos que adoram surf. Fiz alguns passeios (4 praias com várias trilhas) sempre acompanhado de guias. Infelizmente não fiz a trilha para a Prainha, mas foram feitas pelos meus filhos sem nenhum problema. Não tivemos nenhum problema com violência, vi viaturas policiais e policiais a pé em dupla no início da trilha da Prainha. Adorei o local. Cheguei a comentar com alguns moradores sobre a violência e todos foram unânimes e afirmar que a polícia andou dando duro na bandidagem e houve uma redução significativa nessa questão.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigada pelo feedback, João Carlos!

João Carlos
João CarlosPermalinkResponder

Complementando o comentária acima, o único problema que tive foi que contratei um passeio em uma agência na Pituba (vizinha a Sub Way) para eu e minha esposa para as ilhas em Camamu e simplesmente o guia não apareceu no hotel para nos pegar. O dinheiro pago foi ressarcido no dia seguinte. Felizmente quando estávamos esperando, apareceu um guia extremamente simpático e prestativo (Augusto) o qual salvou o dia e nos encaixou em um passeio para 4 praias com várias trilhas no caminho. No dia seguinte fui para outro passeio (4 ilhas em Camamu) com o guia Carlos Cassio também muito prestativo e simpático. Muito bom.

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Antes de ir a Itacaré, li o blog e confesso que fiquei bastante preocupada com as informações sobre assaltos, etc....mas ao voltar de lá, estive no período de 12 a 16 de abril, resolvi escrever para contribuir, pois este blog sempre me auxiliou demais em viagens....Fiz o passei das 4 praias (Itacarezinho, Havaizinho, Engenhoca e Camboinha), fiz o das 4 ilhas (que sai de Camamu e passa em Barra Grande), Taipu de Fora, em Maraú e Jeribucaçu, em que há encontro com o rio. Posso dizer que AMEI ter ido a Itacaré, que lugar lindo....os passeios foram excelentes, não tivemos problemas de espécie alguma...não fizemos o passeio da Prainha, pois não tivemos tempo....o relato que ouvimos de um casal que foi é de que não tiveram problemas, mas encontraram uma identidade caída no caminho...e eles foram sós...e lá, tivemos contato e passeamos com um guia nativo, extremamente atencioso, chamado Zé....até peguei o telefone dele para contato, caso alguém se interesse (73) 9908-7599...muito bacana....além disso a experiência gastronômica foi excelente.... depois escreverei especificamente sobre isso....

Rogerio
RogerioPermalinkResponder

oi roberta, estou indo pra itacare na proxima semana, e como sua experiencia foi boa por la (sinceramente estou apreensivo com os relatos de violencia -quase desisti), vc poderia passar os contatos da pousada que vc ficou e de quem vc comprou os passeios?
Obrigado
Rogerio

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Oi, estamos planejando ir a Itacaré em 15 dias(eu e marido). Amamos viajar, e ele amo praia - só escolhe este tipo de destino. O que você recomenda e o que desaconselha.
Flavia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flavia! Tudo o que já foi publicado no site sobre Itacaré você encontra através desse link:
https://www.viajenaviagem.com/category/itacare/

Tenha em mente que esta é a estação de chuvas no nordeste:
https://www.viajenaviagem.com/2010/04/como-aproveitar-o-inverno-do-nordeste/

Vinicius Mota
Vinicius MotaPermalinkResponder

Boa noite, passei a semana passada inteira lá e minhas recomendações são das melhores, principalmente pra quem curte natureza e aventura!!!

É indispensável a visita às 4 praias, que contempla também a visita a cachoeira do Tijuipe. Na minha opinião, são as mais bonitas e agradáveis de se tomar banho, sobretudo a da Engenhoca, aonde além do mar, tem água doce. A cachoeira possui uma estrutura perfeita, e a água é incrivelmente morna.

Outra cachoeira que vale a pena conhecer é a do Cleandro, o passeio de canoa até lá é recompensador, passa bem próximo ao mangue com grande diversidade de caranguejos.

A Praia de Jeribucaçu, fui com um guia local e paguei bem mais barato. Achei bem parecida com a da Engenhoca, por isso não acho que compensa tanto. É preferível ir na Engenhoca e conhecer Havaizinho, Camboa e Itacarezinho, além da Cachoeira do Tijuipe.

As praias urbanas tem ondas fortes, sendo ideal para o surf, mas perigoso para crianças e idosos. O arvorismo da Ribeira é sensacional, vale o preço que se paga, as tirolesas então nem se fala.

Não curti muito o passeio de escuna na baía de Camamu. O visual é muito bom, mas achei meio monótomo e cansativo, sem aventuras. Mas o preço é bem rentável.

Não tive problemas com furtos, nem ouvi casos de roubos atualmente. Porém, sempre bom ficar esperto e evitar andar sozinho. Não fui na Prainha e nem na Cachoeira da Usina, pontos que tem maiores índices de assaltos. Não somente pelo risco, mas por julgar outros locais mais interessantes.

A rua da Pituba oferece grande diversidade de bares e lojas de artesanato e vestuário, achei excelente. A cidade só deixa a desejar em relação a bancos, só tem Banco do Brasil e Bradesco, e nem todo lugar aceita cartão.

Mas é um local de beleza fascinante e clima acolhedor!

Voltarei com certeza!

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Olá, Rogério...tudo bem? Não tive problemas, só não posso dizer da trilha da Prainha mesmo porque não fiz....Fiquei na pousada Burundanga, rústica, decoração bacana, mas com uma questão: como fica ao lado de Mata Atlântica, lotada de pernilongos....já tinha lido sobre essa questão da pousada, mas fui inocente na primeira noite (passei repelente na primeira noite e só) e ficamos eu e namorado picados...no segundo dia colocamos um cortinado na cama e repelente e só aí consegui dormir....conheci um casal que ficou na Vila do Dengo e gostou muito....quanto aos passeios, fui pela Encantur e com o Zé...mas uma pessoa do Rio que conheci na viagem e ficou lá mais dias me contou essa semana que a Encantur furou um dos passeios...vou pedir a uma das pessoas que conheci na viagem para escrever a experiência dela aqui...não sei se ela chegou a ir a Prainha....agora, adorei o Zé...nota 10 como guia....espero ter ajudado.

Bia
BiaPermalinkResponder

Estive em Itacaré do dia 27 de abril ao dia 2 de maio de 2012, ficamos hospedados na PRaia Da Tiririca. No dia 27 fomos caminhar fim de tarde da Praia da Tiririca até Pituba, infeliz idéia ! Fomos assaltados na mesma hora por um negao alto com camiseta enrolada na cara e um revolver. Foi um Puts susto meu marido achou que ia tomar um tiro.. A policia nem apareceu. Todo mundo sabia do perigo e ninguém avisou agente deste caminho no fim da tarde. Ficamos espertos depois e só andamos de taxi da Tiririca para Pituba e fomos em vários passeios agenciados pela Ecotur que foi muito legal e tranquilo.

Ari
AriPermalinkResponder

Olá, somos Portugueses e acabamos de chegar a Itacaré (01-05-2012). Infelizmente confirmamos logo a violência que aqui existe e que desconheciamos totalmente. Ficamos numa pousada na praia da Tiririca e ao fim da tarde decidimos ir ao centro jantar e levantar dinheiro. Voltamos a pé para a pousada na praia (5 minutos) e no caminho apareceu um homem armado, com a cara tapada, a sair do mato. Dei logo a carteira e ele fugiu. Embora uma senhora no centro nos tenha avisado do perigo de assalto neste rua, como o camnho era curto facilitamos. Não tinhamos conhecimento destes assaltos, viemos de um sitio muito tranquilo e seguro (Morro de São Paulo) e à primeira vista achamos a vila muito tranquila. Vamo-nos mudar para uma pousada no centro, para que possamos sair à noite. Vamos tambem passar a andar com muito mais cuidado na praia. Espero que depois deste episodio possamos ter uma boa estadia, pois ainda vamos ficar durante 5 dias. Deixem sempre os passaportes e os cartoes VISA em casa, porque o dinheiro e a maquina que nos roubaram repomos facilmente. O que foi mau foi ter uma arma apontada. Ari e Mariana

Luiz Carlos Tiago

Realmente Itacaré é lindissima. Agora ir à Prainha é assalto na certa. Não adianta ir em grupo grande com guia. O guia não pode fazer nada. Não conheci a Prainha porque sabia do alto risco de ser assaltado, mas os nativos não nos falam nada. Ano passado um colega meu de trabalho foi para Itacaré e como sabe que eu gosto de viajar me perguntou sobre o destino. Eu disse que é lindissimo e que é pena que não se possa ir à Prainha que dizem que é a mais bonita de todas em função dos riscos de assaltos. Ele entrou num grupo de umas 20 pessoas com guia contratado e foram pegar a trilha até a prainha. Adivinhem o que aconteceu ? Isso mesmo. Foram todos assaltados. Se mudou hoje? Não sei dizer. Mas se me disserem que mudou eu não vou acreditar. Fazer a trilha da Prainha só com escolta ( bem) armada.

Carlos cassio
Carlos cassioPermalinkResponder

Oi pessoal sou guia em itacare´e verdade sobre a trilha prainhá , tem que tomar todos os cuidados posiveis. Sobre os passeios tenho os melhores serviços e os melhores preços: taipus de fora 60 +lhas da baia de zcamamu 50 jeribucaçu 40 prainha 30

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Olá Carlos Cássio:
Quais são os seus passeios e preços que você oferece para o mês de outubro próximo. Como é que está a situação da violência em Itacaré e qual é a atuação das autoridades policiais no momento?

carlos cássio

poxa roberto não deu para responder as suas respostas. onfelismente Itacaré continua na mesma situação a trilha da prinha e Jeribucaço fazendo a trilha pela mata atlantica. espero dias melhores com o novo governo. celulares para contato 73
9909 1185 vivo 73 9146 1267 tim 73 8146 8148 claro. face cassio.silva.311.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Puxa, é muito triste ler e saber de tudo isto. Estive em Itacaré em setembro de 2006 e fiz tudo à pé. Fiquei hospedada na Tiririca e fiz muuuitas trilhas somente com uma amiga e não tivemos nenhum problema. À noite a gente ia à pé para o centrinho também sem problemas ( mas era um trecho bem escuro a gente ia meio correndo). É um lugar com uma natureza maravilhosa, adorei os dias que passei lá. Mas, lendo tudo isto, só posso pensar que não voltarei não.Espero que as autoridades locais tomem alguma providência eficaz.

flaminio lucas

heee....minhas férias de julho tinha como destino certo Itacaré, estávamos sonhando acordado com as belas praias desta cidade... até já tinha pago metade do aluguel de um apartamento... mais depois de ler tantos comentários negativos quanto a violência em Itacaré, decidimos mudar o roteiro vamos para a chapada da diamantina...quem sabe se todos os turistas tomarem essa atitude, a população desta cidade comece a respeitar seus turistas e as autoridades de Itacaré comecem a trabalhar para por fim em tanta violência, a final de contas sua economia e 100% do turismo

Mariza
MarizaPermalinkResponder

Embora o lugar seja lindo,não vale a pena arriscar devido a violência.Quando estive em Itacaré em fevereiro,houve em 7 dias na trilha para a Prainha, 2 assaltos aos turistas,falta de policiamento e muitas crianças pedindo na praia e a cidade mal cuidada.Fiquei muito triste com o passeio,esperava encontrar um lugar mais encantador.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Estou querendo ir para Itacaré em Outubro, ficarei no Itacaré Eco Resort, irei com meu marido e criança de 1 ano. Gostaria de dicas para passeio com criança de 1ano ! Fiquei assustada com tantos casos de violencia, acho que nem irei sair do hotel!!! KKKKKK

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Em princípio não se faz passeio com criança de um ano. O resort tem uma piscina de água de rio bem legal.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

E esse resort é bom mesmo? Vc indica outro local para hospedagem com criança??? Vi o site e gostei muito do Eco resort.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Itacaré não tem resorts com estrutura clássica para crianças. O Itacaré Eco Resort é pequeno. Se quer um resort clássico, escolha outros lugares do Nordeste.

Mas veja: uma criança de um ano não aproveita essas estruturas. Os pais são os recreadores dos filhos pequenos.

Alê Godoy
Alê GodoyPermalinkResponder

Apesar da informação não ser super recente, resolvi escrever aqui sobre minha estada em Itacaré em fevereiro de 2012, por uma semana, incluíndo o carnaval.
Foi minha segunda visita a Itacaré e foi tudo ok (tal qual da primeira vez, em que fiz a trilha da Prainha).
Dessa vez não fiz trilhas, locais em que estão relatando os problemas, fui somente para a Tiririca e Rezende sem qualquer senão.
Circulava sozinha pela Praia das Conchas, inclusive de madrugada, pelas ruas de terra e ao lado de matas e não vi absolutamente nada, não tive nenhum problema.
Achei que por ser carnaval poderia ser um pouco perigoso, por conta do ânimo dos foliões, mas estive até na festa de rua dos nativos e foi sempre muito "sussa".
Itacaré é linda, uma delícia, e espero que os problemas narrados sejam logo resolvidos.

Elisangela Moreira Quintão

Bom dia Alê,
Estou indo a Itacaré em fevereiro, pós carnaval e estou indo sozinha... pode me dar alguma dica de onde ir e a segurança de ficar nesse local?
Obrigada.
OBS. se alguém puder me orientar ou aconselhar sobre algo importante a respeito de segurança e locais eu agradeço... é minha primeira viagem só e confesso que fiquei assustada com os relatos acima.
Obrigada.

Gisele
GiselePermalinkResponder

Elisangela,

Eu tb pretendo ir em fevereiro e estou apreensiva com tantos relatos.

Tb gostaria de dicas.

obrigada

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Estou indo para Itacaré em outubro próximo, e vou ficar na Pousada Pedra Torta. Gostaria de saber informações sobre essa pousada e como é a previsão do tempo para outubro. E também se for possível, saber como anda a situação da violência nos dias atuais. Se alguem puder ajudar eu agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberto! Quanto à violência, dependemos de relatos espontâneos. Falta de novos relatos é um bom sinal.

A sua pousada fica no loteamento da praia da Concha, onde está a maioria das pousadas de Itacaré. Fica ao lado do centro. O trecho onde ocorrem os assaltos relatos é um pouco mais adiante, entre a Concha e a praia da Tiririca, no sentido oposto ao centro.

Jessica
JessicaPermalinkResponder

O taxista que nos levou do aeroporto até Itacaré, nos alertou sobre os assaltos nas trilhas.
Mas meu marido e eu fomos agredidos em 2008.
Jantamos no centrinho de Itacaré e na volta, para a pousada em Tiririca, fomos agredidos pelas costas por 2 marginais.
Ficamos 1 mês internados quando voltamos para SP.
Tive fratura no joelho e meu marido: traumas na face, fratura exposta na mão, pontos no peito e braços e uma trombose na perna decorrente da paulada que levou.
Itacaré NUNCA MAIS!

Keyla
KeylaPermalinkResponder

Estou querendo ir pra Itacaré com uma amiga em janeiro de 2013, mas estou com receio por conta dos vários comentários sobre os assaltos. Queria saber se foi tomada alguma atitude por parte das aoutoridades sobre esse assunto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Keyla! Paramos de receber denúncias, ao menos.

carlos cássio

Olha Keyla tem varios policias trabalhando mais não aconselho a fazer duas trilhas onde acontecem esse assaltos. o lugar é lindo e vale a pena vc conhecer. tem varios passeios que podem ser feitos:
Rafitim
Escuna pela Baia de Camamu;
Praia de Jeribucaçu sem cachoeira;
04 praias Engenhoca, camboinha, Havaizinho e Itacarezinho teminando na bela cachoeira de Tijuipe.

maiores informações pelo meus celulares :
TIM 73 916 1267
Claro 73 8146 8148
VIVO 9909 1185.

face cassio.silva.311

ivone
ivonePermalinkResponder

Ola pessoal.
Sou proprietária de uma pousada em Itacaré sou de São Paulo e escolhi Itacaré para viver. Li os relatos de tds acima e sinto muito por aqueles que tiveram experiencias ruins aqui, penso que onde chega a droga, tb chega a violência, e isso não acontece só em Itacaré. Infelizmente tivemos uma péssima administração nesses últimos 4 anos, e estamos bastante abandonados a nível de cuidado com acidade, uma agenda de atrações etc... mas graças a Deus houve a mudança na ultima eleições. A cidade ultimamente esta bem policiada até com reforço da policia Cacaueira (CAERC)que é bastante temida na região, infelizmente nas trilhas, ainda falta policiamento que acho que deveria ser com policiais a cavalo, não sei se isso resolveria, mas acho que intimidaria bastante, essa idéia deve ser sugerida a nova administração. Espero que vcs não deixe de conhecer esse paraíso.

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Ola pessoal boa noite, fiz reserva na pousada porto dos casais e gostaria de informacao a respeito do perigo perto da pousada se é perto dessas trilhas.Fiquei bem preobupada com essas informacoes d vilencia, por favor me orientem.Desde ja agradeco.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sabrina! Fica na Praia da Concha, não há perigo. Os assaltos acontecem nas trilhas para praias como Prainha e Jeribucaçu, e também no fim da tarde e à noite, no trecho ermo a Tiririca e a Concha. Dentro da Praia da Concha, ou entre a Praia da Concha e o centrinho, os assaltantes não agem, porque não há onde se esconder.

kelvin
kelvinPermalinkResponder

Resumo da Obra , não viaje , não se arrisque , não faça nada.
Violência e pessoas mal intencionadas existe em qualquer lado.

kelvin
kelvinPermalinkResponder

Ivone ,

Creio que já não será a mesma cidade se a policia começar a tomar conta de todas as trilhas.
Agora para o Bóia que e autor desta verdadeira charada , fica minha pergunta "Qual e a solução"?

Sidnei
SidneiPermalinkResponder

Olá, Esse é meu terceiro dia em Itacaré, fiquei preocupado quando li os relatos antes da viagem, pensei em até desistir. Já fiz a trilha de Jeribucaçu, segundo as pessoas os assaltos ocorrem entre jeribucaçu e cachoeira da Usina, onde todas as agencias de turismo não estão mais fazendo esse trajeto. Conto tudo qndo voltar para casa, mas esse lugar é o paraíso...

Davis Sousa
Davis SousaPermalinkResponder

Bom eu minha esposa passamos 6 dias em Itacaré (16/12 até 21 ) ou seja acabamos de chegar de lá. Fizemos os melhores passeios, Jeribucaçu, Taipu de fora, Prainha, Itacarezinho, Praia do Resende...enfim, lugares paradisíacos, e realmente para chegar a esses lugares tem que fazer trilha. Admito que ficamos um pouco apreensivos, fizemos as trilhas sem guia, e as vezes encontrávamos pessoas digamos suspeitas, mas não tivemos nenhum problema. Sobre a trilha pra Prainha, a dica que recebemos foi de não voltar muito tarde, então às 14hs ja estavamos retornando. O centro onde tem os restaurantes e lojas e muito agradável, mas a cidade peca pela falta de limpeza pública e falta de ostensividade da policia, vimos poucas viaturas e poucos policiais na cidade. Mas valeu muitooooooo conhecer Itacaré.

Lilian Silva
Lilian SilvaPermalinkResponder

Estive em Itacaré na última semana, e a descrição mais correta da cidade ao meu ver é: DESLUMBRANTE, as praias parecem estar reservadas para você poucas pessoas, mar azul, céu azul, água cristalina com peixinhos e sempre uma água de coco fresca, com peixinho ou uma deliciosa tapioca para aliviar a fome após as caminhadas na trilhas.
As trilhas mais longe é prudente fazer na companhia de grupos, no entanto não é necessária a contratação de guias.
A população em geral é muito receptiva sempre com comprimentos e sorriso no rosto.
A prefeitura deixa a desejar, permitindo a presença de entulho e lixo na rua, policiamento também é pouco, mas a cidade é muito tranquila.
Indico que se puder viste Itacaré e não se arrependerá, a saudade será grande!!!!

Sidnei
SidneiPermalinkResponder

Olá pessoal,
Os sete dias que passamos eu e minha namorada foram ótimos, conhecemos quase todas as praias, fizemos vários passeios, inclusive Jeribucaçu e Prainha. A melhor opção é ir com guias das agencias de turismo, ele fazem caminhos alternativos devido à segurança. Uma dica, é não acreditar em tudo que as agencias dizem, percebemos que elas falam mal uma das outras. Na cidade não tivemos problemas, mas não é recomendado andar depois das 22, conhecemos um casal de moradores e eles passavam algumas dicas. Ficamos na pousada VilaNakara, e por sinal é ótima tudo de bom, café da manha, quartos com ar, internet, atendimento, limpeza. Fica próximo a praia da concha e 5 min. da pituba rua dos turistas, da para ir caminhando tranquilo. Para passeio entre em contato com LANSO(73)9916-7583 ele é de uma agencia é o melhor que conhecemos,super simpático, atencioso, olha que foram vários. De fato Itacaré é um paraíso, vale a pena conhecer, mas se você gosta de conhecer os lugares ao redor e varias praias é preciso vários dias, ficamos sete dias corridos, todos os dias com passeios. Boa viagem a todos.

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Pessoal,
Acabei de voltar de Itacaré e a viagem foi excelente (período de 02/01 à 09/01/13). Antes de viajar geralmente consulto o viaje na viagem e desta vez não foi diferente. Admito que fiquei bem apreensivo com os posts dos assaltos. Vou escrever com mais calma depois e passar algumas dicas, mas só para adiantar gostaria de dizer que não ouvi nenhum relato de assalto por lá. Fiz todos os passeios com guias e os mesmos disseram que não tem tido mais assaltos. Não sei se é verdade, mas a grande questão é, assim como em qualquer cidade, você não vai ficar andando depois das 22hs sem conhecer direito o lugar e não deve fazer trilhas no final da tarde. O Sidnei explicou muito bem no post dele essas coisas, as quais reforçarei depois. Para finalizar agora, a cidade está segura, só é necessário tomar cuidados como em qualquer outra cidade (principalmente uma que você não conheça direito). Depois volto com mais detalhes e dicas de passeios em Itacaré.

Vinicius Mota
Vinicius MotaPermalinkResponder

Boa noite, passei a semana passada inteira lá e minhas recomendações são das melhores, principalmente pra quem curte natureza e aventura!!!

É indispensável a visita às 4 praias, que contempla também a visita a cachoeira do Tijuipe. Na minha opinião, são as mais bonitas e agradáveis de se tomar banho, sobretudo a da Engenhoca, aonde além do mar, tem água doce. A cachoeira possui uma estrutura perfeita, e a água é incrivelmente morna.

Outra cachoeira que vale a pena conhecer é a do Cleandro, o passeio de canoa até lá é recompensador, passa bem próximo ao mangue com grande diversidade de caranguejos.

A Praia de Jeribucaçu, fui com um guia local e paguei bem mais barato. Achei bem parecida com a da Engenhoca, por isso não acho que compensa tanto. É preferível ir na Engenhoca e conhecer Havaizinho, Camboa e Itacarezinho, além da Cachoeira do Tijuipe.

As praias urbanas tem ondas fortes, sendo ideal para o surf, mas perigoso para crianças e idosos. O arvorismo da Ribeira é sensacional, vale o preço que se paga, as tirolesas então nem se fala.

Não curti muito o passeio de escuna na baía de Camamu. O visual é muito bom, mas achei meio monótomo e cansativo, sem aventuras. Mas o preço é bem rentável.

Não tive problemas com furtos, nem ouvi casos de roubos atualmente. Porém, sempre bom ficar esperto e evitar andar sozinho. Não fui na Prainha e nem na Cachoeira da Usina, pontos que tem maiores índices de assaltos. Não somente pelo risco, mas por julgar outros locais mais interessantes.

A rua da Pituba oferece grande diversidade de bares e lojas de artesanato e vestuário, achei excelente. A cidade só deixa a desejar em relação a bancos, só tem Banco do Brasil e Bradesco, e nem todo lugar aceita cartão.

Mas é um local de beleza fascinante e clima acolhedor!

Itacaré: praias e aventuras na Bahia - 360meridianos360meridianos

[...] e não tivemos problemas. Mas cabe uma palavra de cautela: O site Viaje na Viagem relata que existe o risco de assaltos, mesmo quando a trilha é guiada e em grupos maiores. Inclusive, pelo que eu li por lá, acho que [...]

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Pessoal,
Conforme havia dito, voltei para falar um pouco mais de Itacaré. Relembrando um pouco o que eu já disse, fiquei uma semana inteira lá no começo de janeiro de 2013 e a viagem foi excelente! Li os relatos de assalto do viaje na viagem antes de ir e fiquei bem apreensivo. Resolvi ir, com cautela e foi excelente! As praias são lindas e o tempo excelente! Li o post acima do Vinicius e concordo com ele. As praias consideradas rurais (Engenhoca, Havaizinho, Camboa e Itacarezinho) seguido da cachoeira do Tijuipe têm que ser visitadas! São as mais bonitas e vale muito a pena! Pode ir por trilha ou quem quiser pode ir direto para Itacarezinho sem trilha, lá a infraestrutura é ótima! Recomendo este passeio. As praias urbanas têm ondas fortes e é mais para surfista. Fiz este passeio das quatro praias urbanas no primeiro dia (incluindo a trilha da Prainha), várias pessoas faziam esta trilha sem guia, mais eu optei por fazer com guia e acho que é melhor. Eles disseram que não tem mais assalto, mas não sei, porque a gente voltou cedo na trilha às 14 horas. Sobre este passeio não acho que vale muito a pena fazer, pois a trilha não é tão legal é longa e a praia é bonita, mas prefiro muito mais as praias rurais. Enfim, este passeio das praias urbanas não acho que vale muito a pena. E para quem quiser conhecer a praia da Prainha, o pessoal não sabe muito, mas é possível pagar o day-use do resort ecoitacaré e chegar nesta praia sem trilha e sem perigo pelo hotel. Não fiz a praia do Jeribucaçu. A única coisa que ouvi, foi que tem duas trilhas, a longa (que os guias não fazem, talvez por assalto) e a trilha mais curta que os guias fazem e disseram que é tranquilo, mas acabei não fazendo (e pelo o que o Vinicius falou é igual a da Engenhoca). Fiz o passeio de barco da baía de camamu duas vezes e gostei bastante! O visual é lindo e as praias e ilhas que a escuna faz uma pausa são lindas e o mar é bem calmo, o que torna possível aproveitar bem o mar! Fiz também o passeio para a Península de Maraú. É um passeio cansativo, mas vale muito a pena! Foi o mar que eu mais gostei de todo itacaré! A praia é linda e a infraestrutura é excelente! Recomendo muito! Todos os passeios fiz com a agência easy turismo (guias excelentes, Miguel, David etc), também recomendo! Todos são muito profissionais e atenciosos! As pousadas localizadas na praia da concha são as de melhor localização (recomendo a Pousada Terra Boa). A rua da Pituba tem restaurantes muito bons (Panela de Barro, Mango, etc). É tranquilo andar à noite entre as pousadas da conhcha e a Pituba. Só aconselhável não andar à noite depois das 22 horas (ressaltando, esta é a mesma segurança que você deve tomar em qualquer liugar do Brasil). Também não é aconselhável andar depois das 17 horas entre a praia da Tiririca e a praia da Concha, pois passa por um trecho bem vazio. Tendo estas atenções, a viagem é bem segura. Por fim, é uma viagem que vale a pena! Com relação aos assaltos, a atenção é a mesma que você deve ter em qulaquer lugar do Brasil. Infelizmente, este é um país com muita desigualdade. Termino reforçando que a viagem vale muito pena e que, se você não quer ser assaltado, então tome em Itacaré, os mesmos cuidados que tomaria em qualquer outra cidade do Brasil.

fernando jose de souza

pessoal estive em itacaré,esta semana,dia 23/02 até 28/02 e fiqquei assustado com a situaçao triste que a cidade vive,bandidos armados estao aterrorizando todo mundo,andam armados durante o dia ,entram pela mata ,e fazem longas trocas de tiro como se não existisse policia,bom não existe mesmo,em apenas um dia,foi um baleado,com 4 tiros,um cachorro assassinado ,uma jovem roubada na pituba e o posto sao miguel,asaltado,oque mais deixa triste é saber que a policia local trabalha para os bandidos,andam com um megafone na viatura avisando,a entrada nos bairros,pela caerc (policia especializada)ali agora só o exercito para solucionar,pois tem bando de 10 pessoas armadas andando numa boa pela cidade,e tem 5 policiais ,ta dificil,sem policia,sem prefeito e de maos atadas,se optar por itacaré nas férias leve um bom colete aprova de balas.

Rafael
RafaelPermalinkResponder

Tem certeza que foi em Itacaré? Acabei de chegar de lá e não vi nem ouvi 1% do que você está dizendo...

Marcelo Nacinovic

Estava me decidindo se iria ou não a Itacaré nas minhas férias, local perfeito para quem gosta de caminhar em paz, achando um exagero o realto de violência, quando deparo com essa notícia:
Um grupo de biólogos formado por brasileiros e estrangeiros viveu momentos de terror, neste sábado (16 de Março de 2013), quando percorria a trilha entre as praias da Ribeira e Prainha, em Itacaré, no sul baiano. De acordo com reportagem do Jornal Bahia On Line, os 17 biólogos foram submetidos a sessões de tortura, obrigados a participar de uma ação conhecida como “roleta russa”. O crime foi praticado por três bandidos, que estavam armados com revólveres calibre 38. Os criminosos roubaram documentos, dinheiro e equipamentos. O grupo tentou prestar queixa na delegacia da cidade, mas não havia delegado na unidade policial. Ainda segundo reportagem, a crescente onda de violência em um dos destinos mais procurados da Bahia tem afastado turistas e provocado dúvidas em empresários e moradores de Itacaré.
Em resumo se a tantos anos acontece sempre a mesma coisa, nos mesmos lugares em um lugar tão pequeno, passo a acreditar que a polícia, a prefeitura e os empresários não tem qualquer interesse em resolver o problema. Itacaré nunca mais.

Christoph Kaufmann

Sou da Suiça, estava 2 vezez em Itacaré com a familia (doas meninas, a minha esposa). Itacaré é indo, simpatico - mais não volto...
http://itacarenoticias.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=863%3Abiologos-tem-momentos-de-terror-em-trilhas-de-itacare-&catid=65%3Aslide-da-home
Em Ingles, meo Portugues e ruim...
WHY THE HELL SHOULD I GO TO A PLACE WHERE POLITICIANS ONLY LOOK FOR THEIR OWN R$?! BRASIL HAT THOUSANDS OF KM BEATCHES. If I come back to Bahia - we go to Caraiva, Trancoso, whatever.
AND:
Even Colombia ist more save today than many parts in Brasil.

vinicius
viniciusPermalinkResponder

ia conhecer a cidade mas nem vou mais, prefiro curtir o rio de janeiro, pelo menos aqui agente sabe do que se trata...

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Gente do céu! Acabei de fechar uma viagem para lá em Junho e agora estou apavorada! Tá tão perigoso assim? Esse comentário de Marcelo Nacinovic me deixou desconcertada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Basta não fazer as trilhas da Prainha e de Jeribucaçu, e não andar a pé entre a Tiririca e a Concha no fim da tarde (o que você não faria mesmo).

Everaldo Ferraz

Boa Tarde, Beatriz! Aconteceram sim fatos negativos com relaçao a nosso turismo em Itacare, trabalho com passeios aqui, as trilhas hoje estão + seguras a policia esta fazendo incerssões nas trilhas afim de manter a segurança de todos. Temos otimo passeios na regiao q vc vai gostar, conhecer as praias da Engenhoca, Hawaizinho, Camboinha e Itacarezinho, passando por belas paisagens; Cachoeira do Tijuipe; passear de Escuna na Baia de Camamu; fazer Rafting na corredeiras do Rio d Contas; curtis as noites de Itacare na Pituba rola (bares)o Jungle e o Favela com suas caipifrutas; rodas de capoeira; Forro no Mar e Mel,Beco das Flores, Lapa Bar e no Jungle; bons restaurantes; e outros.
Ver o por do sol na Ponta do Xareu vale a pena.
Lembro q os passeios de praias fora do cenro devem ser acompanhadas de guias.
No mais tenha uma otima ferias em nossa cidade.
Everaldo.

iara sangalo
iara sangaloPermalinkResponder

desculpe Everaldo, mas é fácil pra você fazer essa propaganda boa de itacaré quando você é guia ou trabalha com o turismo de lá, mas o que o pessoal aqui está relatando é mesmo assustador, principalmente porque as autoridades não tomam providências alguma!! Isso é um absurdo total. Como voces querem ter lucro com o turismo se não investem em segurança? Ninguém quer sair de sua casa, de sua cidade pra ser assaltado com violencia brutal, perigando morrer em um lugar que tem como slogan "Paraíso" ?? Eu estava me planejando pra viajar em setembro com mais 6 amigos, mas já vi que não vamos mais

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá pessoal.
Comprei um pacote pela cvc pra ir em junho a itacaré mas cancelei devido a violência...
Eu ia sozinha, fiquei morrendo de medo, ainda mais nessa época que o lugar fica vazio...
Fiquei assustada com tudo o que li...

Everaldo Ferraz

Boa Tarde, Carolina! Geralmente qdo vc compra pacote com operadoras, nao estas so, vem muitas pessoas que acabam se conversando e formam grupos e saem juntos para todos os passeios e saidas a noite, e outra vc aqui estaria sendo recepcionada por guias que prestam serviços para CVC eles teem o maior cuidado e carinho com os seus passageiros. E tambem o segurança melhorou as trilhas estão mais seguras. Pena não mais vir. Abraços.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá Everaldo.
Comprei o pacote sozinha na CVC, não era um daqueles pacotes para grupos grandes não.
Inclusive no pacote tinha passeio por essas trilhas perigosas. Achei um absurdo a agência me colocar num passeio desses, sendo que li relatos que existe assaltos mesmo com guias.
Você acha seguro eu ir sozinha em junho? Fiquei com medo de andar da pousada até a vila a noite, que são 200 metros de distância.
Pelo que vi, a praia da concha não é boa. Vi pessoas comentando que é poluida.
Não vou ter coragem de fazer trilha para outra praia.
É perigoso ir da concha para a praia do rezende sozinha?

Obrigada pela atenção!

Abraços!

Everaldo Ferraz

Boa Noite, Carolina!
Como disse anteriormente, nos passeios vc faz amizades e acaba formando grupos de amigos e os passeios hoje estão + seguros. Quanto a praia da Concha, esta fica no encontro do mar com o rio de Contas, não é poluida, muitas das vezes quando chove desce umas plantas resteiras chamadas de "baronesas" que encalham na praia + são recolhidas pelo pessoal da limpeza. Pelo pacote CVC recomendo as pousadas Vila Nakara, Pedra Torta, Terra Boa ou Ecoporan estas ficam localizadas no Loteamento Conchas e proximo aos centro(rua principal-Pituba) e praia da Concha. Quanto caminhar até a praia do rezende, tem sempre pessoas passando pois é caminho dos surfistas para a praia da Tiririca. E outra se voce vem com pacote de 07 dias praticamente se voce gosta de passear, se ocupara com os passeios da agencia q lhe recepcionara.
Abraços.

Emiliano
EmilianoPermalinkResponder

Prezado Evandro Ferraz,

Gostaria de um relato honesto sobre a situação hoje, em Itacaré. Realmente é desanimadora a sequência de relatos acima tal como a pesquisa em sites pela internet.
Percebo que você está acompanhando o que acontece neste fórum e se preocupa com a imagem da região. Acredito que falo não só por mim, mas como por outros que estão completamente inseguros acerca da viagem para o seu município.
Agradeço o espaço!

Abraço,

Emiliano.

adriano costa da silva

Oi Carolina, eu e minha esposa somos de Porto Alegre e será a terceira vez que iremos para Itacaré, ficaremos do dia dez até vinte de junho. É um lugar extremamente seguro, as praias são lindas, o centrinho é charmoso com lojinhas e opções maravilhosas de alimentação, muito tranquilo mesmo e as pessoas são de uma educação e recepitividade incrível. Dica jante uma vez no Beco das Flores, conheça a praia da engenhoca e principalmente vá comer uma boa muqueca de camarão da Tia Dete é a melhor do Brasil OK Obs. Se fores na mesma epoca da gente avise e jantamos juntos. adrianoauditor@hotmail.com

Emiliano
EmilianoPermalinkResponder

Perdão, errei seu nome...

Abraço, Everaldo!

adriano costa da silva

Pousadas escolha somente as da Praia da Concha, o resto fica longe de tudo, chove mosquito, nao pega celular e não se pode andar a pé.
O centrinho é 100% tranquilo, educação e boa paz reinam até a noite, várias opções de alimentação e tem até mesmo Subway. As praias de Engenhoca e Itacarezinho são divinas

JANUÁRIO
JANUÁRIOPermalinkResponder

E aí galera, alguém está indo para Itacaré neste mês de junho? Vou com minha namorada para curtir as férias hehehe Bora galera .. Espero encontrar muita paz, sol e vibe positiva.
Nos encontramos por lá ... Abraços!

Myron Paterson

Olá pessoal,

estive aqui no Blog antes de viajar para Itacaré nesse último feriado nos dias 30.05.13 até 02.06.13. Vi todos os relatos de assaltos e assim como todos fiquei apreensivo.

Bem, todos esse dias em Itacaré foi muito tranquilo. Não tive problema nenhum com assaltos ou qualquer tipo de perigo. Andei com minha câmera fotográfica normalmente. Tirei fotografias na praia da Concha, Tiririca, Ribeira e etc. Além disso, fui para Engenhoca, Havaizinho, Itacarezinho, Praia pé de serra e fiquei tranquilamente nos lugares.

A cidade está mais policiada, pude observar alguns viaturas e policiais. Em termos de limpeza, está limpa para os padrões das cidades brasileiras, mas não existe nada absurdo e acabado, muito pelo contrário!

Itacaré está tranquila e vale muito a pena viajar. Sou de Salvador-ba, tinha ido outras vezes à Itacaré e fiquei preocupado com tudo que li antes de minha viagem. Porém, vá tranquilo, pois não está tendo nada disso. A prefeitura voltou a tomar conta da cidade e a policia a fazer o seu trabalho. Segundo morados locais não existe relato de assalto a dois meses.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Ola! Estou indo para itacare em outubro e estou muito apreensiva com os relatos de violencia q encontrei na internet... Alguem tem noticias atuais da cidade? Sobre segurança? Estou preocupada pois estou indo em baixa temporada....

Tia Marcinha
Tia MarcinhaPermalinkResponder

Olá, será que alguem pode me dizer se final de Julho é ua boa epoca para ir a Itacaré? e tem alguem que vai pra lá? Com antos relatos de perigo, to meio assustada em ir com minha família.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tia Marcinha!

Em julho pode chover um pouco em Itacaré -- mas chove bem menos que em pontos mais ao norte no Nordeste:
https://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar