Foz do Iguaçu: carro alugado, táxi ou ônibus?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Para informações atualizadas, clique no post abaixo:

181 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

O onibus em regra é uma boa opção. Só se deve ficar atento para os horaios da Argentina para Foz, que quando fui, acabavam cedo, creio que as 8 da noite, obrigando a se tomar um taxi.

Riq . Que tal fazer um post Comendo em Foz? Para quem gosta de comida àrabe, é uma das boas atrações da Cidade.

A parte das missões na Argentina, que se pode ir tanto de onibus, quanto com uma excursão (contratada no lado argentino), tambem vale outro post.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O bate-volta às missões é pesadíssimo. Mas tem um post da Dani S. sobre como fazer uma extensão às Missões argentinas e paraguaias, com pernoites.
https://www.viajenaviagem.com/2010/02/pra-la-de-iguacu-missoes-paraguaias-e-argentinas-por-dani-s/

Camila Navarro
Camila NavarroPermalink

Quem for em carro próprio ou alugado para Ciudad del Este, pode deixar o carro no estacionamento e pegar um táxi apenas para atravessar a ponte. Foi o que fizemos. Na entrada atravessamos andando mesmo, mas na volta, cheios de compras, pegamos um táxi.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É o que escrevi no texto, Camila, repassando a dica do PêEsse.

Camila Navarro
Camila NavarroPermalink

Quem manda não ler direito... eekops:

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

mrgreen

Cláudia Holder
Cláudia HolderPermalink

Riq, fui com Márcio a Foz em 2007 e andamos sempre de táxi. Infelizmente não anotamos os valores, mas me lembro de que achamos que foi uma ótima escolha. Alugar carro não é tão barato, e você ainda tem que se virar pra achar os lugares. O GPS ajuda, mas é bem mais conveniente alguém te levar direto para onde você quer ir. E a gente não precisou se preocupar em abastecer o carro, procurar (e pagar) estacionamento. Nós contratamos o "táxi" (não havia taxímetro, estava mais para carro de turismo, digamos) que tomamos no aeroporto assim que chegamos, porque gostamos do sujeito. Daí em diante, a gente ligava pra ele, marcava o passeio do dia seguinte e acertava o preço. Ele nos levou às cataratas, ao Parque das Aves, a Itaipu, ao Paraguai e à Argentina. Em Ciudad del Este, nos acompanhou nas compras, indicando as lojas sérias e os lugares não recomendáveis.

Patty Ramalho
Patty RamalhoPermalink

Olá, vc ainda teria o telefone do dono do taxi ? Estou indo para lá semana que vem

Natalie
NataliePermalink

Eu alugaria um carro pela comodidade e facilidade que ele proporciona. Acho meio chato ter que negociar com os taxistas ou até mesmo com as empresas de receptivo.

Em janeiro quando eu fui os horários nunca davam certos com as atividades que eu tinha planejado e eu acabei ficando amarrada nesses roteiros tipo lado argentino + paradinha no free shop.

schnaider
schnaiderPermalink

Para ir ao Paraguay sempre atravesso a ponte a pé, para voltar me aventuro de moto taxi!

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

mototáxi - mais uma alternativa... é seguro?

DeniseKN
DeniseKNPermalink

Oies povo! Sou nova de comentários, mas leio o blog ha tempos... *rs

É que recentemente fui à Foz do Iguaçu (é, na Páscoa, com a família toda), então posso contar um pouco da experiência que tive -- ao menos com carro alugado e a ida à Ciudad del Este, sem pacote.

Fomos na sexta-feira e voltamos na segunda-feira, alugamos dois carros na Avis (por causa da diferença nas datas para a reserva, tivemos uma pequena diferença no valor da locação, mas não teve problema) e os pegamos lá mesmo no aeroporto. Para não nos perdermos, levamos nosso GPS, mas no final do primeiro dia, já dá pra ter uma ideia de como se localizar no centrinho. Lá, como não tínhamos planos para viajar além de Puerto Iguazu, então emitiram um termo que 'permitia' que fossemos ao lado argentino com o carro alugado (e não tivemos problemas, porque na verdade nem pediram a documentação do carro nas duas vezes em que atravessamos a fronteira).

Para Ciudad del Este, deixamos o carro na pousada e o taxista nos levou até o outro lado da ponte, perto de onde queríamos ir (os tais shoppings de eletrônicos e tal... *rs), por um valor fixo negociado. Fomos bem cedo, perto das 06:30, e já tinha bastante movimento nas ruas (apesar das lojas dos shoppings ainda estarem abrindo). Para voltar, voltamos a pé, a cidade já estava começando a ficar bem cheia. A aduana estava praticamente vazia e pegamos um táxi para voltar à pousada (sem o taxímetro também). Mais sossegado, impossível.

Andre Lot
Andre LotPermalink

DeniseKN: vc se lembra se, especificamente, o termo garantia a validade dos seguros contratados por você em território argentino?

DeniseKN
DeniseKNPermalink

Andre, hmm... essa já é uma pergunta meio difícil. Mas, do que eu lembro, esse termo era só a autorização da Avis pra gente circular na região de Puerto Iguazú e só. :/
Devia ter tirado foto desse termo... droga.

Valter Santana
Valter SantanaPermalink

André, Cheguei hoje de Foz, não viajo sem antes ler o blog, as dicas foram muito úteis. Aluguei carro da Hertz. Eles dão autorização para voce ir a Argentina. Quanto ao seguro(carta verde), voce faz em Foz, em casas lotéricas, mas também dá para fazer num escritório que fica próximo a fronteira Brasil Argentina e o menor valor é R$ 48,00 e dá cobertura por 3 dias. Fiz o seguro, em momento algum me foi exigido no territorio argentino, mas na falta do seguro a penalidade é multa e pode até haver a apreensão do veículo. Melhor fazer o seguro.

Orlando Lake
Orlando LakePermalink

Pois é, boa dica essa do Valter Santana, pois em janeiro de 2008 aluguei um carro da Hertz com a autorização para rodar na argentina. Estava eu tranquilamente rodando em porto Iguazu qdo me aparece um guardinha. Me fez parar o carro e pediu o seguro internacional... ferrou, não tinha isso... Aí me levou para uma espécie de quartel deles e lá disse que eu peguei a contra mão e me aplicou duas multas por contra mão e por falta do seguro internacional. E lógico que fez pressão para apreender o carro.. Final da história tive que pagar $200 dólares para o safado. Ou seja, o seguro internacional é importantíssimo e cuidado com os guardinhas de lá que inventam contra mão em ruas que nem sinalização tem.

Luciana
LucianaPermalink

Eu gosto da opção táxi/motorista. Você fecha um valor fixo por passeio e marca os horários que preferir. Esta pessoa que pegamos na verdade não era bem um taxista, ele tinha um carro ligado a uma agência de turismo. Foi ótimo, porque com o carro dele dá para entrar no Paraguai (ele estacionou e ficou esperando lá dentro), dá para entrar na Argentin sem filas nem problemas. Os valores foram assim: Aeroporto-Hotel (centro) - R$ 40,00, com direito a uma paradinha no duty-free para o maridones comprar um whisky, rs. Itaipu - R$ 60,00 ida e volta. Paraguai: R$ 80,00 ida e volta. Argentina: R$ 120,00 ida e volta. Não é tudo super barato, mas o conforto, a liberdade e a confiança compensam!

Thais
ThaisPermalink

Prezada Luciana,
vc tem o contato desse taxist?
Vou para Foz na semana que vem.
Agradeço.

Malu
MaluPermalink

Nós, dois casais, optamos por alugar um carro com motorista que ficou à nossa disposição 24hs. Adoramos a experiência pois o Pacheco tem um Citroen, com ar condicionado, e conhece tudo e todos. Quando chega na fronteira ele pega nossos documentos e faz todos os trâmites para entrar na Argentina. Acompanha em todos os passeios, caso seja do seu interesse.Leva de volta ao hotel, faz as reservas nos restaurantes,leva ao cassino e espera até vc sair.
Ele é muito educado e não tivemos nenhum problema.
Não recomendo a Ciudad del Leste, tudo que tem lá encontramos no FreeShop logo após a fronteira da Argentina.Fomos na Monalisa e ao sair da loja um policial armado pediu que aguardássemos nosso motorista na porta pois é muito perigoso e nos contou casos e casos de assalto e abordagens aos turistas.
Bom, o nome dele é Pacheco, tel (45) 9108-3666 e ele cobrou R$200,00 a cada 24hs (agora em Março), para 2 casais. R$50,00 por pessoa, com toda essa mordomia, achamos que valeu.

Cristiane Schmitz
Cristiane SchmitzPermalink

Boa Tarde! Malu, adorei seu comentario, gostaria de saber se ele leva em todas as outras atraçoes, e se o valor de R$50,00 é fixo ou depende do numero de pessoas??

Dani S.
Dani S.Permalink

Nós alugamos carro, mas na Argentina (pra ter certeza de que não haveria problema de ir até as missões) e não tivemos problema - bem, tivemos um probleminha de tarifa, que o pessoal da Hertz falou que já estavam incluídas as taxas, e o cara da agência lá cobrou de novo. Alugamos na Hertz, e o moço simpático veio buscar a gente no hotel (depois da Hertz via telefone dar o endereço errado da agência - hoje só tem no aeroporto). Eles dão os papéis direitinho pra vir para o Brasil, é só pedir.
Foi muito tranqüilo, e navegar Foz do Iguaçu é mole, a cidade é muito bem sinalizada, e com uns mapinhas do centro que os hotéis dão fica mamão com açúcar.
Pra ir ao Paraguai, o ônibus é ótimo (já contei a experiência no post respectivo).

Juliana Amorim
Juliana AmorimPermalink

Eu usei ônibus direto por lá. S[ó ressalto que o ônibus que liga Foz a Puerto Iguazu encerra suas atividas por volta das 20h. Eu fiquei ilhada em Puerto Iguazu e tive que tomar um remis!

Jorge Bernardes
Jorge BernardesPermalink

Voltamos ontem de Foz. O táxi do aeroporto ao Hotel das Cataratas continua por R$40. Fomos para o fim de semana e adoramos.
Vamos voltar com mais tempo, certamente.

Os taxistas do aeroporto (que é ponto de táxi que serve ao hotel) oferecem um pacote por R$200,00 para levar até o parque argentino, esperar o tempo que for necessário, depois eles levam onde quiser em Puerto Iguazu, esperam o jantar, ou almoço se o cliente quiser e levam de volta ao hotel das Cataratas.

Eu achei bem razoável... Até porque caro mesmo é a corrida do aeroporto ao hotel... 40 Reais é muito caro pela corrida de 15 minutos que tem ali...

Enfim, não fizemos passeio algum. A questão é que o Hotel é tão bom e o fim de semana tão curto que não tivemos vontade alguma de sair de dentro do parque brasileiro...quase não saímos do hotel....

Com passagem promocional (comprada há meses) e tarifa promocional com direito a upgrade e vista para as quedas, foi o fim de semana com a melhor relação custo benefício dos últimos tempos...

Deixamos tudo fora do parque brasileiro para visitar na próxima...

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Jorge! Saudades! Volte sempre mrgreen

Edson
EdsonPermalink

Voltando do fim de semana prolongado em Foz. Tirando o taxi do aeroporto ao hotel e vice-versa (R$ 40,00 com ou sem taxímetro e que vale muito a pena por causa da bagagem), o resto é ônibus, ônibus e ônibus. É prático e barato. No hotel Continental Inn (bom e bem localizado) passa a van que leva ao cassino em Puerto Iguazu, muito prático, com volta em torno de 1 da manhã, muito cômodo. Não sei como é nos outros hotéis.

Dione
DionePermalink

Ricardo, parabéns por todas as dicas de viagem que você posta aqui, estou lendo e anotando muitas! Irei agora em Julho pra Foz com meu marido e meus 2 filhos e junto conosco viajarão a minha irmã com 2 filhos e uma amiga com 2 filhas. Nós ficaremos num hotel na Av. das Cataratas e elas ficarão num hotel no centro de Foz. Pelo o que eu já li aqui, andar de ônibus parece uma boa opção. Mas também li que Foz é um pouco perigosa à noite e tal...O que você acha sobre andar de ônibus para os passeios, inclusive para Puerto Iguazú e Cidade del Este? Eles são seguros mesmo à noite? Se fôrmos de ônibus para Cidade del Leste, o que você acha de pegarmos um táxi de lá para Foz? Li sobre taxistas que podem trazer drogas e fiquei um pouco preocupada...Quando voltar conto o que achei da viagem, ok?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Use o seu bom senso e a sua intuição. É exigir demais de um blogueiro achar que eu posso me responsabilizar pela segurança do transporte de ônibus em algum lugar do Brasil. Substitua "Foz do Iguaçu" por qualquer outra cidade e você verá que ninguém pode lhe dar essa informação.

Daniele Brandini
Daniele BrandiniPermalink

Olá a todos

Pesquisando sobre Foz do Iguaçú caí aqui nesse blog maravilhoso, uma das melhores fontes de informação que encontrei até agora. Irei para Foz no verão de 2011 mas já estou me planejando.Será uma viagem econômica portanto pretendo me locomover através de ônibus de Foz para as Cataratas tanto no lado brasileiro quanto no argentino.Então gostaria de saber se alguém tem experiências para relatar de ter realizado passeios às Cataratas tanto do lado Brasileiro quanto o Argentino de ônibus? Dá pra um turista realmente se virar com esse meio de transporte por lá?
Já agradeço possíveis colaborações e continuem viajando e compartilhando!
Daniele

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se você não for com tempo cronometrado, dá pra usar ônibus na boa. Eu usei entre Puerto Iguazú e Foz. Há o ônibus que vai do centro à entrada do parque por toda a rodovia das Cataratas.

odete
odetePermalink

alguem poderia me informar valor taxi da rodoviaria ao aeroporto foz? tem algum onibus que faz este transporte? pesqueizei e não encontri nada. Obrigada..

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

40/45 reais. Está no texto. O ônibus também está no texto. Uma das coisas básicas ao pesquisar é ler. A propósito, pesquisar é com s.

Re Reis
Re ReisPermalink

Acabei de chegar de Foz (Julho/2010) e aluguei carro lá. Realmente pode transitar tranquilamente pela Argentina, sem problema algum.
Não tivemos nenhum problema com a saída do Brasil e entrada na Argentina, somente a fila gigantesca que estava em ambos os lados.
E pra ir ao Paraguai, estacionamos perto da ponte do lado brasileiro e fomos a pé, como já falaram continua uma completa zona.

Paula_A
Paula_APermalink

Fui no feriado de 9 de Julho (feriado aqui em São Paulo e na Argentina também, aliás) com uma turma de 11 pessoas. Alugamos, portanto, 3 carros, e ficamos convencidíssimos de que se trata da melhor opção. Não teríamos feito metade do que fizemos se tivéssemos usado ônibus/táxi/receptivos. Compensa demais pela mobilidade e independência, além do que tanto Foz do Iguaçu quanto Puerto Iguazú são lugares fáceis de se locomover de carro, bem sinalizados e com ruas em boas condições.
Vim aqui comentar porque com relação ao Carta Verde já tínhamos relatos de experiências com a Avis e a Unidas, mas não da Localiza.
Escolhemos a Localiza por conta do benefício da Porto Seguro, que oferece um desconto excelente. A parte ruim é com relação justamente ao seguro Carta Verde. Não entendi, e ninguém (nem na Porto, nem na Central da Localiza, nem na Localiza do aeroporto de Foz) soube nos dizer, porque o dito custa tão mais caro que nas outras locadoras. Pesquisamos também a IguFoz, uma locadora local, a Avis e a Unidas (aliás, esta oferece 50% de desconto para quem vai pela Gol) e todas cobram R$ 48,00 por 3 dias contra R$ 225,00 da Localiza + R$ 10,00 de autorização para cruzar a fronteira.
No final das contas, acabou compensando por conta do desconto e da cobertura da Porto. Meio que saiu elas por elas em comparação aos preços da IguFoz. Acho que o melhor preço seria da Unidas + Gol, mas pra gente não deu, já que o principal motivo por termos optado pela Localiza foi que era a única a funcionar 24 horas, e precisávamos entregar o carro muito cedo...

Dione
DionePermalink

Oi para todos!
Acabamos de voltar, dia 20/07, de uma curta viagem à Foz do Iguaçu e adoramos tudo por lá! Fui com minha família e amigas e éramos um total de 9 pessoas. Apesar de termos nosso vôo cancelado por mau tempo no sábado dia 17/07 e termos que nos desdobrar pra conhecer tudo em apenas 2 dias, porque perdemos um dia pago da viagem por causa da Tam Viagens, valeu à pena! Claro que teremos de voltar, pois não conhecemos as Cataratas Argentinas inteiras e não conseguimos fazer o Macuco Safári, o passeio ao Refúgio Bela Vista e a visita ao Cassino na Argentina, por falta de tempo! Tivemos a sorte de termos um verdadeiro guia, não só um motorista, o Daniel, que já mora há 20 anos lá e conhece tudo, não só em Foz, mas também na Argentina e no Paraguai! Alugamos a van dele de 15 lugares por um preço ótimo, a diária, e ele agilizou tudo pra gente, nos passeios e nas aduanas, além dele ser uma pessoa sensacional, muito bacana mesmo! Ele foi um presente na nossa viagem! Quem quiser contatá-lo o telefone dele é (45)9975-3522. Em Foz do Iguaçu, fomos às Cataratas Brasileiras que são realmente maravilhosas, impressionantes, um show à parte! Leve uma capa de chuva, porque você vai precisar, mesmo que o tempo esteje bom! Quando saímos do parque, fizemos o passeio do Parque das Aves, que tem aves belíssimas!
Também fizemos o passeio panorâmico em Itaipu, mas não tivemos o prazer de ver o vertedouro aberto, pois eles só abrem quando tem excesso de água. No Paraguai, as ruas são extremamente sujas e não existe sinalização de trânsito, mas algumas lojas e shoppings são verdadeiros "oásis", em meio ao caos da cidade. Um deles é o Shopping Monalisa, onde almoçamos no restaurante (outra dica aqui do blog) que adoramos também, pois a comida é ótima e preço razoável! Fizemos compras na Casa China, e em algumas lojas no shopping Americana (Digital Center), Jebai e Cidad Del Este. Valeram o preço e foram compras bem confiáveis. Claro que você tem que testar tudo e ficar de olho na hora de embalar. Não compramos nada na rua, como foi recomendado aqui diversas vezes. Minha irmã e nossa amiga compraram malas muito baratas (R$60,00, a grande) numa loja chamada Chenson que tem em todo lugar. Só tivemos a surpresa de vermos as lojas fechando às 15:00 horas, no horário deles, pois elas abrem muito cedo, por volta de 06:00 da manhâ, a não ser as lojas de alguns shoppings, que fecham mais tarde. Por isso não conseguimos aproveitar o Paraguai como gostaríamos sad. Na Argentina, compramos bebidas e perfumes no Duty Free Shop, que valeram muito à pena pelo preço e por serem originais. Lá pedimos para eles embalarem em caixas para dispacharmos no aeroporto como bagagem frágil (discontam no peso da bagagem). Depois fomos jantar no El Quincho Del Tio Querido, em Puerto Iguazú (dica aqui do blog) que é um ótimo restaurante, com atendimento muito simpático, ambiente familiar e um show em que dedicaram ao nosso grupo várias músicas brasileiras...smile! As dicas aqui foram muito valiosas e espero ter contribuído um pouco também!

Cristiane Schmitz
Cristiane SchmitzPermalink

Ola, Estive em foz no ultimo fim de semana (03/08/2010 a 08/08/2010), utilizei um transfer aeroporto/hotel/aeroporto, o restante dos deslocamentos (cataratas, Itaipu, argentina e paraguai) fiz tudo de ónibus. Muito fácil de utilizar o sistema de transporte. Nem precisava do transfer ( só se for muita bagagem). A passagem custa R$2,40. Para ir pro aeroporto e para as Cataratas é a mesma linha ( Parque Nacional), o ónibus sai do TTU (terminal de integração dos ónibus) segue para o aeroporto pela Av. das Cataratas e depois vai para o parque, para voltar ele faz o mesmo caminho, porém ao contrario e com o nome da linha diferente "Aeroporto/TTU" (parque/aeroporto/TTU). Para a Itaipu tem que pegar o Conjunto "C" no TTU (se você estiver no centro ou ao longo das proximidades da Av das Cataratas). Para Argentina e para o Paraguai não da para pegar no TTU porque não é de integração. Para argentina o nome da linha é "Puerto Iguazu" e para o Paraguai é cidad del Leste", para o Paraguai tem ónibus no TTU que leva até a ponte, nesses está escrito "Ponte". Para a Argentina o ónibus vai até a Aduana, todo mundo tem que descer (passar para apresentar o documento), enquanto isso o ónibus fica esperando todo mundo passar para continuar a viagem.
Se caso você não tenho um mapa tanto de foz quanto do Paraguai, não se preocupe, no aeroporto assim que você pega a Bagagem na saída do lado esquerdo tem um centro de informações Turísticas. Eles tem os todos os mapas e é de grátis.
Espero que as dicas sejam proveitosas.. minha maneira de agradecer, pois utilizei algumas das dicas já escritas.
Muito obrigada..

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A gente que agradece, Cristiane!

Flavia
FlaviaPermalink

Cristiane
MUITO OBRIGADA! adorei as dicas, todas anotadas, quero fazer td de ônibus, então valeu mesmo!!!!

Barbara
BarbaraPermalink

Gente, amei demais esse blog. Consegui quase todas as informações que precisava para minha viagem para foz. Irei semana no dia 22/08 e volto no dai 26/08.
Umas coisinhas que eu queria saber são:

1- onde eu pego o ônibus para puerto iguazu em foz? Já li que não é no TTU.
2- Dá para ir até o marco das três fronteiras a pé lá de puerto iguazu?
3- Nas cataratas argentinas todos os pagamentos são só em peso, né?
4- Onde compro alfajores baratos???
5- Qual é o melhor passeio da Itaipu?
6- Rola passar com mais de 300 dólares pela aduana do paraguai?

Se eu repeti alguma pergunta que já foi respondida me desculpe. Posso ter me perdido no meio de tantas coisas legais que disseram!

Obrigada e parabéns novamente pelo blog. Recomendo!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Os fiscais podem encasquetar com eletrônicos que ultrapassem 300 dólares. Não está claro se a lei da câmera-celular-relógio, que entrará em vigor a partir de primeiro de outubro, poderá ser aplicada a bate-voltas a Ciudad del Este, já que não há necessidade de usar uma câmera do lado de lá.

Desencane do marco das 3 fronteiras. Isso é uma bobagem. Se der para chegar a pé, certamente não vale o esforço.

CarlaZ
CarlaZPermalink

Barbara,
nao posso ajudar em todas mas vou tentar...
3. eu também achava que era tudo em pesos...mas só usei peso para entrar no parque (que tinha que ser em pesos) la dentro dava pra usar dolar e cartao de credito pelo menos na loja Havana(nao me lembro real). Tambem usei pesos pra pegar onibus
4. alfajores baratos em Puerto Iguazu em qualquer mercado
5. o "Circuito Especial" é bem legal http://www.itaipu.gov.br/index.php?q=node/218
6. não fiz compras não, mas passei direto pela aduana, na verdade não entendi direito como funcionava...

Barbara
BarbaraPermalink

Muito obrigada CarlaZ. Vamos ver se alguém consegue me responder as duas primeiras perguntas, dai minha viagem estará toda organizada!!

Diogo
DiogoPermalink

Pessoal, será que esses valores de táxi aumentam no mês de dezembro?

Fran
FranPermalink

Trabalho na Receita Federal aqui em Foz, embora não na área de Aduana (ponte para o Paraguai). O blogueiro fez declarações acertadas, logo acima. Não sei como funcionará a partir de 1.o de outubro, até porque, como disse, minha área de trabalho é diferente. Quanto ao limite de 300 dólares, continua valendo, porém o turista pode comprar mais que esse valor, mas, no que EXCEDER 300 dólares incide imposto de importação, na alíquota de 50%. Exemplo:comprou notebook de US$ 500, passa pela aduana, preenche um formulário chamdo DBA -Declaração de Bagagem Acompanhada - e vai pagar 50% de imposto sobre US$ 200 (que excedem os 300 da cota). Recomendo fortemente, pois se der algum problema, vc tem a DBA para comprovar que declarou. O mesmo se dá se o seu veículo for parado fora da fronteira...se não declarou, pode ser apreendido.Mesmo compras dentro dos 300 precisam ser declaradas, para registro, pois a lei diz que vc tem esse limite a cada 30 dias. Outra dica: essa cota não é cumulativa! Ou seja, se passou pela aduana e declarou um perfume de 50, não pode passar no dia seguinte e declarar mais 250 de compras. Isso porque, apesar da proximidade, cada vez que vc vai ao Paraguai e volta, é considerada, obviamente, como uma viagem ao exterior. Alguns taxistas e operadores de turismo dizem que, se forem com eles, não tem que declarar : não caia nessa, a lei é para todos.

No sítio da Receita (www.receita.fazenda.gov.br) tem muitas dicas sobre esses assuntos. Espero ter ajudado. No próximo post vou por mais umas dicas sobre a aduana daqui. Abraços a todos.

Fran
FranPermalink

ENTENDENDO A ADUANA BRASIL/PARAGUAI
Várias pessoas ficam confusas quando voltam do Paraguai, com relação ao que fazer com as compras. 1-Declaro ou não declaro? R: Sugiro que sim. Toda compra ter que ser declarada. Na Ponte da Amizade (Foz-Cidade del Leste)há um estacionamento antes de passar para o lado brasileiro, o turista desce lá, declara e vai para Foz.
2- Um amigo passou por lá, não declarou nada e não aconteceu nada! R:Sim, pois a fiscalização é feita por amostragem. Se o veículo dele não foi parado, passa mesmo. Se for pego, paga imposto e mais multa, por tentativa de burlar a fiscalização. 3- Uma senhora simpática pediu para eu levar uma boneca para ela, pois ela já está com a cota completa...acho que não tem problema, né? R:NUNCA faça isso !! Bem provavelmente essa boneca está recheada com droga e não adianta tenta explicar : vai direto para a Polícia Federal, por tráfico internacional de drogas! 4- Um amigo meu disse que os caras da Receita tomaram dois briquedinhos que ele estava trazendo para as filhas...absurdo! R- Bobagem. Os servidores da Receita são treinados e não estão lá para "tomar" nada de ninguém. Se estiver dentro da cota, passa. Se estiver acima, paga o imposto e passa. Os servidores que trabalham lá (conheço vários) são educados e profissionais, aliás, o que o contribuinte merece e espera de um servidor público.
5- Vou com minha esposa, cada um tem uma cota de US$ 300, logo posso comprar um eletrônico de US$ 600 e não pagar imposto, certo? R- Errado. A cota é pessoal, não pode ser somada a outras pessoas da família, mesmo que presentes. É a lei. 6- Vou de avião para Foz, logo minha cota é de US$ 500 (viagem aérea) e não de 300, certo? R- Errado.Muitos turistas fazem essa confusão. A cota de 500 é para turistas que pousarem no Paraguai e voltarem via Brasil. Tem que ter cartão de embarque ou passagem para comprovar que aterrisou no Paraguai.
Bom, aqui ficam mais essas dicas. Deixo claro que são comentários de minha inteira responsabilidade e a instituição Receita Federal do Brasil não tem nenhuma responsabilidade ou conhecimento dos mesmos. Foi apenas no intuito de ajudar mesmo. Boa viagem a todos!

Edson Maiero Lins
Edson Maiero LinsPermalink

Fui no feriado de 12 de outubro para Foz, por via aérea. Como o objetivo da viagem era fotografar, levei diversos equipamentos e qual não foi minha surpresa ao ver que no momento de se ir para o portão de embarque a Receita Federal passa pelo Raio X todas as bagagens. Felizmente o Fical ao ver minha mochila aberta com 2 câmeras e diversas lentes, apenas sorriu e perguntou: "Você comprou no Paraguai?" Respondi que não, e ele me liberou. De qualquere forma, a partir de agora, nunca mais voô para Foz de Iguaçu sem levar as NFs dos equipamentos.

Fran
FranPermalink

ERRATA: Na linha 13, do post acima leia-se "...e não adianta tentar..."

Nelson
NelsonPermalink

Fran, suas informações sobre Receita federal são excelentes, assim com as de todos sobre os assuntos em geral. Tenho curiosidade sobre o que se leva para Foz: câmera fotográfica, filmadora, net ou notebook. Devemos declarar ao chegar no aeroporto de Foz, apresentando Nota Fiscal? Um colega esteve em Foz no mês de julho e disse que no aeroporto confiscaram sua câmera fotográfica (comprada bem antes da viagem) por não ter nota fiscal. É posivel isto acontecer? Obrigado.

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

Na saída é. O ideal é carregar a nota fiscal. (Por absurdo que pareça.)

ana
anaPermalink

Gente, vcs enviam dicas muito legais, mas com toda esta confusão de notas fiscais dos eletrônicos que levamos fiquei tensa!
Não tenho mais as notas, e agora? Viajar sem máquina é complicado né?
Alguém sabe dar informações sobre a cota de pessoa jurídica?
Obrigada
*P.S.: Ricardo o Blog é maravilhoso!

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

Se a câmera estiver visivelmente usada, não há problema. Se não estiver, passe num aeroproto internacional até 30 de setembro para registrar o equipamento na Receita. A partir de 1o. de outubro isso não ser´amais possível.

ana
anaPermalink

Que bom!Obrigada!!!
E se alguém souber onde descubro a cota de pessoa jurídica, por favor me avisa!!!

Fran
FranPermalink

Respondendo à Ana:
Não existe cota para PJ. PJ importa via Siscomex. As cotas são para viajantes pessoas físicas,ok ?

ana
anaPermalink

Obrigada!

Paula
PaulaPermalink

Olá!
Fiquei preocupada com a história da máquina fotográfica. A minha foi comprada em 2007/2008 e obviamente não tenho mais a nota fiscal. Quais características ela deve apresentar para se enquadrar (em regra) no conceito de "visivelmente usada"? Não há outra medida que possa ser adotada para evitar aborrecimentos (porque não dá para ir para as cataratas sem máquina fotográfica!)?

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

É muito raro dar algum galho, Paula. Se a sua câmera tem 3 anos, não vai parecer usada.

Ramon
RamonPermalink

Fui a Foz em Abril/10, e queria tirar fotos do Paraguai. Completamente despreocupado, com minha camera de 3MP comprada em 2003 com aparencia escandalosamente usada achei que não teria qualquer problema.
Surpresa! Quando fui voluntariamente declarar minhas compras e pagar meu imposto a mulher queria taxar minha maquina fotografica. Só não fui taxado porque ela digitou o numero de serie no computador da receita e não apareceu nada na tela. Mas se tivesse aparecido um valor.... ai ai...

O pessoal que trabalha no Paraguai, aduana, lojas, etc... não são lá super cordiais. Não acredite que vai estar passeando no shopping. Compras no Paraguai é um stress, não um passeio.

Um fiscal mau humorado pode estragar seu fds. Podem no geral ser treinados e educados. Mas ainda não conheci nenhum assim.

Já tentei inúmeras veses "declarar a saida" de minha nova maquina fotografica de 10mp sem sucesso. Eles alegam que não da galho e não vão perder tempo com isso. A verdade? Da galho sim, mas eles não querem trabalhar.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não existe mais declaração de saída desde 1o. de outubro.

Ciro
CiroPermalink

Oi Ricardo Freire, vou levar um amigo pegar avião no aeroporto que fica ali em Puerto Iguazu mas o carro ele comprou esses dias e esta apenas com o documento de compra e venda ja tudo reconhecido firma no cartorio, inclusive fizemos mais uma autorização para eu dirigir o veiculo dele...mas cmo dizem que nao pode entrar na aregentina com carro sem que esteja com o proprietario junto estou com medo que de rolo...sera que devemos arriscar..

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Rapaz... isso tá muuuuito acima das minha capacidade. Sugiro um táxi.

Pacheco
PachecoPermalink

Estou a disposição em Foz do Iguaçu para todos os passeios de turismo .
telsad45)91083666
Guia de turismo credenciado pelo ministerio de turismo.
veiculo citroen c4 pallas ano 2009.

maria
mariaPermalink

qual o valor de seus passeios ? ficarei no rafain e tenho interesse no traslado aeroporto hotel, paraguai e cataratas argentinas e puerto iguzu

Aurélio
AurélioPermalink

Vou para Foz em Janeiro de 2011. Estou numa tremenda dúvida em relação ao deslocamento por lá. Principalmente no que diz respeito as travessias de fronteiras. Não vi ninguém falando sobre isso aqui. Mas minha dúvida é se é necessária a carteira internacional de habilitação.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não é necessária carteira de habilitação internacional.

https://www.viajenaviagem.com/2010/09/habilitacao-internacional-precisar-nao-precisa-mas-e-bom-ter/

No mais, leia os comentários anteriores.

Andre L.
Andre L.Permalink

No Mercosul não precisa mesmo! Fique atento só às exigências como segundo triângulo e cabo de aço, e se o proprietário do veículo não estiver no carro no momento em que vc sai do país, é necessário uma autorização consular.

Lourdes
LourdesPermalink

Prezados. Vou passar por Foz do Iguaçu no início de janeiro, pois vou a Cascavel a trabalho.Gostaria de informações de como devo fazer para chegar em Cascavel?
Chego no voo da 01:10 da Gol.Consultei os ônibus que fazem este trajeto e não encontrei nada que me sirva.
Tem van pra Cascavel? Qunato será que um taxi cobra para me levar até lá. Os taxis são confiáveis?
Ag reorno, por favor.
Obrigada. Lu

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Lourdes, de madrugada você só tem duas opções: ou dorme em Foz e pega um ônibus na manhã seguinte, ou pega um táxi, que deve custar o preço da diária do hotel. São duas horas de viagem.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

Pensei numa outra saída, embora não tenha certeza da viabilidade. Foz tem algumas agências de turismo e diversos taxistas/motoristas de van que se oferecem para passar o dia - então de repente você pode tentar contratar este seu traslado como se fosse para 'passar a madrugada' no caminho a Cascavel.
Em março peguei uma van oferecida pelo hotel para traslado desde o aeroporto e o motorista ofereceu seus serviços para passar o dia inteiro dirigindo para até quatro pessoas por 180 reais (pena que eu joguei o cartão dele fora).

Só que, mesmo dando a ideia, sou mais partidária de dormir num hotel e partir de manhã. Foz está relativamente segura (eu até me surpreendi), com uma boa estrutura para turismo, mas eu não daria bobeira nas estradas próximas à noite - tríplice fronteira sempre tem uns probleminhas que eu não gostaria de ter o azar de enfrentar...

Nelma
NelmaPermalink

Durma em Foz, é mais seguro do que viajar à noite.
No outro dia, pegue um onibus.

Eduardo
EduardoPermalink

Aurélio, apesar dos conselhos aqui em não alugar carro para ir em Ciudad del Este eu resolvi tentar pois meu pai e meu irmão foram de carro e me deram algumas dicas e eu aprendi ainda algumas coisas:
1o) Chegar cedo, por volta de 05h30, 06h, horário do Paraguai. Uma hora mais tarde no Brasil pra você que vai em janeiro;
2o) Estaciona num dos estacionamento pagos na entrada da cidade. Meu pai estacionou no Shopping Americana, mas ele abre só 06h30 (hor. do Paraguai). Então eu coloquei no Bonita Kim (R$ 18 o dia todo), que fica logo depois do Shop. Americana. Veja no Google Maps antes onde fica.
3o) Quando as compras ficarem muito pesadas você vai no carro e guarda no porta-malas e volta pra fazer mais compras :0). Me pareceu confiável o estacionamento (é fechado, coberto). Mesmo assim é melhor manter as coisas mais caras com você.
4o) O seguro das locadoras não cobre fora do Brasil. Mas se você tiver o cartão Platinum, eles cobrem no Brasil e fora. Mas precisa pagar o aluguel do carro nele e NÃO contratar o seguro da locadora. A locadora vai dizer que se houver sinistro você precisa pagar todo o valor do carro e depois pedir ressarcimento ao cartão. O cartão disse que é só acionar o seguro deles em caso de sinistro. Bom, na prática não sei se seria tão simples...
5o) Tentei alugar ligando pro 0800 das locadoras. A AVIS disse que não poderia sair do Brasil com o carro; A Localiza que teria que alugar no mínimo 3 diárias e pagar R$ 148 de taxa pra cruzar a fronteira. Nada disso. Ao chegar ao aeroporto de Foz, a Avis não cobrava nada e a Localiza cobrava R$ 10. A Yes também não cobra nada (mas só tem no Centro). Arruma o telefone das lojas lá e liga direto, pois alugar na hora é difícil. Não tem carro. Pelo menos os mais populares.
6o) A saída é um pouco tumultuada, tenha paciência.
7o) Fui numa segunda-feira. Li que sábado é muito cheio.

Bom, pra ir nas cataratas brasileiras tem esse ônibus que o pessoal falou. tranquilo e barato.

Já pra ir nas argentinas preferi ir de carro pra ter tranquilidade pra ir no Duty Free e ir conhecer os restaurantes que o pessoal indicou (Aqva e El tio querido).

Fui a Itaipu de carro também. Não sei se tem ônibus. Se tiver fica mais barato.

Aeroporto/Centro os taxis cobram R$ 40.

Andar lá de carro é tranquilo, com placas pros principais lugares. Dá uma olhada no Google Maps antes. Se tiver GPS, melhor.

Boa viagem pra você. É um passeio que vale muito ä pena.

Clarice
ClaricePermalink

Trips, estou super na dúvida quanto a usar taxi ou carro alugado, vou com criança...Vale mais a pena sair daqui com o aluguel do carro fechado ou é fácil alugar lá?

Clarice
ClaricePermalink

O item 5 desse último comentário tinha me escapado, acho que já esclarece minha segunda dúvida.

Eduardo
EduardoPermalink

Clarice, eu cheguei lá com a mesma dúvida. Peguei um táxi pro hotel e fui conversando com o motorista, perguntando quanto ele cobraria pra nos levar às cataratas (brasileiras e argentinas), Paraguai e Itaipu. Ele cobrou valores altos (R$ 80 pra Itaipu, R$ 120 a R$ 130 pros outros lugares). É tudo perto. Os preços são incompatíveis. Desisti do táxi na hora e comecei a procurar carro para alugar. O pessoal aqui no fórum relatou preços melhores com agências de turismo e outros táxis. Vale a pena pesquisar. No entanto o conforto de ir aonde quiser, ficando o tempo que quiser, com o carro alugado, pesa muito pra mim.

Yannik
YannikPermalink

Olá,

Esse blog é maravilhoso. Nunca havia visto um blog sobre viagens com essa quantidade de informações. Parabéns, Ricardo!
Viajo para Foz no próximo dia 27 com meu marido e uma amiga. Terei para visitar as cataratas dos dois lados praticamente um dia e meio.
Gostaria de saber: vocês me recomendam deixar o dia inteiro para o lado argentino ou brasileiro?
Pensei em ir até as cataratas de ônibus, porém tenho receio que o trajeto demore demais. Vocês sabem em média quanto tempo leva de ônibus do centro de Foz para as cataratas brasileiras e para as cataratas argentinas?
Agradeço se puderem me ajudar.
Obrigada,
Yannik

Eduardo Aguiar
Eduardo AguiarPermalink

Yannik, peguei o ônibus no centro de Foz para as cataratas brasileiras. Cheguei no ponto umas 08h30. Foram 10 minutos de espera e uns quinze minutos no ônibus, tranquilo, fomos sentados. Eu fui no fim de novembro, você vai numa época bem mais movimentada. Mas acho que ainda assim vale à pena, principalemnte comparado aos preços do táxi e das empresas de turismo. E o ônibus para bem na frente das cataratas.
Leia o link que o Ricardo indicou. Vai encontrar informações mais ricas. Boa viagem.

Renato
RenatoPermalink

estou querendo ir para Ouerto Iguazu de carro, o problema é que o automóvel está no nome da minha mãe e não da tempo de eu tirar a permissão de dirigir para terceiros. Será que dá problema? consigo entrar em Puerto Iguazu?

obrigado

Aline
AlinePermalink

Vamos a foz em março de 2011 e estou anotando todas as dicas do site, 2 adultos (eu e meu marido) e duas crianças (3 e 5 anos) dicas para viagem com crianças? Minha reserva é no Yretá Apart Hotel, fica em puerto iguazu, ficaremos 1 semana. Não pretendo ir a cuidad del leste pelos comentários parece que não vou perder muita coisa, vamos alugar um carro já na argentina mesmo. Dúvida: precisa andar com cadeirinhas pra criança no carro? A CNH é aceita por lá tranquilamente? Vale mesmo a pena fazer compras no dutyfree? Qual a cota do dutyfree? 500 fora os 300 terrestre?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá Aline! Informe-se sobre cadeira de criança com a locadora onde você vai alugar carro.

Sobre CNH e cota em Foz, leia esses posts!

https://www.viajenaviagem.com/2010/09/habilitacao-internacional-precisar-nao-precisa-mas-e-bom-ter/

https://www.viajenaviagem.com/2010/10/novas-regras-da-pra-trazer-camera-de-miami-mas-nao-do-paraguai/

Lúcia
LúciaPermalink

Gostaria de um esclarecimento: o limite de $300 é para Argentina E Paraguai ou para cada um?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Lúcia! Infelizmente a cota é única para viagens terrestres durante 30 dias. Mas note que só vale para eletrônicos, o resto é liberado desde que não pareça que você vai revender.

Leia, por favor:
https://www.viajenaviagem.com/2010/10/novas-regras-da-pra-trazer-camera-de-miami-mas-nao-do-paraguai/

Cari a
Cari aPermalink

Olá Ric, acabei de voltar de Foz do Iguaçu. Fiquei hospedada no hotel Turrance. Lá tem um ponto de taxi bem pertinho. "alugamos" o taxi do Saul pelos 5 dias que ficamos lá.
Segue abaixo:

Jantar em Puerto Iguazú + Duty Free = R$ 80,00 – Ele levou até puerto Iguazú, levou em lojas para comprar jaqueta de couro e cintos, levou no restauraten para jantarmos, esperou o jantar, depois levou-nos a uma padaria para comprarmos média-lunas, nos levou no DutyFree e esperou.

Itaipu + Paraguai = R$150,00 – Levou ate Itaipu, como íamos fazer o circuito especial, voltou buscar depois de 2h30, levou-nos até o Paraguai, nas lojas do shopping americanas, carregou sacolas, indicou os lugares para comprarmos as coisas que queríamos, passou na aduana sem precisar declarar.

Cataratas Brasil + Parque das Aves = R$ 80,00 – levou no parque das águas e no parque das cataratas do Iguaçu

Cataratas Argentina = R$ 150,00 – levou no parque das Cataratas del iguazú, voltou buscar no horário combinado, nos levou até a cidade para jantarmos, voltou buscar depois do jantar e esperou fazermos compras novamente no dutyfree.

Saul – Taxi Ponto nº 43 –CEL: (9090) 9976-7041 – pode ligar a cobrar mesmo.
Fone do Ponto: (45) 3572-4758

Aline
AlinePermalink

Bom, vi o pessoal comentando do Ipad já li que ele entra na cota sim, pois eles consideram igual a notebook pois pode-se instalar inúmeros softwares nele para funcionar...porém smartphones não entram na cota vai entender né? Olha só, continuo com a dúvida da cota do dutyfree já li em algum lugar que existe uma cota de 500 dólares só pra dutyfree, ou seja, fora os 300 terrestre eu teria 500 no dutyfree de puerto iguazu?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Aline! Não confunda as bolas! Os US$ 500 extras do free shop são para quando você desembarca no Brasil por um aeroporto! Ali sim você tem direito a US$ 500 extras NO FREESHOP DO AEROPORTO DO BRASIL.

Todas as compras de eletrônicos que você fizer no exterior por via terrestre têm um limite de isenção US$ 300 a cada 30 dias. Se você fizer compras no Paraguai e tiver que declarar suas compras na fronteira, os eletrônicos farão parte do limite. Se você fizer novas compras de eletrônicos na Argentina, seja em loja de rua ou no free shop, for chamada a declarar as compras na fronteira e já houver compras registradas no computador da receita com o seu CPF nos últimos 30 dias, você só terá direito a completar o limite.

Posso pedir um favorzão? Se quiser continuar esse assunto, use o post do limite de compras! Assim novos leitores poderão se beneficiar das dicas! Este post é sobre táxi ou ônibus em Foz do Iguaçu!

É só clicar nesta linha azul aqui embaixo! Valeu!

https://www.viajenaviagem.com/2010/10/novas-regras-da-pra-trazer-camera-de-miami-mas-nao-do-paraguai/

Alexandre Pinchemel
Alexandre PinchemelPermalink

acompanhei bastante este forum para ir a Foz do Iguaçu. La voce gasta mais é com compras e presentes, pq a viagem em si nao é tao cara assim. Para a minha economia fiz assim: fiquei em hostel e andei de onibus. Fiquei no hostel bambu, que fica no centro. La é realmente muito bom, os staffs sao bem receptivos e te ajudam em tudo. o hostel bambu no Brasil sai por R$35 o quarto coletivo, e o hostel na Argentina fica por R$25 o quarto coletivo. Tem onibus para tudo quanto é quanto e não é necessário andar de taxi. Para quem quer economizar, andar de onibus é bem viavel, paga uma taxa de R$2,40 por viagem e leva para todos os lugares de foz, para puerto iguazu - argentina e ciudad del Est no paraguai. tudo por 2,40. Mas para quem quer comodidade, tem tambem as vans que pegam no hostel e te levam onde vc quiser. so combinar o preço. Em foz vale a pena ir nas cataratas brasileiras (sao mais emocionantes e a estrutura é melhor - onibus interno que vem e vao toda hora e vc nao espera por mt tempo). Em contrapartida, as cataratas argentinas tem um visual mais bonito pq vc a ve de cabo a rabo, porem vc anda anda anda, ve, tira foto e vai embora. ns cataratas brasileiras, a passarela é rente às cataratas e como o vapor d'agua é tao grande, vc se molha todo como se tivesse pegado uma chuva brava. é muito bom. tem gente q compra capa de chuva, mas qm se deixar molhar ve q vale a pena. é energizante. Entao, em foz vc ainda pode visitar itaipu, estudante paga 10 reais para a visao panoramica. Ciudad del Est- é uma muvuca, q nem a 25 de março, so q com o povo falando em guarani e CUIDADO, os paraguaios adoram levar vantagem sobre os brasileiros. se for comprar algo, leve em dolares, é melhor, apesar deles aceitarem real,dolar,pesos,guarani, euro, qlq coisa q valha.
Precisei andar de taxi na madrugada. estava num lugar dps do centro e fui ate o aeroporto. Fui com o Sr. Juvenil. ele é um senhor bonzim. o TEl dele é 45 9125-1512.
Se eu lembrar de algo mais eu escrevo...

ROBERTO GONÇALVES DE SOUSA

Gostaria de saber se uma criança de 11 (onze) anos acompanhada de seus pais entraria em Puerto Iguazú (Argentina) apenas com a sua Certidão de Nascimento? Grato...

A Bóia
A BóiaPermalink

Hola, Roberto!

Para sair do Brasil o seu filho precisa ter RG. Certidão não vale nem para bebê!

http://www.clickfozdoiguacu.com.br/compras-no-paraguai/duvidas-frequentes

Poliana
PolianaPermalink

Acabei de chegar de Foz de Iguaçu. Segui a orientação aqui da Dione, viajante que recomendava o Sr. Daniel (45 99753522)que nos acompanhou com uma Van (R$ 180,00 a diária) para 9 pessoas e fez todos os serviços de compras de ingressos, documentação da aduana. Fizemos o passeio de Itaipu Iluminada (que acaba sendo apenas a iluminação mesmo , sem nenhum show) mas que vale por estar perto de uma construção tão grandiosa. No segundo dia fomos as Cataratas, belissima e fizemos o macuco safári (imperdível). As cataratas argentinas foi outro espetaculo d tirar o fôlego na garganta do Diabo. Não gostei do passeio ao Paraguai, muita confusão, muita gente esperta tentando enrolar por todos os lados.

Paula
PaulaPermalink

Oi!
Irei para as Cataratas no Carnaval e vou ficar hospedada em Puerto Iguazú. Do aeroporto para o hotel vou tomar um táxi e já sei que existe ônibus de Puerto Iguazú para o parque argentino. Pergunto: com esse mesmo ônibus eu também consigo chegar no parque brasileiro? Se não, há alguma alternativa a um remis? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Você vai ter que pegar um ônibus para o Brasil e aí sim pegar o ônibus de linha que vai para o lado brasileiro do parque.

Lazaro
LazaroPermalink

Olá Paula, existe sim um onibus que sai da estação rodoviária de Porto Iguaçu e vai para as cataratas brasileiras, paguei R$20,00 ida e volta agora no início de janeiro, mas conforme mencionei em meu link, eu particularmente gostei mais das cataratas argentinas além da praticidade de estar em Porto Iguaçu, evita-se as travessias nas aduanas (argentina e brasileira) que pode ser demorado.

Paula
PaulaPermalink

Obrigada!!

APARE
APAREPermalink

Boa noite!
gostaria de saber quanto fica o taxi do aeroporto para o hotel cassino foz do iguaçu e do hotel para o paraguai obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Aparecida! Infelizmente não temos como prever o valor do seu deslocamento. É possível que o hotel possa ajudá-la. Entre em contato com eles!

Lazaro
LazaroPermalink

Do aeroporto de Foz até meu hotel que ficava em frente ao cassino na Argentina paguei R$60,00 (deve-se negociar com o taxista pois apesar de terem preço tabelado no aeroporto para atravessia para outro país a negociação é à parte). De Porto Iguaçu para o Paraguai o preço de tabela dos remisses é $180,00 pesos eles esperam aproximadamente 4 horas e depois te levam de volta para a Argentina, no meu caso preferi contratar o Senhor Tito (remisse) apenas para me levar e deixar na ponte da amizade ainda do lado brasileiro ele cobrou $100,00 pesos pois fomos bem cedo 6 da manhão no horário da argentina e não iria atrapalhar a rotina dele. telefone do senhor Tito: 03757-15503072.