Táxi em Buenos Aires: como não receber notas falsas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Cuidado com os pesos falsos

Notas falsas de peso e enganação no troco do táxi em Buenos Aires são queixas freqüentes aqui no Viaje na Viagem. Algumas vêm de leitores que foram vítimas de golpes; outras vêm de gente que ouviu falar e está com medo de ser engambelado.

Eu normalmente digo que a possibilidade de cair num pequeno golpe como esse não deve deter ninguém de uma viagem a Buenos Aires. Todo o resto é TÃO barato, que se rolar alguma chatice dessas dá pra colocar na conta numa boa.


Não tenho dicas próprias de como reconhecer uma nota falsa porque nunca fui vítima do golpe. Tenho a meu favor um portunhol avançado, praticamente um portenhol.

Mas acho também que o que me ajuda a escapar incólume é que sempre pesquiso o endereço antes no Google Maps; e quando pego o táxi, dou a direção como um "local": digo a rua e pelo menos uma transversal. Tipo: "Borges y Nicaragua". Ou duas: "Borges entre Guatemala y Paraguay". Um taxista vai pensar duas vezes antes de passar uma nota falsa para quem dá um endereço tão completo.

Os trips, especialmente os vibanas, têm dicas mais simples, que não dependem de pronunciar o "ll" e o "y" como xis (Calle Ayacucho, em portenho, é "caxe axacutcho").

A mais valiosa delas é não entrar em táxi com notas de 50 ou 100 pesos. Procure ter sempre notas de 10 e 20 pesos no bolso antes de entrar em táxi.

Para fabricar troco:

- Tire dinheiro no caixa automático na casa dos 90: 290, 390, 490. Os 90 trocados já ficam para o fundo de táxi. (Eu não entraria para tirar só 90 pesos porque não é bom tirar pouco dinheiro devido às taxa de saque, que normalmente é fixa e acaba melhor diluída quando se faz um saque maior)

- Passe no supermercado e compre alguma besteira (dica do Marco Cavalheiro)

- Troque sempre que tomar sorvete em sorveterias como Freddo (dica do Nelson Breitner)

A Ana Carolina sugere ir à página do Banco Central da Argentina e clicar em "billetes y monedas" para ver a carinha das cédulas.

E o Victor Hugo explica que as notas de 100 falsas são grosseiras, parecem pintadas a mão e não têm marca d'água.

Y vos? Tem alguma dica para fabricar troco, reconhecer notas ou identificar taxistas desonestos em Buenos Aires? Conta pra gente!


347 comentários

Andreia Hamada

Raphaella,
Também achei paranóia sobre taxista, mas mesmo assim usei o serviço do Gustavo, porque era mais barato (150 pesos contra 190 do oficial).
Fiz o Trem da Costa, não achei bom. Muito caro e não tem nada de mais... aliás, achei que perdi muito tempo (a viagem toda, da Recoleta até a estação e da Estação até o Tigre) acho que levou umas duas horas, porque tem que acertar direitinho todos os horários dos trens... O de Mitre tem apenas a cada meia hora ou 20 minutos. O Trem de La Costa a cada 30 minutos. Eu sugiro pegar o trem direto até o Tigre.
Outra coisa, se for dia de semana, há só um ou dois horários para o passeio de Barco no Tigre (o de duas horas é enfadonho), por isso chegue cedo (o primeiro sai 11horas, dura 40 minutos. O segundo 12horas, dura uma hora).

Cassio
CassioPermalinkResponder

Fomos a Buenos Aires, eu e minha mulher no dia 17 de julho de 2011. Uma semana antes havíamos feito contato com o Gustavo Laviero(taxista) por email que prontamente nos respondeu (gustavolaviero@hotmail.com). Ele foi nos buscar no aeroporto e, mesmo com o vôo atrasado ele estava lá nos esperando com uma placa com nosso nome. Nos levou ao hotel e ficamos com o telefone dele para uma eventualidade. Durante a semana enviei um e-mail para contratá-lo para um city tour. Foi Show. Ele ainda nos levou de volta ao aeroporto no dia de ir embora. RECOMENDO. É uma pessoa muito atenciosa, educada e deu várias dicas sobre Buenos Aires. VALEU A PENA!

Layne
LaynePermalinkResponder

Só pra endossar, Raphaella, cheguei hoje da argentina e contratei os serviços do Gustavo...super-mega- recomendo...o preço é camarada, ele é uma graça, super atencioso, fala português, até de nosso fotográfo ele ficou durante a viagem...simplesmente amei minha estadia em buenos aires e sem duvida o Gustavo favoreceu essa vivência... Para constar, fora ele peguei um unico taxi na rua durante esses dias e tive a certeza de que o melhor é contratar pois graças a esse taxista que deu uma volta imensa pra nos levar de palermo até san telmo no hotel perdi minha reserva no chá do hotel alvear...Então vai por mim....contrata o Gustavo....

Daniela
DanielaPermalinkResponder

No quesito problemas com taxi, alerto ao pessoal do VnV (se já não sabem) que há uma máfia de taxistas na florida, principalmente esquina Cordoba. Não só em frente a Galerias Pacifico, mas nas esquinas adjacentes. Ficam pessoas na rua catando taxi para quem está cheio de sacolas, colocam-nas dentro dos carros e estes pedem um valor fixo pela corrida. No nosso caso, pediram 30 pesos para ir até a Corrientes (corrida de cerca de 12/15 pesos). Fiquem ligados!!!

Raphaella Pereira

Andreia, Layne e Daniela,
Obrigada pelo retorno de vocês!!
Eu acabei entrando em contato com o Gustavo, que realmente tem o preço mais em conta do que o Taxi Ezeiza (eu liguei para lá e me certifiquei dos valores). Inclusive já combinei com o Gustavo para nos pegar, e foi muito simpático e realmente.
Então vocês acham que não vale a pena o Trem da Costa? E Tigre, vale a pena conhecer?
Que restaurantes românticos vocês indicam para minha lua de mel? Já relacionei alguns, mas quero mais opiniões. smile
Alguém sabe me dizer se o Gustavo atende a chamados durante o dia, ou seja, eu ligar para ele me buscar em algum lugar?
E vocês foram ao Teimaken? Indicam?
Vamos trocar figurinhas... pois amei!!
Beijos!!

Emiri
EmiriPermalinkResponder

Um restaurante atrás da galeria pacífico, dentro da igreja catalina...lindo, romantico e histórico

Raphaella Pereira

Layne,
Você que está mais por dentro então, como está a questão do nosso dim dim lá? Você usou qual modalidade para pagamento? O que você indica mais?
Vale a pena usar o cartão ou débito? Vou trocar uns Reais no Banco de La Nacion, mas gostaria de não depender apenas disso.
Ajudem-me!! smile
Bjos!!

Layne
LaynePermalinkResponder

Rapha, está super em conta, nosso dim dim está valendo até 2,50 lá...eu usei todas as formas de pagamento..rsrs
minhas experiencias foram as seguintes:
cartão de credito: antes de sair conversei no banco sobre as taxas e não compensa de jeito nenhum...taxas altas e a cotação e´feita primeiro pra dolar e depois pra reais...( na hora de vc pagar a fatura)
Visa travel money: comprei um cartão aqui na Confidence(morrendo de medo de ser furada), vc paga um valor menor pelo peso, dependendo do dia chega a 0,42 centavos de real,bom, apesar da cotação não ser maravilhhoooosa, gostei bastante, super pratico, não corri risco de pegar notas falsas, pois pagava tudo com esse cartão, e com exceção de taxi, qquer lugar aceita.
dinheiro em cash: levei cerca de 1500 pesos, por uma cotação de R$ 0,43, então, descobri q não compensa, pois conseguimos melhor cotação de outras maneiras, mas é bom levar sim uma quantia em dinheiro, pelo menos pra vc pagar a corrida do Gustavo, e uns trocadinhos pra se vc assim como eu ficar louca por uma casquinha de doce de leite do mac ezeiza..eheheh
reais: eu levei mais por conta de gastos q eu teria no aeroporto ainda no brasil, mas chegando lá percebi q muitos lugares aceitam e tem cotação bacana....em uma loja q vendia tenis da nike eles estavam aceitam reais e com a melhor cotação q encontrei de 2,50 pesos por real. Acho bacana vc levar, mas não precisa exagerar.
dolares: levei também uma quantia em dolares, e se vc tiver uma boa cotação aí na sua cidade compensa levar também, pois na loja de artigos de couro ( aires del sur) paguei com dolares e fazendo as contas, economizei bastante, na rua o dolar vale 4 pesos, é meio q tabelado, qdo chegar lá não troca seus dolares por peso, use-os pra conseguir desconto.
débito em conta no cartão internacional: bom essa é minha mega dica, se vc tem cartão internacional, vc pode habilitar aqui no brasil pra fazer saques no exterior(ligando), o meu é santander, eu tirei 1000 pesos lá direto da minha conta brasileira, e quando veio a fatura, mesmo com quase 30 reais de taxa, descontaram 396 reais, ou seja, a cotação foi de menos de 39 centavos por peso....super compensa também...da proxima vez q eu for essa vai ser minha primeira opção
banco nacion eu fiquei com receio de trocar por conta de uns comentários q ouvi, não sei se vale a pena, mas sei lá, com tantas opções, eu pelo menos preferi não correr o risco...

ahh e com relação a passeios, inclua um dia pra vcs visitarem o Zoo de Lujan, foi simplesmente o melhor passeio da minha vida, não existe nada igual no Brasil, é um zoo onde vc entra na jaula, tira foto com leões, tigres, anda de dromedário....simplesmente o máximo. e quanto ao delta do TIgre, eu tinah combinado com o gustavo de nos levar lá, mas ele mesmo falou q não estava tão legal, principalmente pq o trem da costa estava destruido, ele levou um pessoal q voltou decepcionado e nos convenceu a não ir..rsrs
e o gustavo atende sim, peça um cartãozinho, só q ele é mega requisitado, então as vezes não dá pra ele ir...=/
nossa escrevi demais...kkk...qquer duvida chama
beijos

Marcio Antonio

Layne, eu tenho o hábito de botar todas as minhas despesas de viagem numa planilha quando volto, e comparar as taxas de câmbio. Na Argentina, o que compensou mais pra mim foi usar cartão de crédito Visa e Diners. Os saques nos caixas eletrônicos dos dois bancos que uso (Citi e HSBC) tinham taxas ainda melhores -- quando fui, em abril, o peso estava mais ou menos R$ 0,42, mas no Citi cheguei a fazer um saque que deu R$ 0,39.

Marcio Antonio

Esqueci de comentar que isso foi ANTES de o IOF para compras no cartão de crédito subir para 6,38%. Agora não sei se compensaria. Mas acho que saques e pagamentos com cartão de débito pagam menos IOF.

Felipe Companhoni

Raphaella,

O e-mail do Gustavo é gustavolaviero@hotmail.com
Espero ter ajudado.

Abraços

Raphaella Pereira

Felipe,

Obrigada, mas já tinha o e-mail e e-mail dele. Aproveitando, o telefone que tinham informado dele estava errado. A forma de ligar correta é 00 xx 54 9 11 5883-1278.

Abs,

Raphaella

Eda
EdaPermalinkResponder

Olá,
Vou Para B.Aires dia 11/08. Gustavo é de um taxi. Sai mais barato e é mais seguro? Chego em Ezeiza às 23:30hs. Ele busca no Ezeiza? Grata
Eda

Raphaella Pereira

Eda,

Ele busca em Ezeiza sim, até porque ele me pegará lá. O valor dele é $150 (pesos). Dá aproximadamente R$ 70,00.
Ele é um motorista, que se não me engano, tem um táxi, porém o valor de Ezeiza para a Recoleta, por exemplo, é fixo.
Espero ter ajudado. Ele é muito simpático e atencioso.
Boa viagem!
Raphaella

André
AndréPermalinkResponder

Outro excelente post desse também excelente blog. Me ajudou muito em minha viagem.

Sempre ter notas menores, ao entregar a nota ao motorista já entregue como se mostrasse a marca d'agua e ao receber confira. E o mais importante, quando indicar o caminho ao motorista não fale a rua com o numero apenas, diga entre quais ruas fica o local, assim ele vai pensar 2x antes de dar voltas desnecessárias.

Só para registrar, fui na semana passada e peguei taxi com minha namorada todas as noites. Todos taxistas muito corretos.

EDGAR JR
EDGAR JRPermalinkResponder

Ola...
Voces que ultizarão os serviços do Gustavo sabem informar se ele tem outro motorista??? Recebi informação que este que parece trabalhar com ele é super irresponsável. Alguém pode comentar?

Desde já agradeço.

Layne
LaynePermalinkResponder

Edgar, o Gustavo trabalha sozinho, o taxi é dele, o que acontece é q as vezes ele está ocupado, principalmente em época de férias quando todo mundo quer q ele busque e leve..rsrs e aí ele pede para um amigo fazer o trajeto, não sei se é o mesmo amigo sempre, aconteceu isso comigo, como o gustava estava esperando outras pessoas no aeroparque, ele pediu pra amigo me buscar, um taxista chamado Alberto, também casado com brasileira, q foi super atencioso, chegou no horário certinho....não tenho do q reclamar.

EDGAR JR
EDGAR JRPermalinkResponder

Layne agradeço pela informação vc me deixou tranquilo para contrata-lo, valeu.

Alline
AllinePermalinkResponder

Olá Pessoal,

Parabéns pelo site! Muito organizado e prestativo!!!

Li todos os comentários...

Já deu para ter uma noção sobre os taxistas, taxímetros e os golpes dos pesos falsos!!! eheh

Como é a primeira vez que vou p/ lá estou meio ansiosa e perdida!!! A maioria das pessoas que conheço dizem que passear por lá é muito fácil... Por isso decidi fazer o passeio sem guia e não sei se essa foi a melhor opção!

Estou tentando montar meu roteiro para não perder tempo e também não deixar de conhecer algum ponto turístico relevante.

Será que alguém pode me dar algumas dicas de passeios turísticos, lugares para compras e restaurantes???

Vou ficar num Hotel na Recoleta, durante o período de 22/10 a 27/10/11.

Aproveito para agradecer à todos que postaram, seus relatos foram importantíssimos!!!

Beijos,

Alline

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aline! Buenos Aires é um dos lugares que tem mais informação aqui no site smile Você encontra todas as dicas de passeios, restaurantes e etcéteras a partir da página da cidade: https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire/

Não precisa mesmo de guia para passear por lá! Siga as dicas do COmandante e dos leitores, muitos são experts em Buenos Aires wink

Lígia
LígiaPermalinkResponder

Olá Bóia!
Vou viajar mais ou menos no mesmo período da Alline (24 a 28/10) e também pretendo me hospedar na Recoleta. Apenas me preocupa a chuva... e o frio.
Alguma dica a respeito?
Lígia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ligia! Você só pegará muito frio em outubro se houver uma frente fria. Entre na página de Buenos Aires e clique em "temperatura e chuvas mês a mês".

https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire

Alan
AlanPermalinkResponder

Usei os serviços do Gustavo e realmente o cara é diferente. Honesto, prestativo, pontual...enfim, vale a pena!

Gustavo Laviero / email: gustavolaviero@hotmail.com / cel.: 00 xx 54 9 11 5883-1278

CRISTIANE
CRISTIANEPermalinkResponder

Olá! Estou indo pela segunda vez, mas, como da primeira foi de mochilão, não me ligava em alguns detalhes importantes. Como a forma de realizar pagamentos, pelo que vi no post da Layne, o melbor seria dividir entr o cartão de créditos para débitar na conta, um Visa travel money, peso em valor miudo, dolar e real. Seria isto? Me ajudem, pois estou meio perdida. Antes de ler iria levar só dolar e usar o cartão de créditos apenas. Vou usar os serviços do Gustavo.

Obrigada

Phillipe
PhillipePermalinkResponder

Boa noite a todos,

Primeiramente: espetacular o site, o melhor que vi com informações de Buenos Aires!!!
Gostaria de uma dica quanto ao transporte do Ezeiza até o hotel 725 Intercontinental (Av. Roque Saenz Pena). O detalhe é que eu e minha esposa chegaremos às 00:30h (horario previsto para chegada do avião) madrugada de quinta para sexta feira. Quanto os taxistas cobram em média para este transporte? E o Gustavo? Alguem tem idéia?

Agradeço antecipadamente

Phillipe

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Phillipe! As dicas de trânsfer em Ezeiza estão todas neste outro post:
https://www.viajenaviagem.com/2009/10/chegando-em-buenos-aires-transfer-e-dinheiro/

Visite também a página-guia de Buenos Aires! https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire/

CRISTIANE
CRISTIANEPermalinkResponder

Obrigada pela dica. Decidi adquiri um VTM, levar uma média de US$ 300,00 (para emergência a tal caixinha), cambiar alguns reais para gastos com transportes e usar o de crédito para compras e alimentação. Acho que é uma boa divisão, não é?

Parabéns pelo site! Realmente espetacular.

Carlos Henrique

Usei os serviços do taxista Marcelo (marcelo_bautista@hotmail.com) super indicado aqui,e confirmo tudo o que falaram,boa pessoa,bom preço,conseguiu mesa bem localizada no show de tango,meu voo chegou com 3 horas de atraso e lá estava ele com a cara boa esperando,pontual,e ainda empresta um celular pré pago para os clientes usarem(ajuda muito),fizemos city tour com ele ,muito bom

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Gente, mandei um e-mail para o Gustavo perguntando o valor do táxi do Aeroparque até Palermo, ele me cobrou 70 pesos. Alguém saberia me dizer se este valor é justo?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Adriana! Tivemos uma enquete sobre isso, veja: https://www.viajenaviagem.com/2011/08/taxi-no-aeroparque-quanto-custou-a-sua-corrida/

Gamaliel Brito Santana

Olá a todos,

Estive em Buenos Aires no mês de junho com mais três amigas, fomos para o inicio do curso de mestrado em Educação. Afirmo o que os demais colegas já falaram sobre o Gustavo Laviero, ele é muito legal, fiz contato com ele por e-mail, obtive resposta imediata, o gustavo ficou nos esperando no Aeroparque com uma plaquinha onde estava escrito o meu nome completo, valeu muito apena pois foi a primeira vez que fui a Buenos Aires e estava com muita espectativa. REcomendo sim a todos que sem medo nenhum podem solicitar os serviços de Gustavo Laviero. Gostaaria de dizer para a Adriana que eu também paguei a Gustavo 70 pesos, fiquei na Calle Marcelo T. de Alvear bem próximo à Recoleta. Olha se é justo acredito que sim uma vez que devemos cuidar da nossa segurança, que há quem cobre menos não resta dúvidas mas o barato pode sair caro. è isso ai pessoal pode contactar com o Gustavo, tenho certeza que vocês vão gostar.

Gamaliel Brito Santana

Ainda quero dar uma dica para quem vai a Buenos Aires que é melhor trocar o real lá. Encontrei uma boa casa de câmbio ALHEC na rua Paraguai 614 (e não estou fazendo propaganda) apenas querendo ajudar a todos essa casa de câmbio é bem movimentada e troquei o real por 2,53 em junho. a rua Paraguai fica bem próxima à Marcelo T. de Alvear e da Av. Córdoba, a ALHEC fica bem próxima ao encontro com a Florida, é muito fácil encontrar. levem poucos pesos apenas o do táxi emais um pouquinho, mas deixem prá trocar mesmo em Buenos Aires é mais vantajoso, e muitas lojas aceitam também o real. Pagamos em real o apartamento que alugamos em junho eu e minhas colegas. Outra dica é alugar apartamento, fica muito barato, é melhor que ficar em hotel que é mais caro.

André P. S.
André P. S.PermalinkResponder

Cuidado quando for pagar o táxi porque eles trocam a nota verdadeira que você entregou a eles por uma falsa e te devolvem na maior cara de pau alegando que você é que deu a nota falsa. Tentaram me aplicar essa mas ameacei chamar a polícia e o cara desistiu do golpe. Outra que os taxistas de Buenos Aires aplicam é "esquecer" de ligar o taxímetro e depois querer te cobrar um preço absurdo quando chega ao destino.

Poliana
PolianaPermalinkResponder

Uma boa forma de perceber que uma nota de 50 pesos é falsa, é tocar no número 50 estampado no canto inferior dela.
Geralmente as falsas são lisas, enquanto as verdadeiras são como um 'auto relevo'.
Não sei se serve para todas, mas moro aqui em BsAs e uma amiga já passou por isso. E numa boate (Crobar).
Ela só descobriu depois, quando foi tentar comprar algo no mercado.
Ou seja, não pensem que são apenas os taxistas que praticam esse absurdo. Deve-se ter cuidado sempre!

marisa kanda
marisa kandaPermalinkResponder

oi. estou indo no inicio de outubro com a minha filha e fiz reserva no hotel ayres de recoleta plaza , gostaria de saber se é boa indicacao e localizacao .

Gamaliel
GamalielPermalinkResponder

Olá Marisa,

A Recoleta é o bairro mais sofisticado de Buenos Aires. Está bem localizado sim fica no centro da cidade. acredito que você escolheu bem o local onde ficar, porém é o bairro onde as coisas são mais caras também.

Marisa
MarisaPermalinkResponder

Estou indo em um grupo de seis pessoas. Alguém conhece um taxista que tenha um carro maior, tipo Dobló ou Zafira?

Gamaliel
GamalielPermalinkResponder

Oi Marisa,

è só você ligar para o rádio táxi e solicitar um carro para seis pessoas. Eu fui com um grupo de quatro pessoas, liguei e disse que queria um carro p/ quatro pessoas com bagagens e eles chegaram no horário marcado onde estávamos e com um Doblô.

Francielle
FranciellePermalinkResponder

Pessoal,

Estou indo amanhã 11/10 para Buenos Aires, vou ficar em um Hostel em Recoleta... Petit Recoleta. Contatei o Gustavo tb, vi os comentários sobre ele aqui e achei que poderia confiar.
Ele vai nos cobrar 70 pesos do Aeroparque até o hostel e se fizer a volta com ele vai ficar por 120 pesos os dois trechos.
Estou levando tudo em Reais, e pretendo trocar lá... Me indicaram o banco de La Nacion. Vou trocar no aeroporto apenas o valor do taxi e o resto na cidade. Quem me indicou isso foi um amigo que vai direto pra lá.

Lucyana
LucyanaPermalinkResponder

Oi Franciele!
Vc ficou no Hostel da Recoleta mesmo? Conte sua experiencia, por favor. Tenho lido depoimentos terriveis dos albergueres em Buenos Aires que estou em duvida!
Abraço

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Seguindo as recomendações de vocês, fiz contato com o Gustavo e ficou combinado de ele me buscar no Aeroparque, vou dia 18, terça feira.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcio! Só para deixar claro: as recomendações são dos leitores. As recomendações do Viaje na Viagem são para pegar táxis normalmente na rua.

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Quando referi "vocês", foi dos leitores.

Eloina
EloinaPermalinkResponder

Estivemos em Buenos Aires no periodo de 17 a 14 de setembro. Não tivemos nenhum problema com nada e tudo foi maravilhoso e os argentinos super simpáticos. No transfer pegamos o serviço do Gustavo de Ezeiza ao microcentro e gostamos muito dele. Super legal. Tivemos um problema de atraso e o cara estava lá esperando e nos deu muitas dicas.

Eloina
EloinaPermalinkResponder

Corrigindo o periodo da viagem: 17 a 24 de setembro de 2011

Rubens
RubensPermalinkResponder

Estive semana passada em Bs AS. Uma noite , ao fazer o pagamento de uma corrida de 30 pesos, dei uma nota de 50 pesos, e fui tirando o cinto de segurança, quando o taxista me apresentou a nota que eu tinha dado dizendo que tinha um pequeno rasgo eum um dos cantos e que a mesma não tinha valor. Como estava acompanhado, paguei os trinta pesos e fiquei com a nota de 50. No outro dia o porteiro do hotel me confirmou que a nota era falsa. Essa nota FALSA não tem a marca dgua, e ao passar a unha pela nota ELA NÃO É ASPERA. Fiquei chateado com o ocorrido e a partir daquele momento em todos o taxis que utilizei ao pagar enfiava a nota na cara do taxista dizia: NO ESTÁ ROTO,( não esta rasgada) NO ES FALSA, e ficava olhando atentamente quando ele dava o troco, e conferia as notas de troca na cara dele. Também fiquei muito ATENTO a partir do ocorrido quando fazia compras no comércio, mas não tentaram passar notas falsas. No resto Bs AS e só alegria. Espero ter contribuida para aqueles que pretendem ir a esta cidade.OBS o taxi utilizado era legalizado com numeros e radio taxi.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Estou indo para BAS no dia 1/11, vi que muitos utilizaram o serviço do taxi do Gustavo. Será que alguém pode me dar os seus contatos?

luiz carlos stefani

ao pagar o taxi 22479 de buenos aires com uma nota de 50 pesos eu memorizei os dois numeros final da nota e o taxista trocou anota dissoe que ia denuncia lo e foi embora com aporta traseira aberta o medo de taxistas e absurdo em buenos aires

Victor Hugo
Victor HugoPermalinkResponder

Já fui 4 vezes a BsAs (2007, 2009 jan e out/2011) e em nenhuma delas tive problemas com taxistas. Talvez por sempre cuidar em ter dinheiro trocado para as corridas. Mas a minha dica é o site www.comoviajo.com que é um simulador de trajetos que lhe dá a opção para transporte público ou táxi/remis. Inclusive possuem um serviço via sms, pela movistar, que eu não utilizei mas parece interessante. Entretanto, os valores das corridas não é 100% correto. Por exemplo: Uma corrida sábado a noite entre o Café Tortoni e Las Cañitas sai, pelo site, AR$ 28,00 e "na vida real" custou AR$ 38,00. Mas mesmo assim eu indico, principalmente pra qm pretende usar ônibus, já que ele lhe dá todas as direções de linhas, paradas, combinações com subte etc. sem precisa comprar o Guia T.

Omar Inacio Benedetti Santos

Olá Brasileiros em viagem,

Recomendo fortemente o Marcelo Bautista em Buenos Aires. Um serviço impecável, atencioso, vale muito a pena contrata-lo para transfer e demais passeios na cidade. O mail dele é: marcelo_bautista@hotmail.
Abraços,
Omar Benedetti,

leonardo costa

tome cuidado ao dar notas de $100,00 pesos. prefrira sempre o radio taxi.FIQUE LIGADO para ver se o motorista vai ligar o taxímetro.pode dar uma de esquecido....

Valéria
ValériaPermalinkResponder

Acabamos de chegar de Buenos Aires e usamos o serviço do taxista Gustavo e como muitos acima, recomendo. Ele é pontual, simpático e honesto. Na verdade não tivemos nenhum problema lá e os táxis que usamos na rua foram corretos também. Recomendo o passeio a Colônia de Sacramento que é uma graça. Fomos pela manhã e voltamos no último buquebus. Lá é preciso ter cuidado na hora das "conversões" da moeda. Ao pagar o frentista do posto a "calculadora" dele fez a conta errada, dando uma diferença de 15 dólares. Portanto fiquem de olho e façam suas próprias contas quando forem fazer pagamentos. Fora isso, curtam o lugar que é lindo!

Mateus
MateusPermalinkResponder

Fui para Buenos Aires em Novembro e segui várias dicas do Riq e do pessoal que acompanha o site, mas sem dúvida a dica do taxista Marcelo foi essencial!!! Recomendo para todos já tentar marcar com ele desde o aeroporto por email (marcelo_bautista@hotmail.com). O Marcelo é um taxista bem brasileiro (já morou aqui vários anos), além de gostar dos brasileiros, é muito honesto e conhece tudo de melhor de Buenos Aires... de comida a compras o cara tem dica de tudo!

Bruno
BrunoPermalinkResponder

Cheguei ontem de Buenos Aires, e não tive qualquer problema com taxis. Mas tive a oportunidade de presenciar um golpe (num taxi ao lado do que estava), e gostaria de alertar a todos.
Foi assim: Em um sinal vermelho, parado ao lado de um radio taxi "pilotado" por um senhor grisalho, percebi algo diferente no seu painel. O velocímetro parecia estar com defeito, pois do nada, a velocidade avançava e em muitos casos o "Vettel" passava dos 200 Km/h. E tudo isto com o carro parado.
Me espichei e pude acompanhar o taximetro, e vi que o mesmo avançava na tarifa, mesmo com o taxi parado. Um exemplo perfeito de adulteração.
Fica a dica a quem usar taxi em Buenos Aires: Se liguem no velocímetro também com o carro parado, pois este instrumento é ligado ao odômetro (que marca a distancia percorrida) e consequentemente o preço das corridas.

David
DavidPermalinkResponder

cheguei recentemente de BA, tendo passado lá uma semana. O que verifiquei foi que os taxistas já perceberam que os golpes das notas falsas já não estão colando mais, pq o pesoal já está esperto. Não tive problemas desse tipo mas foi horrivel o contato com os taxistas de BA...mal humorados demais!!! Qdo derem um endereço, se certifiquem q o taxista entendeu bem o local, de preferência informem a quadra (as ruas q enquadram o local onde vc quer ir)...em duas oportunidades me deixaram no lugar errado.

Alisson
AlissonPermalinkResponder

Importante: Voltei essa semana de Buenos Aires e quase cai em um Golpe. Primeiramente na chegada ao Ezeiza há logo no desembarque (sem sair da área de desembarque) a opção de solicitar o serviço de táxi por 180 pesos (até o microcentro). Ciente de que haveria um melhor preço no saguão do aeroporto, me desloquei até um guichê logo a frente da saída da área de desembarque. Mas para minha surpresa era o mesmo preço 180 até o microcentro e nem adianta pechinchar. Achei muito caro e procurei um guichê fora do aeroporto onde rapidamente apareceu um sujeito simpático de boa lábia me oferecendo o mesmo serviço por 165 pesos. Diante do desconto resolvi aceitar, mas logo percebi que poderia cair em um dos golpes mencionados no site. E não deu outra, na maior cara de pau ele (não o próprio taxista, mas o negociador) escondeu uma nota de 100 pesos que eu havia dado para ele, e relatou que havia dado apenas 65 pesos. Como já estava esperto, mantive minha posição firme e falei que iria na polícia federal, quando ele se afastou e o taxista arrancou o carro rumo ao etinerário.
Dica: Não adianta, pelo menos quando eu fui (27/12/11) não havia preço menor que 180 pesos. Não vale a pena arriscar.
Abraçoss

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alisson! Na Argentina existe inflação. Recomendamos sempre ir ao guichê do TÁXI EZEIZA, é sempre o preço mais barato e é confiável. (Não temos nenhuma relação comercial.)

Amaro - Recife

É Alisson,
você quase caía num golpe para ter uma economia de 15 pesos, que no custo total de uma viagem não dá nem para computar (no câmbio atual deve dar uns 7 reais). Será que valeria a pena todo o risco envolvido?
Já utilizei o Táxi Ezeiza e é melhor ainda quando você reserva pela Internet: além de só pagar na hora do embarque, o carro já está disponível e não precisa esperar...

Vitor
VitorPermalinkResponder

Se vc nunca foi assaltado, experimente pegar um taxi em Buenos Aires, com certeza vc terá sua primeira vez, nunca vi tanto ladrão no mesmo lugar, MUITO CUIDADO COM ELES, SÃO UNS RATOS.

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Cheguei ontem de Buenos Aires e as dicas do site foram bem importantes pois não cai em nenhum golpe (bem, nenhum também é demais, um taxímetro adulterado).
Reforço dicas importantes, não pagar com notas de 50 ou 100 pesos, falar o valor que esta dando e o principal, só pegar rádio táxi.
Uma dica que gostaria de deixar é de um taxista muito honesto e extremamente simpático (quem ja foi para bs as sabe que isso é artigo de luxo, todos os outros taxistas que peguei são muito mau humorados).
Segue os dados que ele deixou em seu cartão:
Angel Eduardo Mancuso
City tour, tango show, corridas normais, transfers to airport, etc.
Internacional Call: +54 9 11 4086 3571
From Argentina: (011) 15 4086 3571
E-mail: angelemancuso@hotmail.com

raq
raqPermalinkResponder

oi. eu gostaria de saber qual a melhor forma de pedir radio-taxi na saída de algum programa à noite (tango, jantar, etc). a gente pede pelo nosso celular ou pede no restaurante? todos os restaurantes fazem este favor? obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raq! Peça para chamarem para você.

raq
raqPermalinkResponder

valeu!

Fábio Erasmo
Fábio ErasmoPermalinkResponder

Caso me permita uma dica de quem ficou nove dias em Buenos Aires, ligue para o Taxi Premium, não tem erro. Os grandes hotéis chamam essa empresa que é muito séria, andei em mais de 20 táxis diferentes, sem notas falsas, sem taxímetros adulterados, uma beleza.

Patricia Mascaretti Carmignani

Os taxis em buenos aires são 90 por cento um mal humor uma grosseria eu estava com criança eles simplesmente nao paravam e quando paravam perguntavam para onde e quando era perto viravam as costas e iam embora ,mas é barato entao nao tem outro jeito melhor de andar por lá , o que salvou foi o GUSTAVO LAVIEIRO que peguei a indicação aqui no site ,ele é uma graça casado com brasileira é barato honesto simpatico entendia tudo levou agente fazer city tour de argentino mesmo nao de agencia foi a salvação da viagem consegiuimos ver tudo ele vale muito a pena recomendo !!!!

fabio david c lima

OLA ,PESSOAL.SOU MATUTO DE CARUARU.
E ESTOU INDO PELA 1° VEZ A CIDADE DE LOS ERMANOS ARGENTINOS.
E GOSTARIA! SE ALGUEM ME DÁ UMAS DICAS DE RESTAURANTES BONS,C/PREÇOS + ACESSIVEIS(NÃO TÃO BARATOS)POIS VOU C/ A MINHA DIGNISSIMA. ABRAÇOS

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Fabio David! Neste outro post o Ricardo Freire dá dicas de restaurantes em Buenos Aires para todos os bolsos e gostos: https://www.viajenaviagem.com/2011/04/buenos-aires-40-restaurantes-em-9-bairros/

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Saudações a todos. Estou indo pela primeira vez após o Carnaval, eu e minha esposa, queria parabenizar todos que deixam comentários e dicas nesse site, espero poder utilizá-las. Já mandei email para o Marcelo e o Gustavo, pretendo utilizar um dos dois na jornada. Grato, depois narro o que passarei.
Ah, se alguém tiver dicas de lojas de marca em conta, por favor... Abraço a todos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! Temos dicas da Mariana, proprietária do Hotel Querido, sobre outlets em Buenos Aires:
https://www.viajenaviagem.com/2010/10/buenos-aires-o-mapa-dos-outlets-por-mariana-pereira/

gisele estrela

Oláaa

estou indo a buenos aires dia 01 de março.

Nossa, li tanta coisa de golpe que no inicio até desanimei. Mas poxa, todo lugar tem isso, e nós bem sabemos que boa parte dos hermanos não vão com a cara dos brasileiros.

Enfim.. é só tomar cuidado e se 'danar' pra eles. rs!!!

Qnto a dica do taxista, adorei!!!! Vou mandar um mail pro Gustavo, e ver se pego o cel dele.

Abraços amigos!

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Gostaria de fazer um comentário sobrenotas falsas. Primeiro, poucos são os lugares que aceita visa aqui, portanto há maior necessidade de trabalhar com dinheiro, onde se fica mais sucetivel aos golpes.Estamos eu e minha esposa agora em B.A. e fomos vitimas desse tipo de expediente! Um foi um taxi que pegamos à noite, para ir de porto madero para alto da corrientes. Não notamos diferença no ato, pois era noite e no escuro nossas percepçoes ficam mais limitadas. Outro caso foi no porto madero, na sorveteria que divide com um bar, próximo do navio turistico. Também á noite. Em ambos os casos eram notas de $50, por isso reforço a recomendação de andar com notas até $50, pesos. Um outro taxista nos ensinou a ver a diferença, que está na textura do papel (de fato, não percebi nada de diferente entre uma nota nova e uma falsa), mas a diferença está no holograma do homenageado (parte verde da nota) e também na fita da nota, que brilha quando olhada de diferentes angulos. As 2 coisas devem ser verificadas. Bom, é muito dificil ficar preocupado com isso, e só depois que irá perceber. Depois disso andamos mais a pé, pra recupararmos o prejuízo. Defa, à noite, todos os gatos são pardos!

Eduardo Halliday

Ola, Passei o periodo de carnaval (2012) em Buenos Aires.
Agradeço a todos pelos comentarios sobre a cidade, principalmente sobre esse taxista querido Gustavo Laviero, perfeito, atencioso, totalmente de confiança, fiz transfer, city tour, tango (señor Tango) indicado e reservado por ele, entre outras dicas. Chegou um momento que fiquei sem peso argentino e ele sem quase me conheçer, chegou a oferecer, me emprestar dinheiro argentino ate eu trocar no cambio no dia seguinte. Então indico a todos os brasileiros que vem a Buenos Aires. Segue email e telefone dele gustavolaviero@hotmail.com Fone.15.5883.1278. Dicas de passeios para quem vem a primeira vez: City tour pela cidade, Delta do Rio Tigre, compras na Rua Florida, Rua Gurruchagas com Rua Aguirres, Restaurante churrascaria Siga las vacas em Puerto madero, entre outros...Abraços
Recife PE

Adelmo Shadowjake

Boa noite,

Prezada gisele, estarei viajando para BA entre os dias 02 a 06 de março. Onde irá ficar? Podemos marcar alguns passeios?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar