Táxi em Buenos Aires: como não receber notas falsas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Cuidado com os pesos falsos

Notas falsas de peso e enganação no troco do táxi em Buenos Aires são queixas freqüentes aqui no Viaje na Viagem. Algumas vêm de leitores que foram vítimas de golpes; outras vêm de gente que ouviu falar e está com medo de ser engambelado.

Eu normalmente digo que a possibilidade de cair num pequeno golpe como esse não deve deter ninguém de uma viagem a Buenos Aires. Todo o resto é TÃO barato, que se rolar alguma chatice dessas dá pra colocar na conta numa boa.


Não tenho dicas próprias de como reconhecer uma nota falsa porque nunca fui vítima do golpe. Tenho a meu favor um portunhol avançado, praticamente um portenhol.

Mas acho também que o que me ajuda a escapar incólume é que sempre pesquiso o endereço antes no Google Maps; e quando pego o táxi, dou a direção como um "local": digo a rua e pelo menos uma transversal. Tipo: "Borges y Nicaragua". Ou duas: "Borges entre Guatemala y Paraguay". Um taxista vai pensar duas vezes antes de passar uma nota falsa para quem dá um endereço tão completo.

Os trips, especialmente os vibanas, têm dicas mais simples, que não dependem de pronunciar o "ll" e o "y" como xis (Calle Ayacucho, em portenho, é "caxe axacutcho").

A mais valiosa delas é não entrar em táxi com notas de 50 ou 100 pesos. Procure ter sempre notas de 10 e 20 pesos no bolso antes de entrar em táxi.

Para fabricar troco:

- Tire dinheiro no caixa automático na casa dos 90: 290, 390, 490. Os 90 trocados já ficam para o fundo de táxi. (Eu não entraria para tirar só 90 pesos porque não é bom tirar pouco dinheiro devido às taxa de saque, que normalmente é fixa e acaba melhor diluída quando se faz um saque maior)

- Passe no supermercado e compre alguma besteira (dica do Marco Cavalheiro)

- Troque sempre que tomar sorvete em sorveterias como Freddo (dica do Nelson Breitner)

A Ana Carolina sugere ir à página do Banco Central da Argentina e clicar em "billetes y monedas" para ver a carinha das cédulas.

E o Victor Hugo explica que as notas de 100 falsas são grosseiras, parecem pintadas a mão e não têm marca d'água.

Y vos? Tem alguma dica para fabricar troco, reconhecer notas ou identificar taxistas desonestos em Buenos Aires? Conta pra gente!


347 comentários

Alexandra
AlexandraPermalinkResponder

10 dias em Buenos Aires- 18/02 a 27/02 e nenhuma nota falsa. Para o transfer de Ezeiza até a recoleta contactamos o Marcelo Bautista que foi excelente. Cobrou R$65,00a ida e o mesmo valor para a volta. Estava nos esperado quando chegamos nos aguardou trocar dinheiro no Banco de La Nacion e ao nos levar da Recoleta para Ezeiza chegou na hora marcada. Ele é atencioso, fala português e o mais importante: a segurança de estar chegando ou saindo de um país com uma pessoa de confiança.
Nos dias em que estivemos em Bs As caminhamos muito, só pegávamos táxina rua de rádio-táxi e sempre com notas de vinte e dez pesos. Quando saíamos à noite chamávamos o táxi premium (www.taxipremium.com - tel:52380000) Dizem que é seguro e paga-se 4 pesos quando chamamos.
Nos restaurantes anotava os 3 últimos números e a letra das notas de 100 pesos com que pagava as contas e ao pagá-las colocava as notas separadas com os números para cima e entregava nas mãos do garçom olhando para as notas e depois para ele. Não sei se foi isto ou se tivemos sorte. Fato é que tomamos cuidados para que nada nos acontecesse com relação a dinheiro falso. Usamos nosso cartão do BB para sacar dinheiro da conta nos caixas automáticos algumas vezes mas só amanhã vou verificar se deu tudo certo - o dinheiro saiu corretamente dos caixas agora quero ver se saiu da minha conta corrente ou do cartão de crédito. Depois conto aqui.

Alexandra
AlexandraPermalinkResponder

Já conferi, Saque no BB na conta corrente! fácil, prático e seguro.

Luiz Eduardo
Luiz EduardoPermalinkResponder

Passei também 7 dias em Buenos Aires e pegamos o transfer do Marcelo Bautista (marcelo_bautista@hotmail.com). Marcelo morou um bom tempo no Brasil, fala bom português, é muito simpático, honesto e tem preço justo. Marcelo foi o porto seguro da minha viagem a Buenos Aires com minha esposa. Além do transfer, Marcelo possui várias dicas de locais para comer, para comprar e visitar. Fizemos com ele o passeio ao Zoo de Lujan (zoo aonde você tira foto com os animais dentro da jaula) e após ele nos levou para almoçar em um ótimo restaurante próximo ao zoo, com comida barata e muito gostosa. Recomendo demais os serviços do Marcelo. Fiquem tranquilo para contratá-lo. Com ele vocês podem esquecer essas maracutaias de taxistas Argentinos. Nos demais dias eu e minha esposa pegamos bastante taxi, mas para evitar notas falsas sempre andamos com dinheiro trocado (tudo que pagarem em lojas usem notas de 100 pesos para ter dinheiro trocado). Pegamos um mapa no hotel e sempre ao pegar um taxi, íamos para uma rua central e falávamos para o taxista o caminho que ele tinha que seguir. EX: Meu hotel ficava na Rua Alsina, esquina com Rua Lima (esta rua lima é uma das ruas que compõe a Av. 9 de Julio. Nos faziamos assim. Iamos para uma rua que cortava a 9 de Julio e falava: "Alsina Y Lima indo aqui pela corrientes até pegar a Lima". O problema lá não é so nota falsa, eles fazem caminhos maiores para você pagar mais. Então quanto mais simplificar o caminho e acompanhar no mapa eles não vão te dar volta.

Abs,

LUIZ

Raphael
RaphaelPermalinkResponder

Outra dica que pensei e já usei foi desenhar de caneta um pequeno R do meu nome na nota al~em de anotar o no. da mesma. Fiz o R na frente de quem entreguei a nota. Outra coisa é pedir o cambio primeiro antes de entregar a nota e desulpar-se mas que já foi vitima de notas falsas.

solange
solangePermalinkResponder

Estive em Buenos Aires no período de 22/02 a 27/02 e tinha lido nesse site a recomendação do táxi do Marcelo Bautista. Mandei e mail para ele no dia 20/02 as 23:00 hs ( horário do Brasil, estávamos em horário de verão e na Argentina passou a ficar com 01 hora a menos ). Marcelo respondeu em 10 min. Já fiquei bem impressionada com a rapidez e clareza das informações recebida no e-mail. Como tenho Nextel perguntei se o mesmo trabalhava com essa operadora e para minha alegria, ele trabalha com Nextel(id 54*644*1222- para quem precisar). Assim que ele passou Id eu liguei na hora e fui muito bem atendida. Marquei com ele para me buscar com 02 sobrinhas, desci no Aeroparque e meu destino era Rua Paraguai, próximo a Recoleta, e o valor foi r$ 35,00. Já sai do Brasil sabendo do valor e que ele recebia em real. Marcelo realmente é muito simpático e atencioso. Deu várias dicas para nós e se colocou a disposição da gente caso precisássemos mesmo sem termos o compromisso de contrata-lo. Ele foi o nosso ANJO da GUARDA. Minha sobrinha teve a bolsa roubada dentro do restaurante MONTANA RANCH na Recoleta. Muito cuidado com este restaurante pois a impressão que ficamos é que quem furtou a bolsa foi alguém que trabalha lá já que tinha apenas 03 mesas com clientes ( contando a nossa) e não tinha fluxo de gente passando, apenas de funcionários. Liguei para Marcelo para pedir orientação de como proceder para chamar a policia já que foi dentro do restaurante e o mesmo disse que nada poderia ser feito. Pediu para nos acalmarmos e perguntou se precisávamos de dinheiro naquele momento pois ele estava pronto para nos atender. Passou a noite no hotel em que estávamos e PASMEM.....Deixou conosco um pouco de peso para pagarmos depois, quando pudéssemos. Mais incrível ainda: Não quis nada em troca.. No dia de irmos embora ele disponibilizou um amigo para nos levar ao aeroparque pois ele estava com outro passageiro para buscar no Aeroporto de Ezeiza. Não poderia deixar de registrar a atenção e cuidado que o Marcelo teve conosco sem nenhuma obrigação e sem ter tido troca nenhuma de favores. A viagem valeu a pana por termos tido Marcelo como um Anjo da Guarda e um Porto Seguro.

sabrina
sabrinaPermalinkResponder

puxa que bom ver isso... to indo amanha pra la e ja mandei email pra ele, vamos ver se da certo! vc tem o fone dele de BA? nao tenho nextel....Obrigada!! smile

solange
solangePermalinkResponder

Sabrina, desculpa não ter respondido antes. Espero que você tenha feito uma excelente viagem e que tenha gostado da prestação de serviço do Marcelo.Eu só tenho realmente o id nextel e email dele.

alessandra
alessandraPermalinkResponder

Boa Tarde!!

Se puder me dar me madar os restaurante s e lugares que vcs visitaram, agradeço.
MANDEI UMA E-MAIL PARA O MARCELO AGORA, ESPERO QUE ELE ME RESPONDA.

Renato Pinhero

Vc conseguiu contato com o Marcelo? Eu mandei e-mail e ele não respondeu. Abraços....

Montoro
MontoroPermalinkResponder

Primeiramente, quero agradecer ao Ricardo Freire e aos que postam as dicas neste blog sensacional; posso dizer que realmente ajudam demais nossa viagem!!Reitero e recomendo Marcelo Bautista!!!É uma pessoa magnífica, solícita e de bom humor!!!Nos ajudou demias em nossa viagem!!Continua o valor de 65 reais no trajeto Ezeiza-Hotel.E nos "presenteou" com ótimo preço para o Zoo de Luján!!!Ademais, ele é tão gente boa que nos levou pra almoçar num lugar descoladíssimo e juntou-se a nós no almoço!!!Parabéns por seu profissionalismo e cordialidade, hermano!!!

sabrina
sabrinaPermalinkResponder

to indo amanha pra BA, vc tem o fone dele de lá? quero ver se consigo falar com ele pra me buscar no aeroparque! obrigada pelas dicas!!

Marilia
MariliaPermalinkResponder

Marcelo Bautista foi uma pessoa maravilhosa que conhecemos em Buenos Aires através da indicação deste site.
Muito mais do que um taxista ou um guia turístico, ele tornou-se nosso amigo. Graças a ele eu e meu marido conhecemos lugares maravilhosos, fomos ao Zoológico de Lujan, onde pudemos até dar leite na boca de um leão(imaginem!), fomos a restaurantes ótimos, conhecemos a comida regional (que maravilha!), conhecemos além dos pontos turísticos com ele, também a cultura deles. Sempre alegre e de bom humor, recomendamos com certeza Marcelo, pois ele mudou nossa viagem!!! Nunca fomos tão bem atendidos por alguém. Chegamos hoje de viagem e já estamos com saudades e com vontade de voltar!!! Ah, além de tudo isso Marcelo fala português e cobra um preço ótimo! O e-mail dele é marcelo_bautista@hotmail.com.

Viviane
VivianePermalinkResponder

Outra dica para identificar notas falsas é comprar uma caneta especial!

Detect Money® - Caneta Identificadora de Dinheiro Falso

Faça um risco sobre a cèdula.
Na cédula VERDADEIRA o risco ficará AMARELO ou INCOLOR.
Na cédula FALSA o risco ficará ESCURO.
Na cédula LAVADA* (FALSA) o risco ficará AVERMELHADO ou ALARANJADO.
você pode encontrar em algumas papelarias.
Muito útil!!!

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Olá, estou hoje em B Aires e um taxista tentou me passar uma dessas notas falsas. Eu disse para ele "esta NO" !! , e ele tentou se fazer de bobo , mas me trocou por outra nota legítima.É mais ou menos no se colar, colou. Minha dica é simplesmente passar o dedo pelas notas, as verdadeiras possuem textura, além de marca dágua. Agora , se pegar e colocar no bolso ou carteira sem olhar, aí já era..

Pablo gonzaga
Pablo gonzagaPermalinkResponder

Olá, estou indo a BA, em julho, gostei muito das dicas desse site e dos comentários dos viajantes, logo, gostaria de saber dica de hoteis no centro da cidade e que tenham bons preços (custo/beneficio). A dica sobre o taxista é bem legal, com tantos elogios à respeito do Marcelo, até faz medo, mesmo assim arriscarei contactá-lo antes da minha viagem e conhece-lo um pouco mais, afinal, seguro morreu de velho, e fora do meu país todo cuidado é pouco.
Aguardo resposta sobre o hotel.

fernanda
fernandaPermalinkResponder

Pablo, o que me diz do Marcelo?
É que, como você disse, tantos elogios até chegam a assustar.
Desde já, obrigada

Cassiana
CassianaPermalinkResponder

Já fiquei no rochester e achei bom, turistão, simples, mas limpo e bem localizado. Tentaram nos passar nota falsa aperfeiçoando o golpe, o cara disse que as notas - miúdas - que tínhamos estavam sem validade (aquela serie deveria ser trocada no banco), até a gente dar uma de cem, daí ele disse que não tinha troco, que nao precisava pagar a corrida e devolveu uma falsa, mas meu marido percebeu e o taxista ficou sem graça e desfez a troca, mas a situação foi bem intimidadora.....mas não atrapalhou o passeio. Adoro aquela cidade.....

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

NÃO recomendo o taxista Marcelo. Como muitas pessoas recomendaram aqui resolvi contratar o serviço de transporte de taxista Marcelo Bautista, mas me decepcionei.
Ele não apareceu no aeroporto na hora marcada para nos esperar. Eu ainda quis ser correto e liguei pra ele (tive comprar um cartão telefônico). Aí ele veio com uma conversa que tinha chegado lá antes e como o vôo chegou em torno de meia hora antes ele esperou esse tempo e foi embora. Me prometeu chegar ali em 15 minutos, acabou demorando uns 25. Pra quem já estava há uma hora esperando 10 minutos é muito tempo.
Ele realmente é muito simpático, falta bem o português, pediu desculpas e tal. Mas quando chegamos no meu apartamento na Recoleta ele "esqueceu" que tinha que continuar a viagem até Palermo para levar um outro amigo que ia se hospedar em um hostel. Tive que mostrar para ele o e-mail onde eu tinha combinado isso já.
Depois meu amigo disse que aconteceu o seguinte: o Marcelo ofereceu cobrar o valor combinado até Palermo (80 reais) e devolver o valor Recoleta-Palermo em pesos, e deixar o cara onde ele em algum ponto onde pudesse pegar outro transporte. Imaginem isso pra alguém que acabou de chegar e não conhece a cidade. Meu amigo até argumentou que se ele cobrasse apenas o valor até a Recoleta ele pegaria outro transporte, mas o Marcelo não aceitou e levou ele até o hostel, mas dirigindo com MUITA pressa e reclamando em todo o trajeto.
No mais peguei muitos taxis na rua mesmo, alguns rádio taxi e outros sem. Segui sempre as dicas de não dar notas de 50 ou 100 pesos e só tive um pequeno incômodo em uma viagem de Puerto Madero para a Recoleta onde o taxi de volta deu 50% a mais que a ida, na mesma taxa de tarifa. Desconfio que o cara deu algumas voltinhas a mais.

Renato Pinhero

Guilherme, legal você colocar sua opinião aqui, pois todos falam muito bem desse Marcelo, até achei uma reportagem em um jornal da Paraíba dele. Mandei vários e-mails pro Marcelo e ele não responde, tõ achando melhor não insistir, pois parece que ele não anda tão atencioso assim!!!! Quanto ele cobrou do Ezeiza até Recoleta?

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

R$ 65 do Ezeiza pra Recoleta.

Ferreira
FerreiraPermalinkResponder

Eu também tive problemas com o Marcelo.Quando o meu avião chegou em Bs ela se atrasou 40 minutos. Depois contratamos um passeio para o Temaiken ele se atrasou uma hora. Na volta para o aeroporto o atraso foi de uma hora e meia e quase perdemos o avião. No Temaiken o carro dele não funcionava e eu tive que empurrar, estava com a minha sogra, esposa e filha.
Para mim a pior coisa é nunca chegar no horário combinado com atrasos até de 2 horas.
Eu não uso mais os serviços dele.

PASCHOAL TADEU RUSSO

VOLTEI EM 05/04/2012 DE BUENOS AIRES E TINHA CONTRATADO OS SERVIÇOS DE TAXI DO GUSTAVO LAVIERO,POIS MEU VOO CHEGOU AS 00:30 HS E ELE ESTAVA ME AGUARDANDO NO AEROPORTO. FIZ UM TOUR PELA CIDADE E NOS LEVOU AO SHOW DE TANGO ( SENÕR TANGO ), VALE A PENA CONTRATAR ELE, É UM ARGENTINO QUE MOROU AQUI NO BRASIL E É CASADO COM UMA BRASILEIRA, NOS AJUDOU MUITO, LUGAR LEGAL PRA IR É PUERTO MADERO ONDE NO RESTAURANTE SIGA LA VACA FOI ONDE SE COME MELHOR E É SELF SERVICE, TAXI É BARATO VALE A PENA ANDAR DE TAXI, PORÉM DEIXE DINHEIRO TROCADO PARA OS OUTROS TAXIS QUE VCS PEGAREM, EM PESOS PRA NÃO DAR CHANCE DE TE DAR TROCO FALSO, DEIXE VALORES DE 5, 10, E 20 PESOS PARA FACILITAR A OPERAÇÃO.

DEIXO O E-MAIL DO GUSTAVO (O TAXISTA) PRA QUEM QUISER.
gustavolaviero@hotmail.com.

eliane anderaos

vou a buenos aires em maio chego lá dia 20demaio e vou ficar no centro hotel unique park central na roque saenz pena,alguem conhece?dizem que é proximo do obelisco.como chego domingoas 15hs pensei em ir de cara para a feirinha de san telmo e dar uns rolespara calle florida,oque acha ricardo freire?suas dicas são otimas! espero nao me decepcionar!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliane! Aqui quem responde é A Bóia. Se o seu avião aterrissar às 15h, você só chegará ao seu hotel às 17h. A feira de San Telmo já terá acabado.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/

Renato Pinhero

Vou semana que vem pra lá, e ficarei neste hotel, na volta te falo...

Dayani
DayaniPermalinkResponder

Como utilizo sempre muitas dicas daqui, vim contar a minha experiência para contribuir também.

Fomos, meu marido e eu, em abril para BsAs, assistir ao show do Roger Waters, ficamos 5 dias hospedados no Amerian Park, bom hotel, só que infelizmente furtaram dinheiro que estava entre meus pertences dentro do armário. Fora isso foi bacana, eu gosto de ficar no centro por conta da localização, não me incomodo com os 10 motivos do Riq. rs

Contratei os serviços do Marcelo, como indicado pelos leitores aqui, e até fiquei espantada com os novos comentários a respeito dele, pois como a grande maioria aqui, eu achei ótimo o serviço, preço justo com profissionalismo. Aliás, tenho até que dizer que acho que o Marcelo é uma atração da cidade, ele é muito bacana (no jeito argentino de ser), super de confiança e as dicas que ele dá sobre os lugares são preciosas! Tivemos poucos contratempos, porém ele sempre manteve contato caso tivesse algum problema, sempre foi tudo certinho. Até almoçamos com ele depois do passeio do Zoo de Luján, o qual indico muito, é sensacional e ainda mais indo com ele, pois ele vai cedo, não pegamos filas, levamos 1/2 dia para esse passeio.
O que notei é que ele está com dificuldade de suprir a imensa demanda de passageiros, que em alguns casos ficam absolutamente dependentes dos serviços dele o tempo todo. Espero que ele consiga gerenciar isso, pois contar com ele foi realmente um diferencial positivo nessa 2ª ida a BsAs.

Fora os transfers feitos com o Marcelo, pro aeroporto, pro show e pro zoo, andamos apenas 1 vez de taxi. Utilizamos muito os ótimos transportes públicos, trem, metrô e ônibus, além das pernas pra andar muito! Muito mesmo!

Para concluir, devo dizer que BsAs é inconcluível!rsrs Estou cada vez mais apaixonada por essa cidade e parece que vc não consegue fazer tudo o que tem pra fazer e pra ver. Pelo visto serei mais uma dependente e terei que voltar muitas e muitas vezes!

Quero agradecer muito a todos que colaboram, a Bóia, ao Riq, pois as informações são ricas e valiosas, fazem toda diferença no planejamento da sonhada viagem. É uma fonte inesgotável de aprendizagem! Parabéns!

itamar
itamarPermalinkResponder

boa noite, voce ficou no amerian buenos aires park hotel? vou ficar la tambem, como e o hotel? e quanto o marcelo cobrou para translado aeroparque-hotel.
obrigado

Zeni
ZeniPermalinkResponder

Gostaria de saber se os táxis registrados (Rádio táxi) também oferecem esses riscos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Zeni! Em princípio, não. Mas vale a pena ter trocado sempre.

Zeni
ZeniPermalinkResponder

Obrigada pelo retorno imediato. Estou me valendo de todas as informações divulgadas no viaje. Que instrumento maravilhoso! Parabéns!

Fernando Bonadio

Estive em Buenos Aires com minha noiva no dia 07/03/12.
Contratamos o serviço de táxi do Sr. Gustavo Laviero. Realmente vale a pena, o Gustavo é muito educado, legal e honesto, além de ter dado várias dicas úteis. Tratei com o Gustavo por e-mail e ele respondeu muito rápido. Segue o e-mail do Gustavo: gustavolaviero@hotmail.com
Voamos com a Pluna (avião novo e confortável, mas o serviço de bordo é cobrado)e descemos no Aeroparuqe (o free shop é pequeno, mas existe e os preços são na base de 5 dólares mais barato que o free shop do Brasil).
Deixamos para fazer o câmbio no Banco Piano (San Martín, 345), e conseguimos uma ótima cotação (0,40).
Fomos ao Tango Porteño; é um show maravilhoso e a comida é ótima.
Por fim, Buenos Aires é uma cidade linda e os argentinos são muito educados e prestativos.

Leticia Centeno

Oi gentiiis!

Cheguei em Buenos hj e uma senhora dona de um kiosko no Aeroparque me ensinou a reconhecer as notas falsas(vale para todas as notas)

1) a marca d'agua fica logo abaixo do valor da nota (inferior esquerdo)
2) do lado direito da marca d'agua tem uma "listra" holografica. "cortando" esta listra estao 7 barras horizontais (elas sao estilo marca d'agua).
3) no topo da nota diz: "banco central de la republica Argentina". Essas letras sao relevo. Vc sente perfeitamente com o dedo a diferenca.

Alem dessas dicas para as notas vale o de sempre:

1) faca uma marca em todas as suas notas ( ex: uma pinta no nariz do Julio Argentino Roca)
2) antes de entregar a notas memoriza os ultimos 2 ou 3 numeros de serie.
3) dobra a sua nota de forma que forme um triangulo. (marcas quadradas sao comuns' triangulos' nao)

Assim vc tem 3 formas de dizer ao taxista que aquela nao eh a sua nota.

2 dicas da pessoa que aluguei o AP:

- se vc ver q trocaram a sua nota, nao fique pensando, demonstrando duvida, fale na mesmo hora: " no, esta no es la nota que te di". Seja firme.
- se vc passar por isso, recupere sua nota e fim do drama. Nao ameace, n de xilique, simplesmente saia do taxi e fim.

Espero ter ajudado!!!

Vanessa Farias

Adorei todas as dicas. Estou viajando pra BAs amanhã com uma amiga. Mandei email pro Marcelo e Gustavo, estou aguardando a disponibilidade deles. Anotei a dica das notas falsas. Ficarei por seis dias em BAs, na volta conto como tudo ocorreu.

Lia
LiaPermalinkResponder

Outra dica que nos deram foi tirar uma foto/cópia das notas, em que fique visível o número de série.

Leticia Centeno

Aproveitando que o assunto eh taxi vou contar o que aconteceu ontem:

Visitei o jardin Japones e na saida queria ir dali ate a estacao do subte plaza Italia. Superrrr perto, nao fui caminhando pq ja estava c os pes super doloridos e iria dali para San Telmo e ainda ia caminhar mto.

Na frente do jardin Japones ficam alguns taxistas, por em nao e Radio Taxi. Estava com preguica de ligar e pedir um taxi, tinha um ali na Minha frente eu resolvi arriscar. Fui la e perguntei se estava liver e qnto dava +- ate o subte. A Pessoa me responde td engracadinha: lo que marque el reloj.

Haja a Santa paciencia, ne... Falei q isso eu ja sabia e perguntei uma ideia de valor e ele: como 15 pesos mas pq a preocupacao, vc nao eh crianca nem nada, sobe no taxi e vamos logo.

Massssss nem pensar! Disse q nao queria, liguei p o radio taxi e pedi um taxi q chegou em 10 min. Deu 16 pesos, a mesmo coisa q o idiota do outro disse, mas sem as gracinhas e desaforos...

SEMPRE liguem e pecam o taxi..

Taxi q nao eh radio taxi Nem pensar!

Aline Crescêncio

Oi...
Eu,meu esposo,nosso filho de 4anos e minha mãe estamos indo no dia 25/04 para Buenos Aires.Estou super anciosa e gostei muito dos vários comentários sobre os taxistas e eventualmente as temidas notas falsas.Mandei um email hoje para o Marcelo,vou esperar que ele me retorne e se não,irei mandar um para o Gustavo.Espero que de tudo certo,pois amo Buenos Aires e já eh a terceira vez que estamos indo e sempre deu td certo.Na volta postarei como foi td...bjusss

Adriano Césares

Boa tarde a todos. Estou indo embora hoje de Buenos Aires, e estou aqui para fazer grandes elogios a Marcelo Bautista e sua equipe de táxi sobre sua atenção e contribuição para eu e minha família conhecer essa maravilhosa cidade gigantesca. Primeiro que ao chegarmos no aeroporto nos atendeu um de seu grandes amigos que trabalha junto com Marcelo Bautista, um espetacular comico e domininador da lingua castelliana (FALA SUPER RAPIDO), você morre de rir com seu jeito. Ao chegar no hotel e conhecer o amanhecer da linda cidade e contatamos Marcelo, onde nos atendeu com 100% de atenção até hoje. Combinamos passeios por la ciudade, nos informou lugares bons para compras super baratas e para refeiçoes deliciosas. Nos levou ao Zoológico de Lujan e o Sr. Tango. EM ESPECIAL, MARCELO NOS BENEFICIOU DOS MELHORES LUGARES NO JOGO DA LIBERTADORES DA AMERICA ENTRE Boca Juniors x Zamora NO La Bombonera em cima do banco de reservas (suplentes) com apenas 5 metros de distancia. Foi um jogo inesquecível, pois era um sonho conhecer o la bombonera, e Marcelo me deu a oportunidade de presenciar o espetáculo de Riquelme bem de perto. Marcelo é uma excelente pessoa e nossa nota para ele e sua equipe e MIL!!!!!
Recomendo o Marcelo... é o cara! Não e procurado por todos e conhecido internacionalmente por acaso.

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Buenos Aires, nunca mais. Notas falsas dentro do aeroporto em uma casa de câmbio, taxistas que te roubam, cidade suja, atendimento péssimo em restaurantes, hotéis velhos. A cidade está acabada mesmo. Os policiais de lá sabem de tudo isso e nada fazem. O melhor mesmo é não ir para não ter esses aborrecimentos. Achei um horror tudo, não volto mais.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Lucia:

Quais hotéis e restaurantes tão horrorosos assim? Diga-nos para que possamos evitá-los.

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Agora fiquei no Etoile na Recoleta, mas já conheci o Lafaiette, todos com carpete e banheiros encardidos. Restaurantes da Recoleta.

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Achei também tudo muito caro. Pagar por um café expresso 15 pesos(7,50 reais) acho demais.

ana
anaPermalinkResponder

Boa Noite

Alguem sabe o valor de taxi ou servicos de Marcelo ou Gustavo para Zoo Lujan ?

Obrigada !
Estarei em Buenos Aires em agosto alguem tem alguma dica de passeios e restaurantes , vou pela primeira vez

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Para preços atualizados, consulte os fornecedores. Existe inflação na Argentina.

Um roteiro para uma primeira viagem:
https://www.viajenaviagem.com/2012/01/primeira-viagem-um-fim-de-semana-em-buenos-aires/

Renato Pinhero

Ana, eles cobram em torno de 500 pesos.

Thais Vargas
Thais VargasPermalinkResponder

Nossa estou encantada com tantos comentários...Embarco em maio com minha família inteira...total de 6 pessoas. O Marcelo ou o Gustavo possuem carros grandes para transportar todos nós juntos??Estou um tanto quanto anciosa pois não falo nada de portunhol nem nada parecido mas as dicas do site estão me ajudando demais!!Estou animadíssima pois de todos os comentários acima apenas 2 foram desfavoráveis a BA. Fico feliz com esta estatística. O motivo de nossa ida é comemorar o aniversário de minha mãe e eu e meu namorado estamos usando tudo daqui para montar nosso roteiro. Quando voltar de lá vou comentar para ajudar!!Super beijo

Renato Pinhero

Olá, Thais. Quanto ao Gustavo não sei, o Marcelo tem um Citroen Berlingo. Abraços

Fernanda Baires

Galera, pra não gostar de Bs As tem que estar com muita má vontade mesmo...
Marcelo, desencana desse negócio de nota falsa. Desencana no sentido de que não é só lá, isso é mundial! Vc tem que estar atento em TODOS os lugares, pois há falsificação de moeda na maioria dos países, a questão é que em alguns lugares mais que em outros. Siga todas essas dicas que vc pegou e mais o que o teu "feeling" mandar fazer, só não seja indelicado com essas dicas de marcar nota, "fotografar" o garçom, publicar no Diário Oficial, registrar em cartório o momento sublime de vc entregando uma nota de cem pesos ao taxista (rsrs). Tenha sempre notas pequenas, não banque o "lerdo" dentro do táxi e procure sempre saber o endereço para onde está indo de bate-pronto, ou seja, na ponta da língua, senão vão te dar volta da mesma forma que os brasileiros fazem com a gente, já tomei cano de taxista do Rio e de SP e foi mais de uma vez, agora nota falsa não recebi nem aqui nem em lugar nenhum. Uma vez, um taxista que me buscou no GIG (aerop. internacional do Rio) me disse que UMA das técnicas usadas pelos taxistas (os pilantras) do Brasil é ter à mão (escondida) uma nota de R$2 e aí qdo vc (otário) dá sua nota de R$100 para pagar a corrida ele magicamente troca e te devolve dizendo que vc fez confusão e deu a ele uma nota de R$2! O negócio é ter sabedoria na terra, pq até no mar quem der bobeira se ferra, afinal quem nunca ouviu que "camarão que dorme a onda leva"?

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Bom dia a todos!

Com relação ao tal golpe das cédulas falsas, é comum também fora dos táxis? Em outras palavras, preciso ficar ligadaço também na hora de pagar com cédulas de cem p.ex. o restaurante, o Centro Cultural Borges, o hop-on hop-off e até mesmo a sorveteria?

Caso a resposta à pergunta acima seja positiva, seria muito agressivo toda vez que for passar uma de cem mostrar à pessoa que a receberá que você está anotando o número de série dela? Dito de outra forma, estou antecipadamente demonstrando a ela que sei qual é a minha cédula e não aceitarei uma falsa no lugar dela. Pensando em um possível desdobramento, a pessoa pode, "de birra", dizer que minha cédula é falsa. Mas caso isso ocorra, eu poderia repetir o procedimento tantas vezes quantas cédulas de cem eu tivesse. Haja paciência, mas...

Abraço a todos e ótimas viagens!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcelo! Não é para tanto. O problema são os taxistas espertalhões. A cidade não é toda de golpistas smile

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Marcelo:
eu sempre troco minhas notas nos supermercados...

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Não complique. Vá na recepção do seu hotel que eles trocarão por notas pequenas com o maior prazer.

Fernanda Baires

Marcelo, minha resposta pra vc saiu no lugar errado. Está bem aí acima, na Thais Vargas.

Larissa
LarissaPermalinkResponder

Quero deixar meu depoimento aqui sobre Marcelo Bautista, a quem nos dirigimos quando fomos a Buenos aires
Taxista responsavel, carismatico, profissional, receptivo...foram essas as qualidades que encontramos nele....qualidades estas dificeis de encontrar naquele lugar. Entao deixo a dica de quem precisa de transfer, passeio, contacte-o acima tem e-mail dele...
fomos e voltamos do aeroporto (ezeiza) pro hotel cada viagem por 65 reais, pontual! otimo, recomendo

Fernanda Baires

Gente, acho muito injusto as pessoas tratarem o Marcelo Bautista como se ele fosse uma grande empresa de táxis de Buenos Aires. Não é que ele possa "pintar e bordar" com os compromissos, mas é que as pessoas precisam ver que ele é um só e que ele tem muito trabalho, ou seja, os horários dele devem ser todos completos e tem algo que ele me disse (por e-mail) é que de vez em quando ele não consegue driblar aquele monte de protestos que aparecem nas ruas meio que do nada e acaba perdendo o horário de alguns compromissos. Quem já foi a Bs As mais de uma vez ou até mesmo quem nunca foi mas lê jornal sabe que eles vivem protestando o tempo todo. Uma amiga disse que no ano passado estava andando muito bem na rua, perto da 9 de Julho, quando de repente se viu no meio de uma marcha protestando sabe-se lá o quê! E ela disse que foi difícil se desvencilhar deles, rs. O fato é que há MUITOS relatos positivos desse cara para eu acreditar em um ou dois dizendo o contrário. Em julho irei a Bs As e vou utilizar os serviços dele pela primeira vez. A propósito, mandei e-mail para ele ontem e hoje mesmo já tive resposta.

Sampson
SampsonPermalinkResponder

Fernanda, pode ir tranquila com o Marcelo. Estive lá no final de abril com minha esposa, ele não pode ir nos buscar no aeroporto mas enviou o Kike, um taxista amigo dele, muito atencioso, diga-se de passagem. No retorno para o Brasil Marcelo apareceu no hotel na hora marcada. Uma simpatia! Recomendadíssimo!

Aproveito para fazer um comentário a respeito dos argentinos. Muitos dizem que são chatos, cheios de malandragem, etc. Os que falam assim nem parecem que são brasileiros. Aqui no Brasil não tem, né? Gente de qualidade duvidável existe em qualquer lugar do mundo e uma má experiência com uma ou duas pessoas não pode servir de retrato de todo um povo. Os argentinos são, de maneira geral, muito atenciosos e simpáticos. Gostam de conversar com brasileiros. Acho que nós temos que ir sempre desarmados de preconceitos para qualquer lugar do mundo e sempre teremos condições de tirar o máximo proveito de tudo. Valorizar o que foi bom e esquecer o que foi ruim. Grande braço e boa viagem a todos! smile

Sampson
SampsonPermalinkResponder

Ah, sobre notas falsas, estive uma semana e não vi uma. Mas sempre que recebia troco conferia se as notas eram verdadeiras. Todos fazem isso lá.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Olá Fernanda, tudo bem?
Em julho também estarei indo para B.A. e como vc mesma já disse, escreveu, enviou e-mail para o taxista Marcelo.
Vc poderia me passar o e-mail?
Obrigada,
Priscila

Roberto Faria
Roberto FariaPermalinkResponder

Alguem me ajuda...estou indo para la hoje e o e-mail do Marcelo Bautista esta voltando...alguem tem o e-mail ou tel....mto obrigado !!

Renato Pinhero

Roberto, desencana. Chegando lá pega o taxi oficial do aeroporto Taxi Ezeiza, bom se é que vc desembarcará no Ezeiza né, vc deve pagar em torno de 190 pesos, uns R$ 80,00 dependendo do valor do câmbio que vc fizer. Mas se mesmo assim quiser contatar Marcelo, aí tá os contatos:
Abraços

Marcelo Bautista
Trasfer & Turismo
0054 9 11 6922 5413
0054 9 11 5714 9991
Nextel 54*644*1222

Paola Arruda
Paola ArrudaPermalinkResponder

Comecei a ler este site e dicas hoje, vou viajar no dia 24/05 e vou ficar 6 dias, assim que li sobre o taxista Gustavo mandei um email solicitando seu seu servico e para minha surpresa 5 minutos depois eu tive uma resposta pedindo os dados do voo para confirmar a reserva. Agradeco a voces pelas dicas. E gostaria de saber se e melhor forma de conseguir os pesos e sacar o dinheiro ou comprar em algum banco pela cidade?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paola! Todas as dicas sobre despesas na Argentina estão neste post: https://www.viajenaviagem.com/2012/01/que-moeda-eu-levo-para-a-argentina/

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Estou em Buenos Aires e já fui vitima de 02 taxistas de rua. Recebi 02 notas falsas de $50 pesos, estou decepicionada com esse lugar........ Foiu uma falha nao ter tirado foto dos nomes ndas empresas. é simplemente uma falta de respeito. Graças a DEUS amanhão vou embora dessa terra.

Márcia
MárciaPermalinkResponder

Prestem atenção na notas notas com a seguinte numeração:68852978D é falsa......

flavia
flaviaPermalinkResponder

Ola pessoal
Vou novamente a BA em setembro e gostaria de saber o tel do radio taxi,Da outra vez nao recebi notas falsas mas peguei um taxista que furava todos os sinais e por fim parou em um e dormiu!!Joguei as notas que tinha pra ele e sai do taxi correndo!
Grata

Ana
AnaPermalinkResponder

Estou em Buenos Aires e nos brasilieiros sempre ficamos preocupados com notas falsas e caminho maior que os motoristas de taxi possam fazem. Porem chegando ontem em BUE, seguimos as orientacoes do Ricardo de como pegar um taxi no aeroparque (muito uteis por sinal), e o momento sendo sempre de estresse como malas, entrar no taxi ja que a fila anda, pegamos um motorista muito simpatico, masss, o golpe foi sair com o taximetro ja ligado. Como vc esta pegando seu primeiro taxi,vc nao sabe de quanto o taximetro deve sai. Somente quando fomos pegar o segundo taxi vimos que era bem menos. Fica mais uma dica. Desculpem a falta de acento. Obrigada.

Marli
MarliPermalinkResponder

Vou para BA em julho, já com roteiro etc., e todas essas dicas aqui tem sido de grande importância para não cairmos EM ALGUMAS armadilhas.

Gilson
GilsonPermalinkResponder

As dicas que li nesse site foram excelentes. Apliquei e nao tive problemas. A receita é bem simples: ter muitas notas de 5,10 e 20 pesos para pagar taxi. Agora, como conseguir essas notas baixas se as casas de cambio vao te encher de notas de 50 e 100 pesos? Basta ir na Farmacity ( ou qq outra farmácia) ou no Carrefour Express e comprar algo bem baratinho e pagar com nora de 100 pesos. Faça isso umas 3 ou 4 vezes e tera uma boa quantidade de notas de 5,10 e 20 pesos para pagar taxi. Os trocos obtidos nos estabelecimentos comerciais como Carrefour ou farmácia estão mais imunes de virem recheados de notas falsas.

Se uma corrida de taxi der, por exemplo, 32 pesos, esqueça o troco. Pague logo 35 pesos com os trocados que possui. Acredito se sempre fizer isso, nao terá problemas com taxi em Buenos Aires.

Agora, pense também em usar o metro (subte). Achei tranquilo, rápido e sem problemas.

Jonathan Trindade

Estou indo dia 12 de Julho e fiquei muito preocupado com à questão de roubos e notas falsas. Já vou tirar da minha rotina muita coisa, principalmente baladas todos os dias. Anotei o contato do Marcelo Bautista. Espero que atenda com precisão. No caso de roubo em hotel, aluguei um apartamento em Palermo, acredito ter mais confiança no próprio apê. Em notas falsas vou comprar a tal caneta. Vou continuarlendo as dicas até dia 12. Agradeço a todos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jonathan! Não precisa se preocupar tanto assim. Estamos sugerindo precauções, mas isso não significa que todo taxista tentará passar a perna em você. Aproveite as baladas, fique em um hotel se achar mais confortável. Não deixe de aproveitar a sua viagem!

Erick Soares de Sousa

Gostaria de confessar uma História em recente viagem à Argentina.

No meu segundo dia de Viagem estive no famoso Sr. Tango. Antes da apresentação demonstrei um complexo quadro de doença com fortes calafrios e febre em torno de 39,5graus.

Por este motivo não pude contemplar o show de Tango e segui para a porta da casa de show solicitar um táxi. Não havia táxis na rua, todavia um Sr. muito educado se ofereceu para ajudar, vendo aquela situação complicada.

O tal Sr. (que considero um anjo da guarda) se chama Marcelo Bautista, um cidadão que trabalha com turismo e taxi em Buenos Aires.

Este cidadão me levou ao Hospital público (onde tive um fantástico atendimento), aguardou comigo para ser atendido, traduziu o que o médico falou, me levou à farmácia onde comprei remédios e me levou ao Hotel (muito distante).

Quando fui pagar ou gratificá-lo pelo serviço me deparei com a seguinte resposta: – Não, por favor. Não precisa pagar nada. Estou apenas te ajudando e tenho o maior prazer de fazer isso pelo próximo. Por favor faça isso também por alguem que ficarei feliz.

Ele não perguntou o que eu fazia, que eu realmente era (apenas perguntou meu nome). Ajudou simplesmente pelo prazer de ajudar ao próximo.

Naquele momento fiquei coberto de emoção e senti na verdade que Deus em alguns momentos nos mandam mensageiros do bem. Um sentimento de imensa gratidão ainda está no meu coração.

Jorge Preeg
Jorge PreegPermalinkResponder

Buenos Aires se tornou o primeiro destino internacional de muita gente (inclusive o meu). Adorei, e depois disso (viciei) fui a mais 13 países. Sinto que alguns comentários negativos se devem a uma certa má vontade em encarar o diferente, o novo, o "algo mais" que elas (pessoas) nem sempre encontram em seu cotidiano. Aos amigos, recomendo a cidade como um lugar relativamente tranquilo e fácil de interagir pois, praticamente inexiste a barreira da língua e os aspectos relativos a segurança, preocupam tanto quanto andar no centro de uma cidade como Campinas. Taxi em BsAs, é mais "sussa" do que em Salvador, só para ficar em um exemplo simples (em Berlim eles geralmente tem uma postura mais, digamos, profissional, mas aí é uma outra história). Encarem o seu destino de frente, peito aberto, e o reultado vai ser uma viagem feliz. Se for para tomar um prejú, vai rolar até em Embú, só pra fazer uma rima...

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Tadinho do Marcelo Bautista..o cara deve ser tão bom e por isso ter tanta demanda, que, sobrecarregado, ele não está dando conta do serviço e está ficando estressado. Acho que chegou o momento de Marcelo abrir uma empresa prórpia seguindo seu modelo de atendimento personalizado. Acho que ele pode ganhar muita grana com isso!! rs

Eu estou com viagem marcada para Bs As para dia 18 de julho próximo...não sei ainda como vou fazer para ir o Aeroparque para calle Arias....sei que fica bem próximo, uns 15 minutinhos. Alguém tem uma dica de que tipo de taxi pegar e que tipo de taxi não pegar neste Aeroporto?? Essa pode ser uma opção em lugar de contar com Marcelo, ainda mais em alta temporada. O cara deve estar uma pilha de nervos...haha

E mais...estar atento faz parte de todos que vivem no Brasil, principalmente em SP. Quando fui ao Canadá, meu medo era o mesmo que em SP...é um vício estar atento.rsrs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudia! O Aeroparque é praticamente central. Contratar o trânsfer do Aeroparque sai bem mais caro do que um táxi comum; na verdade sairia o preço de um táxi adulterado... não há razão para.

Ao sair do aeroporto, atravesse para a ilha central e vire à sua esquerda; é ali que está a fila dos táxis. Dê o endereço do seu hotel com as transversais, como está ensinado no post.

Claudia Matoso

Claudia, acho que o melhor é pegar o taxi na fila, em frente à porta principal do desembarque. Saindo pela porta você logo vê a fila na calçada, basta atravessar a pista coberta.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

No próximo domingo, 15 de julho os táxis em Bue vão ter a tarifa aumentada em 12,5% , e em outubro mais 12,5% .

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Fui a Bs As semana passada. Antes disso li muito sobre o lugar, sobre os taxis e as notas falsas. Fiquei muito insegura com isso. Então descobri o Marcelo Bautista e um dos vários blogs que eu comecei a ler em busca de informação. Muito atencioso, respondeu meu e-mail no mesmo dia, falou que cobraria 75 reais o translado Ezeiza-Centro (av santa fé com carlos pellegrini). [Lembrando que os taxis do aero cobram cerca de 190 pesos - 95 reais]. Quando eu cheguei no aeroporto ele já estava lá com uma plaquinha com o meu nome, esperou a gente trocar o dinheiro, a cotação no aeroporto estava horrível e era feriado da independência, logo os bancos estavam fechados, então ele disse que trocaria o dinheiro para a gente. No começo eu fiquei desconfiada com toda essa história dos taxistas, mas logo lembrei da fama de bom homem dele. O preço que ele fez ficou muito mais em conta, muito próximo das casas de cambio em dias úteis. No caminho para o hotel, ele conversou sobre música, contou a história do tango, deu dicas de passeios e restaurantes e sobre a Calle Florida. E disse que qualquer dúvida, qualquer coisa era para ligar para ele ou mandar email, que não era preciso contrar os serviços dele para isso.
Na volta ele não estava disponível, mas mandou um amigo dele, que chegou 5 minutos antes do horário combinado e também cobrou 75 reais.

Super recomendo os serviços de Marcelo Bautista

Marcelo Bautista
Trasfer & Turismo
0054 9 11 6922 5413
0054 9 11 5714 9991
Nextel 54*644*1222
marcelo_bautista@hotmail.com

SAMARA MAUSBACH

tô morrendo de medo de ir, até pq vamos em 3 mulheres ... mas espero que o Marcelo possa me buscar..

Felipe Cruz
Felipe CruzPermalinkResponder

Cuidado quando der uma nota de 100.. Comigo o cara me devolveu a nota que dei a ele por uma falsa, porém com um pequeno rasgo, dai ele disse que notas com rasgo não são aceitas e me pediu outra...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar