Compras em Buenos Aires com estilo: as dicas da Claudia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Achados de Claudia PimentaA elegantérrima Claudia Pimenta, do Pepper in Fashion, também sucumbiu às compras em Buenos Aires. Metade dos posts da sua viagem são dedicados aos seus achados.

Claudia confirma o que vibanas com mais tempo de casa, como a Sylvia, sempre disseram: que uma passada numa Farmacity é tão imprescindível quanto a conferida final no free shop.

Siga a Claudia em seu rolê shopaholic em Buenos Aires:

Lojas e compras, parte I

Lojas imperdíveis

Inverno? Vermelho!

O que comprar no duty free


100 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

dalila
dalilaPermalink

Ah, este site eh muito bacana, excelentes dicas.. Parabéns!!

nedjma
nedjmaPermalink

Estive em Baires em agosto de 2011. Não há mais pechinchas como antes, coisas boas custam caro. As coisas mais em conta, tipo bolsas da Prune (tem algumas bonitas), e casacos de couro baratos mas de corte troncho não agradaram muito.
O que achei que valia a pena comprar:
Parte 1:
- chocolates da Bombonella, na avenida Corrientes. Delicia! Acho que o quilo do chocolate varia de 100 p a 180 pesos, depende do que seja.
- doce de leite La Salamandra, todas as versões(liviano, tradicional e chocolate). O preço pode variar até quatro vezes, melhor comprar em supermercado.
alfajor: adorei o Cachafaz e um mini da marca Bacarti, odiei o Jorgito.
- chá Royal Fruit de Ines Berton, na galeria promenade do hotel ALvear. Em torno de 55 pesos a lata pequena (mas rende bastante, é bem forte)
- Os vinhos que tinham no freeshop de lá e no freeshop daqui tb não tinha quase diferença nenhuma de preço. Obviamente que no free shop de lá tem mais variedade ( e tou falando do Aeroparque). Mas se vc quer comprar coisas especiais com melhores preços, melhor ir na Winery, ou em algum supermercado. Não esquecer de levar plástico bolha pra embalar. Lembrar do peso que vai pagar de excesso, e do risco de quebrar, e se vc não entende de vinho, como eu, confira as listas do site Planeta Joy.

nedjma
nedjmaPermalink

continuando:
Boas compras: roupas, sapatos e acessórios
- uma capa de chuva lindíssima pela metade do preço no outlet da Pearramus, em Vila Crespo. 980 pesos.
- roupas esportivas para neve na ALpine skate, bonitas e mais baratas que a de outras marcas famosas (em frente À livraria El Ateneo da Recoleta, que vale a visita).
- uma bolsa linda na François Saber, na Recoleta (900 p).
- um dos lindos sapatos( teoricamente, para dançar tango) da Greta Flora (em torno de 500 pesos) . Item para colecionadoras. Dá até pena de usar de tão lindo. Tem umas flores de couro de clips com que vc pode comprar para incrementar qualquer sapato (100 p)
- Vale conferir pela beleza da loja e das peças únicas: a Tramando de Marin Churba, na Recoleta, o outlet da Etiqueta Negra/Gola.

- tentei garimpar coisas interessantes em um trecho da Corrientes, que disseram ser equivalente ao Brás em São Paulo, mas não achei as lojas de roupa,e não vi nada de muito interessante, só umas lojas que tinham cachecóis bonitinhos em torno de 20 a 40 pesos, tudo da China mesmo. Pra quem quer comprar trecos, vale a pena, uma espécie de 25 de março mais arrumada misturada com José Paulino.

nedjma
nedjmaPermalink

itens diversos e lembrancinhas:
conferir a Loja Ago, na calle defensa, com itens para decoração.
- imãs em forma de doces de, a La Pastelaría de Cláudia Adorno, (um quisoque em frente à Morph ,no Design Center). 10 dolares o kit com cinco. Ótima lembrancinha.
- marca- página em estanho e cristal, da Los Peltres de Buenos Aires, na galeria Promenade ALvear, 38 pesos.
-
- o livro Toda Mafalda (180 p) e o livrão de obras completas do Macanudo (220 p). Alerta: são uns tijolos, cuidado com os quilos extras. Macanudo me parece que não vende aqui, o Toda Mafalda dá uma diferença de 50 % do preço daqui.

nedjma
nedjmaPermalink

outlets e shoppings:

Decepcionou: outlet da Timberland (nada que preste), Columbia e North Face, Lacoste, etc. As coisas bonitas são caras, tipo o casaco de neve que gostei na North Face custava 1900 pesos.

Aliás, não adianta levar listinha pra outlet, a regra é garimpar com paciência. Fui na Gurruchaga e arredores num domingo de tarde, e estava relativamente tranqüilo. Fui na Calle Murillo e arredores numa quarta de manhã, supertranquilo. Um casaco de couro de ovelha em torno de 800 pesos. Os casacos de couro bonitos e bons boas custam caro, em torno de 1800 pesos (Murilo 666). Mas tem coisas mais baratas.

de shopping, só fui na Pátio Bullrich, que tem umas das lojas argentinas que me interessavam conhecer (nada a ver marca globais, é tão caro quanto aqui), e só tinha brasileiros, era até engraçado. Gostaria de ter conhecido o Paseo ALcorta e o Unicenter.

nedjma
nedjmaPermalink

Não achei graça:
- na loja Morph do design Center. Não sei porque falam tanto, um monte das mesmas coisas de sempre vindas da China. Tb não achei a Falabella nada demais, nem achei a relação preço-qualidade boa. não tinha o que eu queria em 110 v.
- loja Isadora. Pra quem conhece a 25 de março, não é nada demais. Brincos em torno de 25 pesos, cachecóis bem feios.
- tentei garimpar coisas interessantes em um trecho da Corrientes, que disseram ser equivalente ao Brás em São Paulo, mas não achei as lojas de roupa,e não vi nada de muito interessante, só umas lojas que tinham cachecóis bonitinhos em torno de 20 a 40 pesos, tudo da China mesmo. Pra quem quer comprar trecos, vale a pena, uma espécie de 25 de março mais arrumada misturada com José Paulino.
- : a feira da Praça Serrano, em Palermo Soho. Nada interessante.
- os sabonetes em barra da Sabater Hermanos. Não achei nada cheiroso. Já as pétalas de sabonete, as de jasmim e mel valem a pena. 15 pesos a caixinha pequena, ótima lembrancinha.
- Tienda Malba, no MALBA: pequenininha, achei uma ou duas coisas interessantes, caríssimas.
- achei horrendo: As roupas da loja Juana de Arco, da primeira vez que passei achei até que era loja de fantasia, juro!
-a nova coleção de bolsas da Jackie Smith estava de gosto meio duvidoso, são de ótima qualidade e caras (em torno de 2000,3000 pesos). Tinha visto promoções de bolsas bonitas no site, mas já tinha acabado. A bolsa pela qual tive uma paixão fulminante custava 8000 pesos, na Recoleta. Fica pra próxima vida.

nedjma
nedjmaPermalink

o fim das compras:
Por fim: eu sempre levo metros de plástico bolha pra embalar tudo que possa quebrar. Não esquecer jamais de pedir o Tax Free onde tiver (eu esqueci alguns, na pressa). atenção: tem de mostrar a mercadorias para a aduanda carimbar as notas antes d epedir a devoluçõa, quer dizer, vc vai ter de chegar com antecedência pra fazer isso, levar os bagulhos numa sacola e enfiar na mala depois. Eu não tive essa opção, já que estava vindo do interior, tive de voltar com as coisas na mão.. MAs a mulher da aduana aceitou carimbar nota de essencias que estavam na mala ( e lógico, nao podia levar na mão), já que eu tinha vindo de EL Calafate. lá no aeroparque, a mulher disse que só poderia botar a restituição no cartão, pois lá era difícil ter dinheiro disponível, porque era uma filial. mas logo depois veio a devolução no cartão (eu já levei calote na COlômbia, hihi). Pense se valerá a pena pagar o excesso de peso do trambolho que vc comprar. na gol tava 8 dolares o quilo, se não me engano. os alfajores e havanetes, apesar do cuidado, amassaram, é melhor mesmo comprar no freeshop antes de vir.

elcy
elcyPermalink

Vou viajar para Buenos Aires no principio de novembro e gostaria de saber o que levar. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalink

Alô, Elcy! Será primavera, como no Brasil! Veja as médias de temperatura e chuvas para preparar a sua mala: http://www.weather.com/outlook/travel/businesstraveler/wxclimatology/monthly/graph/ARBA0009

Renata
RenataPermalink

Gostaria de saber quando e como comprar no free shop do Ezeiza. Acho que é na volta para o Brasil, né? Mas é depois de despachar a bagagem e o que comprarmos vem como bagagem de mão??? Tenho dúvida porque há muitas restrições em relação à bagagem de mão. Comprando no free shop do aeroporto em Buenos Aires, podemos trazer bebidas e perfumes na bagagem de mão?
Gosto muito do site. Há sempre dicas ótimas!
Bjs.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renata! É possível comprar líquidos no free shop e subir com eles no avião, porque você já terá passado do controle de raio x. Mas não é possível fazer compras volumosas (tipo: dezenas de garrafas de bebidas) porque não caberia no compartimentos e seria despachada pelo pessoal do portão de embarque.

Renata
RenataPermalink

Obrigada, Bóia. Agora entendi essa parte. Só tinha me esquecido de perguntar outra coisa... As compras no free shop de Buenos Aires entram na cota e somam com a compra daqui ou nada a ver (U$500)?
Já viajei para o exterior, mas sempre deixei para comprar no free shop daqui...

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renata! Não há limites para compras em free shops fora do Brasil. Mas tudo o que você comprar além de 500 dólares pode ser tributado na volta.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/compras-no-exterior-conheca-limites-isencoes-e-impostos/

https://www.viajenaviagem.com/2012/01/voltou-do-exterior-ha-pouco-como-foi-a-alfandega-na-volta/

vivian
vivianPermalink

Vou viajar para Buenos Aires no carnaval e gostaria de saber o que levar

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Vivian! Estará bem quente. Tão quente quanto no Brasil, ou mais.

Renata
RenataPermalink

Obrigada, Bóia!
Agora entendi tudo.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Olá, gostaria de tirar algumas dúvidas. Estou querendo viajar para Buenos Aires e não tenho a mínima nossa de lugares para fazer compras e onde encontrar produtos em conta, como nas marcas Armani Exchange, Tommy Hilfiger, Abercrombie, Hollister, Lacoste e Aeropostale. Existe algumas dessas lojas em BA ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! A Mariana, dona do hotel Querido, tem dicas quentíssimas de outlets em Buenos Aires: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/buenos-aires-o-mapa-dos-outlets-por-mariana-pereira/

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalink

Oi pessoal,

Acabei de voltar de 15 ótimos dias em Buenos Aires.

Segue um post de guia de compras BA's 2012

http://sweetestpersonblog.com/2012/01/30/guia-de-compras-em-buenos-aires-2012/

Bjos

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalink

Ah, não posso esquecer!

Usei o serviço RENT A LOCAL FRIEND, para desvendar San Telmo com a VIBANA Gisele Teixeira.

Segue o relato detalhado:

http://sweetestpersonblog.com/2012/01/22/rent-a-local-friend-buenos-aires-as-melhores-dicas-de-san-telmo-com-a-gisele-teixeira/

Abraços,

Juliana
JulianaPermalink

Oi eu vou para Buenos em Maio, gostaria de saber a realidade é um lugar bom de se fazer compras? o clima estara? pois em alguns sites eu leio falando super bem que vc consegue comprar mta coisa em outros totalmente ao contrario.

Obriagad

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Juliana! Temos boas dicas de uma moradora de Buenos Aires que é brasileira e proprietária de um hotel. Veja o que sugere a Mariana, do Querido: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/buenos-aires-o-mapa-dos-outlets-por-mariana-pereira/

Naila Soares
Naila SoaresPermalink

Juliana:

eu sou dessas que não teve muita sorte com as compras..mas como tudo, é questão de gosto.Para não dizer que não gostei de nada, indico uma loja de cama, mesa e banho que tem produtos muito bonitos e com preços bem camaradas.O nome da loja é Arredo.
Já estive em Buenos 3 vezes, e sempre vou em maio. Peguei dias liiiindos com céu azul e um friozinho gostoso. À noite usava cachecol, casaco e luvas... Ah, não se esqueça de levar botas- de salto baixo de preferência- pois anda-se muito por lá. Ou então, compre uma. Usava as minhas botas de dia e de noite.
Boa viagem!

erica camargo
erica camargoPermalink

Acabei de voltar de BAs e confesso que não achei os preços dos outlets tãooooo bom assim não mas sabendo garimpar algumas coisas ainda valem bem a pena! Tem um post super atualizado la no blog! http://myfashionlounge.com.br/guia-de-compras-buenos-aires-top-10-outlets/
beijooooooo

Gilson
GilsonPermalink

Outlets em Buenos Aires é pura fachada. Nada em Buenos Aires esta barato? Cheguei no dia 25 de junho. Na Calle Gurruchaga e Agurirre( area de Outlets) algumas coisas sao mais baratas que na Cloria