Orlando, parques, compras: um guia completo no Wazari

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Magic Kingdom. Foto: Alessandro Ayres, do wazari.wordpress.comNão canso de repetir que sou fãzaço dos guias que o ultra-meticuloso Alessandro Ayres faz lá no Wazari.

A série mais recente está absolutamente show: esmiúça tudo o que você precisa saber para organizar uma viagem a Orlando com crianças.

Da decisão primordial (pacote ou conta própria?) ao funcionamento de cada parque, passando por dicas ótimas de compras, o Alessandro detalha todas as etapas da sua viagem e, à luz da sua experiência, dá conselhos práticos.

A série ainda não terminou, mas o que já está no ar dá para resolver uma viagem inteira.

Orlando no Wazari, por Alessandro Ayres:

Planejando uma viagem à Disney: conta própria ou pacote?

Como é o Blue Tree Resort, em Lake Buena Vista

Adiante suas compras ainda no Brasil: compre pela internet

Compras em Orlando: outlets e shoppings

Como comprar os ingressos para os parques

Parques de Orlando: dicas para principiantes

Magic Kingdom, a magia da Disney

Epcot, o parque mais adulto da Disney

Animal Kingdom, o caçula da Disney

Hollywood Studios, o antigo MGM Studios

Downtown Disney, o centrinho da Disney

Universal Studios: cinema, TV e montanhas russas


237 comentários

Patricia - Turomaquia

A série do Wazari fez com que eu desejasse voltar à Florida o quanto antes! Cheia de dicas e sensações!

Ana Karenina
Ana KareninaPermalinkResponder

Caramba! Hoje comecei a pesquisar sobre Orlando e esse post cai como uma luva! Acho que é um aviso... smile

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Pôxa Riq, assim você me deixa envergonhado. eekops:
Como diz aquela propaganda, saber que o comandante é fã do meu blog, não tem preço! Muito obrigado! Agora a responsabilidade aumentou. grin

Ainda pretendo fazer mais uns 3 a 4 posts sobre Orlando e quando terminar eu passo aqui para te avisar.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Muito bacana a série, Alessandro! Está super organizada e rica em informações e (o melhor de tudo) junta em um único lugar aquelas informações importantes que ficam espalhadas pelos guias... Estou lendo e salvando! wink

Claudia Beatriz

O Alexandre eh mesmo detalhadinho nos posts. Dah pra viajar antes mesmo de sair de casa. Tambem adoro as dicas dele!

gislene
gislenePermalinkResponder

Concordo com a Claudia...dá mesmo pra viajar antes da viagem propriamente dita... pra mim o planejamento é uma das melhores partes e com todas essas dicas mastigadinhas.... é como descobrir um tesouro!!! Comecei a visitar o Riq procurando informações sobre os resorts, derepente encontro um depoimento do Alessandro e assim cheguei em seu blog. E agora tbém estou a procura de dicas para a Disney. Estou muito satisfeita com tanta informação juntas.
Parabéns ao Alessandro e ao Riq.

denise
denisePermalinkResponder

Olá Alessandro
tuas dicas sao perfeitas...dá realmente para sair com td bem planejadinho daqui.
Mas estou apreensiva qto ao breakfast na Disney. Ficaremos em hotel no complexo Disney e meu garoto é bem "ruinzinho" para comer. Queria algumas dicas sobre café da manha nos hoteis e/ou lanchonetes/restaurantes do complexo: preços, tipo de comida, a respeito da mug, etc...

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Denise,
Eu nunca fiquei nos hotéis da Disney e portanto não posso te afirmar como é o café da manhã, mas imagino que seja aquele típico americano, com waffles e panquecas com syrup, bagels com cream cheese, ovos mexidos, linguiças, iogurtes, etc..

Nos parques existem também diversos restaurantes que vendem café da manhã. Eu sempre compro o meu café da manhã nos supermercados mesmo, abastecendo a geladeira do quarto. Além de ser mais barato, o café ainda fica mais ao nosso gosto.

Uma ótima alternativa são os mini mercados Seven Eleven, onde você pode comprar sua bebida (leites em caixinha ou sucos) e esquentar os pães recheados no microondas, mas ficam longe dos hotéis da Disney.

Luisa
LuisaPermalinkResponder

No mes passado me hospedei no Grand Floridian e, eu que nao sou ruinzinha pra comer, torci o nariz para as opçoes oferecidas...
Experimentamos o cafe da manha do Grand Floridian Cafè, que è servido a la carte e a maior parte do menu è composto de ovos mexidos, omeletes, linguiças, bacon e o que mais te vier em mente que tenha muita gordura e colesterol. Nòs ficamos com duas unicas opçoes menos caloricas: prato de fruta e iogurte com granola...
No dia seguinte resolvemos experimentar o Gasparilla Grill & Games, que è tipo uma lanchonete/mercadinho mais democratica. Dà pra comprar sucos e leite em caixinha, sucrilhos, tem paes, frutas, alèm das opçoes pouco nutritivas tipicas do pais.
E a criança aqui nao poderia deixar de ir ao Supercalifragilistic Breakfast no 1900 Park Fare. O esquema é buffet e tem um pouco de tudo. Custa um absurdo considerando a qualidade da comida, mas è o preço que se paga para tomar cafè da manha com os personagens Disney que vem conversar com vc na mesa...
No site da Disney eles colocam as opçoes de restaurantes de cada hotel, uma pequena descriçao do lugar e a media de preços.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Gostaria de saber quais são os meses de baixa temporada por lá, em que os hotéis oferecem ótimos descontos.

Abs e obrigada

Igor
IgorPermalinkResponder

Gente. Estarei em Orlando em pleno segundo turno. Alguém sabe como posso justificar o voto? Sei que no consulado brasileiro de Miami tem justificativa, mas terá algo parecido em Orlando? Terei que justificar na volta ao Brasil?

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Oi Igor!
Você não justifica no dia, e sim depois. Tem 60 dias pra fazer isso. Dá pra fazer em postos do TRE ou correios. Dê uma olhada no site do TRE do seu estado, lá deve dar mais infos. Mas no geral é isso...

Carlos Henrique Loyo

Oi Igor, escutei um caso parecido com o seu em uma reportagem da rádio CBN, no caso de estar viajando na época da eleição, como a Adri Lima falou acima, o juiz eleitoral disse que a pessoa tem que ir em algum cartório eleitoral, assim que retornar da viagem, com o passaporte indicando que você estava fora na época da eleição, justificando assim a sua falta.

Igor
IgorPermalinkResponder

Obrigado Adri e Carlos. Vou pesquisar no TRE e ver como faço quando voltar.

RENATA
RENATAPermalinkResponder

Igor,
O ELEITOR QUE ESTÁ NO EXTERIOR TEM 30 DIAS, A CONTAR DO MOMENTO EM QUE PISA EM TERRÍTÓRIO NACIONAL, PARA JUSTIFICAR O SEU VOTO; PARA ISSO É SÓ COMPROVAR QUE A SUA SAÍDA FOI ANTERIOR AO DIA DA ELEIÇÃO E QUE CHEGOU APÓS DIA 31/10/10, NO CASO DO 2° TURNO.
LEVE Á SUA ZONA ELEITORAL ORIGINAL E XEROX DOS COMPROVANTES( PASSAGENS OU CARIMBOS DE VISTO) E TAMBÉM DO SEU PASSAPORTE, COM CÓPIA DA FOLHA DE IDENTIFICAÇÃO.( A FOLHA QUE TEM OS SEUS DADOS, FOTO, ETC)

ana karina
ana karinaPermalinkResponder

Agradeço sua resposta e fiquei mt feliz em saber que poderei comprar com os preços mais baixos.
Tenho algumas dúvidas ainda ...oque é Amazon?

Ana K

ana karina
ana karinaPermalinkResponder

Já sei que o amazon é um site!!!!

Jucineia
JucineiaPermalinkResponder

Quanto café da manhã, gostei muito do que é servido no Springhill Lake Buena Vista. Além de ser um hotel limpo e confortável, está incluso o breakfast continental, que é bem parecido com o nosso bufet de café aqui do Brasil. É composto de bolos variados, pães, suco de laranja, café, leite, cereal, geléias, iogurte, waffles feitos na hora, fruta (eu vi maçã e banana), além de outros itens que agradam os americanos. Meus filhos adoraram. Mesmo assim, nos quartos tem cafeteira e microondas para quem quiser fazer algo que mais lhe agradar.

suely
suelyPermalinkResponder

Uma amiga veio esta semana de Orlando e disse que as lojas por la estao vazias de gente e de mercadorias.Sera que piorou a crise.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Eu acredito que seja o contrário: acho que há muita gente comprando!

Arnaldo Rodrigues

Galera,

Gostaria de umas dicas dos experts em USA. Se puderem me ajudar...

Seguem as perguntas:

- Miami e Orlando são relativamente perto? Dá pra fazer as duas cidades?
- Como deve ser o transporte? Terrestre ou aéreo? qual locadora ou cia. aérea?
- Não falo inglês, terei dificuldade em me comunicar em espanhol?

- Vou com crianças, uma de 3 anos e outra de 1,5 ano, é muito difícil?

Sei que as respostas são relativas, mas gostaria de saber a opinião de vocês.

Riq, antes que você brigue comigo, estou repetindo estas perguntas, pq no Post anterior não tnha muita gente.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Miami para Orlando, de carro, dá para fazer em 3:15 minutos sem parar e andando acima da velocidade permitida. Com crianças o ideal é ter pelo menos uma paradas, então você levará pelo menos 4 horas.
De avião é bem rápido, mas você perde muito tempo, pois tem: check-in, entrada na área segura, espera do voo, embarque, desembarque, espera das malas e ida para o carro/táxi. Eu particularmente prefiro ir dirigindo. A AA tem voos diários e em diversos horários diferentes. Custa barato.
Espanhol é um idioma muito usado nos Estados Unidos. Provavelmente em qualquer lugar você encontrará alguém que fale espanhol. No momento estou em Orlando e escutando muito português e espanhol. Dá para se virar bem!
Se você decidir alugar carro, o que eu acho fundamental em Miami e Orlando, eu recomendo a Hertz. Existem mais de 20 locadoras diferentes. Uma das mais baratas é a Enterprise.
Nunca viajei com crianças, mas não deve ser difícil. Se tiver mais pergunta pode mandar!

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

A estrada entre Miami e Orlando é excelente e você leva umas 4 horas. Os pontos de paradas também são muito bons, com várias opções de lanches. Para alugar um carro, tem várias companhias boas: Avis, Hertz, Alamo, Budget, National, etc... Os preços para uma semana de aluguel na Florida são bem camaradas, então vale muito a pena.
Com relação a língua, não se preocupe, pois o espanhol é falado em tudo que é canto e sempre tem muito brasileiro na região. Inclusive nas lojas e parques é muito comum encontrar um brasileiro trabalhando.
Não existe destino mais tranquilo no exterior para ir com crianças do que Orlando. Os EUA são extremamente preparados para famílias com crianças, já que americano sempre tem muito filho. A estrutura é sensacional!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Aconselho uma lida no meu relato, com fotos, do caminho Miami/Orlando: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=126&t=175
A ideia dos pedágios é excelente!

Tiago Caramuru

Acho que se tem um lugar no mundo pra ir sem precisar falar inglês, esse lugar é a Florida! Não vai ter dificuldade nenhuma!!

Renata Runge
Renata RungePermalinkResponder

Fui a Orlando recentemente com meus 2 filhos ( um de 3 anos e um de 4 meses). Foi bem tranquilo. Os parques tem a maior infra estrutura para os pequenos. Claro que nao deu pra ficar batendo perna nos parques o dia todo e nem a noite ( iamos na hora que abria e voltavamos depois dos desfiles da tarde, tipo 3 / 4 horas), ate pq os pequenos nao aguentm o tranco, mas da pra curtir bastante, num outro ritmo. Como tinhamos tempo, compramos o passe de 8 dias, que deu para ir 2 vezes em cada parque e fazer as coisas com calma.
Questao espanhol / portugues: pode ficar tranquilissimo.
Miami / Orlando : nao fiz desta vez, mas ja fiz no passado. Com as criancas, sugiro um carro, pois te da mais autonomia

Juliana Fleury

Olá Arnaldo,

Já fiz Orlando e Miami em uma só viagem, e farei novamente em janeiro. Vá de carro mesmo, é o mais prático. A viagem leva em torno de 4 horas, e o único problema é que a estrada é muito reta, sem muitas atrações, então pode bater um sono... Apesar de o Gabriel ter falado em 3h15 se você for acima da velocidade permitida, eu não recomendo arriscar... a polícia aparece de onde você menos espera, e uma amiga já correu o risco de ser deportada por conta disso (só escapou porque conseguiu provar que estava indo pra Miami pra pegar o voo de volta).
Chegando em Orlando, recomendo que você passe no Walmart e compre carrinhos para as crianças - se não estiver levando daqui. Eles custam em torno de 20 dólares e são muuuito práticos para andar nos parques com os pequenos (o aluguel de carrinhos nos parques é muito caro).
Quanto ao inglês, pode ir sem medo. Fui com uma amiga que não falava inglês e no início ela me pedia pra perguntar tudo.. depois viu que se virava numa bos, e já até viajou pra lá sozinha depois disso.
Outra dica: se pretende fazer muitas compras, alugue um carro um pouco mais caro e com um porta-malas maior. Cometi o erro de pegar o mais barato, e as malas quase não couberam no carro na volta de Orlando a Miami!rsrsrs

Nelson Breitman

Também fui no ano passado, com uma criança de 2 anos e meio, e a viagem foi muito tranquila, são cerca de 4 horas para fazer com calma. Voltaremos em janeiro, agora com uma criança de 3 anos e meio (a mesma!), e faremos tudo de novo. Pegando o gancho do problema do porta-malas do carro, quem for alugar o carro por um número de dias "quebrado" (ou seja, "x" semanas + "n" dias, onde "n" é menor do que 4, senão já será mais uma semana) pode pegar um carro normal para ir de Miami a Orlando e passear em Orlando e, apenas no último dia, para voltar de Orlando para Miami, trocar por um maior. Nós faremos exatamente isto em janeiro: aluguei um carro comum por 2 semanas e 1 dia e no último dia devolverei este carro em Orlando e já pegarei uma minivan para a viagem de volta. Criei que perderei no máximo umas 2 horas na operação. Espero que funcione! Na Budget (e imagino que nas outras também) não há taxa para devolver em outra cidade (ao menos se ambas forem dentro do estado da Florida).

Juliana Fleury

É isso mesmo, Nelson. A maioria das locadoras não cobra taxa para devolver no mesmo estado. Isso acontece na Flórida, na Califórnia, entre outros. Essa dica de "quebrar" o aluguel em dois modelos de carro é uma boa também.
Só para lembrar: se estiver com criança pequena, a locadora não vai deixar você sair sem uma cadeirinha. Eu fiz o seguinte: peguei a cadeirinha da Hertz, fui comprar uma no Walmart (assim como os carrinhos, custam por volta de 20 dólares), e voltei para devolver as cadeirinhas na Hertz, daí eles não me cobraram nada. O preço da locação da cadeirinha é quase o preço de uma nova, e por dia!!!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

É difícil ver carros na velocidade exigida nesta estrada. Eu vou sempre atrás de um que está mais rápido, em uma distância segura.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Cuidado, pois em caso de multas, o custo cobrado pela locadora aumenta bastante. Fora o perrengue do caso de vc ser citado pessoalmente por alguém da polícia rodovíária estadual de lá.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Como os outros já comentaram, correr nessa estrada é um risco muito alto de arranjar uma grande dor de cabeça para as suas férias. Tem muito polícia escondida e eu já vi diversos carros sendo parados. Lá não tem perdão e a polícia pega mesmo! Andar atrás de outro carro não é garantia de não ser parado.

Anna
AnnaPermalinkResponder

Gabriel, acabei de fazer este roteiro Miami-Orlando e te digo tem bastante policial na estrada. Talvez seja pelo feriado, mas não da para arriscar não, a multa esta muito alta.

Bruno Beltrão

Arnaldo,

A não ser que haja uma vantagem financeira muito grande no valor das passagens , eu iria apenas a Orlando.Estive em maio com meus 2 filhos ( 11 e 6) e o ritmo da viagem é bem puxado...
Te aconselho a fazer os 4 parques da Disney e o Sea World no máximo, os outros não são apropriados para a idade das suas crianças na minha opinião.
Muito válidas as sugestões de comprar as cadeirinhas( pode ser no Wall Mart ou no Target).Mesmo que fique só em Orlando é imprescindivel o uso de carro com GPS, o sistema público de transporte em Orlando não é satisfatório e táxis são difíceis e caros.
Ah, não esqueça de um protetor solar com fator de proteção alto e uma mochila pra levar trocas de roupas e frutas para os parques

Bruno Beltrão.

Joyce
JoycePermalinkResponder

Arnaldo,

meus pais fizeram esta viagem em 1993, quando eu e meu irmão tínhamos 12 e 10 anos, respectivamente, e só meu pai e eu arranhávamos o inglês. Deu tudo certo, a viagem foi ótima, meu pai dirigiu de Miami a Orlando, tudo na nossa primeira viagem internacional. Claro

Joyce
JoycePermalinkResponder

continua - claro que as suas crianças são bem menores.
Boa sorte.

Arnaldo Rodrigues

Galera,

Agradeço muito as dicas... são espetaculares e estão me encorajando para essa viagem que pretendo fazer no final de março.

Vocês sabem se lá é frio nessa época?

Para alugar um carro é necessário a carteira de habilitação internacional, ou a do Brasil serve?

Incluí Miami, para compras, ou Orlando já ira me satisfazer?

Desde já, agradeço a atenção dispensada por todos!!!

Ricardo Freire

Orlando é melhor para compras que Miami. A taxa é menor.

Não precisa carteira internacional pros Estados Unidos. Eles nem sabem o que é é isso.

Temperatura 13 a 26 graus.

http://www.weather.com/outlook/travel/vacationplanner/vacationclimatology/monthly/USFL0372

Por favor leia este post, ele é repleto de informações e testemunhos sobre Orlando, você vai aprender muito:

https://www.viajenaviagem.com/2010/05/orlando-qual-foi-a-sua-estrategia-de-visita/comment-page-1/#comments

Juliana Fleury

O Riq disse tudo. Não precisa se preocupar com carteira internacional, a não ser que vá ficar mais de um mês nos EUA; Orlando é bem melhor que Miami para compras - não é só a taxa que é menor, todos os itens que eu comparei preço entre as duas cidades, estava mais barato em Orlando. Muitas pessoas vão para Miami e seguem de carro para Orlando porque fica mais barato. Se, no seu caso, o preço da passagem for equivalente, e a vontade de ir a Miami se restringiria a compras, também recomendo ir diretamente pra Orlando. Assim você aproveita melhor o seu tempo.
Outra coisa: dependendo do tempo que você vai ficar com o carro, vale mais a pena comprar um GPS, que custa em torno de 120 dólares por lá. Faça as contas antes de alugar um junto com o carro.

Ricardo Freire

Acredito que depois de 30 dias você precisa ter uma carteira americana; parece que nos EUA eles sequer reconhecem a internacional...

Gustavo Bonelli

Arnaldo,

Nao sei como esta o calendario no ano que vem mas os americanos tem o famoso spring break que geralmente coincide com a pascoa. Se estiver indo nessa epoca, se prepare para filas nos parques e va sem grandes pretensoes de ver muita coisa. Para aluguel de carro sempre uso o www.carrentals.com. Ele faz uma pesquisa em varias locadoras e te da um otimo comparativo. Geralmente acabo alugando na Enterprise e nunca tive problemas.

Abs

Bruno Beltrão de Souza

Boa tarde.
Desculpa Ricardo mas meu irmão acabou tendo que fazer a PID pelo correio , já nos EUA , por exigência americana.O relato tá no site:viajanteamador.com.Acho que quando se vai com crianças todas as precauções possíveis são necessárias.Eu faria a PID.
Abs, Bruno Beltrão.

Ricardo Freire

Então tá...

Primeiro caso relatado ever de quem não tenha conseguido alugar carro porque estava sem PID. No post da PID há depoimentos de gente que alugou carro na Flórida em que os atendentes nem sabiam do que se tratava. E houve quem arranjasse um link para a lista de países que aceitavam PID, e os EUA não estava entre eles.

Deve ser uma pentelhação específica do estado da Georgia. Se exigissem PID na Flórida todos já saberíamos, porque dezenas de brasileiros alugam carro por lá todos os dias...

Thyago Portela

Pois é... voltei ontem e, pela segunda vez, só precisei mostrar a CNH pra locar carro na Alamo de Orlando.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

O mesmo comigo na Hertz de Miami, semana passada.

Wagner
WagnerPermalinkResponder

Mais um a dar pitaco...
Algumas vezes loquei carro na Florida justamente para me deslocar entre Miami e Orlando.Em quatro (esposa e dois filhos por 2 semanas) saía mais barato que as passagens aéreas e com o plus de ter o carro à disposição. Qto. ao limite de velocidade (e todas as outras leis de trânsito) respeite-as! Já vi tres veiculos "apostando" corrida nesta mesma rodovia e todos os tres serem parados por tres viaturas diferentes ao mesmo tempo.Lá eles não brincam. Carteira de motorista brasileira por trinta dias -pelo menos -vale! .Basta a cópia (xerox) do passaporte pra comprovar ser turista.
Tem mais, eles sabem pela placa se o carro é alugado e todos os dados...

Bruno Beltrão de Souza

Pessoal:

Não quis polemizar, apenas ajudar...Sempre que posso acesso o perguntódromo pois já aprendi muita coisa com ele e se puder ajudar, estou retribuindo...
Até 1 mês atrás na minha concepção, PID = Europa.Agora ao menos sei que na Geórgia exigem a mesma, se alguém for pra lá, já tem mais este dado pra evitar roubadas.
Mais uma vez, só quis colaborar...

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Olá tripulantes:
Não sei se estou no tópico correto(espero que sim), mas vale a pena comprar um Ipad em Orlando?
Existe outra loja de eletroeletrônicos que não a BestBuy?

Obrigada

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Sim, vale. Compre na Apple Store, BestBuy ou Wal-mart, que são os revendodores oficiais.
Eu sugiro comprar na Apple Store, pois é muito mais legal. O preço é tabelado, então não faz diferença.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Gabriel:
a Apple Store fica em algum daqueles outlets?

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Não. Você a encontrará no Florida Mall, que é um shopping que você deve ir. Não existe loja da Apple em outlet em cidade nenhuma.

Thyago Portela

Ou no Mall at Millenia... comprei o meu na Apple Store de lá, no Black Friday desse ano.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Eu também estive na do Mall at Millenia na Black Friday, mas comprei o novo macbook air!

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Valeu pela preciosa dica, Gabriel.

Abs

Ana Paula
Ana PaulaPermalinkResponder

Olá Alessandro,

Nossa Alessandro! Suas dicas são ótimas. Vou para Disney em Abril, e como vou ficar somente 7 dias, estava na dúvida de como montar o planejamento dos parques e compras. Como vão duas crianças fiz um roteiro com os principais parques, tirando o Epcot, pois acho que eles não vão gostar muito. Tenho apenas uma dúvida, como esta corrido gostaria de fazer 2 parques em um dia, pensei no sea worl e hollywood, o que vc acha? Indica outra combinação?

abs

Ana Paula

Niedja
NiedjaPermalinkResponder

Ana Paula, se não tiver jeito realmente e você quiser fazer dois parques no mesmo dia, lhe recomendo o seguinte:

1-) entre nos sites dos parques que você vai visitar e verifique quais são menores e mais próximos para vc reunir em um único dia.

2-) pegue os mapas dos parques antes, leia sobre as atrações do parque, escolha as que vcs irão ver e trace um roteiro dentro do parque, para não perder tempo com isso nos parques e para já percorrer um roteiro razoável, sem dar voltas desncessárias no parque.

3-) Verifique que algumas atrações tem horário marcado (tudo isso vc pode ver pelo site antes) e jáorganize seu roteiro considerando isso.

4-) verifique os horários de abertura e encerramento dos parques, indo primeiro naquele que abre primeiro e deixando o que se encerra mais tarde por último.

5-) se os parques que vc escolher tiverem a opção do ingresso FIRST PASS, "fura-fila", não exite ! Ás vezes é o dobro da tarifa, mas vale cada centavo pago. Com este ingresso vc não pega filas, tem direto a acesso direto às atrações. Considerando que há atrções que possuem filas de mais de 1 hora, imagine o tempo que vc pode economizar com este ingresso !!!

6-) Se programe para chegar ao primeiro parque pelo menos 30 minutos antes do horário de abertura para poder encontrar o estacionamento com facilidade e logo se dirigir à portaria do parque.

7-) compre o ingresso antes, pela internet, par anão perder tempo nas filas de ingresso na entrada do parque.

8-) como estará com crianças pequenas, observe que as filas para alimentação têm horários de pico e lembre que vc também pode perder mais de meia hora só nesta fila. Assim, verifique se o parque tem opção de compra de pacote de refeição, pois estes pacotes dão direito ao "fura-fila" nos resturantes e lanchonetes. Ou procure alimentar as crianças antes dos horários de pico dos restaurantes.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Ana Paula, eu particularmente não recomendo fazer 2 parques em um dia só, principalmente com crianças, pois você acaba não conhecendo nenhum dos dois direito. Só acho que vale a pena para quem já conhece bem os parques e deseja voltar somente nas principais atrações.
De qualquer forma, acho difícil combinar o Sea World com outro parque, pois os shows são demorados e espalhados durante o dia. Apesar de ser um parque mais vazio, essas restrições de horário não favorecem muito a logística. O Hollywood Studios já é mais compacto e menos restrito com relação ao horário, portanto seria uma melhor opção. Se tivesse que escolher, acho que a melhor combinação seria Hollywood Studios com Animal Kingdom, que abre mais cedo e tem menos atrações. Além disso, por serem 2 parque da Disney, você consegue pegar o ônibus interno da própria Disney para trocar de parque, sem ter que tirar o seu carro do estacionamento e facilitando o deslocamento.

ana karina
ana karinaPermalinkResponder

Alessandro

estou mt preocupada com a greve do dia 23 de dezembro.
Embarco dia 23 às 22 horas.
Será que essa greve vai mesmo acontecer??
Ana Karina

Hamilton
HamiltonPermalinkResponder

Sobre ingressos de parques da disney e universal.
Posso comprar os ingressos com mais de um mês de antecedencia ou eles tem validade?

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

O melhor preço é aqui: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=116&t=51
Os ingressos não tem validade. Ele só será ativado ao usar pela primeira vez.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Como o Gabriel já disse, os ingressos não tem validade até serem usados pela primeira vez, quando passam a contar 14 dias de validade. Muitos sites também exigem um mínimo de 7 dias de antecedência para a compra online, como é o caso dos sites oficiais da Universal e Sea World, portanto não deixe a compra para a última hora.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Oi gente:

meu marido e minha filha (16 anos) vão à Orlando e ficarão 9 dias. Quantos dólares vcs recomendam que eles levem?
Eles levarão cartão de crédito(of course),mas e cash? Quanto seria necessário?

Obrogada

Ricardo Freire

Só uma reservinha de emergência, Naila. Tudo se paga com cartão. Não há táxis para pegar. Habilite o cartão do banco para saques, e o dinheiro do dia a dia pode ser sacado em qualquer caixa eletrônico, sem restrição de banco.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Já eu levo pelo menos U$500.00 em espécie. Sempre me perguntam o valor que estou levando e tenho medo de falar um valor baixo e haver desconfiança. Nunca me pediram para provar o valor, mas nunca se sabe.

Ricardo Freire

Por "reservinha de emergência" eu me refiro a algo entre US$ 300-US$ 500. O suficiente se virar dois dias caso todos os outros meios de pagamento dêem chabu simultâneo smile

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Ah tá! Pelo seu "reservinha" imaginei um valor mais baixo!

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Riq:
esqueci de perguntar: os parques aceitam cartão de crédito para a compra dos ingressos?(eles vaõ comprar na hora)

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Não me lembro a última vez que um lugar não aceitava cartões de crédito nos Estados Unidos. Até o estacionamento dos parques você poderá pagar no cartão.
Mas comprar na hora não é a opção mais econômica.

Ricardo Freire

Como o Gabriel disse, aceitam em tudo quanto é lugar. É bom ver o limite e levar mais de uma bandeira.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Gabriel:
nós sabemos sobre a economia em comprar os ingressos antes. Mas como minha filha tem algumas restrições físicas, será bom a liberdade para ir ou não em determinado parque. Vai que ela não está bem em determinado dia, né?
Riq: o marido levará então Itaú e BB.

Meninos, muito obrigada pelas respostas tão rápidas e precisas. Acho que não tenho mais nenhuma dúvida(será?)Mas qualquer coisa eu grito rs

Qdo eles voltarem, darei aqui meu fidibéqui.

Bjs e abraços

Juliana Fleury

Naila, pelo que entendi a intenção seria comprar os ingressos a cada dia, na porta do parque. Sugiro apenas que você veja a opção de comprar ingressos da Disney para um número maior de dias, a exemplo, 4. O ingresso pra 4 dias custa 232 dólares por adulto, ou 58 dólares por dia. O ingresso para um só dia custa 82 dólares por adulto. Esse ingresso de 4 dias te dá direito a entrar em um parque da Disney por dia, durante os 14 dias seguintes à primeira utilização. Ou seja, se sua filha não estiver se sentindo muito bem em um dia, pode ir depois. A diferença entre comprar ingressos para 3 ou 4 dias, por exemplo, é de 6 dólares, o que faz com que valha a pena arriscar a não usar esse 4º dia (o de 3 dias custa 224 dólares). Analise a possibilidade de acordo com as limitações da sua filha, pq a economia pode ser grande.

Ainda, sobre as bandeiras de cartão, no exterior não há diferença entre um cartão Itaú ou BB. O que importa é se é visa, master, american express, etc. Tente levar um visa e um master, por exemplo.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Juliana:
obrigada pelas informções. Vcs aqui do VnV são show!

Bjs

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Juliana:

esse esquema da Disney tb acontece nos parques da Universal? Eles pretendem ir umas 3 vezes...(culpa do Harry Potter!)

Bjs

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Naila,

Tanto na Disney, quanto na Universal, você compra o ingresso com um número X de dias. Nesses dias você vai em quantos parques quiser. Se você comprar o passe da Universal de 14 dias poderá ir os 14 dias seguindos na Universal Studios, por exemplo.
Existe também a possibilidade de comprar um, só que mais caro, que permite que você entre em mais de um parque no mesmo dia.
Os ingressão só são ativados à partir da primeira utilização. Por isso que eu digo qúe é muito válido comprar antes!

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Naila, a Universal também possui esses ingressos, só que a diferença de preço entre os dias é um pouco maior que os da Disney, mas nada demais. Por exemplo, o ingresso de 3 dias custa $15 a mais que o de 2 e o de 4 dias custa $10 a mais que o de 3. Conforme o Gabriel e Juliana já mencionaram, vale muito a pena e o risco é baixo.

Juliana Fleury

Nada mais a acresentar, Naila.
O Gabriel e o Alessandro já falaram tudo. É um risco que vale muito a pena, e eu sempre faço isso, mesmo já tendo perdido alguns dias dos meus ingressos antes.

Jussara
JussaraPermalinkResponder

Estive em Orlando em inicio de dezembro/2010 e gostaria de deixar minha impressão sobre o Hotel em que eu e mais três amigas ficamos. Acredito que poderá ser bastante útil para quem viaja com família porque o mesmo dispõe de acomodações excelentes para grupos.
Ficamos no Lake Eve Resort na International Drive 12.388 já em Lake Buena Vista. O Hotel não está localizado na parte mais movimentada da International Drive,mas como em Orlando o aluguel de carro é quase obrigatório, não vejo isso como nenhum problema. Ainda apresenta a vantagem de estar quase colado ao Premium outlet (para os fanáticos por compras).
Solicitamos acomodação para 4 pessoas e ficamos na "two bedroom platinum suite". São dois quartos, um com uma cama King e banheiro privativo, com banheira de hidro e o outro com duas camas queen. Havia também outro banheiro, sala com sofá (cama) e poltrona, TV grande de LCD, cozinha totalmente equipada, enfim...
Queixaseek serviço de limpeza diária ficava a desejar; front desk meio atrapalhado. Nada que tornasse nossa estadia desagradável.Não sei quanto aos quarto menores porque li algumas reclamações no tripadvisor: http://www.tripadvisor.com/Hotel_Review-g34515-d1204392-Reviews-Lake_Eve_Resort-Orlando_Florida.html
No geral, os reviews são positivos.
E o preço foi bem legal: U$ 711 por 8 diárias e para dividir por 4.
Link do Hotel:http://www.lakeeveresort.com/

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

E eu escrevi uma resenha sobre ele, com muitas fotos, aqui: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=136&t=186

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

Olá Alessandro,
pesquisando sobre onde comprar ingressos para os parques da Disney encontrei esse endereço onde compro ingressos para 03 dias e ganhos mais dois dias. Pergunto: vc conhece esse site, sabe se é confiável?
http://translate.googleusercontent.com/translate_c?hl=pt-BR&langpair=en%7Cpt&u=http://www.orlandofuntickets.com/Magic-Your-Way-Base/&rurl=translate.google.com.br&usg=ALkJrhjNUWUeW_nceoEuWePAMqv2BKKcMQ
P.s- o endereço ficou grande pois estou usando o tradutor on line.

Grata

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Claudia, o Orlandofuntickets é um site confiável sim e conheço pessoas que já compraram por ele e não tiveram problemas. Obviamente que sempre estamos sujeitos e isso não é garantia que você não terá problemas, mas o site é confiável. Eles inclusive possuem vários stands espalhados por Orlando.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Olá pessoal:
Tenho dúvidas com relação às gorjetas nos EUA. Qto devemos dar para quem carrega as malas no hotel? E nos restaurantes? 10% ou mais? É bom levar dinheiro trocado?

Mais uma vez, obrigada

Ricardo Freire

Hoje em dia só vai ter carregador de mala nos EUA num 5 estrelas bem estrelado, Naila. Caso você fique num, dê uns 10 dólares pra ele, por conta do nível do hotel.

Nos restaurantes, dá-se 15% se o garçom não for rude nem derramar nada quente no seu colo, e 20% se você amou tudo de paixão. Dar menos do que 15% significa ter um garçom furioso indo atrás de você na calçada para pedir satisfação. Em Nova York, onde a "sales tax" (imposto agregado à conta que não aparece no cardápio, só na nota) é de 8,85% (ou algo parecido), costuma-se dobrar o valor discriminado na conta, assim fica fácil de calcular.

Pagando com cartão de crédito,a gorjeta é escrita a mão por você no recibo que você assina. Você precisa escrever o valor e pôr o valor total.

Quanto a dinheiro trocado, nos Estados Unidos todos têm alergia a notas maiores que US$ 20. Nota de US$ 100, então, chega a não ser aceita por muita gente, pelo temor de falsificação. Se você tem dinheiro grande, tente trocar no hotel.

Quando você tira dinheiro no caixa automático -- olha aí mais um motivo para sacar dinheiro no caixa automático -- você recebe tudo em notas de no máximo US$ 20.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2010/10/dinheiro-x-cartoes-no-exterior-minha-receita/

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Eu dou pelo menos U$1 por mala. Nos restaurantes dou 15% ou 20%, dependendo do atendimento. Sempre dou goejetas no cartão de crédito, mas se você quiser poderá dar em dinheiro também.
Em táxis também se dá goejeta, de pelo menos 10%.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Riq e Gabriel:

obrigadaç(ss)a mais uma vez.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Gente:
tenho que ter receita médica para todo e qualquer remédio - Novalgina, antibióticos, Dramin(essencial em Orlando), desentupidor de nariz... que estiver na bagagem de mão? Aliás, eles poderão estar na bagagem de mão?
Andei pesquisando pela net e cada site diz uma coisa e como confio mais no pessoal do VNV, continuo perguntando....
Depois do 11 de set ficou tudo mais complicado.
Valeu pela paciência.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Qualquer líquido de até 100ml não tem problemas. Acima disto somente na bagagem despachada. Nunca precisei mostrar receita de nada. Eu levo sempre os remédios na caixa original.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Nunca me pediram receita também, mas sempre procuro levar na mala despachada para não ter problemas. Procuro sempre levar mais comprimidos e líquidos novos e lacrados, para não ter o risco de vazar.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Naila as regras são claras , liquidos na bagagem de mão tem que estar num ziplock pequeno, não podem ter mais de 100ml cada e o total não pode ultrapassar 1 litro. Frascos com capacidade maior do que 100ml , não são permitidos.

Naila Soares
Naila SoaresPermalinkResponder

Gabriel:
e os comprimidos? Tb precisam ser despachados?

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Não. Somente líquidos e objetos cortantes.

Gustavo - Viajar e Pensar

Pessoal, alguém já esteve em Orlando em Agosto e ficou uma semana inteira de chuva? deixou de fazer passeios? Sei que tempo é imprevisível, mas realmente alguém não recomenda esta época?

Questão para um Amigão que me ligou ontem contando que leu ser muito ruim Orlando em Agosto devido tempestades, ele deseja ir com crianças de 2 e 5 anos, pessoal assim pesquisa demais e fica apavorado, entedem?

Confere isto, alguém também acha desaconselhado agosto?

Agradeço os palpites.

Juliana Fleury

Gustavo,

em 2009 fiquei 11 dias em Orlando na primeira quinzena de agosto. Peguei uma chuva muito forte em um dia que estávamos no Animal Kingdom. A chuva passou em 20 minutos, mas foi o suficiente para nos deixar encharcados. Os brinquedos que ficam ao ar livre fecharam por algum tempo, mas como muita gente saiu do parque, depois da chuva ficou bem vazio. Fora esse dia, só chuvas fracas, e normalmente de madrugada. Recomendo levar uma muda de roupa leve, para não pesar muito na mochila. Dessa forma, caso chova tem como trocar de roupa. No entanto, apesar de ter ficado molhada o resto do dia, isso não me incomodou, porque o calor lá em agosto é infernal! Eu não gostaria de ir novamente em agosto, mas não por conta da chuva, e sim por conta do calor e da quantidade de gente nos parques. Mas, indo em agosto, acho que a segunda quinzena é melhor, porque na primeira muitas escolas americanas ainda estão de férias. Senti muita diferença no movimento depois do dia 10, quando os americanos voltaram às aulas. Ficou bem mais tranquilo.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Gustavo, nunca fui em agosto, mas já fui em junho 2 vezes, que pelo Weather Channel é considerado mais chuvoso que agosto, e não tive problemas. Acontece exatamente o que a Juliana mencionou, ou seja, dá algumas pancadas de chuva e normalmente passa rápido, assim como as nossas chuvas de verão. Se você levar uma capa de chuva na mochila não vai ter problemas, mas também dá para ir nesses momentos de chuva nos brinquedos fechados. Além disso, o calor dessa época seca muito rápido a roupa e é até gostoso se molhar. Eu normalmente adoro ir naqueles brinquedos em que você se molha todos para refrescar e fico com a mesma roupa o resto do dia.

Ele deveria estar mais preocupado com o calor infernal e a quantidade de pessoas nessa época do que com as chuvas! smile

Vivian Otero
Vivian OteroPermalinkResponder

Alessandro,

vou fazer Orlando e Miami esse ano, você sugere set/out ou nov, ou qq período nesses meses vale a pena?
Outra dúvida... pretendo fazer os parques e compras em Orlando e um cruzeiro de 4 ou 5 noites de miami para o caribe... O que seria melhor, ir para Miami, fazer o cruzeiro, alugar carro e subir para orlando ou o contrário, começando com Orlando e finalizando com o cruzeiro??? Fico preocupada com a bagagem...
Obrigada desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vivivan! Quanto mais cedo no semestre, mais quente; quanto mais tarde, mais frio. Note que esta é época de furacões no Caribe. As cabines dos navios são pequenas, deixe para fazer compras depois do cruzeiro.

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

Vivian, concordo com tudo que a Bóia disse! Esses meses são todos de baixa por lá.

Thyago Portela

Vivian...

Em 2009, fui no começo de outubro (peguei o Columbus Day 11/10).
Em 2010, fui em novembro (peguei o Thanksgiving).

As duas datas tem vantagens e desvantangens.

Em outubro, achei os parques mais tranquilos, os outlets menos cheios, maior variedade de roupa a venda para nosso clima.

Já em novembro, a cidade estava lotada pro feriado de Ação de Graças, os lojas e outlets viram uma loucura (filas e mais filas nas portas), mais opção de roupa para o frio, mas, em compensação, os preços eram incrivelmente baixos.

Analise isso e escolhe o que for melhor pra você.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalinkResponder

Estive em Orlando em agosto do ano passado. Estava muito calor, mas chovia às vezes. O Aquatica foi fechado por duas vezes enquanto estava lá devido ao mal tempo. Foi o único contratempo. De resto não atrapalhou. Mas ao menor sinal de chuva tudo nos parques fecha.
Agosto é época de férias nos Estados Unidos, então a cidada fica muito cheia e os parques lotados. Não recomendo!
Em compensação rolam as excelentes promoções do Back 2 School.

GABRIEL
GABRIELPermalinkResponder

BOM DIA, EM RELACAO A PAGINA DE COMPRAS DOS INGRESSOS DA DISNEY:

FALEI COM UM BRASILEIRO DE ORLANDO, ELE DISSE QUE DAY NUMBER EH TELEFONE COMERCIAL E EVENING NUMBER EH UM NUMERO PESSOAL, PARA SER CONTACTADO EM HORARIO NAO COMERCIAL.

ABS

E BOAS VIAGENS

Patricia Torloni

Bom dia Alessandro.

Preciso comprar os livros de autografos da disney para os meus filhos quando eu for agora em abril. Sera que eu consigo achar no WallMart ou somente nas lojinhas dos parques? Tem outro lugar tambem que eu possa achar?
Abracos e muito obrigada.
Patricia

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar