Novas regras: dá pra trazer câmera de Miami, mas não do Paraguai

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Imposto de importação

Dia 1° de outubro entraram em vigor as novas regras da Receita Federal para compras de bens de uso pessoal no exterior. Para não deixar dúvidas, o site da Receita traz um PDF com perguntas e respostas. Apesar de ser bem mais legível do que o documento original divulgado há dois meses, o texto contém muitos traços de burocratês.

Vamos ao que interessa:

1) Dá pra trazer câmera fotográfica (mesmo que tenha função filmadora), celular (incluindo smartphone) e relógio, desde que usados pelo menos uma vez. E desde que você não volte com a câmera, o celular e o relógio com que saiu do Brasil. Para voltar ao Brasil com duas câmeras (a velha e a nova), dois relógios (o velho e o novo) ou dois celulares (o velho e o novo) você vai precisar provar que o velho quebrou enquanto você estava lá.

2) Não dá pra trazer computador, iPad ou filmadora sem isenção. Estes entram na cota de US$ 500; o excedente será taxado em 50%.

3) E... tcharam: nada disso vale para viagens ao Paraguai. Está escrito com todas as letras que viagens curtas, de fronteira, sem malas e sem pernoite, não caracterizam necessidade de compras de eletrônicos para uso pessoal durante a estada no exterior. Logo, continua valendo a cota de US$ 300 para viagens terrestres, tudo incluído.

Sempre  lembrando que, ao viajar para Foz do Iguaçu com aparelhos eletrônicos novos (computadores, câmeras), leve a nota fiscal, porque a polícia no aeroporto de Foz pode implicar com você, mesmo se você não tiver nem chegado perto da Ponte da Amizade.

Agradeço ao Victor Hugo, que mandou o link da Receita.

125 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Marcio Nel Cimatti
Marcio Nel CimattiPermalink

Ummmmm sacoleiro não tem direito a isenção. Interessante!!

Cameras não tem limite de megas, valor, etc... ??

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não, só precisa estar usada e ser a única que está na sua bagagem.

Danilo
DaniloPermalink

Ja fiz esss pergunta no aquelapassagem, mas vamos ver o que o pessoal entende...

Do questionário da receita:
8.3. Pode ser aplicada a pena de perdimento a bens trazidos do exterior por viajante?

– Sim. A pena de perdimento aplica-se a bens trazidos do exterior, entre outros, nos casos de:

comprovada a ocultação de mercadorias;

ocultação, pelo viajante, do sujeito passivo, do real vendedor, comprador ou responsável pela operação, mediante fraude ou simulação, inclusive interposição fraudulenta de terceiros;

Então, se eu não declarar um laptop comprado em NY, eles em tese, poderiam “apreender” o laptop??

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eles cobram imposto e multa. Se você não paga, eles ficam a mercadoria.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Complementando a resposta do Ricardo - existem casos em que você realmente pode perder a mercadoria, e que nem pagando a multa você pode reavê-la. São os casos de a) ocultação do produto(colocar o notebook em um fundo falso da mala, ou oculto dentro da lataria do carro, por exemplo) e b) ocultação do real comprador (pagar um laranja para trazer produtos para você, por exemplo).

Outro caso é quando se traz produtos com destinação comercial. Eles também ficam retidos até que se importe de maneira adequada. Como a maneira adequada implica em inscrever-se para atuar como pessoa jurídica importadora, acaba que fica mais caro tirar a mercadoria do que deixar ela lá, então praticamente você perde a mercadoria também. smile

Deise de Oliveira
Deise de OliveiraPermalink

Se câmera profissional entre nesse balaio, fico mais aliviada. 500 dolares é muito pouco!

Renato dPaula
Renato dPaulaPermalink

Sobre trazer um iPad, conversei pessoalmente com um agente da Receita Federal no Aeroporto de Cumbica (SP), e foi me informado que o iPad não entra na lista dos US$500. A exceção da regra é apenas para filmadoras e notebooks. E o iPad não é um notebook.

Márcio Cabral de Moura

Renato,

Eu li em algum canto, acho que foi num "guia" da Folha sobre as novas regras de importação e foi dito claramente que iPad não entrava neste novo limite de isenção, já que ele não é celular, nem relógio, nem câmera fotográfica. Ainda que, na mesma reportagem dizia-se que o Kindle podia ser trazido sem pagar impostos. O problema é que o novo Kindle tem basicamente as mesmas funções que um iPad (exceto ser colorido).

No final das contas, acho que vai ficar ao arbítrio do agente da Receita.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Então, acho que se configura um vácuo jurídico smile Vamos esperar para ver o que acontece...

Flavia
FlaviaPermalink

Ó, até entendo. RF querendo "prever tudo" e sendo boba...aiaiaiai

Halmer
HalmerPermalink

Ricardo,

EStou indo para uma viagem e vou levar minha bicicleta, como faço na volta, eles não vão tentar taxar ela?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se ela estiver claramente usada não há problema.

Márcio Cabral de Moura

Halmer,

Eu gostaria de saber como vai ser a sua logística para levar a bike. Próximo ano eu pretendo fazer uma viagem longo de bicicleta (cerca de 500 km) e estou em dúvidas se levo minha bicicleta ou se compro uma lá fora.

Qualquer informação é útil. Como você vai levar a bike (aquelas malas de bike ou numa caixa de papelão)? Quanto você vai pagar para levar a bike? É preciso entrar em contato anteriormente com a companhia aérea, ou basta chegar no aeroporto com a bike? A bike chegou inteira no destino? etc.

Renato dPaula
Renato dPaulaPermalink

Olá Márcio,
Já viajei de bike e o que recomendo é que não use malas apropriadas para bike para despachar no avião. Isso porque malas são arremessadas pelos funcionários dos aeroportos de todo o mundo, sem cuidado algum. Levando a sua bike fora da mala, eles terão mais cuidado com ela e evitará que jogue e amassem seu quadro. Ainda assim vc corre o risco de ter ela riscada. Por isso eu recomendo que vc encape as partes que deseja proteger, com plástico bolha, por exemplo. O envio de bike como bagagem é cobrado à parte, mas dá pra negociar. Eu nunca paguei.
Quanto a trazer uma bike de fora, estando fora da caixa, montada e clara que já foi usada ao menos uma vez, já é considerada como item pessoal e não entra como item declarado.
Tenho um site de aventuras que tem algumas informações para viajantes: www.doidera.com
Abraços e bons ventos.

Márcio Cabral de Moura

Valeu, Renato!

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Renato

Voce sabe quais as cias aereas internacionais que não cobram pelo transporte da bike?

No Brasil, a GOL não está mais cobrando, segundo informação que me deram no chek in em Congonhas.

Obrigado

Pedro Campos
Pedro CamposPermalink

Olá, só uma dúvida. Por que a policia no aeroporto de Foz iria implicar com qualquer coisa? A alfândega já não teria sido feita nas fronterias da Argentina ou Paraguai? Pode haver uma nova alfândega no aeroporto mesmo prum voo doméstico?? Obrigado

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sim, isso já acontecia antes, não tem nada a ver com a nova lei. É que a bagunça da fronteira é tão grande (pouco é fiscalizado) que eles se acham no direito de intuir que produtos novos podem ter sido comprados no Paraguai ou contrabandeados.

Chico
ChicoPermalink

Minha dúvida é a seguinte: se tiver que pagar os 50% de multa, como é o procedimento? Tem que pagar na hora e em US$ ou tem alguma alternativa para pagar a posteriori? Nesse caso, a mercadoria fica retida?
abs

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Na hora. Reais, cheque, dólares ou débito. Se não pagar, fica retido até você voltar e pagar.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Na verdade, você vai ter que pagar um DARF. O DARF só pode ser pago na rede bancária ou caixas eletrônicos. A maioria das alfândegas de porte possui uma agência ou ao menos um caixa do Banco do Brasil para efetuar este recolhimento. Sendo assim, é bom tomar cuidado se você for correntista apenas de bancos menores ou se entrar no país fora do horário de funcionamento das agências e em pontos de fronteira menores.

Isabel
IsabelPermalink

Vou viajar para EUA com minha filha e uma amiga dela, de 14 anos. No retorno a declaração dos bens dela (nada a delcarar) poderá ser feita em separado? Pretendo trazer um notebook e gostaria de declará-lo, com o pagamento da respectiva multa de 50%. Nesse caso a amiga de minha filha faz a declaração em separado, mesmo tendo 14 anos?

Rodrigo
RodrigoPermalink

Cada viajante, independente da idade, tem direito a cota de isenção pessoal e deve preencher uma declaração de bagagem acompanhada. Assim, ela pode preencher a declaração separada.

Sendo um pouco crica - não se trata de uma multa de 50%, mas sim uma tributação simplificada, ou seja, imposto. Multa só será aplicada caso o viajante tente escapar da tributação - por exemplo, não declarando o notebook.

Cesar
CesarPermalink

Acabou a opção de declarar no aeroporto o que está levando de eletronicos para não ser taxado na volta ?
Exemplo: pretendo levar meu notebook na viagem e está usado. Não posso declarar antes do embarque e levar o comprovante? corro o risco de ser multado caso não o declare na volta ?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Acabou, Cesar. Essa é a maior pegadinha da lei. Eu já tinha alertado para isso quando saiu a notícia, há dois meses.

Se o seu notebook foi comprado no Brasil, então está "tropicalizado", não há problema. Mesmo se for importado por baixo dos panos, porém, não acredito que impliquem se estiver claramente usado.

Giovana
GiovanaPermalink

Comprei um netbook na B&H fotos quando fui a Nova York em maio, peguei a nota mas nao apresentei na alfandega, na volta. Pretendo ir a Miami em novembro e queria leva-lo.Sera q a minha Nota Fiscal de maio ajuda a provar q ele ja eh usado ou so vai complicar pelo fato de eu nao ter apresentado em maio? Corro o risco de ter ser taxada ainda?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ajuda, claro.

Zé Maria
Zé MariaPermalink

Riq, eu tenho um Nokia N97 Mini e estou pensando em comprar um iPhone4. Você acha que ele substitue bem um laptop numa viagem?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu só conheço o 3. Só não uso pra postar no blog (poderia, mas não sei) nem para editar foto (hehe, mas aposto que em breve eles vão rodar Photoshop).

Zé Maria
Zé MariaPermalink

Eu quero sair fora do trambolhão...

Adilson Faltz
Adilson FaltzPermalink

Já tem o Photoshop Express para iPhone e iPad, de graça, da própria Adobe, mas com poucas funcionalidades:

http://mobile.photoshop.com/iphone/

E para iPad, eu recomendo além do Photoshop duas apps pagas: Tiffen Fx - muitos efeitos, alguns simulando filtros reais da Tiffen e o Color Splash, para quem gosta de cutouts - isolar cores em uma foto, deixando o resto em preto e branco.

http://www.flickr.com/photos/adilson_faltz/sets/72157624923979123/

Sabrina
SabrinaPermalink

Estas novas regras possibilitam que nós, turistas, possamos trazer produtos de uso pessoal sem o pagamento de impostos e, quando este faz-se necessário, possa ser trazido sem ser considerado contrabando, já que foi declarado.

Neste link também temos informações sobre as novas regras de importação: http://blog.hoteismabu.com.br/2010/10/01/novas-regras-para-importacao-de-produtos/

Junior
JuniorPermalink

Maquinas fotográficas DSLR (profissionais) estão isentas. Agora: Como ficam as lentes? Sem elas a máquina não funciona e vice-versa. Podemos trazem mais de uma com caracteristicas diferentes?

Outra dúvida, as DSTs antigas continuam valendo?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Sim, as declarações de saída antigas esquentam a câmera.

Mas não adianta trazer a antiga com declaração e uma nova -- a nova sai fora da cota.

Acredito que eles implicarão com lentes sobressalentes. Mas não está claro, como muitas outras coisas que só se verá na prática.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Eu já acredito que eles não devam saber se a lente vem junto com a câmera ou não.

Thiago
ThiagoPermalink

Na página 10 do PDF da Receita é dito algo sobre GPS:

"...assim entendidos os itens que não são necessários para o funcionamento normal do veículo automotivo, constituem bagagem (ao contrário das partes e peças) e por esta razão podem ser desembaraçados com isenção dos tributos incidentes sobre a importação de bagagem de viajantes"

Isso quer dizer que podemos trazer um GPS sem pagar imposto?

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Como sempre a lei brasileira dá abertura para diversos tipos de interpretações.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Não, isso quer dizer que o GPS é permitido - ao contrário de peças automotivas em geral como volantes, motores, etc. que são sumariamente apreendidos.
O GPS entra na sua cota de US$ 300 ou US$ 500, dependendo se você entrou por via terrestre ou aérea. Se o GPS somado a outros produtos ultrapassar esta cota, você terá que pagar 50% do valor excedente a título de impostos.

Rodrigo
RodrigoPermalink

Estarei indo para Buenos Aires e logo em seguida Foz do Iguaçu. Como poderei usar minha cota de isenção? somente 300 dolares no paraguai? se comprar algo em free shop na argentina, perco o direito de usar a isencao no paraguai mesmo sendo de pequeno valor a compra?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

A cota é só para eletrônicos. O resto todo está de fora. No Paraguai você só pode trazer 300 dólares em eletrônicos. A cota para compras no exterior é mensal.

Rodrigo Leal
Rodrigo LealPermalink

Pessoal,

Ainda não está totalmente claro!!!
Caso eu passe um mês no exterior, e no primeiro dia eu compre uma camera de 1000 dólares. Eu preciso declarar essa câmera? Ou ela entra como bagagem pessoal, mesmo tendo uma nota fiscal estrangeira e ultrapassando o valor máximo da cota???

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Se você não tiver mais nenhuma câmera com você, e se ela vier fora da caixa e tiver sido usada, ela está dentro da isenção, não importa o valor.

Suzana
SuzanaPermalink

Olá, Ricardo
Acredito que possa ter algum comentário sobre o assunto que vou perguntar, mas são 80 comentários, e não tem como eu ler tudo e procurar o que preciso. Espero que possa me esclarecer.
Sobre as máquinas profissionais compradas no exterior. Foi dito que se vc estiver indo sem nenhuma máquina, pode voltar com uma comprada fora, desde que tenha sido usada lá, esteja fora da caixa, etc. E se eu já estiver indo com uma máquina, eu teria q deixá-la lá, certo?
Eu e meu marido vamos pra Inglaterra mês que vem, e vimos que as máquinas estão com valores muito melhores lá do que aqui. É provável que eu leve a máquina da minha cunhada emprestada, e mais nenhuma outra. Podemos trazer uma máquina nova de lá, alegando ser de uso do meu marido (ou meu uso), e manter a máquina levada, sem problemas? Essa norma seria por pessoa, né?
E essas regras são para todos os países?
Muito obrigada!
Suzana

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Suzana! Aqui quem responde é A Bóia. A regra é uma por pessoa. Vale para todos os países desde que você chegue por via aérea.

Suzana
SuzanaPermalink

Bóia,
Obrigada pela ajuda novamente!
Suzana

Zeny Andrade
Zeny AndradePermalink

Boa noite!

Estou situada na interior da Bahia, gostaria de saber quais são as normas para ir a Maiami fazer compras de roupas.

Aguardo retorno.

Atenciosamente.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Roupas para uso pessoal e em quantidade adequada não entra na cota.

Petter Campagna
Petter CampagnaPermalink

Olá!
Como ficaria para trazer um par de lentes para minha camera tendo um total de U$ 700,00. Lentes entram na cota dos 500? Ou se fosse apenas uma lente? A máquina nÃo viria apenas a lente mesmo.

Aguardo retorno
Abç
Petter

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Petter! Traga a lente montada na máquina e torça pelo melhor!

Anderson Bastos
Anderson BastosPermalink

Viajarei para o Chile em junho..pretendo ficar hospedado em Santiago, qual a melhor opção de hotel ( custo/benefício )e quais as melhores opções de passeio, em cinco dias de estadia?
Vale a pena ir ao Atacama?
Devo levar casaco "pesado" ou é melhor comprar lá?
Um forte abraço.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Anderson! Você está no post errado! Veja as dicas de Santiago na página da cidade: https://www.viajenaviagem.com/americas/santiago-ricardo-freire/

Leandro
LeandroPermalink

olá a todos não sei se estou no post certo mas la vai minha experiência, ontem fui para foz e passei no paraguay para comprar uma lente 85mm e um flash 580 EX II, bem eu comprei e perguntei como funcionava para declarar enfim, a vendedora me disse "ah tem como fazer um nota com o valor menor ai vc declara com o valor mais baixo" então pensei nossa será que vai rolar bem eu peguei a dba e declarei os produtos, na lente eu coloquei um valor de $50 a menos e no flash $30 mais baixo do valor real, mas não sabia que eles nem pediam a nota, ela simplismente pegou os produtos e foi pesquisar não sei se foi em algum site ou banco de dados sei la de quem, resumo ela disse "olha o flash é $529 e a lente $409" mas não foi isso que eu paguei ela nem quiz conversa fez os calculos e mandou eu pagar uma taxa de R$506,00 nossa como pode
simplesmente estipular um valor da mercadoria e sempre para um valor superior a que paguei mais, tipo estou com um produto e a nota não serve para nada sem nemhum valor...e mais ela me disse que sempre tenho que levar comigo o comprovante da dba se não meu equipamento pode ser apreendido, ah outra coisa perguntei sobre a camera fotografica de não precisar declarar ela disse que não funciona tenho sim que declarar e pagar os impostos, mas falei se eu vim para o paraguai e ficar uma semana e comprar a maquina ela é de uso pessoal mas não deve jeito ela disse "Não vc vai pagar os impostos" então é melhor não arriscar.

Daniel
DanielPermalink

Só uma duvida pessoal, seu eu for para o Paraguai de onibus, comprar minha camera e voltar de avião de la do Paraguai e nao de Foz, voo direto Paraguai - Brasil, entao além de minha cota aumentar de 300 para 500 dolares, eu nao precisarei declarar minha camera, pois estarei vindo por via area e nao terrestre, estou certo???

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! Sim, você está certo!

Daniel
DanielPermalink

E como devo traze-la??? Jogo a caixa fora e trago ela pindurada no pescoço com minha bagagem de mão? Não pretendo trazer mais nada alem de uns cartões de memória,,,preciso fazer alguma declaração?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel. Jogue a caixa fora e use a câmera antes de embarcar.

Daniel
DanielPermalink

Ultima dúvida, no aeroporto da cidade do leste eu consigo comprar a passagem com R$ ou tem que ser em US$ ou Guarani???

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniel! Compre sua passagem no site da TAM. Há vôos diretos de Ciudade del Este para o Brasil (São Paulo, com conexões). A cidade está discriminada como Cidade do Leste.

Isa
IsaPermalink

Olá!
Como é o esquema de alfândega no aeroporto de Foz para vôos doméstico?
Eles param todas as pessoas? Ou escolhem algumas?
Na verdade nao estou levando nada demais, mas cada um fala uma coisa...um fala q tem outro que nao tem e outro que eles param e pedem nota de tudo.
Procede?
Agradeço a ajuda!
Att

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Não há imigração em voos domésticos.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gabriel! Realmente não há imigração, mas a polícia federal tem o costume de averiguar a bagagem de passageiros. Pode dar problemas com equipamentos novos e sem nota.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Isa! Vai da sorte/azar da pessoa, mesmo!

Isa
IsaPermalink

Obs: gostaria de levar um netbook q ultrapassa um pouco a cota, mas nao quero correr o risco. De resto nao teriam outros produtos fora camera simples, propria e usada.
Obrigada

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Declare, senão você nunca mais poderá levá-lo para fora do país, sob o risco de ter que pagar o imposto em uma viagem futura. Se ultrapassa pouco é mais um motivo para declarar, pois o imposto será mínimo.

Victor Hugo
Victor HugoPermalink

Deixa eu só fazer um comentariozinho: Ontem pela manhã ouvi uma chamada no Bom Dia Brasil sobre novidds da Receita para viagens ao exterior. Pensei: ué, mudou de novo? Mas n tive tempo de ver do que se tratava. Hoje pela manhã fui dar uma conferida no site e a matéria trata, justamente, sobre isso que vem sendo discutido aqui desde outubro! http://migre.me/4v5Bb grin

dimitryushakov
dimitryushakovPermalink

ola,galera, pelo visto eh melhor pra fora do
pais como turista jah c/equipto+NF brasileira,
e voltar com mesmo equipto tb descobri ke
preço do prodouto+imposto = ao preço do mesmo
produto aki na revenda oficial (nikon,Canon),
+ preço da pssgm entao sai ateh mais caro
do que comprar no brasil em especial caso
comprar no paraguay abço dimitry

Neuri Weber
Neuri WeberPermalink

Como tá hoje esse negócio das camaras digitais? Entra ou não entra na cota? Tô numa indefinição danada, se entrar na cota a minha viagem não vale a pena. Obs.: Compra via terrestre no Paraguay;

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

A regra é clara e está no texto!

Pedro Gabriel
Pedro GabrielPermalink

Ai galera, um amigo meu vai pros EUA esse mes , ele vai trazer um iPad 2 pra mim , como faço pra não pagar imposto? Se ele trazer na mão , usando , ele vai pagar? Eu disse pra ele tirar um monte de fotos com ele , e dizer que é dele , ´ra uso pessoal , assim ele nao vai pagar imposto né? ( O que ele vai trazer é o mais barato , que custa 500 dolares ) Eai?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Pedro! Se pegarem o seu amigo, vai pagar sim.

bruno
brunoPermalink

Ola, estou com a seguinte duvida, Meu amigo ira viajar para os Estados Unidos passar 15 Dias la, e eu pedi para ele trazer uma placa de video Geforce 590 Gtx que custa 749 Dolares, esta livre de impostos? ou posso traze-la sem medo por ser uma peça de uso pessoal, que posso dizer que utilizei la nos estados unidos ou levando sem a caixa e sem nada so ela pura envolta do plastico que a proteje?? e caso nao seja permitido, correr o risco de pegarem e pagar imposto quanto é que eu irei pagar a mais ??

Obrigado!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Tem que pagar o imposto. Se não pagar, multa de 100% em cima do que passar da cota.

tiagocas
tiagocasPermalink

Olá, se eu comprar uma câmera fotográfica profissional, jogar a caixa fora, tirar fotos e pernoitar em foz, tem alguma possibilidade de minha câmera ser apreendida?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tiago! Sim, existe esta possibilidade. Você vai ter que alegar que já tinha essa câmera antes de viajar a Foz.

tiagocas
tiagocasPermalink

Mesmo alegando, ainda assim vai depender do fiscal né? Se ele exigir a nota fiscal e não apresentar ele pode apreender?......no aeroporto não dá mais pra pagar os 50% e continuar com o equipamento?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tiagocas! Se você quiser regularizar a compra, faça isso na fronteira Brasil-Paraguai!

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Se não declarar e for pego a multa sobe para 100%.

karen
karenPermalink

Olá,

Pretendo ir a Ciudad e me hospedar no Acaray, iria de avião de SP e voltaria do mesmo jeito, fazendo isso a cota aumenta para $500, certo? E caso compre uma câmera dslr e a use durante a estadia, poderia voltar com ela normalmente, não é mesmo?

Outras dúvidas: tudo em Ciudad é pago em dólares? E no caso de táxis?

É fácil fazer o passeio para ver as cataratas estando lá?

Agradeço as respostas antecipadamente!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Karen! De avião a cota sobre para US$ 500 e você pode trazer sua câmera desde que esteja dentro da cota, fora da embalagem e usada.

A moeda do Paraguai é o guarani. Aceitam-se dólares e reais comumente.

Sinceramente, nos parece um mega programão de índio só para poder comprar uma câmera, mas você é que sabe...

Para saber sobre Foz do Iguaçu, vá à nossa página-guia:
https://www.viajenaviagem.com/destino/foz-do-iguacu/

karen
karenPermalink

Ah, a câmera seria só para aproveitar a viagem, meu marido quer comprar outras coisas fazendo a declaração na alfandêga, ele acha que ainda compensa. Nunca pensei que um dia poria os pés em Ciudad. Preferia passear pelo lado brasileiro, mas acho que vou ter que fazer isso do lado de lá. Espero que o hotel ofereça algum tour, pois não quero ficar procurando táxis para atravessar a ponte.

Obrigada, Ricardo!

karen
karenPermalink

Esqueci de perguntar se preciso tomar a vacina contra febre amarela. Imagino que não, mas como entro por via aérea, é melhor saber.

Obrigada,

Karen

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Karen! Nâo é preciso.

Fabricio
FabricioPermalink

Com a febre amarela vc pode ficar despreocupada, mas em relação a outras coisas como a propria comida e as "iguarias" que se vende, tome o máximo de cuidado e não de a minima atenção ao pessoal na rua que vão te colocando as coisas sem nenhuma permissão.
Em relação as compras, escolha lojas de confiança, que ja tem ótimos preços e não vai levar nada falsificado ou até mesmo tijolo! Pode-se dizer que é um pouquinho mais caro que nos EUA.

Valeu, Fabrício

bizu de viajem
bizu de viajemPermalink

quando for a rivera e comprar camera ,ja compre o cartão e saia ustirando fotos,assim o agente não vai implicar.... e mais ,leve mais pessoas para aumentar a cota total,inclusive criança com documentos...boa sorte...

Pedro Gabriel
Pedro GabrielPermalink

Olá de novo amigo, tipo, ela vai trazer um Macbbok para ela e o ipad 2 para mim, ela pretende declarar o mac e pagar os impostos e o ipad ela também vai declrar mas vai trazer fora da caixa,e usar ele na viajem para comprovar que foi feito o uso dele durante a viajem, será se assim não tem mais chances dela passar sem pagar os impostos?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Pedro! iPads não estão fora da cota, mesmo se usados. Leia o texto, está claro grin

ederrson
ederrsonPermalink

estou indo hj ao paraguai só q de excursão queria comprar um dvd para carro q custa 565 dolares será q teria nescessidade de declarar ele sendo q é para uso proprio pois se declarar aumenta mto o preço e compença comprar aqui.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ederrson: um DVD de 565 dólares está fora da cota de 300 dólares.

Ricardo Santos
Ricardo SantosPermalink

Olá a todos, eu pretendo comprar uma camera semi-pro ou pro, CANON 7D no paraguai e to morrendo de medo de perder, sendo que ela não seria para fins comerciais, e sim para profissionais e pessoais. Como preciso muito dela to considerando o risco, e pretendo comprar minha passagem para foz em breve...
Devo pagar taxas?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ricardo! Como você pode ler no texto, ela está fora da cota isenta.

Miguel
MiguelPermalink

Comprei uma câmera profissional no Paraguai há um mês e já usei bastante. Nao tenho declaração desta câmera (apenas a NF da loja paraguaia que não serve pra nada). Vou a Miami daqui a duas semanas e queria saber se vou ter algum problema na ida ou na volta se levar a máquina. Acredito que na volta posso inclusive dizer que comprei em miami para uso pessoal. Certo?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Miguel! Se você estiver com apenas uma câmera não vai dar encrenca, não precisa nem mentir. smile

Patrícia
PatríciaPermalink

Olá! vou para miami e pretendo levar minha filmadora (que vou declarar pois tenho a NF), quero comprar uma camera profissional e usá-la durante toda viagem (vou para disney e NY), preciso declara-la na volta ou posso alegar uso pessoal?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Patrícia! Não importa o valor da câmera fotográfica -- sendo apenas uma, e tendo sido usada durante a viagem, ela será considerada de uso pessoal e não entrará na cota dos 500 dólares.

Patrícia
PatríciaPermalink

Que ótimo então! posso trazer sem me preocupar... tenho outra dúvida... minha irmã vai tb, e queriamos comprar uma camera digital à prova d'água e outra camera comum... pode dar problema?

e sobre relógios... por exemplo se não forem caros (não ultrapassem de 500 dolares... posso trazer qnts quiser? (diferentes)) pq se eu quiser viajar com mais de 1 relogio não posso? tenho que declarar? e sobre oculos de sol? tb tem problema?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Patricia! Cada pessoa pode passar com uma câmera e um relógio. Mais do que um, o fiscal poderá encrencar se achar que são novos e você está ultrapassando o limite de 500 dólares para compras no exterior.

Patrícia
PatríciaPermalink

mas se no caso os relogios... e as cameras nao ultrapassarem os 500 dolares??? e eu mostrar as notas?!

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Patrícia! Se não estourar a cota dos 500 tudo bem, desde que no limite do razoável. 50 relógios de 10 dólares não dá smile

edu
eduPermalink

ola galera!
obrigado pelos coments.

A lei brasileira de clara nao tem nada...
Qual a melhor forma de trazer minha DLSR e lentes do paraguai sem riscos?
Ao Desembarcar em foz , posso voltar avioao do PY pra SP no mesmo dia? qual o pernoite minimo?
É verdade que posso trazer 1 corpo e 1 lente (ex 70-200 ), que ficaria fora da cota e o resto ( lentes ,grip , flash ) entraria na cota certoou posso trazer + uma lente ex 50mm e flash?
Obrigado!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Edu, por via aérea você pode fazer isso, sim.

Artur Ista
Artur IstaPermalink

Olá pessoal! Quero ir para Posadas, na Argentina, e dali atravessar a fronteira e comprar uma máquina fotográfica no Paraguai. Tudo no mesmo dia. A lei fala em objeto de uso pessoal e 'circunstâncias da viagem'. Assim, se não tenho bagagem e a viagem é só de um dia, os fiscais poderiam apreender a máquina.
Só que, se para sair eu não sou obrigado a declarar se tenho uma câmara, como eles podem saber se eu não tinha antes?
E outra pergunta, tenho que pagar imposto ao entrar na Argentina?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Artur! Esta regra vale para contribuintes brasileiros voltando ao Brasil. Ninguém na Argentina vai perguntar onde você comprou a sua câmera grin

NAVAL - TOLEDO/PR
NAVAL - TOLEDO/PRPermalink

Uma duvida: um notebook que custa 500 dolares, quando eu for legalizar a entrada dele, vou pagar 200 reais de imposto?

Usando esse cálculo: 500 dolares - 300 cota terrstre = 200 dolares x 2,00 (cotação do dolar) = 400 reais (sobre estes 400 é que é pago so 50% do imposto) resultado= 200 reais de imposto para pagar.

(fiz uma simulação usando a cotação aredondada para 2,00 reais pra ficar facil o cálculo)

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Sim. Sempre 50% em cima do que passa da cota.
Eu explico em detalhes aqui as regras, de forma simples: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=224&t=2127

orlando
orlandoPermalink

Só tenho uma duvida! Quando eu for voltar de Foz para São Paulo (as 19 horas), como é feita a fiscalização pela Pol. Federal no aeroporto? É feita uma fila com os passageiros e cada é revistado ou é escolhido alguns para fazer a revista?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Orlando! É aleatório. Pode nem rolar...

rodrigo
rodrigoPermalink

é o seguinte, vo levar minha máquina pessoal pra tirar umas fotinhas no embarque daqui pra lá.... e pra registrar a minha chegada lá tb... ai vem a dúvida.... quando chegar lá , quero comprar uma bem mais maneira do que a que eu tenho... posso trazer a nova ( que irei comprar ) e mandar a minha antiga pelos correios pra não dar problema, ou corro o risco de ter que pagar taxa pela minha câmera velha que vo mandar de lá pra cá quando ela chegar aqui no brasil pelos correios ?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rodrigo! Pra que complicar tanto a sua vida? Tire as fotinhos do embarque no celular mesmo, e desencane dessa operação toda!

rodrigo
rodrigoPermalink

Boa !!!! adorei a resposta.. ótima idéia..... como eu não pensei nisso.. rsrsrsrrs

Roger de Paula
Roger de PaulaPermalink

Pessoal, alguém sabe como é fiscalização em Brasília? Já voltei pelO Galeão e Cumbica e foi bem tranquilo. Vou voltar de Miami por por lá e gostaria de saber se e a alfandega de lá é muito rigorosa. Alguém já voltou do EUA por BSB?
Obrigado!

Gabriel S. Vezali
Gabriel S. VezaliPermalink

Olá! Estive buscando informações sobre o que é e o que não é indicado como sendo itens de uso pessoal, e em cada lugar vejo uma resposta diferente. Eu irei viajar para a Inglaterra ano que vem, e a cota também é de 500 dólares, porém eu quero comprar uma câmera semi-profissional no valor de 650 libras aproximadamente (uns 1000 dólares). Ela é uma câmera semi-profissional, mas ela será um item de uso pessoal para mim, apenas para saciar um hobbie que eu tenho.

Será que esse item poderia ser isento? Na alfândega?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gabriel! A discussão mais fresquinha sobre esse assunto está neste outro post:
https://www.viajenaviagem.com/2011/10/compras-no-exterior-conheca-limites-isencoes-e-impostos/

Não deixe de ler também os comentários!

Fausto
FaustoPermalink

Olá, estou em Roma e gostaria de comprar um bicicleta usada aqui, ela deve valer uns sete mil reais, não existe nenhuma possibilidade de me darem nota por ser usada, como faço para passar na receita?
Corro o risco de taxarem algo, mesmo sendo usada?

Muito obrigado

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fausto! Corres o risco, sim. Aproveite que é usada e peça um recibo informal por um valor baixo.

georg
georgPermalink

Boa tarde!!!Quero comprar uma bike p meu uso no paraguai...qual a melhor maneira de traze-la?posso trazer como bagagem de uso pessoal?Mesmo sendo p uso proprio tenho q pagar o imposto?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Georg! Bicicletas pagam imposto.