Tivoli EcoResort Praia do Forte: eco-chique

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Tivoli Eco Resort Praia do Forte

Desde que inaugurou, em 1985, o Tivoli Eco Resort Praia do Forte é um dos hotéis de praia mais desejados do Brasil. O resort foi a ponta-de-lança do modelo de ocupação de baixo impacto ambiental da Praia do Forte -- que hoje é a mais organizada das vilas de praia próximas a uma capital. O mentor do modelo (fundador do resort e dono da maioria das terras posteriormente loteadas), o paulista Klaus Peters, vendeu o resort ao grupo português Tivoli em 2006.

De lá para cá, os portugueses deram um belíssimo banho de charme no resort. A antiga rusticidade espartana (ou alemã?) está confinada aos apartamentos standard. Os ambientes sociais e apartamentos master permitem que você esqueça que está num resortão e se imagine num hotel de luxo.

A pulseirinha de identificação foi abolida. Não há um único móvel de plástico em todo o resort -- nem mesmo na piscina. Desapareceram o código de regras e as placas que ensinavam o hóspede a se comportar (e que me incomodavam muitíssimo). A gastronomia está tão sofisticada que dá para usar esse termo mesmo -- gastronomia.

O resort não funciona com sistema all-inclusive e os extras não são baratos -- mas são compatíveis com o luxo proposto pelo hotel.

A localização

Xangô, orixá da Praia do Forte

Imediatamente ao sul do vilarejo da Praia do Forte. O pórtico de entrada fica na estrada de acesso ao centrinho. Pela areia, chega-se em vinte minutos à prainha da igreja (onde está o Projeto Tamar). Um tuc-tuc (uma  minijardineira montada num chassis de romiseta) ao centrinho sai R$ 15. O aeroporto de Salvador está a 55 km. Os primeiros 40 km são duplicados.

A praia

A praia do Tivoli EcoResort Praia do Forte

Tivoli EcoResort Praia do Forte

É um dos pouquíssimos resorts do Brasil que pode dizer que está instalado na melhor praia da sua região. Klaus Peters escolheu a dedo a posição do hotel, numa enseada de mar calmo e com uma bonita curva à esquerda. A praia só não está perfeita para banho quando há sargaços em demasia -- não é freqüente, mas acontece. À direita o mar é mais encrespado e tem ondas pequenas ideais para surfistas iniciantes. A praia à direita é totalmente deserta. Na maré baixa dá para caminhar até o rio Pojuca, em Itacimirim (leva-se pouco mais de uma hora até lá).

Outra marca registrada do resort é o gramado onde se espalham as espreguiçadeiras -- bastante copiado no litoral norte baiano.

As instalações

Tivoli EcoResort Praia do Forte

O hotel é formado por blocos que se sucedem num eixo paralelo à praia, a uma distância ecologicamente correta do mar. No bloco central estão o lobby e a ala de lojinhas. Perto dali (há um bloco de apartamentos master no meio) fica o complexo com piscinas, bar, anfiteatro e restaurante principal.

Tivoli EcoResort Praia do Forte

Entre os blocos e a praia, mais perto da areia, estão a piscina tranqüila, dois restaurantes, um lounge de praia e o centro náutico.

Atrás dos blocos ficam o kid's club, o spa e as quadras de esporte.

Os apartamentos

Tivoli EcoResort Praia do Forte: apartamento master

São quase 300, esparramados por vinte pequenos blocos de dois andares, sem elevador.

Tivoli EcoRecort Praia do Forte: apartamento master

Todos os apartamentos já foram renovados. Os master têm salinha, e as suítes deluxe, sala separada e jacuzzi integrada ao quarto. A TV é de LCD. Na sacada (no andar de cima) ou varanda (no térreo) você encontra, além da rede, poltronas confortáveis. As suítes deluxe ficam na ala sul (à direita do lobby, olhando para a praia) próximas à piscina calma. Os apartamentos master podem estar perto da piscina calma, ou então entre o lobby e o restaurante, e também na ala norte (à esquerda do lobby, olhando para a praia) -- onde estão a piscina de atividades, o kid's club e o spa. Os apartamentos master mais distantes são os master spa; mas os hóspedes destes apartamentos podem usar a piscina do spa, que é vizinha.

Os apartamentos standard têm sacada (no segundo andar) ou varanda (no térreo) com rede. Estão todos na ala sul (à direita do lobby, olhando para a praia). Os mais distantes são os standard plus; hospedando-se no standard-standard você economiza três blocos de caminhada.

Piscinas

Tivoli EcoResort: piscina principal

Há piscinas em quatro pontos do resort. Próximo à recepção, na ala norte (à esquerda de quem olha para a praia) fica o complexo de piscinas de atividades. Ali há música e acontecem as aulas de hidroginástica. Não há bar molhado.

Tivoli EcoResort: piscinas principais

Longe dali, mais ou menos à altura das suítes deluxe da ala sul (à direita de quem olha para a praia) fica a piscina tranqüila. Não há música e não é permitido ir com crianças. Dentro d'água há sensação de borda infinita.

Tivoli EcoResort Praia do Forte: piscina calma

Tivoli EcoResort Praia do Forte: piscina calma

Tivoli EcoResort Praia do Forte: piscina quieta

O spa também tem sua piscina, que pode ser freqüentada por quem contratar algum tratamento no dia ou estiver hospedado nos apartamentos master spa. A música é de relaxamento.

Tivoli EcoResort Praia do Forte: a piscina do spa

O quarto ponto onde há piscinas é o kid's club.

Kid's club

Tivoli EcoResort Praia do Forte: kid's club

O clubinho -- chamado Careta Careta -- fica atrás dos blocos da ala norte (à esquerda do lobby, olhando para a praia). O espaço é amplo, tem duas piscinas, playground e brinquedoteca. Os tios fazem atividades também fora de lá.

Copa do bebê

Fica dentro do Kid's Club. Tem frutas, leite e pós. As papinhas são servidas no restaurante.

Refeições

Tivoli EcoResort: restaurante principal

O resort funciona no sistema meia-pensão, com jantar (incluindo cerveja e refrigerantes consumidos no jantar).

Estação de risoto no Tivoli EcoResort

O buffet da noite, que sempre foi um dos pontos altos do hotel, está ainda melhor -- visivelmente mais sofisticado. Na noite em que estive, além das tradicionais estações de massas e grelhados, havia um cozinheiro encarregado de fazer risoto de frutos do mar na hora, aos poucos, numa panela pequena.

Arroz de pequi!

Entre os pratos quentes na minha noite havia muitos que usavam ingredientes brasileiros: purê de mandioquinha, lasanha de carne seca, arroz de pequi, tempurá de quiabo (espetacular).

Buffet de sobremesas, Tivoli EcoResort Praia do Forte

(Ah, sim: foi o único buffet de resort em que encontrei arroz integral!)

Tivoli EcoResort Praia do Forte:restaurante Tabaréu

O almoço pode ser feito em dois restaurantes. O principal restaurante do dia é o Tabaréu, próximo à praia, à altura das piscinas de atividades. A pedida por ali é a pizza (sim, tem pizza de dia). Na piscina, tem baiana de acarajé.

Bar do restaurante À sombra do coqueiral

Junto à piscina calma fica o outro restaurante, À Sombra do Coqueiral. Tem um cardápio de petiscos semelhante ao Tabaréu e pratos como moqueca, carne de sol e picanha.

Uma opção mais econômica -- e muito divertida -- de almoço é ir à vilinha da Praia do Forte comer nas barracas da praia da igreja ou nos restaurantes da vila. Pela areia são vinte minutos (mais agradável na maré baixa). De tuc-tuc, cinco minutos. Vá de um jeito, volte de outro.

Bebidas

Em 2010, quando estivemos da última vez, havia cervejas e refrigerantes de todos os fabricantes. Se este é um item essencial na sua escolha, recomendo contactar diretamente o hotel para informar-se sobre o acordo atual.

Refrigerante, cerveja e água de coco estão incluídos no jantar.

As barracas de praia mais próxima estão a vinte minutos de caminhada, na vilinha da Praia do Forte.

Entretenimento noturno

Há música à beira da piscina à noite -- reproduzido pelas caixas de som do restaurante. Pode haver algum show folclórico no anfiteatro.

O spa

Piscina de seixos no Thalasso spa do Tivoli EcoResort Praia do Forte

Seu diferencial é estar baseado na talassoterapia -- tratamentos com água do mar em diferentes temperaturas. Há um circuito de piscinas a ser feito -- uma delas, com seixos. Para usar as piscinas é preciso comprar um day-use do spa (R$ 60) ou então alguma massagem (nesse caso, o uso do spa durante todo o dia do tratamento está incluído). Hóspedes dos apartamentos master spa tem o uso do spa incluído (mas precisam pagar os tratamentos à parte).

Sala de ginástica

Tivoli EcoResort Praia do Forte: sala de ginástica

Fica próxima ao spa e é toda aberta, rodeada por folhagens.

Centro náutico

Aproveita as boas condições do mar em frente para alugar caiaques e equipamento de vela. Há programas de mergulho nos corais em frente (quando a visibilidade permite) e nas proximidades. Também oferece aulas de surf. Todos os serviços são cobrados à parte.

Um cantinho

Tivoli EcoResort Praia do Forte: lounge Chandon

O lounge Chandon, quase pé-na-areia.

Passeios

Existe uma agência de receptivo na ala de lojinhas.

De todo modo, minha recomendação é alugar um carro. Você vai ter total mobilidade para ir à vilinha da Praia do Forte quando quiser, e vai poder fazer os passeios da região (Itacimirim a 5 km, Imbassaí a 10 km, Massarandupió a 30 km, Mangue Seco a 160 km, Arembepe a 30 km) no seu ritmo. O Pelourinho está a 85 km.

Entalhe do Doidão

O hotel Tivoli EcoResort, na Praia do Forte...

  • É para você: que curte a estrutura, mas não curte o ambiente massificado dos grandes resorts.
  • Talvez não seja pra você: que está procurando uma pechincha.

Leia mais:

141 comentários

zuzu
zuzuPermalinkResponder

Riq
Eu amo este hotel!!! Amei o post!

zuzu
zuzuPermalinkResponder

Riq, só uma coisa: quando fui lá em outubro de 2006, todos os adultos podiam usar o spa, independente de tratamento ou day -use. Eu estava no apto espartano(rsrs)e usei assim mesmo.
Uma pergunta: pelo fato da academia estar no espaço do spa, como se faz para usá-la? Tem que pagar o day use ou fazer algum tratamento? Porque , me lembro bem, que tem a recepçao do spa, depois a acdemia e a sala de spinning.
Será que os hóspedes "normais"ou que nao paguem day use ou façam tratamento no spa nao podem usar a academia ?

Ricardo Freire

A sala de ginástica fica do lado do spa, mas tem entrada independente. Todos os hóspedes podem usar sem sobretaxas.

E só quem usa o spa na faixa são os hóspedes do setor "master spa". Os master também precisam pagar.

Edu Cama
Edu CamaPermalinkResponder

Riq,
Com certeza o melhor Resort do Brasil. A comida é maravilhosa e eles sabem como cuidar das crianças. Grd abraço.

Sut-Mie
Sut-MiePermalinkResponder

Para mim tb é uma dos melhores! Tanto na estrutura toda, as piscinas, praia, proximidade da vila, comida e áreas para crianças!
Realmente, não é uma pechincha, é puro luxo!
Estou adorando essa sua série dos resorts!

Simone Lobo
Simone LoboPermalinkResponder

Perfeito! Apesar de resort não ser minha praia, esse é o que mais se aproxima do meu gosto. Fotos lindas, como sempre. Parabéns pelas matérias Riq!

Simone Cunha
Simone CunhaPermalinkResponder

Ricardo, gostaria de falar com vc sobre uma pauta para a revista Shape....podemos fazer contato por e-mail ou fone? Aí, te explico a matéria...meus contatos: simonc@uol.com.br e fone: (11) 9231-5968. abs.

Claudia Beatriz - Aprendiz de Viajante

A rede e as sobremesas... me ganharam fácil! smile

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Nossa Riq...esse seu post foi um bálsamo para mim.
Estava realmente preocupada com as críticas que vinha lendo sobre o Resort pós venda para o grupo Tivoli.
Fechei para o período do carnaval, mas para acomodação standard. Minha dúvida é:
-vale a pena pagar dois mil a mais para ficarmos na acomodação master?Ou seja a diferença entre os quartos vale a diferença?
Obrigada e boa viagem!

Ricardo Freire

Ui, dois mil é pesado, né? Carnaval... Bem, levando em conta que os extras não são baratos, faz mais sentido guardar para o check-out... Se você já conhecia o resort antes, então não vai se decepcionar com o quarto, porque o standard já era assim antes.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Riq, mais especificamente R$ 1.870,00. Não, esse resort eu ainda não conheço...o que achas?

Ricardo Freire

Hmmm... depende do quanto vai doer no seu bolso. É uma sensação pessoal e intransferível... O quarto standard é perfeitamente ficável e confortável na medida, só não é charmoso.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Ai ai....adoro quartos charmosos....vou tentar dar uma chorada e ir para o master. Valeu Riq!

Isabel O., Portugal

Há uns anos o nosso presidente da República esteve aí e saíram muitas matérias nas revistas do "social". Se já tinha interesse no espaço, na altura ainda fiquei mais. Fico contente por saber que grupos portugueses (ou mesmo a título individual) estão a sair-se bem na hotelaria.
Infelizmente a situação económica por aqui não permite ter sonhos de férias desse género para já (nunca sairíamos só para a praia, antes teriamos que fazer uma culturazinha por outras paragens). Pensar que há sete anos estou no mesmo escalão financeiro (a progressão na carreira foi modificada) e para o ano o salário vai ser reduzido, não é nada animador. Porugal, Irlanda e Grécia já conheceram dias melhores...

Amanda Sanchez

Riq,
Também estou gostando muito da série dos Resorts, mas hoje quero fazer um outro elogio: é você mesmo quem faz as fotos?!
Ficam muito boas!
Você pode contar para a gente que câmera você usa?

Abraços,
Amanda

Ricardo Freire

Canon T1i. Ela é bem melhor do que eu mrgreen

Bárbara
BárbaraPermalinkResponder

Eu fui em abril desse ano e simplesmente AMEI!! Sinceramente não sou muito adepta de estilo resortão. Fui com meu namorado e queriamos um lugar legal pra relaxar, com conforto, mas sem aqueles monitores estilo club med que quase te empurram pra hidroginastica. Alias, essa e super discreta, não vi sinal dela. A piscina de borda infinita é super tranquila. O que peca é um pouco do serviço, como em toda a Bahia. Lento demais! Pediamos uma caipivodka e ela demorava um bom tempo pra chegar. mas fora isso, foi tudo otimo! Todos muito simpaticos!
A comida é SURREAL! Sinceramente, no almoço, nos restuarantes, não achei super barato, mas nada de surreal. Comi um peixe vermelho na folha de bananeira, com dois acompanhamentos e saiu em torno de 40 reais. A comida do jantar é SURREAL. Ao contrario do club med de itaparica, o qual eu fui ano passado, a variedade é enorme, mas tudo maravilhoso, requintado, e diferente todos os dias. Com uma musica ao vivo super agradavel. Na realidade, no club med, a variedade é grande, porém tudo sem gosto. O café-da manha também era maravilhoso.
Os extras podem sair caros, mas caro mesmo é a vodka importada, em torno de 30 reais. è isso mesmo! A caipi de vodka nacional dai pela metade do preço, o que também nao e nada barato.
Mas tem espumantes em conta. pedi pra colocarem um dia espumante italiano com uma cesta de frutas no quarto, e tudo saiu 90 reais. Pode não ser barato, mas não podemos esquecer do lugar onde estamos, ne? Alem disso, tive a ajuda especial de um senhor responsavel pelas "surpresas" do resort.
Eu, por infelizmente ainda fazer parte da "pobrelândia", peguei o quarto mais barato, justamente porque no total fazia uma grande diferença e preferi ficar no mais simples e abusar nos extras. O quarto é longe, mas o lugar é tão agradavel que vc vai passeando e nao nota tanto. E apesar de ainda nao reformada, é super limpo, inclusive trocam também as toalhas a noite, e é confortavel, agradável!
A vila é bem perto, dá tranquilamente pra ir a pé! Tem, varios restaurante maravilhosos e a vila é uma graça. E recomendo comprar um day use do spa!!!
Eu recomendo o Eco Resort especialmente para casais. Só cuidado na hora do almoço, principalmente do restaurante da piscina de borda infinita, pq tem muito miquinho bonitinho, que sem voce notar, eles roubam sua comida!
Existem programações a noite, todos os dias, mas nenhuma vingou, pois pelo menos quando eu fui o hotel estava praticamente tomado de casais em clima lua-de-mel, sem proposito de inteiração.

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Pessoal,
gostaria de deixar minhas impressões. Fui há 2 anos à região, e optei por ficar 3 noites do Tivoli e 4 no Ibero Praia do Forte, exatamente por estar na dúvida entre ambos. Sem dúvida, no esquema que fui, com esposa e filha de 4 anos, em baixa temporada, o Iberostar foi bem superior. No Tivoli, a recreação praticamente só existia durante o fim de semana, nos dias úteis o Hotel estava bem vazio e praticamente não havia assistência para as poucas crianças hospedadas. Eqto isso, o Iberostar tinha muito mais hóspedes e a recreação funcionava a todo vapor. Não sei se tb pelo Tivoli estar vazio, mesmo as refeições, ponto forte do Resort, deixaram a desejar em relação ao Iberostar. Fiquei num apto standard do Tivoli e aí a comparação com os aps do Iberostar ficou bem prejudicial ao Tivoli. No geral, achei o Tivoli bem caidinho em relação a seu vizinho mais moderno. Mas é questão de gosto pessoal.

Humberto
HumbertoPermalinkResponder

Olá Riq,
Encontrei vc num café da manhã no Tivoli semana passada(não quis incomodá-lo, pois parecia bastante concentrado). Segui seu conselho, quando autografou meu guia de praias, e tenho ido para o nordeste todos os anos com minha família.
Minha experiência com minha esposa e filha de 1 ano foi ótima. Comida excelente no café da manhã e jantar. Os pratos à la carte do almoço nos restaurantes do hotel eram bem meiaboca(melhor almoçar na vila).
Fiquei num quarto master perto do kid's club, mas não sofri nem um pouquinho com barulho ou agito. A varanda tinha uma vista maravilhosa para a praia.
Quando começaram a chegar os hóspedes para o feriado(12/10), e o hotel começou a encher, começaram alguns aborrecimentos, não pelo staff, mas pelos hóspedes. Às 7:30 da manhã, após o café estávamos caminhando calmamente em direção à praia, quase fomos atropelados por um pai empurrando um carrinho de bebê e arrastando mais dois filhos sonolentos e resmunguentos, para colocar suas coisas sobre as espreguiçadeiras e reservar seu lugar próximo ao mar. Vimos vários pais ignorarem um enorme aviso de proibido para crianças numa jacuzzi ao lado da piscina sem o menor pudor. Algumas pessoas com bebês ainda tinham a cara de pau de invadir o buffet antes do horário de abertura do restaurante. Para estas pessoas talvez alguns avisos escritos não bastem para utilizarem de maneira civilizada as instalações, e ainda dão má fama aos casais que viajam com filhos pequenos. Pronto desabafei!
O único porém nas instalações do hotel são as piscinas, que precisam de uma reforma urgente no piso. Os azulejos estão desnivelados em todas elas, com quinas e bordas cortantes e perigosas.
Voltaria com certeza, mas em baixa temporada.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Quando eu fui lá, em um passado distante, havia uma pequena lagoinha na praia imediatamente à direita, era interessante para se lavar do sal. Ainda existe?

Ricardo Freire

Tem uma lagoinha do lado direito de quem olha pra praia, sim. Com chafarizes. Não perguntei se dá pra entrar, não.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Com relação aos avisos, eu também não era contra não viu... Infelizmente tem muito hospéde mal educado que acha que só porque está pagando pode tudo, se eu fosse dono de um resort certamente colocaria aquelas famosas plaquinhas atrás da porta do quarto..rsrs. E no caso da piscina, o comentário do Humberto me lembrou que a alguns anos atrás alguém foi eletrocutado numa piscina do complexo; após um episódio tão traumático espero que a falta de cuidado seja apenas na aparência

Carla Rebouças

POdem me informar se eles trabalham com Day Use ?
Qual os valores ?

Ricardo Freire

Acredito que não. Mas o melhor é informar-se com o hotel. Há um link no final do texto.

Alice
AlicePermalinkResponder

Alguém sabe dizer quanto tempo dura o percurso - de carro ou van - entre o Aeroporto e o Resort? obrigadinha

Alice
AlicePermalinkResponder

Complementando, pela rota do google maps seria 1h26min, mas parece muito considerando a distância...

Ricardo Freire

Dá mais ou menos uma hora. Você vai pegar um pouco de trânsito na saída do aerporto, enquanto atravessa Lauro de Freitas. Depois a pista vai duplicada até Guarajuba. Os últimos 15 km são de pista simples.

Alice
AlicePermalinkResponder

Obrigada Riq! Sabe(m) se vale a pena pegar taxi comum para ir do aeroporto à Praia do Forte? O receptivo oferecido pelo hotel tem um preço que parece desproporcional: 450 reais para dois adultos e duas crianças.

Ricardo Freire

De Imbassaí ao aeroporto paguei 170 reais.

Uma leitora recomenda este taxista:
http://www.valdeciofranco.com.br

Alice
AlicePermalinkResponder

Muito obrigada! Devorei o 100 dicas hoje smile

Mauro Roberto Lopes Coelho

Ricardo, bom dia!
Só queria tirar uma dúvida, o preço da cerveja, no Tivoli, que vc colocou (SKOL 7,50) é lata ou garrafa?
Mais uma dúvida, eu tenho uma filha que fez 4 anos, qual o melhor resort brasileiro que vc acha para crianças dessa idade e qual o melhor com all-inclusive?
Muito grato pela atenção!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Mauro! No Tivoli é long neck. O Comandante costuma dizer que não existe melhor absoluto, existe o melhor em determinado(s) quesito(s), e sobretudo existe o melhor para cada pessoa em particular. Tome a faixa de preço como um indicativo seguro da qualidade das instalações, do serviço (no caso do meia-pensão) e da comida e bebida (no caso dos all-inclusive, cujo forte nunca é o serviço).

Mauro Roberto Lopes Coelho

Valeu! Mas 9 reais por uma Bohemia long neck é um abuso, né?
Um abração!

Gilberto
GilbertoPermalinkResponder

Olá, conheço bem o hotel, pois já estive lá cerca de 20 vezes. Seique a heineken custa 15 reais. O melhor hotel para criança é o Summerville em PE.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Gilberto, vc preferiu o Summerville ao Tivoli para crianças? Por que, vc pode me dizer? Também adorei o Summerville mas vou agora no carnaval para o Tivoli e estava com um expectativa alta....

Ricardo Freire

Ana Luisa, desculpe, mas tenho que falar.

Quando a gente gosta muito ,mas muito de um hotel, uma praia, um destino, um resort, não tem por que trocar. Você está há quatro, cinco meses se torturando por ter feito uma escolha nova. Agora se estressa porque um sujeito que diz ter ido 20 vezes ao resort (e se foi tantas vezes não deve ter sido obrigado) conta que outro, onde não foi vinte vezes, é melhor num quesito que provavelmente nem esteja avaliando nessas últimas 20 vezes.

Na boa: ainda dá tempo de mudar.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Ricardo,
Não estou me torturando não....até porque independentemente se vou gostar ou não do hotel, eu adoro a Praia do Forte. Foi curiosidade mesmo de saber de alguém que já foi ao dois, o que ele achou melhor em um ou em outro, só.
E quando falo em expectativa alta, esta cinge-se exclusivamente às crianças, dai o porquê da pergunta.

Elisa Calvo
Elisa CalvoPermalinkResponder

Ricardo, vc vai salvar as ferias!
Já fui 3 vezes ao Praia do Forte e fico pensando:
vou mudar, conhecer coisas novas. Tenho uma filha de 5 anos, e aí um
comentário seu me deixa traquila: realmente não
é aquela massificação, o resort self service,
que todo mundo acha q tem q fazer tudo- ate pular muuito na piscina,
quando o monitor chama.

Se vc recomendar algum outro nesse perfil,
por favor, publique!

Semana q vem brindarei uma caipiroska de Caja, por você!

Abraço!! E grandes viagens em 2011.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Elisa! Pela série que o Comandante está fazendo, os outros resorts chiques-tranqüilos são o Nannai, o Transamérica Comandatuba e o Arraial d'Ajuda Eco Resort.

Veja as resenhas completas:
Nannai (Porto de Galinhas): https://www.viajenaviagem.com/2010/12/nannai-o-luxo-de-porto-de-galinhas/
Transamérica Comandatuba: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/transamerica-comandatuba-uma-ilha-de-eficiencia/
Arraial d'Ajuda Eco Resort: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/arraial-dajuda-eco-um-resort-pra-quem-nao-gosta-de-resort/

Boa viagem!

Elisa Calvo
Elisa CalvoPermalinkResponder

Tks, vou conferir!!

CLAUDIO MARTINS

ricar do freire queria ir para a praia do forte em novembro estou em duvida entre o tivili eco resort e o iberostar tenho iremos um casal e uma criança de 5anos qual a sua indicação? esqueça o aspecto economico estou escrevendo de portugal

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Leia os posts também sobre o Iberostar:
Iberostar Bahia: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/resorts-all-inclusive-no-nordeste-iberostar-praia-do-forte/
Iberostar Praia do Forte: https://www.viajenaviagem.com/2010/10/iberostar-bahia-o-resort-que-deslanchou-a-onda-all-inclusive/

O Tivoli é mais sofisticado e está em uma praia mais calma. O Iberostar é mais para quem procura um resortão, com animadores e atividades.
Veja as três resenhas e identifique qual tem mais a cara da sua família smile

caludio martins

Ricardo queria agradecer pela resposta, no entanto li nos seus posts e fiquei impressionado c o nannai nos bangalos queria uma opinião, ja que o resort é mais para casais o q voce acha eco resort ou nanai? praia, alimentação e um resort c/ atividaes para crianças de sua opinião o q faria?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Caludio! Leia os posts, os comentários e siga sua intuição grin

claudio martins

Ricardo, queria uma opniaõ sua vamos um casal c/ uma criança de 5anos já li os posts mas continuo indeciso tivoli ecoresort ou nanani? queria muito sua opnião

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! São dois resorts de primeiríssimo time. Como você pode ler nos posts, o Ricardo Freire gosta muito dos dois. Siga a sua intuição e você se dará bem!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Pessoal;
Voltei ontem do Tivoli. Minhas impressões:
O resort realmente é de primeira. Instalações excelentes, bem conservadas, limpas e o serviço impecável.
Fiquei na acomodação standard e apesar de não ser luxuosa, me atendeu perfeitamente. O único ponto que achei ruim no quarto é o fato do "closet" ficar no banheiro-as roupas acabam ficando um pouco úmidas.No meu caso dei sorte pois consegui pegar o primeiro bloco da ala standard ( e mesmo assim ainda é bem longe das áreas de lazer). Não conte com o carrinho ( ele raramente aparece ou demora horas quando solicitado).
As piscinas são deliciosas, o serviço de bar eficiente e rápido e uma coisa que eu adorei foram "toalhas a vontade", sem aquela chatisse de ter que deixar qualquer "caução".
A praia é excelente, agora, ô gente chata, inacreditavelmente os hóspedes pré-reservavam as espreguiçadeiras e iam madrugar no seu café da manhã para garantir um lugar. Somente consegui usufruí-las a partir de quarta feira quando o hotel ficou mais vazio pós carnaval. O incrível é que mesmo com a lotação máxima não sentimos em nenhum momento o hotel abarrotado.
O "axé" não incomodou tanto já que era somente meia horinha diária.
Kids club bem legal, notadamente as atrações noturnas. Durante o dia as crianças ficavam mais conosco.O almoço no clubinho apesar de pouca variedade era bem gostoso e cumpria bem o seu papel. Custava R$ 15 para crianças até 5 anos e R$ 25 para crianças de 6 a 12 ( bebidas e sobremesa inclusas).
A comida foi um capítulo a parte- maravilhosa. Altíssimo nível mesmo.O bacana que não era especialidade só em frutos do mar. No último dia comi um pato assado indescritível.Almoçamos na maioria dos dias no Tabaréu, mas infelizmente só no penúltimo dia almoçamos no Sombra do Coqueiral que achei melhor, mais barato e mais tranquilo. Lá comemos um raviole de lagosta divino.
A copa do bebê é muitíssimo bem equipada.
Valeu muito a experiência. O único senão é que realmente é grande demais e às vezes isso cansa com criança. Acho que vale realmente cacifar um quarto master que é mais perto.De toda forma, totalmente recomendado.

Mariana,Portugal

Que bom que encontrei esse site! Estou a tentar marcar as minhas férias para Abril e ainda não consegui me decidir! Sou mais uma apaixonada pela Praia do Forte, nos ultimos anos tenho ficado no Tivoli, Amo! gastronomia fantástica, praia fabulosa, spa maravilhoso, Careta Careta e Tios fantásticos... Este ano quero ir de novo para o Brasil,Bahia, mas os preços do Tivoli subiram muito mesmo em relação a Dezembro quando lá estive a ultima vez. somos um casal com 3 filhos de 9, 7 e 3 anos. Queria um resort na Praia com um bom kids club, boa alimentação, praia bonita,enquadramento de natureza e se possivel uma vilazinha por perto para passear... Preciso mesmo de recomendação de quem conheça...já me falaram do miramar em maragogi mas as criticas em relação á comida me assustam, depois o arraial da ajuda resort... o Vila Galé Guarajuba... e em relação á chuva sempre que vou na semana santa a chuva é forte quando cai mas são 15 minutos e passa... Já estive no meio da Sapiranga com chuva bem forte e sobrevivi smile(mas me assustei).Tinha ideia que a partir de março chovia mais para sul do Brasil do que para Norte...Por favor me aconselhe uma boa alternativa mas um pouquinho mais acessivel...
que saudades do Brasil, da Bahia , do cheiro da fruta fresca, do acarajé, do vatápá, da água de coco, da goiabada, e do quindão...
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! O Ricardo Freire é reticente quanto a mudanças de resort, sobretudo quando há um downgrade envolvido.

Pelo que dá para ver pela série, estão no mesmo nível do Tivoli o Nannai de Porto de Galinhas, o Transamérica de Comandatuba, os Club Meds e, com menos estrutura, o Arraial d'Ajuda Eco Resort.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Mariana;
O Summerville, em Porto de Galinhas é bem legal. Não tem o luxo do Tivoli, mas tem outras compensações (no meu sentir). É um resort menor e as atividades para as crianças são excelentes! A praia exatamente em frente tem algumas pedras, mas andando um pouco para esquerda ( uns 5 minutos) é muito boa.
Tem uma piscina deliciosa, daquelas com espelhos dágua e bar molhado que chega até quase a praia.
Se o seu objetivo é o entretenimento das crianças, pode ir sem pestanejar. A comida também é bem bacana, embora a do Tivoli seja melhor.

aline matos
aline matosPermalinkResponder

Estive no Tivoli na última semana de janeiro com meu marido e meus dois filhos (01 anos e 07 anos). A mais velha vi ocasionalmente e quando decidíamos sequestrá-la do kids club para fazer passeios pelos arredores. O meu menor passava o dia conosco e solicitavamos a babá do hotel, pessoa estremamente gentil e que segundo a minha espiã (a filha mais velha) cuidou muito bem do caçula, somente a noite para jantar com tranquilidade e depois vermos as estrelas. A comida do jantar realmente é um capítulo a parte, variedade e qualidade indescritíveis. Não somos adpetos da cerveja e por isso toda noite tomávamos uma garrafa de vinho ( a carta de vinhos tem algumas coisas com um custoxbenefício bem em conta). O café da manhã também era super farto e variado. Fiquei num apartamento standart no primeiro bloco e tive todas as minhas necessidades atendidas. Outra dica importante, na copa baby atrás do restaurante da piscina todos os dias tem uma sopinha diferente para os bebês e essa copa é super bem equipada com frutas e farináceos. Meu filho de 01 ano comeu super bem e o melhor de tudo no horário de sempre, 11 h e 18h a sopinha já estã lá fresquinha. Além disso, se você pedir ao chef ele faz qualquer prato para crianças menores a qualquer hora.

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Aline,

Estou indo para o Tivoli em dezembro e confesso que estou um pouco apreensiva já que vamos (eu e meu marido) levar nosso bebe de 7 meses. Tb vamos ficar no apartamento standard. Será que fica muito longe da copinha? Nessa copinha tem frutas/sucos o tempo todo? Essas comidinhas sao pagas? E o serviço de baba, é caro? Apesar que nao sei se tenho coragem de deixar meu bebe com alguem estranho... Primeira viagem com ele, nossa..é dificil...Qual é a pedida em termos de custo/beneficio ao tranfer aeroporto - hotel???
Obrigada!

Alice
AlicePermalinkResponder

Aline, quanto aos detalhes sobre a copa não sei, mas me lembro que o serviço de babá não era caro. Você só precisa avisá-los umas duas horas antes para que eles chamem alguém.
Eu tentei usar esse serviço para poder ir à piscina de borda infinita só para adultos, mas meu filho, com 3 anos e super temperamental, não quis ficar com a menina de jeito nenhum sad.
O transfer do Aeroporto fiz com o Valdecio (o carro é grande e ele tem cadeirinha de criança).
Super tranquilo, gostei muito e custava bem menos que o oferecido pelo hotel.
contato@valdeciofranco.com.br

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Valeu a dica! Obrigada!

maria freitas
maria freitasPermalinkResponder

Olá:

Gostaria de saber como é o tempo e o mar em julho. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! A época seca no norte da Bahia vai de setembro a março. Em julho o pior das chuvas já terá passado. Leia sobre Brasil e chuvas aqui:

https://www.viajenaviagem.com/2011/01/ferias-no-brasil-como-fugir-da-chuva/

Daniela Veloso

Um erro no texto. No jantar, é oferecido gratuitamente, apenas bebidas não-alcólicas. Portanto, a cerveja no jantar tb é paga.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Daniela, quando eu fui, em março, a cerveja (SKOL) era totalmente gratuita no jantar.

Rosangela
RosangelaPermalinkResponder

Olá estou indo pela primeira vez,esse ano e não tenho idéia do que levar na mala,vou curtir um show da Elba Ramalho e da Margareth menezes.Gostaria que você me ajudasse a escolher as roupas mais usaveis,e se prcisa algo mais elegante.obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Rosangela! Vá bem à vontade, ninguém anda muito arrumadão em resort. wink

Rosangela
RosangelaPermalinkResponder

Olá gostaria de saber se tem cabelereiros no resort,e quanto custa,não precisa ser especifico.obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosangela! Perguntas tão específicas assim é melhor encaminhar direto para o resort! Tem salão de beleza sim, mas o preço é melhor você clicar no site deles e mandar um email! grin

Rosangela
RosangelaPermalinkResponder

Olá Ricardo você sabe imformar sobre gorjetas,como devo proceder.obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosangela! Aqui quem responde é A Bóia. Dê R$ 5 ou R$ 10 para o carregador de malas; se quiser deixar um agrado para a camareira, deixe.

Alice
AlicePermalinkResponder

Eu amei o Praia do Forte. Só me lembrei de um detalhe que destoa no conjunto. Como eles oferecem uma piscina maravilhosa e sem música para adultos, quem está com criança tem que pagar penitência ouvindo axé em alto volume na piscina normal.

Rosangela
RosangelaPermalinkResponder

Olá gostaria de saber se além da vacina contra miningite tem mais alguma que devo tomar.obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosângela! Só essa já está mais que bom grin

Tomas
TomasPermalinkResponder

Olá Ric e Bóia e tripulantes. Alguém esteve em 2012 por lá? Gostaria de ir em julho, mas ainda estou com dúvidas sobre últimos preços de bebidas cobrados e se há ou não cerveja incluída no jantar.
Eu não ligo muito, mas para meu sogro que vai junto, são infos muito relevantes. Ele está acostumado com os all inclusives e estou tentando convencê-lo a dar uma chance pro Tivoli. Valeu, Tomas

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tomas! Verifique esses detalhes junto ao Tivoli smile

Tomas
TomasPermalinkResponder

Pessoas, a quem interessar, recebi hoje preços atualizados do Tivoli. Seguem.
Abs, Tomas

Agradecemos seu contato e respondemos abaixo as questões colocadas em seu e-mail:
Bebidas
Caipirinha | Lime, sugar, cachaça R$ 15,00
Caipiroska ou Frutaroska | Lime or fruit of your choice, sugar, Vodka R$ 18,00
Skol e Brahma R$ 9,00; Bohemia R$ 10,00; Stella Artois R$ 13,00; Heineken R$ 16,00. Quanto aos menus; informamos que pela extensão de itens e opções não temos como divulgar muitos itens nem retransmitimos os cardápios em sua íntegra.
Nossa gastronomia além do toque regional; oferece itens da cozinha internacional.
Dispomos de 04 restaurantes: Goa (Gastronomia internacional e regional), oferece café da manhã e jantar incluso na diária em serviço de Buffet
Tabaréu (Gastronomia regional com opções da cozinha internacional, pizza e gastronomia japonesa) - serviço A La Carte não incluso na diária (preços entre R$ 13,00 à R$ 160,00)
A Sombra do Coqueiral (Gastronomia regional com opções da cozinha internacional - serviços A La Carte não incluso na diária (preços entre R$ 13,00 à R$ 100,00)

Snack Bar - Oferece petiscos, sanduíches, saladas etc (preços entre R$ 13,00 à R$ 63,00)

Rubens
RubensPermalinkResponder

Eu fui no antigo Eco Resort, antes da venda aos portugueses e era fantástico. Fui três vezes, em diferentes épocas do ano, sempre muito bom.
Dizem que o serviço piorou muito depois da venda.
Estive no Iberostar, que é bom, mas diferente, all inclusive e definitivamente inferior ao antigo Eco Resort.
Estou pensando em retornar agora em julho, mas queria informações de quem já esteve por lá antes e depois da mudança de dono.
Valeu!

rosangela
rosangelaPermalinkResponder

Rubens , sou frequentadora do Ecoresort há muitos anos , e não concordo que o serviço tenha piorado muito com a venda, como lhe disseram.A última vez que estivemos lá foi em outubro/2011 e o serviço continuava sendo muiiiito bom!
O resort , agora Tivoli , foi em grande parte repaginado , inclusive os quartos.
A alimentação continua muito , mas muito , boa , com destaque para uma inovação : sorvetes feitos lá mesmo , que são divinos.
A maioria dos funcionários são os mesmos e continuam gentis e atenciosos.
A limpeza tbém é primorosa.
Se qdo vc esteve lá gostou , pode repetir a dose sem qualquer receio.
A única ressalva que faço é em relação aos preços das bebidas , em particular a cervejinha , e do café expresso , que entendo ser um pouco demais.
Espero ter ajudado.

Rosângela.

Jacques
JacquesPermalinkResponder

Confesso que um dos meus prazeres em resort é um banho noturno nas lindas piscinas mas às vezes a temperatura da água atrapalha...alguém sabe os resorts do nordeste que tenham água da piscinas quente/aquecida?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá,Jacques! Não há piscinas aquecidas no Nordeste. Em alguns você pode encontrar pequenas jacuzzis no complexo aquático. É o caso do Summerville e do Beach Class.

CECILIA H. PALMA

Reservamos, através da agência em Curitiba, na qual sempre fazemos nossas viagens, para o período de 06 a 13/04/12e após termos visto, fotos dos partamentos,localização, que a funcionária da agência nos mostrou, optamos pelo apartamento "master". Chegamos no Tívoli às 14:30 e somente às 16:30 que nos colocaram no apart.e para nossa surpresa nos colocaram no "standard" que não é nada parecido com o qual reservamos e pagamos,aliás um valor muito alto em comparação com hotéis do Caribe, que com aproximadamente o mesmo valor ficamos 15 dias com "all" inclusive. Falei com func.da recepção dizendo que havia engano,ele (de má vontade) nos respondeu que estava correto e que para provar eu teria que mostrar imprimidas as informações que vi no site do hotel (já viajei tanto e nunca ninguém me solicitou um absurdo deste). pedi para falar com o gerente, e que se ele não resolvesse nós retornaríamos para CWB no dia seguinte para tomarmos as devidas providências.A funcionária pediu para esperarmos mais um pouco que ela iria falar com o gerente. Após esperarmos 40 min.ela retornou falando que iriam trocar o Ap,mas somente no dia seguinte após 14:00 horas (trocaram somente às 17:00). Conclusão, estragaram nosso passeio, perdemos muito tempo, passamos constragimento na recepção. O que "salvou" foi o atendimento no restaurante,e na praia, tanto das moças como dos rapazes, todos muito educados, gentís, prestativos.

Daniela Cunha
Daniela CunhaPermalinkResponder

Ola, estou com uma duvida..os valores citados das refeições no almoço, exemplo pizza 35, 40 reias..é por pessoa. ou uma pizza para dois, tres? outra duvida, vi alguns hospedes comentando que o kids club serve jantar as crianças antes do horario convencional do Goa, este jantar esta incluido na diaria? servem almoço tambem? é cobrado a parte?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Os valores são de 2010. As porções são individuais, mas querendo é possível dividir. O jantar das crianças (e dos adultos) está incluído na meia-pensão. O almoço é cobrado à parte.

Daniela Cunha
Daniela CunhaPermalinkResponder

posso fazer mais uma perguntinha? rs
exite alguma recomendação quanto a Lua em relação a maré dessa praia? vi algumas fotos em que o mar está "longe" e com algumas "coisas pretas", que creio serem algas....tem relação com a maré?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Nas luas cheia e nova a praia pode secar um pouco na maré baixa, mas ficará cheia na maré alta. As algas são sazonais, costumam aparecer com as chuvas.

Daniela Cunha
Daniela CunhaPermalinkResponder

entao nas luas crescente e minguante nao há muita variação em relação a esta "seca" ? esta geralmente "cheia" sempre? é isso? nunca consigo entender essa coisa da lua rsrsrs

tomas
tomasPermalinkResponder

Acabei de chegar do Tivoli. O quarto Master vale o cacife como disse o Riq. Não fique entre o lobby e o restaurante que a vista é ruim. Fique nos outros, à esquerda do restaurante (de quem olha pra praia). A vista é o gramado com coqueiros e mar ao fundo. Sensacional. As suites do Spa não compensam. A vista é a piorzinha e parece que deram o uso do spa incluído para compensar. A comida continua o ponto alto, no jantar. Preços atualizados - tuc tuc R$ 10,00 - a única coisa que baixou. Fritas e mandioca a R$ 13,00. Brahma Extra - R$ 9 e caipiroska (vodka nacional) R$ 18. A pizza não tem mais. Existem sandubas estilo natural - R$20 (atum) e um Cheese-saladão - Real Burger - R$ 24. No terceiro dia você acostuma a não almoçar, ficando num lanchinho entre o café e o jantar. E a skol incluída no jantar eles não divulgam mesmo. Só o garçon que informa na hora que é cortesia. O tempo estava muito bom, o que ajudou bastante. Nota mil para equipe de recreação que tinha atividades de verdade para entreter minhas filhas que foram embora chorande de saudades dos tios e tias que conheceram. Dica para os pais: o almoço no clubinho sai a R$15 para 4 anos e R$ 25 para 6. Tem mais variedade, arroz, feijão e salada para você evitar sanduíches e porções para as crianças. E todo dia tem filet mignon na chapa, feito na hora. Boa viagem a quem estiver indo.

Mauro  Takemura

Oi Tomas vc viu as baleias jubarte? Do resort até a vila (centrinho) da para ir a pé? vc cacifou o master como up grade? Desde já agradeço.
Mauro.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauro! Do resort ao centro é uma caminhadinha de uns vinte minutos, tanto por dentro, como pela areia. Por isso existem os tuk-tuks.

tomas
tomasPermalinkResponder

Olá Mauro, como disse a bóia, dá para ir a pé, sim. Pela praia na maré baixa é muuuito mais bonito e mais rápido. Só que vocie conhece o centro ao contrário. Do Projeto Tamar e igrejinha, em direção às lojinhas e ponto de tuc-tuc. Acontece que o centro, apesar de arrtumadinho e de terem reformado a igrejinha, ganhou shoppings, acredite. Achei que perdeu o encanto. As lojas não fogem do moda praia/ surf e restaurantes. Quanto aos passeios para ver as baleias, você tem duas opções no Tivoli: Escuna ou lancha. A primeira leva mais tempo, mais gente e mistura com pessoas de fora do hotel. Sai duas vezes, pela manhã e à tarde. De lancha parece mais exclusivo e você vai mais reapiso. Como estava com criancas, e minha esposa não se dá bem com mar, nem chegeuei a ver o preço. E a master eu reservei daqui mesmo, no Tivoli SP (antigo mofarrej) o quarto era o 1826, se quiser se basear. Abs e boa viagem.

Mauro  Takemura

Muito obrigado pelas informações Tomas, estarei indo pra lá no dia 18 de agosto. Um forte abraço.

Cynthia
CynthiaPermalinkResponder

Além da Aline, mais alguém teve experiência de contratar o serviço de baby sitter oferecido pelo Tivoli?
Estou indo para lá com minha filha de 2 anos e 8 meses em alguns dias e reservei o serviço.
Como sempre fico apreensiva de deixá-la com desconhecidos, gostaria de contar com comentários de vcs.
Obrigada!

Miriam
MiriamPermalinkResponder

O Hotel continua lindo mas a comida … quanta diferença!!!
Estive no Tivoli agora no Natal. Em janeiro/2010 passamos lá uma semana quando ficamos encantados com o hotel e maravilhados com as iguarias gastronomicas das quais já tínhamos recomendações. Desta vez, não víamos a hora de chegar para viver a experiencia novamente. Logo no primeiro dia levei um susto. Havia pato assado que estava muito gostoso. De resto, onde antes haviam opções deliciosas de comida, havia arroz, arroz integral, feijão, dois tipos de sopa, batata assada, legumes grelhados, farinha na manteiga, farinha com dendê, mandioca cozida, bolinho de vatapá cozido. Só quem conheceu a gastronomia de lá poderá entender do que estou falando. E assim foram nos cinco dias que lá passei exceto na ceia de natal que teve bastante variedade (vou me abster de falar da organização). Num dos dias fizeram vários pratos típicos baianos que animaram o olhar, mas o preparo estava lastimável, nada estava gostoso. Havia até “casquinha de siri”: tigelinhas de barro, metade com a carne desfiada e metade com farinha. Tudo esturricado. Casquinha de siri que eu conheço é um preparo onde os ingredients estão todos misturados, úmido e gratinado! As sobremesas, todos os dias as mesmas! Comecei a perguntar aos funcionários o que aconteceu. Tres me disseram que mudou a direção do hotel, que há novas regras e que demitiram vários cozinheiros antigos. (O mesmo na recreação que tb vou me abster senão o texto não termina). Uniram duas coisas: opções pobres de comida e comida ruim, mal preparada. Uma tristeza. Fica aqui o recado: quem quiser desfrutar de quartos confortáveis, piscinas deliciosas, ótimas camas de praia, muitos coqueiros e ampla vegetação, além de funcionários educados, lá é o lugar. Agora, se quiser comer bem, ou se estiver em dúvida entre este e outro hotel por causa da gastronomia, lá não é a melhor opção especialmente pq o hotel não é barato.

gustavo
gustavoPermalinkResponder

Agradeço uma indicação/opinião de qual apto master tem a melhor vista. Qual bloco, piso terreo ou 1o. andar, etc.
Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gustavo! O térreo não tem vista, mas está integrado ao jardim. O segundo andar tem vista.

tomas
tomasPermalinkResponder

Vou voltar em julho para o Tivoli. Estive lá em julho do ano passado e gostei muito. Alguém sabe se continuam servindo cerveja cortesia no jantar, mesmo que não comentem nada a respeito no site oficial? Impressões mais recentes do hotel também serão bem vindas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tomas! Vamos compartilhar a pergunta no Perguntódromo; se houver resposta, aparecerá aqui.

Mas olhe só -- se você ligar para o resort eles respondem essa na hora smile

tomas
tomasPermalinkResponder

Obrigado, Bóia, pela inclusão no perguntódromo. Acontece que eles são bem reticentes em fornecer esse tipo de informação. Dizem que precisam checar, que vão confirmar, essas coisas. Por aqui é sempre mais fácil e gratificante de trocar informações. Mas vou ligar, mais perto da viagem, novamente, com certeza.

Miriam
MiriamPermalinkResponder

Oi Tomas,

Passamos o natal no hotel. Não cobraram nem a cerveja nem o café. Mas o nível da comida caiu muito, está longe do que era antes. Há muitos hóspedes portugueses e pareceu-me que estão adaptando o cardápio ao paladar deles. Por exemplo, no balcão onde antes havia tortinhas, iguarias baianas, etc, há sopas como caldo verde e legumes cozidos.

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Tomas,

Estivemos em novembro e eles serviam de cortesia Skol no jantar. Outras marcas eram cobradas. Boa viagem!

tomas
tomasPermalinkResponder

Obrigado, Miriam e Patricia, so agora vi seus comentarios. Essa tripulacão sabe tudo. Tks.
Já fechei pra julho. Vamos que vamos. Abs

rosangela
rosangelaPermalinkResponder

Tomas

Estivemos no Tivoli no mês passado e somente a Skol é cortesia no jantar.As demais marcas são cobradas , por exemplo , Brahma extra R$ 9,00 ( longnecK ). As bebidas sempre foram caras , agora tbém está salgado o cafezinho ( R$ 6,00 ) e o almoço no restaurante da praia. Porém , tudo continua muito bom. Boa viagem.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar