Vila Galé Eco Resort do Cabo, o primeiro resort de Pernambuco

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Aberto em meados da década de 90 como Blue Tree Park, este foi o primeiro grande resort de Pernambuco. Mudou de bandeira duas vezes antes de passar à rede portuguesa Vila Galé, tornando-se o Vila Galé Eco Resort do Cabo. Seus maiores trunfos são a praia, praticamente privativa, e o sistema all-inclusive, que ainda não é predominante em areias pernambucanas.

A localização

Vila Galé Eco Resort do Cabo

O Vila Galé Eco Resort do Cabo fica na extremidade da pensínsula do Cabo de Santo Agostinho, no fim da estrada. Do aeroporto do Recife até lá são pouco menos de 50 km, pela PE-060, ou 30 km, pela ponte (pedagiada) do Paiva. Recifenses têm casas de veraneio em praias próximas, como Gaibu e Enseada dos Corais; a praia de Calhetas, muito próxima ao hotel, é point de passeios organizados. A costa imediatamente ao sul é ocupada pelo complexo portuário-petroquímico de Suape, mas as instalações só são avistadas dos fundos do hotel.

A praia

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Boa parte do terreno onde está o resort foi fabricada por aterro. A praia tem areia clara e águas calmíssimas. Na maré baixa o mar pode secar um pouco (sobretudo durante as luas cheia e nova). É segura para ir com crianças pequenas. Caminhando para a esquerda você chega à praia do Paraíso, uma praia concorrida, com barracas. Mas quem está lá nunca passa para a praia do hotel (não há serviço de praia para forasteiros, e a praia não serve de passagem para nenhum lugar), então tem-se a sensação de que a praia do hotel é privativa.

As instalações

Vila Galé Eco Resort do Cabo

A propriedade é grande e esparsamente ocupada. Todos os apartamentos ficam no prédio principal, que tem três andares servidos por elevador. Entra-se pelo segundo andar, onde está o lobby. Por ali há a agência de passeios, um bar e o restaurante Inevitável. O restaurante principal fica no térreo. A piscina fica próxima ao mar, e tem bar e restaurante anexos. Por ali também se encontram o kid's club e a central de atividades náuticas. Caminhando para a direita (sul), você chega à boate e, nos fundos do terreno, às quadras de esporte, à sala de ginástica e ao spa.

Os apartamentos

Vila Galé Eco Resort do Cabo

São 300, todos bastante espaçosos -- acredito serem os maiores apartamentos standard entre os resorts que visitei. Foram renovados em 2012, ganhando TVs com tela de LCD e sacada. Todos estão a uma distância auditivamente segura da piscina. O frigobar tem refrigerantes e água e é reposto a cada dois dias.

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Piscina

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Diante das piscinas de resorts mais novos, esta já não parece tão grande quanto um dia pareceu. Mas é cheia de cantos diferentes, tem ponte e ilha de pedra. A música é alta e tem atividades. Precisando de sossego, chegue antes das 10 ou refugie-se na praia.

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Kid's club

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Funciona num interessante palhoção perto da piscina. Há também um parquinho ao ar livre ali perto.

Refeições

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Funciona no sistema all-inclusive. O restaurante principal serve todos os buffets: o café da manhã e o jantar na parte interna, refrigerada, e o almoço na varanda.

Junto à piscina há um buffet de petiscos, com ofertas diferentes pela manhã e à tarde: salada, sanduíches, queijos, frutas, belisquetes. Quando fui peguei um camarãozinho saindo no fim da manhã.

Vila Galé Eco Resort do Cabo

O restaurante à la carte, o Inevitável, tem cardápio mezzo italiano, mezzo japonês. Você escolhe entrada, prato e sobremesa de um menu com três opções. É necessário fazer reserva na recepção entre 9h e 11h. É preciso se hospedar três noites para ter direito a uma reserva; cinco noites dão direito a duas reservas; sete noites, a três reservas.

Bebidas

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Em 2011, os refrigerantes eram Coca-Cola e o chopp era Kaiser -- mas havia cerveja em lata Brahma. A vodka é Orloff. Entre os whiskies incluídos está o Red Label. Quando estive lá, os vinhos eram portugueses do Alentejo (marca própria Versátil) e o espumante, do Vale do São Francisco (Rio Sol, brut e demi-sec). Se as marcas de refrigerante e bebidas servidas são um item fundamental na sua decisão, aconselho que você ligue para o hotel e se informe dos acordos atuais (essas coisas podem mudar a todo instante).

O centro náutico

Situa-se entre a piscina e a praia, e é terceirizado. Os equipamentos -- caiaque, windsurf, kitesurf, vela -- são alugados. Há saídas para mergulho.

A sala de ginástica

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Funciona ao lado do spa.

O spa

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Por fora você não dá nada -- é uma casa sem graça. Mas nos fundos foi montado um bela cabana de massagens com teto de sapê e divisórias de palha. Há também duas piscinas sossegadíssimas que complementam os tratamentos.

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Os passeios

Podem ser agendados numa mesa ao lado da recepção. Dependendo do dia, há saídas em grupo para Recife/Olinda (R$ 45), Porto de Galinhas (R$ 40), Caruaru com jantar (R$ 99), Maragogi (R$ 45), Carneiros (R$ 55) e Igarassu/Itamaracá com passeio de catamarã (R$ 60). Os preços são de 2011, agora certamente estão um pouco mais caros.

Como em praticamente todos os destinos do Nordeste, recomendo fortemente alugar um carro e fazer os passeios por conta própria. As distâncias são curtas (Olinda a 60 km, Porto de Galinhas a 50 km, Carneiros a 80 km, Itamaracá a 80 km) e em três pessoas já sai mais barato do que o passeio organizado.

Um cantinho

Vila Galé Eco Resort do Cabo

O jardim japonês.

O hotel Vila Galé Eco Resort do Cabo, em Pernambuco...

  • É para você: que quer all-inclusive e praia calma num mesmo hotel em Pernambuco.
  • Talvez não seja pra você: que não abre mão de garçom e de poder pedir o que quiser à hora que quiser.

Vila Galé Eco Resort do Cabo

Leia mais:

359 comentários

Celso Eduardo Bordi

Estive no mês de Agosto neste resort e não recomendo nem ao pior inimigo e além disso levei alguns amigos que também ficaram chocados.
Falta gestão, alimentação péssima, petiscos de piscina horriveis, sequervtem peixe frito ou camarão....
Bebida :,as piores cervejas nacionais Bavária e Kayser !
Vodka : somente de segunda linha !
Entretenimento : sem chances !
Simplesmente um fracasso de resort !
Nota 2 pelos 5 dias que passei por lá !
Não recomendo !

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar