4 dias em Bogotá, por André Urso

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Candelária, Bogotá

Tenho a maior inveja da viagem que o André Urso acabou de fazer. Mas vou deixar que ele conte na primeira pessoa. Vai, André!

Acabei de chegar da Colômbia, onde passei duas semanas entre Bogotá, Cartagena e Islas del Rosário. E a primeira coisa que aprendi desse surpreendente país foi que, apesar de não ter as dimensões continentais do Brasil, a Colômbia são muitas e bem diferentes e isso deve ser levado em conta na hora de viajar. A depender de onde você vai, prepare-se para muito sol e calor ou muita chuva e frio -- ou até tudo isso ao mesmo tempo. Aqui queria dividir um pouco do que vi e aprendi nessa viagem. Espero que seja útil para quem vai a Colômbia no futuro.

Se vier do Brasil, provavelmente sua primeira parada no país vai ser aqui. Bogotá é uma cidade de grandes dimensões. Uma capital dinâmica e moderna com 8 milhões de habitantes. É a São Paulo daqui. Em Bogotá é possível encontrar de quase tudo. A cidade é uma atração para quem gosta de história, cultura, compras, diversão e bons passeios. Se você tiver pouco tempo disponível ou passar por aqui só de escala rumo a Cartagena ou outros paraísos caribenhos, fique tranqüilo: é possível conhecer o melhor da cidade em apenas 4 dias. Minha sugestão é chegar numa quinta feira e aproveitar a cidade até o domingo.

Para se hospedar, você pode escolher entre a Candelária ou a (alta) Chapinero/Zona Rosa, também conhecida como ZonaT. Na primeira parte da minha viagem escolhi a última opção. Fiquei no Celebrities Suites, um apart-hotel boutique bem simpático que fica na Calle 74 com a Carrera 11 em Chapinero. Recomendo. Cada quarto representa uma celebridade roliudiana; são amplos, com sala, cozinha, etc, e o staff é bem simpático.

Apartamento do Celebrities Suites

Para o primeiro dia, tome um táxi para o Museu do Ouro e pelo caminho vá sentindo as primeiras impressões da cidade.  O Museu do Oro é o mais importante do mundo na sua categoria e vai te surpreender pelo rico acervo e pela aula de história sobre a nossa evolução a partir do uso dos metais. Terminada a visita, dê uma pausa para o famoso café no próprio museu, depois siga caminhando mais uns 10 minutos e chegue à Casa da Moeda e ao Museu Botero, que ficam lado a lado no coração da Candelária. Se depois disso ainda tiver pernas e a altitude não estiver impondo os seus efeitos nocivos, dê uma caminhada pela Candelária e Plaza de Bolívar. Vá até onde der sem stress, pois você vai voltar a essa área amanhã.

Plaza de Bolívar, Bogotá

No segundo dia,vá ver a cidade do alto. Pegue o Transmilênio – sistema de ônibus que virou meu transporte oficial, apesar do táxi barato. Mas atenção, só indico pra quem não esquenta com transporte público –  pare nas estação Las Aguas, ande até o teleférico e suba para Monteserrate, o Santuário do Senhor Caído que fica no alto da montanha.

Vista do Monserrate

É como subir o Cristo no Rio. E a vista da cidade é linda.

Santuário de Monserrate

Restaurante em Monserrate

Depois da visita, se der fome, saiba que os dois restaurantes que ficam na montanha são pega-turista, a comida é cara e não é nada demais, mas a vista é sensacional. Então peça algo para beber, aprecie a vista e guarde a fome para mais tarde.

Candelária, Bogotá

Descendo, volte para a Candelária e ande pelas suas ruas. Conheça o Centro Cultural Gabriel Garcia Márquez, com seu simpático café e uma enorme livraria que vai fazer a alegria de quem ainda torce o nariz para os iPads da vida. Faça um lanche e depois volte para o hotel.

Como vai ser noite de sexta, a primeira dica para diversão é a Zona T. As calles 83 até 86 concentram muitos restaurantes, bares e clubs e lota com um público mais classe média alta. Escolha o local que mais te agradar e divirta-se. A melhor parte da Zona T fica no calçadão próximo aos shoppings El Retiro e Andino, onde amanhã você vai querer comprar roupas da Diesel por metade do preço que é vendido no Brasil.

Se a sua rumba (balada em colombiano) é mais alternativa, se jogue no Septimazo na Candelária. As ruas são fechadas pros carros e o local lota com a galera jovem mais rock, universitária e o povo dos hostels da região. É chévere (bacana, cool, na gíria local). Se for gay, se jogue para a baixa Chapineiro ( calles 57 a 63), onde ficam os bares e boates GLBTT e não deixe de conhecer a Theatron, boate gigantesca que funciona num antigo cinema e conta com diversos ambientes que tocam desde eletrônica bate-cabelo, a salsa, rumba, pop rock e reggae. Cada ambiente é uma história.

Dia 3, sábado. Se a ressaca da sexta tá impedindo a concentração, pegue leve. Vá aos shoppings da Zona T, conheça o local de dia, aproveite os preços de algumas coisas que são bem mais baratas que no Brasil e relaxe. À noite, vá jantar num dos muitos restaurantes da Zona G (G de gourmet) ou numa das maiores atrações turísticas do país: o restaurante Andrés Carnes de Res, que fica fora da cidade, num pequeno “pueblo” a uns 30 minutos de carro. Dizem que é surpreendente, mas pelo vi e li, não é muito a minha não. Só recomendo porque é tido como uma grande atração local. Para ir é bom fazer reserva e pedir no hotel taxi para levar e trazer de volta. Tem uma filial, o André D.C., no shopping El Retiro, na zona T.

Catedral de Sal, Colômbia

Pegou leve no sábado? Então acorde cedo no domingo e vá conhecer a Catedral de Sal, que fica a uns 45 km da capital. Veja se consegue o táxi no próprio hotel e reserve com antecedência. Mas tente pechinchar e só aceite se for para te levar, esperar e trazer de volta ao hotel. Tente fechar por uns U$70,00 (mais ou menos uns 130 mil pesos colombianos). Como é o programa turístico dos domingos, pergunte se no seu hotel tem outros turistas que querem ir, junte o grupo e rache a despesa do táxi. Fica mais em conta. A catedral fica dentro de uma mina de sal ativa no pueblo de Zipaquirá e é bem impressionante nas suas dimensões e na sua estranheza. A caminho da nave central, onde fica a grande cruz, você vai passando por esculturas em sal que representam as estações da via crucis. A Catedral de Sal foi votada recentemente como a maior atração turística da Colômbia.

Fez o roteiro direitinho? Então viva! Você conheceu o melhor de Bogotá, passou no teste e está pronto para conhecer Cartagena e Islas del Rosario, que é o assunto da nossa próxima conversa.

André Urso em Monserrate

Serviço:

  • A passagem em promoção da Gol me custou 16 mil milhas (8 mil por trecho – olhando depois vi por 5 mil milhas!). Se você for rápido, acho que ainda pega.
  • Bogotá fica a mais de 2.600 m acima do nível do mar. Aqui normalmente chove muito de outubro a começo de dezembro. É melhor trazer alguma roupa de frio e, principalmente, de chuva.
  • De Guarulhos para Bogotá são mais ou menos 6 horas de viagem.
  • Perto do grande supermercado Éxito, na Zona T, tem uma galeria de lojas com várias casas de câmbio próximas e boas cotações. Compare e escolha a melhor.
  • As ruas são bem vigiadas, principalmente a Candelária e a Zona T, mas, como no Brasil, não convém dar mole com bolsas e câmeras.

Obrigado, André!

Leia mais

Todas de Bogotá no Viaje na Viagem

Leia mais:

169 comentários

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Adorei André !
Fotos lindas e super dicas .

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalinkResponder

Muito legal!
Obrigada, André!

Lena
LenaPermalinkResponder

Puxa, como ficou bacana este post! Juro que fui lá no Smiles ver se conseguia pegar a promo wink

Fábio G.
Fábio G.PermalinkResponder

Em março passado estive por aquelas bandas. Voltei encantando com tudo que vi.
Bogotá, Medellin, Cartagena, Santa Marta e Taganga.
Colombia é linda!
Quem não conhece e quer ficar com mais água na boca.
Este vídeo é ótimo:

http://www.youtube.com/watch?v=g5NyzwKMOUc

Luca
LucaPermalinkResponder

A Colômbia é o segredo mais bem guardado da América Latina. Eu sou completamente apaixonada por Cartagena e não sei como ela não é tão popular entre brasileiros como Cuba ou Aruba. Mas eleger a catedral de Sal como a maior atração da Colômbia é forçar um pouco a barra.

andre urso
andre ursoPermalinkResponder

Fala, Luca! A catedral de sal é realmente bem impressionante, mas também acho que a Colombia tem belezas naturais bem mais "vistosas" e que merecem o referido título. Quem elegeu nao fui eu nao, mas o próprio povo colombiano e isso é falado com orgulho pelos taxistes com quem conversei e pelo povo dos hotéis. Abraço

Alexandre Costa

André, parabéns pelo relato! Ficou ótimo! Nunca tinha considerado uma viagem a Colombia, mas agora está na minha lista.

CarlaZ
CarlaZPermalinkResponder

Muito legal! Super deu vontade de ir!

Amélia
AméliaPermalinkResponder

Já queria muito ir, principalmente porque as ofertas de milhas são frequentes, agora fiquei mais animada!E pensar que tem Caribe por lá .......

Agnes
AgnesPermalinkResponder

Muito bom. Grandes dicas.

Giovanni Soares

Muito bom, Urso!
A vontade que deu foi de conhecer a Colômbia
na próxima viagem.
Vou passar o link para Ana Paula.
Parabéns!
Abraço,
G.

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Melancolia agora reina na minha alma! Aooo saudade de Bogotá e da Colômbia. Que país rico! Que maravilha ver que mais brasileiros se aventuram por lá e deixam um pouco de lado a parte sul (vulgo Argentina) da América do Sul.

O ruim foi só o amigo Urso ter pegado um dia de chuva na sua visita ao Monserrate.

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Detalhe..., abaixo deixo dois links sobre os meus relatos nessa cidade. Viajei no finzinho de dezembro e o clima estava maravilhoso!

MONSERRATE EM BOGOTÁ! VISITANDO A IGREJA NO CUME DA MONTANHA
Bogotá na Colômbia - minhas primeiras impressões

luis r.
luis r.PermalinkResponder

vou passar apenas um dia em bogotá -- culpa da tam q, cancelou meu voo e me botou num outro um dia + tarde. de forma q nem sei como usar tantas dicas boas!
agora, será q essas infos sobre cartagena vão demorar? vou pra lá na próxima terça =P
aliás, andré urso tem seu blog próprio ou só subloca?

Ricardo Freire

O André manteve um blog quando trabalhou em Angola:
http://andreurso.blogspot.com/

luis r.
luis r.PermalinkResponder

tx! smile

Anna Claudia Chaves

Sou carioca e moro ha 1 ano e meio em Barranquilla, ao lado de Cartagena. No meio do ano vou viver em Bogota. A Colombia eh tudo isso mesmo que dizem: o povo eh simpatico, bonito, agradavel, alegre, tem muita coisa bacana para ver e alem de tudo, adoram brasileiros. Somos muito bem tratados la ! Uma dica eh o Hotel Decameron Baru em Cartagena. Fica em uma ilha linda e tem uma otima estrutura. Ricardo Freire, se eu puder ajudar, conte comigo.

Ricardo Freire

Uma vez me perguntaram sobre essa Isla Baru, acho que quando pesquisei não tinha hotel não! Obrigado!

Beatriz Mazer
Beatriz MazerPermalinkResponder

Veja no meu blog www.jovensdeespirito.com.br as minhas impressões sobre Bogotá e Cartagena para pessoas acima de 50 anos e jovens de espírito. Voltei dia 23/12 e tudo está fresquinho!
Beatriz

Luiz
LuizPermalinkResponder

Pessoal, estou indo a Cartagena em Março e preciso de dicas de hospedagem. Restaurantes são caros? Vale a pena utilizar o cartão de credito para pagar essas despesas? Meu email: lsspadilla@gmail.com

luis r.
luis r.PermalinkResponder

oi, luiz. acabo de voltar de cartagena e ñ achei os restaurantes caros, ñ -- mas é claro q isso é um pc relativo, dependendo do q vc está acostumado a pagar, do tipo de lugar etc. no geral, dá pra dizer q os preços, embora amigáveis, ñ são tão bons qt os de buenos aires, mas tb nada assim como em são paulo.
eu gostaria de ter me hospedado no centro histórico, mas como resolvi a viagem mt em cima da hora tive q ficar em bocagrande, a parte mais moderna da cidade. fiquei no hotel capilla del mar http://www.capilladelmar.com/, q é bem confortável, com ótimo café da manhã e vista pro mar (embora a praia de cartagena ñ seja o q a cidade tem de melhor).
qt ao cartão de crédito, ñ vejo razão para ñ usá-lo.
abs

Luiz
LuizPermalinkResponder

Obrigado pelas informações Luis. Você acha melhor ficar hospedado no centro histórico mesmo? De 0 a 10 qual seria a nota que você daria a Cartagena? Muito obrigado pelas informações.

luis r.
luis r.PermalinkResponder

ficar no centro histórico é estar com os restaurantes, bares e outras atrações (como o castelo de san felipe) bem à mão. é sair do quarto pra aproveitar a cidade (o q, dependendo do hotel em q ficar, tb pode signifciar q a muvuca da cidade tb vai entrar pela sua janela adentro).
mas ñ é fundamental, ñ, inclusive pq bocagrande fica a 5-10 minutos da área amuralhada, e um táxi de um local a outro custa o equivalente a 5 ou 6 reais.
estive na cidade com amigos, em época de festa (ano novo), o sol brilhou todo dia, o hotel era confortável. ou seja, então ñ teve muito como ñ ter gostado. mas ñ dou nota 10, ñ: além de ñ ter aquele mar azul q a gente espera de uma praia à beira do mar do caribe, cartagena ainda tem q melhorar bem em serviços, principalmente em restaurantes (contas erradas, serviço lento, mesas vazias à espera de reservas pra dali a mais de uma hora, garçon q derruba a garrafa do cliente no chão e ñ oferece outra no lugar, essas coisas).

luis r.
luis r.PermalinkResponder

ignore o "praia à beira do mar". falha nossa.

Luiz
LuizPermalinkResponder

Ok. Muito obrigado mesmo. Vou considerar suas informações na minha viagem.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

olá, riq e trips!
vou p/ colôbia neste final de semana. fechei hospedagem em cartagena e em bogotá.
gostaria de saber se é possível algum bate-e-volta de um dia a partir dessas cidades p/ a região do café, ou para o parque nacional do café. pelas distâncias, parece ser meio puxado... alguém sabe de alguma fazenda de café mais próxima a bogotá ou a cartagena que receba turistas?
agradeço desde já por qualquer dica!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Oi, Evelyn! A sua pergunta foi lá para o Perguntódromo! Vamos ver se algum leitor consegue ajudar. Fique de olho nas respostas!

https://www.viajenaviagem.com/2011/01/perguntodromo-sua-vez-de-responder/

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Muito obrigada, Riq!
Tou monitorando as respostas sim!
Valeu!

Ricardo Freire

Oi Evelyn, quem informou foi A Bóia, minha assistente fofa! bjs!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

desculpe o engano!!!! :0
retificando: obrigada, Bóia!
e bem-vinda!
bjoo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Disponha! wink Agradeço pelas boas-vindas!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

*corrigindo: colômbia

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Este post me fez relembrar a Bogotá que visitei em março passado, um dos destinos mais marcantes que já conheci.

O André fez alguns passeios que não fiz, como subir a Monserrate e ir à Catedral de Sal.

Mas deixo uma dica para o domingo de manhã: Usaquén, bairro classe média-alta, a uns 10 minutos de táxi da Zona T, onde há o interessante Mercado de Pulgas, um ótimo shopping center (Hacienda Santa Barbara, instalado no casario de antigas fazendas que existiam no local), e vários restaurantes charmosos em pequenas ruas históricas bem conservadas.

andre urso
andre ursoPermalinkResponder

Olá, Dionísio

Seu post foi muito útil e uma grande ajuda para mim antes de embarcar para a Colômbia, por isso, antes de mais nada, muito obrigado! smile
Fui em Usaquen conhecer a feira na volta da Catedral de Sal,mas acabei nao colocando o destino no meu post por conta do engarrafamento para chegar lá que é muito grande e também porque a feira de fato me decepcionou um pouco. Acabei achando pequena e pouco atrativa para alguem que conhece as feiras de domingo de Sao Paulo por exemplo, ou para quem já foi a San Telmo em Buenos Aires. Mas a região de Usaquem, que achei uma V.Madalena Bogotana, vale pelos restauranes simpáticos e para quem busca se hospedar no extremo norte da cidade num bairro tranquilo, que tem uma boa infra, mas fica um pouco longe do centro e das outras atrações de Bogotá.

luis r.
luis r.PermalinkResponder

oi, andré.
minha vez de retibuir: passei um (mísero!) dia em bogotá ao voltar de cartagena, e usei as informações do post acima como guia básico.
quase morri, pois tentei fazer todo o roteiro num curtíssimo espaço de tempo (na real, acho q morri por uns minutos assistindo a um vídeo no museu do ouro) e a altitude cobrou seu preço de forma assustadora logo após o almoço.
de qq forma, valeu pelas informações. pena q vc ñ tem mais um blog, como o q manteve em angola e q me foi indicado pelo ricardo freire. vc escreve bem pacas!
obrigado e abs.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Sim, realmente Usaquén vale mais pelo bairro, que é bem interessante.

Fiquei com vontade de subir ao Monserrate, mas passei ofegante os três dias que fiquei em Bogotá. Até amarrar o sapato me cansava. Então, não quis arriscar. mas foi legal teres ido. Gostei muito da foto tirada lá de cima.

Ermesto, o pato

Estou preparando um post sobre bogota e Vila de Leya, mas já adianto que uma boa dica é o Hotel Ibis, bom e barato.

Polliana
PollianaPermalinkResponder

Excelente roteiro... vou copiar, pois estou indo para Colômbia no próximo sábado! Mas onde está a continuação... Cartagena e Isla do Rosario?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Polliana! O André já mandou a continuação, só falta o Comandante editar.

Polliana
PollianaPermalinkResponder

Que ótimo!!!
Alguém sabe me dizer se para Bogotá preciso levar dólares ou fazem o câmbio com reais? Li em algum site que aceitam reais, mas gostaria muito de confirmar por aqui.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Polliana! De todos os relatos sobre viagens à Colômbia aqui no site (e há vários; veja: https://www.viajenaviagem.com/category/colombia ), ninguém jamais mencionou isso como uma oportunidade.

Caso troquem reais na Colômbia, não é de se esperar que se encontre uma boa cotação.

Esta é a fórmula do Comandante para dinheiro no exterior:
https://www.viajenaviagem.com/2010/10/dinheiro-x-cartoes-no-exterior-minha-receita/

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Polliana,

acabei de voltar de lá. Eles trocam reais na maioria das casas de câmbio sim. Ainda assim, o câmbio é mais favorável com o dolar.

No aeroporto, o câmbio é o menos favorável, mas não é horrível, dá p/ trocar p/ as necessidades + básicas....

Na Colômbia toda, o melhor câmbio q achei foi próximo à zona T, na Carrera 15, em uma galeria em frente ao supermercado Carulla. Lá as casas de câmbio são bem discretas, tem q prestar atenção...

Em Cartagena, o câmbio é bom em casas de câmbio próximas à Torre do Relógio.

Polliana
PollianaPermalinkResponder

Muito obrigada, Evelyn!! Valeu demais!!

Maria Fernanda Brando

Oi Polliana! Já viajei várias vezes para a Colômbia e não recomendo fazer o câmbio com reais nem aqui, nem lá. O ideal é ir com alguns dólares no bolso, trocar na casa de câmbio do aeroporto para as despesas iniciais, como táxi, e depois tirar dinheiros nos bancos 24 horas espalhados pela cidade (Cajeros Automáticos). Cada vez que vc sacar, seu banco no Brasil te cobrará uma taxa (mais ou menos 13 reais) e voce já terá o dinheiro na moeda local em mãos! Isto é, vale a pena calcular de quantos pesos vai precisar para fazer um saque apenas.
A Colômbia é sensacional! Vc vai amar!
Abraço, Mafê

Polliana
PollianaPermalinkResponder

Muito obrigada, Maria Fernanda! Valeu pelas dicas!

Viajante Oficial

Leve dólares. Troque o minimo que puder no aeroporto El Doradao. No centro de Bogotá voce encontrará dezenas de casas de câmbio. Na 19/5 ( calle 19 esquina com carrera 5 ) em frente ao Hotel Bacatá encontrei a melhor cotação. Mas não se preocupe pois as opções são muitas.

Gigi Zunino
Gigi ZuninoPermalinkResponder

EStou indo para Bogotá, Cartagena, Ilha de San Andres no final do mês , adorei as dicas... tudo de bom . Prometo que quando retornar publico coisas interessantes e dicas que encontrar por lá.Obrigado e parabéns pelo site.

Carla Zen
Carla ZenPermalinkResponder

Oi, pessoal!

André, adorei as dicas de Bogotá e Cartagena. Pretendo colocá-las em prática agora em junho.

Agora, estava precisando de mais dicas de hotéis, especialmente dentro da cidade murada de Cartagena. E quais empresas aéreas que fazem Bogotá/Cartagena.

Pra quem ainda não sabe, tá uma mega promo de milhas da Tam. Comprei minhas passagens para junho por 4 mil pontos o trecho.

Beijos e obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Fazem esta rota a Avianca, a Aires e a Aero República.

Você já olhou nos comentários anteriores e nos posts desta categoria para ver indicações de hotéis?

https://www.viajenaviagem.com/category/cartagena

Carla Zen
Carla ZenPermalinkResponder

Muito obrigada!

ana Futami
ana FutamiPermalinkResponder

Caro Andre,

Estamos em Bogota neste instante. vamos seguir suas divas. ontem foams ao Andres Carne de Res e posso dizer que foi uma Das experiencias gastronomical mais interessantes que ja tivemos! Recomendo muito. depois no nosso blog farei um anexo mini do seu so sobre este ligar, pois merece. Abs Ana

Valdinho Pellin

Olá Pessoal. Esse post me deixou com água na boca.
Viajando pela Avianca tem conexão me bogotá: chega 5:20 da manhã e sai as 15:35.
Dá para dar um pulinho em Bogotá para repirar o clima da cidade? o que poderia ser visitado me uma manhã completa?

Ricardo Freire

Valdinho, em poucas horas não dá pra ver tudo, então é muito simples: a gente escolhe o que mais nos apetece. O centro histórico dos lugares sempre é a primeira pedida, mas se alguma outra coisa deste relato lhe chamar mais a atenção, vá em frente.

Valdinho
ValdinhoPermalinkResponder

Obrigado Ricardo.
Abraço e parabens pelo site.

Juliana Alves
Juliana AlvesPermalinkResponder

Bogotá é uma cidade maravilhosa, tem de tudo para todos os gostos, vale muito a pena conhecer.
A Catedral de Sal foi a maior furada que visitei na Colômbia, haja imaginação para ver Maria e Maria Madalena em duas pedras com uma cruz no meio representando Cristo!
Estando na cidade de Zipaquirá não deixe de visitar a igreja na praça central que é muito interessante e passear por seu pequenino e simpático centro histórico. E na volta pare na cidade de Chía e almoce no restaurante (matriz) "Andres carnes de res", comida deliciosa e uma decoração interessantíssima, toda feita com sucatas. Visitar e a Colômbia é descobrir um país lindo, rico de história e povo simpático.

Fernando Luiz De Santi

Ótimo relato, estou pensando seriamente em ir para Bogotá em outubro/11 mas tenho uma dúvida, como é a questão de preços de restaurantes, entradas de museus, preço de bugigangas, etc...
queria ter uma idéia se o câmbio para brasileiros lá é realmente favorável ou se os preços são parecidos com os brasileiros.
Alguém pode me ajudar?
Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Todos os países do mundo são baratos em relação ao Brasil. Nossa moeda está supervalorizada.

Veja relatos recentes, com preço, de restaurantes de Bogotá:
http://www.destemperados.com.br/tag/bogota/

Fernando Luiz De Santi

Bóia, obrigado pela indicação. Outra dúvida que não consegui encontrar pela internet, posso trazer chá de coca da colômbia? Ou pelo menos me indicar aonde posso tirar essa dúvida.

Eliz
ElizPermalinkResponder

Boa tarde,

Uma perguntinha para quem já teve o prazer de conhecer a Colômbia:

Estamos indo para Colômbia dia 17/10 e voltando 28/10. Começamos por San Andres e depois Cartagena e Bogotá. Estamos em dúvida em quantos dias ficar em cada lugar. Gostaria de saber se para conhecer os principais pontos turísticos em cada lugar, o roteiro abaixo está de bom tamanho:

17/10 - SP - San Andres
18-19-20 - San Andres
21 - San Andres/Cartagena
22-23-24-25 Cartagena
26 - Cartagena/Bogotá
27 - Bogotá
28 - Bogotá-SP

Estamos achando pouco tempo em Bogotá, aumentamos um dia?

Muito Obrigada!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Eliz,

Cartagena é pequenininha, dois dias inteiros são MAIS DO QUE SUFICIENTES, a não ser que você REALMENTE queira descansar. Remaneje pelo menos um dia de Cartagena p/ Bogotá. Se tiver interesse em fazer o bate-e-volta da catedral de sal em Zipaquirá, então remanaje mais um dia extra p/ Bogotá. O bate-e-volta a Zipaquirá pode ser combinado com a cidadezinha de Chía, p/ almoçar no Andrés Carne de Res (você consegue fazer tudo de ônibus).

Sugestão:

24 - Cartagena/Bogotá
25 e 26 - Bogotá
27 - Zipaquirá + Chía

Valdinho Pellin

Oi Eliz:
Eu ainda não fui a Colômbia mas estou montando uma viagem parecida com a sua para o inicio do ano que vem. Penso em dividir a viagem entre Bogotá e Cartagena. Pelo que andei pesquisando dois dias é muito pouco para Bogotá. Eu acho que no mínimo 3 dias completos.

Dionísio
DionísioPermalinkResponder

Sim, no mínimo três dias completos em Bogotá.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

minha opinião é um pouco diferente...

quando fui, deu pra ir a todas as atrações de bogotá que eu pretendia ver, com bastante calma, em dois dias inteiros (sem contar o da ida). no terceiro dia, fiz o bate-e-volta que mencionei (zipaquirá + chía), e ainda deu tempo de passear por bogotá durante o restinho da tarde... no dia seguinte, como meu vôo era à noite, eu já estava rodando a esmo, sem nenhuma "obrigação" ou "lerê", o que também é bom, mas quando se tem REALMENTE tempo extra. não posso dizer que esse último dia foi essencial não. na verdade foi apenas um "bônus".

em suma, minha opinião, é de no mínimo dois dias inteiros em bogotá, mais um dia para bate-e-volta. o que vier de extra será lucro.

Eliz
ElizPermalinkResponder

Boa noite pessoal,

muito obrigada pela ajuda. As opiniões foram super importantes para fecharmos o roteiros que ficou assim:

17/10 – SP – San Andres
18-19-20 – San Andres
21 – San Andres/Cartagena
22-23-24 Cartagena
25– Cartagena/Bogotá
26-27 – Bogotá
28 – Bogotá-SP

Valeu pessoal!
Agora se alguém tiver uns hotéis para indicar nestes lugares, eu agradeço...

Valeu!!!

Daniela Franco

Em Cartagena, recomendo o Sofitel Santa Clara, é maravilhoso. E em Bogota, o Hotel Morrison, super bem localizado. Nao deixe de visitar o Museu do Ouro e o Museu Botero em Bogota, imperdiveis!

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Cité Hotel Bogotá

Muitíssimo bem localizado.
Quartos extremamente confortáveis.
Região super segura à noite, e perto de restaurantes e bares.
Detalhe: amenities da L'Occitane.
Na época, fechei o hotel em uma promo do Hotéis.com.

Em Cartagena, o melhor é se hospedar no centrinho histórico.

Germano JS
Germano JSPermalinkResponder

Em Bogotá fique na Zona Rosa. Adorei o Andino Royal. Se não conseguir ir a Chía, tem o Andrés D.C. nessa região de Bogotá, a uma agradável e rápida caminhada de distância.

Fernando Luiz De Santi

Alguém sabe me dizer se é possível trazer chá de coca da colômbia para o Brasil?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Em baixas altitudes isso provavelmente não vai te fazer bem, não!

Mas se te pararem na alfândega você vai ser só confiscado, não vai ser processado por tráfico de drogas não...

Fernando Luiz De Santi

outra coisa, em bogotá o nível de espanhol tem que estar muito bom ou conseguindo falar o básico é o suficiente para se virar por lá?
Estou indo para lá no final do mês e gostaria de saber se preciso acelerar o estudo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Com calma, bom humor e conhecimentos básicos dá para se virar!

Valdinho Pellin

Embora eu ainda nem tenha data para minha viagem a Colômbia, ela está na minha lista para ano que vem.
Lendo e e pesquisando, principalmente aqui, pintou uma dúvida: o que seria mais interessante para um complemento de uma viagem a Bogotá: ir a Cartagena ou ir a Medellin e a cidade colonial de Vila de Leyva? Imagino uns 10 dias no máximo para uma viagem a Colômbia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Valdinho! Cartagena é a jóia colonial colombiana. Medellín e Villa de Leyva é para um roteiro mais alternativo. Ambas são viagens bonitas, depende do que você valoriza mais.

No Brasil seria como decidir entre ir a Salvador ou a São Luís numa primeira viagem.

Leia sobre a viagem do Ernesto, o Pato Econômico a Medellín:
https://www.viajenaviagem.com/2011/04/medellin-botero-e-turismo-social-um-relato-do-pato-economico/

Anita
AnitaPermalinkResponder

Cartagena, com certeza! Na verdade não conheço Medellin, mas Cartagena é imperdível em uma primeira ida à Colômbia. Fiz o vôo interno pela Aires e saiu bem mais barato que Avianca, por exemplo.

Arthur | Agora vai mesmo

Assino embaixo, não conheço Medellín também (nem Bogotá), mas Bogotá, por ser a capital política e histórica e todo mundo falar bem e Cartagena (e San Andrés) são imperd[íveis.
Abs!

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Anita quanto vc pagou pela passagem aérea até Cartagena pela aires? vc comprou lá mesmo? vou em janeiro próximo, e tenho dúvidas, e o voo a San Andres tem idéia do preço?
Aguardo,

Germano JS
Germano JSPermalinkResponder

Cartagena, sem dúvidas.

Valdinho Pellin

valeu Bóia.
Obrigado

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Olá, tenho um vôo de conexão em Bogotá de 6 horas, quero parar e conhecer. O que vocês indicam? detalhe, o vôo é dia 25/12.. preciso descobrir se está aberto!
obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! Vôos atrasam, aeroportos são distantes das cidades, é preciso estar de volta a tempo para pegar o próximo vôo, os procedimentos de segurança estão cada vez mais demorados... nossa sugestão: leve um bom livro e livre-se de perrengues desnecessários!

Alvarez
AlvarezPermalinkResponder

Estivemos em Bogotá, Cartagena e San Andres num total de 8 dias. Não conseguimos ir a Medelin. No entanto nós indicamos certamente Cartagena por tudo de melhor que há na Cidade que não é tão grande e pode ser vista se houver pouco tempo e disposição em 48hs, idealmente 3 dias, foi tempo que permanecemos lá. Assim como ficamos 3 dias em Bogotá e aproveitamos muito!!! O Andres Carne de Res é um lugar ímpar que deve ser visitado pelo pitoresco e fabuloso astral caribenho q oferece. Já em San Andres ficamos pouco tempo, mas o suficiente prá desejarmos retornar e ficar no doce farniente por um mínimo de 1 semana sob os encantos do Mar do Caribe. A COLOMBIA é definitivamente o próximo destino "da moda" pros Brasileiros. Atenção especial pro embarque a San Andres - a ilha - é alvo de intensa fiscalização pro parte da Segurança Nacional Colombiana, na ida e na volta, assim fique tranquilo porque eles irão revistar mesmo a sua bagagem, um procedimento normal e corriqueiro na ida e na volta da Ilha.

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Alvarez, vou rumar pra Colombia em janeiro próximo, queria saber como chegar em San Andres de forma mais rápida, eu também vou ter 8 dias no total, qual o preço da passagem aérea de Bogotá para Cartagena? é fácil de comprar a passagem por lá? será que precisa comprar com antecedência? como janeiro é alta temporada penso que vai estar lotada, aguardo suas dicas.

Eliz
ElizPermalinkResponder

Olá Pessoal,

acabei de voltar da Colômbia e fiquei muito surpresa com essa viagem. Conheci San Andres, Cartagena e Bogotá, foram 12 dias.
Peguei um tempo ruim em San Andres, o que não me permitiu curtir totalmente a ilha, mas ainda assim é muito bonita, simples e ótima para compras, pois é um free shop a céu aberto... Atenção mulheres: ótimo para cosméticos e perfumes... eu comprei os meus na La Riviera da Av Costa Rica com a Glenda, uma vendedora muito simpática e que tenta entender o português.
Cartagena é linda e muito simpática, ficamos 3 dias inteiros e suficiente para conhecer a cidade.
Bogotá foi a cidade que me surpreendeu, ficamos dois dias inteiros, mas achei que faltou mais tempo.. fizemos o básico: Museo do Oro, Botero e Casa da Moeda, Santuário de Montserrate, Candelária, Praça Bolívar, Zona Rosa e Catedral de Sal...
Uma viagem que deixou gostinho de quero mais..
Algumas informações para que prentende ir à Colômbia:

- Fizemos os vôos internos - San Andres - Cartagena - Bogotá pela Copa, super tranquilo;
- Hospedagem: San Andres - Sol Caribe Sea Flower, a conservação do quarto não é das melhores, mas é muito amplo, bem localizado e o pessoal muito atencioso e fica de frente ao restaurante Goumert Shop Assho, um dos melhores camarões que já provei.
Cartagena - Hotel Playa Club em Boca Grande, bom hotel.
Bogotá - Hotel Suite Chico - Bom hotel, quarto pequeno, bairro residencial.. a localização não é das melhores, mas o bairro é muito tranquilo e o pessoal do hotel muito amável.
- Ao pegar táxi, em qualquer cidade, sempre pergunte antes o valor, às vezes já temos a idéia do valor, não perguntamos antes e na hora de cobrar há surpresas...
- Para fazer o passeio a Catedral de Sal, é muito tranquilo ir de Ônibus além de muito mais barato e liberdade para conhecer a cidade. Saímos de Bogotá umas 10 horas da manhã e voltamos as 19 horas...
- Só descobrimos na volta: na Colômbia há devolução de imposto, para isso o pagamento tem que ser em cartão de crédito, valor mínimo (se não engano) COP 252.000,00 e não entre serviços, hotéis e restaurantes.
No mais, se alguém precisar de alguma dica, fique a vontade para me perguntar, pois este site me ajudou muuuuuiiiito a programar a minha viagem.

Um abraço

augusto coster

Ola Eliz
Pretendemos embarcar para Cartagena e San Andres em 03/2012.
Se a sra permitir gostaria de perguntar o seguinte:
- o que ver em Cartagena ( 3 dias )
- o bairro Bocagrande é muito longe dos pontos turisticos (cidade velha,etc)
- dá para conhecer a parte interessante a pé?
Em San Andres:
- fala-se muito no hotel Decameron Aquarius. É tudo isto?
- o hotel informado (sol caribe sea flower) é all inclusive?
- algumas dicas de praias e passeios
Muito obrigado pelo auxilio
Augusto Coster

Eliz
ElizPermalinkResponder

Oi Augusto, mil desculpas pela demora em responder, mas não tenho visitado o site com tanta frequência...
Cartagena tem que se ver o básico: cidade histórica durante o dia e a noite e Islas Rosário.
Bocagrande é bem perto, menos de 10 minutos de táxi, não fiz esse trecho caminhando nenhuma vez...
Em San Andres não vi nenhum dos Decamerons... fiquei no Sea Flower e gostei muito, no hotel é meia pensão e em frente tem um restaurante ótimo, o Gourmet Shop Assho.
Em San Andres pegamos chuva, então não aproveitamos muito.. é interessante fazer o passeio de volta a ilha num onibus para se ter uma ideia geral do lugar... neste passeio conhecerá a praia que mais gostamos, a última antes de voltar ao centro e foi a que achamos mais bonita, só não me lembro o nome.. O lugar é ótimo para descansar e fazer comprinhas no centro tax free...

Espero ter ajudado, se precisar de mais dicas é só perguntar...

Um Abraço

Vanessa Rosselenne da Silva Cipriano

Olá, gostaria de saber se as roupas de lá são baratas e se são boas, gostaria de revender
Beijos

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! O assunto aqui do site é turismo, só entendemos disso, desculpe!

maria olimpia maistro

pergunta.... Estamos indo para Cartagena e Bogotá no final de março e estou procurando flats, pq tenho restrições alimentares que me obrigam a não sair de casa sem levar uma "matula".... Li o relato da viagem do André e vi que ele usou o Celebrities Suites em Bogotá, mas lí alguns testemunhos metendo o pau no hotel.... será que consigo alguma avaliação mais recente desse flat???
ou alguma outra dica de flat em Bogotá??? Em Cartagena devemos ficar no centro histórico (ainda não fechamos o hotel).
adoro seu blog.... vira e mexe e estou fuçando nele.. obrigada e abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Olimpia! Unanimidade não existe (e quando existe não é para o nosso bolso). Confiamos plenamente no gosto do André.

maria olimpia maistro

boa!!!!, tem razão!!!! vou fechar agora mesmo e depois passo nossa experiência que espero seja boa!!!!! abraços e obrigada

Leticia Duque
Leticia DuquePermalinkResponder

Olá a todos! Me divirto ao ler todos os comentários no site e fico sonhando em viajar para todos estes lugares!
Bóia, estou devendo um mega comentario sobre minha ultima viagem a Florida!

Preciso de ajuda!
Eu e meu marido vamos pra Cartagena e San Andres, mas ainda nao definimos data, empresa aerea, hoteis, lugares praconhecer etc. So sabemos q temos 5 dias inteiros pra viajar pra la e agora entre abtil e maio. O que vcs nos sugerem? Onde ficar, por qual cia ir, por qt tempo?

Obrigadaaaaa!
Bjks
Leticia

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leticia! Cinco dias não dá para os dois destinos. Escolha entre os dois. Leia mais sobre os destinos a partir destas páginas:

https://www.viajenaviagem.com/category/cartagena

https://www.viajenaviagem.com/category/san-andres

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar