Buenos Aires: 10 razões para não se hospedar no Centro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Calle Maipú, Buenos Aires

1. Porque o Centro é feio. Buenos Aires é uma cidade muito bonita. Em alguns lugares, como a Recoleta, fica linda. Em outros pontos pode estar um pouco maltratada, mas dificilmente perde o charme. Pra que, então, desperdiçar sua viagem a Buenos Aires se hospedando numa das partes mais feias, sujas e degradadas da cidade?

2. Porque o Centro morre à noite. 20 anos atrás, o Centro de Buenos Aires fervia dia e noite. De dia, a calle Florida concentrava o comércio elegante. À noite, a calle Lavalle nunca esvaziava, com cafés bem freqüentados e cinemas que, nas sextas e sábados, atravessavam a madrugada. (A cena mais impressionante que já presenciei em Buenos Aires foi a saída do cinema às 3 da madrugada; a rua estava tomada como se fosse a hora do almoço.) Nada disso existe mais. De movimento, no Centro, só restaram os teatros da avenida Corrientes.

3. Porque o Centro é um deserto gastronômico. Se você sair para escolher um restaurante ao acaso, vai acabar almoçando e jantando na praça de alimentação da Galerías Pacífico.

4. Porque sempre há uma armadilha-pra-turista dobrando a esquina. É como ficar em Copacabana. Todos os programas pra turistão são oferecidos na região. Ande três ou quatro quadras na Florida, e você vai ganhar mais filipetas do que será capaz de ler. É preciso ser safo para escapar.

5. Porque você vai acabar indo toda noite a Puerto Madero. A cinco minutinhos de táxi da Florida, Puerto Madero é o destino mais prático para as noites de quem está no Centro. Puerto Madero é urbanisticamente bem interessante e merece ser visitado, mas seus méritos gastronômicos são escassos.

6. Porque é provável que você fique limitado à Buenos Aires dos turistas. Centro, Boca, feirinha de San Telmo no domingo, Puerto Madero, passeio pelo Tigre, talvez uma travessia a Colonia. Caminhadas de manhã pela Recoleta? Tardes namorando vitrines em Palermo Soho? Escapadas noturnas a Palermo Hollywood? Dificilmente entram na programação. Deve ser por isso que muita gente justifica a escolha do centro para "ficar mais perto das atrações turísticas". Na verdade o que acontece é que você não consegue se livrar delas.

7. Porque é mais inseguro. Não há mais lugar totalmente seguro em Buenos Aires, mas no Centro você estará um pouquinho mais inseguro -- tanto nas aglomerações diurnas quanto na pasmaceira noturna.

8. Porque os hotéis são mais antigos. Há bons hotéis no Centro (o Esplendor Buenos Aires, os NHs, os Dazzler top de linha), mas a maioria é antigona.

9. Porque você não se hospedaria no centrão de São Paulo ou no centro do Rio com tanta naturalidade. Estou errado?

10. Porque a Recoleta é central, também. E também tem lá seus hotéis em conta (não espere muito deles, mas tem). Fica 7 pesos de táxi mais distante das "atrações turísticas". Mas muito mais perto da Buenos Aires mais bacana. (Basta descer do seu quarto e você já está nela.) 

Leia mais:

159 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

No começo de Abril, iremos a Buenos. Quem pode dar indicação de um hotel BB na Recoleta?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ernesto! Clique no post Onde ficar em Buenos Aires: hotéis na Recoleta. Ali há uma seleção de econômicos também!

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

brigadu!

Majô
MajôPermalink

Ernesto, o Ulises http://www.ulisesrecoleta.com.ar/ é um hotel básico, muito bem localizado, em frente ao Alvear. Chora o preço por e-mail com eles.
Por que vocês não alugam apê ?

Ermesto, o pato
Ermesto, o patoPermalink

Majo

Vamos ficar apenas 3 dias, então não compensa alugar u ape.

Brigado pela dica.

Majô
MajôPermalink

Sim, não compensa. Se bem que já aluguei apê por 4 dias que era o intervalo livre no calendário e paguei proporcionalmente, foi bom para as 2 partes wink Foi pela ByTArgentina.

Marcia Cristina Guasco
Marcia Cristina GuascoPermalink

Da forma que vc coloca é melhor nem ir mais para Bueno Aires, parece que tudo é ruim.
Será que ainda tem coisas bacanas para fazer em Buenos Aires, o que vc indica?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Marcia! Há zilhões de coisas bacanas para fazer em Buenos Aires. O que o Ricardo Freire quer dizer é que você aproveita mais quando se hospeda na Recoleta ou em Palermo!

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/americas/buenos-aires-ricardo-freire

Danilo
DaniloPermalink

Olá Ricardo,
tenho que descordar de vc (nunca imaginei que eu fosse dizer isso...hehehe). Creio que p/ quem vai p/ BsAs pela primeira vez, o centro continua sendo o local ideal p/ se hospedar, justamente por estar bem perto de todos os pontos turisticos. Na primeira vez em uma cidade a maioria das pessoas vão no "basicão" mesmo, caso em BsAs da Casa Rosada, Congresso/Avenida de Mayo, Feita de San Telmo, etc...

Danilo
DaniloPermalink

Correção:
*discordar
*Feira de San Telmo

Caroline®
Caroline®Permalink

Concordo. Da próxima vez que eu for, até quero me hospedar em Palermo ou na Recoleta. Mas na primeira, que a gente não conhece nada e tem que fazer os lerês, o centro é melhor.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Caroline, o que eu digo no texto é que a Recoleta está apenas 5 ou 7 pesos mais distante de qualquer lerê. Se você comprou a idéia de que é mais gostoso não ficar no Centro, não há por que recomendar que alguém gaste essa primeira vez em Buenos Aires num lugar feio e degradado de Buenos Aires.

Maíra
MaíraPermalink

Na minha primeira (e única) vez em Buenos Aires fiquei no centro e fui todos os dias para a Recoleta ou Palermo - dia ou noite ou ambos. E mesmo tendo ficado no centro durante 8 dias não fiz todas as turistadas - sendo que várias nem são no centro.
Gostaria muito mais de ter ficado num dos bairros e ter onde caminhar sem destino, especialmente à noite, com um café charmoso por perto...
Concordo totalmente com o post!

Lica
LicaPermalink

Dependendo da dsposição vc vai tranquilamente by foot da Recoleta até o centro. Fiquei no Loy Suites (fica em frente ao cemitério) e durante o dia eu fui andando até o centro. Flanando e aproveitando para parar na lojinhas do caminhou ficar apreciando a arquitetura.
Quando eu conheci o centro eu não consegui entender pq as pessoas ficam ali com a Recoleta coladinha e tão mais lindinha e agradável.
Enfim, o que acontece é que quem vai de pacote muitas vezes recebe das agências a informação que ficar no centro é que é cool. Como eu sou uma leitora voraz deste espaço, não cai nesta esparrela e bati o pé que queria ficar na Recoleta e não me arrependi.
Abraços para todos.

Vera Lúcia
Vera LúciaPermalink

Lica,
Como é bom visitar o Viaje na Viagem.

Alexia
AlexiaPermalink

Discordo de vc. Fui a Buenos Aires a primeira vez ano passado e como já era fã desse site, já segui a dica do Riq de se hospedar na Recoleta. Certeiro! Não poderia ter feito coisa melhor, taxi lá é tão barato e a Recoleta é tão perto do centro que não compensa ficar num lugar decadente por conta de proximidade dos lerês. Quando fui na calle Florida e vi o hotel onde pensei em me hospedar, quase que ajoelho a agraço aos céus por ter seguido a dia do Riq! Nada se compara a acordar e dormir num bairro tão lindo como Recoleta, faz toda a diferença na viagem.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Eu também. Fui pela primeira vez em janeiro e fiquei na Recoleta. Escolha perfeita! O táxi é muito barato, então dá para usá-lo sempre.

Alexandre Costa
Alexandre CostaPermalink

Riq, assino embaixo! Evidentemente encontraremos opiniões divergentes, mas fui duas vezes a BsAs e fiquei hospedado na Recoleta, que também é central e mil vezes mais charmosa. E com um táxi tão barato, já cogito ficar hospedado em Palermo na próxima oportunidade.

Fui ao Centro na primeira viagem pra conhecer e evitei o quanto pude na segunda vez. Infelizmente fui obrigado a fazer uma rápida passagem pela região para "apresentar" o Centro a quem não conhecia.

Karla Gê
Karla GêPermalink

Também terei de discordar. Fui a Buenos Aires três vezes e nas 3 me hospedei no centro e adorei! È bem verdade que eu não sou baladeira e em geral, lá pela meia noite já estava no hotel, mas nao achei o centro inseguro (talvez pq esteja acostumada à insegurança do RJ). Sujo ele é. Concordo! Mas ainda acho q o centro de Buenos Aires tem um charme decadente todo próprio.
DE qqr modo, acho que a Recoleta tbm é um ótimo bairro para se ficar. Só não ficaria em Palermo por achar longe de tudo o que mais me interessa, incluindo aí Puerto Madero que é um dos meus lugares favoritos de passeio (para comer é meio caro mesmo).
beijos

Walter F Leite
Walter F LeitePermalink

Quando estou em Buenos Aires, fico mais na rede NHs, e outros na 9 de Julho e também já me hospedei na Ricoleta, mas, o que eu curto mesmo é as casas de Tango com jantar (claro) e minhas cervejadas lá pelo Porto Madeiro. Se tiver num domingo, gosto de passear pela feirinha de San Telmo.

Nando
NandoPermalink

É verdade..

Já fui 4 vezes pra lá. As duas primeiras, me hospedei no centro e concordo com tudo, mesmo em hotéis modernos e top.

Nas duas últimas fiquei em Palermo e Recoleta, respectivamente.
Experiências completamente diferente.... pra melhor, claro!

É como o slogan de uma grande rede internacional de hotéis: Não seja um turista, seja um viajante.

Fran
FranPermalink

Na primeira vez que fui a Buenos Aires fiquei na Recoleta, no Art Hotel, graças a indicação do Riq. Adoramos!
É isso mesmo que ele colocou, um bairro lindo para passear de manhã, encontrar moradores fofos e educados, uma lojinha aqui outra ali, e tudo relativamente perto.
Quero testar Palermo, mas a Recoleta é um charme...

Mi Carbone
Mi CarbonePermalink

Riq, concordo em genero, numero e grau com esse post. Vou muito para Buenos Aires por conta do trabalho e sempre fico em Palermo. Tem coisa melhor do que ir a pé no La Cabrera?? ?Meus amigos sempre me pedem dicas da cidade, e eu sempre digo: existe Buenos Aires fora da Florida e centro. Nao perca sua viagem toda naquela regiao ! ?Hospedagem entao nem se fala....NADA se compara aos hoteis charmosos e atendimento nota 10 da regiao de Palermo Soho. ?Besos!

Henrique França - Beagle

Eu também gosto do Centro ! hehehe
Por mais que façam campanha, continuo não conseguindo ter esse sentimento todo por Palermo, por exemplo.
Concordo com outros vibanas que o Centro é a melhor opção para quem vai pela 1ª ou 2ª vez para BsAs. Dá para ir a pé e/ou pegar metrô ou táxi para os principais pontos turísticos / experiências.

Para quem já viu tudo o que tinha para ser visto em termos de "lerês" e quer aproveitar a cidade em si, acredito que sim a Recoleta pode ser uma boa.

JULIO CORRÊA
JULIO CORRÊAPermalink

Uma outra opção seria o upload.
Quem vai perder a virgindade em BUA terá que cumprir todos aqueles lerês fundamentais (Casa Rosada, Avenida de Maio, Puerto Madero, Casa Rosada, casas de tango, San Telmo e etc), não é? Então, que tal ficar umas duas ou três noites no Centro para poder fazer tudo isso a pé. Nem sempre dá para conhecer a parte central em um dia. E depois, fazer um upload e ir para um hotel na Recoleta e curtir o que a cidade tem de mais charmoso?
Não acho o centro de BUA feio. Sem vida e um tanto mal tratado, talvez. Mais ainda tem charme. E muita história. Se hospedar no Centro por uns dias, seria entrar em contato com o cotidiano, a lado mais genuíno dos portenhos.
Infelizmente, tem gente que vem ao Rio e se limita ao trio:Ipanema, Leblon e Copa e ignora o Centro, Lapa, Sta. Tereza e etc. Só que a parte central do Rio dá para conhecer em um dia. Em BUA, acho que não.
Sei lá, essa é a minha sugestão. Não sei se vc concorda.
abração
http://jccbalaperdida.blogspot.com/2010/09/buenos-aires-para-virgens.html#links
http://jccbalaperdida.blogspot.com/2010/10/buenos-aires-para-sem-vergonhas.html#links

Wanessa
WanessaPermalink

Riq, concordo com tudo.
Acho a Recoleta tão central que não vejo nenhuma dificuldade em ficar lá e fazer os passeios tradicionais no Centro. E, depois que esses passeios se esgotam, tem a vantagem de se estar num bairro charmoso e agradável.
Já Palermo é perfeito para quem quer curtir bastante a gastronomia de Buenos Aires. Durante o dia, é fácil sair para passear em outras partes da cidade.

Wanessa
WanessaPermalink

Completando: eu acho algumas partes do centro de Buenos Aires lindíssimas, como a Avenida de Mayo, por exemplo, mas é um lugar pra passear, e não pra ficar hospedada ...

Fran P.
Fran P.Permalink

Eu já fiquei no Centro (no Dazzler Tower Maipu) e gostei, mas não ficaria mais. Já bati cartão nos pontos turísticos e, sinceramente, nem precisa ficar no Centro para isso.
Mas vamos combinar que a rede hoteleira da Recoleta é muito cara. São poucos hotéis econômicos e nem sempre eles estão disponíveis.
Estarei em BsAs em abril e aluguei um apartamento. Acho muito mais jogo, porque a maioria deles são mais charmosos que qualquer quarto de hotel.

Carol Wieser
Carol WieserPermalink

Riq.

Com certeza fujir do centro é sempre melhor!!

Na última vez fiquei no centro no Esplendor Buenos Aires, o hotel é muito bom... mas se tivesse ficado em outra região acho que aproveitaria muito mais os arredores.

Beijos

Larissa
LarissaPermalink

não entendi.. não é porque alguém fica no centro que vai ficar preso lá.. eu adoro ficar nos hotéis da Corrientes, exatamente porque à noite fica tudo aberto (principalmente as livrarias) e há muitos lugarezinhos pra comer. Sempre fico num hotel a uma quadra do Obelisco, é muito fácil de ir pra qualquer região da cidade e como o táxi é barato mesmo não tem problema.. eu acho pior ficar em Puerto Madero só por causa dos restaurantes.. lá sim fica meio desértico à noite..

Renata Senna
Renata SennaPermalink

Não vi nenhum problema com o Centro de BsAs.
Tinha ótimos restaurantes, inclusive um italiano muito bom e barato, andei a pé como não houvesse amanhã, não fui abordada em nenhuma esquina e conheci todas as indicações da sua rota alternativa.

Acho que o problema aqui se chama guia turístico.

Tiago dos Reis
Tiago dos ReisPermalink

Meu Deus! Então foi por isso que eu não gostei de Buenos Aires! Fiz exatamente o que você não recomenda.
Aliás, será que eu fui mesmo para Buenos Aires?? rs

Eunice
EunicePermalink

Fomos três vezes em Buenos Aires ( contando duas entradas em uma mesma viagem ). Nas três vezes ficamos no centro e adoramos. Na segunda vez cheguei a propor hospedagem na Recoleta mas marido e filha não aceitaram. Gostamos daquele charme decadente. Aliás, o que eu realmente gostei em Buenos Aires foi dos velhos cafés, das livrarias e do tango. Palermo não fez nossa cabeça. Sim, da Recoleta gostamos muitíssimo. Aliás, no centro existem inúmeros velhos cafés, como gostamos. Não achei nada original em Palermo, sinceramente. Nem as lojas de roupas. Aliás, acho que não sou um bom parâmetro, porque adoro o centro do Rio ( muitas vezes já me hospedei no Flamengo para curtir o centro ), o centro de São Paulo ( com medo, claro) e o centro de Salvador.

Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

Uma das coisas mais baratas em BsAs é o táxi, então não tem porque ficar no centro apenas por achar que assim os pontos turísticos ficarão mais próximos... Cada turista tem um objetivo bem pessoal (

Marco Cavalheiro - Buenos Aires Dreams

oops, não terminei! Como dizia, cada turista tem um objetivo bem pessoal, e muitas vezes o centro pode ser sim interessante. Eu particularmente não suporto mais caminhar na Florida ou Lavalle, mas sou apaixonado pela Corrientes. Adoro as livrarias, sempre vou lá. Mas nunca ficaria hospedado na Corrientes... Essa é a idéia, para aproveitar o lugar você não precisa ficar hospedado lá! Mas o mais importante é se dar conta que existe muito mais em BsAs do que compras na Florida e show de tango. E existe uma cidade belíssima e interessante longe do centro e das atrações turísticas!! smile

Marceu
MarceuPermalink

Voltei de B.A semana passada, alugamos um apartamento na Recoleta pela Byt (montevideo com cordoba)tudo de acordo. O transfer de Ezeiza foi feito pelo taxista Gustavo, depois de eu ter lido comentários positivos sobtre ele aqui nesse site. O contato dele é gustavolaviero@hotmail.com, foi 270 pesos a ida e volta. Muito bacana. Abraços

Alexia
AlexiaPermalink

WOW! 270 pesos!? Achei MUITO caro! Quando fui em setembro paguei 180 pesos ida e volta.

Mariana - Hotel Querido

Alexia, a infelizmente, a inflação na Argentina anda com a corda solta. Em 2005, um taxi Ezeiza/Palermo custava 65 pesos. Agoa, 150 pelo menos.

Gabriel Dias
Gabriel DiasPermalink

Eu acho que transfer só vale a pena se forem muitas pessoas, para irem todos juntos em um carro grande. Fora isso tem os remises, que funcionam muito bem.

Aline Volotão
Aline VolotãoPermalink

Heeelp-me!
Vou a trabalho para BsA em junho (8 a 12) e levarei Mammys a tira-colo. Será minha 2a vez na cidade e 1a dela.
Qnd fui em 2005, tb a trabalho, fiquei no 2 dias Ibis do Centro e não curti muito não. Achei tudo deserto, sujo, feio, morto mesmo. Fiz os lerês no esquemão vapt-vupt (city-tour basicão) e só. Fiquei com medo de sair sozinha, acredita? Sabia que BsA teria muito mais a me oferecer, só que não sabia nem por onde começar. Vamos combinar que em 2005 a assessoria de turismo virtual ainda não fazia parte da minha vida e sem o VnV não há viagem feliz. wink
Concordo com tudo que diz o post e morro de vontade de ficar na Recoleta ou Palermo. O problema é: o q será melhor pra minha mãe? Passarei 2 dias "presa" num congresso no Centro e ela (uma jovem senhora que se recusa a dizer a idade. rs..) ficará sozinha boa parte do dia. Enfim, o q será melhor pra ela?
Sim, já li e reli todos os post e comentários sobre BsA, mas sou a taurina mais indecisa da fase da terra. Excesso de informação = a fala de opinião, sabe... rs... Help-me!!!

Mariana - Hotel Querido

Aline, na Recoleta com certeza vai ter muita coisa para ela fazer sozinha e com tranquilidade.

Fran P.
Fran P.Permalink

Recoleta! Sua mãe vai amar, é um bairro muito clássico e lindo!

(acho que Palermo é muito alternativo pra muita gente)

Aline Volotão
Aline VolotãoPermalink

Ops! Digo "face da Terra"

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalink

de uma taurina (que também sofre de excesso de informação) para outra: se todas as 10 razões aí de cima ainda não te convenceram, releia a de número 7 com carinho. Eu ficaria muito mais tranquila em ir ao congresso sabendo que minha mãe está soltinha na Recoleta ou em Palermo do que pela Florida.

Aline Volotão
Aline VolotãoPermalink

Many thanks, Ana Carolina!
Como além de taurina sou carioca (refugiada em Niterói), não há argumento melhor.
Post sobre hotéis fora do centro, aqui vou eu! Rs...
Agora a dúvida é: Recoleta ou Palermo??? Vale destacar que o objetivo da viagem além de curtir minha mãe é sim compras, óbvio!

Mariana - Hotel Querido

Riq, esse é o post que eu sempre quis ecrever!!! Muito bem! Tou escrevendo um post sobre o assunto para o meu blog também. Hoje ainda posto aqui o link.

O principal argumento de quem fica no centro é a proximidade aos pontos turísticos. Mas isso depende muito.

Os pontos turísticos perto do centro seriam o Obelisco, Casa Rosada, Café Tortoni, Calle Florida (nã sei porque é ponto turístico, mas ok), Galerias Pacífico, Teatro Colón, Puerto Madero, La Boca e San Telmo.

Os pontos turísticos mais próximos ao lado “de cá” da cidade são: Museo Carlos Gardel, Bosques de Palermo, Rosedal, Jardim Japonês, Zoológico, Museo de Arte Latinoamericana (MALBA), Museo de Bellas Artes, Monumento Floralis Generica (a flor gigante de metal), o Cemitério da Recoleta (deixem de bobagem e visitem porque é imperdível!) e, sem dúvida, os melhores restaurantes, cafés, bares, boates e lojas da cidade. Meus avós, que ficaram na Florida, gastaram mais em taxi para vir jantar nos bons restaurantes de Palermo à noite (os taxis agora têm bandeira dois) que os meus pais, que ficaram em Villa Crespo para ir visitar pontos turísticos do centro de dia (usando metrô).

Acho bacana pessoas que já provaram as duas coisas contarem qual das duas partes da cidade acharam mais legal para se hospedar.

Eunice
EunicePermalink

Mariana. As atrações da Recoleta são muito próximas do centro. São alcançáveis a pé, inclusive. Mas concordo com você que o preço barato do táxi e o metrô permitem que se escolha o local que quer se hospedar pelo vibe que mais combina conosco.

Mariana - Hotel Querido

Isso mesmo, Eunice! Até porque, já que dá para ir a pé do centro para as atrações da Recoleta, dá para ir a pé da Recoleta para as atrações do centro. Que ninguém se sinta refém do centro como única opção em Buenos Aires pq isso não existe.

Sandrissima
SandrissimaPermalink

Eu só fiquei no Microcentro de BAs da ultima vez, por absoluta insistencia do JC, que morou na Arenales (altura Retiro) por 2 anos. Tradicional, ele adora aquele lugar. Eu amei Palermo, porque lá voce acha o SEU Palermo. Saindo da Recoleta , que gostei e, provavelmete, fiquemos na próxima vez, andar por Palermo VIejo, entre os casarões, andar nos parques... Diferente de minha conterrânea Eunice, ficar no centro dá uma sensação de estar no Palace Hotel do centro de SSA: vista linda, lugar antigo e decadente. Mas adoro andar na Sta Fé depois da 9 de Julho, na Reconquista, olhando os pórticos e outros lugares (odeio a FLorida). E, porque não, ir ao Puerto Madero? Mas não ficar mais por lá - não precisa. Tem metro e táxi baratos, então: circular!

Eunice
EunicePermalink

hahah, isso mesmo, Sandríssima. Eu amava o Palace. Almocei muito lá com meu pai. Por anos e anos. Meu sonho é vê-lo restaurado.Acho que tenho o cardápio decorado. Mas saber que o Fasano está restaurando o prédio do "A Tarde" ja me alegrou. Um dos programas que nós tres gostamos aqui em casa é passear na Av. Sete e Carlos Gomes no sábado pela manhã...eek)

Sandrissima
SandrissimaPermalink

Menina, eu faço isso sempre que possível (não no sábado), olhando para o alto daquelas casas da Av Sete e esquecendo as fachadas desastrosas das lojas, desejando que algum prefeito com veia urbanista restaure aquilo... Andava lá quase que diariamente quando garota (escreva prá mim Eunice:smmpcoelho no ig).

Mariana - Hotel Querido

Entendo e acho muito bacana quem fica no Centro porque GOSTA do clima dessa parte da cidade. Com quem fica em San Telmo por que GOSTA da onda de lá. O mesmo para Palermo, Recoleta etc. Ou seja, adoro quem BANCA SEU GOSTO PESSOAL, por isso só insisto em dizer que ninguém precisa se sentir OBRIGADO a ficar no Centro e nem cair na conversa de que os outros bairros ficam longe de TUDO, porque isso NÃO é verdade mesmo.

Aline Volotão
Aline VolotãoPermalink

Por essas e outras é que digo e repito: sou VnV dependente!

Aline Volotão
Aline VolotãoPermalink

Rá! Mais uma variável a considerar: local do congresso. Será no Centro de Convenções Palais Rouge http://www.palaisrouge.com.ar/. Sou geograficamente limitada e não tenho idéia do que é mais perto ou mais viável: Recoleta ou Palermo. Sim, já descartei o Centro wink

Cícero Nogueira
Cícero NogueiraPermalink

Para a galera do mochilão (com pouca grana) o melhor é ficar num albergue do San Telmo. Por ali também a sena é agitada durante à noite... e se encontra jovens do mundo todo. É uma Babel.
O Recoleta é mais elitisado. É lindo, com certeza.
Tenho dicas no meu blog, vejam.

Kely Vizentim
Kely VizentimPermalink

Fui pela primeira vez a Buenos Aires há duas semanas. Segui as dicas do site e fiquei na Recoleta, na Calle Libertad, Hotel Impala, um hotel economico mas justo, bom atendimento, limpo, café da manhã simples mas honesto e o melhor, muito bem localizado. Consegui ir a pé à vários lugares: Centro, Florida, Av. Santa Fé, restaurantes da Recoleta. Agora entendo perfeitamente a dica do Ricardo: vc pode se hospedar próximo à tudo, mas em um lugar muito mais charmoso e agradável que o centrão barulhento de dia e deprê à noite.

Buenos Aires além do centro « Buenos Aires, queridos.

[...] Buenos Aires além do centro Bastante pertinente o texto Ricardo Freire publicou hoje no Viaje na Viagem falando sobre a experiência de se hospedar no centro de Buenos Aires. O Riq cita os motivos para você fugir do centro portenho na hora de se hospedar e conta o por quê em Buenos Aires: 10 razões para não se hospedar no Centro [...]

alex serpa
alex serpaPermalink

Fui a BA no carnaval e fiquei em Palermo, num hotel chamado Awwa Suites e Spa ( http://www.awwasuites.com/ ). Fica na Lafinur, próximo ao Zoo. O Hotel é muito bom, recomendo a todos. Mas sua localização é excelente. Vários restaurantes interessantes (fica do lado do Astrid e Gaston), bares e cafés. Andar pelas ruas em volta é uma experiência ótima, tudo arborizado, prédios residenciais, pessoas passeando com seus cachorros. Você sente o clima da cidade dos próprios Argentinos, longe das filipetas e afins. Fui à Florida e me custou cerca de 25 pesos (menos de 12 reais), para os outlets gastei 16 pesos e os outros pontos turísitos ficam igualmente perto. E além do turistão você também aproveita a cidade propriamente dita. Realmente, se puder, nunca mais fico no centro.

Geraldo Figueras
Geraldo FiguerasPermalink

Bravo! Principalmente o item 6. Buenos Aires é um cidade OK em se tratando de atrações turísticas (pensem assim, se o Obelisco fosse na sua cidade, você o visitaria? E a Casa Rosada?), o verdadeiro valor dela é na alma do portenho. E o portenho é coadjuvante em um centro onde todos falam português.

Lu Monte
Lu MontePermalink

Adorei o centro de BsAs, as facilidades, o comércio logo ali, a Corrientes cantada em bolero e o hostel barato. Fui à Recoleta e achei tudo burguês demais, caro demais e deserto demais (com exceção do cemitério, que amei).

Vai ver que sou esquisita, adoro centros de cidades. wink

jv
jvPermalink

a Recoleta não tem metrô.
e a distancia do Centro pra Recoleta, segundo o maps, é de 3km. praticamente nada. se for pra ficar distante do centro, Palermo é muito melhor.

mas sinceramente, que bobagem. diz logo que vc acha o centro ruim porque vc não gosta e pronto.

(sem falar que se for pra desprezar o Obelisco, a Casa Rosada, o Café Tortoni, a Av. Corrientes, os teatros, San Telmo e o Caminito... foi fazer o quê em bsas?)

jv
jvPermalink

"Fui à Recoleta e achei tudo burguês demais" (x2)

claudia lima
claudia limaPermalink

Graças a você Ric(desculpe a intimidade), pulei uma fogueira. Já tinha reservado hotel no centro, aí comecei a ler tudo sobre BS AS e encontrei o seu viaje na viagem. Cancelei o hotel no centro e entrei em ctc com o htl Ayacucho (sua indicação) e foi muito bom. Perto de tudo. Comi bife de chorizo(cortado como mariposa), tomei vinhos maravilhosos, tudo perto do hotel. Andei até a Santa fé, que parece um shopping de tantas grifes maravilhosas com preços fabulosos. Fui a livraria Ateneo, fantástica. Também fui ao cemetério, onde está Evita, sentei lá na frente onde tem muitos barzinhos, tomei cerveza super geladinha. Foi simplesmente o dez.
Abraços,
Claudia

claudia lima
claudia limaPermalink

ops cemitério

Majô
MajôPermalink

Eu adoro me hospedar na Recoleta.
Desde a 1a. vez que retornei a BsAs há alguns anos atrás, o Riq sugeriu me hospedar na Recoleta, adoro caminhar pelo bairro, ruas bonitas, prédios bonitos, lojas bonitas para olhar vitrines, ótimos cafés, banco, supermercado, enfim tenho alugado apartamentos e continuo encantada com o bairro.
E taxi é muito barato em Buenos, por 15 pesos vou de taxi a Palermo jantar, almoçar,bater perna em outras lojas, etc. Palermo é um bairro mais descolado.

RosaBsb
RosaBsbPermalink

A lista de 10 razões para se hospedar no centro, de Buenos Aires ou qualquer outra cidade, está quase fechando... Coisa boa é poder escolher aquilo que nos agrada!!!

Mariana - Hotel Querido

Riq, adorei você ter puxado esse assunto! O bom de Buenos Aires é que existe uma cidade para cada gosto. Muito legal ver a opinião das pessoas na hora de escolher onde se hospedar. Eu como dona de pousada, agradeço pela “pesquisa quali”. Bjos!

Escrevi mais sobre a minha opinião sobre o assunto lá no blog Buenos Aires, queridos.

Alexandra
AlexandraPermalink

Aliás, Buenos Aires é linda!!! O centro, a Recoleta, Palermo e suas divisões (Soho e Botânico) Puerto Madero, San Telmo... cada um tem seus encantos...onde se olha se é capturado por uma beleza, seja ela da natureza, seja das edificações que vão do clássico ao arrojado em uma virada de cabeça.
Eu, segui as sugestões de vários Vibanas e hospedei-me com meu marido e nossa filha adolescente na Recoleta e fomos muito felizes na escolha.

yara cynthia
yara cynthiaPermalink

Antigamente, muito entigamente, época em que eu morei em Buenos Aires, tudo era no centro. As agências de propaganda, inclusive (sim, ninguém é perfeito, sou publicitária e, ao contrário do Riq, não vejo saída para mim).Então, o centro era ¨o lugar¨: os melhores restaurantes, os melhores cafés, os melhores tudo. Acho que alguns destes restaurantes ainda sobrevivem. Pelo menos da última vez que estive lá matei a saudades de um - esqueci o nome - enorme e que tem um boi/vaca empalhado na porta. Carne de primeira, boas saladas, toalhas de verdade nas mesas e garçons tão velhos e experientes como todos deveriam ser (detesto essa moda de recrutar jovens bonitos para atender as mesas. Tuso bem, custa mais barato,mas e daí?). Sendo assim, sempre que posso, dou uma passadinha pelo centro para uma sessão nostalgia.

Fran P.
Fran P.Permalink

O Centro de nenhum lugar é ruim, gente. Seja do Rio, de São Paulo, de BsAs, ou mesmo de Vitória (onde eu moro). Curto muito a aura decadente. Mas acho que um passeio diurno pode suprir muito bem essa vontade.
Na hora de sair à noite, prefiro um lugar tranquilo e charmoso.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Fran! Desculpe me intrometer -- eu sou apenas uma Bóia -- mas eu não me hospedaria no centro de Vitória não! A Praia do Canto é muito mais bacana, e tem até Ibis grin

Andre L.
Andre L.Permalink

Legal saber que as opiniões variam bastante. Eu não gosto do centro de quase nenhum lugar de médio/grande porte no Brasil, exceto o de Brasília e olhe lá. Por mim todos poderiam ficar desertos, fechar para balanço, demolição e reconstrução em massa, daí talvez a uns 10 anos eu volte hehe

Carlos
CarlosPermalink

Estive em Buenos Aires final da semana passada e início desta.
Concordo com o Ricardo Freire no sentido da precariedade do centro. Precisa de uma revitalização urgente.
Agora, considero que tudo em Buenos Aires depende de TAXI ou outro MEIO DE TRANSPORTE. Assim, ficar ou não no centro altera pouco a situação. Pode ser até vantajoso ficar no centro para, por exemplo, deslocamentos a Puerto Madero. Se a pessoa for pela primeira vez, e queira conhecer San Telmo e outras armadilhas de turista, então, é preferível ficar no centro.
Palermo ferve mesmo durante a noite, é quase impossível ficar andando horas por lá (parques amplos, muito grande), dependendo do clima, então, fica impossível.
Recoleta é um bairro lindíssimo, interessante de ficar também.

Alexandre Giesbrecht
Alexandre GiesbrechtPermalink

Eu me hospedaria no centro em São Paulo e no Rio, sim, mas sei que sou exceção. smile

Luiz Felipe
Luiz FelipePermalink

O centro tem lá suas vantagens, mas Palermo e Recoleta têm muito mais. E, acho que como em todas as outras cidades, é sempre bom fugir da região turística. Claro, não é necessário ficar longe de tudo; só que compensa mais ficar em uma região que pareça mais com a vida real.

carla caldas
carla caldasPermalink

No ano passado passei meu aniversario em BA e pela primeira vez me hospedei em Palermo, no hotel boutique Krista. Ficar em Palermo é outra viagem! super recomendo , sair a pé a noite para os restaurantes é maravilhoso.
Gostei tanto da viagem que fiz um post falando sorbre Palermo e seus hoteis boutiques.
http://longeeperto.wordpress.com/category/minhas-viagens/buenos-aires-minhas-viagens/

Luiz Felipe
Luiz FelipePermalink

só ums dúvida: qual a graça da Florida (tou falando da de Ba´s, mas também serve para a dos EUA)?