Praga: o luxo zen do Mandarin Oriental

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vista da suíte presidencial, Mandarin Oriental Prague

Quando passamos o Natal em Praga, no ano passado, apareceu a oportunidade de nos hospedarmos no Mandarin Oriental, um dos hotéis mais luxuosos da cidade. Na penúltima vez, em 2001, ficamos em outro hotel top: o Four Seasons, que tinha inaugurado havia pouco.

Mandarin Oriental, Praga

São dois estilos inteiramente distintos. Enquanto o Four Seasons é opulento, o Mandarin Oriental é intimista, sutil e delicado. O Four Seasons oferece vista para o rio e para o castelo -- no Mandarin Oriental, a vista realmente espetacular é a do ocupante da suíte presidencial (na foto do alto do post). Em compensação, o Mandarin Oriental está no ponto mais desejável de Praga: Malá Strana, em meio a residências e embaixadas, e a oito minutos a pé da Ponte Carlos.




Mandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, Praga

Foram necessários anos de restauração até a inauguração do hotel, em 2006. Hoje o Mandarin Oriental ocupa um conjunto de prédios que originalmente incluía um mosteiro dominicano do século 14, uma gráfica do século 19 e a ala de serviço da igreja de Santa Maria Madalena. Algumas partes estavam totalmente decrépitas. Arcos e abóbadas foram mantidos e restaurados. Arqueólogos participaram das obras, recuperando artefatos históricos, que hoje podem ser vistos num pequeno museu no hotel.

Mandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, Praga

Uma ala contemporânea -- mais baixa do que o prédio, para não destoar da paisagem de Malá Strana -- foi construída aproveitando uma nesga do pátio interno. Foi nela que ficamos, num apartamento amplo e confortável, com vista para o pátio. Os apartamentos desta ala são padrão; nos prédios históricos, cada apartamento tem uma configuração diferente, aproveitando a arquitetura pré-existente.

Mandarin Oriental, Praga

Mandarin Oriental, Praga

O hotel impressiona pelo (pequeno) tamanho: são apenas 99 apartamentos, o que faz com que você se sinta num lugar ainda mais exclusivo -- e elegante e sutil e tranqüilo. Duvido que mesmo na Ásia haja algum Mandarin Oriental mais zen do que este. É delicioso voltar do burburinho de Praga para a paz absoluta do hotel.

Mandarin Oriental, Praga

Dos detalhes, o que mais mais curti foram os sinais de não perturbar e arrumar o quarto. Dá uma olhada:

Mandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, PragaMandarin Oriental, Praga

Jantamos na noite de 25 de dezembro no restaurante. Em vez do menu de Natal, escolhemos do cardápio fixo. Há duas seções: uma de cozinha tcheca revisitada e outra de pratos asiáticos. Pedimos do menu oriental. Da sopa de camarão thai ao tandoori indiano estava tudo uma delícia.

Mandarin Oriental, Praga

Mandarin Oriental, Praga

Não experimentei o spa, mas a localização não poderia ser mais propícia: as celas do mosteiro proporcionam um espaço perfeito para os tratamentos.

Mandarin Oriental, Praga

O hotel oferece um tour das instalações para os hóspedes (foi assim que eu visitei a suíte presidencial e o spa). Reserve com o concierge.

Adorei. Recomendo muito para quem esteja pensando em passar a lua de mel ou comemorar alguma grande data em Praga. As diárias começam em €315.

Leia também:

Luxo no Viaje na Viagem

Todas de Praga no Viaje na Viagem

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


10 comentários

Anna Francisca

Aconchegante. E, pelo local em que se encontra, mais aconchegante ainda.

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Lindo! Sou fãzíssima dos hotéis da rede; ainda quero mucho me hospedar nesse.

Márcio Nogueira

É impressão minha ou os sinais de arrumar o quarto e não perturbe são iguais ao do Faena?

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Olá,
Estive em Praga neste ano e aproveitei muitas dicas que encontrei aqui no site. Fiz um vídeo-resumo da maravilha que é Praga. Espero que gostem.
Um abraço!
Pat
http://www.youtube.com/watch?v=zDOdqYylgOI

Rose
RosePermalinkResponder

Oi Riq, conhecendo o Four Seasons e o Mandarin, qual vc ficaria novamente hoje?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rose! Aqui quem responde é A Bóia, assistente do Ricardo Freire. Fique no Mandarin se você gosta de um lugar mais zen e queira ficar no coração de Malá Strana. Fique no Four Seasons se você estiver em busca de um luxo mais ostentatório, numa região mais movimentada.

Katia Matos
Katia MatosPermalinkResponder

Help, please: Tenho 8 dias/noite cheios para dividir entre Budapeste, Viena e Praga. Pergunta: Reservo um dia a mais para algum lugar ou fico igualmente em todos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katia! O ideal seriam 3 dias inteiros para Budapeste e Viena, e 4 para Praga. Leia: https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Paulo
PauloPermalinkResponder

ola Boia to indo pra Berlim Praga e Budapeste dia 10 de junho, depois de amanha! mas claro que estou muito preocupado com as chuvas, melhor adiar essa viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Em Praga a situação está voltando ao normal. A Ponte Carlos reabre dia 9.

http://www.praguewelcome.cz/en/praguewelcome/news/542-flood-update.shtml

Em Budapeste estão se preparando para o pior:

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/hungary/10107995/Budapest-underwater-with-flooding-expected-to-reach-record-levels.html

Berlim não foi afetada pela enchente.

Use a palavra-chave "flood" ou "floods" com a cidade que quer pesquisar.

Se Budapeste está no fim da sua viagem, provavelmente dará tempo para a água subir e descer; continue monitorando.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar