Holiday Inn Express Toronto: entrega o que promete

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Holiday Inn Express Toronto Downtown

Nem sempre a gente encontra o hotel dos sonhos pelo preço que está disposto a pagar. Às vezes todos os hotéis realmente bacanas de uma cidade estão lotados ou cobrando o que podem.

Nessas horas há duas saídas. Uma, conferir com paciência os hotéis independentes e pouco conhecidos, xeretando as resenhas, brincando com Google Maps, até garimpar uma perolazita.

A outra saída é se refugiar numa rede conhecida, com padrão constante.

Foi o que fiz em Toronto. Sem achar nenhuma barbadíssima de última hora (reservei com menos de 10 dias de antecedência), optei pela segurança BBB do Holiday Inn Express Downtown, que consegui a 100 dólares canadenses a diária.

Na rede Holiday Inn, a bandeira Express identifica hotéis voltados para viajantes a negócios com budget limitado, e por isso as diárias incluem café da manhã e internet. Ou seja, economia sem pegadinhas.

Na América do Norte o padrão das instalações é equivalente ao dos Ibis brasileiros. Mas na América do Sul o Holiday Inn Express é um pouquinho mais upscale (como constatei em Santiago).

Resumo:

Hospedagem: três noites (quarta a sábado).

Holiday Inn Express Downtown TorontoHoliday Inn Express Downtown Toronto

Quarto: De bom tamanho (nem pequeno, nem grande) e razoavelmente confortável. Mas meio antigo, já precisando de um tapinha (como o hotel inteiro, por sinal). A TV ainda é de tubo (até agora foi o único hotel da viagem sem tela LCD). Como é padrão em hotel na América do Norte, o quarto tinha cafeteira. Boa ducha no banheiro.

Internet: wifi grátis, com senha fornecida na recepção, válida para quantos aparelhos o hóspede tiver.

Holiday Inn Express Downtown TorontoHoliday Inn Express Downtown Toronto

Café da manhã: incluído, e bem decente. Várias estações, com bagel, pães, cereais, ovos, panquecas. Uma geladeira com iogurte e leite. De frutas, maçã e banana apenas (normal lá pra cima).

Estrutura: Só um businesscenterzinho.

Localização: numa região pouco movimentada de Downtown, umas cinco quadras a leste da Yonge. Tem uma filial do ótimo italiano Terroni a uma quadra, na Adelaide. O Distillery District, um núcleo de fábricas desativadas transformado em centro de restaurantes e bares, está a dez minutos de caminhada.

Perrengues. Uma bobagem: a máquina de refrigerantes do 8º andar, prometida pela sinalização, estava fora para manutenção.

Serviço. Bem simpático. A recepção tinha mapas da cidade e chamou o táxi que nos levou à estação de trem. A moça do café da manhã trouxe leite quente quando pedimos (botou uma caixinha de leite no microondas...).

Impressões finais. Sem fortes emoções; cumpridor.

Leia mais:

14 comentários

Fabio NG
Fabio NGPermalinkResponder

Passamos uma noite em um dessa rede na cidadezinha de Carpinteria (saindo de LA, a caminho de Santa Barbara, após compras no Premium Outlet de Camarillo) na nossa roadtrip pela California -- escolhido na hora exatamente pelas razões citadas. wink

Fabio NG
Fabio NGPermalinkResponder

(Delícia: a cada post vou repetindo um pouquinho da viagem na minha cabeça...)

Leticia
LeticiaPermalinkResponder

Eu fiquei no holiday inn express em Charlestone na Carolina do Sul, foi exatamente como escrito no post acima! Recomendo!

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Achei o quarto bem espaçoso!

Renata
RenataPermalinkResponder

Fiquei em um da mesma rede em Roma. Adoramos, café da manhã maravilhoso e servia bem ao propósito "acordar, tomar café, sair e voltar para dormir".

zuzu
zuzuPermalinkResponder

O quarto parece bem datado mesmo! Mas o conjunto da obra parece ok!

Bianca
BiancaPermalinkResponder

Além deste holiday inn, quem mais tem dicas de hospedagem BBB em toronto? De preferência com preço abaixo de $200 a diaria!
Obrigada desde já!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bianca! Preços de hotéis são voláteis, dependem da antecedência e da ocupação. O melhor é pesquisar a disponibilidade e o preço a partir de sites como http://www.tripadvisor.com . Procure hospedar-se na região central.

Paulo
PauloPermalinkResponder

Em maio do ano passado ficamos neste hotel (eu, minha esposa e minha filha), excelente atendimento, inclusive cheguei por volta do meio-dia, mas mesmo com o check-in as 15 horas, fui prontamente acomodado num ótimo quarto...

Felipe Vilares

Prezados,

Vou viajar agora no final de março para Toronto. Depois, irei para Quebec. Gostaria de saber se vale a pena a ida de carro, sem parar. li que são quase 9hrs de viagem e que o trânsito passando por Montreal é bem pesado. Alguém tem alguma dica de trajeto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Filipe! POr favor não duplique perguntas em posts diferentes. Respondemos aqui:
https://www.viajenaviagem.com/2011/09/montreal-um-pe-la-outro-ca/comment-page-1/#comment-192221

Moreno
MorenoPermalinkResponder

Acabei de encontrar o hotel certo. Obrigado pela dica.

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Por gentileza, gostaria de saber se o hotel fica próximo ao centro? E também se é próximo aos pontos turísticos? Agradeço o retorno.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniela! Toronto é bastante espalhada. Hospedando-se em qualquer ponto da cidade você terá que se deslocar a outros para passear. A área mais agradável da cidade é Yorkville.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar