Vulcão News: erupção retoma força; aeroportos fecham

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vulcão Puyehue

Não precisa nem fuçar nos sites argentinos -- está na home dos nossos portais. Don Puyehue voltou a soltar fumaça. As companhias aéreas suspenderam vôos a Buenos Aires e Montevidéu. Especula-se que os aeroportos do Sul do Brasil também possam fechar nos próximos dias.




Parte das cinzas se dirigiu à Oceania, onde também está causando problemas à aviação. Nossa querida Carla Z. estava sem saber se ia conseguir voar de Melbourne à Grande Barreira dos Corais.

Uma pergunta aos trips advogados: as agências e operadoras que se recusem a cancelar viagens alegando a letra do contrato estão garantidas pelo que foi assinado, ou o consumidor pode denunciar o contrato como abusivo?

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire


80 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Geraldo Figueras
Geraldo FiguerasPermalink

Admito que até então eu estava tranquilo, sem cancelar passagem. Mas agora que o bichinho acordou de novo confesso que estou bastante receoso com as férias :/

João Paulo Cursino
João Paulo CursinoPermalink

Ricardo,
Pensando rápido e sem citar os artigos da legislação (Código de Defesa do Consumidor), afirmo, sem medo de errar, que o consumidor pode, sim, pedir para cancelar tudo em razão do imprevisto. Na verdade, mais provável seria a agência querer cancelar. A explicação está no fato de que o contrato foi feito quando as condições eram ordinárias e previstas, enquanto o que se tem hoje é uma condição extraordinária e imprevisível; e no ponto de vista de que o risco do empreendimento é do empreendedor (a agência), não do consumidor, que não tem os mesmos recursos (não só dinheiro, mas informação, contatos e variedade de negócios que diluem o risco).

Mudando de assunto: acabo de escrever post com fotos sobre Bariloche conforme estava quando a visitei em maio, uma semana antes das cinzas. É minha forma de agradecer e complementar o farto material que você pôs aqui no VnV.

http://sratoz.wordpress.com/2011/06/13/bariloche-em-maio-de-2011-antes-das-cinzas-do-vulcao/

Juliana
JulianaPermalink

Ricardo,

Sou agente de viagens e a orientação dada pelas cias aéreas é de cancelar sem multa ou remarcar para outra data.O mesmo vale para os hotéis e receptivos.Já procedemos com cancelamentos e inclusive,muitos decidiram remarcar para outros destinos.

Fernanda Bispo
Fernanda BispoPermalink

Gente, embarco para Santiago na quarta-feira. E de lá para Argentina na próxima segunda. Eu e meu marido estamos completamente desmotivados, nem começamos fazer as malas. Embora o aeroporto de Santiago esteja aberto não estamos dispostos a passar por stress. Não acho que este vulcão seja confiável, rs, e também não acho que ele vá estabilizar tão logo. Sobre cancelamentos, os hotéis aceitam, já que fizemos tudo por nossa conta, desde que respeitemos os prazos limites para cancelar, mas a Tam, é a novela que todo mundo conhece. Nossos voos não estao na lista dos cancelados, mas deveria ser um direito do consumidor não ir para uma região instável.

Andre L.
Andre L.Permalink

Fernanda, eu respeitosamente discordo. No caso de compra de passagens avulsas, vc está comprando o transporte apenas. É irrelevante para a TAM o motivo da sua viagem.

Santiago não é um "lugar instável". Não está acontecendo uma guerra civil no Chile. Existe um vulcão que pode eventualmente afetar vôos na área, mas se assim for parte grande dos EUA, quase toda a Europa e 2/3 da Ásia são "instáveis", sujeitos que estão a cinzas vulcânicas.

Santiago está a quase 900km do vulcão. Se for afetada por material expelido, pouca coisa muda no chão, é praticamente impossível observar as tais cinzas. As cinzas pesadas, que causam estragos, caem perto do vulcão, como em Bariloche ou Villa Angostura.

Khalil
KhalilPermalink

Tinha passagem sabado a noite (11) de guarulhos para BS AS e consegui chegar, sem problemas. Dei uma olhadinha pela janela agora, nao consigo perceber a nuvem... Minha volta está marcada para sexta, tô mei cabrero.

Thiago
ThiagoPermalink

Minha passagem est´pa marcada para 5ª feira para Buenos Aires e até agora n sei oq fazer: desmarcar ou não a passagem?

Anita
AnitaPermalink

comprei pacote de fretamento para Bariloche no dia 25 de Junho, a operadora ainda não se pronunciou. Posso cancelar sem multa ou mudar a data??? ou vou ser obrigada a curtir uma Bariloche cinzenta caso o aeroporto reabra mesmo dia 21 como previsto...

Gabriela
GabrielaPermalink

Anita, estou na mesma situação que vc, a operadora me da como opção carta de credito mas teria que esperar até a vespera da viagem para ver se dá ou não...se quiser cancelar agora teria que pagar multa prevista em contrato. Pensei em mudar de destino mas é o fim termos que pagar multa por um fato que não demos causa.Vou aguardar a posição da operadora e fazer o cancelamento.Vamos ver como se posicionam. Abraços, Gabriela

Dionísio
DionísioPermalink

Ratifico o João Paulo Cursino, mas digo ainda que - em que qualquer situação, com ou sem fato na natureza - o consumidor pode sempre cancelar a compra.

São cláusulas abusivas as que proíbem o cancelamento e importam em perda de valor já pago.

O sistema de multas, porém, é que deve ser avaliado caso a caso.

Quando o consumidor pede cancelamento sem nenhum motivo imputável ao prestador do serviço, é lícito que pague uma multa, desde que dela tenha tido conhecimento prévio e que esta não seja excessiva.

Quando o cancelamento se dá por um fato da natureza, como neste caso do vulcão, nenhuma das partes é culpada. No Direito Civil, quando há caso fortuito ou força maior, os contratantes são eximidos de penalidades. E a isso integra-se um princípio de Direito do Consumidor que é o de que o fornecedor/prestador do serviço responde pelos ônus da sua atividade econômica, não podendo transferi-los ao consumidor. Então, embora não seja culpado pelo vulcão, o hotel, a cia. aérea, o trem etc. têm que arcar com os ônus do cancelamento.

O consumidor pode, sim, discutir em juízo a negativa em cancelar o contrato ou de devolver a quantia já paga, asism como a intenção de aplicação de multa.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Concordo inteiramente com o que foi dito aqui, e remeto para o artigo que escrevi no aquelapassagem, http://www.aquelapassagem.com.br/catastrofes-naturais-revolucoes-motivos-de-forca-maior-e-os-direitos-do-passageiro/ cujo racionio e julgados também valem para o vulcão.

Deve ser lemvbrado também que as cinzas vulcanicas são tóxicas, e ninguem e obrigado a expor a sua sáude a perigo.

Qualquer orientação, estamos as ordens.

Andre L.
Andre L.Permalink

Ernesto, mas e o caso de quem compra bilhete aéreo avulso, ou seja, compra o tranporte apenas, não um passeio turístico, e vai voar para um lugar não afetado por precipitação de cinzas como Buenos Aires ou Santiago? Não acho que a cia. deva aceitar cancelamento nesses casos.

Aeroporto aberto + voo em segurança = transporte garantido.

Para mim, nesses casos (de quem comprou passagem avulsa) pedir reembolso se um aeroporto está aberto normalmente seria o equivalente de alguém comprar uma passagem aérea para Paris e depois querer cancelar a mesma sem multa porque baixou uma onda de calor em Paris ou porque uma greve geral de 3 dias foi anunciada na TV.

O risco objetivo da transportadora é o de transporte. Se há condições de realizar o transporte, são irrelevantes em um contrato de transporte as motivações do deslocamento.

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Andre

Para Buenos, eu concordo com voce, mas para Bariloche, acho que ningem precisa se expor a perigo. Tudo depende de se expor o consumidor a perigo, ou a situação que va alem do mero desconforto.

Um ponto que me parece a favor da possibilidade do consumidor cancelar a passagem, é a falta de garantias de condições de volta. Se vou passar 4 dias em Buenos, as vezes preciso estar de volta por questões de trabalho. Como faço se não houver esta possibilidade, ainda mais com os onibus lotados?

Acho possivel com base nesta teoria, pedir o cancelamento da passagem, sem multas, mas é so uma opinião.

Dionísio
DionísioPermalink

Juridicamente, de acordo com o Ernesto.

douglas
douglasPermalink

Anita, comprei pela cvc, para dia 16, próxima quinta, não deram a menor satisfação, espero que sua operadora seja um pouco melhor, se é que há algo melhor, se eles tivessem cancelado antes, teria um plano B, provavelmente uma praia quente no nordeste, mas o terrorismo psicológico continua, até tentei cancelar porn conta, mas as multas são abusivas.

Juliana
JulianaPermalink

Douglas,

Ligue para o sac da operadora e peça uma definição para o seu caso.Remarcação de data/destino ou reembolso integral. Viagem é lazer, não dor de cabeça!!

Denise Cristina Sicari
Denise Cristina SicariPermalink

Oi pessoal,
Os transtornos tem sido grandes mesmo...
Gostaria de relatar que o Hotel Villa Sofia Spa & Resort, em Bariloche, tem trazido problemas para os brasileiros.
Por conta das cinzas do vulcão, todos os vôos para Bariloche foram cancelados, incluindo o meu. O Hotel Villa Sofia se recusa a devolver as diárias que eu já havia pago com antecedência. Alegam que sua política de cancelamento não admite devoluções.
Ocorre que, tanto o Código de Defesa do Consumidor brasileiro quanto o Argentino impedem que os consumidores sejam prejudicados nas hipóteses de força maior, como é o caso. Os hoteis devem assumir os riscos do empreendimento, especialmente quando construídos em locais sujeitos a eventos naturais como esse.
Os consumidores prejudicados devem procurar seus direitos e exigir a devolução das tarifas pagas e não utilizadas.
No site http://www.consumidor.gov.ar é possível fazer reclamações.

Fábio G.
Fábio G.Permalink

O Fantástico esteve em Bariloche.
Vejam o vídeo.
É triste...

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/06/vulcao-puyehue-transforma-paisagem-de-cidades-na-argentina.html

Fábio G.
Fábio G.Permalink

O Fantástico esteve em Bariloche.
É triste de ver o vídeo...

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/06/vulcao-puyehue-transforma-paisagem-de-cidades-na-argentina.html

Ana Luisa
Ana LuisaPermalink

Eu particularmente entendo que nem multa as agências e/ou companhias aéreas podem cobrar.
O caso fortuito é uma das causas excludentes da responsabilidade civil, previsto no artigo 393, do Código Civil:

Art. 393. O devedor não responde pelos prejuízos resultantes de caso fortuito ou força maior, se expressamente não se houver por eles responsabilizado.

Parágrafo único. O caso fortuito ou de força maior verifica-se no fato necessário, cujos efeitos não era possível evitar ou impedir.

Nesse caso, trata-se de fortuito externo.

O único problema que vejo é para aqueles que negociaram e pagaram diretamente com o hotel na argentina, porque envolvveria carta rogatória ( em outro pais) e é sempre mais complicado. Nesses casos acho melhor negociar e tentar segurar as diárias para o próximo ano.

Eu tive exatamente esse tipo de problema em 2009, quando tinha viagem marcada para Villa la Angostura e tive que cancelar por conta da H1N1.

Acabei jogando para o ano seguinte, mas me aborreci muito por conta de um hoteleiro mal intencionado. No final consegui reaver o dinheiro, mas foi muito chato.

Hoje em dia, antes de fechar com um hotel, não abro mão de verificar sua política de cancelamento.

Boa sorte a todos!

Dionísio
DionísioPermalink

Exatamente! Um dos riscos de fazer compras diretamente com empresas no exterior é o de não conseguir reaver o valor pago.

Quando estive na loja da Tam em Buenos Aires, a atendente me disse que a Tam da Argentina não reembolsa clientes, mas a do Brasil sim porque a lei brasileira assim determina. E recomendou que eu pedisse o reembolso no Brasil, até porque comprei minha passagem aqui.

Uma das vantagens de comprar passagens e hospedagem no Brasil, mesmo que por intermédio de agências de viagens, é ter resguardo e, acima de tudo, uma facilidade muito maior de reaver o valor pago.

Maíra Guimarães
Maíra GuimarãesPermalink

Ricardo,
Concordo com os colegas juristas.
Inclusive hoje, no site do OGLOBO.COM, saiu uma matéria relacionada e, tomo a liberdade de postar o link para que todos tenham acesso.
Eu passei pelo problema de voo cancelado. Estava com viagem marcada e toda paga para a Patagônia Argentina e, 12 hs antes, tive tudo cancelado. Sem maiores problemas e/ou dores de cabeça escolhi outro destino, PUNTA CANA!!! Devendo fazer ajustes, tão somente, quanto à diferenças tarifárias, se existentes.
Algumas empresas vão mesmo dar dor de cabeça aos consumidores, no entanto, estou achando esse ano (até, então) bem mais razoável que em 2008, quando a AA fez overbooking e culpou um vulcão chileno pelos atrasos. Tive muitos processos relacionados à esse assunto naquele ano.
Segue o link: http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/06/10/saiba-quais-sao-seus-direitos-se-vulcao-chileno-cancelou-seu-voo-924658011.asp

Bjinhos.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

Trips (em especial os advogados),
Problema: viagem com passagem emitida com milhas reduzidas. TAM informa que, se o vôo for cancelado, recebe-se as milhas integralmente de volta. Porém, se o cliente cancelar, perde 10% das milhas usadas. Procede, mesmo no caso do vulcão?

Andre L.
Andre L.Permalink

Acredito que sim. Ao emitir um bilhete de viagem, vc está contratando apenas o transporte. Se o aeroporto está aberto e o vôo pode operar, se vc não resolver viajar a culpa não é da cia.

Situação diferente é a de quem compra pactoes turísticos completos e fechados para Bariloche, por exemplo...

Ernesto, o pato
Ernesto, o patoPermalink

Lu

Creio que não, desde que voce consigaprovar que há riscos a sua saude na viagem, causados pelas cinzas vulcanicas.

Veja o nosso artigo http://www.aquelapassagem.com.br/catastrofes-naturais-revolucoes-motivos-de-forca-maior-e-os-direitos-do-passageiro/

Mas, vai ser uma discussão na Justiça, que certamete não vai valer a pena.

Lu Malheiros
Lu MalheirosPermalink

André L. e Ernesto,
Muito obrigada! smile

Anita
AnitaPermalink

Obrigada pela resposta Douglas e Dionísio! Comprei pela Fenix o pacote, e também tive a minha viagem adiada em 2009 para Villa la Angostura por causa da gripe, e não tivemos problema em adiar para o ano seguinte. Essa indefinição é que mata... e se o aeroporto estiver funcionando na data acho que vai ser difícil negociar...

Andressa Lopes
Andressa LopesPermalink

Boa noite! Compramos um pacote final de abril pela CVC para Bariloche íriamos meu esposo+ filha de 4 anos+ eu,fomos na agência para cancelar ou trocar por outro destino, queria Cancun a saída é no mesmo dia mas tenho que desembolsar mais dinheiro e ainda fazer passaporte pois o meu está vencendo e minha filha nunca teve, o caso é, ou pago 10% a mais do que já paguei ou perco os 10%, isto é correto? Se fossemos meu esposo e eu apenas, arriscaria esperar e ver como fica, mas com criança nem pensar! Mesmo que melhore até lá, pois está longe ainda, não quero mais ir, pois passado as cinzas não têm risco de avalanche não? Amanhã estou indo na loja cancelar, mas pela política deles vou perder 10% e ficar em casa nas férias, meu esposo já pediu férias e não há como trocar. O gerente foi muito bacana mas me enerva ele falar que o presidente da CVC está animado que vai melhorar, que raiva!!!

Andressa Lopes
Andressa LopesPermalink

Ah a data da saída é 16/07 e o retorno dia 23/07.

douglas
douglasPermalink

Andressa, meu embrulho da cvc é para 16 dejulho, soube pelo agente que me vendeu que o presidente da cvc mandou email para todas as lojas dizendo que tudo esta bem, isto não é só para enervar é para muito mais, ontem ligaram da loja cvc e o agente disse que meu voucher do pacote chegou, para eu ir buscar, mas dai eu disse: o aeroporto de bariloche esta fechado, dai ela respondeu, pois é, eu não estou sabendo, isto é só para enervar?

Henrique
HenriquePermalink

Eu tenho viagem marcada para 7 de julho a BAs e estava pensando em cancelar. Ao contatar a Mariana do Querido ela me informou que neste caso de força maior eles não cobrarão a multa de 50% das diárias caso o vôo seja cancelado. Será cobrada uma diária que fica como credito para ser utilizada nos próximos 6 meses.
Atitudes inteligentes como esta deveriam ser padrão no segmento. Alem de acabar com minha duvida ( não vou cancelar a viagem) mostra que o respeito ao cliente vem primeiro, mesmo em situações adversas .

Mariana - Hotel Querido Buenos Aires

Oi, Henrique. Muito obrigada pelo apoio. Estamos de olho nas noticias e tentando manter o otimismo. Esperamos que para a sua viagem, em julho, esse vulcao já tenha resolvido descansar.

Somente atualizando: hoje de tarde, a decisao que nós tomamos aqui no Querido foi a de NAO COBRAR nenhuma multa em casos de cancelemanto de reservas causados por problemas de vôos e fechamento dos aeroportos de Buenos Aires. Claro que isso implica em um grande custo aqui para a gente, que somos um hotel de pequeno porte, mas estamos nos solidarizando com as pessoas deram preferência ao nosso hotel e que, infelizmente, por força maior, nao estao conseguindo viajar.

Esperamos que tudo volte ao normal o quanto antes e que a temporada de inverno nao só aqui como em Bariloche (uma cidade que basicamente depende economicamente do turismo de inverno) nao seja de todo prejudicada.

Se tudo der certo, nos vemos em breve.

Wilson
WilsonPermalink

Venho aqui compartilhar minha angústia. Tenho passagem para Buenos Aires 18/06 e no mesmo dia para Bariloche de ônibus. A depender do que ocorrer até sexta, pretendo mudar o meu destino. Li algo no contrato da empresa de ônibus que as compras realizadas com cartão de crédito não podem ser canceladas (somente remarcadas). Alguém tem alguma informação? É possivel trocar o destino? Alguém está vivenciando situação parecida?
Desde já agradeço

Mirella
MirellaPermalink

Pois é... quando ontem estava voando de Nadi a Brisbane e nem estava sabendo do vulcão (uma pena, pois não ficaria triste de ficar mais uns dias em Fiji, risos!).
Mas está o maior bafafa por aqui e acho que a Carlinha deve ter embarcado sim! Espero!
Meu voo para o Japão, quando teve o problema da tsunami e dos reatores, foi cancelado sem nenhuma penalidade e tive reembolso total pela Jetstar... não sei como funciona aí no Brasil.
Entre nós, lá em cima tem o vulcão da Islândia e agora a gente ganha o vulcão do Chile!

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalink

Para quem não conhece a Comunidade Bariloche no Orkut, vai um video da Vanessa que é brasileira, trabalha com turismo a muito tempo e mora em Bariloche. A Vanessa ama o que faz, é super profissional, e ela no video abaixo mostra como está a triste realidade da cidade e desaconselha a ida para lá neste mês de junho, mesmo que os voos retornem a normalidade.

http://www.youtube.com/watch?v=sKBsZdxRT0Y

CarlaZ
CarlaZPermalink

Só pra atualizar consegui sair de Melbourne para Cairns sim, no meu vôo e na hora. Ufa!
Mas foi um caos o aeroporto no domingo e segunda, inclusive o meu foi um dos poucos que saiu. O que tinha de gente desavisada chegando e vendo vôo cancelado! Um horror! Ainda mais que era feriadão na Australia...

Geraldo Neto
Geraldo NetoPermalink

Olá meus amigos!
Gostaria de compartilhar com vcs mim há ansiedade quanto uma viagem que planejei para Santiago com tanto cuidado, entre os dias 22/06 a 27/06. Minha passagem de ida tirei usando minhas da TAM em vôo direto SP-Santiago. Mas a volta, é que me preocupa mais já que volto pela GOL, com conexão em Buenos Aires. Estou em duvida se faço o cancelamento, ou encaro o risco de ficar preso em Santiago ou Buenos Aires. Alguém saberia me dizer como esta a situação em Santiago?
Agradeço a todos pelos comentários já postados e aproveito pra dizer que sou fã deste site.
Abcs a todos!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Geraldo! Não há maiores transtornos com Santiago. O aeroporto que tem fechado é o de Buenos Aires.

Geraldo Neto
Geraldo NetoPermalink

Ola Boia!
Obrigado pela atencao.
Mas a minha preocupacao e' justamente essa, pois minha volta e' com conexao em Buenos Aires, estou com medo de ficar preso em Santiago ou em BSA.
Acho que vou optar mesmo, pela remarcacao da viagem,se isso for possivel. Viajr com esse tipo de preocupacao nao vale a pena.
Obrigado a vcs...

Monica
MonicaPermalink

Noticias de hoje sobre as cinzas no El Clarin: http://www.clarin.com/sociedad/Preven-semana-erupcion_0_499150138.html
"La actividad en el complejo volcánico chileno Puyehue– Cordón Caulle, que entró en erupción hace diez días , no registró mayores cambios en las últimas horas. “En este momento no tenemos una proyección todavía demasiado optimista . Sigue la actividad volcánica importante, aunque ha bajado”, explicó ayer Enrique Valdivieso, director del Servicio Nacional de Geología y Minas (Sernageomin). “Según lo que estamos viendo, esto podría estar tranquilizándose en un semana más ”, agregó. Sin embargo, aclaró que los plazos son caprichosos y cita que las erupciones anteriores del Puyehue duraron dos semanas en 1961 y dos meses en 1921.
La erupción volcánica se estabilizó en los últimos días, según los expertos, lo que no significa necesariamente que vaya a cesar. “No sabemos si este cambio es para parar o tener un segundo rebrote y una segunda actividad más agresiva ”, dijo Valdivieso, que acababa de sobrevolar la zona, a la agencia de noticias AFP. En los últimos días se registraron entre cinco y seis sismos por hora, mientras que al comienzo de la erupción, el 4 de junio, llegaron a entre 230 y 240.
“ No es fácil prever cuándo terminará la actividad . Son procesos que suelen durar unos cuantos días. Depende mucho de la presión de la cámara magmática (un gran repositorio subterráneo de roca fundida llamada magma) y de la profundidad”, explicó a Clarín el geólogo Alberto Caselli, director del Grupo de Estudio y Seguimiento de Volcanes Activos (Gesva). “El volcán está descargando, y esto va a ocurrir hasta que pueda eliminar el exceso y se equilibre la presión ”, agrega.
En su último informe, difundido ayer a la tarde, el Sernageomin no descarta que “vuelva a presentarse un incremento en la actividad eruptiva con episodios similares a los ya ocurridos o superiores en intensidad”. Por lo tanto, mantuvo el nivel de la alerta volcánica en el nivel 6 – rojo: erupción moderada.
Mientras tanto, se confirmó que las cenizas despedidas por el volcán chileno no son tóxicas . De acuerdo a un estudio preliminar realizado por el Centro Atómico Bariloche de la Comisión Nacional de Energía Atómica (CNEA), el polvo volcánico “está compuesta por silicio, aluminio, potasio, calcio, hierro, titanio, magnesio, sodio y, en una pequeña cantidad, cloro”, pero no contiene “sustancias que afecten la salud como azufre o arsénico” . Los científicos dijeron que tampoco se hallaron sustancias como cristobalita, que es una variante volcánica del cuarzo y “una de la fracciones más nocivas”, porque causa “problemas pulmonares y respiratorios”."

Willian
WillianPermalink

Bom dia gostaria de uma ajuda no que fazer/proceder, tenho uma viagem marcada para Bariloche no dia 22/6 porem to querendo cancelar ou mudar para outro destino (já to neste briga a mais ou menos 1 semana) em ambos os caso a minha agencia não quer cancelar alegando que se cancelar terei que pagar a multa(cuja qual é muito alta) e se trocar de destino além de pagar a diferença de custo(que neste caso esta certo) pago a taxa também.Mesmo eu alegando que to querendo cancelar em virtude dos ocorridos , que não quero ir para uma região e me expor ao”perigo” a toa.Eles me informaram que só posso mudar sem pagar taxa em duas situações: primeira se meu vôo for cancelado(porem isto tem que ocorrer no dia de embarque) ou se a companhia aérea emitir um comunicado geral.O que posso fazer para cancelar minha passagem alguma dica?

Juliana
JulianaPermalink

Oi,Willian

Qual é a cia aérea que você realizará a viagem?
Os meus passeiros iriam pela aerolineas(voo regular). Fechamos com a operadora soultraveler e tivemos o reembolso integral.Com esse crédito,fecharam cartagena para setembro. Tive uma pax que iria no feriado de Corpus Christi pela operadora New it e tbm conseguiu cancelar sem problemas.(tbm voo aerolineas regular). Juro que não consigo explicar como algumas operadoras liberam a multa e outras não. Boa sorte!

Willian
WillianPermalink

Boa noite Juliana, no caso foi pacote pele Americanas viagem, (passagens pela aerolineas), hoje a noite liguei de novo para eles para tentar cancelar e ainformação foi bem clara do atendente, so podera "cancelar sem pagar taxa " no dia do embarque.Sem falar que eles não deram nem a opção de "trocar o destino". A única informação que eles tem é a que os voó esta prgramado para dia 22/6 normalmente que não tem nenhum imprevisto.Acredito que isso uma falta de respeito com o ser humano.

Dionísio
DionísioPermalink

As cinzas estão sobre Porto Alegre de novo!

Vários voos já foram cancelados de/para Porto Alegre na manhã de hoje (14).

Diego
DiegoPermalink

Não consigo falar com a submarino viagens!!! Para comprar é uma beleza, mas para informação é " ESTAMOS COM UM GRANDE VOLUME DE LIGAÇÕES NESSE MOMENTO".

Viagem marcada para o dia 16/06. Gostaria de não ir mais.

Diego
DiegoPermalink

Consegui falar com a Submarino Viagens.

Eles só cancelam horas antes da partida. A bronca é pra voltar!!!!

Vanessa
VanessaPermalink

Oi, pessoal.

Sinceramente, estou triste com toda essa situação que está ocorrendo em Bariloche.
Adoro viajar , mas sempre optei por conhecer mais o meu país. Porém, conhecer Bariloche na temporada de inverno sempre foi um sonho, que por "n" motivos sempre deixava para depois. Pois é, no final de abril ganhei de presente a realização do meu sonho..Conhecer Bariloche. AMEI !
Estou com passagem marcada para o dia 22 de junho(¨6:40) do RJ para Buenos Aires( via Aerolineas Argentinas), depois as 12:50, para San Carlos De Bariloche....Hospedagem no Hotel Villa Huinid Lodge..Retornando para o RJ no dia 27 de junho. Tempo suficiente para conhecer e curtir Bariloche.
Minha primeira viagem para fora do meu país..Que "piada' !rss
Tudo adquirido através de uma Agência de Viagens( pacote).
Ciente em relação ao contrato. Entrei em contato com a Agência. Informação obtida...É necessário aguardar até praticamente "a véspera dd dia do embarque"..MEU DEUS !
QUE TORMENTO !
Cancelar hoje, significa pagar uma multa considerável( no meu caso duas multas, pois vou com meu marido)..QUE ABSURDO !
Sinceramente, ainda não tirei a mala do meu armário. Nós 2 trabalhamos e temos compromissos..
Sei que as agências x companhias aéreas x hotel , estão longe de serem culpados pelo que está acontecendo em Bariloche, mas eu tbém não tenho culpa.
Um sonho que está virando um PESADELO !
Que estresse !
Cumpri com meu dever , paguei td....Conhecer Bariloche e fazer a minha primeira viagem internacional, nessas condições é DECEPCIONANTE , DESAGRADÁVEL e ter que aguardar uma decisão da Agência de Viagens na "hora H",para não pagar essa multa absurda..Está tirando minha tranquilidade...E o lado emocional x psicológico ? Como fica ?
Quero conhecer Bariloche sim, mas não diante da situação em que se encontra agora. Não desejo um acordo com a Agência para conhecer Buenos Aires ou outro lugar..Meu sonho é Bariloche !
Totalmente injusto e desagradável , encontrar-me em situação de "espera" ..Pagar multa ? PIOROU !

Desejo JUSTIÇA !

Desabafo de uma pessoa que está vivenciando uma situação desagradável, incômoda, decepcionante e a única coisa que deseja é obter justiça.
Abraços

patricia
patriciaPermalink

estou na mesma situação... marcada para 22/06 e sem saber o que fazer...

douglas
douglasPermalink

Vanessa, o contrato das operadoras é unilateral, sómente obrigações do comprador, não existe obrigações do vendedor, daí ele se intitula intermediario, afim de que estas obrigações não existam, não existe lei regulando contratos turisticos, como a lei do inquilinato, é uma terra de ninguém, vence o mais forte.

douglas
douglasPermalink

Temos que agradecer ao Ricardo por este espaço, funciona com uma terapia de grupo para turistas, que apenas sonharam numa possivel viagem que a tempo esperaram e trabalharam para isto, este espaço abre também uma possibilidade para aqueles que gostam de viajar possiveis obrigaçoes que os vendedores de pacotes não asssumen, vide o desabafo da vanessa

Vanessa
VanessaPermalink

Pois é...Vence o mais forte, mas esquecem que são os "mais fracos", que pagam os salários deles e contribuem para o sucesso das Companhias Aéreas, Agências de Viagens e Hotéis..
Sem os "mais fracos"..ELES NÃO SERIAM NADA !!!!!!!
Esperar até a hora "H" , ou pagar todas as multas para livrar-se logo desse TORMENTO..QUE ABSURDO !
Estou indignada, decepcionada e com a sensação de que pago todos meus impostos, sou uma cidadã correta e nessa situação não sou NADA !
É ISSO AÍ !
Há uma semana da data prevista do meu embarque, estou INDIGNADA !
É PRECISO QUE TOMEM ALGUMA PROVIDÊNCIA URGENTE, SEM PREJUÍZO PARA QUEM AGIU CORRETAMENTE COM ELES E NA VERDADE CONTRIBUIU PARA O SUCESSO DE TODOS OS ENVOLVIDOS !

Lucas
LucasPermalink

Alguém poderia informar se as estações de esqui do Chile estão abertas dia 23/06 ?

Andre L.
Andre L.Permalink

Cheque no site de cada uma delas. A data exata de abertura depende muito de condições específicas de neve acumulada e temperatura no fim da primavera em cada local. As vezes uma estação a 2.500m está fehcada, mas outra mais baixa e mais ao norte, a 80km da primeira, está aberta.

Vanessa
VanessaPermalink

Agradeço ao Ricardo pelo espaço..E como !

Já sofremos com tantas injustiças nesse país. Concretizar um sonho nesse país é para "poucos"..Sou Funcionária Pública Estadual, eles ditam as regras mas não cumprem..Não tenho direito a vale transporte, alimentação, auxílio"isso ou àquilo", plano de saúde..NADA ! Trabalho , cumpro todas as minhas obrigações de cidadã. Agora, sinto-me péssima !
Me programei para uma viagem de lazer ..Não para um PESADELO !
Ter que acompanhar diariamente a situação dos aeroportos , de Bariloche e ficar nessa "agonia".. No momento em que só se fala em cuidados com a saúde..Esqueceram ? NINGUÉM ESTÁ VENDO NOSSO "lado" ? QUE PAÍS É ESSE ?
QUERO UMA SOLUÇÃO !
Pagar multa ? Eles não tem culpa, mas eu tbém não tenho.
Quem paga meu plano de saúde SOU EU !
QUERO SAIR DESSE PESADELO, SEM PREJUÍZOS !

Débora
DéboraPermalink

Olá Trips e Bóia!

Comprei um pacote de 4 dias para Buenos Aires, para passar o dia dos namorados, o que obviamente não aconteceu!
Entrei em contato com a empresa que me vendeu o pacote, solicitando remarcação do mesmo, e fui informada que teria que pagar uma multa para remarcar o hotel (que eles mesmo denominaram "penalidade para remarcação") e como para o dia desejado a empresa aérea ( Aerolíneas Argentinas) não possui mais lugares disponíveis nas mesmas classes tarifarias do meu bilhete, tbm teria que pagar uma taxa de diferença de tarifa!
Ocorre que as multas que estão cobrando pelo aéreo+hotel ultrapassam 50% do valor total do pacote!!!!
Isso procede?? É legal?
Obrigada!

val
valPermalink

..e a delegação do Santos chegou a Montevideu pela Pluna...

vai entender...

Gabrielaa
GabrielaaPermalink

Olá, vejo que como a maioria aqui estou na mesma situação! Gostaria de saber se alguém ouviu informações sobre Santiago, ou até mesmo mudança na direção dos ventos, podendo levar a fumaça para aquela região. Tenho viagem programada para 17/06, estou muito preocupada com o retorno, caso haja alterações na direção da fumaça. Grata.

douglas
douglasPermalink

A todos, depois de uma orientação que obtive pela Vanessa, meu pacote para bariloche sairia dia 16 de junho pela cvc, a Vanessa disse ligue para o SAC, liguei e botei a boca no trombone, parece que neste mundo as coisas só funcionam com grito, recebo um telefonema neste momento, que vão me dar uma carta de credito para viajar para qualque r outro lugar, por isto recomendo tentem o SAC

douglas
douglasPermalink

Obrigado Vanessa, pela dica

douglas
douglasPermalink

Alias a orientaçao que obtive é da Juliana, veja lá em cima, a Juliana deve ser uma boa agente de turismo, o Ricardo sempre aconselha tenha um bom agente de turismo, o duro é achar um bom agente

Fabio de Rezende
Fabio de RezendePermalink

Estou nos mesmos võos da Vanessa.

Para mim essa questão de cancelamento esta sendo bem simples, pois comprei hotel e passagens separados.

O hotel reservei por um site internacional só de hotéis e hoje fiz o cancelamento sem qualquer multa, eles irão creditar o valor da reserva (+- 20% do total) no meu cartão.

No que diz respeito às passagens, vou esperar mais um pouco (quero evitar pagar a multa), mas a informação que eu tenho da Aerolíneas é que caso eu queira remarcar as passagens logo, antes de qualquer comunicado oficial, terei que pagar 30 dólares de multa por passagem. Obviamente, se o novo trecho que eu escolher estiver mais caro do que eu paguei, terei que arcar com a diferença.

Caso eu decida cancelar e solicitar o reembolso, terei que pagar 50 dólares de multa.

As multas só são cobradas caso eu faça alguma alteração antes do provável cancelamento do vôo.

Caso o vôo não seja cancelado e eu não compareça, terei que pagar 50 dólares por passagem para remarcação ou reembolso, sem falar na diferença caso a nova tarifa seja mais cara.

Essas informações estão no site da Aerolíneas. Basta simular uma compra e verificar as condições de sua tarifa. A minha é a 'Alternativa Tango'.

As multas cobradas pelas agências, pelos relatos postados aqui, são absurdas. Eu agiria de uma das duas formas: (i) pagaria a multa e garantiria a viaem, entraria na justiça e faria diversas reclamações pela internet em sites de reclamações e de viagens (isto normalmente tem efeito quando estamos lidando com agências pequenas e médias, contra a CVC é a mesma coisa que nada, nem perca seu tempo). (ii) não pagaria a multa, entraria na justiça pedindo uma tutela antecipada para que eles remarquem, sem custos, imediatamente minha viagem, além de fazer diversas reclamações pela internet.

Vejo como viável, mas não como certeza de vitória, o ingresso em juízados de pequenas causas contra as agência pedindo uma tutela antecipada para remarcação sem multa, a devolução imediata já é mais difícil, pois nada impede que se espere o término do processo.

Os fundamentos para uma ação judicial são inúmeros - responsabilidade objetiva, contrato de adesão, hipossuficiência do consumidor, etc, etc, etc.

Hellen
HellenPermalink

Boas notícias:

Site da Gol.
14/06 – 16h30

A GOL informa que contratou a Somar Meteorologia, consultoria ambiental e meteorológica, para obter informações mais acuradas sobre o movimento da nuvem de cinzas expelidas pelo vulcão chileno Puyehue e seu impacto em voos comerciais. Subsidiada com dados sólidos, baseados em modelos meteorológicos e de concentração de cinzas conhecidos, e usando dados extremamente conservadores, verificou-se que a densidade da nuvem nas áreas a serem sobrevoadas, hoje, é cem vezes menor que o limite internacionalmente aceito para que se realizem operações aéreas. Desta maneira, a GOL encontrou condições de retomar decolagens seguras para Buenos Aires (aeroportos internacionais Ministro Pistarini e Aeroparque Jorge Newbery) e Rosário, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai.

A GOL destaca que já começou a contatar clientes que tiveram a programação alterada, via telefone, SMS e e-mail, para informar sobre a retomada dos voos. A Central de Relacionamento também está disponível para receber ligações dos passageiros nos números 0300-115-2121 (Brasil) e 0810-266-3232 (Argentina). As reacomodações serão providenciadas sem cobrança das taxas previstas e, se os clientes preferirem cancelar a viagem, receberão o reembolso no valor integral dos bilhetes.

A empresa manterá o público informado sobre quaisquer novas mudanças em sua malha, que, neste momento, opera com normalidade. Informações atualizadas estão sendo publicadas no blog da GOL, em http://blog.voegol.com.br.

A GOL lamenta pelo desconforto causado pelos cancelamentos e alterações nos horários dos voos, mas volta a ressaltar que opera sob um rigoroso padrão de segurança e que só realiza decolagens quando encontra as condições necessárias para fazê-lo sem riscos.

Mariana - Hotel Querido Buenos Aires

Oi, gente. Apesar de que aqui em Buenos Aires tudo continua absolutamente normal a olho nu (nao percebemos as cinzas e nem nenhum problema no ar mesmo) e de a cidade estar funcionando normalmente (ouvi boatos de que o comércio estaria fechado, isso nao é verdade em absoluto), a situaçao dos vôos e dos aeroportos locais ainda é incerta.

Estamos respondendo todos os emails dos nossos hóspedes com muita atençao e a decisao que nós tomamos aqui no Querido foi a de NAO COBRAR nenhuma multa em casos de cancelemanto de reservas para esses dias. Claro que isso implica em um grande custo aqui para a gente, que somos um hotel de pequeno porte, mas nos solidarizamos com todo mundo que planejou a viagem com todo o carinho, deu preferência ao nosso hotel e que, infelizmente, por força maior, nao pôde viajar.

Esperamos que tudo se normailize o quanto antes.

Se alguém souber de alguma simpatia para acalmar vulcao, a hora de divulgar é agora.

zuzu
zuzuPermalink

Infelizmente nao conheço simpatia para estes vulcoes se acalmarem...mas os passageiros poderiam estar mais calmos se houvesse mais compreensao dos agentes, cias aéreas, hotéis , etc. Louvável a atitude do pessoal querido do Hotel Querido!
Com certeza fideliza o cliente, eles perdem agora, mas ganham depois!

Mariana - Hotel Querido Buenos Aires

Oi Zuzu! Obrigada pelo apoio smile

Henrique
HenriquePermalink

Mariana, mais uma vez parabéns pela atitude. Quando recebi seu email desisti no ato de cancelar minha viagem. Lamento pelo prejuízo que a situação causa a vocês e torço que o vulcão pare de cuspir cinzas e tudo volte ao normal logo!
Independente disso acho que você e o Ali irão ganhar ainda mais simpatia pela hombridade no tratamento a seus clientes , somando mais pontos as ótimas referencias do Querido e sua administração.

Mariana - Hotel Querido Buenos Aires

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2011/06/14/gol-retoma-voos-para-buenos-aires-e-montevideu.jhtm

Tam e Gol retomam voo para BUE e MVD.

Thiago
ThiagoPermalink

Mariana, se tudo der certo, embarco na 5ª feira pela 1ª vez para Bs As!
Achei muito decente e louvável a postura de vcs!
O Querido já se encontra na minha wish list depois disso!

Mariana - Hotel Querido Buenos Aires

Obrigada Thiago. Boa sorte com a sua viagem e esperamos você aqui no Querido em uma próxima oportunidade smile

Lucas
LucasPermalink

Vou pra Buenos Aires dia 21 de Julho e dia 27 vou pra Bariloche. Estou pensando em cancelar minha ida a Bariloche, devido ao grande caos causado pelas cinzas. Vou pra Bariloche para conhecer e para esquiar. Acham que devo realmente cancelar ou acham que em um mes tudo volta ao normal?

Denise
DenisePermalink

Tenho pensado muito sobre os pontos de vista, Aqui no Brasil, você abre qualquer página de jornal na internet e a primeira manchete é sobre a interrupção de voos, a erupção do vulcão e o caos aereo. Quando você abre as paginas dos jornais argentinos, a notícia vem em segundo ou terceiro lugar, tratado como fatos comuns , inerentes a natureza e passageiros. O que é isto? Diferentes enfoques? Escandalo dos jornais brasileiros? Não sei , não consigo interpretar. Mas na minha opinião, isto deve ser considerado normal, um transtorno da natureza e não o fim de um sonho como parece. Os aeroportos tem sido fechados e abertos, conforme o movimento das nuvens, e se você não conseguir viajar hoje consegue amanhã. Calma, pessoal, calma. Bariloche pode não ser uma idéia boa imediatamente, mas quem sabe daqui a 15 dias? E Buenos Aires continua igual, é só ter um pouco mais de paciência.
E paciência e ciência tem a Mariana, para administrar a ngústia destes passageiros brasileiros.

Suzanna
SuzannaPermalink

queridos trips, a paciência deverá sempre estar acima de tudo, mas poxa estamos diante de um vulcão que continua expelindo material e como se não bastasse ainda tem os abalos sísmicos. Sem falar na paisagem da bela cidade de bariloche e villa Angostura que, certamente, não mudará em apenas 15 ou 1 mês. Verifiquem o site http://www.anbariloche.com.ar/ e vejam a foto do sensacional hotel LLAO LLAO coberto de cinzas e comparem com fotos anteriores no google.

Comerciantes locais já falam em perder a temporada de inverno e procuram encontrar soluções para não dependerem apenas desta época do ano.

Ricardo deu a dica para ficarmos de olho na paisagem e nas pistas de esqui.

Eu mesma desisti de minha viagem, meu sonho e presente tb Vanessa, fiquei emocionada com suas palavras, (9 a 17/07 - CVC - para bariloche (foram duas emoções fortes a decisão de ir e a de não ir - nossa saúde e bem estar falou mais alto) não cancelei ainda com a operadora, pois estou acompanhando este post para ver como está a questão da multa rescisória. Mas, diante do que li hoje irei procurar o SAC, tendo em vista os argumentos trazidos por todos vcs maravilhosos amigos nesta viagem.

Laura
LauraPermalink

Mariana tenho acompanhado em todos os sites de relacionamento varias pessoas desesperadas por não estarem conseguindo o mesmo tratamento de vcs nos hoteis onde tinham reseervas. É como foi dito acima perde-se agora, mas ganha-se no futuro. Parabens pela atitude. Vc sabe falar algo de como estão as cinzas agora em Bari, se ainda tem muita cinza pela cidade?

Andressa Lopes
Andressa LopesPermalink

Hoje cancelamos nosso pacote com a CVC, íamos dia 15/07, esposo+filha+eu, eles cancelaram os pacotes com saída até dia 02/07, mas o cancelamento é assim,deram carta de crédito, dinheiro não devolvem, tem outros pacotes sim, mas não quiz trocar pois o que queria era mais caro e as férias do meu esposo ele já pediu e não pode trocar. Bem, pra inverno que vem já estamos planejando que vamos pra Bariloche mas sem agência, pois na hora de comprar é uma beleza mas pra cancelar quem sai no prejuízo é o cliente.