Hospedagem em San Andrés: as dicas dos leitores

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

155 comentários

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Oi Riq, primeiramente super super obrigada pela post. Muita honra : )
Esse site dos Resorts Decameron é muito estranho, mas eu tinha entendido que o top de linha deles é o Decameron Los Delfines, que eles chama de hotel Butique:
http://www.decameron.com/eng/san_andres/delfines/overview.html
A mim, não pareceu butique coisa nenhuma, mas...
Enfim, estou aberta a outras sugestões no Caribe a dois em dezembro.
Obrigadinha!

Arthur | Agora vai MESMO

Eu fiquei no Decameron Aquarium. Acho que é o melhor custo-benefício. Peça para ficar na torre nova, ao lado da piscina, onde as acomodações são melhores. Pelo que os próprios sites colombianos dizem, a classificação "boutique" para o Los Delfines é muito exagerada...

http://agoravaimesmo.com/2009/06/09/piratas-do-caribe-parte-5/

Lucia Neves
Lucia NevesPermalinkResponder

Oi, Arthur,fala com a Paula que se ela tá querendo um hotel legal em Sant Andres, muito lindo, para ela dar uma olhada no site do Hotel Casa Harb. São só 5 suites, romântico demais. E parece que a dois é o ideal. Ainda não fui, mas está nos meus planos. Abs...

http://www.casaharb.com/englishversion/home.html

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Nossa Lúcia, esse hotel é incrível!

Graziele Morelli

Olá Paula
Estivemos em San Andres em julho com um grupo de mergulhadores, tenho algumas dicas no meu blog, depois passe por lá.
Tenho uma dica muito importante! Li por aí na Net que é normal (????) as malas chegarem um voo depois, pois é, a normalidade aconteceu comigo, sumiram com a mala do nosso grupo, que chegou 6 horas depois. Fica a dica, coloque na sua mala de mão uma “mudinha” de roupa (dica valida para qualquer viagem), e não se estresse com o fato caso ocorra com vc, as malas realmente chegam.
Sobre a hospedagem ficamos no Decameron Aquarium. Com um grupo de 20 pessoas tivemos todos os tipos de problemas possíveis, mas todos bem resolvidos, no final o saldo foi bem positivo.
Fizemos um “tour” pelos Decamerons, estivem no San Luis para um jantar e passamos por lá tb durante o dia, a praia me pareceu muito boa . O MarAzul parecia o mais bonito de todos, mas achamos mal localizado para mergulho e/ou passeios, um deles estava fechado para reforma e o outro próximo ao Aquarium nem merece comentário.
Vou ficando por aqui.

Grazi

Guilherme Mattoso

Olá, Paula,

Estive em San Andrés em junho e fiquei no Decameroin Maryland, o pior! Tb não recomendo o Dolfines. Se optar pela rede, escolha o Auqarium. Uma amiga que tb esteve lá, ficou no Sol Caribe e gostou:

http://www.booking.com/hotel/co/sol-caribe-san-andres.pt.html?aid=311840;label=sol-caribe-san-andres-DTtMXf0ZoPRURBcS7nlKDAS8232725833;ws=&gclid=CIyppb-MhqsCFR9hgwodrX_J4Q

Tb li comentários muito elogiosos da Casa Harb...

Fabiola
FabiolaPermalinkResponder

Oi Paula,
Eu fui em fevereiro deste ano e fiquei no Casablanca apenas com o café da manhã. Gostei da localização no centro (em frente a praia e próximo para os passeios)e não senti falta do "all inclusive";como fiquei apenas 4 dias fazia as refeições nos restaurantes do centro mesmo. O restaurante "La Regata" tem uma vista bonita e comida boa, vale a pena jantar ou almoçar por lá uma vez, mesmo estando em um all inclusive. O hotel atendeu as minhas necessidades. O quarto era enorme e limpo e o ar condicionado funcionou perfeitamente. O café da manhã foi ok! Ficaria neste hotel novamente. Espero ter ajudado.

Germano J Schneider

Estivemos em San Andrés em abril, e nos hospedamos no Decameron Maryland.
A primeira coisa é ter em mente é que all inclusive não é igual a luxo. O hotel é bom, nada de exagerado. A comida é boa e a bebida é farta. Junto ao hotel há uma pequena faixa de areia, muito tranquila, ao menos naquela época do ano.

Quem está hospedado em algum hotel da rede pode frequentar as instalções dos outros, como praias, piscinas, bares. Para os restaurantes é necessário fazer reservas, seja nos buffet, seja nos á la carte. Aliás, jantamos no restaurante de frutos do mar do Acuarium e no de comida regional no Delfines, e os dois ficaram muito aquém do esperado.

Aqui vai um breve resumo dos Decameron:
- Maryland: onde nos hospedamos, fica ao lado do aeroporto, com um pequena e agradável praia (sem corais, não é necessário utilizar aqueles sapatos de mergulho), com um piscina com bar (nem aproveitamos) mas fica a uns 20 minutos de caminhada do centro.

- Delfines: é menor, sem acesso direto ao mar, com um restaurante à la carte lindo mas com a comida não muito boa, fica no centro da cidade.

- Acuarium: o mais bonito de todos, com uma bela área de mar (com muitos corais, ou seja, 'só no sapatinho'), um lindo píer e um restaurante à la carte não mais do que razoável. Fica a 5 minutos do centro.

- MarAzul: longe do centro, uns 11.000 pesos de táxi, fica numa área muita bonita. O mar não é tão 'colorido' como em outras partes da ilha.

- San Luiz: o mais distante de todos, com a praia com o mar mais bonito.

Ah, e discordo com a ideia de que San Andrés somente é atrativa para quem gosta de mergulho. O lugar é lindo, excelente para quem quer descansar.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Germano, obrigadíssimo. Acho que sua postagem esclareceu a maior parte das minhas dúvidas. No final, então o saldo da viagem foi positivo, é isso? Na sua opinião, vale a pena ir pra San Andres?

André Vidal
André VidalPermalinkResponder

Fiquei no Decameron Aquarium. A vista dos quartos é excelente, a "praia" no pier é linda e todo o serviço (comida, bebida, atendimento) do hotel é muito bom.

Só existe um grande porém: o barulho. Todos os quartos tem comunicação com outro quarto (o hotel recebe muitas familias) e as parades são muito, mas muito finas. Olha, eu já fiquei em quartos compartilhados de albergues que tinha menos barulho do que o aquarium.....

Ainda acho que se hospedar na rede decameron vale a pena, mas acho que escolheria o Maryland ou o Delfines

Germano J Schneider

Paula,

Eu adorei ir e recomendo. Posso estar exagerando um pouco por ter sido minha primeira vez no Caribe, mas a impressão que ficou foi maravilhosa.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Fui no carnaval e fiquei no decameron aquarium. Como o intuito era mergulhar, achei a melhor opção, porque a operadora fica lá. No mais, achei bem caidinho... Mas os mergulhos valeram a pena. Visitei Bogotá e Cartagena, duas cidades que amei!!! Vale a pena a esticada!

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Fabiola gostei do seu relato, me diga será que no mês de Janeiro tem muito turista? é um destino muito procurado? eu estou indo pra Bogotá pela milhagem da Tam, e pretendo esticar até San Andres, vou seguir sua recomendação do hotel, mesmo porque não gosto de ficar confinada em hotel, penso que se visitamos um lugar é para conhecer e não ficar dentro de hotel, pra mim hotel so para dormir, e durante o dia sair e explora a região, eu quero mais explorar a região e fazer umas comprinhas,que li em algumas resenhas que se acha tênis em conta sabendo procurar a loja certa.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Galera, me desculpem a demora em colaborar, mas este tópico sobre San Andres estreou recentemente e só me dei conta dele, ao procurar informações sobre Punta Cana. Mas vamos lá:
Estive em San Sandres por duas vezes este ano: em fevereiro e em julho. Gostei de lá e muito, mas a repetição tão precoce, se deveu ao fato de poder tirar férias com meus filhos, pois coincidiu com as das faculdades de ambos. E eles escolheram, dentre as opções, San Andres. E lá fui eu de novo, com um gosto de Déjà vu.
Para os que perguntam sobre hospedagem, eu sempre digo que é o ponto fraco de San Andres. Para você se hospedar de mais ou menos a bem, tem que abrir o bolso (em Cartagena, também na Colômbia, por exemplo, a hospedagem é mais em conta e melhor). Os hotéis baratos só servem para os mochileiros. Eu com minha mania de deixar a hospedagem para a última hora, quando sei que não é alta temporada no local (de fevereiro a dezembro em San Andres é baixa temporada, sendo que em julho é média e a alta, somente do natal até 31/01), e por conta do meu preferido até então, o Casablanca, estar lotado, acabei ficando em um dos hotéis da "rede" Porto Belo, que é de um brasileiro (tem até bandeira do Brasil na porta). Fiquei no menos ruim deles, o Plaza, mas só aguentei uma noite. Para se ter uma idéia, fiquei no 4º andar, sem que houvesse um elevador no hotel e o carregador estava ausente (era só esperar um pouquinho, disse a recepção). Havia uma coluna nada decorativa no meio do quarto, o banheiro era mais pra menos que pra mais. O café da manhã era servido em um outro Porto Belo (o "principal"). E era servido mesmo, pois havia uma pessoa que colocava no seu prato uma fatia de cada coisa (me fez lembrar das merendeiras do tempo de escola). Não há internet, somente no "principal" e muito lenta (aliás, isso é um problema na ilha).
Na manhã seguinte, minha primeira tarefa, foi procurar um hotel disponível. Aí entram as dicas. Na peatonal, passei pelos outros Porto Belos, sem chance (assim como o Tiuna e a maioria dos que vi na peatonal). O Casablanca, como disse, seria minha primeira opção quando pesquisei e é bom mesmo. Nada de excepcional, diga-se de passagem, mas é bom pros padrões da ilha. Tem um que é um pouco mais barato, mas me pareceu razoável. Essa dica fica para quem não quer/pode pagar mais, é o Bahia Sardina. Dentre os mais em conta, me pareceu ser o melhorzinho. Aí vem o hotel onde acabei ficando: o Lord Pierre. Para quem havia acabado de sair do hotel Caribe em Cartagena (vou postar em dicas de Cartagena), ficaria realmente difícil tirar a sensação de anti-clímax, mas o Lord Pierre me salvou. O hotel é muito bom (lembrem-se de que estamos em San Andres). Tem uma vista panorâmica no elevador externo que foi quase que decisivo na minha escolha. Há um deck onde se tem uma "praia" particular (eles chamam de piscina salgada) e uma vista maravilhosas. Solicitei o plano full, com direito a alimentação e bebidas (open bar) e não me arrependi. As bebidas são livres, mas somente de 11:00 as 23:00 h e são utilizadas as nacionais. Somente a cerveja é importada e é boa (a Presidente). Apesar de nacionais, os drinks me satisfizeram (principalmente as margaritas). E se você conversar com o gerente (se não me engano, porque infelizmente perdi os e-mails trocados com ele, é Afonso), pode conseguir um plano quebrado, para aproveitar o restaurante La Regata, ou o almoço na ilha de Johny Cay (imperdível), por exemplo.
Os quartos são limpos (diariamente) e muito bonitos (preferi os do 4º andar, pois têm uma aparência de cabana, por dentro). O banheiro não é um luxo, mas dá conta do recado... nada é perfeito. A comida tem pouca variedade, com cerca de 3 opções por refeição (não estamos num resort), mas na maioria das vezes é muito boa. Ah, a internet, é gratuita, mas, como um todo na ilha, não pega bem (no 4º andar (dentro do quarto)). Tive que me deslocar para bem perto da porta, corredor, ou ir para o lob. Mas num todo, o hotel é muito bom. Em relação ao Casablanca, por exmplo, só deck e o elevador panorâmico, já seriam motivos suficiente para preferí-lo. Finalizando, gostei tanto do Lord Pierre, que retornei em julho com meus filhos a ele.
Longe da muvuca(leia-se peatonal): tem o CASA HARB(um luxo e caro) e o Hotel San Luis Village, que seriam boas opções, mas eu sempre gosto de escolher hotéis, onde a noite eu possa sair a pé (mas isso é relativo e em Cartagena fiz o contrário).
A seguir um comentário sobre a ilha propriamente dita.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Caro Antonio Brum e demais amigos .....

Vi comentários ruins sobre o Portobelo, mas gostaria de mais detalhes sobre isso .....

Pergunto porque gostei muito da relação localização x preço e, minha necessidade é lugar seguro quanto a assaltos e quarto/banheiro limpo. Não me preocupo com café meia/boca, com sorisos de atendentes e com barulho.

E quanto ao Bahia Sardina? o que há com ele? Esta seria a segunda opção, também pela relação localização x preço.

Muito obrigado pela ajuda e abraços a todos.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alexandre! O que temos sobre os hotéis de San Andrés são os depoimentos que você pode ler nos comentários anteriores.

Dê uma olhadinha no Booking para ver um compilado mais abrangente de opiniões.

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Antônio vc vai ser minha referência, li muitos relatos de hotéis em San Andres e estou indo em Janeiro próximo, vc fala muito bem do hotel Lord Pierre, vc como faço para reservar? pois será alta temporada e preciso me garantir.
E queria saber se vale a pena comprar perfumes por lá, os preços são acessíveis em relação aos Duty free?
Aguardo

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

A Ilha !!!

Muito se diz que a ilha só serve para quem vai mergulhar. Na verdade as únicas atividades de mergulho que fiz foram: o Aquanautas (IMPERDÍVEL), onde a gente usa um capacete que é alimentado com ar comprimido e descemos a cerca de 6 metros de profundidade, caminhando, já que é uma rampa e nem se pode inclinar o capacete para evitar a entrada de água. Mas é um show ! A segunda atividade de “mergulho”, foi no Acuario, onde a gente mergulha num local onde a água bate na cintura (lembra Atalaia, em Noronha). Em ambos, a quantidade de peixes a serem visto, é impressionante. Mas não as considero mergulho, na acepção da palavra.

Com relação a(s) praia(s), que dizem não ser(em) grande coisa, informo que a praia “central”, ou “principal”, em frente a peatonal, é uma praia caribenha com nuances de azul, que faz juz a fama de “mar de siete colores” (ainda que as "siete colores” só sejam observadas em sua totalidade, no passeios de barco). Esta praia, inclusive, é pouco freqüentada, se levarmos em conta que fica na área central e é realmente muito linda. Mas os motivos são: a quantidade de (bons) passeios a se fazer e a presença de “praia” particular na maioria dos hotéis, que beiram o mar. Há ainda a praia de San Luis, um pouco mais afastada, mas que merece uma visita e West View (IMPERDÍVEL), onde é feito o Aquanautas, mas que vale a ida somente para mergulhar no tranpolim e/ou no escorrega, naquele mar de um azul que por vezes parece que há um holofote embaixo da água (sabe aquela frase "Onde o azul é mais azul"? Pois é... é lá!). Em West View, há também uma barraquinha que lembra o melhor do Nordeste e um restaurante do outro lado da rua. Dá pra tomar uma cervejinha e comer um peixe frito com fruta pão e salada sem estresse. O taxi até lá é baratinho custa cerca de R$15,00.

Outro aspecto interessante e convidativo de San Andrés, é o preço da maioria das coisas. Uma cerveja (lata/longneck) na peatonal, quase na areia da praia, custa cerca de R$ 1,80. Aliás, para quem não sabe, San Andrés é uma zona de livre comércio e seus preços são mais em conta que um free-shopping (por sinal, o free-shopping de Bogotá é mais barato que os nossos). Uma garrafa de Gold Label, por exemplo, que por aqui fica em torno de USD 72,00, por lá conseguimos por cerca de USD 49,00 em baixa temporada e USD 55 em média temporada(na alta nunca fui). Os eletrônicos só não são mais baratos que em Miami, mas para quem não pretende ir aos States, é uma boa pedida. Um Wii, por exemplo, se consegue por cerca de USD 210,00. Perfumes e relógios também são muito baratos. Só lembrem de pesquisar pelo preço na moeda local (o peso colombiano), porque cada loja faz sua conversão e uma que supostamente vende mais barato em dólar, acaba ficando mais cara na hora da conversão. Isto serve para qualquer lugar, pois o pagamento sempre é feito na moeda local e só depois convertido em dólares.

Os passeios já foram bastante dissecados nas dicas anteriores em outros links do Ricardo Freire, como os da Meilin, que me ajudaram muito, diga-se de passagem. Mas só para ratificar, valem a pena: Johnny Cay, Acuario (esses dois podem ser feitos juntos), Aquanautas (esses 3 na classe dos imperdíveis). Temos ainda: Semisubmergible e volta a ilha de barco (interessantes) e Hoyo soplador e a volta a ilha por terra (não fiz, mas porque achei que não valia a pena.). Há outros menos votados, como a cova do pirata Morgan (vi no youtube e desisti) e um museu (ídem). E outros que não me lembro agora. Também considerei um “passeio” passar a tarde (ou a manhã), no deck do hotel (Lord Pierre). É super agradável, tem uma vista linda, a água super transparente e a maior vantagem: o open bar (para quem o adquire) te faz consumir drinks e cervejas (em excesso) durante esse “sacrifício”.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Sem problemas Lucia. Apenas retribuo a ajuda que também tive por aqui. Sobre a reserva do hotel, pode ( e deve ) ser feita no site do próprio Lord Pierre. Não consegui nenhuma operadora que trabalhasse com ele. Na verdade eu só tive conhecimento dele no local (vide minha "epopéia" acima). Nas minhas pesquisas, nem ouvi falar dele. Na segunda vez, já fiz a reserva diretamente com eles, via site e a única "vantagem" que consegui, foi que o plano full, por mim escolhido, fosse desconsiderado quando fizesse o passeio para Johnny Cay ( você almoça por lá ), ou quisesse jantar em um restaurante diferente do hotel (como a La Regata). Tenho quase certeza que o nome do gerente é Afonso, mas não sei explicar o porque dos e-mails trocados com o hotel terem sumido. Se você tiver sorte e conseguir um pacote (total, ou apenas terrestre), que seja mais em conta que a tabela dele, boa sorte!
Sobre os preços, falo dele na resenha sobre a ilha. Mas são realmente convidativos. Minha esposa e minha filha, usaram as compras como mais uma categoria de "passeios".

E.T--> Ah, esqueci de mais uma dica. Vale muito a pena, usar as milhas para Bogotá e comprar as passagens para, no mínimo, duas cidades na Colombia (eu fui a Cartagena e San Andres). Quando forem comprar as passagens de Bogota para estas cidades, usem o site da Avianca da Colombia mesmo. Sai mais em conta que o site do Brasil. Outra opção, essa para quem não tem milhas, é comprar a passagem do Rio para San Andres pela Avianca. Sai por um bom preço e a aeronave é muito mais confortável que as que a TAM e a GOL nos reserva.

Espero ter sido útil.

Lúcia
LúciaPermalinkResponder

Antonio,
Muito esclarecedor, eu não entendi muito bem quanto a compra das passagens aéreas, é seguro eu comprar lá mesmo no balcão das cias aéreas, tem bastante opçãO de voôs? porque eu pretende sair de San Andres diA 12/01 e direto para Bogotá para o aeroporto de volta ao Brasil, afinal, o que é mais vantajoso? comprar lá ou com antecedência na internet?? muitissimo obrigada pelas dicas.
Aguardo,
Lúcia

Fabio costa
Fabio costaPermalinkResponder

Olá Antônio.
Você disse que fez a reserva no Lord Pierre através do site deles.
Tentei fazer isso também, mas eles pedem um deposito em bancos que não tenho como transferir aqui do Brasil.
Como você fez para efetivar a reserva?
Att
Fabio

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Lucia, minha dica foi comprar no SITE colombiano da Avianca (www.avianca.com), não no brasileiro (www.avianca.com.br). Porém, com relação a sua pergunta sobre a compra no balcão, posso lhe informar que comprei para Cartagena, no aeroporto de Bogotá, uma hora e meia antes do vôo, praticamente pelo mesmo preço que compraria antecipadamente no site. Muito diferente do que acontece aqui no Brasil.
Sua pretensão, vir direto, foi a minha realidade nas duas viagens a San Andres. Eu adquiri antecipademente os trechos Rio/Bogota/Rio, por milhas (GOL na 1ª viagem em fevereiro e TAM na segunda em julho}. Na primeira viagem, adquiri a passagem para Cartagena somente no aeroporto, porque a chegada do vôo em Bogotá era muito em cima da saída para Cartagena e fiquei com medo de comprar antecipadamente. Porém fiquei tranquilo porque ainda haviam outros vôos mais tarde para lá.Dei sorte!! Agora, tudo isso, com muita simulação durante a alta temporada em janeiro (eu simulava comprar uma passagem para o dia seguinte, o mesmo dia, só para ver se seria possível). Se em janeiro eu conseguia, em fevereiro seria mais fácil. AInda sobre a primeira viagem, os trechos de Cartagena para San Andres (pela Copa) e depois San Andres para Bogota (Avianca), comprei pela internet, no SITE colombiano. Dá para escolher um vôo chegando a tarde em Bogotá, mofar um pouco no aeroporto e sair a noite para o Rio. A má notícia é que o vôo pela TAM, sai agora as 18:10 h. Quando eu fui, ele saia as 23:59 h. Quer dizer: a má notícia é se você for do RJ, como eu, pois se for paulista vai se dar bem. Agora a permanência em SP é muito maior.
Quanto a segunda viagem, só fui a San Andres e adquiri as passagens de e para Bogotá pela internet antecipadamente. Isso me fez lembrar uma dica muuuuiiiito importante, por isso a "gritaria" abaixo:

NÃO SE ESQUEÇAM DE LEVAR DÓLARES PARA BOGOTÁ, OU TROCAR IMEDIATAMENTE SEUS REAIS PARA PESO COLOMBIANO, ANTES DE EMBARCAR PARA SAN ANDRES, POIS HÁ UMA TAXA DE ENTRADA NA ILHA (aos moldes de Noronha), PAGA NO AEROPORTO DE BOGOTÁ MESMO E ELES SÓ ACEITAM CASH, EM DÓLAR E/OU PESO COLOMBIANO. SE NÃO TIVER GRANA NA HORA, NÃO EMBARCA, MESMO TENDO A PASSAGEM NA MÃO.

E.T--> A taxa é de USD 25,00 por pessoa e é fixa. E não percam o comprovante de pagamento, pois será necessário na volta também.

christiane riley

Qual é o seu blog?

Hugo
HugoPermalinkResponder

Estou indo para san andres com minha familia e gostaria de saber se lá tem locais legais para comprar roupas, eletrônicos e afins... Quais são as lojas? O valor compensa?Obrigado.

marcia
marciaPermalinkResponder

Olá pessoal,

Penso em ir sozinha para san Andres, estou meio em dúvida porque pelo que li a maioria de vcs foram com a familia ou em casal.Será que vou ficar muito deslocada? Ahhh nao vou mergulhar muito também, já que nao sei nadar.

Obrigada a todos !

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Marcia! Leia as considerações do Comandante sobre San Andrés no texto acima.

Mais preocupante do que ir sozinha -- não há problema nenhum nisso -- é ir a San Andrés sem querer mergulhar. A ilha serve basicamente pra isso.

No seu caso, não seria mais bacana viajar a algum outro destino que tivesse uma praia calminha e bonita perto do hotel?

Vivi Galdino
Vivi GaldinoPermalinkResponder

Olá fui sozinha para esta ilha maravilhosa no final de Novembro de 2011. Só tenho lembranças de um mar de 7 cores, areia clara e das amizades que fiz por la onde passei.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Perdoe-me a discordãncia Bóia, mas San Andres não é BASICAMENTE para mergulho. Nos meus relatos até digo que não fiz isso nas duas vezes em que lá estive (no sentido de mergulho com equipamento propriamente dito). Quanto as praiazinhas calminhas próximas ao hotel, eu gostei das que pude visitar por lá (vide relato acima). Sinceramente: juro não entender o rótulo de "ilha para mergulho". Na primeira vez que fui a San Andres, havia pesquisado bem, incluindo o seu blog, com relatos da Meilin e cia e já sabia de antemão, que não era somente isso. Escolhi o local, para complementar minha ida à Colombia, já que a primeira opção já havia sido escolhida (Cartagena). E gostei tanto, que fui uma segunda vez no mesmo ano, sem incluir Cartagena.

Quanto ao HUGO, há lojas muito interessantes por lá (leia os relatos anteriores (incluindo o meu) sobre o tema. Os preços são muito atrativos para bebidas, perfumes, joias (incluindo esmeraldas), relógios, algumas roupas e, principalmente eletrônicos (não exatamente os preços praticados em Miami, mas se comparados aos daqui, são ótimos).

Marcia, realmente, por ter ido acompanhado, não saberia lhe dizer se seria incômodo ir sozinha. Até porque nem fiz os programas noturnos de que tanto elogiam por lá. O que posso lhe dizer, é que vi algumas pessoas desacompanhadas (tanto no sentido de casal, como no de um grupo do mesmo sexo (feminino)) e em todos esses casos, as pessoas estavam se divertindo bem e conhecendo novas pessoas (eu mesmo conheci umas chilenas desacompanhadas).

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Oi Antonio,
Obrigado pelas dicas de San Andrés.Neste hotel que vc ficou nao entendi o que vc quis dizer quando "a única “vantagem” que consegui, foi que o plano full, por mim escolhido, fosse desconsiderado quando fizesse o passeio para Johnny Cay ( você almoça por lá ), ou quisesse jantar em um restaurante diferente do hotel (como a La Regata)".
Há algum lugar específico para fazer comprar de perfumes/eletrônicos mais barato?
Os passeios são pagos em cash ou podem ser feitos em cartão?
Grato
Leandro

Vivi Galdino
Vivi GaldinoPermalinkResponder

Perfumes em san andres: www.madeira.com.co

Thalyta Frota
Thalyta FrotaPermalinkResponder

Oi gente,

Vou para San Andres no período do carnaval com o meu namorado, e fechamos o aéreo e o hotel por meio de uma agência local em outubro do ano passado. Somente agora (há poucos minutos), procurei comentários sobre o hotel em que ficaremos em San Andres, o Sol Caribe San Andres, e fiquei um pouco apreensiva depois que vi os comentários nada animadores! Pode parecer ingenuidade da minha parte, mas não imaginei que uma agência renomada indicaria um hotel tão ruim para um cliente. Alguém conhece realmente algo sobre esse Hotel?

Obrigada e Feliz ano novo a todos,

Thalyta Frota.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thalyta! Normalmente ninguém tem coisas muito simpáticas a dizer sobre hospedagem em San Andrés. Aproveite o mergulho e vá com baixa expectativa quanto ao hotel, é o melhor a fazer!

Thalyta Frota
Thalyta FrotaPermalinkResponder

Nossa, que rápido! Poxa, brigada! Bóia, depois que eu vi os comentários unânimes no tripadivasor e no hoteis.com, realmente cogitamos falar com o pessoal da agência para trocar o hotel. Pensei até no Lord Pierre ou no Casablanca indicados pelo Antônio. Apesar do transtorno e gastos que teríamos com o cancelamento, pelo menos teríamos a segurança de que ficaríamos em um hotel recomendado por alguém. O que acha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thalyta! Se a troca for possível e você tem uma boa intuição sobre os outros hotéis, vai firme smile

Só o que eu recomendo é, mesmo nessa circunstância, não esperar demais da hospedagem, que é um ponto baixo em San Andrés!

Lúcia Neves
Lúcia NevesPermalinkResponder

Oi, pessoal, também vou para Cartagena e San Andres agora em Junho. A dica então em San Andrés é o Casa Blanca? Mas fiquei sabendo que somente a parte "nova" dele é que é boa. O resto deixa a desejar. Ou é melhor um dos Decameron ? Qual deles ? Queria poder sair a noite, a pé.
Se algúem souber me fala, por favor ? E em Cartagena? Conhecem o Dom Pedro de Heredia ou Monterrey? Estou indo com uma amiga, e como já não somos mais "novinhas" rsrsrs, precisamos ficar melhor instaladas, mas gastando menos para poder usar nos passeios. Bjssssssssss

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lúcia! Leia sobre Cartagena nestes posts:

https://www.viajenaviagem.com/category/cartagena

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Olá Leandro, estive viajando, por isso a demora em responder:
Leandro
11 de janeiro de 2012 às 11:29 | Permalink | Responder

Oi Antonio,
Obrigado pelas dicas de San Andrés.Neste hotel que vc ficou nao entendi o que vc quis dizer quando “a única “vantagem” que consegui, foi que o plano full, por mim escolhido, fosse desconsiderado quando fizesse o passeio para Johnny Cay ( você almoça por lá ), ou quisesse jantar em um restaurante diferente do hotel (como a La Regata)”.
R: A "vantagem", foi eu poder pagar menos (plano PAM ou Continental) nos dias em que não almocei e/ou jantei ho hotel.

Há algum lugar específico para fazer comprar de perfumes/eletrônicos mais barato?
R: A loja mais recomendada (há uma redecdelas), é a Riviera, mas no caso dos eletrônicos, você deve andar pelo centro (que na verdade já é uma quadra depois da praia) e pesquisar pelas lojas pequenas. Repíto a dica sobre os preços: pergunte sempre na moeda local (isso vale para todos os países que dão preços em dólar), porque na hora de lhe cobrar, o preço em dólar é convertido pela taxa de conversão da loja, não a oficial. E nessa eles lucram bastante.

Os passeios são pagos em cash ou podem ser feitos em cartão?
Grato
R: Neste hotel em que fiquei e recomendei (o Lord Pierre), há uma agência de turismo, onde os passeios podem ser pagos quando se fizer o check-out. A má notícia (neste caso, inevitável), é que eles também usam uma taxa de conversão própria.

Espero ter sido útil. Qualquer outra dúvida, é só perguntar.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Para a Lucia Neves:

Oi, pessoal, também vou para Cartagena e San Andres agora em Junho. A dica então em San Andrés é o Casa Blanca? Mas fiquei sabendo que somente a parte “nova” dele é que é boa. O resto deixa a desejar. Ou é melhor um dos Decameron ? Qual deles ? Queria poder sair a noite, a pé.
R: Quanto a hoteis em San Andres, fica(m) a(s) dica(s) anterior(es), sendo a mais recente a que dei para Thalyta. Tenho lido que o melhor Decameron, é o San Luis. Porém não entrei e não posso lhe ajudar. O Casablanca e o Lord Pierre lhe atenderiam bem no quesito "andar a pé". Se bem que há outro(s) Decameron que também é(são) próximo(s) a peatonal, mas não lembro qual(is) deles.

E em Cartagena? Conhecem o Dom Pedro de Heredia ou Monterrey? Estou indo com uma amiga, e como já não somos mais “novinhas” rsrsrs, precisamos ficar melhor instaladas, mas gastando menos para poder usar nos passeios. Bjssssssssss
R: Em Cartagena, tenho como dica o hotel Casablanca. Ele é sensacional. Grande, com arquitetura colonial e apesar de estar fora da cidade murada, o seu preço é a metade do que pagaria num do mesmo nível por lá. E o acredite: eu queria tanto ficar na cidade murada, que só me decidi em que hotel ficar, quando cheguei ao aeroporto de Cartagena. Decidi com minha esposa, que pela diferença de preço, valia a pena arriscar ao menos uma noite por lá e caso não gostássemos, mudaríamos para algum da cidade murada que havia pesquisado (Charleston era o meu preferido). Só que para minha surpresa:
1- Apesar da arquitetura colonial, tinha os quartos renovados, luxuosos e espaçosos (duas camas grandes de casal).
2- O Casablanca tem um ponto de táxi próprio em frente, o que me deixava próximo a cidade murada. E o melhor: a corrida custava o equivalente a R$ 5,00.
2- A cidade murada me decepcionou no quesito noite. Há (bons) bares e restaurantes por lá, mas não são muitas opções e o comércio em si, fecha muito cedo, o que dá uma sensação de insegurança.
Portanto aconselho ao menos pesquisar o preço no Casablanca. Ainda próximos a ele ( e na mesma faixa de preço) há o Dann e Regatta, mas de arquitetura mais "conteporânea".

Espero ter ajudado. Se puder ajudar mais ...

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Para a Lucia Neves:

Corrigindo a mensagem anterior, nas dicas para Cartagena: onde se lê Casablanca, entenda:Hotel Caribe. Esta é minha dica em Cartagena. Creio que estava com o nome Casablanca na cabeça, por causa das dicas para San Andres. Mas o certo em Cartagena é: Hotel Caribe. Boa viagem!!!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá Antonio.
Estou tentando comprar as passagens internas pelo site colombiano da Avianca, como você sugeriu.
Entretanto, quando seleciono o documento de identidade como sendo o passaporte, não consigo escrever as letras, só os números.Estou com receio de dar problema ao embarcar, já que os passaportes brasileiros são identificados por letras e números e só tenho a opção de informar esses últimos.
Você lembra qual documento de identificação que usou?
Obrigada pela ajuda.
Abraço.

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Olá Juliana, eu até viajei com o passaporte para a Colômbia, mas saiba de antemão, que ele não é obrigatório. Você pode ir com a identidade, ou nesse caso específico, apenas para usá-la para a compra da passagem.
Como eu não lembrava mais os detalhes da compra, simulei uma no site da Avianca e realmente não são aceitos caracteres não numéricos. Mas, com certeza, você pode usar o "tarjeta de identidad" no campo "Tipo documento ident.", sem susto.

Boa viagem!!

Betânia
BetâniaPermalinkResponder

Olá!
Vou para Bogotá, San Andres e Cartagena em abril e vou tentar comprar as passagens entre essas cidades pelo site colombiano da Avianca, já que são realmente mais baratas do que no site brasileiro.
Vocês acham que há algum risco de não me deixarem embarcar? Alguém já pagou com cartões de crédito emitidos no Brasil?
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Betânia! Se você conseguir concluir a compra, não há problema.

Betânia
BetâniaPermalinkResponder

Olá Bóia!
Muito obrigada. Se conseguir, volto aqui para deixar meu relato.
Abraços.

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Olá Antonio!
Muito obrigada pela ajuda.
Parabéns pelos relatos que vc deixou por aqui. Não imagina como me foram úteis!
Abraços.

Ana Michel
Ana MichelPermalinkResponder

Pessoal, estou pensando em viajar para a Colômbia via Manaus, pois tenho familiares lá. O roteiro seria Bogotá, Cartagena e San Andrés. Alguns conhecidos viajaram para lá (S. Andrés) e falaram maravilhas, mas fiquei em dúvida lendo alguns comentários aqui. Do Caribe só conheço Aruba, que adorei. Pergunto aos que conhecem ambas - San Andrés é decepcionante se comparada com Aruba ou apenas é outro estilo???
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! O Comandante nunca foi a San Andrés, mas comenta que é um local mais interessante para quem quer mergulhar. Siga as dicas dele e dos tripulantes para descobrir se essa é a sua praia, e nunca tente encontrar um lugar no outro, para não se frustrar wink
https://www.viajenaviagem.com/2010/04/pequeno-guia-para-descobrir-a-sua-ilha-no-caribe/

João Paulo
João PauloPermalinkResponder

Boa tarde,

Estou indo pra Bogotá e queria aproveitar e conhecer uma ilha do Caribe, o que vocês me indicam? Pensei em San Andrés, Aruba ou Curacao. Podem me ajudar? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, João Paulo! As três têm vôos diretos de Bogotá.

Decida-se a partir deste post:
https://www.viajenaviagem.com/2010/04/pequeno-guia-para-descobrir-a-sua-ilha-no-caribe/

Antônio Brun
Antônio BrunPermalinkResponder

Para a galera que está de viagem marcada para a Colômbia, repito uma dica SUPER importante (passei um sufoco por eu e , principalmente o gerente do banco, não sabermos disso). Ao solicitar a liberação do cartão de crédito para uso internacional, peça que faça, TAMBÉM, para uso na função débito automático. Eu tive problemas porque meu gerente não sabia que em 3 países sul americanos (Colômbia e mais 2 que não me lembro agora), é necessário esse procedimento(não me peçam para explicar, porque não entendi (nem concordei com) a exlicação do banco, depois da minha reclamação ao retornar. Só sei que da primeira vez em que lá estive (Cartagena e San Andres), não consegui sacar dinheiro nos caixas. Não fosse o montante em reais que eu tinha e que cambiei por pesos col, me daria mal.
E.T--> Sou cliente do BB e não sei se essa necessidade é recorrente em outro banco. Em todo o caso...
E.T¹--> A última vez em que lá estive, foi em julho de 2011 e espero que essa exigência não exista mais, ou que seu gerente saiba dela, pois quando você pede liberação do seu cartão, subentende-se que seja para uso geral e não somente para a função crédito.

Renata Campos
Renata CamposPermalinkResponder

Olá pessoal,
Assim como algumas pessoas aqui, eu discordo que San Andrés seja basicamente para mergulho! Eu não mergulhei e amei! Estou, inclusive escrevendo a esse respeito no meu blog (www.revivendoviagens.blogspot.com.br)
Com relação à hospedagem, bem, eu me enquadro no estilo mochileiro então não tive problema algum de achar um lugar legal (sob o meu ponto de vista) e barato!
Enfim, eu super recomendo San Andrés e recomendo mais ainda a vizinha ilha de Old Providence ou Providencia!! Sensacional!!! É o caribe na sua forma mais pura!! Fica a apenas 20 min. de vôo de San Andrés ou a 3 horas de barco. Vale muito a pena destinar, no mínimo, 2 dias pra conhecer essa ilhazinha (são apenas 17km2).
Mas já adianto, não espero encontrar resorts, muito menos luxo! Até existem hotéis da rede Decameron na ilha, mas logicamente eles são bem mais simples, bem ao estilo de Providencia mesmo!!
Pra quem curte, o lugar é um verdadeiro paraíso!!!

Fabíola Sad
Fabíola SadPermalinkResponder

Concordo.
Acabei de voltar desse paraíso....
E já comprei as passagens pra voltar de novo. =D
Ir até Old Providence e Santa Catalina é o ponto alto da viagem pro Caribe colombiano.
Fiz um bate-volta mas me encantei e me apaixonei tanto pela ilha, que dois dias depois, voltei, aluguei uma casa de frente pro mar e acabei ficando por lá 45 dias.
Ainda não escrevi no blog todos os posts sobre as ilhas porque é muita coisa pra contar.
Até agora só coloquei as informações básicas.
Mas se alguém quiser dicas ou tiver dúvidas, é só falar.
Se o Cap.Riq quiser, depois volto aqui pra contar.
Ou se quiserem, podem passar lá no Mochilando Por Aí ( www.fabiolasad.blogspot.com.br ) e perguntar o que quiserem que vou responder com o maior prazer.
=D

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Acabei de voltar de San Andres e fiquei hospedada no Decameron San Luis. Sempre tive resistência à idéia de all inclusive, procuro sempre hotéis boutique e hotéis menores porque o acho o atendimento melhor e normalmente as instalações também. E minha estadia no San Luis confirmou todas as minhas suspeitas. Tudo o que estava incluido era ruim. Refeições e bebidas de quinta. No primeiro dia quando cheguei no refeitório e vi aquela multidão com prato na mão, fiquei com vontade de ir pro aeroporto implorar por uma vaga no próximo vôo. A impressão que dava é que tinhamos escolhido o hotel mais barato da ilha. Também tivemos problemas com goteiras no quarto, ralo entupido, que não chegamos a reclamar de tanto desânimo. Ainda bem que o próximo destino era Cartagena, e aquela cidade faz qualquer um ficar feliz!

Ana Carla
Ana CarlaPermalinkResponder

Estou querendo ir para San Andres em outubro ou novembro com minha mae, para andar de kitesurf, alguem sabe me dizer se são meses bons de vento? E sao meses bons para visitar a ilha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! O segundo semestre, e sobretudo os últimos meses do ano, são bastante chuvosos em San Andrés.
http://www.weather.com/weather/wxclimatology/monthly/graph/COXX0027

O ideal é ir no primeiro semestre.

Ana Carla
Ana CarlaPermalinkResponder

Muito obrigada!!

Andrea P Costa

Olá! Boa tarde a todos! Pretendo ir para Bogotá, Cartagena, San Andres e Curaçao em Junho do ano que vêm. Gostaria de saber quantos dias são necessários para conhecer San Andres? Na cotação que solicitei, a agente disse que 03 dias bastam para conhecer a ilha. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Não há o que "conhecer" em San Andrés. É um lugar para você aproveitar para mergulhar.

Vanessa oliveira

Olá, estou pensando em ir para Bogotá-Cartagena-San Andres, em março de 2013.
Conhece-los nessa ordem é o melhor a fazer? E os voos para ir a Curaçao, Aruba ou Bonaire, são caros? Eles saem de qualquer um dos tres lugares que citei ou saem somente de Bogotá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Os vôos para Aruba e Curaçao só saem de Bogotá. Vôos para Bonaire só saem de Aruba ou Curaçao. Entre Aruba e Curaçao voam a Insel Air e a DAE.

Existem vôos diretos entre Cartagena e San Andrés.

Orce a brincadeira nos sites da Avianca e da Copa, que servem todas as ilhas (menos Bonaire). Orce os vôos entre Aruba e Curaçao pela Insel Air.

Ficará caro. É como você tentar visitar várias capitais do Nordeste numa mesma viagem.

Viviane Araujo

Renata Campos, quais hostels vc indica para os estilo mochileiros que queiram se hospedar em San Andrés???
Só faço questão de uma cama e preços baixos.....
Estou indo para Bogotá no dia 01, Cartagena no dia 11 e San Andrés dia 15 até 18/01...
Da forma que puder ajudar será muito bemvinda, uma vez que já estou preocupada com a proximidade da data... rs

Priscilla
PriscillaPermalinkResponder

pessoal, que bom ver tantas dicas sobre san andres! estou indo em marco com um bebe de 2 anos. que hotel indicam pra quem vai com criancas pra san andres? queria um com praia na frente, sem corais, pro bebe brincar. Me falaram do casablanca e do cocoplum. alguem ja foi? dicas , please??? beijos! pri

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscilla! Vamos pôr sua pergunta no Perguntódromo; se houver resposta, aparecerá aqui.

Abner
AbnerPermalinkResponder

Olá, estou orçando voo de San Andres para Cartagena e encontrei bons preços na LAN Colombia, mas quando mudo a bandeira do site (para Brasil), consta que não tem voos diponíveis. Se entro pelo site da TAM volto a ver o voo, mas com preços bem maiores.
Queria saber se eu comprar pelo site da LAN Colombia terei algum problema na hora do embarque ou posso comprar sem medo.
Vi também bons preços na www.vivacolombia.co alguém sabe se é recomendável? Grato,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Abner! Sabemos que fazer isso no Chile pode dar problema, mas não sabemos sobre a Colômbia. Vamos pôr a sua pergunta no Perguntódromo; se houver resposta, aparecerá aqui.

Lembre-se que a Copa também faz essa rota.

Leia sobre como verificar a reputação de empresas na internet:
https://www.viajenaviagem.com/2012/08/5-passos-viagens-sem-roubadas/

Abner
AbnerPermalinkResponder

Olá, acabo de voltar de viagem. Acabei comprando o trecho doméstico pela COPA, mas no site internacional, pois saia uns R$100,00 mais barato e não tive qualquer problema nem na compra nem no embarque. Vi também em outro fórum que várias pessoas já compraram pelo Despegar colombiano (como informou a Carla) ou no próprio site da Avianca e não tiveram qualquer problema e ainda economizaram uma boa quantia.

Carla
CarlaPermalinkResponder

No site da LAN eu não sei, mas comprei bilhetes Avianca de Bogotá a Cartagena no Despegar colombiano sem qualquer problema.

ciro pedroso
ciro pedrosoPermalinkResponder

Olá Capitão !
Estou indo para san andres em 7 março, e gostaria de saber quais os bancos que os caixas eletronicos lá aceitam ? O antonio comentou alguma coisa sobre sacar dinheiro, e o banco dele era o BB. Os estabelecimentos lá aceitam cartão de debito ? Agradeço desde já as dicas do site. muito boas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ciro!

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/08/que-moeda-eu-levo-para-o-caribe/

Os caixas eletrônicos aceitarão qualquer cartão de banco habilitado para saques internacionais.

ciro pedroso
ciro pedrosoPermalinkResponder

Ola capitão.

Eu de novo aqui te perguntando. Alias muito obrigado pela resposta anterior. Mas tenho duvidas e sei que vc pode me ajudar....rsrsrsrsr

Voce sabe me dizer onde posso encontrar valores das taxas de entrada em san andres ? E onde pago ? no aeroporto de bogotá ou na saida da ilha ? pois tenho lido alguns posts, mas est´ameio confuso, uns diz no embarque em bogota para a ilha, outros dizem na saida da ilha.... afinal paga para entra e para sair ? srrsrs Ok. fico no aguardo ... e desde já obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ciro! Há uma tarjeta turística a ser comprada obrigatoriamente na entrada, que custa 20 dólares. A taxa de embarque internacional é de 62 dólares, mas já vem incluída na maioria das cias. aéreas.

Abner
AbnerPermalinkResponder

Olá, meu voo para San Andres pela Avianca faz uma parada de 01:30h em Bogotá, onde terei que trocar de aeronave. São voos vinculados, porém ouvi comentários que existem 2 terminais, um internacional e outro nacional. Alguém sabe me dizer como faço para me dirigir de um terminal ao outro?
Como a combinação de voos foi sugerida pelo site da cia aérea, imaginei que fosse tudo no mesmo local, pois o tempo entre eles é curto (e imagino que o procedimento de imigração ocorra em Bogotá, o que deve reduzir ainda mais o tempo. Grato,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Abner! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo, mas se a combinação foi sugerida pelo site da cia., eles terão que dar suporte caso dê chabu.

Se houver resposta, aparecerá aqui.

Rafael Gomes
Rafael GomesPermalinkResponder

Abner, bom dia.
Os terminais são nominalmente separados, mas são prédios conjugados e você será guiado pelos funcionários da Avianca até a área de embarque doméstica. Eu fiz o caminho inverso, do doméstico para o internacional, e correu tudo tranquilamente, sem nenhum tipo de problema. Seguimos as indicações dos funcionários e depois de caminhar um pouco, já estávamos fazendo o procedimento de imigração para voltar ao Brasil. Boa viagem!

Abner
AbnerPermalinkResponder

Rafael e Bóia, muito obrigado pela atenção e informações prestadas.

Silvia Andrade

Abner, estive no aeroporto de Bogota agora no Carnaval para fazer as conexões internacional x doméstico para Cartagena (tudo e mais um pouco do que elogiam por aí) e vice versa na volta. São 2 prédio próximos e os funcionários indicam direitinho. O aeroporto está em reforma e até um pequeno ônibus foi usado para fazer a ligação, mas nada demais. O doméstico é meio bagunçadinho, mas eles te orientam onde chegar. O Internacional faz inveja a qualquer aeroporto de 1o. mundo. Tenha o bilhete na mão e pergunte a qualquer funcionário Avianca, avisando que é conexão. Vais chegar ao destino seguro. BOA VIAGEM!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Troque a passagem e fique para conhecer Bogotá! Amei a cidade! Botero e o Museu do Ouro por si só já valem o pitstop!
A transferência entre os terminais é tranquila, como já disseram acima.
Boa viagem!!!

Viviane
VivianePermalinkResponder

Ciro, eu vou para San Andres em novembro e to com dificuldade nos hoteis. Em qual hotel vc irá se hospedar? Poderá respassar mais informações? Obrigada.

Fernanda Amaral

Pessoal, vou pra San Andres em junho e estou em dúvida entre ficar no Casablanca ou no Bahia Sardina.
Foi falado aqui que o Casablanca é um hotel melhor, mas também vi que a praia em frente ao Bahia Sardina é melhor. O preço é o mesmo. Alguém sabe me dizer se a praia em frente ao casablanca é boa? Quero faixa de areia pois a intençao é descansar msm, ficar na espreguiçadeira lendo e curtindo o clima!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! O que temos sobre hotéis em San Andrés está registrado aqui na caixa de comentários. Não espere muito das praias na ilha, o negócio lá é pegar passeios de barco.

Helen
HelenPermalinkResponder

Olá,Bóia! Em San Andres e me hospedei no HGL Hotel Sunrise muito bom e excelente cozinha. Dizem que o presidente se hospeda lá. Tem uma praia particula com areia muito fina e branca muito bonita embora pequena. Fui com meu marido e minha filha de 4 meses e tudo que precisamos para ela eles nos forneceram com muita atenção. Recomendo!

Luciano de Godoi

Oi Fernanda tudo bem?Fui a San Andres em novembro passado,lugar maravilhoso,mas como a Bóia disse as praias não são aquelas coisas,esse hotel fica de frente com a praia do centro onde é o desembarque do pessoas que vão até Jonhy Ky.Eu fiquei no Cocoplun a praia particularmente achei bem legal e melhor que a do centro.Mas não se esqueça de levar ou comprar sapatilhas com sola de borracha pra andar por lá independente da praia,no centro tem e custa aproximadamente R$ 12 reais,risco muito grande de pisar em ouriço ou corais.Passeios imperdíveis: acuário e West View simplesmente fantástico,vale muito a pena, e se puder alugue carro de golfe ou mesmo uma motocicleta para dar uma volta na ilha ,peguei com o Mickel menino muito gente boa,a garagem dele fica no centro perto de onde sai os passeios de barco,vale pedir desconto.Espero ter ajudado, e faça uma ótima viagem.

Bruno Gabriel
Bruno GabrielPermalinkResponder

Bom dia.
Estou precisando tirar uma dúvida, se alguém puder me ajudar.
Estou com passagens compradas para março de 2014, porém quando faço a busca de hotéis com all inclusive não encontro nenhum, principalmente nos da rede Decameron. Alguém sabe o motivo? Pode ser porque está lotado ou porque ainda não colocaram as vagas a disposição para esse período?
Outra dúvida. Não estou encontrando o site onde posso verificar as passagens para Providência com saída de San Andrés.

Agradeço as possíveis respostas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno Gabriel! Certamente as vagas ainda não foram colocadas à disposição. A cia. aérea que voa entre San Andrés e Providencia é a Satena. http://www.satena.com/

Os hotéis Decameron às vezes fretam aeronaves que fazem esse trajeto; caso vá ficar em um hotel deles, consulte também sobre essa possibilidade e compare preços.

Bruno Gabriel
Bruno GabrielPermalinkResponder

Pois é. Estou procurando em todos os sites possíveis nessas datas e não encontro. Estou preocupado pois se está desse jeito agora, imagine quando estiver um pouco mais perto da viagem.
Olhei no site que você me passou da Satena e também não há voo disponível. Março é o mês mais lotado em San Andrés?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno Gabriel! É certo que você só não está encontrando hotel porque está cedo demais e os quartos ainda não foram liberados. Se você tentar fechar hospedagem hoje para março de 2014 para outro destino qualquer, vai encontrar também pouca disponibilidade de vagas (faça o teste) smile

É provável que quanto ao vôo seja a mesma coisa. Entre em contato com a cia. aérea.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Caros, estou querendo ir pra San Andres sozinha em junho 2013 e ficar em hostel, sera que presta. E o clima nessa época...precisa de visto.
obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristina! Consulte o Hostelworld.com para avaliações de albergues.

Veja a média de chuvas para a época no Praiômetro:
https://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe/

Não precisa de visto.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Cancelar