Com o meu cordial bom dia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Na Chiantiagiana

Os dias continuam lindos, mas a temperatura já caiu bastante. De noite e de manhã cedo chega a fazer 8ºC; no meio da tarde, debaixo do sol, vai a uns 17ºC -- ou seja, não dá mais para tirar a malha.

No sábado viemos de La Spezia, nossa base para Cinque Terre (uma surpresa, adorei me basear por lá) para Siena, onde dormimos num lindo hotel ligeiramente fora do centro histórico. Como vocês sabem, não sou a favor de ficar uma noite só em lugar nenhum, mas eu queria testar a localização, e gostei muito (dava para ir a pé ou de ônibus para o centro, e se continuássemos por lá seria uma excelente base para passeios de carro). Passamos a tarde e a noite em Siena (vem aí um fotoblog do entardecer na cidade).



No dia seguinte, finalmente começamos a rodar a Toscana de carro. Gente, que coisa linda.

Viemos de Siena para nossa nova base, o hotel Latiscastelli, fazendo um desvio pela Chiantigiana, a desimpedidíssima estrada do Chianti (em ambos, quase me encontro com a querida Mari Campos, que esteve por aqui semana passada).

Ontem fizemos um roteirinho Frances Mayes, passando por Lucignano e Cortona, chegando a Arezzo a tempo do entardecer, aperitivo e jantar.

Daqui a pouco vamos dar um pulinho na vizinha Úmbria -- vou tentar combinar Assis e Perugia no mesmo passeio.

Amanhã mudamos de base; vamos ficar mais três dias num hotel em Colle di Val d'Elsa, de onde exploraremos o Val d'Orcia (Pienza, Montepulciano...), San Gimignano, Volterra, e tiraremos um dia para Pisa e Lucca.

Enquanto isso, Suíça, Capri, Costa Amalfitana, resorts no Brasil, Caribe, RSVP e Bóias continuarão rolando tudo ao mesmo tempo agora.

Querendo notícias do meu paradeiro ao vivo, siga o Viaje na Viagem no Twitter, onde eu posto todas as fotos que vou subindo no Instagram.

Té já!

A rede AccorHotels.com apoia essa temporada do VnV na Europa.

Os carros desta viagem são alugados com todos os seguros pela Mobility Cars.

O Mondial Travel é a assistência viagem oficial do /#viajenaviagem no projeto Europa de carro.

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email
Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem


38 comentários

Ana Veloso
Ana VelosoPermalinkResponder

Que viagem linda!!! Um dia ainda copio seu roteiro smile

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

AAAAAAAAAAAAAAAAAH, é agora que eu enlouqueço com os posts da Toscana!

Nos da Mari eu já tou babando...

Marcie
MarciePermalinkResponder

Pienza é um dos meus lugares favoritos. Junto com Spoleto...(aliás, não vai dar pra dar um pulinho em Spoleto, não?!). Digo, quem vai pra Assise e Perugia... wink

Rodrigo Barneche

Que coisa. Acabei de 'vir' lá do Pelo Mundo e o assunto continuou o mesmo wink

Bela viagem a de vcs. Belos posts. Como sempre.

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Em San Gimignano vá jantar no hotel Bel Sogiornno. A vista é fantastica e a comida saborosa. Experimente um Vernaccia. No caminho para Pisa passe por Volterra.

Beto
BetoPermalinkResponder

Faltam duas carinhas nos emoticons: uma suando de ansiedade, outra babando de vontade. Mês que vem, siamo noi. eekops:

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

E olha que foi quaaaaaase mesmo que nos encontramos, por questão de dias! wink Baita ideia montar base também em Colle di Val d’Elsa. E, fazendo coro com a Marcie, Pienza também é dos meus lugares mais queridinhos aí na região.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Dias lindos mesmo, Riq, hoje podemos de fato comprovar hehe

Clara
ClaraPermalinkResponder

Riq, se você puder, dá uma palhinha sobre o "custo de vida do viajante" aí na Toscana.

Lívia Maria
Lívia MariaPermalinkResponder

Toscana... ah, a Toscana...é o meu grande sonho de consumo. Vou ficar daqui viajando com vc, Riq.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Riq, uma coisa legal do seu roteiro é que vc está experimentando, por ficar vários dias na Itália (3 semanas?), a chegada do outono em modo slow. Eu acho muito legal essa combinação de folhagem caindo, paisagem mudando, dias encurtando e temperatura mudando. É uma experiência interessante de vivenciar.

Sei que sua agenda está hiper mega lotada, mas se sobrar tempo, Gubbio é um complemento absolutamente pitoresco a ambas. Mas não dá pra ir no mesmo dia, fica corrido demais.

Indo a Perugia de carro, uma forma relativamente tranquila de evitar a busca por estacionamento lá em cima perto do centro histórico é estacionar perto da universidade no Park and Ride de Pian Massimo, e usar o Minimetro (uma espécie de people mover de alta capacidade, que passa a cada 3/4 minutos) para subir. Não vai ser seu caso pq vc está em outubro, mas fica a dica: saia da auto-estrada na saída Perugia-Madonna Alta sentido Università - Pian Massimo e em 3-4 minutos vc chega no estacionamento (gratuito e enorme) que existe por lá anexo à primeira estação do Minimetro.

Mesmo que vc não estacionar lá, o Minimetro é um daqueles meio de transporte que vale por passeio panorâmico também. Custa algo como € 2 ou 3, não me lembro, mas é pocuo.

Valdez
ValdezPermalinkResponder

Riq,

O q vc recomenda, 6 dias na Toscana, sendo 4 em Siena e 2 em Florença ou o inverso?

tks again.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Valdez, eu faria 2 dias INTEIROS em Firenze e o resto em outra base. Mas isso depende muito dos seus objetivos. Quem é rato de museu, ou é um entusiasta por artes plásticas em geral, pode passar uma semana em Firenze tranquilamente.

Valdez
ValdezPermalinkResponder

Obrigado, André

Malu
MaluPermalinkResponder

Vocês vão se apaixonar por Lucca. Poucos turistas, povo extremamente simpático, calma, linda demais!!!! Sugiro irem a Piza primeiro pois o impacto ao chegarem em Lucca é especial.

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Hotel lindo o hotel Latiscastelli! gostei dele!

mauro
mauroPermalinkResponder

Riq, Assis, apesar de pequena, merece um dia inteiro. Em Perugia, a Galleria Nazionale é show. Como o Andre disse, Gubbio é mto interessante, beeeeem medieval, ainda mais se o dia estiver nublado e com alguma neve....

Lu
LuPermalinkResponder

Poi é, Riq, geograficamente, eu acho Colle ideal como base, mas ñ curti mto a cidade. Tanto que, qdo fomos, a idéia era ficar 3 noites em Pienza e depois 2 em Colle, mas no 2° dia de Pienza, qdo estávamos relativamente perto de Colle, resolvemos dar uma olhada no cidade e achamos meio enrolado p/chegar lá na parte antiga, onde era o htl indicado por alguém aqui no VnV (mto bom, por sinal), e c/mto tráfego na parte nova (ou sja, seria um suplício chegar e sair, o q faríamos todos os dias). Voltamos p/Pienza e decidimos ficar mais 2 noites, felizes da vida!! Se der p/dar uma passadinha em Monterrigioni, entre Siena e Colle, vale a pena, parece uma fortaleza, toda murada, pequenina, e, c/um restaurante ótimo - Il Pozzo!! E, se passar por perto de St Angelo in Colli, pros lados de Montalcino, ñ deixe de conhecer o Il Leccio, restaurante especial, no meio de um "paese" micro (no entanto, lotado!). Indo aqui ou acolá, aproveite muuuuuuito! Por essas bandas, qq lugar é lindo e se come (e bebe) muuuuito bem!!
Bjs

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Oi Lu,
Que coisa é o gosto de cada um, não é mesmo? Já eu amei Colle de Val d'Elsa, além de ser super central para servir de base, achei a cidade em si, fantástica! Ficamos no centro histórico no Pallazo San Lorenzo, maravilhoso, e como voltávamos no finzinho da tarde, a cidade estava vazia, o sino da igreja chamando pra missa, parecia que a cidade inteira saía de casa para ir à missa! Emocionante! Lembrei muito da minha infância e das cidades no interior do Brasil. E há uma vida noturna bem animada em alguns pubs na parte antiga, pessoal super descolado/ moderninho na noite no meio das muralhas centenárias. Diversão pra todos os gostos! Além de que lá comi o melhor macarrão da minha vida! Um picci com carne de porco e vinho tinto, num restaurante que era só uma portinha, simplesinho toda vida e que por isso não me lembro o nome... Ótimas lembranças de Colle e de tudo em volta! Voltarei com certeza! E agora com essas dicas de restaurantes anotadinhas!

Também amei Pienza, mas foi rápido pois chovia muito... Nós fizemos até um filminho "Sob a chuva da Toscana" hahaha

Clara
ClaraPermalinkResponder

Riq, que tal um mapinha para a gente acompanhar melhor seus passeios pela Toscana? Facilita bastante, e tenho muito interesse nessa sua viagem, pois está na minha lista.

Mauro Nogueira

Fiz base em San Gimignano e adorei a escolha.
De dia a cidade é repleta de turistas, mas à noite fica totalmente vazia. Uma delícia passear por aquelas ruazinhas medievais após ter andado por estradinhas calmas da Toscana durante o dia...
Recomendo o hotel Pozzo Antico.
Na pracinha principal tomei o melhor sorvete da minha vida!

Diana
DianaPermalinkResponder

Estou precisando de ajuda! Eu e mais alguns amigos vamos para a Itália em maio do ano que vem e a idéia inicial é ficarmos por volta de 12 ou 13 dias... Pensamos em: Roma/3 noites, Costa Amalfitana/2noites, Florença (E AQUI ESTÁ A DÚVIDA PRINCIPAL), Veneza/2 noites e Milão/1 noite (parando em Verona no caminho)... A pergunta é: devemos usar Florença como base para passear pela Toscana? Nesse caso, ficaríamos lá 4 noites. Ou outra cidade? E quais as cidades da Toscana são imperdíveis? Obrigada pela ajuda e pela paciência. Sou leitora do blog e li os posts relacionados aos assuntos, mas não encontrei a resposta (ao menos não direta) a essas minhas indagações. Me perdoem se tiver deixado passar algo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diana! O seu roteiro está muito corrido. Para Roma-Florença-Veneza o Comandante recomenda não menos do que 10 dias! Repense quais as prioridades da viagem e elimine cidades para poder aproveitar melhor a visita wink

Diana
DianaPermalinkResponder

Tem razão, não queremos nada corrido, na verdade, vínhamos pensando em desistir da Costa Amalfitana… Nesse caso, poderíamos ficar 3 ou 4 noites em Roma, 5 noites em Florença (fazendo como base para a Toscana), 3 noites em Veneza e 1 noite em Milão. Mas, de qualquer maneira, queria saber se vale a pena usar Florença como base para passear na Toscana ou se é melhor passar 2 ou 3 noites em Florença e 2 noites em alguma outra cidade menor? Qual vocês recomendariam? E quais cidades da Toscana são imperdíveis? Obrigada mais uma vez!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Diana! O Ricardo Freire acabou de fazer uma viagem pela Toscana, mas ainda não teve tempo de postar. Até o início do ano você poderá consultar itinerários prontos para a Toscana aqui no VnV. Enquanto isso, leia:

https://www.viajenaviagem.com/2007/04/italia-pra-aluna-da-carla/

https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

marilene
marilenePermalinkResponder

Gostaria de ler o relato do Ricardo Freire na Toscana, agora no final de 2011. Estou preparando uma viagem de 6 a 7 dias pela Toscana. Aceito sugestoes. A viagem nao inclui cidades maiores. Depois seguiremos para Provence.Obrigada.

Raquel Polato
Raquel PolatoPermalinkResponder

Oi Riq, tudo bem?
Mais uma vez tô aqui pegando dicas para organizar minha próxima viagem. Dessa vez será a Toscana. wink
Me apaixonei pelo hotel Latiscastelli e achei o preço bastante honesto.
Perguntas: geograficamente é um bom lugar para ter como base? É necessário alugar carro ou consigo visitar as cidades da região usando ônibus ou outro tipo de transporte?
Obrigada e um beijo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Aqui quem responde é A Bóia.

O Laticastelli é uma base excelente. Mas ficar neste ou em qualquer agriturismo na Toscana requer estar de carro ou então contratar passeios privados. Se você quer usar transporte público, fique em Florença.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/05/florenca-5-bate-voltas-de-trem-ou-onibus/

Raquel Polato
Raquel PolatoPermalinkResponder

Obrigada!!!

Nilsilene
NilsilenePermalinkResponder

Olá! Minha viagem pra Itália já está na contagem regressiva. E claro, tudo que li aqui nos orientou em cada etapa do planejamento! Estamos agradecidos!
Mas hoje, relendo os posts e os comentários, ficamos interessados em saber se existe algo postado falando a respeito de visitas rápidas em vinícolas, instalações da região, onde poderíamos adquirir vinhos e azeites. No mais, só temos à agradecer!! ????

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nilsilene! Não temos nenhum post sobre o assunto. Mas se você tiver tempo sobrando em alguma parada pode pesquisar "wine tasting" e "oil tasting" junto com o nome da localidade ou região, e aparecerão atividades.

Anna Francisca

Lendo tudo já publicado sobre a Toscana, não encontrei um post prometido sobre a Chiantigiana. Foi publicado ou eu comi "bola"?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anna Francisca! O Comandante ainda não escreveu eekops:

vinicius coelho

Oi,
estou planejando uma viagem pela Itália com a minha esposa e o roteiro de maneira geral são: 3 dias em veneza, 4 dias em florença, 5 dias baseado em siena para fazer as cidadezinhas da toscana, 1 dia nas cinqueterre e 4 dias em roma. A questão é que pintou a possibilidade de ficar um dia a mais e ficamos na dúvida entre mais um dia de cinqueterre, um dia extra para a chiantigiana (faríamos inicialmente em um dia)ou incluir Arezzo/Cortona no roteiro de cidadezinhas toscanas. O que acha que seria mais proveitoso?
Obrigado!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! O Ricardo Freire recomenda dois pernoites em La Spezia para fazer Cinque Terre:
https://www.viajenaviagem.com/2012/04/cinque-terre/

Veja nosso conteúdo da Toscana:
https://www.viajenaviagem.com/category/toscana

Emanuele
EmanuelePermalinkResponder

Olá, gostaria de saber o que acham de viajar à Toscana em fevereiro? Vale à pena? A idéia é passar também por Roma, Florença, Veneza e Milão. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Emanuele! Os vilarejos menores estarão hibernando. Muitos hotéis fecham nesta época. No inverno, as cidades grandes e médias são destinos mais interessantes na Europa do que os vilarejos do interior -- a não ser quando você sobe a montanha em busca de neve.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar