Com o meu cordial boa noite, de Carcassonne

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Carassonne, França

Hoje é nossa última noite na França. Estamos em Carcassonne, no Pays d'Oc, a região que mais ou menos separa a Provence da Catalunha. Nosso hotel, o Hôtel des Trois Couronnes, é fora das muralhas da cité medieval, mas reservei um quarto com vista para ela. (Mas a foto da vista não ficou boa, então vai essa aí do entardecer na ponte...)

Amanhã entregamos o carro em Perpignan (é mais negócio devolver o carro sempre no país em que foi pego) e pegamos um trem para Barcelona. Só vamos ter um tempinho pra jantar com a Carmen e o Manolo, e no dia seguinte voamos para Granada, onde pegamos outro carro e iniciamos a etapa andaluz do périplo rodo-europeu.

É angustiante não ter tempo para concluir todos os caminhos abertos nesses 50 dias de viagem -- mas ao voltar devo passar alguns meses em função só de terminar o conteúdo começado.

Obrigado pela companhia e vamos em frente!

Leia mais:


 

64 comentários

Alice
AlicePermalinkResponder

Dream of Carcassone... Taí um roteiro que me interessa imensamente. França + Espanha. Chartreuse, tapas e Gipsy Kings smile Quero ir em julho.

andreia miyagi

Carcassone é um dos lugares mais bonitos que já visitei. ficamos hospedados no maravilhoso hotel du chateau: http://www.lemontmorency.com/#/en/postIntro/

Malu
MaluPermalinkResponder

Todos os dias viajando com vcs. wink

Paulo
PauloPermalinkResponder

Olá, só uma pergunta. Na hora de retirar o veículo na locadora, foi pedido a P.I.D para você?
ótima viagem

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Tem um post de uns meses atrás (abril, acho) apenas discutindo PID.

Ricardo Freire

Paulo, já retirei um carro em Sorrento (Avis) e outro em Nice (Hertz), reservados via Mobility. Em nenhum dos lugares quiseram olhar para a PID.

Mas vale a pena tirar para evitar perrengues, nem tanto com a locadora, e mais com um eventual tête-à-tête com a polícia rodoviária.

Ana Veloso [Viajar na França]

Bon voyage! Mal posso esperar os relatos detalhados smile

Tânia
TâniaPermalinkResponder

Quanto custa uma passagem de trem de Madrid para Barcelona, e tb de Madrid para Lisboa?

Christine
ChristinePermalinkResponder

Estive em Carcassone em março de 2010 e é realmente deslumbrante.

Celina
CelinaPermalinkResponder

Aguardo slatitante pelo post sobre Carcassone, "ça m´interressee"!!! Viagem supimpa! Barcelona é sempre uma ótima pedida. Tô quase pistache de inveja... Mas como já já tô por aí... é uma invejinha de nada! Boa (continuação de) viagem!

Mauro Nogueira

Sonho em fazer a travessia do Canal de Midi, saindo de Carcassonne e indo até ???? Alguém da tripulação tem experiência nessa viagem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mauro!

Leia sobre as infinitas possibildades de passeios pelo canal do Midi aqui:
http://www.canalmidi.com/peniche.html

Tenha em mente que passeios feitos por conta própria envolvem o complicado manejo das eclusas, que requerem força e um pouco de jeito.

Cris
CrisPermalinkResponder

Carcassonne! Estive aí no dia 12/10/2011 e passei a noite na cidade antes de seguir viagem em direção à Barcelona. Cheguei em Carcassonne vinda de Paris, de TGV, com escala en Narbonne, para fazer a conexão com o TER. Fiquei hospedada em uma pérola de pousada: Demeure Saint Louis (http://www.demeure-saint-louis.fr/). Está localizado fora das muralhas, mas muito próximo, bem ao lado da Ponte Nova. Fica a uma pequena distância da cidadela, uma caminhada de 10 minutos. Meu quarto também tinha vista para "la cité". Recomendo muito esse hotel, vale a diária investida.

A minha única frustração em Carcassonne foi que a Basilique de Saint Nazare estava fechada para uma gravação de um filme para TV. Quando vi uma equipe de filmagem na frente da catedral e a porta inteditada, fiquei muito chateada! O tal filme é sobre um romance sobre a história medieval da região, sobre os cátaros e tal, de uma escritora inglesa chamada Kate Mosse. Mas quando perguntei na porta da catedral o que se passava, entendi que era um filme da "Kate Moss". Nunca xinguei tanto mentalmente alguém como nesse dia, me perguntando o que a Kate Moss tinha a ver com Carcassonne! (só fui descobrir do que se tratava na verdade depois que chegei ao Brasil).

Linda a cidade, e apesar de não ter podido entrar na Catedral, foi um sonho de muito tempo realizado!

OBS: para compensar a frustração de não ter podido entrar na Catedral, no dia seguinte, enquanto esperava na estação de Narbonne a conexão com o TGV que me levaria até Figueres Vilafante, resolvi me aventurar fora da estação e fui até a Catedral de Saint Just. Outra visão maravilhosa!

Abs,

Cris

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Carcassonne é uma cidade linda. No verão europeu na cidade organiza um festival de teatro muito importante.

Natalie
NataliePermalinkResponder

Andaluzia = muito amor.

Tomara que vocês aproveitem bastante smile Ainda quero voltar e conhecer essa região com mais calma.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Carmem, eu jurava que vc morava em Madrid! Não acredito que passei 5 dias em Barcelona e não te conheci! Ficamos no Nexto, bom hotel tivemos um probleminha com a calefacao (que nao parava de entrar no nosso quarto apesar do veranico)mas a localização e o preço são realmente ótimos!

Isabel O., Portugal

De vez em quando lá me vem o trauma - a noite em que tinha quarto marcado em Carcassonne foi passada dentro do carro, à porta de uma esquadra de uma terrinha espanhola de que esqueci o nome, sem um euro no bolso.
É pena os ladrões não serem grandes viajantes - talvez não assaltassem turistas, percebendo que, para além dos bens, lhes roubam sonhos.
Andei este fim de semana no Alentejo - as cores das videiras não desmereciam das suas fotos da Provença.

Lena
LenaPermalinkResponder

Pays d´Oc... Minha região do coração <3

Rodolfo
RodolfoPermalinkResponder

Alguém recentemente passou pelo "El camino de Rey" nos desfiladeiros de Chorro e Gaitanejo, a norte de Málaga, na Espanha??
Gostaria de saber como está a situação e se ainda está fechado ou dá para entrar?

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

Que bela conclusão pré-Andaluzia um jantar com a super Carmen! wink

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Carcassone - taí um lugar totalmente longe de quase tudo, mas desde que li sobre os castelos e coisas assim, sonho em conhecê-lo de qualquer jeito.

Aguardo com ansiedade o final deste périplo todo! Quem sabe algum dia vamos prá França.
Abraço,

Luísa Rennó
Luísa RennóPermalinkResponder

Oi Ricardo!

é incrível como que sempre que planejo uma viagem (ou sonho com uma) vc está por lá, já fazendo os trechos que responderiam as minhas principais dúvidas! É transmissão de pensamento???
Enfim, estou planejando uma viagem que, num determinado trecho eu imaginei sair de Barcelona e chegar até Paris de carro. Mas não sei quais são os melhores caminhos e quantos dias devo gastar. O que me impressionou é que vc passou por Carcassone na mesma hora em que eu cismei que tinha de botar ela no roteiro. De qualquer maneira, pelo seu post, jea saquei que é realmente uma vantagem ir de trem de Barcelona até Perpignan e depois pegar o carro. Mas vale a pena ir até Paris? Por onde? Estarei viajando com meu marido, minha cunhada e meu sogro, que tem 70 anos. É cansativo pra ele?

Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá,Luisa! Aqui quem responde é A Bóia, assistente do Ricardo Freire para perguntas.

Não vale a pena tirar o carro num país e entregar no outro, por causa das sobretaxas internacionais.

Pegar o carro em Perpignan é interessante até mesmo para voltar um pouco à Espanha e fazer a Costa Brava antes de prosseguir.

Senão, você pode pegar o carro em Narbonne. De lá pode ir a Toulouse, Bordeaux e Vale do Loire antes de entregar o carro em Paris.

Se a viagem é cansativa, depende do ritmo e da predisposição de viajar de cada um.

Para uma viagem de carro bem-sucedida é necessário tempo sobrando para montar bases e explorar os arredores pelas estradas secundárias. Se você tiver dias contadíssimos, é melhor organizar uma viagem de trem.

daniele
danielePermalinkResponder

Ricardo fazendo Toscana e Provence onde posso devolver o carro entre os dois paises para ficar mais barato?
Eu tentei e não achei o posto(s) que relatam esta viagem toda me manda o link pls?
Obrigada.
Daniele

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Daniele! Aqui quem responde é A Bóia.

Devolva em Florença ou Pisa ou Milão, pegue o carro seguinte em Nice (se for fazer a Côte d'Azur) ou Marselha.

José Roberto
José RobertoPermalinkResponder

Olá Ricardo, estou planejando uma viagem à frança para maio. meu roteiro: Paris e região da Provance. Mas gostaria de conhecer carcassonne, porém não estou conseguindo dimensionar a quantidade dias pra cada local. Eu tenho +- 16 dias pra gastar. Vc pode me ajudar?
Desde já agradeço
José Roberto

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Roberto! Aqui quem responde é A Bóia, assistente do Ricardo Freire para perguntas.

O Ricardo Freire ainda não publicou o seu post sobre itinerário na Provence.

Você pode ler várias sugestões nos comentários desses posts: https://www.viajenaviagem.com/category/provence

Sheila
SheilaPermalinkResponder

Riq,
Estou montando um roteiro de 15 dias em maio chegando por Amsterdam e voltando por Lisboa (facilidade pra chegar a Bsb diretin). A ideia é ficar 4 dias em AMS, 1 dia em Bruges (a caminho da França), 2 dias no Vale do Loire (que já conheço, mas estou com vontade passear de balão por lá), 3 dias na Dordogne (onde também se faz passeio de balão, mas acho que no Loire é mais bonito; só acho), 1 dia em Carcassone e 2 em Bordeaux. A partir do Loire, alugarei um carro. No penúltimo dia, viajo pra Lisboa, onde pernoito pra voltar em vôo noturno. A dúvida é se devo excluir o Loire e ter mais dias pra explorar a região de Bordeaux. Também estou achando a viagem bem picadinha e puxada... Você, a bóia, os trips, podem opinar, please?
Um abraço a todos.

Rodrigo Barneche

Sheila, passamos 3 dias em Bordeaux ano passado. Só deu pra conhecer a região central da cidade e o balneário de Arcachon. Queríamos ter ido a Saint Emilion também, mas faltou tempo.

Andre
AndrePermalinkResponder

Bordeaux é linda e vale cada segundo. Três dias seria o ideal, mas se não der, corra um pouquinho.... smile Dá pra fazer as vinículas num dia e deixar o outro dia pra percorrer a cidade, suas pontes e portais...

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Sheila,
Se você vai pegar o carro no Loire e fazer tudo de carro, acho bacana dar uma redimensionada no roteiro porque as distâncias entre o Loire (a depender de onde vai ser sua base) à Bordeaux, Carcassone e a região da Dordogne são grandes. Lembre-se que a região da Dordogne é composta de pequenas cidades, muitas estradas vicinais, com velocidade reduzida, o mesmo se aplicando ao Loire. Eu fui no ano passado e fiz em 10 dias Bordeaux (4 dias, para conhecer também as regiões vinícolas e já contando o deslocamento para chegar de Paris de carro), Dordogne (5 dias) e Carcossone (1 dia, com pernoite). A região da Dordogne é maravilhosa, cheias de pequenas cidades, castelos medievais, sítios pré-históricos (não sei se Lascaux já reabriu para visitação, mas não perca a caverna de Font de Gaume). Não fiz o passeio de balão, mas considero a paisagem da Dordogne muito superior ao o do Loire.

Sheila
SheilaPermalinkResponder

Pessoal, obrigada pelas dicas. Resolvi, então, alterar o roteiro pra ficar mais leve; estava corrido demais.
Vindo de Bruges, vou dar uma parada em Paris, pra não ficar muito puxada a viagem. Depois sigo pra Dordogne, onde posso passear de balão, e então pra Bordeaux, ficando 4 dias. Vou cortar o Loire.
Lúcia, onde você ficou na Dordogne? Pensei em Sarlat.
E sobre as vinícolas nos arredores de Bordeaux, você pode indicar alguma?

Lu
LuPermalinkResponder

Sheila,
Sarlat é uma boa base p/Dordogne. Ñ sei se vc sabe, mas a Dordogne é o lugar onde melhor se come na França. Portanto, aproveite!! Qdo for p/Bordeaux,aproveite p/visitar St Emilion, é uma graça. Perto de Bordeaux, Pauillac é uma região de vinícolas bem importante. Aconselho vc a fazer reserva p/visitar a(s) vinícola(s) q vc escolher.
Boa viagem!!

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Sheila, eu fiquei em Sarlat no hotel villa des consuls. Recomendo muito. A base para o passeio de balões fica a menos de 2o mins de Sarlat.

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Com relação a passeios nas vinícolas, eu reservei através do escritório de turismo de Bordeaux (www.bordeaux-tourisme.com). Se você tiver interesse em alguma casa específica, vale a pena entrar no site e reservar diretamente. Como eu fui no inverno, as grandes vinícolas estavam fechadas. Para poder aproveitar melhor a viagem para a região de Bordeaux, vale a pena estudar um pouco sobre os vinhos ali produzidos, porque existem diferenças entre micro regiões, casas, etc. Dessa forma, a viagem será muito mais prazeirosa.

Sheila
SheilaPermalinkResponder

Lu e Lucia,
Obrigada pelas dicas. Estou, de fato, estudando tudo sobre a região, inclusive sobre os vinhos. Nunca explorei a região de Bordeaux, então, toda informação é super bem vinda.
Vou montar base em Sarlat e continuar pesquisando sobre que vinícola (s) visitar na região de Bordeaux. Saint Emilion também já está no roteiro.

Evelyn
EvelynPermalinkResponder

Riq e Bóias,

a pergunta de mario do perguntódromo está direcionada pra esse post. acho que o link tá trocado... quero responder mas não consigo...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Evelyn! Obrigada por avisar! Os links desta pergunta com a de Bordeaux estavam trocados. Agora está certinho!

Sheila
SheilaPermalinkResponder

Pessoal,
Meu roteiro ficou assim: Amsterdam, Bruges (fazendo ou não parada Em Paris), Sarlat (Dordogne) e Bordeaux. Não faço questão de passar por Paris partindo de Bruges.
Acontece que estou achando as passagens de trem de Bruges para Paris ou Sarlat ou absurdo.
Alguém tem alguma sugestão para este trajeto? Pensei em avião, mas estou meio desorientada com esta saída de Bruges. Seria Bruxelas, para facilitar? Mas a viagem começaria a ficar muito picadinha… Talvez devesse seguir direto pra Bordeaux e inverter o roteiro?
Se alguém puder ajudar, agradeço demais.

Paulo
PauloPermalinkResponder

O que é PID? Necessário ter carteira internacional de habilitação para dirigir na Europa?
Abç.
Paulo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! PID = Permissão Internacional de Dirigir.

Leia sobre o assunto:
https://www.viajenaviagem.com/2010/09/habilitacao-internacional-precisar-nao-precisa-mas-e-bom-ter/

isalma
isalmaPermalinkResponder

Vou fazer a direção contrária do Ricardo. Venho de trem de Barcelona até Narbonne, onde gostaria de alugar um carro,para seguir para Lyon,(onde entrego o carro e sigo para Paris de trem), passando por Carcassone, Perpgnan (pousar 1 noite), montpellier,Nîmes (base- 4 noites)para visitar Gordes,Uzées e outras pela região. Alguém pode me indicar a locadora nessa região?
Grata
Isalma

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Isalma! Pegue o carro em Perpignan, é o mais perto da fronteira. Há várias locadoras na cidade, compare em sites como Expedia ou Kayak ou Mobility.

isalma
isalmaPermalinkResponder

Obrigada, Boia

Maria José
Maria JoséPermalinkResponder

Alguém conhece o Hotel Des Trois Couronnes em Carcassone para dar uma opinião a respeito?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria José! Por coincidência, foi exatamente nesse hotel que o Ricardo Freire se hospedou. Fica fora dos muros da cidade velha, à beira-rio, com linda vista para a cidade velha. Os quartos estão reformados e o café da manhã é excelente, segundo ele. De lá à cidade velha dá uma caminhada de 15/20 minutos, com uma subidinha chata na ida. O hotel tem garagem fechada.

Pierre aragao pontes

Por favor, vou para portugal, em julho. Vou visitar lisboa e o norte do pais. Como pretendo provar todos os vinhos da regiao. Nao quero dirigir. E facil conseguir transporte nos hoteis para, por exemplo, sintra, obidos, porto etc.. Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pierre! Desde Lisboa você pode ir de trem a Sintra, de ônibus a Óbidos e de trem ou ônibus a Évora. Do Porto é possível ir de trem a Braga, Guimarães e Aveiro. Há agências de turismo receptivo que fazem excursões, você encontrará catálogos na recepção do seu hotel.

Maria José
Maria JoséPermalinkResponder

Muito obrigada pela resposta. Acabamos de decidir. É lá que ficaremos em junho.

Cassiana
CassianaPermalinkResponder

Boa tarde,
Alguém sabe dizer se há trem de Marseille até lá? É melhor voltar a Marseille e voar de lá para o Brasil ou seguir para Barcelona e voltar por lá? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cassiana! O trem leva 3 horas entre Marselha e Carcassonne.

A Barcelona são 3h30, com uma ou duas baldeações.

Só há um vôo direto de Barcelona a São Paulo, pela Singapore. Todas as outras cias. aéreas voarão desde Marselha ou Barcelona com uma conexão.

Seja Marselha ou Barcelona a escolhida, recomendamos um pernoite no local antes de pegar o vôo de volta ao Brasil.

Cassiana
CassianaPermalinkResponder

Muito obrigada. Voltarei de Marselha, aproveito para ir em Cassis, um dos meus sonhos....

Ursula Cardoso

Olá,
Gostaria de deixar minha dica de hospedagem em Carcassone, estive lá agora no final de março.
É o "Le Logis des Remparts". Fica dentro da cidade, sem luxo, mas limpíssimo e perfeito pra quem busca uma "experiência". rsrs
No Tripadvisor, alguém disse q era pitoresco!
Vc trata tudo por email com a dona (ou administradora, não sei) q é uma fofa.

Marina
MarinaPermalinkResponder

Olá,
Em setembro pretendo fazer de Barcelona a Cinque Terre na Itália de carro, passando pela costa da França.
Gostaria de saber se 14 dias serão suficientes e quais os melhores lugares para fazer uma base.
Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Duas semanas é pouco tempo para tantas regiões pelas quais você passará: Costa Brava, Languedoc, Provence, Côte d'Azur e Liguria. Lembre-se também que pegar o carro num país e devolver no outro faz incorrer em sobretaxas. Escolha duas a três regiões e devote entre 5 e 7 dias a cada uma.

Raquel Zerbini

Boa tarde!

Como o Ricardo em minha próxima viagem vou passar por Carcassone e devolver o carro em Perpignan para pegar o trem até Barcelona, há algum site que vocês indicam para comprar a passagem de trem e verificar os horários com 3 meses de antecedência?
Desde já agradeço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Para comprar passagens originadas na França, use sempre http://www.voyages-sncf.com .

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Olá Pessoal, pretendemos fazer uma viagem pela França em Setembro..são 3 semanas, sendo a 1. semana já reservada para Paris.. a principio depois pensamos em fazer Vale do Loire + Carcassonne + Provence (com ou sem Cote dAzur)... a principio minha ida e volta Brasil sera via Paris... não sei se é viável fazer tudo em duas semanas.. alguém já fez algo neste sentido? esta seria a melhor sequencia? do Loire para Carcassonne e deste para Provence, qual o melhor meio de transporte? Obrigado desde já pela ajuda. Abraços

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

ah, importante.. gostamos de fazer as coisas com calma.. (almoços de 2 horas, se perder numa cidade, nao fazer muita coisa no mesmo dia..etc)..

Marcelo
MarceloPermalinkResponder

Ok Bóia..vou dar uma olhada obrigado.

Tatiana
TatianaPermalinkResponder

Ola Bóia, aproveitando a pergunta acima, você incluiria uma visita à Carcassonne numa viagem entre Paris e Provence?
Ou fica fora de mão? A ideia seria ir de Paris ate Carcassonne de trem, e depois carro ou trem até Provence... O que acha?
Adoro cidade medieval! smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tatiana! Fica fora de mão. Há muitos lugares lindos para ver na Provence, não dê essa volta toda se Carcassonne não estiver no seu caminho natural.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar