TAP: greve dos dias 9, 10, 11 e 12 de dezembro está de pé

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Na antevéspera da primeira etapa anunciada greve dos pilotos da TAP, não há indícios de que a decisão do sindicato seja revertida.

No site, no Twitter e no Facebook da TAP, a companhia noticia a greve e recomenda aos passageiros alterar os vôos ou pedir reembolso.

TAP reconhece greve


Um tribunal português impôs à companhia e ao sindicato serviços mínimos durante a greve. Isso garantiria, nesta primeira fase da greve, todos os vôos às ilhas (Açores e Madeira).

Na segunda etapa da greve, prevista para os dias 3, 4, 5 e 6 de janeiro, o tribunal ordena que sejam mantidos os vôos às ilhas e também alguns vôos no dia 3 provenientes de "comundidades de emigrados" -- o que garantiria uma ou duas ligações desde Luanda, Bissau, Rio de Janeiro e Caracas.

O sindicato se mantém inflexível e diz que só aborta a greve se o governo português honrar um acordo de 1999 que prevê que os funcionários da TAP fiquem com até 20% da companhia no caso de uma privatização.

Não creio que levem; apenas vão diminuir ainda mais o valor de mercado da companhia.

Uma boa fonte para últimas notícias é o twitter TapNews, uma fonte não-oficial de informações sobre a TAP.

Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire

Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email


2 comentários

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Pois é, e as informações sao desencontradas. Comprei passagem a Lisboa para o dia 11/12 emitida pela TAM, e segundo a TAP, só a TAM pode altera-lo, porém na TAM, hoje, a dois dias da greve, não foram informados da mesma ainda. E a TAP pilantra como sempre não estão trocando os bilhetes por outras companhias, mas sim nos seu próximos vôos disponíveis, assim, se vc tiver vôo marcado padrão dia 09, no mínimo devera viajar no dia 13 se tiver sorte, pq os vôos de amanha estão cheios. Quem paga pelas eventuais despesas? Adivinha...

Portanto, a empresa lusitana reforça mais o velho slogan TAP (take another plane), mas que sirva de lição para não emitir bilhete com uma companhia que mês sim, mês não ameaçam uma greve.

Fabio de Rezende

Escutei no rádio hoje que esse mês a Ibéria (funcionáros ou pilotos, não sei) também entrará em greve. Não lembro direito as datas, acho que é algo como 18 e 29 de dezembro.

Eles estão protestando contra a criação de uma low cost da Ibéria.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar